Você está na página 1de 3

Administração financeira orçamentária – A.F.O.

Espécies de orçamento público

Espécies de Orçamento Público

1. Introdução
À medida que as técnicas de planejamento e orçamento foram evoluindo,
diferentes tipos de orçamento foram experimentados, cada um com características
específicas.
2. Espécies de orçamento público segundo o competências para
realizar atribuições
Observado esse critério, é possível identificar os seguintes tipos de orçamento:

2.1. Orçamento legislativo


Orçamento cuja elaboração, discussão e votação têm predominância do Poder
Legislativo, cabendo ao Poder Executivo operacionalizar a sua execução. É
encontrado, basicamente, em países parlamentaristas. É democrático.

2.2. Orçamento executivo


Orçamento cuja elaboração, aprovação e execução e controle são feitos ao
Poder Executivo, normalmente sem nenhum tipo de controle externo. Encontrado,
geralmente, em países de governos totalitários.

2.3. Orçamento misto


Orçamento cuja competência para elaboração das propostas e iniciativa é
dividida entre os poderes, cujas principais funções, comumente, são de elaboração e
iniciativa, sob responsabilidade do Poder Executivo, e discussão e aprovação,
cabendo ao Poder Legislativo. É democrático, pois as despesas são analisadas por
representantes do povo (Poder Legislativo), que autorizam o Executivo a realizar os
gastos públicos conforme aprovado em lei – princípio da legalidade. É esse o tipo de
orçamento adotado no Brasil.
3. Espécies de orçamento público quanto a forma de elaboração
Quanto a forma de elaboração podemos citar os seguintes tipos de orçamento:
a) Orçamento tradicional ou clássico;
b) Orçamentos modernos
 De desempenho ou realizações;
 Orçamento-programa (o mais importante, portanto, observe os
detalhes);

3.1. Orçamento Clássico ou Tradicional


Orçamento tradicional ou clássico é um documento orçamentário elaborado
com um fim básico de controle orçamentário, sem objetivos específicos traçados, não

Prof.: Marcelo Adriano www.focusconcursos.com.br 1


Administração financeira orçamentária – A.F.O.
Espécies de orçamento público

havendo uma preocupação com o planejamento que visasse a resolução de


problemas públicos. A grande finalidade é o controle das atividades governamentais
cuja elaboração levava em consideração, principalmente, os aspectos políticos,
contábeis e financeiros. Tem como característica ser um documento simples com
mera previsão de receitas e autorização para realização de despesas, classificando-
as segundo o objeto de gasto, distribuído-as pelos diversos órgãos, para o período a
que se referisse. Em sua elaboração não há planejamento que vise atender reais
necessidades da coletividade e da administração, tampouco se considera os objetivos
econômicos e sociais da Administração Públicas.
Nesse tipo de orçamento leva-se em consideração dois critérios, basicamente:
 Por unidades administrativas (os órgãos responsáveis pelos gastos);
 Por objeto ou item de despesa (o foco é o objeto do gasto, ou seja, se
haverá recursos para custear o que se pretende comprar).
O foco do orçamento tradicional é objeto do gasto, ou seja, o que o governo
compra, ficando o planejamento para resolução de problemas em segundo plano,
isso quando existia.

3.2. Orçamento de Desempenho ou de Realizações


É um processo orçamentário que se caracteriza por apresentar duas dimensões
do orçamento: o objetivo do gasto e um programa de trabalho contendo as ações a
serem desenvolvidas. Apesar de se constituir em um documento que apresenta uma
ênfase no objetivo do gasto público, ele não se constitui instrumento de planejamento
efetivo.
Mesmo assim, o orçamento desempenho é um avanço em relação ao
orçamento tradicional ao buscar indicar os benefícios a serem alcançados pelos
diversos gastos e assim possibilita medir o desempenho organizacional, ou seja, o
orçamento de desempenho pode ser considerado uma importante evolução no
processo de integração entre orçamento e planejamento. Uma de suas principais
características é a apresentação dos propósitos e objetivos para os quais os créditos
se fazem necessários.
A ênfase é dada para as coisas que o governo faz, gerando o foco nos
resultados. Há planejamento, que pode ser na forma de programas de trabalho,
porém não há vinculação obrigatória entre o que foi planejado e a execução. Essa
técnica orçamentária se caracteriza por apresentar o orçamento sob duas
perspectivas, quais sejam: o objeto de gasto e um programa de trabalho.

Prof.: Marcelo Adriano www.focusconcursos.com.br 2


Administração financeira orçamentária – A.F.O.
Espécies de orçamento público

Prof.: Marcelo Adriano www.focusconcursos.com.br 3