Você está na página 1de 3

CURSO DE DIREITO

FOLHA DE QUESTÕES

DISCIPLINA Direito do Consumidor TERMO 7º A


PROFESSOR José Carlos Dalben DATA 28.09.20
AVALIAÇÃO (X) 1º Bimestre ( ) 2º Bimestre ( ) Repositiva ( ) PER 1º ( ) PER 2º ( ) Exame
NOME ALUNO

OBSERVAÇÕES

1. Cada questão discursiva tem peso máximo de 2,5 pontos e cada objetiva, 0,5 ponto.
2. Obrigatoriamente mencionar na folha de respostas respectivamente o Nome, R.A, Termo e Turma do
respondente.
3. As respostas deverão ser enviadas em PDF pelo aprender e na forma manuscrita.
4. Não serão aceitas respostas via WhatsApp, e-mail ou qualquer outro meio que não pelo Aprender. Não
insistam. O não envio das respostas na forma mencionada, será considerado o aluno como AUSENTE,
DEVENDO REQUERER a prova REPOSITIVA.
5. Observarem o tempo para a conclusão da prova.
6. Em caso de choque de horários com outra prova do mesmo dia, o aluno (PER) deverá fazê-la dentro do horário
previsto que será das 7h30 às 10h30.
7. Responder as questões em ordem numérica sequencial. As objetivas, sem rasuras.
8. Eventuais respostas iguais, de alunos diversos, poderão ser interpretadas como “cola” e a nota zerada.

Questões Objetivas (0,5 cada)


1. No que diz respeito à Lei Federal nº 8.078/90, é correto afirmar que:

a) os direitos nela previstos em favor do consumidor não excluem outros decorrentes de tratados ou convenções
internacionais de que o Brasil seja signatário.
b) tendo mais de um autor a ofensa contra o consumidor, o agente principal do ato danoso responde
objetivamente, e os demais responderão subsidiariamente pela reparação dos danos.
c) estabelece normas de proteção e defesa do consumidor, de ordem privada, porém de interesse social.
d) consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final
ou intermediário.
e) a Política Nacional das Relações de Consumo tem por objetivo o atendimento das necessidades dos
consumidores e fornecedores no mercado de consumo.

2. Antônio possui um caminhão ano 1950 e, precisando capitalizar-se, coloca a venda o bem. José, interessado na
compra, leva um mecânico para avaliar o veículo e, depois de um parecer favorável do técnico, a venda é
realizada. Após 60 dias de uso, o caminhão tem um problema no eixo dianteiro e precisa ficar parado por 30 dias,
causando um enorme prejuízo para José, que já possuía fretes contratados. Diante dessa situação hipotética, é
correto afirmar que, a esse caso, se aplicam as regras do direito:

a) do consumidor, sendo certo que, por se tratar de bem durável e diante do claro vício oculto, José terá 90 dias
para reclamar a partir do conhecimento do vício.
b) civil, por não se tratar de relação jurídica de consumo, tendo José 90 dias para exigir a reparação de seus
prejuízos.
c) do consumidor, sendo certo que, por se tratar de bem durável e diante do claro vício oculto, José terá 30 dias
para reclamar a partir do conhecimento do vício.
d) do consumidor, sendo certo que, por se tratar de bem durável e diante do claro vício oculto, José terá 05 anos
para reclamar a partir do conhecimento do vício.
e) civil, pois a relação jurídica travada entre as partes não contempla as figuras do consumidor e do fornecedor.

3. Considerando o disposto no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90), julgue os itens a seguir:

I. É entendimento sumulado do Superior Tribunal de Justiça que o Código de Defesa do Consumidor aplica-se às
instituições financeiras e entidades de previdência privada.
II. Para caracterização de determinada pessoa como fornecedor, o Código de Defesa do consumidor exige que a
atividade desenvolvida no mercado de consumo tenha fins lucrativos.
III. A responsabilidade pessoal dos profissionais liberais, em relação a fato do serviço, é objetiva, sendo
configurada independentemente de verificação de culpa.
IV. O serviço público de fornecimento de água não é tutelado pelo Código de Defesa do Consumidor, que não
adentra na esfera do Direito Administrativo.
V. A instauração de inquérito civil obsta o prazo decadencial relativo ao direito de reclamar por vício do produto.

A partir do julgamento das afirmações anteriores, escolha a alternativa CORRETA:

a) Estão corretas somente as assertivas I e V.


b) Estão corretas somente as assertivas I e III.
c) Estão corretas somente as assertivas II e IV.
d) Estão corretas somente as assertivas III e V.
e) Estão corretas todas as assertivas.

4. Assinale a alternativa correta.

Relativamente à interpretação e à aplicação das normas de proteção do consumidor positivadas no direito pátrio
vigente, é correto afirmar:
a) Conforme jurisprudência sumulada pelo Superior Tribunal de Justiça, a anotação irregular em cadastro de
proteção ao crédito dá ensejo à indenização por dano moral, mesmo quando preexistente legítima inscrição.
b) A jurisprudência predominante do Superior Tribunal de Justiça admite a legitimidade das decisões dos órgãos
de defesa do consumidor que, pretendendo dirimir conflitos nas relações de consumo, determinam ao fornecedor
de produtos ou serviços a restituição de valores ao consumidor.
c) A orientação predominante do Superior Tribunal de Justiça tem abrandado o conceito finalista de consumidor
(destinatário final e econômico) para autorizar a incidência do Código de Defesa do Consumidor mesmo nas
hipóteses em que o consumidor - empresário (pessoa física ou jurídica), embora não seja tecnicamente o
destinatário final do produto ou do serviço, se apresenta em situação de vulnerabilidade em face do fornecedor.
d) Conforme jurisprudência pacificada no âmbito do Superior Tribunal de Justiça, a responsabilidade civil do
transportador aéreo pelo extravio de bagagem ou de carga rege-se pelas normas especiais do Código Brasileiro de
Aeronáutica e da Convenção de Varsóvia, afastando-se as normas do Código de Defesa do Consumidor – CDC.
e) Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

5. Assinale a alternativa incorreta:

a) De acordo com o STJ, aplica-se o Código de Defesa do Consumidor aos contratos de planos de saúde.
b) De acordo com o STJ, o Código de Defesa do Consumidor é aplicável às instituições financeiras.
c) De acordo com o STJ, as instituições financeiras respondem subjetivamente pelos danos gerados por
fortuito interno relativo a fraudes e delitos praticados por terceiros no âmbito de operações bancárias.
d) De acordo com o STF, o Ministério Público tem legitimidade para promover ação civil pública cujo
fundamento seja a ilegalidade de reajuste de mensalidades escolares.
e) De acordo com o STJ, o Código de Defesa do Consumidor é aplicável à relação jurídica entre
entidade de previdência privada e seus participantes.

Questões Discursivas (2,5 cada)

6. Posso asseverar que o fornecedor de produtos e serviços responde por fato do produto ou serviço se houver
acidente de consumo. Justifique. (Responder em aproximadamente seis linhas).

7. Aline, condômina de um edifício residencial, ingressou com ação para reparação de danos, aduzindo falha na
prestação dos serviços de modernização dos elevadores. Narrou ser moradora do 10º andar e que hospedou
parentes durante o período dos festejos de fim de ano. Alegou que o serviço nos elevadores estava previsto para
ser concluído em duas semanas, mas atrasou mais de seis semanas, o que implicou falta de elevadores durante o
período em que recebeu seus hóspedes, fazendo com que seus convidados, todos idosos, tivessem que utilizar as
escadas, o que gerou transtornos e dificuldades, já que os hóspedes deixaram de fazer passeios e outras atividades
turísticas diante das dificuldades de acesso. Sentindo-se constrangida e tendo que alterar todo o planejamento de
atividades para o período, Aline afirmou ter sofrido danos extrapatrimoniais decorrentes da mora do fornecedor
de serviço, que, ainda que regularmente notificado pelo condomínio, quedou-se inerte e não apresentou qualquer
justificativa que impedisse o cumprimento da obrigação de forma tempestiva. Diante da situação apresentada e
com base no CDC, justifique a existência ou não de relação de consumo entre a condômina e o fornecedor de
serviços, e se teria esta legitimidade ativa para a propositura da mencionada ação, sustentando sua resposta na
teoria correspondente. (responder em aproximadamente cinco linhas).

8. Cirurgião plástico realiza em sua própria clínica, uma cirurgia plástica em uma linda e jovem paciente acidentada,
que tinha promissora carreira de modelo pela frente. Ocorre que, ante as múltiplas escoriações e fraturas sofridas
na face, o cirurgião plástico não conseguiu lhe restituir a beleza natural, restando na paciente, várias marcas e
cicatrizes no rosto, que culminou com a postulação da vítima em face do médico, de uma vultosa indenização
pelos danos sofridos. Pergunto: Segundo o Código de Defesa do Consumidor, qual a melhor estratégia de defesa
do médico acionado? Fundamente e justifique, considerando as modalidades das obrigações. (responder em
aproximadamente seis linhas).

Ou fazei a árvore boa e o seu fruto bom ou a árvore má e o seu fruto mau; porque pelo seu fruto se
conhece a árvore. “Mateus” - 12.33

BOA PROVA.