Você está na página 1de 458

PREFÁCIO

Este manual descreve os procedimentos de serviço relacionados a pequenas


alterações nas empilhadeiras TOYOTA 7FG/7FD séries 35 a 45. Consulte os
manuais de reparações listados abaixo para procedimentos de serviço não
incluídos neste manual.

Este manual se aplica aos veículos fabricados em Novembro de 2007. Por favor,
observe que as explicações deste manual podem não se aplicar a veículos
fabricados anteriormente, devido a especificações ou outras mudanças. Todas as
melhorias subsequentes serão notificadas através dos Informativos de Peças e
Serviços dos Equipamentos Industriais Toyota.

(Referência)

Os manuais de reparações relacionados a este manual estão listados abaixo:

TOYOTA INDUSTRIAL EQUIPEMENT 7FG/7FD35 ~ 45


MANUAL DE REPAROS (Pub. Nº CP025-4)

TOYOTA INDUSTRIAL EQUIPEMENT MOTOR 1FZ


MANUAL DE REPAROS (Pub. Nº CP672)

TOYOTA INDUSTRIAL EQUIPEMENT MOTOR 13Z


MANUAL DE REPAROS (Pub. Nº CP615-2)

TOYOTA INDUSTRIAL EQUIPEMENT MOTOR N04C


MANUAL DE REPAROS (Pub. Nº CP674)

TOYOTA Material Handling Mercosur Ltda.


Uma Divisão da TOYOTA INDUSTRIES CORPORATION
ÍNDICE DE SEÇÕES
DESCRIÇÃO SEÇÃO

INFORMAÇÕES GERAIS 0
MOTOR 1
CARROÇARIA 2
VÁLVULA DE CONTROLE DE ÓLEO 3
MINIALAVANCA·JOYSTICK 4
SAS/OPS 5
MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS 6
DIAGNÓSTICO DE FALHAS NO SISTEMA ELÉTRICO 7
LISTA SST – LISTA DE PADRÕES DE SERVIÇO 8
DIAGRAMA ELÉTRICO E
0-1

INFORMAÇÕES GERAIS

Página
VISTAS EXTERNAS ................................................................. 0-2
0
MODELO DO VEÍCULO ........................................................... 0-3
NÚMERO DE CHASSI.............................................................. 0-4
PESO DOS COMPONENTES .................................................. 0-6
QUANTIDADE E TIPOS DE LUBRIFICANTES
RECOMENDADOS ................................................................... 0-7
0-2

VISTAS EXTERNAS
0-3

MODELO DO VEÍCULO
Classificação Modelo do Tipo de
Motor
Série Modelo Veículo Transmissão 0
7FG35 T/M
1FZ Gasolina 1
02-7FG35 T/C
Série 3,5 ton. Modelo 3,5 ton
7FD35 T/M 2
14Z-II Diesel
02-7FD35 T/C
3
7FGK40 T/M
1FZ Gasolina
Modelo K4,0 02-7FGK40 T/C 4
toneladas 7FDK40 T/M
14Z-II Diesel 5
02-7FDK40 T/C
Série 4,0 ton.
7FG40 T/M 6
1FZ Gasolina
02-7FG40 T/C
Modelo 4,0 ton 7
7FD40 T/M
14Z-II Diesel
02-7FD40 T/C 8
7FG45 T/M
1FZ Gasolina 9
02-7FG45 T/C
Série 4,5 ton. Modelo 4,5 ton
7FD45 T/M 10
14Z-II Diesel
02-7FD40 T/C
11
02-7FGA50 T/C 1FZ Gasolina
Série 5,0 ton. Modelo 5,0 ton
02-7FDA50 T/C 14Z-II Diesel

Espec. EEC
Classificação Modelo do Tipo de
Motor
Série Modelo Veículo Transmissão

Série 3,5 ton. Modelo 3,5 ton 42-7FD35 T/C 15Z Diesel

Série 4,0 ton. Modelo 4,0 ton 42-7FD40 T/C 15Z Diesel

Série 4,5 ton. Modelo 4,5 ton 42-7FD40 T/C 15Z Diesel

Série 5,0 ton. Modelo 5,0 ton 42-7FDA50 T/C 15Z Diesel
0-4

NÚMERO DE CHASSI
Posição de gravação do Nº do Chassi

Posição de gravação

Formato de gravação
Classificação Motor Modelo da empilhadeira Formato de gravação

7FG35 Modelos com


02-7FG35 especificação EEC
1FZ A7FGK40 50011
7FGK40 Outros modelos
02-7FGK40 A7FGK40-50011
Modelo 3,5·K4,0 ton
7FD35 Modelos com
02-7FD35 especificação EEC
14Z-II 7FDK40 30011
7FDK40 Outros modelos
02-7FDK40 7FDK40-30011

7FG40
Modelos com
02-7FG40
especificação EEC
1FZ 7FG45 A7FGA50 50011
Outros modelos
02-7FG45
A7FGA50-50011
Modelo 4,0 ~ 5,0 02-7FGA50
toneladas 7FD40
Modelos com
02-7FD40
especificação EEC
14Z-II 7FD45 7FDA50 30011
Outros modelos
02-7FD40
7FDA50-30011
02-7FDA50
0-5

Formato de gravação (especificação EEC)


Classificação Motor Modelo da empilhadeira Formato de gravação

Modelos com
especificação EEC
0
Modelo 3,5 ton 15Z 42-7FD35 40A7FDK40
Outros modelos
30011
1
40A7FDK40-30011

Modelo 4,0 ton 42-7FD40 Modelos com


2
especificação EEC
Modelo 4,5 ton
15Z
42-7FD40
40A7FDA50 30011
3
Outros modelos
Modelo 5,0 ton 42-7FDA50
40A7FDA50-30011 4
5
6
7
8
9
10
11
0-6

PESO DOS COMPONENTES


Componente Peso kg (lb)

1FZ 246 (542)

Motor 14Z-II 300 (661)

15Z 304 (670)

T/M 63 (139)

Transmissão T/C (1 marcha) 200 (441)

T/C (2 marcha) 210 (463)

1FZ
Aproximadamente 2230 (1010)
Modelo 3,5 ton 14Z-II

15Z Aproximadamente 2260 (1030)

1FZ
Aproximadamente 2590 (5710)
Modelo 4,0 ton 14Z-II

15Z Aproximadamente 2630 (5800)


Contrapeso
1FZ
Aproximadamente 2880 (6350)
Modelo 4,5 ton 14Z-II

15Z Aproximadamente 2930 (6460)

1FZ
Aproximadamente 3130 (6900)
Modelo 5,0 ton 14Z-II

15Z Aproximadamente 3140 (6920)

Conjunto do mastro V s/ Modelo 3,5 ton


apoio de carga e garfos Aproximadamente 920 (2030)
(com cilindro de Modelo 4,0 ton
levantamento para altura Modelo 4,5 ton Aproximadamente 1180 (2600)
máxima de: 3000 mm
(118 pol.)) Modelo 5,0 ton Aproximadamente 1310 (2890)
0-7

QUANTIDADE E TIPOS DE LUBRIFICANTES RECOMENDADOS


Quantidade
Descrição Aplicação Classificação Tipo
Litros (galão)

Óleo para motor


SAE30
API (SAE20 em local frio)
Gasolina 1FZ 9,5 (2,51)
SH, SJ
SAE20W-40
Motor (SAE10W-30 em local frio)

14Z-II 12,8 (3,38) Óleo para motor diesel


API SAE30 (SAE20 em local
Diesel frio)
15Z 14,5 (3,83) CE, CF
SAE10W-30

1FZ 12,0 (3,17) • Aditivo de Longa Duração


mistura 30-50% (para o
Líquido de 14Z-II 12,0 (3,17) inverno ou todas as
Aditivo de
arrefecimento (Sem estações)
Longa Duração
reservatório de • Liquido de arrefecimento
(LLC)
expansão) 15Z 12,5 (3,30) com inibidor de corrosão
(Para primavera, verão e
outono)

Líquido de
arrefecimento Todos os 0,6 (0,16) (no
↑ ↑
(Reservatório de modelos Nível Completo)
expansão)
1-1

MOTOR

Página 1
VISTA EXTERNA DO MOTOR ................................................. 1-2
PARÂMETROS PRINCIPAIS DO MOTOR ............................... 1-5 1
GRÁFICOS DE DESEMPENHO DO MOTOR .......................... 1-7
CARCAÇA DO MOTOR ......................................................... 1-10
REMOÇÃO E INSTALAÇÃO (MOTOR 1FZ)......................... 1-10
INSPEÇÃO – AJUSTE DO MOTOR....................................... 1-14
FILTRO DE AR ....................................................................... 1-18
ESPECIFICAÇÕES............................................................... 1-18
COMPONENTES .................................................................. 1-18
RADIADOR ............................................................................. 1-19
COMPONENTES .................................................................. 1-19
ESPECIFICAÇÕES............................................................... 1-19
INSPEÇÃO............................................................................ 1-19
SILENCIADOR E TUBO DE ESCAPAMENTO ...................... 1-20
COMPONENTES .................................................................. 1-20
BATERIA................................................................................. 1-21
COMPONENTES .................................................................. 1-21
ESPECIFICAÇÕES............................................................... 1-21
PEDAL DO ACELERADOR ................................................... 1-22
COMPONENTES .................................................................. 1-22
INSPEÇÃO-AJUSTE............................................................. 1-23
DESLOCAMENTO DO VENTILADOR ................................... 1-24
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO .................................................... 1-24
DESMONTAGEM-INSPEÇÃO-MONTAGEM ........................ 1-26
1-2

VISTA EXTERNA DO MOTOR


Motor 1FZ (Conversível GLP)
1-3

Motor 15Z

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
1-4

Motor 14Z-II
1-5

PARÂMETROS PRINCIPAIS DO MOTOR


Motor à Gasolina
Modelo do motor 1FZ 0
Tipo de motor Gasolina - 4 tempos
1
Quantidade e disposição dos cilindros 6 cilindros em linha, montado transversalmente

Tipo câmara de combustão Pentaroof 2


Mecanismo de válvula
DOHC - acionamento por corrente - acionamento por
engrenagem
3
Diâmetro x curso mm (pol.) 100,0 x 95,0 x (3,937 x 3,740) 4
Cilindrada total cm3 (pol.3) 4476 (273)

Relação de compressão 8,5


5
Gasolina exclusiva 63 (86)/2350 6
Potência Máxima GLP conversível/Gasolina 63 (86)/2350
kW (PS)/rpm GLP conversível/GLP 63 (86)/2350
7
GLP exclusivo 63 (86)/2350 8
Gasolina exclusiva 294 (30)/1200

GLP conversível/Gasolina 294 (30)/1200


9
Torque máximo
N·m (kgf·m)/rpm GLP conversível/GLP 294 (30)/1200 10
GLP exclusivo 294 (30)/1200
11
Gasolina exclusiva 265 (195)/1400
Combustível mínimo GLP conversível/Gasolina 265 (195)/1400
Consumo
g/kW·h (g/PS·h)/rpm GLP conversível/GLP 227 (167)/1400

GLP exclusivo 227 (167)/1400

Rotação máxima sem carga rpm 2350

Peso de serviço Kg (lb) 246 (542)


1-6

Motor Diesel
Modelo do motor 14Z-II 15Z

Tipo de motor Diesel - 4 tempos

Quantidade e disposição dos cilindros 6 cilindros em linha, montado transversalmente

Tipo câmara de combustão Tipo direto Tipo vórtice

Mecanismo de válvula Acionamento por engrenagem OHV

Diâmetro x curso mm (pol.) 98,0 x 115,0 x (3,9 x 4, 5)

Cilindrada total cm3 (pol.3) 5204 (204,9)

Relação de compressão 18,9 21,5

Potência Máxima kW (PS)/rpm 72 (98)/2100 55 (75)/2100

Torque máximo N·m (kgf·m)/rpm 340 (347)/1600 280 (28,6)/1800

Consumo mínimo de combustível


209 (154)/1000 240 (177)/1000
g/kW·h (g/PS·h)/rpm

Rotação máxima sem carga rpm 2600 2340

Peso de serviço Kg (lb) 300 (661) 298 (304)


1-7

GRÁFICOS DE DESEMPENHO DO MOTOR


Motor 1FZ

Gasolina, GLP
Torque (Nm)

Gasolina, GLP
Potência (kW)

Gasolina
Relação de consumo de combustível (g/kW h)

GLP

Rotação do motor (rpm)


1-8

Consumo de combustível (g/kW h) Torque (Nm)


Motor 15Z
Potência (kW)

Rotação do motor (rpm)


Consumo de combustível (g/kW h) Potência (kW) Torque (Nm)
Motor 14Z-II

Rotação do motor (rpm)


1-9
1-10

CARCAÇA DO MOTOR
REMOÇÃO E INSTALAÇÃO (MOTOR 1FZ)
Para veículos equipados com motores 14Z-II, 15Z, o procedimento é igual como para os motores 13Z e 14Z
convencionais. Consulte a Pub. Nº CP025-4.
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T/M:
Porca de fixação da haste do braço (traseira) T=31,4 a 74,5 (320 a 760) [23,1 a 55,0]
Porca de fixação do motor T=53,9 a 99,0 (550 a 1010) [39,8 a 73,1]
T/C:
Porca de fixação do motor T=53,9 a 99,0 (550 a 1010) [39,8 a 73,1]
Parafuso de fixação da carcaça do volante do motor T=56,9 a 64,7 (580 a 660) [42,0 a 47,8]
Parafuso de fixação do volante do motor T=98,07 a 156,9 (1000 a 1600) [72,35 a 115,8]
Parafuso de Fixação da placa flexível T=14,7 a 24,5 (150 a 250) [10,9 a 18,1]
1-11

Procedimento de Remoção
1. Remova a tampa do radiador.
2. Remova a bateria.
3. Remova o capô do motor.
(1) Desconexão do amortecedor do capô do motor (no lado do capô do motor).
(2) Desconecte o conector.
(3) Remova os parafusos do suporte do capô do motor.
4. Remova o painel do assoalho.
5. Drene o líquido de arrefecimento.
6. Remova o bloco de relés e a placa das peças elétricas.
7. Desconecte os conectores e as presilhas do chicote ao redor do motor.
8. Desconecte o cabo do acelerador e a mangueira de combustível.
9. Remova o conjunto do filtro de ar.
10. Remova o reservatório do radiador.
11. Remova o radiador e o defletor do ventilador. [Ponto 1]
12. Desconecte o tubo do escapamento.
13. Apenas T/M:
Remova a haste do braço.
14. Apenas T/M
Remova a cobertura inferior.
15. Apenas T/M
Remova a tampa do alojamento da embreagem, a tampa da embreagem, o disco de embreagem e o volante
do motor.
(Consulte a Pub. Nº CP025-4 Seção de Embreagem)
16. Remova o conjunto do eixo do controlador da bomba de óleo. [Ponto 2]
17. Apenas T/C:
Remova o parafuso de fixação do volante do motor. [Ponto 3]
18. Remova as porcas de fixação do motor.
19. Levante ligeiramente o conjunto do motor. [Ponto 4]
20. Apenas T/M:
Separe o alojamento da embreagem e o conjunto do motor. [Ponto 5]
Apenas T/C:
Separe o alojamento do conversor de torque e o conjunto do motor. [Ponto 5]
21. Remova o conjunto do motor.
22. Remova o motor de partida.
23. Apenas T/C:
Remova o volante do motor.
24. Apenas T/C:
Remova a carcaça do volante do motor.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
1-12

Operações Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Remoção:
Faça marcas de montagem nas mangueiras do radiador e do
arrefecedor do conversor de torque.

[Ponto 2]
Remoção-Instalação:
Amarre a forquilha de acoplamento com um arame.

[Ponto 3]
Remoção-Instalação:
Girando o volante do motor com uma chave de fenda, remova os
parafusos de fixação da placa flexível.

[Ponto 4]
Remoção-Instalação:
SST 09010-20111-71 ①
09010-23320-71 ②

Remoção:
Tente levantar completamente o parafuso de fixação para fora do
furo no chassi.
1-13

Remoção:
Levante o motor e insira um bloco de madeira com espessura de
aproximadamente 30 mm (1,2 pol.) entre o alojamento do
conversor e o chassi inferior.

Blocos de madeira
[Ponto 5]
Remoção-Instalação:
Use uma chave de fenda de lâmina reta para a separação. Caso a
conexão esteja excessivamente apertada, modifique a posição do
gancho da SST e ajuste o ângulo do motor para facilitar a
separação.
SST 09010-20111-71 ①
09010-23320-71 ②
Nota:
Preste especial atenção para não danificar o retentor de óleo
da árvore de manivelas. Se o vedador de óleo for danificado,
substitua-o.
1-14

INSPEÇÃO – AJUSTE DO MOTOR


Para veículos equipados com motores 14Z-II, 15Z, o procedimento é igual como para os motores 13Z e 14Z
convencionais. Consulte a Pub. Nº CP025-4.
Nota:
• Primeiramente aqueça o motor e efetue a inspeção e o ajuste quando a empilhadeira estiver na seguinte
condição:
• Temperatura do líquido de arrefecimento: 70°C (167°F) ou acima, temperatura do óleo do motor: 60°C
(1400°F) ou acima, temperatura do óleo hidráulico: 50°C (122°F) ou acima
• O ajuste não é necessário. A rotação do motor é controlada eletronicamente.
• Se a rotação do motor não estiver dentro da faixa especificada, pode haver mau funcionamento de
componentes. Nesse caso, diagnostique os componentes com mau funcionamento. (Consulte o
diagnóstico de falhas do motor.)
INSPEÇÃO DA ROTAÇÃO DA MARCHA
LENTA
1. Aqueça o motor.
2. Instale um tacômetro no terminal para medir a rotação do
motor (terminal de rotações).
3. Verifique a marcha lenta.
Padrão: 750 ± 30 rpm (Para os motores à gasolina e GLP)
Terminal de rotações

INSPEÇÃO DO AJUSTE DA SINCRONIZAÇÃO DA


IGNIÇÃO
1. Aqueça o motor.
2. Instale um tacômetro no terminal para medir a rotação do
motor (terminal de rotações).

Terminal de rotações

3. Verifique a marcha lenta.


Padrão: 750 ± 30 rpm (Para os motores à gasolina e GLP)
4. Instale uma lâmpada de ponto.

Conector de diagnóstico
1-15

5. Utilizando a ferramenta especial de serviço, conecte os


terminais TC e E1 do conector de diagnósticos.
SST 09238-13130-71
Atenção:
Se forem conectados os terminais errados, um mau
funcionamento poderá ocorrer. Certifique-se de conectar os
terminais corretos.

Conector de diagnóstico

6. Inspecione o ponto de ignição.


Padrão: 3° (APMS) (Para os motores à gasolina e LPG)
7. Se a sincronização da ignição estiver fora do padrão, solte o
parafuso de fixação do distribuidor e gire o distribuidor para
ajustar o ponto de ignição de acordo com o valor padrão.

MEDIÇÃO DA ROTAÇÃO MÁXIMA SEM CARGA


1. Aqueça o motor.
2. Instale um tacômetro no terminal para medir a rotação do
motor (terminal de rotações).
3. Pressione completamente o pedal do acelerador e meça a
rotação máxima.
Padrão: 2350 ± 35 rpm (Para os motores à gasolina e LPG)
Terminal de rotações

INSPEÇÃO DA COMPRESSÃO
1. Aqueça o motor.
2. Desconecte o terminal negativo da bateria.
3. Com a ferramenta especial remova a vela de ignição.
SST 09045-76001-71
(09045-38162)

4. Remova os fusíveis IGN e EFI.


Fusível EFI

Fusível IGN
1-16

5. Remova a porca de fixação do corpo da válvula de aceleração


Blocos de
e coloque um bloco de madeira, ou algo semelhante, entre o
madeira, etc.
corpo e o tanque para manter uma folga de 3 a 5 mm (0,12 a
0,20 pol.).
3 ~ 5 mm Nota:
(0,12 ~ Segure a admissão de ar.
0,20 pol.)

6. Conecte o terminal negativo da bateria e meça a pressão de


compressão.
Nota:
• Para assegurar uma rotação de marcha lenta maior que
250 rpm, use uma bateria com carga plena.
• Gire o motor de partida de medir a pressão de compressão
para eliminar objetos estranhos do interior do cilindro.
(1) Instale um medidor de compressão dentro do orifício da
vela de ignição.
(2) Dê partida no motor, meça a pressão de compressão.
Padrão:
1030 kPa (11,5 kgf/cm²) [149 psi] (Para gasolina e GLP)
(3) Meça a pressão de compressão de todos os cilindros e
inspecione a diferença.
Limite de diferença de pressão entre cilindros:
50 kPa (0,5 kgf/cm²) [14 psi] (Para gasolina e GLP)
(4) Se algum cilindro apresentar pressão menor que o limite,
ou a diferença de pressão for maior que o limite, coloque
uma pequena quantidade de óleo de motor pelo orifício
da vela de ignição e repita as operações de (1) a (3)
acima.
Nota:
• Se a pressão subir adicionando o óleo, pode haver desgaste
ou dano no anel do pistão ou na parede do cilindro.
• Se a pressão se mantiver baixa mesmo após adicionar o
óleo, pode haver uma válvula queimada, falha no contato da
válvula ou vazamento de pressão pela junta.
(5) Instale as velas de ignição.
T = 20 N.m (200 kgf.cm) [14,5 lbf.pé]
1-17

INSPEÇÃO DA BOBINA DE IGNIÇÃO


Nota:
A inspeção deverá ser realizada quando a temperatura da
própria bobina for -10 a 50° C (14 a 122 °F) para a inspeção no
estado frio e 50 a 100 °C (122 a 212°F) para a inspeção no
estado quente.
1. Desconecte o conector da bobina de ignição e o cabo de alta
tensão da bobina de ignição.

2. Inspecione a bobina de ignição.


(1) Meça a resistência da bobina primária.
Estado Padrão a Frio: 0,36 a 0,55 Ω
Estado a quente: 0,45 a 0,65 Ω

(2) Meça a resistência da bobina secundária.


Estado Padrão a Frio: 9,0 a 14,5 Ω
Estado a quente: 11,4 a 18,1 Ω

INSPEÇÃO DO IGNITOR
Nota:
Para o julgamento da qualidade do ignitor, os itens a seguir serão observados.
• A bobina de ignição está normal e a fiação para o dispositivo de ignição e o conector está normal.
• Há saída normal do sinal IGT do ECU para o dispositivo de ignição, assim como o sinal do IGN do
dispositivo de ignição para o ECU, e a fiação e o conector estão normais.

Bobina de
ignição
Dispositivo
de ignição
1-18

FILTRO DE AR
ESPECIFICAÇÕES
1FZ

Tamanho 7 polegadas

Área efetiva de filtragem (m2) 1,71

COMPONENTES
1703
1-19

RADIADOR
COMPONENTES
MOTOR 1FZ
1603

ESPECIFICAÇÕES
Radiador

1FZ

Tipo Fluxo cruzado

Tipo aletas Aletas corrugadas

Dimensão do núcleo (E x L x A) 48 x 449 x 525

INSPEÇÃO
Padrão:
O nível do líquido de arrefecimento no reservatório do radiador deverá estar entre as linhas FULL (cheio) e LOW
(baixo). A concentração de LLC deverá ser de 30% (50% em regiões geladas) ou superior, e o líquido de
arrefecimento não deverá ser contaminado com óleo etc.
1-20

SILENCIADOR E TUBO DE ESCAPAMENTO


COMPONENTES
MOTOR 1FZ
1702
1-21

BATERIA
COMPONENTES
MOTOR 1FZ
1901

ESPECIFICAÇÕES
1FZ

STD 55D24L(S)

OPCIONAL (Bateria de alta


55D23L
capacidade)

Clima frio -
1-22

PEDAL DO ACELERADOR
COMPONENTES
MOTOR 1FZ
2601
1-23

INSPEÇÃO-AJUSTE
1. Inspecione o ângulo do pedal do acelerador.
Parafuso Limitador
Quando o acelerador está solto: 45°

Sensor de posição do pedal acelerador

2. Ajuste o sensor do acelerador.


(1) Conecte o analisador plug-in.
SST 09240-26600-71
Nota:
Para uma explicação sobre o uso da tela, consulte a seção da
tela de funções múltiplas.

(2) Ajuste a tensão do sensor quando o acelerador estiver


desativado. Exiba I/O ENGINE CTRL 4/10 no visor.
Ajuste a posição de instalação do sensor do acelerador
de maneira que a saída VPA1 (V) apresente o valor
abaixo, e imobilize-o com o parafuso.
VPA1: 0,8 ± 0,1V

(3) Ajuste a altura do limitador de forma que a diferença


entre a saída VPA1 (V) na posição de aceleração total e
a saída VPA1 (V) inicial seja 2,4 V ou maior, e a saída
VPA2 (V) na posição de aceleração total seja inferior a
4,6 V.
Nota:
A alteração na saída por volta simples do parafuso limitador é
0,035V.
(4) Após o ajuste, aplique trava química (08833-76002-71
(08833-00080)) à seção da rosca da porca do parafuso
limitador e reinstale-a.
(5) Apague os valores memorizados.
Remova o terminal da bateria por mais de 10 segundos
e, em seguida, reconecte-o.
(6) Verifique se os valores VPA1 e VPA2 exibidos com o
acelerador desativado estão dentro da faixa especificada
abaixo dos valores exibidos no interior dos parênteses.
Padrão: Dentro de ± 0,1V
1-24

DESLOCAMENTO DO VENTILADOR
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

Procedimento de Remoção
1. Remova a tampa do radiador.
2. Remova o radiador com o defletor do ventilador. (Veja a página 1-10)
3. Remova a correia do ventilador. [Ponto 1]
4. Remova o conjunto de suporte do ventilador. [Ponto 2]

Procedimento de Instalação
Para a instalação proceda de forma inversa à remoção.
1-25

Operações Ponto a Ponto


Parafuso de regulagem
[Ponto 1]
Instalação:
Regulagem da correia do ventilador
1. Ajuste a tensão da correia do ventilador no nível padrão,
girando o parafuso de regulagem.
Padrão:
6 a 8 mm (0,24 a 0,31 pol.)
Flexão após pressionar com uma força de 29 N (3 kgf) [6,6 lbf]
2. Aperte o parafuso de fixação da polia.
3. Depois de operar o motor por vários segundos, inspecione
novamente a tensão da correia do ventilador.

6 a 8 mm (0,24 Força
a 0,31 pol.) aplicada 29N
(3kgf) [6,6 lbf]

[Ponto 2]
Instalação:
Posicione a correia do ventilador na polia e aperte o parafuso de
fixação, puxando a placa para cima.
1-26

DESMONTAGEM-INSPEÇÃO-MONTAGEM
1603

Procedimento de Desmontagem
Lado do ventilador
1. Remova o ventilador e o alojamento do rolamento do suporte do ventilador.
2. Remova o alojamento do rolamento. [Ponto 1]
3. Remova o rolamento. [Ponto 2]
4. Remova o ventilador e a polia.
Lado da bomba de óleo
5. Remova a polia. [Ponto 3]
6. Remova o rolamento. [Ponto 4]

Procedimento de Montagem
Para montagem proceda de forma inversa à desmontagem.
1-27

Operações Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Desmontagem:
Remoção do alojamento do rolamento
1. Remova o anel elástico.
2. Use a ferramenta especial e remova o alojamento do
rolamento.
SST 09950-76014-71
(0950-40011)
Montagem:
Instalação do alojamento do rolamento
1. Use a ferramenta especial e instale o alojamento do
rolamento.
SST 09623-76001-71
(09623-30011)

[Ponto 2]
Desmontagem:
Use a ferramenta especial e remova o rolamento no lado do
ventilador.
SST 09950-76014-71
(0950-40011)

Montagem:
Use a ferramenta especial e instale o rolamento no lado do
ventilador.
SST 09110-30200-71
2-1

CARROÇARIA

Página
COMPONENTES .......................................................................2-2
MOSTRADOR-MÚLTIPLO ........................................................2-3
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO........................................................2-3 2
MEDIDOR DO SENSOR DE COMBUSTÍVEL ..........................2-4
INSPEÇÃO ................................................................................2-4
BOMBA DE COMBUSTÍVEL ....................................................2-5
INSPEÇÃO ..............................................................................2-5
2-2

COMPONENTES
Painel de Instrumentos
5301

Medidor do Emissor de Combustível com Bomba de Combustível


2303

(TAMPA DO
COMBUSTÍVEL
C/ CHAVE)
2-3

MOSTRADOR-MÚLTIPLO
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11

Procedimento de Remoção
1. Remova o painel do assoalho.
2. Remova o painel inferior.
3. Desconecte o chicote de fiação do mostrador múltiplo.
4. Remova o painel de instrumentos LD.
5. Remova o conjunto do mostrador múltiplo.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
2-4

MEDIDOR DO SENSOR DE COMBUSTÍVEL


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

INSPEÇÃO
1. Remova o conjunto da tampa do tanque de combustível.
2. Meça a resistência.
(1) Verifique se a boia é movida suavemente.
(2) Meça a resistência entre os terminais positivo e negativo (terra da carroçaria) do medidor do sensor
enquanto a posição da boia varia entre F e E.
Verifique também se a resistência varia continuamente.
Nota:
• Meça na direção do movimento da boia de F a E.
• A resistência de cada um dos pontos F e E deve ser medida quando o braço está em contato com o
respectivo limitador.

Padrão
Posição da boia mm (pol.) Resistência Ω
F 113 (4,5) 15,0 ± 1,0
E 451 (17,8) 410,0 ± 4,5
2-5

BOMBA DE COMBUSTÍVEL
INSPEÇÃO
1. Aplique a tensão da bateria entre os terminais e verifique se o 0
motor funciona.
Atenção: 1
• A inspeção deve ser feita em um intervalo breve de tempo
(dentro de 5 segundos).
• Leve a bomba o mais afastado possível da bateria. 2
• Faça a operação de chaveamento no terminal negativo da
bateria. 3
2. Usando o equipamento de teste meça a resistência entre os
terminais. 4
Padrão: 0,2 a 3,0 Ω
5
6
7
8
9
10
11
3-1

VÁLVULA DE CONTROLE DE ÓLEO

Página
CONJUNTO DA VÁLVULA DE CONTROLE DE ÓLEO .......... 3-2
COMPONENTES .................................................................... 3-6

3
3-2

CONJUNTO DA VÁLVULA DE CONTROLE DE ÓLEO


3-3

Válvula de controle de óleo (X - X)

0
1
2
3
4
5
6
7
8
(Y - Y)
9
10
11
3-4

Válvula de travamento de inclinação para trás

Divisor de fluxo
3-5

Diagrama do circuito hidráulico

0
Válvula de controle
1
Válvula de travamento
de inclinação para trás
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11

Abertura do medidor

Divisor de fluxo
3-6

COMPONENTES

Válvula de controle de óleo


6705

CF [VEDADOR] FU [TAMPA]
MV [PLACA]
LD [BRAÇADEIRA]
KY [TUBO]

Válvula de travamento de inclinação atrás - Divisor de fluxo


6705
4-1

MINIALAVANCA·JOYSTICK

Página
INFORMAÇÕES GERAIS......................................................... 4-2
JOYSTICK............................................................................... 4-4
COMPONENTES ...................................................................... 4-6
MINIALAVANCA·JOYSTICK .................................................... 4-8
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO ...................................................... 4-8
DESMONTAGEM-INSPEÇÃO-MONTAGEM ........................ 4-10
4
4-2

INFORMAÇÕES GERAIS
Minialavanca

Descansa-braço

Alavanca de levantamento
Alavanca de inclinação

Interruptor de
Mudança de Marchas

Interruptor do
medidor de carga Alavanca para fixar a rotação
da caixa da alavanca
Interruptor de nivelamento automático do garfo

Alavanca de Levantamento-Alavanca do Acessório


4-3

Alavanca de Inclinação
22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26°

0
1
2
3
4
5
6
7
Arranjo do pino do conector
(1) Linha de alimentação: Vermelho 8
(2) Linha de terra: Preto
(3) Linha de sinal: Verde 9
Interruptor de Mudança de Marchas 10
11
1-Velocidades 2-Velocidades

MARCA TERMINAL
4-4

JOYSTICK
Descansa-braço

Interruptor de nivelamento
automático do braço e
interruptor do medidor de carga
Interruptor de mudança
à frente e à ré

Joystick para operação de


levantamento e inclinação

Alavanca para fixar a rotação da caixa da alavanca

Joystick para Operação de Levantamento e Inclinação


22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26°

Arranjo do pino do conector


(1) Linha de alimentação: Vermelho
(2) Linha de terra: Preto
(3) Linha de sinal: Verde
4-5

Joystick para Operação de Engate

22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26° 22,5 ~ 26°


0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Interruptor de Mudança de Marchas
11
1-Velocidades 2-Velocidades

MARCA TERMINAL
4-6

COMPONENTES
6712
4-7

Minialavanca
6712

Joystick
6712
4-8

MINIALAVANCA·JOYSTICK
REMOÇÃO·INSTALAÇÃO
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

Procedimento de Remoção
1. Abra o capô do motor e desconecte o conector.
2. Feche o capô do motor.
3. Remova a tampa da alavanca para ajustar a rotação.
4. Remova a caixa da minialavanca com o descansa-braço e o respectivo suporte.
5. Remova a alavanca para ajustar a rotação. [Ponto 1]
6. Remova o conjunto do amortecedor giratório.
7. Remova o botão para fixar a altura e o suporte inferior.
8. Remova a alavanca para ajustar para frente e para trás. [Ponto 2]
9. Remova o suporte superior.
10. Remova o conjunto do descansa-braço.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
4-9

Operações Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Instalação:
Instale a alavanca para ajustar a rotação de maneira que a
dimensão B mostrada na figura à esquerda seja de 3 a 6 mm
(0,118 a 0,236 pol).
A parte B é movida 3,6 mm (0,142 pol.) com 1 entalhe de
endentamento.

[Ponto 2]
Instalação:
Alinhe o orifício no suporte da braçadeira com a saliência do
eixo da alavanca para instalar; a seguir, gire conforme
mostrado na figura à esquerda.

Instalação:
Siga o procedimento abaixo para instalar a alavanca de ajuste
para frente/para trás
(1) Mova o descansa-braço para a parte mais atrás possível.
(2) Aperte a porca flangeada até que a força de operação na
parte superior da alavanca fique com 65 a 100 N
(6,6 ~ 10,2 kgf) [14,6 ~ 22,5 lbf].

(3) Pressione o descansa-braço para frente com uma força


de 100 N (10,2 kgf) [22,5 lbf), e verifique se ele não é
100 N (10,2 kgf) [22,5 lbf] movido. Caso seja movido, aperte mais a porca
flangeada.
(4) Aperte a porca A de acordo com o torque especificado.
T = 14 N.m (142,8 kgf.cm) [10,3 lbf.pé]

Porca A
4-10

DESMONTAGEM-INSPEÇÃO-MONTAGEM
Minialavanca Joystick

Procedimento de Desmontagem
1. Remova a cobertura da alavanca.
2. Desconecte o conector. [Ponto 1]
3. Remova cada conjunto da alavanca e guia.
4. Remova a carcaça do interruptor de mudança de marchas.

Procedimento de Montagem
Para montagem proceda de forma inversa à desmontagem.

Operações Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Desmontagem:
Sempre marque os conectores com uma etiqueta, etc. de
maneira que os pontos de conexão possam ser encontrados
durante a montagem.
5-1

SAS/OPS

Página
INFORMAÇÕES GERAIS......................................................... 5-2
FUNÇÃO SAS........................................................................... 5-4
COMPONENTES .................................................................... 5-4
PRECAUÇÕES AO REPARAR............................................... 5-9
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO CONTROLADOR SAS/OPS.........5-11
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE TAXA DE
GUINADA.............................................................................. 5-12
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE ÂNGULO DO 5
PNEU .................................................................................... 5-13
INSTALAÇÃO/REMOÇÃO DO CILINDRO DE TRAVAMENTO
DA SUSPENSÃO.................................................................. 5-15
VÁLVULA DE CORREÇÃO DA POSIÇÃO DO BOTÃO DA
DIREÇÃO REMOÇÃO E INSTALAÇÃO ............................... 5-17
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE ÂNGULO DE
INCLINAÇÃO ........................................................................ 5-19
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE CARGA.......... 5-20
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE VELOCIDADE ....... 5-21
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO INTERRUPTOR DE ALTURA DO
GARFO ................................................................................. 5-22
FUNÇÕES OPS ...................................................................... 5-23
INFORMAÇÕES GERAIS..................................................... 5-23
ESPECIFICAÇÃO DE CONTROLE ...................................... 5-23
SINCRONISMO....................................................................... 5-24
INFORMAÇÕES GERAIS..................................................... 5-24
ANTES DE INICIAR O SINCRONISMO ............................... 5-26
OPÇÕES ................................................................................. 5-30
MEMÓRIA DE DIAGNÓSTICO............................................... 5-32
VERIFICAÇÃO DO CONTROLE DE MOVIMENTO DAS RODAS
TRASEIRAS............................................................................ 5-33
FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO SAS/OPS ...................... 5-34
5-2

INFORMAÇÕES GERAIS
SAS (Sistema de Estabilidade Ativa) /Configuração do sistema OPS (Sensor de Presença do Operador)
Os sensores estão instalados em pontos do veículo para detectar o movimento do veículo e enviar sinais para os
controladores.
O controlador opera atuadores processando os sinais enviados e enviando sinais para os atuadores.

Controle Con-
Sensor Atuador
trole

Interruptor de altura do Cilindro de travamento da


garfo suspensão
(Apenas pneu simples)
Sensor de ângulo de Válvula de controle de inclinação
inclinação (Apenas veículo com alavanca STD)
Válvula de travamento de
Interruptor de inclinação à levantamento
frente (Apenas veículo com alavanca STD)
Saída Válvula de correção da posição do
Interruptor de inclinação volante
para trás Relé do interruptor de marcha à frente
(somente empilhadeira equipada com
conversor de torque)
Interruptor “abaixar” Relé do interruptor de marcha à ré
(somente empilhadeira equipada com
conversor de torque)
Válvula de descarga
Sensor de carga
Válvula de travamento de
levantamento
Interruptor de nivelamento (Apenas veículo com alavanca STD)
automático do garfo Válvula de travamento de inclinação
Entrada para trás (Apenas empilhadeira com
Controlador

alavanca padrão)
Sensor de velocidade Lâmpada OPS
Alarme sonoro
Válvula de controle de inclinação
Sensor do ângulo do (Apenas veículo com alavanca STD)
volante de direção
Luz de erro
Visor do Código de Falha
Sensor de ângulo do pneu

Sensor de taxa de desvio Mostrador Múltiplo (OPCIONAL)


Saída
(Apenas pneu simples) (Analisador embutido)

Interruptor do banco
Analisador de encaixar (SST)

Interruptor de marcha à frente


(somente empilhadeira equipada
com conversor de torque) S: Controle do movimento das rodas traseiras
T: Controle de inclinação do mastro
K: Controle de posição do volante de direção
Interruptor de marcha à ré O: Controle OPS
(somente empilhadeira equipada
com conversor de torque)
5-3

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Nº Nome Nº Nome
(1) Sensor de altura do garfo (15) Cilindro de travamento da suspensão
(2) Sensor de ângulo de inclinação (16) Válvula de controle de inclinação
(3) Interruptor de inclinação à frente*1 (17) Válvula de travamento de levantamento
(4) Interruptor de inclinação para trás*1 (18) Válvula de correção da posição do volante
(5) Interruptor de abaixamento*1 (19) Relé de interrupção de marchas à frente
(6) Sensor de carga (20) Relé do interruptor para trás
(7) Sensor de nivelamento automático do garfo (21) Válvula de descarga
(8) Sensor de velocidade (22) Válvula de travamento de inclinação para trás
(9) Sensor do ângulo do volante de direção (23) Alarme sonoro
(10) Sensor de ângulo do pneu (24) Lâmpada OPS
(11) Sensor da taxa de desvio (25) Luz de erro
(12) Interruptor do banco (26) Mostrador de múltiplas funções
(13) Interruptor de marcha a frente (27) Ferramenta de diagnóstico
(14) Interruptor para trás (28) Controlador SAS/OPS

*1 Para empilhadeiras com minialavanca/joystick, os interruptores (3) (4) e (5) são os sensores de ângulo da
alavanca
5-4

FUNÇÃO SAS
COMPONENTES
Controlador

Sensor da taxa de desvio Sensor de ângulo do pneu


5-5

Cilindro de travamento da suspensão 4301

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Válvula de correção da posição do botão do volante 4507 10
11
5-6

Interruptor de altura do garfo 5803

BP
[SUPERIOR]

BP [INFERIOR]

LADO DIREITO DO MASTRO NA PARTE EXTERNA

Interruptor de altura do garfo (FV-FSV) 5803

MASTRO EXTERNO
5-7

Sensor de ângulo de inclinação 5803

CILINDRO DE INCLINAÇÃO LD

Sensor de carga 5803

CILINDRO DE LEVANTAMENTO LE
5-8

Sensor de carga (FSV) 5803

CILINDRO DE
CILINDRO DE LEVANTAMENTO LE LEVANTAMENTO LE

Sensor de velocidade 5803


5-9

PRECAUÇÕES AO REPARAR
Antes de efetuar os reparos, certifique-se de compreender completamente as funções de SAS/OPS.
1. Preparação para a reparação
(1) Ao lavar o veículo, tenha cuidado para não esguichar
água diretamente nos componentes elétricos.
Não efetue lavagem de alta pressão sobre o controlador,
sensor de ângulo de inclinação, interruptor de altura do
garfo, botão da buzina, medidores, interruptores no
painel de instrumentos e componentes e peças elétricos
no compartimento do motor.
(2) Remova contaminação e/ou água das seções
respectivas.
(3) Transporte os controladores e o sensor da taxa de desvio na embalagem com almofadas e mantenha na
embalagem até a instalação. Nunca transporte-o exposto. Também, não aplique choque mecânico nos
controladores deixando-os cair ou por pancadas.
(4) O número de peça de um controlador varia de acordo com as especificações do veículo. Verifique
antecipadamente o número correto da peça.
(5) Se um serviço de reparação requerer a sincronização, sempre estacione o veículo em local plano.
(6) Prepare as ferramentas e instrumentos de medição necessários (tais como o analisador plug-in (SST
09240-26600-71) e o equipamento de teste de circuito, etc.).
2. Durante a reparação
(1) Nunca use uma chave de impacto para a remoção e a instalação de controladores e sensores.
(2) Não LIGUE ou DESLIGUE a ignição mais do que o necessário quando a fiação de um sensor estiver
desconectada. LIGAR a ignição nesse estado causa uma falha e um código de falha será armazenado no
controlador. O código de erro não é apagável e um máximo de dez erros podem ser armazenados. Se 11
ou mais códigos de falha forem armazenados, o mais antigo será apagado.
(3) Ao ativar o solenoide (para o cilindro de trava, válvula de correção da posição do botão) durante um
“Active Test” do analisador, não o mantenha ativado por mais de um (1) minuto. Uma vez que as funções
SAS/OPS são forçosamente suspensas durante o Active Teste, seja cuidadoso ao efetuar o teste de
funcionamento com cuidado em baixa velocidade.
(4) As funções AS/OPS são suspensas durante o sincronismo. Não acione a empilhadeira nesta condição.
(5) Não ligue a chave de ignição com um dos lados (direito ou esquerdo) da empilhadeira levantado. É muito
perigoso ligar a chave de ignição nesta condição, pois ela libera o travamento da suspensão e o veículo
torna-se repentinamente inclinado.
(6) Caso a empilhadeira esteja na condição inclinada em virtude de reparo de um pneu furado ou por outros
motivos, mantenha a chave de ignição ligada durante todo o período do início do levantamento,
substituição do pneu até o abaixamento no piso.
(7) Quando a tubulação hidráulica está desconectada, coloque uma tampa na conexão e na mangueira para
evitar a entrada de sujeira.
(8) Se a válvula de controle de óleo para abaixamento manual está solta, aperte-a no torque especificado.
(9) Aperte os parafusos no torque determinado.
(10) Os respectivos sensores não requerem nenhum ajuste durante a instalação. Efetue a inicialização
durante a sincronização.
(11) Para desconectar um conector, não puxe pelo chicote.
(12) Ao inspecionar o chicote elétrico, acione com cuidado para não danificar os terminais do conector.
(13) O cilindro de travamento da suspensão não deve ser desmontado. Caso seja desmontado, haverá
entrada de ar, e o mesmo não poderá ser mais reutilizado.
(14) Não aplique fortes impactos à estrutura e defletor de calor para evitar que o sensor de taxa de desvio seja
danificado.
(15) Os significados de altura do garfo alta e baixa na seção de diagnóstico de falha são conforme indicado
abaixo:
Altura baixa do garfo: Da posição mais baixa para a imediatamente antes do interruptor de altura do garfo
Altura alta do garfo: Altura acima da posição onde o interruptor de altura do garfo é acionado
5-10

3. Medições provisórias
(1) Se o travamento da suspensão não travar por qualquer
problema ao ligar a chave de ignição, poderá ser
necessário destravá-lo manualmente para ação
temporária.
Para destravar, afrouxe o bujão do cilindro de travamento
da suspensão 1 a 2 voltas. Deve-se tomar cuidado para
não soltá-lo excessivamente. Após o reparo, aperte
corretamente.
T = 7,8 ~ 9,8 N·m (80 ~ 100 kgf·cm) [5,8 ~ 7,24 lbf.pés]

(2) Caso o mastro falhe ao abaixar em virtude de algum


problema, ele poderá ser abaixado manualmente.
Soltar a válvula indicada na figura na parte superior da
válvula de controle de óleo abaixa o mastro. Acione a
alavanca de levantamento para abaixar através da
válvula de abaixamento manual liberada. Após o reparo,
aperte-a corretamente.
T = 26,5 ~ 32,4 Nm (270 ~ 330 kgf·cm) [19,5 ~ 23,9 lbf.pés]

4. Precauções quanto a modificações na empilhadeira


Nº Conteúdo de modificação Condição Conteúdo de trabalho

Troque o controlador. (para empilhadeira sem o


1 Pneu simples → Pneu Duplo — controle de movimento)
Remova o cilindro de travamento.

Troque o controlador. (para empilhadeira com o


controle de movimento)
2 Pneu duplo → Pneu simples —
Troque a travessa do eixo traseiro.
Instale o cilindro de travamento.

Instalação/Remoção de
3 — Instale ou remova os implementos.
implementos

Ao substituir provisoriamente/use
controladores SAS/OPS entre os
diferentes veículos
4 — Efetue SET-5 do sincronismo
(No entanto, isso deverá ser feito
apenas entre aqueles que tenham
o mesmo número de peça.)

Nota:
• Efetue o procedimento de alinhamento (sincronismo) após a modificação mencionada acima.
(Consulte a página 5-24.)
• Ao colocar uma ordem de fornecimento de um conjunto de mastro, coloque a ordem para os sensores
(para o interruptor de altura de levantamento, chicote do mastro e outras peças SAS relacionadas)
simultaneamente, caso tais peças sejam necessárias.
5-11

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO CONTROLADOR SAS/OPS


Nota:
Não use uma ferramenta de impacto para remover/instalar os parafusos do/no suporte do conector e
controlador SAS/OPS.
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=5,5 (56) [4,1]

Procedimento de Remoção
1. Remova o painel inferior.
2. Remova o painel do assoalho.
3. Remova o suporte do conector.
4. Remova o suporte do protetor do conector.
5. Desconecte os conectores.
6. Remova o controlador SAS/OPS.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
Nota:
Ao substituir o controlador SAS/OPS, efetue o procedimento de correspondência. (Consulte a página 5-24)
5-12

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE TAXA DE GUINADA


Nota:
• Seja extremamente cuidadoso para não aplicar impacto mecânico para proteger o sensor de taxa de
desvio. Não utilize uma chave de impacto.
• Não utilize o sensor de taxa de desvio que tenha acidentalmente caído.
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=5,5 (56) [4,1]

Procedimento de Remoção
1. Remova a borracha de segurança.
2. Remova o degrau e o painel lateral.
3. Desconecte o conector.
4. Remova o sensor de taxa de desvio.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
5-13

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE ÂNGULO DO PNEU


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=10~16 (100~160) [7,4~11,8]

Procedimento de Remoção
1. Remova o protetor do chicote.
2. Remova a cobertura do sensor.
3. Desconecte o conector.
4. Desconecte o conector do sensor de ângulo do pneu e a junção.
5. Remova a placa do sensor.

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
Nota:
Ao remover/ instalar ou substituir o sensor de ângulo do pneu ou a tampa do sensor, execute o procedi-
mento de correspondência. (Veja a página 5-24)
5-14

Junção Operação Ponto a Ponto


[Ponto 1]

Aplique graxa MP Instalação:


1. Gire o volante de direção totalmente no sentido horário e
mantenha-o nesta posição.
2. Instale a junção no alojamento do pino mestre. Aplique uma
pequena quantidade de graxa multi-uso sobre a superfície do
pino mestre com o pino mestre e a placa do sensor.

3. Instale o sensor de ângulo do pneu alinhando-o com o eixo


Sensor
central da junção.
de ângulo
do pneu

Junção

4. Gire o sensor de ângulo do pneu até que os orifícios de


fixação do sensor estejam alinhados com os furos roscados
da placa do sensor.
(Aprox. 180)

5. Após o alinhamento dos orifícios de montagem, instale os


parafusos de fixação.
5-15

INSTALAÇÃO/REMOÇÃO DO CILINDRO DE TRAVAMENTO DA SUSPENSÃO


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=16,2~37,8 (162~378) [11,7~27,3]

T=16,2~37,8 (162~378) [11,7~27,3]

Procedimento de Remoção
1. Remova o radiador.
2. Levante a empilhadeira com um macaco e apoie sobre cavaletes.
3. Remova o pino inferior do cilindro de travamento da suspensão.
4. Desconecte o conector do solenoide de travamento da suspensão.
5. Remova o pino superior do cilindro de travamento da suspensão. [Ponto 1]
6. Remova o cilindro de travamento da suspensão. [Ponto 2]

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
Nota:
• Aplique graxa para chassi na parte esférica do pino superior e em seu furo de fixação antes da instalação.
• Aplique trava química (08833-76001-71(08833-00070)) nas roscas dos parafusos de fixação superior e
inferior antes de apertá-los.
• Após a instalação, aplique graxa para chassi pela graxeira.
5-16

Operação Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Remoção:
SST 09810-20172-71

[Ponto 2]
Remova o bujão com uma moeda (ou uma chave de fenda) do
centro da extremidade do acumulador. Meça a profundidade do
êmbolo do acumulador (L).
Padrão: 45 mm (1,77 pol.) (40°C) [104°F]
Limite: 52 mm (2,05 pol.) (40°C) [104°F]
Em baixas temperaturas, torna-se difícil avaliar corretamente
o padrão, devido às inúmeras variações na temperatura do
óleo e no cilindro de travamento.
Execute a inspeção após aumentar a temperatura do óleo
(para aprox. 40°C (104°F) ou do corpo do cilindro próximo à
sua temperatura) percorrendo para frente e para trás em uma
estrada irregular (ou aquecendo com um aquecedor externo).
Se o valor limite for excedido, substitua o conjunto do cilindro de
travamento da suspensão.
Após a inspeção, coloque um bujão com o dedo.

Instalação:
Instale com a marca (parte saliente) na extremidade da hasta
voltada para fora.
5-17

VÁLVULA DE CORREÇÃO DA POSIÇÃO DO BOTÃO DA DIREÇÃO


REMOÇÃO E INSTALAÇÃO
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=33,0~45,0
(337~459)
[24,4~ 33,2]

Procedimento de Remoção
1. Remova o painel do assoalho.
2. Remova o painel inferior.
3. Remova a tampa do medidor combinado.
4. Remova o painel de instrumentos
5. Desconecte a tubulação.
6. Remova a fiação do solenoide de correção de posição do botão.
7. Remova a válvula solenóide de correção de posição do botão com conjunto de instalação.
8. Remova a conexão e o anel de vedação. [Ponto 1]

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
5-18

Operação Ponto a Ponto


[Ponto 1]
Instalação:
A válvula de retenção fica na conexão do orifício “P”. Não instale
Conexão na posição errada.
do orifício
"P"
5-19

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE ÂNGULO DE INCLINAÇÃO


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=7,8~18,2
(80~186)
[5,8~13,4]

T=7,8~18,2 (80~186) [5,8~13,4]

Procedimento de Remoção
1. Remova o painel do assoalho.
2. Remova o painel inferior.
3. Remova o painel de instrumentos LD.
4. Remova o degrau.
5. Remova a tampa lateral.
6. Remova a cobertura do para-lama.
7. Desconecte a articulação do sensor do ângulo de inclinação.
8. Desconecte o conector.
9. Remova o sensor de ângulo de inclinação.

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
Nota:
Ao remover/ instalar ou substituir o sensor de ângulo de inclinação, execute o procedimento de correspon-
dência. (Veja a página 5-24)
5-20

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE CARGA


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=35,3~43,1 (360~440) [26~32]

Procedimento de Remoção
1. Instale um macaco na parte inferior do mastro. [Ponto 1]
2. Remova a cobertura do sensor.
3. Desconecte o conector.
4. Remova o sensor de carga.

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
Nota:
Ao remover/ instalar ou substituir o sensor de carga, execute o procedimento de correspondência. (Veja a
página 5-24)
Operação Ponto a Ponto
Remoção-Instalação:
Levante a parte interna do mastro, posicione a ferramenta especial
na travessa do mastro externa e abaixe o mastro interno até apoiar
na ferramenta especial.
SST 09610-22000-71
5-21

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO SENSOR DE VELOCIDADE


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T=3,0~7,0
(31~71)
[2,2~5,1]

Procedimento de Remoção
1. Remova a cobertura do sensor de velocidade.
2. Desconecte o conector.
3. Remova o sensor de velocidade

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
5-22

REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO INTERRUPTOR DE ALTURA DO GARFO


T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]
Mastro SV-V

T = 16,2 ~ 37,8
(165 ~ 385) [11,9
~ 27,9]

Mastro FV-FSV

T = 16,2 ~ 37,8 (165 ~ 385)


[11,9 ~ 27,9]

T = 7,8 ~ 18,2
(80 ~ 186) [5,8 ~
13,5]

Procedimento de Remoção
1. Remova a cobertura inferior.
2. Desconecte o conector.
3. Remova o interruptor de altura de levantamento do mastro.

Procedimento de Instalação
Inverta o procedimento de remoção.
5-23

FUNÇÕES OPS
INFORMAÇÕES GERAIS
O sistema OPS detecta o operador pelo interruptor do banco e, se o operador não está na posição correta de dirigir,
ele corta a força de tração e limita a operação de manuseio de material.
Entretanto, os veículos com T/M não dispõem das funções OPS de locomoção.

ESPECIFICAÇÃO DE CONTROLE
1. Funções OPS de locomoção (apenas veículos T/C)
Se o controlador detecta que o interruptor do banco está DESLIGADO por 2 segundos, ele corta a força de
acionamento interrompendo a linha de fornecimento de tensão para a válvula de acionamento para frente/para
trás do conversor de torque pelos relés de interrupção de deslocamento para frente e para trás.
Quando o interruptor do banco está LIGADO, o estado de deslocamento OPS é cancelado alternando a
alavanca de deslocamento para frente/para trás para a posição neutra.
2. Sistema OPS de manuseio de materiais
(1) Empilhadeira com alavanca STD
Caso o controlador detecte que o interruptor do banco está desativado durante 2 segundos, ele irá
interromper as operações de levantamento/abaixamento e de inclinação para frente/para trás, controlando
a válvula de travamento de levantamento, válvula de controle de inclinação e válvula de travamento de
inclinação para trás.
Para levantamento e acessórios, a operação de manuseio de material será interrompido, cortando-se a
alimentação de óleo hidráulico através do controle da válvula de descarga.
Ainda, o estado OPS de manuseio de material é cancelado nas seguintes condições de acordo com as
operações de manuseio de material.
(a) Abaixar: quando o interruptor do banco estiver ativado, e a alavanca de levantamento for ajustada em
uma condição diferente de abaixamento.
(b) Diferente de abaixamento: quando o interruptor do banco estiver ativado durante mais de 1 segundo.
Caso seja acionada a alavanca de acessórios enquanto OPS estiver sendo acionado, ele poderá
mover-se em virtude do próprio peso do acessório ou da contrapressão da válvula de descarga.
(2) Veículo com minialavanca/joystick (OPT)
Caso o controlador detecte que o interruptor do banco está desativado durante mais de 2 segundos, as
operações de levantamento, inclinação e de acessórios serão interrompidas, controlando-se as válvulas
solenóides.
A condição OPS de manuseio de material é cancelada quando o interruptor do banco estiver ativado e
todas as alavancas forem retornadas para a posição neutra.
3. Funções de notificação de operação OPS
Se o controlador detectar que o interruptor do banco está DESLIGADO, o aviso sonoro soará por
aproximadamente 1 segundo e a luz OPS acende para informar o operador que o OPS está sendo ativado.
Ainda a luz OPS permanece acesa quando o interruptor do banco está DESLIGADO para informar que está no
estado OPS.
4. Advertência de retorno para a posição Neutro
OPS de deslocamento:
Após o deslocamento OPS ser desativado, se o interruptor do banco LIGAR sem que a alavanca para
frente/para trás seja levada ao neutro, o aviso sonoro soará (bipes repetidos) para informar ao operador que o
deslocamento OPS não foi cancelado.
OPS de manuseio de materiais:
(1) Empilhadeira com alavanca STD
Após OPS de manuseio de material ser ativado, caso o interruptor do banco seja ativado, deixando-se a
alavanca de levantamento na posição abaixamento, a cigarra irá soar (bipes repetidos) para avisar o
operador que a parada de operação de abaixamento não foi cancelada.
(2) Veículo com minialavanca/joystick (OPT)
Após OPS de manuseio de material ser ativado, caso o interruptor do banco seja ativado, sem mudar
todas as alavancas de manuseio de material para neutro o alarme sonoro irá soar (bipes repetidos) para
informar ao operador que o OPS de manuseio de materiais não foi cancelado.
5-24

SINCRONISMO
INFORMAÇÕES GERAIS
• Quanto aos sensores de ângulo de inclinação, carga e ângulo do pneu utilizados para as funções SAS, os valores
de tensão de sinal sob condições vertical do mastro, sem carga, pneu reto e horizontal da travessa do eixo
traseiro são armazenadas no controlador para controle baseado nestes valores. Ao efetuar serviços nestes
sensores ou substituir peças relacionadas, é necessário efetuar o sincronismo (atualização da tensão do sinal do
sensor sob condição padrão do veículo). Além disso, a correspondência será necessária para o sensor de ângulo
de inclinação, se a posição do veículo for alterada consideravelmente, e para o sensor de manuseio de materiais,
quando a carga na condição sem carga for alterada em consequência de adição/remoção do acessório, da
substituição do mastro, da alteração no comprimento do garfo ou da remoção/instalação do garfo. A
correspondência também será necessária para o sensor de carga quando os garfos forem instalados em um
veículo sem garfos.
Há três métodos para a sincronização: usando o horímetro e um interruptor do botão de inclinação; usando o
mostrador de múltiplas funções e usando o analisador de encaixar (SST peça número 09240-26600-71) (consulte
5-34).
• Cada sensor de ângulo da alavanca para a função minialavanca ou joystick é controlado baseado no valor de
tensão de sinal gravado no controlador com cada alavanca em neutro no momento do embarque. Ao efetuar
serviços nestes sensores ou substituir peças relacionadas, é necessário efetuar o sincronismo (atualização da
tensão do sinal do sensor sob condição padrão do veículo).
• O medidor de carga armazena informações de especificação do mastro e os valores de tensão do sensor de
carga durante a exibição de sem carga no mostrador de várias funções, indicando com base nessas informações.
Ao reparar o mastro ou o sensor de carga ou substituir as peças relacionadas, é necessário o sincronismo
(atualização da tensão do sinal do sensor com as informações de especificação do mastro ou sob a condição
padrão da empilhadeira).
Itens de Sincronização e Pré-requistos para Implementação
1. SAS
Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
Implementação
A saída do sensor de ângulo de inclinação com o garfo na
1 TILTL *1,*2,*3,*6,*7,*8
posição horizontal é gravada no controlador.
Saída do sensor de ângulo de inclinação com o controle de
inclinação para frente, a condição padrão vertical do
2 TILTF LOAD *1,*2,*3,*4,*6,*7,*8
mastro e a saída do sensor de carga na condição sem
carga são gravados no controlador.
A saída do sensor de ângulo do pneu, na condição de
3 TIRE veículo locomovendo-se em linha reta é gravada no *1,*5
controlador.
4 GIRO — —

2. MINIALAVANCA (OPCIONAL: apenas empilhadeira com minialavanca ou joystick)


Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
Implementação
Saída do sensor de ângulo da alavanca de levantamento
5 LEVER1 com a alavanca de levantamento na posição neutra é *1,*9
gravada no controlador.
Saída do sensor de ângulo da alavanca de inclinação com
6 LEVER2 a alavanca de inclinação na posição neutra é gravada no *1,*10
controlador.
Saída do sensor de ângulo da alavanca de acessórios (1)
7 LEVER3 com a alavanca de acessórios (1) na posição neutra é *1,*11
gravada no controlador.
Saída do sensor de ângulo da alavanca de acessórios (2)
8 LEVER4 com a alavanca de acessórios (2) na posição neutra é *1,*12
gravada no controlador.
5-25

3. MEDIDOR DE CARGA (OPCIONAL: veículo com tela de funções múltiplas, apenas modelo DX)
Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
Implementação

O número dos cilindros de levantamento do mastro


CILINDRO DE ELEVAÇÃO
10 é gravado. (Número total, incluindo dianteiro e *7,*13
NÚMEROS
traseiro)

CILINDRO DE ELEVAÇÃO
11 O diâmetro do cilindro de levantamento é gravado. *7,*13
Diâmetro

12 LOADMETER 0 SET O ponto 0 do medidor de carga é gravado. *4,*6,*7,*13

A precisão do medidor de carregamento é Quando se deseja


13 COMPENSATION
ajustado. ajustar a precisão

Pré-requisitos para a implementação


*1 Ao substituir o controlador SAS/OPS.
*2 Ao remover/instalar ou substituir o sensor de ângulo de inclinação.
*3 Ao modificar o comprimento da haste do sensor de ângulo de inclinação ou substituir a haste.
*4 Ao remover/instalar ou substituir o sensor de carga.
*5 Ao remover/instalar ou substituir o sensor de ângulo do pneu/tampa do sensor.
*6 Ao remover/Instalar ou trocar o acessório e garfo.
*7 Ao substituir o mastro
*8 Ao substituir o cilindro de inclinação
*9 Ao substituir o sensor do ângulo da alavanca de levantamento
*10 Ao substituir o sensor do ângulo da alavanca de levantamento
*11 Ao substituir o sensor do ângulo da alavanca de acessório (1)
*12 Ao substituir o sensor do ângulo da alavanca de acessório (2)
*13 Ao substituir a tela de funções múltiplas
5-26

ANTES DE INICIAR O SINCRONISMO


Antes de iniciar o sincronismo, coloque o veículo na “Condição padrão da empilhadeira”.
A “Condição de veículo padrão” representa um veículo que satisfaz as condições abaixo.
Condição de Veículo Padrão
Nota:
• Os itens de 1 a 4 abaixo mostram a condição padrão da
empilhadeira para sincronização de SAS.

100 mm (3,9 pol.)


• Antes de realizar o sincronismo de empilhadeiras com
minialavanca/joystick, mova o descansa-braço para a
posição de condução e verifique a condição neutra das
alavancas.
• No caso de um acessório destacável, mantenha-o instalado
no veículo
500 mm (19,7 pol.) 1. Verificação da pressão do pneu
Ajuste a pressão do pneu no valor especificado. A
sincronização será incorreta se a pressão estiver baixa, ou se
houver flutuação da pressão de ar entre as rodas dianteiras e
traseiras assim como entre as rodas esquerda e direita.
2. Verificação do nivelamento da superfície.
Caso a sincronização seja realizada em uma superfície
inclinada ou de piso irregular, irão ocorrer erros na condição
padrão da empilhadeira; desta forma, efetue o sincronismo
sobre uma superfície plana e nivelada (inclinação: dentro de
0,5º).
3. Inspeção da condição vertical sem carga
Grave a tensão de saída do sensor de carga na condição sem
carga no controlador. Neste momento, as condições a seguir
devem ser atendidas:
(1) Para o mastro V, ajuste a altura de levantamento em
aproximadamente 500 mm (19,7 pol.) e utilize um
goniômetro para verificar se o mastro está na posição
vertical.
(2) Para o mastro FV/FSV, ajuste a projeção da haste do
cilindro traseiro em aproximadamente 100 mm (3,93 pol.)
e use um goniômetro para verificar se o mastro está na
posição vertical.
(3) Em um veículo com acessório U61C242 ou U61C281,
ajuste o mastro verticalmente com o acessório a uma
altura de 500 mm (19,7 pol.) e execute o alívio da
posição mais superior.
(4) Ajuste o mastro na posição vertical a partir da posição
inclinada para trás, acionando a alavanca de inclinação
no sentido de inclinação para frente.
4. Verificação da posição de locomoção reta do pneu
Armazene a tensão de saída do sensor de ângulo do pneu no
controlador na condição do veículo se deslocando alinhado à
50 mm frente.
(2,0 pol.) A condição de locomoção em linha reta do veículo significa
50 mm que o desvio à esquerda ou à direita está dentro de 50 mm
(2,0 pol.) (2,0 pol.) quando o veículo deslocar-se por 5 metros (16 pés)
com a direção fixada.
5. Verificação do ajuste 0 do medidor de carga (ajuste 0 do
5 m (16 pés)
medidor de carga)
Para todos os mastros V/FV/FSV, o mastro deve estar na
vertical e a altura do garfo deve ser de 500 mm (19,7 pol.).
5-27

Conector de sincronismo
Procedimento de Sincronização
Quando houver um conector de sincronismo (empilhadeira de
alavanca STD)
Nota:
LIGAR o interruptor de ignição (ou acionar o motor) após
desconectar o conector de sincronização pode causar uma
falha (código de falha 41-1) que será armazenada no
controlador SAS/OPS; portanto, deve-se ter cuidado.
1. LIGUE o interruptor de ignição (ou acione o motor).
2. Desconecte o conector de sincronização.
O horímetro indica "PASS_", a luz com imagem de ferramenta
acende e o visor de senha é exibido.
3. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação por mais de
Interruptor do botão
2 segundos, mantendo a alavanca de inclinação na posição
de inclinação
de inclinação para trás por mais de 5 segundos, "1-dIAG" será
indicado no horímetro após a alavanca e o interruptor serem
liberados.
Menu nº Descrição do Menu

1-dIAG Menu da memória de diagnóstico

2-OPT Menu de ajuste de opção

3-SET Menu de sincronização

Menu de verificação do controle do


4-SAS
movimento das rodas traseiras
5-28

4. Acione a alavanca de inclinação para indicar “3-SET” e


Interruptor do botão pressione o interruptor do botão de inclinação para apresentar
de inclinação “SET1-" A tela do número ajustado é alterada conforme
indicado na tabela abaixo cada vez que o interruptor do botão
de inclinação for pressionado durante menos de 2 segundos.
Ajuste Nº Descrição da sincronização

Posição de parada do garfo com nivelamento


SET1
automático

Posição limite de inclinação para frente e sem


SET2
carga

SET3 Pneus na posição reta voltados para frente

SET4*1 —

SET5*2,*3 Apaga informação do motor e do ECU


*1: A indicação pode ser feita, porém não é utilizada.
*2: Indica somente quando ocorrerem anormalidades na
comunicação CAN (AD-1 ou AD-7).
*3: Execute SET5 quando substituir temporariamente o
controlador SAS/OPS entre veículos diferentes.
Nota:
Ao comutar o menu de sincronismo, não pressione o
interruptor do botão de inclinação por mais de 2 segundos.
Pressionando-se o interruptor por mais que 2 segundos
executará a sincronização exibida.
5. Pressione o interruptor do botão para indicar "SET1-" e
Indicação O pressione o interruptor do botão de inclinação por mais de 2
segundos para fazer a correspondência.
Indicação O: A sincronização está concluída. (A luz com a
imagem da ferramenta começa a piscar)
Indicação H: Verifique quanto a funcionamento irregular do
Indicação H sensor, desconexão do chicote e curto circuito,
já que o valor de tensão do sinal está fora do
intervalo de sincronismo. (Consulte a seção de
diagnóstico de falhas.)
Nota:
• Para nova sincronização, repita o passo 5.
• Para fazer uma sincronização separada, repita os passos de
4 a 5.
6. Conecte o conector de sincronização e DESLIGUE a chave
de ignição.
5-29

Quando Não Houver Conector de Sincronismo


(Veículo Equipado com Minialavanca e Joystick)
Nota:
• Mesmo quando não houver um conector de sincronismo, as
informações do motor e da tela de ECU podem ser
deletadas.
• Consulte a tela de funções múltiplas quanto ao sincronismo
de SAS. (Seção 6)
1. Ligue a chave de ignição (parada do motor).
2. Exiba o menu de máscara no mostrador de várias funções
DX. (consulte a página 6-13)
Interruptor de nivelamento automático do garfo
3. Continue pressionando o interruptor de nivelamento
automático do garfo durante mais de 2 segundos para exibir o
menu de sincronismo.
Nota:
• Será indicado apenas SET5, quando houver um conector de
sincronismo.
• Indicado apenas quando ocorrerem anormalidades de
comunicação CAN (AD-1 ou AD-7).

4. Continue pressionando o interruptor de nivelamento


automático do garfo durante mais de 2 segundos para deletar
as informações.
Indicação 0: a remoção da informação é completada. (A luz da
Indicação O (Deletando a informação)
chave estará piscando)
5. Desligue o interruptor da chave de ignição.
5-30

OPÇÕES
A função de ajuste de opção serve para invalidar o controle do ângulo de inclinação para frente do mastro. Há três
métodos para se fazer isso; um é usar o horímetro e o interruptor de inclinação; usando o mostrador de várias
funções, e o outro método é usar o analisador de encaixar (SST). (Consulte a página 5-34.)
Atenção:
Quando o ajuste de opção for alterado, efetue a manutenção da etiqueta de “CUIDADO QUANTO À
OPERAÇÃO”.

Conector de sincronismo Procedimento de Ajuste de Opção


Nota:
LIGAR o interruptor de ignição (ou acionar o motor) após
desconectar o conector de sincronização pode causar uma
falha (código de falha 41-1) que será armazenada no
controlador SAS/OPS; portanto, deve-se ter cuidado.
1. LIGUE o interruptor de ignição (ou acione o motor).
2. Desconecte o conector de sincronização.
O horímetro indica "PASS_", a luz com imagem de ferramenta
acende e o visor de senha é exibido.
3. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação por mais de
2 segundos, mantendo a alavanca de inclinação na posição
de inclinação para trás por mais de 5 segundos, "1-dIAG" será
indicado no horímetro após a alavanca e o interruptor serem
liberados.
4. Acione a alavanca de inclinação para indicar “2-OPT” e
pressione o interruptor do botão de inclinação para exibir
“OPT1-y".

5. O número de ajuste exibido é alterado sempre que o


interruptor do botão for pressionado por menos de 2
segundos.
Nº da Opção Nome do controle

Controle do ângulo de inclinação do


OPC1
mastro para frente

OPC2* —

OPT3 (Não usado: sempre n)


*: Indicado porém não utilizado.
6. Mantenha o interruptor do botão pressionado até que a luz da
ferramenta comece a piscar (durante 2 segundos ou mais)
para alterar de y para n e de n para y.
y: Controle válido
n: Controle inválido
7. Conecte o conector de sincronização e DESLIGUE a chave
de ignição.
5-31

8. Execute a manutenção conforme a etiqueta de advertência.


Controle de travamento da suspensão de
Se o controle for invalidado:
manuseio de material
Remova a indicação de validação pertinente para substituir
pela indicação inválida.
Se o controle for validado:
Substitua a plaqueta de precauções para indicar controle
válido.

Controle do ângulo de inclinação do mastro


para frente
Nota:
Quando o controle do ângulo de inclinação dianteiro do
Quando o controle do ângulo de inclinação mastro for invalidado, a tela T-OFF será indicada durante 10
para frente do mastro for invalidado: segundos quando o interruptor de ignição for ligado.
5-32

MEMÓRIA DE DIAGNÓSTICO
Há dois métodos de memória de diagnóstico para os veículos com alavanca STD: usando o horímetro e a alavanca
de inclinação; usando o mostrador de várias funções, e usando o analisador de encaixar (SST) (consulte a página
5-34).
Consulte diagnóstico de falha (consulte a seção 7) quanto à lista de códigos de diagnóstico.

Conector de sincronismo Procedimento da Memória de Diagnóstico


Nota:
LIGAR o interruptor de ignição (ou acionar o motor) após des-
conectar o conector de sincronização pode causar uma falha
(código de falha 41-1) que será armazenada no controlador
SAS/OPS; portanto, deve-se ter cuidado.
1. LIGUE o interruptor de ignição (ou acione o motor).
2. Desconecte o conector de sincronização.
O horímetro indica "PASS_", a luz com imagem de ferramenta
acende e o visor de senha é exibido.
3. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação por mais de
2 segundos, mantendo a alavanca de inclinação na posição
de inclinação para trás por mais de 5 segundos, "1-dIAG" será
indicado no horímetro após a alavanca e o interruptor serem
liberados.

4. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação durante


menos de 2 segundos, o nº de diagnóstico e o código de erro
serão indicados, e cada código de erro e o horário em que ele
ocorreu serão indicados alternadamente a cada 2 segundos.
Nota:
• O número máximo de códigos de falha que podem ser
armazenados é 10, e quanto menor o número, mais recente
será a falha.
• A falha detectada quando se LIGA a chave de ignição pode
ser armazenado com o tempo na memória como 0.0.
5. Conecte o conector de sincronização e DESLIGUE a chave
de ignição.
5-33

VERIFICAÇÃO DO CONTROLE DE MOVIMENTO DAS RODAS


TRASEIRAS
Há três métodos para a verificação do controle de giro das rodas traseiras: usando o horímetro e a alavanca de
inclinação; usando o mostrador de várias funções, e usando o analisador de encaixar (SST) (consulte a página
5-34).

Conector de sincronismo Procedimento para Verificação do Controle de


Movimento das Rodas Traseiras
Nota:
LIGAR o interruptor de ignição (ou acionar o motor) após
desconectar o conector de sincronização pode causar uma
falha (código de falha 41-1) que será armazenada no
controlador SAS/OPS; portanto, deve-se ter cuidado.
1. LIGUE o interruptor de ignição (ou acione o motor).
2. Desconecte o conector de sincronização.
O horímetro indica "PASS_", a luz com imagem de ferramenta
acende e o visor de senha é exibido.
3. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação por mais de
2 segundos, mantendo a alavanca de inclinação na posição
de inclinação para trás por mais de 5 segundos, "1-dIAG" será
indicado no horímetro após a alavanca e o interruptor serem
liberados.
4. Acione a alavanca de inclinação até que seja indicado
“4-SAS”.

5. Ao pressionar o interruptor do botão de inclinação, dois


segmentos giram, sendo apresentada a indicação de que o
controle de travamento da suspensão da roda traseira está
sendo verificado. (Luz da chave está acesa)
6. Verifique o controle de travamento da suspensão da roda
traseira, dirigindo o veículo.
Enquanto o controle de travamento da suspensão da roda
traseira for acionado (durante o travamento), a luz da chave
se acende.
7. Conecte o conector de sincronização e DESLIGUE a chave
de ignição.
5-34

FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO SAS/OPS


Quanto à manutenção e reparação do controlador, uma ferramenta
de diagnóstico separada é adicionada à SST (ferramenta especial
de serviço).
FERRAMENTA DE
DIAGNÓSTICO
O equipamento de diagnóstico plug-in pode ler os estados da
operação dos sensores e atuadores usados em cada controlador,
e a informação de falha detectada pelos controladores, o que pode
se útil na verificação do estado da operação de cada função e na
economia de tempo quando ocorrer uma falha.

Lista da Função Máscara


Aplicação

Função Descrição Quando


substituir um Outros
controlador

Mostra o estado do sistema elétrico Na


Analisador do veículo e lê a informação de erro — anormalidade
detectada pelos controladores. do veículo

Efetua o ajuste fino das funções de  Solicitação


Sintonia
manuseio de materiais. *2 dos usuários

Ajuste da Ajusta cada opção do veículo e 



especificação outras especificações. *1 *2
Opção Ajuste Cada função de
Habilita ou desabilita cada função de 
controle —
controle *2
habilita/desabilita

Atualiza os valores de tensão dos



Sincronismo sinais do sensor sob condição —
*2
padrão do veículo.

Regulagem da marcha lenta do motor Ajuste a rotação da marcha lenta do  Solicitação


(Apenas veículo com motor 1FZ) motor. *2 dos usuários

Ajusta o contraste da tela do


Contraste — —
mostrador.

*1: Isso sincroniza o controlador com o controle da tela de acordo com as opções instaladas e controla funções
equipadas no veículo; observe que esta função não habilita ou desabilita a opção ou controla a função em si.
*2: Controlador SAS/OPS
Nota:
Consulte o mostrador de funções múltiplas (Seção 6) para as funções do analisador plug-in.
6-1

MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS

Página
INFORMAÇÕES GERAIS......................................................... 6-2
FUNÇÕES GERAIS .................................................................. 6-3
INFORMAÇÕES GERAIS....................................................... 6-3
TELA DO MOSTRADOR E PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO ... 6-4
FUNÇÕES ADMINISTRADOR ............................................... 6-8
FUNÇÕES DE MÁSCARA ......................................................6-11
INFORMAÇÕES GERAIS......................................................6-11
SENHA.................................................................................. 6-12
ANALISADOR ....................................................................... 6-15
AFINAÇÃO............................................................................ 6-41 6
OPÇÕES............................................................................... 6-51
EQUIPARAÇÃO .................................................................... 6-53
AJUSTE DO RAIO DA RODA............................................... 6-61
AJUSTE DA MARCHA LENTA (VEÍCULO MOTOR 1FZ)..... 6-63
AJUSTE DO CONTRASTE LCD........................................... 6-64
INICIALIZAÇÃO DO MEDIDOR............................................ 6-65
CONJUNTO DO MOSTRADOR MULTIFUNÇÃO .................. 6-67
DESMONTAGEM-MONTAGEM............................................ 6-67
6-2

INFORMAÇÕES GERAIS
A tela de funções múltiplas pode indicar várias informações do veículo, alternando a tela de acordo com o conteúdo
apresentado.

Designação de Cada Peça

Modelo STD/Modelo DX

Especificação do mostrador

Modelo STD Modelo DX
(1) Interruptor “abaixar”
(2) Interruptor esquerdo
(3) Interruptor direito
(4) Interruptor de seleção do mostrador
(5) Área de indicação na tela múltipla
6-3

FUNÇÕES GERAIS
INFORMAÇÕES GERAIS
As funções gerais são normalmente usadas por um operador ou um administrador. 0
Além disso, há dois modelos de mostrador de várias funções, e cada um dispõe de funções diferentes.

Lista de Funções Gerais 1


: Operador pode usar
: Administrador pode usar (Protegida por senha)
2
—: Não há ajuste
3
Modelo

Funções Especificação do mostrador 4


Modelo STD Modelo DX
5
Velocímetro digital  
Indicador de temperatura do óleo do
 
6
conversor de torque*
Indicador de estado
Indicador de advertência do horímetro 7
 
de manutenção planejada

Medidor de carga — 
8
Hodômetro   9
Medidores
Hodômetro parcial  
integrados
10
Horímetro da manutenção planejada  
Mostrador do código de diagnóstico   11
Advertência de freio de
 
estacionamento aplicado

Advertência de freio de
Advertências  
estacionamento desaplicado

Advertência da temperatura do óleo do


 
conversor de torque*

Alarme de sobrevelocidade — 
Ajuste do alarme de sobrevelocidade — 
Ajuste do ponto zero do medidor de
— 
Configuração de carga
nível Ajuste do horímetro da manutenção
 
planejada

Ajuste da trava do menu — 


*: Somente veículo T/C
6-4

TELA DO MOSTRADOR E PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO


Tela Inicial com a Chave LIGADA
Mostrada por cerca de 1 segundo ao ligar a chave de ignição.

Tela Geral (Inicialização do Medidor não Executada)


Se o indicador mostrado na ilustração à esquerda for mostrado na
tela geral, execute a inicialização do medidor. (Consulte a
página 6-65)
A menos que o medidor seja inicializado, a adição ao hodômetro,
hodômetro parcial e horímetro de manutenção não será iniciada.

Tela Geral (Veículo T/C)


• Velocímetro digital
A velocidade de deslocamento é indicada em dígitos a cada
1 km/h ou 1 mph.
• Medidor de fluido do conversor de torque
A temperatura do conversor de torque é mostrada em 10 níveis.

Tela Geral (Veículo M/T)


• Velocímetro digital
A velocidade de deslocamento é indicada em dígitos a cada
1 km/h ou 1 mph.
6-5

Tela do Mostrador do Medidor


À medida que se pressiona o interruptor (4) na tela geral, o
mostrador se alterna na sequência hodômetro / hodômetro parcial
 horímetro de manutenção  tela geral.
0
1
2
• Hodômetro 3
Mostra a distância deslocada acumulada.
• Hodômetro parcial
Mostra a distância de acumulada de um percurso.
4
Pressionando-se a tecla (1) por 2 segundos ou mais o medidor é
reinicializado. 5
6
7
• Horímetro da manutenção
Mostra o valor ajustado e o valor atual do horímetro de 8
manutenção.
9
10
11

Medidor de Carga (Apenas Modelo DX)


• Pressionando-se o interruptor do mostrador de carga na
alavanca do levantamento, a carga presente é mostrada na tela.
No veículo com especificação de joystick (OPT), o interruptor de
parada de nivelamento automático do garfo é usado.
Condições de operação recomendadas:
• O acionamento e o manuseio de Materiais são interrompidos.
O mastro deve estar na vertical e a altura do garfo deve ser de
500 mm.
Função de Compensação:
• Em função da equipe de manutenção, tem a função que
compensa o valor indicado ao valor atual.
• A seta é mostrada no levantamento alto, e o valor piscando
indica que o mostrador não está correto.
• Um valor menor que 100 kg é mostrado como 0,00 t.
• Se for mostrado -0,00 t, isso indica que o ponto zero está
levemente desalinhado para o lado negativo.
• Como ele detecta a pressão no cilindro de levantamento e
executa medições simples, não o use para determinações de
sobrecarga quando estiver próximo do valor de carga
admissível.
Nota:
Essa função não está disponível para a realização de
negócios e certificação.
6-6

• Quando há uma anormalidade no sensor de carregamento, a


tela pisca conforme mostrado na ilustração.

Mostrador do Indicador
• Indicador de manutenção
Ao atingir o valor ajustado no horímetro de manutenção, ele
notificará pelo mostrador e pelo aviso sonoro.

Mostrador de Advertência
• Mostrador de diagnóstico
Ao executar o diagnóstico, ele indica o código de erro e soa um
aviso sonoro. (Somente os erros que podem ser reconhecidos
pelo mostrador de funções múltiplas serão indicados.)

• Advertência de freio de estacionamento aplicado


Caso tente conduzir com o freio de estacionamento aplicado, o
indicador é acionado e o aviso sonoro soa.

• Advertência de freio de estacionamento aplicado


Ao se desligar a chave de ignição ou deixar o banco do motorista
sem aplicar o freio de estacionamento, o aviso sonoro soa. (Não
há indicação no mostrador.)
6-7

• Advertência da temperatura do fluido do conversor de torque


(somente veículo T/C)
Quando a temperatura do fluido do conversor de torque atinge o
nível 9 (aprox. 120°C), ele adverte piscando os indicadores até o
nível 9. Se a temperatura chegar a 140°C ou acima, todos os
indicadores piscarão.

• Alarme de sobrevelocidade (Apenas modelo DX)


Se a velocidade de deslocamento for excedida, o mostrador de
velocidade inverterá e piscará; um aviso sonoro soará.

Tela de Configuração (Apenas Modelo DX)


No Modelo DX, ao se pressionar o interruptor (1) na tela geral por
mais que 2 segundos, a tela do menu de ajuste aparece.
(Se a trava do menu estiver “habilitada” na função administrador, a
tela do menu de ajuste não será mostrada.)

• Tela menu de ajuste (Apenas modelo DX)


Selecione o item com o interruptor (1) e pressione o interruptor
(4) para mostrar a tela de ajuste do aviso sonoro de velocidade.

• Tela de ajuste do alarme de sobrevelocidade (Apenas modelo


DX)
Ajusta a velocidade de deslocamento para o aviso sonoro de
sobre velocidade.
Tecla (2): Ajustando a velocidade de deslocamento para baixo
Tecla (3): Ajustando a velocidade de deslocamento para cima
Tecla (4): Voltando à tela menu
6-8

FUNÇÕES ADMINISTRADOR
Os administradores podem ajustar o desempenho do veículo para cada função.
As funções do administrador são protegidas por senha de forma que os operadores em geral não podem alterar
aquelas funções.

Senha Administrador
Nota:
• Sempre opere os interruptores do mostrador com a ponta do dedo. Se for usada uma ferramenta com
ponta aguda, o interruptor poderá ser danificado.
• Se ocorrer um erro durante a operação de entrada, desligue o interruptor de ignição e reinicie a operação.

Procedimento de Entrada de Senha


Etapa Mostrador Funcionamento Resposta do veículo

Ao se pressionar os
Pressione os
interruptores, soará um
interruptores (2) e (4)
1 breve aviso sonoro, e
simultaneamente por
após 2 segundos outro
mais que 2 segundos.
bipe curto soará.

Pressione o interruptor
2 Um bipe curto soará.
(3) em até 10 segundos.

Pressione o interruptor
3 Um bipe curto soará.
(3) em até 10 segundos.

Ao se pressionar os
Em até 10 segundos interruptores, soará um
pressione os interruptores breve aviso sonoro, e
4
(2) e (4) simultaneamente após 2 segundos
por mais que 2 segundos. repetidos bipes curtos
soarão.

A tela menu administrador é mostrada


5
automaticamente.
6-9

Tela Menu Administrador


Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Movendo para cada tela de ajuste

• Modelo STD

• Modelo DX

Tela de Ajuste Função Administrador


• Tela de ajuste do alarme de sobrevelocidade (Apenas modelo
DX)
É a mesma das funções gerais.
6-10

• Tela de ajuste do ponto zero do medidor de carga (Apenas


modelo DX)
O ponto zero do medidor de carregamento é ajustado.
Condições de operação recomendadas:
• O acionamento e o manuseio de Materiais são interrompidos.
O mastro deve estar na vertical e a altura do garfo deve ser de
500 mm (19,7 pol.).

Pressionando-se a tecla (1) por 2 segundos ou mais o medidor é


reinicializado ao 0.
Tecla (4): Voltando à tela menu

• Tela de ajuste do horímetro da manutenção


A hora no horímetro é ajustada.
Pode ser ajustada de 10 a 2000 horas, porém pode ser ajustada
em incrementos de 10 horas entre 10 e 200 horas, e em
incrementos de 50 horas entre 200 e 2000 horas.
Tecla (2): Reduzindo a hora ajustada
Tecla (3): Aumentando a hora ajustada
Tecla (4): Voltando à tela menu
Pressionando-se a tecla (1) por 2 segundos ou mais o medidor é
reinicializado ao 0.

• Tela de trava do menu (Apenas modelo DX)


A alteração dos valores ajustados por um operador pode ser
limitada.
Ajustando-se “Yes” cancelará a apresentação da tela menu de
ajuste para um operador.
Tecla (2): Selecionando “Yes”
Tecla (3): Selecionando “No”
Tecla (4): Voltando à tela menu
6-11

FUNÇÕES DE MÁSCARA
INFORMAÇÕES GERAIS
No mostrador de funções múltiplas, ao lado das funções gerais que um operador ou um administrador normalmente
usa, as seguintes funções máscara para uso do pessoal de serviços de manutenção do veículo e ajustes de
especificação são também fornecidas.
As funções de serviço estão protegidas por uma senha de forma que os dados internos importantes não serão
danificados pelo uso incorreto, ou por engano, das funções de serviço.

Lista da Função Máscara


Quando pressionado

Função Descrição Substituição


Entrega
do Outros
do veículo
controlador

Mostra o estado do sistema


Na
elétrico e lê a informação de
Analisador — — anormalida-
erro detectada pelos
de do veículo
controladores.

Efetua o ajuste fino das Conforme



Sintonia funções de manuseio de — solicitado
*2
materiais. pelo cliente

Ajuste da Ajusta cada opção do veículo 


— —
especificação e outras especificações. *1 *2•*3
Opção Ajuste Cada função de
Habilita ou desabilita cada 
controle habilita/ — —
função de controle. *2•*3
desabilita

Atualiza os valores de tensão


 
Equiparação dos sinais dos sensores sob a —
*2•*3 *5
condição padrão do veículo.

Adequa a leitura do  
Raio da roda —
velocímetro. *2 *4

Ajuste da marcha-lenta do motor Conforme


Ajusta a rotação da marcha 
(somente veículo com motor — solicitado
lenta do motor. *2
1FZ) pelo cliente

Conforme
Ajusta o contraste da tela do 
Contraste — solicitado
mostrador. *3
pelo cliente

Inicia a contagem do
hodômetro, hodômetro parcial 
Início do medidor  —
e do horímetro de *3
manutenção.

*1: Isso sincroniza o controlador com o controle da tela de acordo com as opções instaladas e controla funções
equipadas no veículo; observe que esta função não habilita ou desabilita a opção ou controla a função em si.
*2: Substituição do controlador SAS/OPS
*3: Placa: Placa de controle para o mostrador de funções múltiplas
*4: Quando o pneu é trocado
*5: Durante a condição que está relacionada na equiparação, página 6-53
6-12

SENHA
Nota:
• Sempre opere os interruptores do mostrador com a ponta do dedo. Se for usada uma ferramenta com
ponta aguda, o interruptor poderá ser danificado.
• Se ocorrer um erro durante a operação de entrada, desligue o interruptor de ignição e reinicie a operação.

Procedimento de Entrada de Senha


Etapa Mostrador Funcionamento Resposta do veículo

Ao se pressionar os
Pressione os
interruptores, soará um
interruptores (2), (3) e
1 breve aviso sonoro, e
(4) simultaneamente por
após 2 segundos outro
mais que 2 segundos.
bipe curto soará.

Pressione o interruptor
2 Um bipe curto soará.
(4) em até 10 segundos.

Pressione o interruptor
3 Um bipe curto soará.
(1) em até 10 segundos.

Ao se pressionar os
Em até 10 segundos
interruptores, soará um
pressione os
breve aviso sonoro, e
4 interruptores (2) e (3)
após 2 segundos
simultaneamente por
repetidos bipes curtos
mais que 2 segundos.
soarão.

A tela inicial da função máscara é mostrada por 5


5
segundos.

6 A tela MASK MENU é mostrada automaticamente.


6-13

Tela MASK MENU


Atenção:
Durante a apresentação da tela de teste, o veículo pode ser operado normalmente.
Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (Consulte a página 6-12) para
exibir a tela MASK MENU (menu de máscara).

2. Selecione a função desejada utilizando as teclas (1). A seguir


pressione a tecla (4) (enter) para mostrar a tela da função ou a
tela de ajuste da função selecionada.
3. Pressione o interruptor (enter) (4) ao selecionar “9. END” para
retornar à tela geral.
Também, em cada tela, ao se desligar o interruptor de ignição
pode-se mover para a tela geral.

1. “ANALYZER”
Essa função indica o estado do sistema elétrico e lê a
informação de erro detectada pelo controlador.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela ANALYZER MENU
2. “TUNING”
Use essa função para fazer o ajuste fino do controle do
manuseio de materiais.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela TUNING MENU
3. “OPTIONSET”
Use essa função para corresponder o controle do controlador
ou mostrador de acordo com as opções de ajuste ou de
controle.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste OPTION SET
6-14

4. “MATCHING”
Essa função atualiza os valores de tensão armazenados no
controlador (valores da tensão do sinal SAS, Minialavanca ou
sensores das funções Medidor de Carregamento sob as
condições padrão do veículo).
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela MATCHING MENU
5. “WHEEL RADIUS”
Essa função altera a informação do pneu no controlador para
a indicação correta da velocidade, hodômetro e hodômetro
parcial.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste WHEEL RADIUS
6. “IDLE ADJUSTMENT” (somente veículo com motor 1FZ)
Ajusta a rotação de marcha-lenta do veículo com motor 1FZ.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste IDLE SPEED ADJUSTMENT
7. “CONTRAST”
Ajusta o contraste da tela LCD do mostrador.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste CONTRAST ADJUSTMENT
8. “METER START”
Inicia a contagem do hodômetro, hodômetro parcial e do
horímetro de manutenção.
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste METER START
Nota:
Após a contagem dos medidores, “METER START” não será
mostrado na tela MASK MENU.
9. “END”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela geral
6-15

ANALISADOR
INFORMAÇÕES GERAIS
A função do sistema de diagnóstico oferece operações para inspeção/investigação da seção defeituosa indicando a
condição do sistema de controle, utilizando a comunicação entre os módulos de controle e do visor de funções
múltiplas.
Ao alternar o mostrador de várias funções para o modo analisador, pode-se visualizar as condições de operação
dos atuadores e dos sensores utilizados no deslocamento, manuseio de materiais e as funções SAS/OPS, ou as
informação de erro detectadas pelo controlador. Isto é muito útil para verificar as condições de operação de cada
função e agilizar o reparo quando há uma falha.
A utilização completa das funções do analisador ajuda na reparação rápida e fácil.
O analisador inclui as seguintes funções:
1. Função de memória de diagnóstico (DIAG MEMORY)
O controlador armazena até 10 códigos de falha (códigos de diagnóstico) ocorridos no sistema elétrico. A
função de diagnóstico lê os códigos de falha e indica-os no visor.
Cada código de falha é mostrado com o horário da detecção, de acordo com o horímetro.
2. Função do sinal de entrada/saída do monitor (I/O MONITOR)
Essa função exibe os valores analógicos de entrada de cada sensor individual no deslocamento, manuseio de
materiais e nos sistemas SAS e OPS. Monitorando-se os valores mostrados pode-se julgar a qualidade de
cada circuito/sensor.
(1) Controle dos sinais de entrada/saída do motor (I/O ENGINE CTRL):
Mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores do controlador do motor 1FZ, vários valores de
entrada incluindo-se a tensão analógica de tensão dos sensores, valor da correção do controle e condição
de saída do relé.
(2) I/O TRAVELING
Mostra o estado LIGADO/DESLIGADO de cada interruptor e as tensões das entradas analógicas dos
sensores para o deslocamento e o controle de movimento.
(3) I/O MATERIAL HANDLING
Mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores de controle de manuseio de materiais e do
mastro e as tensões das entradas analógicas dos sensores de controle de manuseio de materiais e do
mastro.
(4) I/O STEERING
Mostra os estados LIGADO/DESLIGADO do botão do controle de correção da posição e as tensões de
entrada dos respectivos sensores.
(5) I/O OTHER
Mostra os estados LIGADO/DESLIGADO do horímetro e outros interruptores e as tensões de entradas
analógicas dos respectivos sensores.
3. Teste ativo (ACTIVE TEST)
No modo de teste ativo, o controlador força as saídas na ativação de sinal (sinal LIGADO ou DESLIGADO)
para o item selecionado para permitir a verificação da operação daquela função.
4. Mostrador da versão do programa (VERSION)
Mostra a versão do programa de cada controlador.
6-16

LISTA DA TELA DO MENU DO ANALIZADOR


Tela do menu do Dados no
Tela Nº Descrição
analisador visor
1. DIAG MEMORY 1. ~ 10. Indicação de falhas ocorridas
2. I/O ENGINE CTRL IGSW Chave de ignição (LIGADA)
(Controlador do STA Chave de ignição (PARTIDA)
motor 1FZ)
BAT Tensão da bateria
1/10
G/LP Interruptor de seleção de combustível
SEL Sinal de especificação do combustível
ADJ Sinal de especificação do motor
MREL Sinal do relé principal EFI
FC Sinal de abertura do circuito do relé
2/10 LPR Sinal do relé principal do GLP
LFC Sinal do solenoide de baixa do GLP
OXHT Sinal do sensor de oxigênio aquecido
THA Tensão do sensor de temperatura do ar de admissão
Tensão do sensor de temperatura do líquido de
3/10 THW
arrefecimento
PIM Tensão do sensor de vácuo do coletor de admissão
VPA1 Tensão do sensor de posição do pedal acelerador (1)
4/10 VPA2 Tensão do sensor de posição do pedal acelerador (2)
PA Ângulo de abertura da válvula de aceleração
VTA1 Tensão do sensor de posição da válvula de aceleração (1)
VTA2 Tensão do sensor de posição da válvula de aceleração (2)
5/10
TA Ângulo de abertura da válvula de aceleração
IM Corrente do atuador da válvula de aceleração
PA Ângulo de abertura da válvula de aceleração
6/10 NE Rotação do motor
TA Ângulo de abertura da válvula de aceleração
NE Rotação do motor
7/10 PIM Pressão do tubo de entrada
IGT Ponto de ignição (avanço da ignição)
NE Rotação do motor
PIM Pressão do tubo de entrada
8/10
INJ Valor de correção do injetor (gasolina)
OX Tensão do sensor de O2
NE Rotação do motor
PIM Pressão do tubo de entrada
9/10
VF Tensão VF (GLP)
OX Tensão do sensor de O2
NE Rotação do motor
PIM Pressão do tubo de entrada
10/10
LINJ Valor de correção do injetor (GLP)
FCM Valor de correção da mistura ar/combustível (GLP)
6-17

Tela do menu do Dados no


Tela Nº Descrição
analisador visor
3. I/O TRAVELING SPD Tensão do sensor de velocidade de deslocamento
(Sistema de ACCSW Reserva
controle de
1/3 BRKSW Não usado
deslocamento/
giro) PKBSW Interruptor do freio de estacionamento
SPARE Reserva
SEAT Interruptor do banco
DRF Interruptor de deslocamento à frente
2/3
DRR Interruptor de deslocamento à ré
RYF Relé do interruptor de deslocamento para frente/para trás
YRS Tensão do sensor da taxa de desvio
MH Interruptor de altura de levantamento
SA (Não usado)
3/3
SWN solenoide de travamento da suspensão
PRES Sensor de carga
SPEED Velocidade de condução
4. I/O M.HANDLING MD/MU Interruptor de abaixamento *1/Não utilizado
(Sistema de Interruptor de inclinação para frente *1/Interrutor de
controle do MF/MR
inclinação para trás *1
mastro/manuseio
USOL Solenoide descarregamento
de materiais) 1/6
LSOL Solenoide de trava do abaixamento *1
TSOL Solenoide de controle de inclinação *1
BTSL Solenoide de trava de inclinação para trás *1
SEAT Interruptor do banco
MA Tensão do sensor de ângulo de inclinação
MH Interruptor de altura de levantamento
PRES Sensor de carga
2/6
SWLK Interruptor do mostrador de carregamento
SWTK Interruptor batente de nivelamento automático do garfo
SWATS Não usado
Tensão do sensor de ângulo da alavanca de levantamento
(1) *2
POTL
Tensão do sensor de ângulo da alavanca de levantamento
3/6 (2) *2
Corrente do solenoide da válvula proporcional de
LPSOL
levantamento *2
LSOL Solenoide de trava do abaixamento *1
Tensão do sensor de ângulo da alavanca de inclinação (1)
POTT
Tensão do sensor de ângulo da alavanca de inclinação (2)
4/6 Corrente do solenoide da válvula proporcional de
TPSOL
inclinação *2
TSOL Solenoide de controle de inclinação *1
6-18

Tela do menu do Dados no


Tela Nº Descrição
analisador visor
Tensão do sensor de ângulo da alavanca (1) de acessório
(1) *2
POTA1
Tensão do sensor de ângulo da alavanca (1) de acessório
5/6
(2) *2
Corrente do solenoide da válvula proporcional de
A1SOL
acessório (1) *2
Tensão do sensor de ângulo da alavanca (2) de acessório
(1) *2
POTA2
Tensão do sensor de ângulo da alavanca (2) de acessório
6/6
(2) *2
Corrente do solenoide da válvula proporcional de
A2SOL
acessório (2) *2
5. I/O STEERING TIRE Tensão do sensor de ângulo do pneu
(Sistema de controle da SPEED Velocidade de condução
direção)
Valor real da posição do botão de ângulo da direção (valor
K-POS
desejado)
STS Sensor de ângulo da direção
6. I/O OTHERS HR Horímetro
(Outros) BAT Tensão da bateria
1/2
Tensão do sensor da temperatura do fluido do conversor
THO
de torque *1
IGSW Chave de ignição (LIGADA)
2/2 MAT Conector de correspondência *1
MTC Identificação M/T, T/C
7. ACTIVE TEST Operação forçada do solenoide de travamento da
SWING SOL
(Teste de suspensão
operação) STEERING Operação forçada do solenoide de correção da posição do
1/3 SOL botão
Operação forçada do relé do interruptor de deslocamento
T/C RLY
para frente/para trás
ASC RLY Não usado
LIFT LWR Operação forçada do solenoide de trava de abaixamento e
SOL levantamento *1
Operação forçada do solenoide de controle de inclinação
SOL INCL
2/3 *1
TILT BWD Operação forçada do solenoide de trava da inclinação
SOL para trás *1
UNLOAD SOL Operação forçada do solenoide de descarregamento
OPTION RLY Não usado
BUZZER Operação forçada do sinal sonoro de advertência
3/3
SWG TEST
Verificação da operação da trava da suspensão
LMP
8. VERSION DISPLAY Mostra a versão do programa de controle
(Versão do programa) SAS/OPS
Versão do programa do controlador SAS/OPS
ECU
ENGINE ECU Versão do programa do controlador do motor 1FZ
*1: apenas veículo com alavanca STD
*2: apenas empilhadeira com minialavanca ou joystick)
6-19

Tela ANALYZER MENU


Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).

2. Verifique se “1. ANALYZER” está selecionado (destacado) na


tela e pressione o interruptor (4) (enter) para obter a tela
ANALYZER MENU.
3. Selecione o menu com o interruptor (1) e pressione o
interruptor (4) (enter) para mover para a tela do item
selecionado.
4. Caso selecione “9. END” na tela ANALYZER MENU, ao se
pressionar o interruptor (4) (enter), a tela MASK MENU
aparece novamente.

1. “DIAG MEMORY”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “DIAG MEMORY”
2. “I/O ENGINE CTRL” (Controle dos sinais de entrada/saída
do motor)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL”
3. “I/O TRAVELING”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “I/O TRAVELING”

4. “I/O M.HANDLING”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING”
5. “I/O STEERING”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “I/O STEERING”
6. “I/O OTHERS”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “I/O OTHERS”
6-20

7. “ACTIVE TEST”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “ACTIVE TEST”
8. “VERSION” (Versão)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela “VERSION”
9. “END”
Tecla (1): Retorna à seleção “1 DIAG MEMORY”
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU

Função de Memória de Diagnóstico (DIAG MEMORY)


O controlador armazena até 10 erros mais recentes. A tela DIAG MEMORY mostra esses códigos de diagnósticos
com a informação da hora de detecção (na leitura do horímetro com a chave LIGADA).
O código de diagnóstico mais recente é mostrado como 1, seguido pelo 2, 3 e assim por diante até 10.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Verifique se “1. DIAG MEMORY” está selecionado na tela e


pressione o interruptor (4) (enter) para obter a tela “DIAG
MEMORY 1/2”.
3. Pressione a tecla (4) na tela “DIAG MEMORY 2/2” para voltar
para a tela ANALYZER MENU.
Nota:
• Se nenhum código de erro for mostrado na tela e a hora
indicada for 0,0h, isso indica que nenhum erro ocorreu até
então após aquela linha.
• É impossível passar diretamente da tela DIAG MEMORY para
outra tela de função. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela de função desejada.
• Para obter detalhes sobre o código de diagnóstico, consulte
a seção 7, Lista de Códigos de Diagnóstico.
6-21

“DIAG MEMORY 1/2”


Mostra os diagnósticos de 1 a 5.
Tecla (4): Para a tela “DIAG MEMORY 2/2”

“DIAG MEMORY 2/2”


Mostra os diagnósticos de 6 a 10.
Tecla (4): Volta para a tela ANALYZER MENU
6-22

Função Monitor de Entrada/Saída (I/O MONITOR)


Essa função indica a tensão de entrada analógica de cada sensor em relação ao deslocamento, manuseio de
materiais, SAS e OPS. A qualidade do circuito ou do sensor pode ser julgada monitorando-se o valor do mostrador.

Monitor de Entrada/Saída (1) (I/O ENGINE CTRL)


Veículo com Motor 1FZ
Mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores do controlador do motor 1FZ, vários valores de entrada
incluindo-se a tensão analógica de tensão dos sensores, valor da correção do controle e condição de saída do relé.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) uma vez para verificar se “I/O


ENGINE CTRL” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “I/O ENGINE CTRL 1/10”.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O ENGINE CTRL para
a tela de outros itens. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.
6-23

“I/O ENGINE CTRL 1/10”


IGSW: Chave de ignição (LIGADA)
IGSW: 0 = DESLIGADO
IGSW: 1 = LIGADO
STA: Chave de ignição (PARTIDA)
STA: 0 = DESLIGADO
STA: 1 = LIGADO
BATT: Tensão da bateria (V)
Mostra a tensão da bateria.
Padrão: 8.0 ~ 16.0 V
G/LP: Interruptor de seleção de combustível
Mostra o estado da seleção do interruptor de seleção de
combustível.
G/LP: 10 Quando gasolina está selecionada
G/LP: 01 Quando GLP está selecionado
SEL: Sinal de especificação do combustível
Mostra o estado do sinal de discriminação da
especificação de combustível.
SEL: 1100 Exclusivo para gasolina
SEL: 1010 Exclusivo para GLP
SEL: 0110 tipo conversível Gasolina/GLP
ADJ: Sinal de especificação do motor
Mostra o estado do sinal de discriminação da
especificação do motor.
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 2/10”
“I/O ENGINE CTRL 2/10”
MREL: Sinal do relé principal EFI
Mostra o estado da saída do sinal de acionamento para o
relé principal EFI.
MREL: 1 Aciona
MREL: 0 Espera
FC: Sinal de abertura do circuito do relé
Mostra o estado da saída do sinal de acionamento para o
relé de abertura do circuito.
FC: 1 Aciona
FC: 0 Espera
LPR: Sinal do relé principal do GLP
Mostra o estado da saída do sinal de acionamento para o
relé principal GLP.
LPR: 1 Aciona
LPR: 0 Espera
LFC: Sinal do solenoide de baixa do GLP
Mostra o estado da saída do sinal de acionamento para o
solenoide lento GLP.
LFC: 1 Aciona
LFC: 0 Espera
OXHT: Sinal do sensor de oxigênio aquecido
Mostra o estado da saída do sinal de acionamento para o
aquecedor do sensor O2.
OXHT: 1 Aciona
OXHT: 0 Espera
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 3/10”
6-24

“I/O ENGINE CTRL 3/10”


THA: Sensor de temperatura da admissão
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor de temperatura
de admissão para o controlador, e a temperatura da
admissão (°C).
THW: Sensor de temperatura do líquido de arrefecimento
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor de temperatura
do líquido de arrefecimento para o controlador, e a
temperatura do líquido de arrefecimento (°C).
PIM: Pressão do tubo de entrada
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor de pressão
negativa do tubo de admissão para o controlador, e a
pressão do tubo de admissão (kPa).
Padrão:
3,6 ± 0,3 V (100 ± 10 kPa) (quando o motor está em
espera)
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 4/10”
“I/O ENGINE CTRL 4/10”
VPA1: Sensor de posição do pedal acelerador (1)
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor do acelerador
(1) para o controlador, e o valor armazenado para a
posição do acelerador totalmente fechado (V).
Tensão padrão do sensor de posição do pedal
acelerador (1):
0,2 ~ 1,3 V (quando o acelerador não está operando)
1,4 ~ 4,1 V (na pressão máxima do acelerador)
Valor padrão armazenado da posição totalmente
fechada do acelerador: 0,2 ~ 1,3 V
VPA2: Sensor de posição do pedal acelerador (2)
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor do acelerador
(2) para o controlador, e o valor armazenado para a
posição do acelerador totalmente fechado (V).
Tensão padrão do sensor de posição do pedal
acelerador (2):
0,7 ~ 2,0 V (quando o acelerador não está operando)
2,1 ~ 4,7 V (na pressão máxima do acelerador)
Valor padrão armazenado da posição totalmente
fechada do acelerador: 0,7 ~ 2,0 V
PA: Ângulo de abertura da válvula de aceleração
Mostra a quantidade de uso do pedal do acelerador (%).
Ângulo padrão de abertura do acelerador:
0% (quando o acelerador não está operando)
100% (na pressão máxima do acelerador)
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 5/10”
6-25

“I/O ENGINE CTRL 5/10”


VTA1: Sensor de posição do acelerador (1)
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor do acelerador
(1) para o controlador, e o valor armazenado para a
posição do acelerador totalmente fechado (V).
Tensão padrão do sensor de posição do acelerador
(1):
0,3 ~ 1,5 V (na marcha lenta (após aquecimento))
Valor padrão armazenado da posição totalmente
fechada do acelerador: 0,3 ~ 1,5 V
VTA2: Tensão do sensor de posição da válvula de aceleração
(2)
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor do acelerador
(2) para o controlador, e o valor armazenado para a
posição do acelerador totalmente fechado (V).
Tensão padrão do sensor de posição do acelerador
(2):
1,7 ~ 3,3 V (na marcha lenta (após aquecimento))
Valor padrão armazenado da posição totalmente
fechada do acelerador: 1,7 ~ 3,3 V
TA: Ângulo de abertura da válvula de aceleração
Mostra a posição do acelerador (°).
Padrão:
5,0 ~ 12,0° (na marcha lenta (após aquecimento))
IM: Corrente do atuador da válvula de aceleração
Mostra o fluxo de corrente para o motor da válvula de
aceleração eletrônica.
Padrão: 0,2 ~ 10,0 A
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 6/10”
“I/O ENGINE CTRL 6/10”
PA: Ângulo operação do acelerador (consulte a página 6-24)
NE: Rotação do motor
Mostra a rotação do motor (rpm) e a velocidade de
deslocamento (km/h).
Padrão da rotação do motor: 0 ~ 3500 rpm
TA: Ângulo operação da válvula de aceleração (consulte a
página 6-25)
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 7/10”

“I/O ENGINE CTRL 7/10”


NE: Rotação do motor (consulte a página 6-25)
PIM: Pressão do tubo de admissão (consulte a página 6-24)
IGT: Ponto de ignição (avanço da ignição)
Mostra o sincronismo da ignição (quantidade de avanço
da ignição: °).
Padrão:
Gasolina
0,0 ~ 15,0 ° (na marcha lenta (após aquecimento))
GLP
5,0 ~ 20,0 ° (na marcha lenta (após aquecimento))
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 8/10”
6-26

“I/O ENGINE CTRL 8/10”


NE: Rotação do motor (consulte a página 6-25)
PIM: Pressão do tubo de admissão (consulte a página 6-24)
INJ: Valor de correção do injetor (gasolina)
Mostra o valor da correção da quantidade de injeção de
combustível.
OX: Tensão do sensor de O2
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor O2 para o
controlador, e o monitor O2.
Padrão de tensão do sensor O2: 0 ~ 1,0 V
Monitor do sensor O2
1: rico
0: pobre
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 9/10”
“I/O ENGINE CTRL 9/10”
NE: Rotação do motor (consulte a página 6-25)
PIM: Pressão do tubo de admissão (consulte a página 6-24)
VF: Tensão VF (GLP)
Mostra a saída de tensão (V) do terminal VF.
Padrão: 2,0 ~ 3,0 V
OX: Tensão do sensor O2 (consulte a página 6-26)
Tecla (4): Para a tela “I/O ENGINE CTRL 10/10”

“I/O ENGINE CTRL 10/10”


NE: Rotação do motor (consulte a página 6-25)
PIM: Pressão do tubo de admissão (consulte a página 6-24)
LINJ: Valor de correção do injetor (GLP)
Mostra o valor da correção da quantidade de injeção de
combustível.
FCM: Valor de correção da mistura ar/combustível (GLP)
Mostra o valor de correção do ângulo de abertura do
motor de controle da mistura ar/combustível.
Tecla (4): Para a tela MENU do ANALISADOR

Monitor de Entrada/Saída (1) (I/O ENGINE CTRL)


Veículo com Motor 14Z-II/15Z
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.
6-27

2. Pressione o interruptor (1) uma vez para verificar se “I/O


ENGINE CTRL” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela " I/O ENGINE CTRL 1/1”.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O ENGINE CTRL para
a tela de outros itens. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.

“I/O ENGINE CTRL 1/1”


Tecla (4): Para a tela ANALYZER MENU

Monitor de Entrada/Saída (2) (I/O TRAVELING)


Esta função mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores de deslocamento e movimento, e as tensões
das entrada analógica dos sensores.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) duas vezes para verificar se “3. I/O


TRAVELING” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “ I/O TRAVELING 1/3”.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O TRAVELING para a
tela de outros itens. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.
6-28

“I/O TRAVELING 1/3”


SPD: Tensão do sensor de velocidade de deslocamento (V) e
a velocidade de deslocamento (km/h).
Verifica a tensão do sensor de velocidade de
deslocamento quando o veículo está em espera.
ACCSW: Reserva
BRKSW: Não usado
PKBSW: Verificação do interruptor do freio de estacionamento
PKBSW: 1 = ON no estado de operação do freio de
estacionamento
PKBSW: 0 = OFF no estado de operação do freio de
estacionamento liberado
Julga a qualidade do interruptor LIGADO/DESLIGADO,
pela operação da alavanca do freio de estacionamento.
RESERVA: Reserva
Não usado
Tecla (4): Para a tela “I/O TRAVELING 2/3”
“I/O TRAVELING 2/3”
SEAT: Verificação do interruptor do banco
SEAT: 1 = ON quando se toma o assento
SEAT: 0 = OFF quando se deixa o assento
Qualidade LIGADO/DESLIGADO do interruptor de
presença do banco do operador
DRF: Verificação do interruptor de direção de marcha a frente
DRR: Verificação do interruptor de direção de marcha à ré
Código indicado
Alavanca de direção
DRF: DRR:
Posição de
0 (=
deslocamento para 1 (= LIGADA)
DESLIGADA)
frente
0 (=
Posição neutra 0 (= LIGADA)
DESLIGADA)
Posição de 0 (=
1 (= LIGADA)
deslocamento à ré DESLIGADA)
Qualidade LIGADO/DESLIGADO do interruptor pela
operação da alavanca de direção
RYF: Relé de corte de deslocamento para frente/para trás
Mostra o sinal de saída do relé de corte de deslocamento
para frente/para trás.
RYF: 1 = ON Relé estado energizado (deslocamento à
frente atrás não é possível)
RYF: 0 = OFF Relé estado não energizado
(deslocamento à frente atrás é possível)
Tecla (4): Para a tela “I/O TRAVELING 3/3”
“I/O TRAVELING 3/3”
YRS: Tensão do sensor da taxa de desvio (V)
Verifica a tensão de entrada entre o sensor de taxa de
desvio e o controlador.
Padrão com o veículo parado: 2,2 ~ 2,8 V
MH: Verificação do interruptor de altura de levantamento
6-29

1 = LIGADO
0 = DESLIGADO
Julga a qualidade do interruptor LIGADO/DESLIGADO,
pelo levantamento e abaixamento do manuseio de
materiais. (Consulte a Tabela Combinada do Interruptor
de Altura de Levantamento LIGADO/DESLIGADO)
SA: Não usado
SWN: solenoide de travamento da suspensão
Mostra o sinal de saída para o solenoide de travamento
de movimento.
SWN: 1 = ON Estado energizado (trava do movimento
liberada)
SWN: 0 = OFF Estado não energizado (trava do
movimento acionada)
PRES: Sensor de carga
Mostra a tensão de entrada (V) do sensor de carga para o
controlador, e detecta a pressão (MPa).
Padrão: 0,5 ~ 4,5 V
A tensão aumenta com o aumento da carga.
SPEED: Velocidade de deslocamento (km/h)
Verifica a velocidade de deslocamento.
Tecla (4): Para a tela ANALYZER MENU
Lista Combinada do Interruptor de Altura de Levantamento (MH) LIGADO/DESLIGADO

Diagrama do circuito do interruptor de altura


de levantamento

MH1 — 1 (= LIGADO)
Em levantamento pequeno
(menos de 2200 mm (87 pol.) MH2-1 — 0 (= DESLIGADO)
*1)
MH2-2 — 0 (= DESLIGADO)

MH1 — 0 (= DESLIGADO)
Em levantamento médio (2200
MH2-1 — 1 (= LIGADO)
mm (87 pol.) ou mais)
MH2-2 — 0 (= DESLIGADO)
*1: A altura em que o interruptor da altura de levantamento se altera variará de acordo com a altura de
levantamento ajustada para o mastro.
*2: O interruptor de altura de levantamento não está disponível para V2000 e FV2000.
6-30

Monitor de Entrada/Saída (3) (I/O MATERIAL HANDLING)


Esta função mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores de manuseio de material e de controle do
mastro e as tensões analógicas de entrada dos sensores.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 3 vezes para verificar se “4. I/O


M.HANDLING” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “/O M.HANDLING 1/6”.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O MATERIAL
HANDLING para a tela de outros itens. Volte para a tela
ANALYZER MENU e depois vá para a tela da função desejada.

“I/O M.HANDLING 1/6”


MD: Verificação do interruptor de abaixamento do
levantamento (somente veículo com alavanca STD)
MU: Não usado
Alavanca de Código indicado
levantamento MD: MU:
Posição de
1 (= LIGADO) 0 (= DESLIGADO)
abaixamento
Posição de
levantamento ou 0 (= DESLIGADO) 0 (= LIGADO)
neutra
Qualidade LIGADO/DESLIGADO do interruptor pela operação
da alavanca de levantamento
MF: Verificação do interruptor de inclinação para frente (somente
empilhadeiras com alavanca STD)
MR: Verificação do interruptor de inclinação para trás (somente
veículo com alavanca STD)
Alavanca de Código indicado
inclinação MF: MR:
Posição de
inclinação para 1 (= LIGADO) 0 (= DESLIGADO)
frente
Posição neutra 0 (= DESLIGADO) 0 (= LIGADO)
Posição de
inclinação para 0 (= DESLIGADO) 1 (= LIGADO)
trás
Avaliação da qualidade do interruptor LIGAR/DESLIGAR pela
operação da alavanca de inclinação
6-31

USOL: Solenoide descarregamento


Mostra o sinal de saída para o solenoide de descarregamento.
LSOL: Solenoide de travamento de abaixamento de levantamento
(apenas empilhadeiras equipadas com alavanca STD)
Mostra o sinal de saída para o solenoide de controle de
abaixamento de levantamento.
TSOL: Solenoide de controle de inclinação (apenas empilhadeiras
com alavanca STD)
Mostra o sinal de saída para o solenoide de controle de
inclinação.
BTSL: Solenoide de travamento de inclinação para atrás (somente
empilhadeira com alavanca STD)
Mostra o sinal de saída para o solenoide de travamento de
inclinação para trás.
SEAT: Verificação do interruptor do banco
Avalia a qualidade do interruptor LIGAR/DESLIGAR,
ocupando ou saindo do banco do operador.
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING 2/6”
Condição do banco/alavanca e valores detectados (USOL/LSOL/TSOL/BTSL/SEAT)
Condição do banco Sentado Desocupado
Alavanca de levantamento Alavanca de inclinação
Inclinação para trás
Condição da alavanca Não operada Inclinação Altura de —
Elevação Abaixamento Altura de
para frente elevação
elevação alta
baixa
USOL 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 1 (= ON)
Veículo LSOL 0 (= OFF)* 0 (= OFF)* 0 (= OFF) 0 (= OFF)* 0 (= OFF)* 0 (= OFF)* 1 (= ON)
com
TSOL 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 1 (= ON) 1 (= ON)
alavanca
STD BTSL 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 0 (= OFF) 1 (= ON) 1 (= ON) 0 (= OFF)
ASSENTO 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 0 (= OFF)
USOL 0 (= OFF) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 0 (= OFF)
LSOL — — — — — — —
Veículo com
TSOL — — — — — — —
minialavanca
BTSL — — — — — — —
ASSENTO 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 1 (= ON) 0 (= OFF)
*: Ao deixar o assento, 1 (=LIGADO) é mantido. Ao retornar para o assento e a alavanca for colocada na posição de
abaixamento, muda para 0 (=DESLIGADO). (Apenas veículo com alavanca STD)
“I/O M.HANDLING 2/6”
MA: Tensão do sensor de ângulo de inclinação (V)
Verifica a tensão de entrada entre o sensor de ângulo de
inclinação e o controlador.
Padrão com o mastro na posição vertical: 1,1 ~ 4,2 V
Mastro vertical  inclinação para frente: Tensão de
entrada diminui
Mastro vertical  inclinação para trás: Tensão de entrada
aumenta
MH: Verificação do interruptor de altura da elevação (consulte
a página 6-28)
PRES: Sensor de carga (consulte a página 6-29)
SWLK: Verificação do interruptor do mostrador de carga
(Apenas modelo DX)
SWLK: 0 = DESLIGADO
SWLK: 1 = LIGADO
Julga a qualidade do interruptor LIGADO/DESLIGADO,
pela operação do interruptor do botão de elevação.
6-32

SWTK: Interruptor de parada automática de nivelamento do


garfo (c/SAS)
Interruptor de marcha à ré 2 (Menos/SAS)
SWTK: 0 = DESLIGADO
SWTK: 1 = LIGADO
Julga a qualidade do interruptor LIGADO/DESLIGADO,
pela operação do interruptor do botão de inclinação.
SWATS: Não usado
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING 3/6”
“I/O M.HANDLING 3/6”
POTL: Tensão do sensor de ângulo da alavanca de
levantamento (1) (V)/tensão do sensor de ângulo da alavanca
de levantamento (2) (V) (apenas veículo com minialavanca ou
joystick)
Padrão
Tensão do sensor de Tensão do sensor de
Alavanca de
ângulo da alavanca de ângulo da alavanca de
levantamento
levantamento (1) levantamento (2)
Elevação 1,8 ~ 4,1 V 0,3 ~ 2,9 V
Abaixamento 0,4 ~ 2,8 V 1,6 ~ 4,3 V
Julga a qualidade da entrada de elevação e abaixamento
pela operação da alavanca de levantamento.
LPSOL: Corrente do solenoide da válvula proporcional de
levantamento (A) (apenas veículo com minialavanca ou
joystick)
Julga a qualidade da saída do solenoide proporcional de
levantamento pela operação da alavanca de
levantamento.
Padrão com a alavanca operada: 0,3 ~ 0,85 A
LSOL: Solenoide de travamento de abaixamento de
levantamento (apenas empilhadeiras equipadas com
alavanca STD)
(consulte a página 6-31)
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING 4/6”
“I/O M.HANDLING 4/6”
POTT: Tensão (V) do sensor de ângulo da alavanca de
inclinação (1)/tensão (V) do sensor de ângulo da alavanca de
inclinação (2)
Padrão
Tensão do sensor de Tensão do sensor de
Alavanca de
ângulo da alavanca de ângulo da alavanca de
inclinação
inclinação (1) inclinação (2)
Inclinação para
1,8 ~ 4,1 V 0,3 ~ 2,9 V
frente
Inclinação para
0,4 ~ 2,8 V 1,6 ~ 4,3 V
trás
Julga a qualidade da entrada durante a operação da
alavanca de inclinação à frente/inclinação atrás.
TPSOL: Corrente do solenoide da válvula proporcional de
inclinação (A) (apenas veículo com minialavanca ou joystick)
Julga a qualidade da saída do solenoide proporcional de
inclinação pela operação da alavanca de inclinação.
Padrão com a alavanca operada: 0,3 ~ 0,85 A
TSOL: Solenoide de controle de inclinação (apenas veículo
com alavanca STD) (consulte a página 6-31)
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING 5/6”
6-33

“I/O M.HANDLING 5/6”


POTA1: Tensão do sensor de ângulo da alavanca (1) do
acessório (1) (V) /tensão do sensor de ângulo da alavanca (2)
do acessório (1) (V) (apenas veículo com minialavanca ou
joystick)
Padrão
Tensão (1) do sensor de Tensão (1) do sensor de
Alavanca
ângulo da alavanca de ângulo da alavanca de
acessório (1)
acessório (1) acessório (2)
Lado de
inclinação 1,8 ~ 4,1 V 0,3 ~ 2,9 V
para trás
Lado de
inclinação 0,4 ~ 2,8 V 1,6 ~ 4,3 V
para frente
Julga a qualidade da entrada da operação da alavanca
de acessório (1).
A1SOL: Corrente do solenoide da válvula proporcional (A) do
acessório (1)
Julga a qualidade de saída do solenoide da válvula
proporcional do acessório (1) pela operação da alavanca
do acessório (1).
(apenas veículo com minialavanca ou joystick)
Padrão com a alavanca operada: 0,3 ~ 0,85 A
Tecla (4): Para a tela “I/O M.HANDLING 6/6”
“I/O M.HANDLING 6/6”
POTA2: Tensão do sensor de ângulo da alavanca (1) do
acessório (2) (V) /tensão do sensor de ângulo da alavanca (2)
do acessório (1) (V) (apenas veículo com minialavanca ou
joystick)
Padrão
Tensão (2) do sensor
Alavanca Tensão (2) do sensor de
de ângulo da
acessório ângulo da alavanca de
alavanca de
(2) acessório (1)
acessório (2)
Lado de
inclinação 1,8 ~ 4,1 V 0,3 ~ 2,9 V
para trás
Lado de
inclinação 0,4 ~ 2,8 V 1,6 ~ 4,3 V
para frente
Julga a qualidade da entrada da operação da alavanca
de acessório (2).
A2SOL: Corrente (A) do solenoide da válvula proporcional de
acessório (2)
Julga a qualidade da saída do solenoide proporcional de
acessório (2) pela operação da alavanca de acessório
(2).
(apenas veículo com minialavanca ou joystick)
Padrão com a alavanca operada: 0,3 ~ 0,85 A
Tecla (4): Retorna à tela ANALYZER MENU
6-34

Monitor de entrada/saída (4) (I/O STEERING)


Esta função mostra o estado LIGADO/DESLIGADO dos interruptores de correção da posição do botão e outro, e as
tensões analógicas de entrada dos sensores.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 4 vezes para verificar se “5. I/O


STEERING” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela " I/O STEERING 1/1".
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O STEERING para a
tela de outros itens. Volte para a tela ANALYSER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.

“I/O STEERING 1/1”


PNEU: Tensão (V) do sensor de ângulo do pneu
Opere o volante de direção para verificar a variação na
tensão.
Padrão com os pneus voltados diretamente para
frente:
1,9 ~ 2,4 V
SPEED: Velocidade de deslocamento (consulte a página
6-29)
K-POS: Valor real da posição do botão de direção (valor alvo)
e solenoide de correção da posição do botão
Valor real:
A posição do botão calculada e reconhecida pelo
controlador a partir do sinal do sensor de ângulo da
direção
Valor desejado:
A posição do botão calculada e reconhecida pelo
controlador a partir do sinal do sensor de ângulo do pneu
Solenoide de correção da posição do volante:
0 = OFF estado (não energizado)
1 = ON estado (energizado)
6-35

Uma volta (360°) do volante de direção é dividida por 160,


e esse valor é ajustado a “80” quando o botão está na
posição indicada na ilustração.
Giro horário do volante de direção: Aumenta o valor
Giro anti-horário do volante de direção: Diminui o valor
STS: Verificação do sensor de ângulo da direção

Posição padrão

1 = LIGADO
0 = DESLIGADO
Quando o volante é girado uma vez, STS1 e STS2
repetem ON e OFF.
O STSC somente liga quando o botão está na posição
padrão.
Tecla (4): Para a tela ANALYZER MENU

Monitor de Entrada/Saída (5) (I/O OTHERS)


Mostra os estados LIGADO/DESLIGADO do horímetro e outros interruptores e as tensões de entradas analógicas
dos respectivos sensores.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 5 vezes para verificar se “6. I/O


OTHERS” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “I/O OTHERS 1/2”.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela I/O OTHERS para a
tela de outros itens. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.
6-36

“I/O OTHERS 1/2”


HR: Horímetro
Mostra o valor do horímetro.
BATT: Tensão da bateria (V)
Mostra a tensão da bateria.
Padrão: 8,0 ~ 16,0 V
THO: Temperatura do fluido do conversor de torque
Mostra a tensão (V) do sensor de temperatura do fluido
do conversor de torque e a temperatura do fluido (C°).
Isso não é mostrado para veículo M/T.
Tecla (4): Para a tela “I/O OTHERS 2/2”
“I/O OTHERS 2/2”
IGSW: Interruptor de ignição
Mostra o interruptor de ignição LIGADO/DESLIGADO.
IGSW: 1 = LIGADO
IGSW: 0 = DESLIGADO
MAT: Conector de correspondência (apenas veículo com
alavanca STD)
Mostra o estado do conector de sincronismo.
MAT: 0 = DESLIGADO
Estado da separação do conector de sincronismo
MAT: 1 = LIGADO
Estado da conexão do conector de sincronismo
Isso não é mostrado para veículo com minialavanca ou
joystick.
MTC: Identificação da transmissão
Mostra o estado da entrada dos números de identificação
M/T e T/C.
MTC: 0 T/C
MTC: 1 M/T
Tecla (4): Retorna à tela ANALYZER MENU
6-37

Teste Ativo (ACTIVE TEST)


Essa função fornece os sinais LIGADO/DESLIGADO para os atuadores do sistema elétrico e compara os sinais de
entrada do controlador com aqueles sinais.
Lista Menu de Teste Ativo
Item de seleção
Item Descrição
Sinal Conteúdo da operação Sinal Conteúdo da operação

Operação forçada do solenoide de DESATIVADO


SWING SOL ATIVADO (ON) Destravado Trava
travamento da suspensão (OFF)

STEERING Operação forçada do solenoide de DESATIVADO


ATIVADO (ON) Desvio aberto Desvio fechado
SOL correção da posição do botão (OFF)

Operação forçada do relé do


DESATIVADO
T/C RLY interruptor de deslocamento para ATIVADO (ON) Deslocamento não possível Deslocamento possível
(OFF)
frente/para trás

ASC RLY Não utilizado — — — —

Empilhadeira com alavanca Empilhadeira com


Operação forçada do solenoide de
STD: alavanca STD:
travamento de abaixamento e DESATIVADO
LIFT LWR SOL ATIVADO (ON) Abaixamento não possível Possível abaixamento
elevação (apenas empilhadeiras (OFF)
Veículo com minialavanca Veículo com minialavanca
com alavanca STD)
ou joystick: — ou joystick: —

Empilhadeira com alavanca Empilhadeira com


STD: alavanca STD:
Inclinação para frente não Possível inclinação para
Operação forçada do solenoide de
possível DESATIVADO frente
SOL INCL inclinação (apenas empilhadeiras ATIVADO (ON)
Velocidade de inclinação (OFF) Velocidade de inclinação
com alavanca STD)
para trás limitada para trás não limitada
Veículo com minialavanca Veículo com minialavanca
ou joystick: — ou joystick: —

Empilhadeira com
Empilhadeira com alavanca
Operação forçada do solenoide de alavanca STD:
STD:
travamento de inclinação para trás DESATIVADO Inclinação para trás não
TILT BWD SOL ATIVADO (ON) Inclinação para trás possível
(apenas empilhadeiras com (OFF) possível
Veículo com minialavanca
alavanca STD) Veículo com minialavanca
ou joystick: —
ou joystick: —

Empilhadeira com alavanca


Empilhadeira com
STD:
alavanca STD:
Manuseio de material
Manuseio de material
SOLENOIDE diferente de abaixamento
Operação forçada do solenoide de DESATIVADO possível
DE ATIVADO (ON) não possível
descarregamento (OFF) Veículo com minialavanca
DESCARGA Veículo com minialavanca
ou joystick:
ou joystick:
Não é possível o
Manuseio de material
manuseio de materiais*
possível

OPTION RLY Não utilizado — — — —

SINAL Operação forçada do sinal sonoro DESATIVADO


ATIVADO (ON) Alarme sonoro LIGADO Alarme DESLIGADO
SONORO de advertência (OFF)

SWG TEST Mostrador da operação do


LIGADO Indicação DESLIGADO Sem indicação
LMP solenoide de travamento de giro

*: Pode ser abaixado de acordo com a condição de carregamento.


Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.
6-38

2. Pressione o interruptor (1) 6 vezes para verificar se “7.


ACTIVE TEST” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela "ACTIVE TEST 1/3".
Tecla (1): Alterna a seleção para o próximo item
Tecla (2): Forçado DESLIGADO
Tecla (3): Forçado LIGADO
Tecla (4): Retorna à tela ANALYZER MENU
Nota:
• Um item não pode ser ajustado em ON ou OFF somente
selecionando-o.
Assegure-se de pressionar o interruptor (2) ou (3) para
habilitá-lo.
Quando um item está selecionado, o estado atual é
mostrado no mostrador.
• Não se pode mover diretamente da tela ACTIVE TEST para a
tela de outros itens. Volte para a tela ANALYZER MENU e
depois vá para a tela da função desejada.
“ACTIVE TEST 1/3”
SWING SOL: solenoide de travamento da suspensão
Eleve o eixo traseiro e verifique se o eixo traseiro se
move.
ON (solenoide ligado): Destravado
OFF (solenoide desligado): Trava
STEERING SOL: solenoide de correção da posição do botão
Gire lentamente o volante de direção e verifique a
diferença de movimento do pneu traseiro.
ON (Desvio aberto): Os pneus não se movem muito
OFF (Desvio fechado): Os pneus se movem
(funcionamento normal)
T/C RLY: Relé do interruptor para frente/para trás
Verifique o funcionamento do relé do interruptor do
conversor de torque à frente/ré.
ON (relé LIGADO): Deslocamento não possível
OFF (relé DESLIGADO): Deslocamento possível
(funcionamento normal)
ASC RLY: Não usado
“ACTIVE TEST 2/3”
Nota:
Ao executar o item ACTIVE TEST 2/3, assegure-se de estar
sentado corretamente no banco. Caso contrário OPS é
ativado e a operação de manuseio de material pode se
limitada.
LIFT LWR SOL: Solenoide de travamento de abaixamento de
levantamento (apenas empilhadeiras equipadas com
alavanca STD)
Verifique a qualidade da ação de abaixamento pela
operação de abaixamento.
ON (solenoide ligado): Abaixamento não possível
OFF (solenoide desligado): Possível abaixamento
6-39

TILT SOL: Solenoide de controle de inclinação (apenas


empilhadeiras com alavanca STD)
Verifique a qualidade da operação da inclinação à frente
do mastro pela operação de inclinação à frente.
ON (solenoide ligado):
Não é possível inclinar para trás, velocidade limitada de
inclinação para trás DESLIGADA (solenoide
DESLIGADO):
Inclinação para frente possível, velocidade de inclinação
para trás não limitada
TILT BWD SOL:
Solenoide de travamento de inclinação para atrás
(somente empilhadeira com alavanca STD)
Verifique a qualidade da operação da inclinação para tras
do mastro pela operação de inclinação para trás.
ON (solenoide ligado): Inclinação para trás possível
(funcionamento normal)
OFF (solenoide desligado): Inclinação para trás não
possível
UNLOAD SOL: solenoide da válvula de descarregamento
Verifique a qualidade da operação de manuseio de
material pela operação de manuseio de material.
Veículo com alavanca STD
ON (solenoide ligado):
Outro manuseio de material diferente da operação de
abaixamento não é possível (depende do acessório,
operação 3° para o 5° canal pode ser feito)
OFF (solenoide desligado):
Operação de manuseio de material possível
Veículo com minialavanca ou joystick
ON (solenoide ligado):
Operação de manuseio de material possível
OFF (solenoide desligado):
Operação de manuseio de material não possível (pode
abaixar lentamente de acordo com a condição de
carregamento, mas isso não é uma falha.)
“ACTIVE TEST 3/3”
OPTION RLY: Não usado
BUZZER: Operação forçada do sinal sonoro de advertência
Verifique a operação do aviso sonoro.
LIGADO: Aviso sonoro soa
DESLIGADO: Aviso sonoro para
SWG TEST LAMP:
Verifique os estados de operação de travamento do firo de
acordo com os estados de deslocamento e de manuseio de
materiais pela luz OPS.
ON (Indicado):
A situação da operação é indicada com a luz OPS.
Luz OPS LIGADA: Travamento da suspensão operando
Luz OPS DESLIGADA: Travamento da suspensão
liberado
OFF (não indicado):
A luz OPS opera como a luz OPS (operação normal).
6-40

Versão do Programa (VERSION)


Mostra a versão do programa de cada controlador.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela ANALYZER MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 7 vezes para verificar se “8.


VERSION” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “VERSION”.
Tecla (4): Retorna à tela ANALYZER MENU

“VERSION” (Versão)
MOSTRADOR: Mostra a versão do programa
Versão do programa do mostrador de funções múltiplas
SAS/OPS: Versão do programa SAS/OPS
Versão do programa do controlador SAS/OPS
MOTOR: versão do programa 1FZ
Versão do programa do controlador do motor 1FZ
6-41

AFINAÇÃO
INFORMAÇÕES GERAIS
Realiza o ajuste fino do controle de manuseio de materiais.
Ao receber uma solicitação de um usuário tal como “Quero que ajuste a sensação da minialavanca”, um nível de
ajuste pode ser alterado na tela de afinação.
Lista de Itens de Afinação
• N°6 ~ N°19 não são usados (não indicados).
• N°20 ~ N°69 são somente para veículos com especificação de minialavanca ou joystick (OPT).
Nível ( :valor inicial de ajuste)
Nº Item
1 2 3 4 5 6 7 8
1 Sobressalente 1

2 Sobressalente 2
3 Velocidade de inclinação para trás limitada Lenta Rápida
4 Sobressalente 3

5 Sobressalente 4
Ajuste de abaixamento da elevação (1):
20 Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação Pequeno Grande
de abaixamento.
Ajuste de abaixamento da elevação (2):
21 Lenta Rápida
Ajusta a veloc. de aprox. durante a operação de abaixamento.
Ajuste de abaixamento da elevação (3):
22 Ajusta a corrente máxima de saída do solenoide durante a Pequeno Grande
operação de abaixamento.
Ajuste de abaixamento da elevação (4):
23 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de abaixamento.
Ajuste de abaixamento da elevação (5):
24 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de abaixamento.
Ajuste de elevação (1):
25 Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação Pequeno Grande
de elevação.
Ajuste de elevação (2):
26 Lenta Rápida
Ajusta a velocidade de aprox.durante a operação de elevação.
Ajuste de elevação (3):
27 Ajusta a corrente máxima de saída do solenoide durante a Pequeno Grande
operação de elevação.
Ajuste de elevação (4):
28 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de elevação.
Ajuste de elevação (5):
29 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de elevação.
Ajuste de inclinação para frente (1):
30 Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação Pequeno Grande
de inclinação para frente.
Ajuste de inclinação para frente (2):
31 Ajusta a velocidade aproximada durante a operação de Lenta Rápida
inclinação para frente
Ajuste de inclinação para frente (3):
32 Ajusta a corrente máxima de saída do solenoide durante a Pequeno Grande
operação de inclinação para frente.
Regulagem de inclinação para frente (4):
33 Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação para Fraca Forte
frente.
Regulagem de inclinação para frente (5):
34 Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação para Fraca Forte
frente.
6-42

Nível ( :valor inicial de ajuste)


Nº Item
1 2 3 4 5 6 7 8
Ajuste de inclinação para trás (1):
35 Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação Pequeno Grande
de inlcinação para trás.
Regulagem de inclinação para trás (2):
36 Ajusta a veloc. de aprox. durante a operação de inclinação para Lenta Rápida
trás.
Ajuste de inclinação para trás (3):
37 Ajusta a corrente máxima de saída do solenoide durante a Pequeno Grande
operação de inclinação para trás.
Regulagem de inclinação para trás (4):
38 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação para trás.
Regulagem de inclinação para trás (5):
39 Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação para Fraca Forte
trás.
Ajuste (1) da alav. de inclinação lateral para frente de acessório
(1):
40 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação
de inclinação lateral para frente de acessórios (1).
Ajuste (1) da alav. de inclinação lateral para frente de acessório
(2):
41 Lenta Rápida
Ajusta a velocidade de aproximação durante a operação de
inclinação lateral para frente da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alav. de inclinação lateral para frente de acessório
(3):
42 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída máxima durante a operação de
inclinação lateral para frente da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alav. de inclinação lateral para frente de acessório
(4):
43 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação lateral
para frente da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alav. de inclinação lateral para frente de acessório
(5):
44 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação
lateral para frente da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (1):
45 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação
de inclinação lateral para trás de acessórios (1).
Ajuste (1) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (2):
46 Lenta Rápida
Ajusta a velocidade de aproximação durante a operação de
inclinação lateral para trás da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (3):
47 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída máxima durante a operação de
inclinação lateral para trás da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (4):
48 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação lateral
para trás da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (1) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (5):
49 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação
lateral para trás da alavanca de acessórios (1).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para frente de
acessório (1):
50 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação
de inclinação lateral para frente de acessórios (2).
6-43

Nível ( :valor inicial de ajuste)


Nº Item
1 2 3 4 5 6 7 8
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para frente de
acessório (2):
51 Lenta Rápida
Ajusta a velocidade de aproximação durante a operação de
inclinação lateral para frente da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para frente de
acessório (3):
52 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída máxima durante a operação de
inclinação lateral para frente da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para frente de
acessório (4):
53 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação lateral
para frente da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para frente de
acessório (5):
54 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação
lateral para frente da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (1):
55 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída do solenoide no início da operação
de inclinação lateral para trás de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (2):
56 Lenta Rápida
Ajusta a velocidade de aproximação durante a operação de
inclinação lateral para trás da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (3):
57 Pequeno Grande
Ajusta a corrente de saída máxima durante a operação de
inclinação lateral para trás da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (4):
58 Fraca Forte
Ajusta a aceleração durante a operação de inclinação lateral
para trás da alavanca de acessórios (2).
Ajuste (2) da alavanca de inclinação lateral para trás de
acessório (5):
59 Fraca Forte
Ajusta a desaceleração durante a operação de inclinação
lateral para trás da alavanca de acessórios (2).
60 Não usado Pequeno Grande
61 Não usado Lenta Rápida
62 Não usado Pequeno Grande
63 Não usado Fraca Forte
64 Não usado Fraca Forte
65 Não usado Pequeno Grande
66 Não usado Lenta Rápida
67 Não usado Pequeno Grande
68 Não usado Fraca Forte
69 Não usado Fraca Forte
6-44

Tela TUNING MENU


Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).

2. Pressione o interruptor (1) para verificar se “2. TUNING” está


selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter) para obter a
tela TUNING MENU.
3. Selecione o menu com o interruptor (1) e pressione o interrup-
tor (4) (enter) para mover para a tela de afinação do item sele-
cionado.
4. Pressione o interruptor (enter) (4) ao selecionar “7. END” para
retornar à tela MASK MENU.

1. “COMMON”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
2. “LIFT LEVER”
(veículo com minialavanca/joystick)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
3. “TILT LEVER”
(veículo com minialavanca/joystick)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
4. “ATT1 LEVER”
(veículo com minialavanca/joystick)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
5. “ATT2 LEVER”
(veículo com minialavanca/joystick)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
6. “ATT3 LEVER”
(veículo com minialavanca)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela de ajuste TUNING LEVEL
6-45

7. “END”
Tecla (1): Retorna à seleção "1. COMMON"
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU

COMMON (AFINANDO COMMON)


Ajusta os níveis de afinação para as funções padrão.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Verifique se “1. COMMON” está selecionado, e pressione o


interruptor (4) (enter) para obter a tela TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela COMMON para a tela
de outros itens. Volte para a tela TUNING MENU e depois vá
para a tela de ajuste de nível de cada item.

“TUNE COM.”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando o nível para baixo
Tecla (3): Ajustando o nível para cima
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-46

LIFT LEVER (AFINANDO A LIFT LEVER)


Ajusta os níveis da alavanca de levantamento de veículos com minialavanca e joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) para verificar se “2. LIFT LEVER”


está selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter) para
obter a tela de ajuste TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela de ajuste de nível LIFT
LEVER para a tela de outros itens. Volte para a tela TUNING
MENU e depois vá para a tela de ajuste de nível de cada item.

“TUNE LIFT”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando o nível para baixo
Tecla (3): Ajustando o nível para cima
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-47

TILT LEVER (AFINANDO A TILT LEVER)


Ajusta os níveis da alavanca de inclinação de veículos com minialavanca e joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) duas vezes para verificar se “3.


TILT LEVER” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela de ajuste TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela de ajuste de nível TILT
LEVER para a tela de outros itens. Volte para a tela TUNING
MENU e depois vá para a tela de ajuste de nível de cada item.

“TUNE TILT”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando o nível para baixo
Tecla (3): Ajustando o nível para cima
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-48

ATT1 LEVER (AFINANDO A ATT1 LEVER)


Ajusta os níveis da alavanca ATT1 de veículos com minialavanca e joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 3 vezes para verificar se “4. ATT1


LEVER” está selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter)
para obter a tela de ajuste TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela de ajuste de nível
ATT1 LEVER para a tela de outros itens. Volte para a tela
TUNING MENU e depois vá para a tela de ajuste de nível de
cada item.

“TUNE ATT1”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando o nível para baixo
Tecla (3): Ajustando o nível para cima
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-49

ATT2 LEVER (AFINANDO A ATT2 LEVER)


Ajusta os níveis da alavanca ATT2 de veículos com minialavanca e joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 4 vezes para verificar se “5. ATT2


LEVER” está selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter)
para obter a tela de ajuste TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela de ajuste de nível
ATT2 LEVER para a tela de outros itens. Volte para a tela
TUNING MENU e depois vá para a tela de ajuste de nível de
cada item.

“TUNE ATT2”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando o nível para baixo
Tecla (3): Ajustando o nível para cima
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-50

ATT3 LEVER (AFINANDO A ATT3 LEVER)


Ajusta os níveis da alavanca ATT3 de veículos com minialavanca e joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela TUNING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) 5 vezes para verificar se “6. ATT3


LEVER” está selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter)
para obter a tela de ajuste TUNING LEVEL.
Nota:
Não se pode mover diretamente da tela de ajuste de nível
ATT3 LEVER para a tela de outros itens. Volte para a tela
TUNING MENU e depois vá para a tela de ajuste de nível de
cada item.

“TUNE ATT3”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Não usado
Tecla (3): Não usado
Tecla (4): Retorna à tela TUNING MENU
6-51

OPÇÕES
Nota:
• A função de ajuste é usada para ajustar o controle do controlador e o controle do mostrador de acordo
com as opções instaladas no veículo. Ela não permite habilitar ou desabilitar a função em si.
• Se o controlador SAS/OPS ou o mostrador de funções múltiplas for substituído, é necessário reiniciar de
acordo com a especificação do veículo.
Lista do Menu de Opções
Alterando ajustes
Indicação Descrição Conteúdo do Conteúdo do
Indicação Indicação
ajuste ajuste
Outros que não
DISP. MODE* Ajuste do idioma do mostrador J Japonês I
seja Japonês
Ajustando a unidade do mostrador de velocidade
MPH* SIM mph NÃO km/h
de deslocamento
Outros que não
USA* Ajustando a especificação do aviso sonoro SIM USA NÃO
seja USA
Ajuste para habilitar/desabilitar o aviso sonoro
SEAT BUZZER SIM Habilitado NÃO Desabilitado
quando o interruptor do assento está desligado
Ajuste para habilitar/desabilitar a advertência
PKB BUZZER quando esquecer de aplicar o freio de SIM Habilitado NÃO Desabilitado
estacionamento.
Ajuste para habilitar/desabilitar a indicação de
TEMP GAUGE SIM Habilitado NÃO Desabilitado
temperatura do fluido
CONV. TEMP Não usado (fixo em SIM) SIM — NÃO —
ASC W/ LOAD Não usado (fixo em SIM) SIM — NÃO —
MODE Não usado (fixo em S) S — A —
Ajuste para habilitar/desabilitar a redução da
H.TEMP P-LIM saída do motor quando detectar sobreaque- SIM Habilitado NÃO Desabilitado
cimento do líquido de arrefecimento
LIFT IDLEUP Não usado (fixo em SIM) SIM — NÃO —
Ajuste para habilitar/desabilitar o controle de
T FWD LIMIT SIM Habilitado NÃO Desabilitado
regulação de inclinação para frente
Ajuste para habilitar/desabilitar o controle de
T BWD LEVEL SIM Habilitado NÃO Desabilitado
nivelamento automático da inclinação p/ trás
SWG W-LOCK Não usado (fixo em SIM) SIM — NÃO —
Definição do número de maneiras para a válvula
OCV WAY* de controle de óleo (apenas veículos com 2/3/4/5
minialavanca ou joystick)
WAY SELECT Não utilizado — — — —
*: São ajustados de acordo com a especificação do veículo no momento do envio.

Tela OPTION SET


Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).
6-52

2. Pressione o interruptor (1) duas vezes para verificar se “3.


OPTION SET” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela de ajuste OPTION SET.

Tela 1 “OPTION SET”


Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando de NÃO para SIM
Tecla (3): Ajustando de SIM para NÃO
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU
Com “PKB BUZZER” selecionado, pressione o interruptor (1)
para alternar para a próxima tela.

Tela 2 “OPTION SET”


Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando de NÃO para SIM
Tecla (3): Ajustando de SIM para NÃO
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU
Com “T/C INTLOCK” selecionado, pressione o interruptor (1)
para alternar para a próxima tela.

Tela 3 “OPTION SET”


Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2): Ajustando de NÃO para SIM
Tecla (3): Ajustando de SIM para NÃO
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU
Com “SWG W-LOCK” selecionado, pressione o interruptor (1)
para alternar para a próxima tela.

“OPTION SET” Tela 4


(veículos com minialavanca e joystick)
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (2):
Ajuste 5 → 4 → 3 → 2
Tecla (3):
Ajuste 2 → 3 → 4 → 5
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU
Com “WAY SELECT” selecionado, pressione o interruptor (1)
para alternar para a próxima tela (retorna à tela 1).
6-53

EQUIPARAÇÃO
INFORMAÇÕES GERAIS
• Para o ângulo de inclinação, os sensores de ângulo do pneu e de carga, entre outros usados para as funções
SAS, os valores de tensão do sinal sob o mastro vertical, em condições sem carga e pneu reto são armazenados,
respectivamente, no controlador para o controle com base nesses valores. Ao reparar ou substituir esses
sensores, a correspondência (atualização do valor da tensão do sinal do sensor na condição de veículo padrão) é
necessária. Também a correspodência é necessária para o sensor de ângulo de inclinação quando a posição do
veículo muda excessivamente, e para o sensor de carregamento quando a carga sob condição descarregada
(nenhuma carga no garfo) é alterada, pela adição ou remoção de qualquer acessório, substituição do mastro ou
alteração do comprimento do garfo.
• Cada sensor de ângulo da alavanca para a função da minialavanca ou joystick baseada na memória dos valores
de tensão do sinal da memória na posição neutra é armazenado no controlador no momento da entrega. Ao
reparar esses sensores ou substituir peças relacionadas, a correspondência (atualização do valor da tensão do
sinal do sensor na condição de veículo padrão) é necessária.
• O medidor de carregamento armazena a informação da especificação e os valores de tensão do sinal, enquanto
sem carga, do sensor de carregamento para o mostrador de funções múltiplas, e indica baseado neles. Ao
reparar o sensor do mastro ou de carregamento ou substituir peças relacionadas, a correspondência (atualização
do valor da tensão do sinal do sensor na condição de veículo padrão) é necessária.
Itens de Correspondência e Pré-requisitos para a Implementação
1. SAS
Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
a implementação
Armazena no controlador o valor de saída do sensor de
1 TILTL *1, *2, *3, *6, *7, *8
ângulo com o garfo na posição horizontal.
Armazena, no controlador, o valor da saída do sensor de
ângulo de inclinação na posição limite de inclinação para *1, *2, *3, *4, *6,
2 TILTF LOAD
frente e o valor de saída do sensor de carregamento quando *7, *8
está sem carga.
Armazena o valor de saída do sensor de ângulo do pneu
3 TIRE enquanto o veículo está se deslocando diretamente à frente, *1, *5
para o controlador.
4 GIRO Não usado —

2. MINI LEVER (somente veículo com minialavanca/joystick)


Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
a implementação
O valor da saída do sensor de ângulo da alavanca de
6 LEVER1 levantamento na posição neutra é armazenado no *1, *9
controlador.
O valor da saída do sensor de ângulo da alavanca de
7 LEVER2 *1, *10
inclinação na condição neutra é armazenado no controlador.
O valor da saída do sensor de ângulo da alavanca de
8 LEVER3 acessório (1) na posição neutra é armazenado no *1, *11
controlador.
O valor da saída do sensor de ângulo da alavanca de
9 LEVER4 acessório (2) na posição neutra é armazenado no *1, *12
controlador.
6-54

3. LOAD METER (Somente veículo DX com mostrador de funções múltiplas)


Pré-requisitos para
Nº Indicação Descrição
a implementação

LIFT CYL. O número do cilindro de elevação do mastro está


10 *7, *13
NUMBERS armazenado. (Número combinando a frente e a traseira)

11 LIFT CYL. BORE O diâmetro do cilindro de levantamento está armazenado. *7, *13

LOADMETER 0 O ponto zero do medidor de carregamento está


12 *4, *6, *7, *13
SET armazenado.

Quando se deseja
13 COMPENSATION A precisão do medidor de carregamento é ajustado.
ajustar a precisão

Pré-requisitos para a implementação


*1: Substituição do controlador SAS/OPS
*2: Sensor de ângulo de inclinação, remoção/instalação ou substituição
*3: Alteração do comprimento ou substituição da haste do sensor de ângulo de inclinação
*4: Ao remover/instalar ou substituir o sensor de carregamento
*5: Ao remover/instalar ou substituir o sensor de ângulo do pneu ou a capa do sensor
*6: Ao instalar ou alterar acessório ou o garfo
*7: Ao remover/instalar ou substituir o mastro
*8: Ao remover/instalar ou substituir o cilindro de inclinação
*9: Ao substituir o sensor de ângulo da alavanca de carregamento
*10: Ao substituir o sensor de ângulo da alavanca de inclinação
*11: Ao substituir o sensor de ângulo da alavanca (1) de acessório
*12: Ao substituir o sensor de ângulo da alavanca (2) de acessório
*13: Ao substituir o mostrador de funções múltiplas

Antes de Iniciar a Correspondência


Antes de iniciar a correspondência, deve-se ajustar o veículo às “condições padrão”. Para a “condição de veículo
padrão”, consulte a Seção 5, “SAS/OPS”.
6-55

Tela MATCHING MENU


Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).

2. Pressione o interruptor (1) 3 vezes para verificar se “4.


MATCHING” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela “MATCHING MENU”.
3. Selecione o menu com o interruptor (1) e pressione o interrup-
tor (4) (enter) para mover para a tela ajuste MATCHING do
item selecionado.
4. Pressione o interruptor (enter) (4) ao selecionar “4. END” para
retornar à tela MASK MENU.

1. “SAS”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela MATCHING SET
2. “MINI LEVER”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela MATCHING SET
3. “LOAD METER”
Tecla (1): Alternando a seleção para o próximo item
Tecla (4): Para a tela MATCHING SET

4. “END”
Tecla (1): Retorna à seleção "1. SAS"
Tecla (4): Retorna à tela MASK MENU
Nota:
• “2. MINI LEVER não é mostrado para veículo sem
minialavanca ou joystick.
• “3. LOAD METER” não é mostrado em veículos que não
sejam modelo DX.
6-56

SAS (CORRESPONDÊNCIA SAS)


A correspondência é executada para as funções padrão.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela MATCHING MENU.

2. Verifique se “1. SAS” está selecionado, e pressione o


interruptor (4) (enter) para obter a tela MATCHING SET.
Na tela MATCHING SET:
Valores entre parêntesis () são valores armazenados
atualmente.
Valores fora de parêntesis () são valores da condição atual do
veículo.
Nota:
• Não se pode mover diretamente de cada tela de ajuste do
SAS para a tela de ajuste de correspondência de outros
itens.
Volte para a tela MATCHING MENU e depois vá para a tela de
ajuste de correspondência de cada item.
• Na condição de veículo padrão, se o valor entre parênteses
( ) e o valor fora do parênteses ( ) forem diferentes, a
correspondência é requerida.
Tela “TILTL”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “TILTF LOAD”

Tela “TILTF LOAD”


Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “TIRE”
6-57

Tela “TIRE”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “SWING”

Tela “SWING”
Não usado.
Tecla (4): Retorna à tela MATCHING MENU

MINI LEVER (MINIALAVANCA OU JOYSTICK)


A correspondência é executada para as funções minialavanca ou joystick.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela MATCHING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) para verificar se “2. MINI LEVER”


está selecionado, e pressione o interruptor (4) (enter) para
obter a tela MATCHING SET.
Na tela MATCHING SET:
Valores entre parêntesis () são valores armazenados
atualmente.
Valores fora de parêntesis () são valores da condição atual do
veículo.
Nota:
• Não se pode mover diretamente de cada tela de ajuste do
MINI LEVER para a tela de ajuste de correspondência de
outros itens.
Volte para a tela MATCHING MENU e depois vá para a tela de
ajuste de correspondência de cada item.
• Na condição de veículo padrão, se o valor entre parêntesis
( ) e o valor fora do parêntesis ( ) forem diferentes, a
correspondência é requerida.
6-58

Tela “LEVER1”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “LEVER2”

Tela “LEVER2”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “LEVER3”

Tela “LEVER3”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Para a tela “LEVER4”
Nota:
A tela “LEVER3” será mostrada de acordo com o número de
canais a ajustar.

Tela “LEVER4”
Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1)), “OK” é indicado no mostrador.
Tecla (1): Pressionando-se por 2 segundos ou mais a
sincronização é executada.
Tecla (4): Retorna à tela MATCHING MENU
Nota:
A tela “LEVER4” será mostrada de acordo com o número de
canais a ajustar.
6-59

LOAD METER (CORRESPONDÊNCIA DO MEDIDOR DE CARREGAMENTO)


Para otimizar o medidor de carregamento, é necessário entrar cada valor de “número de cilindros de elevação”,
“diâmetro do cilindro de elevação”, “ajuste do ponto 0” e “ajuste da precisão” de acordo com o mastro instalado, no
mostrador.
Esses valores também são ajustados no momento da entrega mas, ao substituir o mastro ou um ajuste for
requerido para precisão do medidor de carregamento, ajuste novamente esses valores.
Procedimento de Operação
1. Mostra a tela MATCHING MENU.

2. Pressione o interruptor (1) duas vezes para verificar se “3.


LOAD METER” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela de ajuste “LIFT CYL NUMBERS”.
Nota:
Não se pode mover diretamente de cada tela de ajuste do
LOAD METER para a tela de ajuste de correspondência de
outros itens. Volte para a tela MATCHING MENU e depois vá
para a tela de ajuste de correspondência de cada item.

Tela “LIFT CYL. NUMBERS”.


Tecla (2): Reduzindo a quantidade dos cilindros
Tecla (3): Aumentando a quantidade dos cilindros
Tecla (4): Para a tela “LIFT CYL. BORE”
Número de cilindros de elevação
Número de cilindros de
Tipo do mastro
elevação
V 2
FV, FSV 3

Tela “LIFT CYL. BORE”


Tecla (2): Reduzindo o diâmetro do cilindro
Tecla (3): Aumentando o diâmetro do cilindro
Tecla (4): Para a tela “LOADMETER 0 SET”
Diâmetro do cilindro de elevação dianteiro
Diâmetro do cilindro (mm)
Modelo do Cilindro de
veículo Cilindro de elevação
elevação dianteiro (mastro
FV/FSV)
Modelos de 3,5,
K4,0, 4,0 65 95
toneladas
Modelos de 4,5,
70 105
5,0 toneladas
6-60

Tela “LOADMETER 0 SET”


Se a correspondência for executada (pressione o interruptor
(1) por mais que 2 segundos), “OK” (ou “NG”) é indicado no
mostrador.
OK: A correspondência está concluída
NG: O valor da tensão do sinal está fora da faixa de
sincronização
Quando “NG” está indicado, verifique a condição do veículo,
anormalidades do sensor de carregamento, desconexão e
curtos no chicote elétrico.
Nota:
Assegure-se de executar a correspondência com o veículo
ajustado às “condições padrão”.
Condição de veículo padrão:
Para todos os mastros V/FV/FSV, o mastro deve estar na
vertical e a altura do garfo deve ser de 500 mm (19,7 pol.).
Tecla (1): Executando a correspondência
Tecla (4): Para a tela “COMPENSATION”
Tela “COMPENSATION”
Essa função corrige os valores indicados no mostrador de
acordo com o carregamento real.
Ao executar a correção, ajuste verticalmente o mastro e
coloque um objeto de carga (cujo peso exato se conhece); a
seguir levante o garfo aproximadamente 500 mm (19,7 pol.),
ajuste o valor indicado no canto superior direito da tela do
peso suspenso operando o interruptor.
Tecla (2): Correção a menor
Tecla (3): Correção a maior
Tecla (4): Retorna à tela MATCHING MENU
6-61

AJUSTE DO RAIO DA RODA


INFORMAÇÕES GERAIS
É necessário entrar o raio da roda no controlador de acordo com o raio do pneu para otimizar a leitura do
velocímetro. Mesmo com o raio da roda ajustado para pneus novos no momento da entrega, ajuste-o sempre que a
medida ou o tipo seja alterado de acordo com o “Lista de Raios da Roda”.
Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).

2. Pressione o interruptor (1) 4 vezes para verificar se “5.


WHEEL RADIUS” está selecionado, e pressione o interruptor
(4) (enter) para obter a tela de ajuste WHEEL RADIUS.
3. Altere o raio da roda ao valor desejado com os interruptores
(2) e (3), e pressione o interruptor (4) (enter) para ajustar o
valor e retornar para a tela MASK MENU.

Tela “WHEEL RADIUS”


Tecla (2): Reduzindo o raio da roda
Tecla (3): Aumentado o raio da roda
Tecla (4): Entrada do raio da roda e retorno para a tela MASK
MENU.
6-62

Lista de Raios da Roda


Tabela de raios da roda para os modelos de 3,5 e K4,0 toneladas

ESPEC. DO PNEU Raio da roda


NOME DA OPÇÃO
DIANTEIRO 3,5 toneladas K4,0 toneladas

1. STD 383 382


250-15 16PR
2. NEVE 376 375

1. SEM FURO
250-15 379 380
2. MACIO SEM FURO

28X8-15 12PR 1. DUPLO PADRÃO


376 375
(Pneu duplo) 2. DUPLO PADRÃO PARA NEVE

7.00-15 (Pneu 1. DUPLO PADRÃO SEM FURO


391 390
duplo) 2. DUPLO PADRÃO MACIO SEM FURO

28X12.5-15 18PR 1. SIMPLES ESPECIAL 374 373

Tabela de raios da roda para os modelos de 4,0, 4,5 e 5,0 toneladas

ESPEC. DO PNEU Raio da roda


NOME DA OPÇÃO
DIANTEIRO 4.0 ton. 4.5 ton. 5.0 ton.

1. STD
300-15 18PR 434 432 430
2. NEVE

1. SEM FURO
300-15 434 434 433
2. MACIO SEM FURO

7.50-16 12PR 1. DUPLO PADRÃO


427 425 421
(Pneu duplo) 2. DUPLO PADRÃO PARA NEVE

1. DUPLO PADRÃO SEM FURO


7.50-16 (Pneu
2. DUPLO PADRÃO MACIO SEM 421 421 420
duplo)
FURO

1. ESPECIAL DUPLO
8.25-15 12PR
2. ESPECIAL DUPLO PARA 453 453 450
(Pneu duplo)
NEVE

1. ESPECIAL DUPLO SEM


8.25-15 (Pneu FURO
447 447 446
duplo) 2. ESPECIAL DUPLO MACIO
SEM FURO

32X12.1-15 20PR 1. SIMPLES ESPECIAL 428 427 424


6-63

AJUSTE DA MARCHA LENTA (VEÍCULO MOTOR 1FZ)


INFORMAÇÕES GERAIS
Ajusta a rotação da marcha lenta do motor 1FZ.
Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).

2. Pressione o interruptor (1) 5 vezes para verificar se “6. IDLE


ADJUSTMENT” está selecionado, e pressione o interruptor
(4) (enter) para obter a tela de ajuste IDLE ADJUSTMENT.
3. Altere a velocidade ao valor desejado com os interruptores (2)
e (3), e pressione o interruptor (4) (enter) para ajustar o valor e
retornar para a tela MASK MENU.

Tela “IDLE ADJUSTMENT”


Tecla (2): Redução de velocidade
Tecla (3): Aumento da velocidade
Tecla (4): Entrando a rotação da marcha lenta e retornando à
tela MASK MENU.
6-64

AJUSTE DO CONTRASTE LCD


INFORMAÇÕES GERAIS
Ajusta o contraste LCD.
Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).
2. Veículo com motor 1FZ
Pressione o interruptor (1) 6 vezes para verificar se “7.
CONTRAST” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela de ajuste CONTRAST
ADJUSTMENT.

Veículo com Motor 14Z-II/15Z


Pressione o interruptor (1) 5 vezes para verificar se “6.
CONTRAST” está selecionado, e pressione o interruptor (4)
(enter) para obter a tela de ajuste CONTRAST
ADJUSTMENT.

3. Altere o nível de contraste com os interruptores (2) e (3), e


pressione o interruptor (4) (enter) para ajustar o valor e
retornar para a tela MASK MENU.

Tela “CONTRAST”
Tecla (2): Redução do contraste
Tecla (3): Aumento do contraste
Tecla (4): Entrando a rotação da marcha lenta e retornando à
tela MASK MENU.
6-65

INICIALIZAÇÃO DO MEDIDOR
INFORMAÇÕES GERAIS
Inicia a contagem do hodômetro, hodômetro parcial e do horímetro de manutenção.
Procedimento de Operação
1. Digite a senha na tela geral (veja a página 6-12) para exibir a
tela MASK MENU (menu máscara).
2. Veículo com motor 1FZ
Pressione o interruptor (1) 7 vezes para verificar se “8.
METER START” está selecionado, e pressione o interruptor
(4) (enter) para obter a tela de ajuste METER START.

Veículo com Motor 14Z-II/15Z


Pressione o interruptor (1) 6 vezes para verificar se “7.
METER START” está selecionado, e pressione o interruptor
(4) (enter) para obter a tela de ajuste METER START.

Tela “METER START”


3. Pressione a tecla (2) por 2 segundos ou mais para mostrar a
seta à direita na tela.
6-66

4. Enquanto pressiona o interruptor (2), ao se pressionar o


interruptor (3) um NO na tela alterna para um YES, e o ajuste
está completo.

5. Pressione o interruptor (4) para retornar à tela MASK MENU.

Nota:
Após completar o ajuste de início do medidor, “METER
START” não será mostrado na tela MASK MENU.

Nota:
Se a inicialização do medidor ainda não foi feita, o símbolo
que indica que o horímetro não foi iniciado será mostrado na
tela GENERAL.
6-67

CONJUNTO DO MOSTRADOR MULTIFUNÇÃO


DESMONTAGEM-MONTAGEM
T = N.m (kgf.cm) [lbf.pé]

T = 0.6 ~ 0.8 (6 ~ 8) [0.43 ~ 0.58]

Procedimento de Remoção
1. Remova a carcaça
2. Remova a placa e o conjunto do painel LCD da carcaça.
3. Desconecte o cabo plano do conjunto do painel LCD, da placa. [Ponto 1]

Procedimento de Instalação
Para instalação proceda de forma inversa à remoção.
6-68

Painel LCD
Operações Ponto a Ponto
[Ponto 1]
Montagem:
Siga o procedimento abaixo para instalar o painel LCD na
carcaça.
1. Remova a folha de proteção da face traseira do painel LCD.
2. Instale o painel LCD na carcaça de acordo com as seguintes
etapas.
Alojamento (1) Pressione a parte superior do painel LCD com as unhas.
Ao pressionar o painel não exerça força excessiva.
(2) Pressione a parte inferior do painel LCD para encaixar as
garras.
Nota:
Não danifique o painel LCD.
3. Após instalar o painel LCD, remova a folha de proteção da
face dianteira do painel LCD.
Nota:
Após remover a folha de proteção, não toque a superfície do
painel LCD.
7-1

DIAGNÓSTICO DE FALHAS NO SISTEMA ELÉTRICO

Página
ANTES DO DIAGNÓSTICO DE FALHAS ................................ 7-2
MANUSEIO DO CONECTOR ................................................. 7-2
PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO DO CHICOTE ELÉTRICO E
CONECTOR............................................................................ 7-2
DIAGNÓSTICO DE FALHAS.................................................... 7-4
ANTES DE INICIAR O DIAGNÓSTICO DE FALHAS PARA O
MOTOR 1FZ ........................................................................... 7-4
DIAGNÓSTICO (FUNÇÃO AUTO DIAGNÓSTICO) ............... 7-5
MÉTODO DE APRESENTAÇÃO DO DIAGNÓSTICO............ 7-5
LISTA DE ADVERTÊNCIAS.................................................. 7-13
VISTA DA PARTE RELACIONADA....................................... 7-14
ERRO DE CONFIRMAÇÃO DO MODO DE ACIONAMENTO ..... 7-14
7
DIAGNÓSTICO DE FALHAS POR CÓDIGO........................ 7-15
DIAGNÓSTICO DE FALHAS QUANDO NÃO HÁ CÓDIGO DE
FALHA PASSADO............................................................... 7-135
7-2

ANTES DO DIAGNÓSTICO DE FALHAS


MANUSEIO DO CONECTOR
1. Desconecte o terminal da bateria antes de conectar ou
desconectar cada conector ou terminal.
2. Ao desconectar um conector, não puxe o chicote elétrico, mas
segure e puxe o conector após destravá-lo.
Para conectar, empurre o conector completamente até que
esteja travado em sua posição.

3. Ao realizar medições, sempre aplique as pontas de prova na


parte de trás do conector (lado do chicote).
4. Se o acesso por trás do conector for impossível, como no
caso de um conector à prova d’água, conecte a ponta de
prova de forma a não causar deformação do terminal do
conector.
5. Não toque diretamente os terminais elétricos com a mão.
6. Ao realizar uma medição em um sistema energizado, evite
que as duas pontas de prova encostem uma na outra.

PROCEDIMENTO DE INSPEÇÃO DO
CHICOTE ELÉTRICO E CONECTOR
Quando ocorrer alguma falha, inspecione primeiramente os
conectores e o chicote elétrico do circuito relacionado de acordo
com o procedimento a seguir:
Verificação da Continuidade
1. Desconecte os conectores nas duas extremidades do chicote.
2. Meça a resistência entre os terminais correspondentes dos
conectores nas duas extremidades.
Padrão: 10 Ω ou menos
Nota:
• Meça enquanto balança o chicote para cima, para baixo e
para os lados.
• Circuito interrompido ao longo do chicote raramente ocorre;
mas há mais frequência perto dos conectores. Inspecione
com atenção principalmente os conectores do sensor. 76
7-3

Verificação de Circuito em Curto


1. Desconecte os conectores nas duas extremidades do chicote.
2. Meça a resistência entre o terminal do conector
correspomdente e a estrutura. Assegure-se de inspecionar os 0
conectores nas duas extremidades.
Padrão: 1 MΩ ou acima 1
Nota:
Meça enquanto balança o chicote para cima, para baixo e para
os lados.
2
3. Meça a resistência entre os terminais do conector 3
correspondente. Assegure-se de inspecionar os conectores
nas duas extremidades.
Padrão: 1 MΩ ou acima
4
Nota:
Pode ocorrer curto circuito ao chicote devido a se perfurado
5
pela carroçaria ou defeito na crimpagem.
6
7
Verificação Visual e Pressão de Contato
8
1. Desconecte os conectores nas duas extremidades do chicote.
2. Inspecione visualmente quanto a oxidação ou material 9
estranho preso nos terminais do conector.
3. Verifique se não existe folga ou danos na região crimpada. 10
Também, puxe levemente o fio para certificar-se de que não
está solto. 11

4. Insira um terminal macho do mesmo modelo do conector do


terminal e verifique a força de extração.
Pode ocorrer um mau contato no terminal em que a força de
extração seja menor do que nos outros terminais.
Nota:
Mesmo que haja oxidação ou material estranho no terminal,
ou a pressão de contato entre macho e fêmea esteja baixa, a
condição de contato anormal pode se alterar para normal ao
se desconectar e conectar o conector. Nesse caso,
desconecte e conecte novamente o conector várias vezes, e
se ocorrer uma falha, mesmo que somente uma vez,
considere que o terminal pode estar com contato defeituoso.
7-4

DIAGNÓSTICO DE FALHAS
ANTES DE INICIAR O DIAGNÓSTICO DE FALHAS PARA O MOTOR 1FZ
É muito arriscado iniciar o diagnóstico de falhas para o motor 1FZ com base apenas nos resultados. Os resultados
podem conduzir a uma ação corretiva incorreta, perda de tempo, e às vezes em aumento das anormalidades.
Assim, pergunte ao cliente sobre informação detalhada das condições do horário em que o problema ocorreu,
baseado no que se segue.
Procedimento de Diagnóstico
Primeiramente, é necessário obter o “histórico de falhas e de serviço” da empilhadeira e informações sobre a
ocorrência da falha como “onde”, “em quais ocasiões”, “em quais lugares”, “durante quais operações ou ações”, “o
que ocorreu após” e a “frequência de ocorrência”.
Também, tente recriar as condições em que ocorreu a falha. (a. Recriação impossível b. Recriação possível: em
quais circunstâncias?)
• Itens gerais
Nome do cliente Data da entrega Data da ocorrência da falha / leitura
do horímetro
Modelo do veículo Nº do chassi Número do motor (puncionado)
Tipo de combustível

□ Gasolina □ GLP □ Combinação Gasolina - GLP (Observe o nome da empresa de GLP combustível):
• Condição da falha (Assinale os itens que se aplicam)
Sintomas da falha
1. Motor não liga a. Não dá a partida b. Combustão não inicia c. Combustão incompleta
2. Não dá partida
Acionamento insuficiente (quando frio - quando quente - sempre)
corretamente
3. Marcha lenta a. Marcha lenta irregular b. Marcha lenta instável c. Flutuação (flutuação regular
irregular na rotação)
a. Imediatamente após a partida (quando frio · quando quente)
b. Durante a desaceleração c. Após a desaceleração d. Sem sinal
4. Motor morrendo
e. Após o motor funcionar áspero f. Durante esterçamento
g. Ao manusear materiais h. Pode ser dado partida imediatamente
a. Potência de saída insuficiente b. Hesitação c. Oscilação (Oscilando para
5. Condição de falha
frente e para trás durante aceleração)
operacional
d. Detonação e. Estourando f. Após a combustão
a. Consumo excessivo de combustível b. Consumo excessivo de óleo
6. Outro c. Sobreaquecimento d. Vazamento de água ou óleo e. Ruído anormal
f. Outro ( )
Ambiente no momento de ocorrência da falha
Período quando a falha a. Desde novo b. Recentemente (a partir da seguinte data (mês e ano):
começa a ocorrer c. Após ser reparado
Freqüência da
a. Sempre b. Sob certas circunstâncias c. Às vezes
ocorrência
Ensolarado - nublado - chuvoso Aprox. Aprox.
Clima Temperatura Umidade
- nevando - sob tempestade °C %
Condições de Líquido de arrefecimento: a. Quando frio b. Quando quente
Temperatura Temperatura dentro do compartimento do motor: °C
a. Sem relação b. Durante marcha lenta c. Durante alta rotação
d. Durante aceleração e. Durante condução em velocidade constante
f. Durante desaceleração g. Ao subir uma rampa
Condições de operação h. Durante operações de manuseio de material Quando não carregado (ao
manobrar - ao levantar - ao inclinar)
Quando carregado (carga: aprox. kg) (ao esterçar - ao elevar - ao inclinar)
i. Outro (ao utilizar o freio de aproximação - ao esterçar - outro)
Luzes a. Constantemente acesas b. Acesas ocasionalmente c. Luzes apagadas
7-5

DIAGNÓSTICO (FUNÇÃO AUTO DIAGNÓSTICO)


Geral
Quando o computador detecta uma falha no sistema, a falha é indicada através da luz de advertência de falha no
instrumento combinado e é indicado um código de falha; o modo de segurança é iniciado para parar o motor ou 0
para controlar o motor em uma rotação baixa.
MÉTODO DE APRESENTAÇÃO DO 1
Visor do Código de Falha
DIAGNÓSTICO
1. Método de apresentação do diagnóstico 2
O diagnóstico é indicado por meio de um código de falha de
acordo com as indicações da ilustração à esquerda, e pelo
acendimento das luzes.
3
Ao girar a chave de ignição para a posição LIGADO, a
lâmpada acende uma vez para permitir a verificação do 4
Acende a luz laranja Luz pisca funcionamento da lâmpada, e em seguida apaga se a
(Somente motor com ECU) condição do sistema estiver normal.
5
Com a chave de ignição LIGADA, se ocorrer uma falha com empilhadeira parada, durante um trajeto ou
quando está executando operações de manuseio de materiais, é indicado um código de falha e a luz de
advertência acende.
6
Quando isso acontecer, pare a empilhadeira imediatamente e verifique o código de falha.
2. Método de apresentação da memória de diagnóstico 7
Para mostrar a memória de diagnóstico, pode-se acessar através do horímetro e da alavanca de inclinação, do
mostrador opcional e pelo equipamento de diagnóstico. 8
Descrevemos a seguir o método através do horímetro e da alavanca de inclinação.
(1) A partir do menu principal, mostre o menu da memória de diagnóstico. Para como mostrar o menu
principal, consulte a página 5-32.
9
(2) Um número de diagnóstico e um código de erro são mostrados a cada vez que o interruptor de
sincronização for pressionado e solto. Cada código de erro e a hora que ocorreu são mostrados 10
alternadamente a cada 2 segundos.
Nota: 11
• O número máximo de códigos de falha que podem ser armazenados na memória é 10. Quanto menor o
número, mais recente é a falha.
• Um código de falha que aparece no exato momento em que a chave de ignição é ligada pode ter seu
tempo armazenado como 0.0.
(3) Conecte o conector de sincronização e DESLIGUE a chave de ignição.
Interruptor da manopla

Menu da memória de diagnóstico

Pressione o interruptor do botão para retornar.

Alterna automaticamente a cada 2 segundos


LISTA DE CÓDIGOS DE DIAGNÓSTICO 7-6

Lâmpada com Luz de


Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

01-1 01-1 Piscando 1FZ-ECS Sinal rico do controle de combustível (gasolina)


7-12
01-2 01-2 Piscando 1FZ-ECS Sinal pobre do controle de combustível (gasolina) A rotação do motor é instável e ele
pode parar.
01-3 01-3 Piscando 1FZ-ECS Sinal rico do controle de combustível (GLP)
7-16
01-4 01-4 Piscando 1FZ-ECS Erro do controle de feedback do combustível (GLP) pobre

01-5 01-5 Piscando 1 FZ-ECS Circuito do sensor de oxigênio aberto A rotação do motor é instável e ele 7-21
pode parar.
01-6 01-6 Piscando 1FZ-ECS Circuito aberto do sensor de oxigênio aquecido Somente visor 7-23

02-1 02-1 Piscando 1FZ-ECS Sensor de temperatura do ar de admissão


anormalmente aberto O motor pode ter problemas em
7-25
Curto circuito do sensor de temperatura do ar baixas temperaturas.
02-2 02-2 Piscando 1FZ-ECS
de admissão

03-1 03-1 Piscando 1FZ-ECS Sensor de pressão do coletor de admissão


anormalmente aberto
O motor pode ter problema. 7-27
03-2 03-2 Piscando 1FZ-ECS Curto circuito do sensor de pressão do coletor de
admissão

04-1 04-1 Piscando 1FZ-ECS Sensor de temperatura do líquido de arrefecimento


anormalmente aberto O motor pode ter problemas em
7-29
Sensor de temperatura do líquido de arrefecimento baixas temperaturas.
04-2 04-2 Piscando 1FZ-ECS
anormalmente em curto

05-1 05-1 Piscando 1FZ-ECS Circuito aberto do senso de posição da válvula de


aceleração 1 A velocidade de condução e de
Curto circuito do sensor de posição da válvula de manuseio de materiais está limi-
05-2 05-2 Piscando 1FZ-ECS 7-31
aceleração 1 tada devido à limitação de potência
do motor
05-3 05-3 Piscando 1FZ-ECS Circuito aberto do senso de posição da válvula de
aceleração 2
Curto circuito do sensor de posição da válvula de
05-4 05-4 Piscando 1FZ-ECS
aceleração 2 A velocidade de condução e de
manuseio de materiais está limitada
05-5 05-5 Piscando 1FZ-ECS Ajuste do sensor de posição da válvula de aceleração 7-31
devido à limitação de potência do
motor
05-6 05-6 Piscando 1FZ-ECS Sensor de posição da válvula de aceleração, erro fora
da faixa de operação
Lâmpada com Luz de
Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

06-1 06-1 Piscando 1FZ-ECS Circuito aberto do atuador da válvula de aceleração


7-33
06-2 06-2 Piscando 1FZ-ECS Curto circuito do atuador da válvula de aceleração

Circuito de alimentação do atuador da válvula de


06-3 06-3 Piscando 1FZ-ECS A velocidade de condução e de
aceleração aberto
manuseio de materiais está limitada 7-35
Circuito de alimentação do atuador da válvula de devido à limitação de potência do motor
06-4 06-4 Piscando 1FZ-ECS
aceleração em curto

06-5 06-5 Piscando 1FZ-ECS Emperramento do atuador da válvula de aceleração 7-36

06-6 06-6 Piscando 1FZ-ECS Erro do sistema da válvula eletrônica de aceleração 7-38

A rotação do motor está instável e pode


07-1 07-1 Piscando 1FZ-ECS Relação ar-combustível do motor anormalmente aberta 7-39
parar.

08-1 08-1 Piscando 1FZ-ECS Erro de tensão baixa (linha da bateria interrompida) Somente visor 7-41

A rotação do motor é instável e ele pode


09-1 09-1 Piscando 1FZ-ECS Erro do sinal da ignição 7-42
parar.

Erro do sinal de determinação da especificação do


0A -1 0A -1 Piscando 1FZ-ECS Somente visor
combustível

Erro do interruptor de seleção de especificação do


0A -2 0A -2 Piscando 1FZ-ECS Somente visor 7-45
combustível

0A -3 0A -3 Piscando 1FZ-ECS Tipo de especificação do combustível não corresponde O motor pode morrer

A velocidade de condução e de
0A -4 0A -4 Piscando 1FZ-ECS Erro de determinação da especificação do motor manuseio de materiais está limitada 7-47
devido à limitação de potência do motor

Circuito aberto do sensor de posição da árvore


18-1 18-1 Piscando 1FZ-ECS Motor morre 7-48
do comando

18-2 18-2 Circuito aberto do sensor de posição da árvore


Piscando 1FZ-ECS Motor não irá funcionar 7-48
de comando (na partida)
7-7
Lâmpada com Luz de
Identificação Descrito na 7-8
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

18-3 18-3 Piscando 1FZ-ECS Circuito aberto do sensor de posição da árvore


de manivelas
Somente visor 7-50
18-4 Massa do sensor de posição da árvore de manivelas
18-4 Piscando 1FZ-ECS
anormalmente aberto

41-1 41-1 Piscando SAS/OPS Conector de sincronismo anormalmente aberto Somente visor 7-52

O indicador de velocidade do veículo


51-1 51-1 Piscando SAS/OPS Sensor de rotação anormalmente aberto
mostra 0 km/h
Limitação parcial da função de controle 7-53
Sensor de rotação do motor anormalmente em curto do balanço das rodas traseiras.
51-2 51-2 Piscando SAS/OPS
com o GND Botão de correção da correção para

52-1 52-1 Piscando SAS/OPS Sensor da taxa de desvio anormalmente aberto

52-2 52-2 Piscando SAS/OPS Sensor da taxa de desvio VCC anormalmente Limitação parcial do controle do
7-55
em curto balanço das rodas traseiras

52-3 52-3 Piscando SAS/OPS Erro de tensão em neutro do sensor da taxa


de desvio
Circuito interrompido do solenoide de travamento de Limitação parcial da função de controle
54-1 54-1 Piscando SAS/OPS 7-57
giro ou carga anormalmente em curto de giro das rodas traseiras

Limitação parcial da função de controle


61-1 61-1 Piscando SAS/OPS Sensor de carga anormalmente aberto do balanço das rodas traseiras
Limitação parcial das funções de 7-59
controle do mastro.
61-2 61-2 Piscando SAS/OPS Sensor de carga VCC anormalmente em curto
Não pode mostrar o indicador de carga

62-1 62-1 Piscando SAS/OPS Sensor do ângulo de inclinação anormalmente aberto


Limitação parcial das funções de
7-62
Sensor do ângulo de inclinação VCC anormalmente controle do mastro.
62-2 62-2 Piscando SAS/OPS
em curto
63-1 63-1 Piscando SAS/OPS Interruptores de inclinação LIGADOS simultaneamente
Limitação parcial das funções de
63-2 63-2 Piscando SAS/OPS Interruptor de inclinação à frente em curto 7-65
controle do mastro.
63-3 63-3 Piscando SAS/OPS Interruptor de inclinação para trás em curto
Lâmpada com Luz de
Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

Circuito aberto do solenoide de travamento elevação


64-1 64-1 Piscando SAS/OPS Elevação inferior pode parar 7-68
inferior ou carga anormalmente emcurto

Circuito aberto do solenoide de controle de inclinação ou Inclinação à frente pode parar,


65-1 65-1 Piscando SAS/OPS inclinação para trás pode ir até 7-70
carga anormalmente em curto
o final

66-1 66-1 Piscando SAS/OPS Faixa do valor de associação externa para erro do ângulo Limitação parcial das funções 7-72
de inclinação de controle do mastro.
Limitação parcial da função de
controle do balanço das rodas
traseiras
67-1 67-1 Piscando SAS/OPS Interruptor de altura de elevação anormalmente aberto Limitação parcial das funções 7-73
de controle do mastro.
Mostrador do indicador de
carregamento instável

68-3 68-3 Piscando SAS/OPS Interruptor de abaixamento anormalmente em curto Abaixamento pode parar 7-76

Circuito aberto do solenoide de travamento da inclinação


69-1 69-1 Piscando SAS/OPS Inclinação para trás pode parar 7-79
para trás ou carga anormalmente em curto

71-1 71-1 Piscando SAS/OPS Sensor de ângulo do pneu anormalmente aberto


Botão de correção da correção
7-81
para
71-2 71-2 Piscando SAS/OPS Sensor do ângulo do pneu VC anormalmente em curto

72-1 72-1 Piscando SAS/OPS Sensor de ângulo do volante de direção SS1


anormalmente aberto
Sensor de ângulo do volante de direção SS2
72-2 72-2 Piscando SAS/OPS
anormalmente aberto
Botão de correção da correção para 7-84
72-3 72-3 Piscando SAS/OPS Sensor de ângulo do volante de direção SSC
anormalmente aberto

72-4 72-4 Piscando SAS/OPS Sensores de ângulo do volante de direção SS1 e SS2
anormalmente aberto

Circuito aberto do solenoide do botão de correção da


73-1 73-1 Piscando SAS/OPS Botão de correção da correção para 7-92
posição ou carga anormalmente em curto

Faixa do valor de associação externa para erro do


74-1 74-1 Piscando SAS/OPS Botão de correção da correção para 7-94
ângulo do pneu
7-9
Lâmpada com Luz de 7-10
Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

Deslocamento e manuseio de
material possível mesmo após deixar
Interruptor do banco anormalmente em curto
A5-1 A5-1 Piscando SAS/OPS o assento. 7-95
com o aterramento
Alarme de aviso do freio de estacio-
namento parcialmente desabilitado.

AD-1 AD-1 Piscando SAS/OPS Erro de recepção de dados 1FZ-ECS de Falha de indicação do código de falha
comunicação CAN relacionado ao motor

AD-2 AD-2 Piscando 1FZ-ECS Erro de recepção de dados da comunicação Falha de indicação do código de falha
CAN SAS/OPS relacionado ao motor
A função de rotação de marcha lenta
automática aumenta durante o 7-97
Erro de recepção de dados do visor de
AD-7 AD-7 Piscando SAS/OPS levantamento limitada
comunicação CAN
Falha na operação da função
de advertência do mostrador
Erro de recepção de dados da comunicação
AD-8 AD-8 – Visor Mostrador instável
do mostrador CAN SAS/OPS
AF-1 ~ 3 AF-1 ~ 3 Acesa SAS/OPS
Erro da CPU Operação instável de vários controles 7-99
AF-4 ~ 8 AF-4 ~ 8 Piscando SAS/OPS
C4-1 C4-1 Piscando 1FZ-ECS Sensor de aceleração 1 aberto
C4-2 C4-2 Piscando 1FZ-ECS Curto no sensor de posição do pedal acelerador 1

C4-3 C4-3 Piscando 1FZ-ECS Sensor de aceleração 2 aberto A velocidade de condução e de manuseio
de materiais está limitada devido à limitação 7-100
C4-4 C4-4 Piscando 1FZ-ECS Curto no sensor de posição do pedal acelerador 2 de potência do motor
C4-5 C4-5 Piscando 1FZ-ECS Ajuste do sensor de posição do acelerador

C4-6 C4-6 Piscando 1FZ-ECS Erro do sensor do acelerador fora da faixa

Interruptores da alavanca de mudanças de


C7-2 C7-2 Piscando SAS/OPS deslocamento para frente e para trás simul- O deslocamento pode parar 7-103
taneamente LIGADOS
Circuito interrompido do relé do T/C de Deslocamento habilitado mesmo após
CA-1 CA-1 Piscando SAS/OPS deslocamento para frente ou para trás ou carga 7-106
deixar o assento.
anormalmente em curto

EC-1 EC-1 Circuito aberto do solenoide de descarregamento Manuseio de material habilitado mesmo
Piscando SAS/OPS 7-108
ou carga anormalmente em curto após deixar o assento.
Lâmpada com Luz de
Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

F1-1 – Piscando
Medidor Erro de recepção de dados SAS/OPS Somente visor 7-110
F2-1 – Piscando
F4-1 ~ 8 F4-1 ~ 8 Piscando Visor Erro do visor da CPU Mostrador instável 7-111

H1-1 H1-1 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca de levantamento


anormalmente aberto
Potenciômetro da alavanca de levantamento VCC
H1-2 H1-2 Piscando SAS/OPS Parada da elevação 7-112
anormalmente em curto

H1-3 H1-3 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca de levantamento erro


do conjunto
Potenciômetro da alavanca de levantamento
H1-4 H1-4 Piscando SAS/OPS Manuseio de materiais desabilitado
anormalmente neutro
7-12
Potenciômetro da alavanca de levantamento
H1-5 H1-5 Piscando SAS/OPS Parada da elevação
anormalidade do valor sincronização
Potenciômetro da alavanca de inclinação anormalmente
H2-1 H2-1 Piscando SAS/OPS
aberto
Potenciômetro da alavanca de inclinação VCC Parada inclinação
H2-2 H2-2 Piscando SAS/OPS
anormalmente em curto

H2-3 H2-3 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca de inclinação erro do conjunto 7-115

H2-4 H2-4 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca de inclinação anormalmente Manuseio de materiais desabilitado
neutro

H2-5 H2-5 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca de inclinação erro de Parada inclinação
sincronização

H3-1 H3-1 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca 1 de acessório anormalmente


aberto

H3-2 H3-2 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca 1 de acessório VCC Parada acessório 1
anormalmente em curto

H3-3 H3-3 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca 1 de acessório erro de


7-118
combinação
Potenciômetro da alavanca 1 de acessório anormalmente
H3-4 H3-4 Piscando SAS/OPS Manuseio de materiais desabilitado
neutro
Potenciômetro da alavanca 1 de acessório anormalidade
H3-5 H3-5 Piscando SAS/OPS Parada acessório 1
do valor de sincronização
7-11
Lâmpada com Luz de 7-12
Identificação Descrito na
Indicação imagem de advertência Modo de falha Sintoma apresentado
da ECU página
ferramenta (chave)

Potenciômetro da alavanca 2 de acessório


H4-1 H4-1 Piscando SAS/OPS
anormalmente aberto

H4-2 H4-2 Piscando SAS/OPS Potenciômetro da alavanca 2 de acessório VCC Parada alavanca 2 7-121
anormalmente em curto
Potenciômetro da alavanca 2 de acessórioerro
H4-3 H4-3 Piscando SAS/OPS
de combinação
Potenciômetro da alavanca 2 de acessório anormalmente
H4-4 H4-4 Piscando SAS/OPS Manuseio de materiais desabilitado
neutro
7-121
Potenciômetro da alavanca 2 de acessório anormalidade do
H4-5 H4-5 Piscando SAS/OPS Parada alavanca 2
valor de sincronização

H5-1 H5-1 Piscando SAS/OPS Solenoide EMPURRAR elevação anormalmente aberto


Parada da elevação 7-124
H5-2 H5-2 Piscando SAS/OPS Solenoide PUXAR elevação anormalmente aberto

H6-1 H6-1 Piscando SAS/OPS Solenoide EMPURRAR inclinação anormalmente aberto


Parada inclinação 7-126
H6-2 H6-2 Piscando SAS/OPS Solenoide PUXAR inclinação anormalmente aberto

H7-1 H7-1 Piscando SAS/OPS Solenoide EMPURRAR acessório 1 anormalmente aberto


Parada acessório 1 7-128
H7-2 H7-2 Piscando SAS/OPS Solenoide PUXAR acessório 1 anormalmente aberto

H8-1 H8-1 Piscando SAS/OPS Solenoide EMPURRAR acessório 2 anormalmente aberto


Parada acessório 2 7-130
H8-2 H8-2 Piscando SAS/OPS Solenoide PUXAR acessório 2 anormalmente aberto
LISTA DE ADVERTÊNCIAS
Atenção:
Se a lâmpada com imagem de ferramenta acende e ocorre no veículo sem que um erro seja mostrado, isso não é uma falha. Execute a ação corretiva
adequada.
Lâmpada com Identifi-
Indicação Memória imagem de cação Sintoma apresentado Conteúdo da advertência Ação corretiva adequada
ferramenta da ECU
Medidor de
A velocidade máxima e de carregamento estão Deixe o veículo em marcha
temperatura da OB-1 – 1FZ-ECS Sobreaquecimento
limitadas. lenta por um instante
água piscando

O controle de travamento da suspensão está


sempre travado Ocorrência de compensação do botão Use uma bateria para a
– – Aceso SAS/OPS Tensão da bateria alta
Manuseio de materiais desabilitado (minialavanca) tensão especificada
Interrupção da inclinação para trás (alavanca STD)

O controle de travamento da suspensão está sempre Carregue ou substitua a


– – Aceso SAS/OPS Tensão baixa da bateria
travado bateria
Ângulo de inclinação para
– – Aceso SAS/OPS Inclinação opera à posição mais inclinada para frente
frente não sincronizado
Inclinação desabilitada com o interruptor do botão na Ângulo de nivelamento automático
– – Aceso SAS/OPS
posição LIGADO não sincronizado

Inclinação opera à posição mais inclinada para frente


Carga NL não coincide
– – Aceso SAS/OPS Inclinação desabilitada com o interruptor do botão na
(NL: Sem carga)
posição LIGADO

– – Aceso SAS/OPS Ocorrência de correção da posição do botão Ângulo do pneu não sincronizado Execute a sincronização
para cada item
Nivelamento da suspensão não
– – Aceso SAS/OPS Controle de travamento da suspensão desabilitado
sincronizado
Alavanca de levantamento não
– – Aceso SAS/OPS Parada da elevação
corresponde
Alavanca de inclinação não
– – Aceso SAS/OPS Parada inclinação
sincronizada
– – Aceso SAS/OPS Parada acessório 1 Acessório 1 não sincronizado
– – Aceso SAS/OPS Parada acessório 2 Acessório 2 não sincronizado
7-13
7-14

VISTA DA PARTE RELACIONADA


Nos diagramas elétricos das partes relacionadas há casos em que as peças estão conectadas diretamente, e
outros em que estão conectadas por um bloco de junção ou similar.
Consulte o que se segue para identificar as configurações dos fios.
Exemplo de uma Parte Relacionada

Conexão direta
Conexão via junção

Controlador
SAS/OPS
Mostrador de
funções
múltiplas

Controlador do
motor

ERRO DE CONFIRMAÇÃO DO MODO DE ACIONAMENTO


① LIGUE o interruptor de ignição, acione e aqueça completamente o motor.
② Pressione o pedal do acelerador completamente por 3 a 5 minutos em neutro.
③ Solte o pedal do acelerador por 2 minutos (opere em marcha lenta).
④ Repita as etapas ② e ③ por 3 vezes.
⑤ DESLIGUE o interruptor da chave de ignição (por 1 minuto).
⑥ Repita os passos ① a ⑤ 3 vezes.

Rotação do 3 ~ 5 minutos 3 ~ 5 minutos 3 ~ 5 minutos


motor

Tempo de
aquecimento
"Idle"

IG IG tempo
DESATIVADO DESATIVADO
(OFF) (OFF)
2 minutos 2 minutos 2 minutos
7-15

DIAGNÓSTICO DE FALHAS POR CÓDIGO


Códigos de erro 01-1, 01-2 (Anormalidade no controle de retorno do combustível)
Parte Relacionada

Controlador Sensor O2
do motor

Causa provável
① Falha no sistema de admissão ⑤ Falha no sistema de combustível
② Falha no sistema de escapamento ⑥ Falha no chicote elétrico
③ Falha no sensor ⑦ Falha no controlador do motor
④ Falha na ignição
Atenção:
Quando houver outro código de falha presente, repare as peças relacionadas antes de executar o que se
segue.
Códigos de erro 01-1 e 01-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos). Verifique o estado da
conexão D2, desconecte D2 e execute uma
inspeção visual e da pressão de contato no
conector. Interligue o conector de serviço TC
com o terminal E1 e, após conectar D2 e o polo
negativo da bateria (num veículo combinado
selecione gasolina), LIGUE a ignição (motor
parado), pressione o pedal do acelerador por 5
vezes dentro de 30 segundos (de totalmente
aberto a totalmente fechado); a seguir ligue o
motor e verifique se o erro apagou.

Conector de serviço
Desconecte o terminal negativo da bateria,
desconecte a ligação dos terminais TC - E1,
conecte o terminal negativo da bateria, dê partida Não há erro
no motor e verifique se o erro ocorre após Falha no contato do conector
executar a confirmação de erro do modo de
condução (veja 7-12).
Falha

Inspeção 1: Não OK NG Falha no sistema de admissão


Inspecione a admissão de ar Falha de conexão no sistema de admissão
7-16

Inspeção 2: NG Falha no sistema de escapamento


Inspeção de vazamento de gás de escapamento Sistema de escapamento

Inspeção 3: NG Falha no sistema de combustível


Inspeção de vazamento de combustível Falha de conexão no sistema de combustível

Inspeção 4: NG Falha no regulador de pressão


Inspeção da pressão de combustível Falha no filtro de combustível
Falha na bomba de combustível

Inspeção 5: NG
Falha na vela de ignição
Inspeção individual da vela de ignição

Inspeção 6: NG
Inspeção individual do injetor Falha do injetor

Inspeção 7:
Inspeção da tensão do sensor de pressão do NG Falha no sensor de pressão do coletor de
coletor de admissão admissão
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10

Inspeção 8: Inspeção da tensão do sensor de NG


temperatura do ar de admissão Falha no sensor de temperatura da admissão
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10

Inspeção 9: Inspeção da tensão do sensor de


NG Falha no sensor de temperatura do líquido de
temperatura do líquido de arrefecimento
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10 arrefecimento

Inspeção 10: Não OK NG


Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico
7-17

Inspeção 11:
Inspeção da tensão do sensor O2 Falha no contato do conector
ANL.:I/O ENGINE CTRL 8/10

NG

Inspeção 12: NG
Inspeção da tensão do sensor O2 Falha no controlador do motor
ANL.:I/O ENGINE CTRL 8/10

Falha no sensor O2

Inspeção 1:
Inspecione a admissão de ar.
Ligue o motor e verifique se o ar está sendo sugado pelo medidor de nível de óleo, tampa de abastecimento de
óleo, mangueira PCV, etc.
Padrão: Não há ar sugado para dentro.
Verifique se há ar sendo sugado pelas peças de admissão e conexões entre o filtro de ar e o cabeçote.
Padrão: Não há ar sugado para dentro.
Inspeção 2:
Inspecione quanto a vazamentos de gás.
Ligue o motor e verifique se há vazamentos de gás pelas peças do sistema de escapamento e nas conexões
entre o cabeçote e o catalisador.
Padrão: Não há vazamentos de gás de escapamento.
Inspeção 3:
Inspecione quanto a vazamentos de combustível.
Ligue o motor e verifique se há vazamentos de combustível pelas peças do sistema de combustível entre a
bomba de combustível e os injetores.
Padrão: Não há vazamentos de combustível.
Inspeção 4:
Inspecione a pressão de combustível.
Para a inspeção da pressão do combustível consulte o manual de reparação do motor 1FZ.
Inspeção 5:
Execute uma inspeção individual da vela de ignição.
Para a inspeção individual da vela de ignição consulte o manual de reparação do motor 1FZ.
Inspeção 6:
Execute uma inspeção individual do injetor.
Para a inspeção individual do injetor consulte o manual de reparação do motor 1FZ.
7-18

Inspeção 7:
Inspecione a tensão do sensor de pressão do coletor de admissão.
Interruptor de ignição LIGADO, motor parado
Tensão do sensor de pressão do coletor de admissão (I/O monitor: PIM)
Padrão:
PIM 3,6 ± 0,3 V (100 ± 10 kPa (1 ± 0,1 kgf/cm²) [14 ± 1,4 psi])

Inspeção 8:
Inspecione a tensão do sensor de temperatura da admissão.
Interruptor de ignição LIGADO, motor parado
Tensão do sensor de temperatura da admissão (I/O monitor: THA)
Padrão:
2,4 ± 0,6 V (20 ± 10°C) [68 ± 50°F]
THA
0,55 ± 0,15 V (80 ± 10°C) [176 ± 50°F] (valor de referência)

Inspeção 9:
Inspecione a tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento.
Ligue o motor, aqueça-o completamente (medidor de temperatura do líquido de arrefecimento: em 5-6 bars)
Tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento (I/O monitor: THW)
Padrão:
0,55 ± 0,15 V (80 ± 10°C) [176 ± 50°F]
THW
2,4 ± 0,6 V (20 ± 10°C) [68 ± 50°F] (valor de referência)

Inspeção 10:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte o terminal negativo da bateria, desconecte B53 e D2.
Padrão:
B53-20 ~ D2-3 Continuidade

B53-21 ~ D2-4 Continuidade

B53-20 ~ Chassi Não há continuidade

B53-21 ~ Chassi Não há continuidade

Inspeção 11:
Inspecione a saída do sensor O2.
Conecte B53 e D2, ligue o motor, aqueça-o completamente, coloque em neutro, pressione completamente o
pedal do acelerador
Tensão do sensor O2 (I/O monitor: OX)
Padrão:
OX 0,4 V ou menos e 0,5 V ou mais saída alternada

Inspeção 12:
Inspecione a saída do sensor O2.
Desconecte D2, conecte B53, ligue o motor, aqueça-o completamente, coloque em neutro, pressione
completamente o pedal do acelerador
Tensão do sensor O2 (I/O monitor: OX)
Padrão:
OX 0,2 V ou menos
7-19

Códigos de erro 01-3, 01-4 (Anormalidade no controle de retorno do combustível) (GLP)


Parte Relacionada

Controlador do
Sensor O2
motor

Causa provável
① Falha no sistema de admissão ⑤ Falha no sistema de combustível
② Falha no sistema de escapamento ⑥ Falha no chicote elétrico
③ Falha no sensor ⑦ Falha no controlador do motor
④ Falha na ignição
Atenção:
Quando houver outro código de falha presente, repare as peças relacionadas antes de executar o que se
segue.
Códigos de erro 01-3 e 01-4

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos). Verifique o estado da
conexão D2, desconecte D2 e execute uma
inspeção visual e da pressão de contato no
conector. Interligue o conector de serviço TC
com o terminal E1 e, após conectar D2 e o polo
negativo da bateria (num veículo combinado
selecione gasolina), LIGUE a ignição (motor
parado), pressione o pedal do acelerador por 5
vezes dentro de 30 segundos (de totalmente
aberto a totalmente fechado); a seguir ligue o
motor e verifique se o erro apagou.
Conector de serviço

Desconecte o terminal negativo da bateria,


desconecte a ligação dos terminais TC - E1,
conecte o terminal negativo da bateria, dê partida Não há erro
no motor e verifique se o erro ocorre após Falha no contato do conector
executar a confirmação de erro do modo de
condução (veja 7-12).
Falha

Inspeção 1: NG Falha no sistema de admissão


Inspecione a admissão de ar
Falha de conexão no sistema de admissão
7-20

Inspeção 2: NG
Falha no sistema de escapamento
Inspeção de vazamento de gás de escapamento
Falha de conexão no sistema de escapamento

Inspeção 3: NG
Falha no sistema de combustível
Inspeção de vazamento de combustível
Falha de conexão no sistema de combustível

Inspeção 4: NG
Falha do regulador
Inspeção da pressão primária do regulador

Inspeção 5: NG
Falha na vela de ignição
Inspeção individual da vela de ignição

Inspeção 6: NG
Inspeção individual do injetor Falha do injetor

Inspeção 7: Inspeção individual do atuador da NG


relação ar/combustível Falha no atuador da relação de ar/combustível

Inspeção 8: Inspeção da tensão do sensor de NG


pressão do coletor de admissão Falha no sensor de pressão do coletor de
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10 admissão

Inspeção 9: Inspeção da tensão do sensor de NG


temperatura do ar de admissão Falha no sensor de temperatura da admissão
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10

Inspeção 10: Inspeção da tensão do sensor de


NG
temperatura da água Falha no sensor de temperatura da água
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10

Inspeção 11: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico
7-21

Inspeção 12:
Inspeção da tensão do sensor O2 Falha no contato do conector
ANL.:I/O ENGINE CTRL 8/10

NG

Inspeção 13:
NG
Inspeção da tensão do sensor O2 Falha no controlador do motor
ANL.:I/O ENGINE CTRL 8/10

Falha no sensor O2
Inspeção 1:
Inspecione a admissão de ar.
Ligue o motor e verifique se o ar está sendo sugado pelo medidor de nível de óleo, tampa de abastecimento de
óleo, mangueira PCV, etc.
Padrão: Não há ar sugado para dentro.
Verifique se há ar sendo sugado pelas peças do sistema de admissão e conexões entre o filtro de ar e o
regulador.
Padrão: Não há ar sugado para dentro.
Verifique se há ar sendo sugado pelas peças do sistema de admissão e conexões entre a mangueira do filtro
de ar, o ressonador e o regulador.
Padrão: Não há ar sugado para dentro.
Inspeção 2:
Inspecione quanto a vazamentos de gás.
Ligue o motor e verifique se há vazamentos de gás pelas peças do sistema de escapamento e nas conexões
entre o cabeçote e o catalisador.
Padrão: Não há vazamentos de gás de escapamento.
Inspeção 3:
Inspecione quanto a vazamentos de combustível.
Ligue o motor e verifique se há vazamentos de combustível pelas peças do sistema de combustível entre o
tanque de combustível e o regulador.
Padrão: Não há vazamentos de combustível.
Verifique se há vazamentos de combustível pelas peças do sistema de combustível e conexões entre o
regulador e o adaptador GLP.
Padrão: Não há vazamentos de combustível.
Verifique se há vazamentos de combustível pelas peças do sistema de combustível e conexões entre o
regulador e o injetor.
Padrão: Não há vazamentos de combustível.
Inspeção 4:
Inspecione a pressão primária do regulador.
Para a inspeção da pressão primária do regulador, consulte o manual de reparações GLP.
7-22

Inspeção 5:
Execute uma inspeção individual da vela de ignição.
Para a inspeção individual da vela de ignição consulte o manual de reparação do motor 1FZ.
Inspeção 6:
Execute uma inspeção individual do injetor.
Para a inspeção individual do injetor consulte o manual de reparação do motor 1FZ.
Inspeção 7:
Execute uma inspeção individual do atuador da mistura ar/combustível.
Para a inspeção do atuador da mistura ar/combustível, consulte o manual de reparações GLP.
Inspeção 8:
Inspecione a tensão do sensor de pressão do coletor de admissão.
Interruptor de ignição LIGADO, motor parado
Tensão do sensor de pressão do coletor de admissão (I/O monitor: PIM)
Padrão:
PIM 3,6 ± 0,3 V (100 ± 10 kPa (1 ± 0,1 kgf/cm²) [14 ± 1,4 psi])

Inspeção 9:
Inspecione a tensão do sensor de temperatura da admissão.
Interruptor de ignição LIGADO, motor parado
Tensão do sensor de temperatura da admissão (I/O monitor: THA)
Padrão:
2,4 ± 0,6 V (20 ± 10°C) [68 ± 50°F]
THA
0,55 ± 0,15 V (80 ± 10°C) [176 ± 50°F] (valor de referência)

Inspeção 10:
Inspecione a tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento.
Ligue o motor, aqueça-o completamente (medidor de temperatura do líquido de arrefecimento: 5-6 bars)
Tensão do sensor de temperatura do líquido de arrefecimento (I/O monitor: THW)
Padrão:
0,55 ± 0,15 V (80 ± 10°C) [176 ± 50°F]
THW
2,4 ± 0,6 V (20 ± 10°C) [68 ± 50°F] (valor de referência)

Inspeção 11:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e D2
Padrão:
B53-20 ~ D2-3 Continuidade

B53-21 ~ D2-4 Continuidade

B53-20 ~ Chassi Não há continuidade

B53-21 ~ Chassi Não há continuidade


7-23

Inspeção 12:
Inspecione a saída do sensor O2.
Ligue o motor, aqueça-o completamente, coloque em neutro, pressione completamente o pedal do acelerador,
tensão do sensor O2 (I/O monitor: OX)
Padrão:
OX 0,4 V ou menos e 0,5 V ou mais saída alternada

Inspeção 13:
Inspecione a saída do sensor O2.
Ligue o motor, aqueça-o completamente, coloque em neutro, pressione completamente o pedal do acelerador,
tensão do sensor O2 (I/O monitor: OX)
Padrão:
OX 0,2 V ou menos
7-24

Código de erro 01-5 (Sensor O2 anormalmente aberto)


Parte Relacionada

Controlador do
Sensor O2
motor

Causa provável
① Falha no sensor O2
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor
Atenção:
Quando houver outro código de falha presente, repare as peças relacionadas antes de executar o que se
segue.
Código de erro 01-5

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos). Verifique o estado da
conexão D2, desconecte D2 e execute uma
inspeção visual e da pressão de contato no
conector. Interligue o conector de serviço TC
com o terminal E1 e, após conectar D2 e o polo
negativo da bateria (num veículo combinado
selecione gasolina), LIGUE a ignição (motor
parado), pressione o pedal do acelerador por 5
vezes dentro de 30 segundos (de totalmente
aberto a totalmente fechado); a seguir ligue o
motor e verifique se o erro apagou.
Conector de serviço

Desconecte o terminal negativo da bateria,


desconecte a ligação dos terminais TC - E1,
conecte o terminal negativo da bateria, dê partida Não há erro
no motor e verifique se o erro ocorre após Falha no contato do conector
executar a confirmação de erro do modo de
condução (veja 7-12).
Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no sensor O2

Se o erro ocorrer
mesmo após a
substituição do sensor
O2

Falha no controlador do motor


7-25

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e D2
Padrão:
B53-20 ~ D2-3 Continuidade

B53-21 ~ D2-4 Continuidade

B53-21 ~ Chassi Não há continuidade


7-26

Códigos de erro 01-6 (Aquecedor do sensor O2 anormalmente aberto)


Parte Relacionada

Relé principal R/B EFI

Controlador do Sensor Relé


motor O2 principal EFI

Causa provável
① Falha no sensor O2
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor
Código de erro 01-6

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
corrigir desconexões do CN1 e umidade interna,
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.
① Ligue a chave de ignição. Não há erro
(Funcione o motor por mais que 10 Falha no contato do conector
segundos.)
② DESLIGUE o interruptor da chave de ignição
por mais que 11 segundos.
③ Ligue a chave de ignição.
(Funcione o motor por mais que 10
segundos.)
④ Verifique quanto a erros.

Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção individual do sensor O2 sensor Defeito do sensor O2

Inspeção 2: Inspeção da tensão de alimentação NG


do aquecedor do sensor O2 Defeito no chicote

Inspeção 3: Inspeção de continuidade e de NG


curto-circuito no chicote Defeito no chicote

Falha no controlador do motor


7-27

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor O2.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte D2 e conecte B53
Padrão: (Lado do sensor)
D2-2 ~ D2-1 13 ~ 16 Ω (20°C) [68 °F]

Inspeção 2:
Execute a inspeção da tensão de alimentação do aquecedor do sensor O2.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte D2 e conecte B53, dê partida no motor
Padrão:
D2-2 ~ Chassi 8 ~ 16 V

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e D2
Padrão:
B53-6 ~ D2-1 Continuidade

B53-6 ~ Chassi Não há continuidade


7-28

Códigos de erro 02-1, 02-2 (Anormalidade no sensor de temperatura da admissão)


Parte Relacionada

Sensor de
Controlador temperatura da
do motor admissão

Causa provável
① Falha no sensor de temperatura da admissão
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor
Atenção:
Quando houver outro código de falha presente, repare as peças relacionadas antes de executar o que se
segue.
Códigos de erro 02-1 e 02-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e Não há erro
corrigir desconexões do B63 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do sensor de NG


temperatura de admissão Falha no sensor de temperatura da admissão

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de temperatura de admissão.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B63 e conecte B53
Padrão: (Lado do sensor)
2,45 ± 0,24 kΩ (20°C) [68 °F]
B63-1 ~ B63-2
0,32 ± 0,03 kΩ (80°C) [176 °F]
7-29

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e B63
Padrão:
B53-29 ~ B63-2 Continuidade

B53-28 ~ B63-1 Continuidade

B53-29 ~ Chassi Não há continuidade


7-30

Códigos de erro 03-1, 03-2 (Anormalidade no sensor de pressão negativa do coletor de admissão)
Parte Relacionada

Sensor de
Controlador pressão do
do motor coletor de
admissão

Causa provável
① Falha no sensor de pressão negativa do coletor de admissão
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Códigos de erro 03-1 e 03-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do B47 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção de continuidade e de NG


curto-circuito no chicote Defeito no chicote

Inspeção 2: Inspeção da tensão do sensor de NG


pressão do coletor de admissão Falha no controlador do motor
ANL.: I/O ENGINE CTRL 3/10

Falha no sensor de pressão do coletor de admissão

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e B47
Padrão:
B53-18 ~ B47-2 Continuidade

B53-28 ~ B47-1 Continuidade

B53-18 ~ B53-17 Não há continuidade

B53-17 ~ B47-3 Continuidade

B53-17 ~ Chassi Não há continuidade

B53-18 ~ Chassi Não há continuidade


7-31

Inspeção 2:
Inspecione a tensão do sensor de pressão do coletor de admissão.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B47, conecte B53, LIGUE a chave de ignição (motor
parado)
Tensão do sensor de pressão do coletor de admissão (I/O monitor: PIM)
Padrão:
PIM 4,80 V ou mais
7-32

Códigos de erro 04-1, 04-2 (Anormalidade no sensor de temperatura da água)


Parte Relacionada

Controlador do Sensor de
motor temperatura da
água

Causa provável
① Falha no sensor de temperatura da água
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Códigos de erro 04-1 e 04-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do B38 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do sensor de NG


temperatura da água Sensor de temperatura da água defeituoso

Inspeção 2: Não OK NG
Inspeção de continuidade e de curto-circuito no Defeito no chicote
chicote

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de temperatura da água.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e B38
Padrão: (Lado do sensor)
2,45 ± 0,24 kΩ (20°C) [68 °F]
B38-1 ~ B38-2
0,32 ± 0,03 kΩ (80°C) [176 °F]
7-33

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e B38
Padrão:
B53-19 ~ B38-2 Continuidade

B53-28 ~ B38-1 Continuidade

B53-19 ~ Chassi Não há continuidade


7-34

Códigos de erro 05-1, 05-2, 05-3, 05-4, 05-5, 05-6 (Anormalidade no sensor de posição da válvula de
aceleração)
Parte Relacionada

Controlador do Sensor de posição


motor da válvula de
aceleração

Causa provável
① Falha no sensor de posição da válvula de aceleração
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Códigos de erro 05-1, 05-2, 05-3, 05-4, 05-5, 05-6

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do B49 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione
o motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Inspeção 2: Inspeção da tensão do sensor de


posição da válvula de aceleração NG
ANL.: I/O ENGINE CTRL 5/10 Falha no controlador do motor

Falha no sensor de posição da válvula de aceleração


7-35

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B49
Padrão:
B54-21 ~ B49-6 Continuidade

B54-28 ~ B49-3 Continuidade

B54-21 ~ B54-20 Não há continuidade

B54-20 ~ B49-5 Continuidade

B54-21 ~ Chassi Não há continuidade

B54-29 ~ B49-4 Continuidade

B54-29 ~ B54-20 Não há continuidade

B54-29 ~ Chassi Não há continuidade

B54-21 ~ B54-29 Não há continuidade

B54-21 ~ B54-28 Não há continuidade

B54-29 ~ B54-28 Não há continuidade

B54-20 ~ Chassi Não há continuidade

Inspeção 2:
Inspecione a tensão do sensor de posição da válvula de aceleração.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B49, conecte B54, LIGUE a ignição
Tensão do sensor de posição da válvula de aceleração (I/O monitor: VTA1, VTA2)
Padrão:
VTA1, VTA2 4,80 V ou mais
7-36

Códigos de erro 06-1, 06-2 (Circuito de acionamento do atuador da válvula de aceleração anormalmente
aberto/em curto)
Parte Relacionada

Atuador da
Controlador válvula de
do motor aceleração

Causa provável
① Falha no atuador da válvula de aceleração
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Códigos de erro 06-1 e 06-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do B49 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do atuador da NG Falha no atuador da válvula de


válvula de aceleração aceleração

Inspeção 2: Não OK NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador do motor


7-37

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do atuador da válvula de aceleração.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B49 e conecte B54
(1) Inspeção da resistência do atuador da válvula de aceleração
Padrão: (Lado do atuador)
B49-2 ~ B49-1 0,3 ~ 100 Ω (20°C) [68 °F]

(2) Condição de acionamento da válvula de aceleração


Padrão:
A válvula de aceleração opera suavemente quando totalmente aberta.
A válvula de aceleração opera suavemente quando totalmente fechada.
Quando se solta a válvula de aceleração ela retorna ao ângulo de abertura.
Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B49
Padrão:
B54-6 ~ B49-2 Continuidade

B54-5 ~ B49-1 Continuidade

B54-6 ~ Chassi Não há continuidade

B54-5 ~ Chassi Não há continuidade

B54-6 ~ B54-5 Não há continuidade

B54-6 ~ B54-7 Não há continuidade

B54-5 ~ B54-7 Não há continuidade


7-38

Códigos de erro 06-3, 06-4 (Circuito de alimentação do atuador da válvula de aceleração anormalmente
aberto/em curto)
Parte Relacionada

Controlador
do motor

Causa provável
① Falha no chicote elétrico
② Falha no controlador do motor

Códigos de erro 06-3 e 06-4

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do B54 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção da tensão de alimentação NG


Falha no chicote elétrico
do atuador da válvula de aceleração

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Inspecione a tensão de alimentação do atuador da válvula de aceleração.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54.
Padrão:
B54-7 ~ Chassi 8 ~ 16 V
7-39

Código de erro 06-5 (Atuador da válvula de aceleração anormalmente engripado)


Parte Relacionada

Atuador da
Controlador válvula de
do motor aceleração

Causa provável
① Falha no atuador da válvula de aceleração
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Código de erro 06-5

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e Não há erro
corrigir desconexões do B49 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do atuador da NG


válvula de aceleração Falha no atuador da válvula de aceleração

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do atuador da válvula de aceleração.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B49 e conecte B54
(1) Inspeção da resistência do atuador da válvula de aceleração
Padrão: (Lado do atuador)
B49-2 ~ B49-1 0,3 ~ 100 Ω (20°C) [68 °F]

(2) Condição de acionamento da válvula de aceleração


Padrão:
A válvula de aceleração opera suavemente quando totalmente aberta.
A válvula de aceleração opera suavemente quando totalmente fechada.
Quando se solta a válvula de aceleração ela retorna ao ângulo de abertura.
7-40

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B49 e B54
Padrão:
B54-6 ~ B54-5 Não há continuidade

B54-6 ~ B54-7 Não há continuidade

B54-5 ~ B54-7 Não há continuidade


7-41

Código de erro 06-6 (Válvula eletrônica de aceleração anormalmente engripada)


Parte Relacionada

Controlador do motor

Causa provável
①Falha no controlador do motor

Código de erro 06-6

Desconecte o terminal negativo da bateria por


10 segundos ou mais. Reconecte o terminal Não há erro
negativo da bateria, LIGUE o interruptor da Falha no contato do conector
chave de ignição (funcione o motor) e verifique
se há falha.
Falha

Falha no controlador do motor


7-42

Código de erro 07-1 (Atuador de relação ar/combustível anormalmente aberto)


Parte Relacionada

Relé principal R/B

Relé principal
Atuador EFI
da relação
Controlador do de ar/
motor combus-
tível

Causa provável
① Falha no atuador da relação de ar/combustível
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Código de erro 07-1

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e Não há erro
corrigir desconexões do B41 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.
Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do atuador da NG


relação ar/combustível Falha no atuador da relação de ar/combustível

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador do motor


7-43

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do atuador da mistura ar/combustível.
(1) Inspeção da resistência do atuador da relação ar/combustível
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B41 e conecte B55
Padrão: (Lado do atuador da relação de ar/combustível)
B41-2 ~ B41-1

B41-2 ~ B41-3 20 ± 5 Ω (-10 ~ 50°C) [14 ~ 122 °F]


B41-5 ~ B41-4 25 ± 5 Ω (50 ~ 100°C) [122 ~ 212 °F]

B41-5 ~ B41-6

(2) Verificação da operação da válvula


Conecte o terminal positivo da bateria ao B41--2 e B41-5 e aterre os terminais na sequência.
Padrão: (Lado do atuador da relação de ar/combustível)
B41-3 → B41-6 → B41-1 → B41-4: Move para o lado fechado
B41-4 → B41-1 → B41-6 → B41-3: Move para o lado aberto
Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B55, B41 e o relé principal R/B
Padrão:
B55-21 ~ B41-3 Continuidade

B55-31 ~ B41-6 Continuidade

B55-20 ~ B41-1 Continuidade

B55-30 ~ B41-4 Continuidade

B41-2 ~ R/B terminal 3 relé principal 3 Continuidade

B41-5 ~ R/B terminal 3 relé principal 3 Continuidade

B55-21 ~ Chassi Não há continuidade

B55-31 ~ Chassi Não há continuidade

B55-20 ~ Chassi Não há continuidade

B55-30 ~ Chassi Não há continuidade


7-44

Código de erro 08-1 (Anormalidade tensão baixa)


Parte Relacionada

Controlador
do motor

Causa provável
① Falha no chicote elétrico
② Falha no controlador do motor

Código de erro 08-1

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e Não há erro
corrigir desconexões do B52 e umidade interna, Falha no contato do conector
reconecte todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione
o motor), e verifique se há erro.
Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

OK

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B52.
Padrão:
B52-3 ~ EFI Continuidade

B52-3 ~ Chassi Não há continuidade


7-45

Código de erro 09-1 (Anormalidade no sinal da ignição)


Parte Relacionada

Controlador Ignitor
do motor

Bobina de
ignição

Causa provável
① Bobina de ignição
② Falha no ignitor
③ Falha no chicote elétrico
④ Falha no controlador do motor
7-46

Código de erro 09-1

Desconecte o terminal negativo da


bateria (por mais que 10
segundos); após inspecionar e
Motor não irá funcionar
corrigir desconexões do B65 e B64
e vazamentos internos, reconecte
todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a
ignição para funcionar o motor.

Motor
funciona

Opere o pedal do acelerador e Não há erro


Falha no contato do conector
verifique se há falha.

Falha

Inspeção 2:
Inspeção 1: NG NG
Inspeção de continuidade e curto Falha no chicote
Inspeção de anormalidade do sinal
no chicote elétrico
de ignição (IGF)

Falha no ignitor Falha no controlador do motor

Inspeção 3: Inspeção individual da NG


Falha na bobina de ignição
bobina de ignição

Inspeção 4: NG
Inspeção de continuidade e curto Falha no chicote elétrico
no chicote

Inspeção 5: NG
Inspeção do sinal do ignitor IGT Falha no controlador do motor

Falha no ignitor

Inspeção 1:
Execute uma inspeção do sinal da ignição (IGF).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B64, conecte B54,
LIGUE a chave de ignição (motor parado)
Padrão:
B64-1 ~ Chassi 4,0 ~ 5,5 V
7-47

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B64
Padrão:
B54-32 ~ B64-1 Continuidade

B54-32 ~ Chassi Não há continuidade

Inspeção 3:
Execute uma inspeção individual do distribuidor.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B65 e B64,
conecte B54
Padrão:
Lado do primário (B65-1 ~ B65-2) 1,2 ~ 1,5 Ω

Lado do secundário (Terminal interno IIA) 7,7 ~ 10,4 Ω

Inspeção 4:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54, B65 e B64
Padrão:
B54-33 ~ B64-2 Continuidade

B54-32 ~ B64-1 Continuidade

B54-33 ~ B54-32 Não há continuidade

B54-33 ~ Chassi Não há continuidade

B54-32 ~ Chassi Não há continuidade

B64-5 ~ B65-2 Continuidade

B64-3 ~ B65-1 Continuidade

B64-5 ~ B64-3 Não há continuidade

B64-5 ~ Chassi Não há continuidade

B64-3 ~ chassi Não há continuidade

Inspeção 5:
Execute uma inspeção do sinal da ignição (IGT).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B65 e B64,
conecte B54, chave de ignição LIGADA, (acionando)
Padrão:
B64-2 ~ Chassi Não 0 V
7-48

Códigos de erro 0A-1, 0A-2, 0A-3 (Anormalidade na determinação da especificação do combustível)


Parte Relacionada

Relé principal R/B EFI


Interruptor de Relé principal
seleção de
combustível EFI

Controlador
do motor Estado da conexão SEL1 com 3 difere, dependendo da
especificação do veículo (consulte a inspeção 3).

Causa provável
① Falha do interruptor de seleção de combustível
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Códigos de erro 0A-1, 0A-2, 0A-3

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
corrigir desconexões do K2 e umidade interna, Não há erro
reconecte todos os conectores e o terminal Falha no contato do conector
negativo da bateria, LIGUE a ignição (acione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1:
Inspeção do sinal de entrada do interruptor
ANL.: I/O ENGINE CTRL 1/10

Inspeção 2: Inspeção individual do interruptor de NG


seleção de combustível Falha do interruptor de seleção de combustível

Inspeção 3: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador do motor


7-49

Inspeção 1:
Execute uma inspeção do sinal de entrada do interruptor.
Chave de ignição LIGADA
Sinal de entrada do interruptor (I/O monitor: G/LP, SEL1-3)
Padrão:
Interruptor de seleção de
Especificação do veículo G/LP SEL
combustível

Especificação gasolina – 10 1100

GLP exclusivo – 01 0101

Seleção gasolina 10

Conversível GLP/Gasolina Seleção GLP 01 0110

Neutro 00

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do interruptor de seleção de combustível.
(Execute somente para veículos conversíveis, e somente quando a entrada G/LP na
inspeção 1 está fora do valor padrão)
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte K2, conecte B55 e B54
Padrão: (Lado do interruptor)
Interruptor de seleção de combustível

Gasolina GLP Neutro

K2-1 ~ K2-4 Continuidade Não há continuidade Não há continuidade

K2-1 ~ K2-3 Não há continuidade Continuidade Não há continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote. (Inicie pelo que estava fora do valor padrão na inspeção 1)
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B55, B54 e K2

Especificação do Chicote
veículo SEL1 SEL2 SEL3

Especificação Circuito em curto Circuito em curto



gasolina com ESEL com ESEL

Circuito em curto Circuito em curto Circuito em curto


GLP exclusivo
com ESEL com ESEL com ESEL

Conversível Circuito em curto Circuito em curto



Gasolina/GLP com ESEL com ESEL
7-50

Código de erro 0A-4 (Anormalidade na determinação da especificação do motor)


Parte Relacionada

Controlador do motor

Causa provável
① Falha no controlador do motor
Código de erro 0A-4

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


10 segundos ou mais), reconecte o terminal Não há erro
Normal
negativo da bateria, LIGUE o interruptor da
chave de ignição (funcione o motor) e verifique
se há falha.

Falha

Falha no controlador do motor


7-51

Códigos de erro 18-1, 18-2 (Anormalidade no sensor do ângulo da árvore de comando)


Parte Relacionada

Controlador do Sensor de ângulo da


motor árvore de comando
(inclui distribuidor)

Causa provável
① Falha no sensor de ângulo da árvore de comando (inclui distribuidor)
② Falha do motor de partida
③ Falha na peça de conexão entre o motor de partida e o motor
④ Falha no chicote elétrico
⑤ Falha no controlador do motor
Nota:
Se o motor de partida não acionar, em primeiro lugar, efetue o diagnóstico de “Não aciona a partida
(consulte a página 7-132)”.

Códigos de erro 18-1, 18-2

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
corrigir desconexões do B37 e umidade interna, Não há erro
reconecte todos os conectores e o terminal Falha no contato do conector
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione o
motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1 NG
Falha no sensor de ângulo da árvore de comando
Inspeção individual do distribuidor
(inclui distribuidor)

Inspeção 2: NG Falha do motor de partida


Inspeção da operação do rotor de sincronização Falha na peça de conexão entre o motor de partida e
o motor

Inspeção 3: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador do motor


7-52

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do distribuidor.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B37 e conecte B54
(1) Medição da resistência da bobina captadora (2 em série)
Padrão: (Lado do distribuidor)
B7-1 ~ B37-2 460 ± 50 Ω

(2) Inspeção da folga entre as bobinas captadoras e o rotor de sincronização


Padrão: 0,2 ~ 0,4 mm (0,008 ~ 0,016 pol.)
Inspeção 2:
Inspecione o funcionamento do rotor de sincronização.
Desconecte B37, conecte B54, LIGUE o interruptor da chave de ignição
Padrão: O rotor de sincronização gira durante a partida
Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B37 e B54
Padrão:
B54-31 ~ B37-1 Continuidade

B54-30 ~ B37-2 Continuidade

B54-31 ~ B54-30 Não há continuidade


7-53

Códigos de erro 18-3, 18-4 (Anormalidade no sensor do ângulo da árvore de manivelas)


Parte Relacionada

Sensor de ângulo
Controlador
de acionamento
do motor (inclui distribuidor)

Causa provável
① Falha no sensor de ângulo da árvore de manivelas (inclui distribuidor)
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no controlador do motor

Código de erro 18-3

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
corrigir desconexões do B37 e umidade interna, Não há erro
reconecte todos os conectores e o terminal Falha no contato do conector
negativo da bateria, LIGUE a ignição (funcione
o motor), e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Inspeção 2: NG Falha no sensor de ângulo da árvore de manivelas


Inspeção individual do distribuidor (inclui distribuidor)

Inspeção 3:
Inspeção da instalação do distribuidor

Instale o distribuidor, conecte B54, B37 e o Não há erro


terminal negativo da bateria, dê partida no motor. Normal
Verifique se ocorre algum erro. (Entrada de material estranho, etc.)

Falha

Falha no controlador do motor


7-54

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B37
Padrão:
B54-11 ~ B37-1 Continuidade

B54-22 ~ B37-2 Continuidade

B54-11 ~ B54-22 Não há continuidade

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do distribuidor.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B37
Padrão: (Lado do sensor)
B37-1 ~ B37-2 1100 ± 150 Ω

Inspeção 3:
Execute uma inspeção da instalação do distribuidor.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B54 e B37
Padrão:
Remova o distribuidor, assegure-se que não há material estranho, etc. aderido na peça do sensor. Caso
encontre remova-o.
7-55

Código de erro 41-1 (Anormalidade do conector de sincronização)


Parte Relacionada

Controlador Conector de
SAS/OPS sincronismo

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do conector de sincronização
③ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 41-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A22 e
A29 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (motor parado) e verifique se
há erro.

Falha

Inspeção 2: NG
Verificação de continuidade no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade do chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22, A29 e A30
Padrão:
A22-24 ~ A29-1 Continuidade

A22-1 ~ A30-1 Continuidade


7-56

Códigos de erro 51-1, 51-2 (Anormalidade no sensor de rotação)


Parte Relacionada

Controlador Sensor de
SAS/OPS velocidade

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no sensor de rotação
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 51-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A25 e
A21 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (motor parado) e verifique se
há erro.

Falha

Inspeção 1: Não há erro


Inspeção do sensor de velocidade Falha no sensor de velocidade

Falha

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de rotação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A25, use SST 09236-13900-71 para ligar em curto o
A25, LIGUE o interruptor da chave de ignição, motor parado
Mostrado 51-1, 51-2 → para a inspeção 2
“Nenhum erro” apresentado → Falha no sensor de rotação
7-57

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A25 e A21
Padrão:
A21-22 ~ A25-1 Continuidade

A21-23 ~ A25-2 Continuidade

A21-22 ~ Chassi Não há continuidade

A21-23 ~ Chassi Não há continuidade

Código de erro 51-2

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do
A25 e A21 e umidade interna, reconecte todos Não há erro
os conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (motor parado) e verifique se
há erro.

Falha

Inspeção 1:
Falha no sensor
Inspeção do sensor de velocidade

Falha

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de rotação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A25, LIGUE a chave de ignição (motor parado)
Mostrado 51-2 → para a próxima inspeção
Mostrado 51-1 → Falha no sensor de rotação
Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A25 e A21
Padrão:
A21-22 ~ A25-1 Continuidade

A21-23 ~ A25-2 Continuidade

A21-22 ~ Chassi Não há continuidade

A21-23 ~ Chassi Não há continuidade


7-58

Códigos de erro 52-1, 52-2, 52-3 (Anormalidade no sensor da taxa de desvio)


Parte Relacionada

Sensor da
Controlador taxa de
SAS/OPS desvio

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do sensor da taxa de desvio
③ Falha no sensor da taxa de desvio
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 52-1

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do
A32 e A21 e umidade interna, reconecte todos Não há erro
os conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: 52-2 é mostrado


Inspeção do sensor da taxa de desvio Falha no sensor da taxa de desvio

52-1 é mostrado

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor da taxa de desvio.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte O1, use SST 09232-13130-71 para ligar em curto o
A32-1 e A32-3, LIGUE a ignição, motor parado
Mostrado 52-1 → para a inspeção 2
Mostrado 52-2 → Falha do sensor da taxa de desvio
7-59

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A32 e A21
Padrão:
A21-25 ~ A32-3 Continuidade

A21-26 ~ A32-2 Continuidade

A21-24 ~ Chassi Não há continuidade

A21-25 ~ Chassi Não há continuidade

A21-26 ~ Chassi Não há continuidade

A21-24 ~ A32-1 Continuidade

A21-24 ~ A24-26 Não há continuidade

A21-25 ~ A24-26 Não há continuidade

Códigos de erro 52-2, 52-3

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A32 e
A21 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

Interruptor da chave de ignição DESLIGADO,


desconecte o terminal negativo da bateria,
desconecte A32, conecte o terminal negativo da Falha no sensor da taxa de desvio
bateria, LIGUE o interruptor da chave de ignição
(motor parado), verifique se o erro muda.

52-2 ou 52-3

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A32 e A21
Padrão:
A21-26 ~ A32-2 Continuidade

A21-24 ~ Chassi Não há continuidade

A21-25 ~ Chassi Não há continuidade

A21-26 ~ Chassi Não há continuidade

A21-24 ~ A21-25 Não há continuidade


7-60

Código de erro 54-1 (Irregularidade no solenoide de travamento da suspensão)


Parte Relacionada

Solenoide de
travamento da
Controlador suspensão
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no solenoide de travamento da suspensão
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 54-1

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do A22
e G1 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
Falha no contato do conector
conectores e o terminal negativo da bateria,
LIGUE a ignição (ligue o motor) e verifique se
há erro.*

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do solenoide de NG


travamento da suspensão Falha no solenoide de travamento da suspensão

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS

*: Assegure-se de que nenhum erro está mostrado, a seguir conduza um ciclo de condução em circulo ou
repetidamente em curvas à esquerda e à direita.
Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de travamento da suspensão.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte G1.
Padrão: (Lado do solenoide)
G1-1 ~ G1-2 Aproximadamente 6 Ω (20°C) [68°F]
7-61

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte G1 e A22
Padrão:
A22-3 ~ G1-1 Continuidade

A22-2 ~ G1-2 Continuidade

A22-3 ~ Chassi Não há continuidade

A22-2 ~ Chassi Não há continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade


7-62

Códigos de erro 61-1, 61-2 (Anormalidade no sensor de carregamento)


Parte Relacionada

Controlador Sensor de
SAS/OPS carga

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha do sensor de carga
③ Falha no chicote elétrico
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 61-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do X2 e A21
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: 61-2 é mostrado


Falha do sensor de carga
Inspeção individual do sensor de carregamento

61-1 é mostrado
Não há
Inspeção 2: continuidade
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Continuidade
Não há
Inspeção 3: continuidade
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no controlador SAS/OPS

Continuidade

Falha no chicote elétrico

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de carregamento.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte X2,
use a SST 09232-13700-71 para ligar em curto o X2-1 e o X2-2
(lado do chicote principal), LIGUE a ignição (motor parado)
Mostrado 61-1 → para a inspeção 2
Mostrado 61-2 → falha do sensor de carga

Ferramenta
Especial de
Serviço
7-63

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor de ignição DESLIGADO, desconecte A21 (com a SST usada na
inspeção 1 ainda conectada)
Padrão:
A21-19 ~ A21-27 Continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
No mesmo estado que a inspeção 2
Padrão:
A21-27 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-19 ~ Chassi Não há continuidade

A21-27 ~ Chassi Não há continuidade

Código de erro 61-2

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do X2
e A21 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

Desconecte X2, interruptor da chave ignição


LIGADO (motor parado), inspecione o código de
erro mostrado.

Não há
continuidade
Inspeção 1: Falha no controlador
Inspeção de continuidade e curto no chicote SAS/OPS
Continuidade

Não há continuidade Inspeção 2:


Falha no chicote elétrico
Inspeção individual do sensor de carregamento
Continuidade

Falha do sensor de carga

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-19 ~ A21-27 Não há continuidade
7-64

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do sensor de carregamento.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte o terminal negativo da bateria, desconecte o X2 e o
A21, use a SST 09230-13700-71 para ligar em curto o X2-2 e o X2-3 (lado do chicote principal)
Padrão:
A21-27 ~ A21-5 Continuidade
7-65

Códigos de erro 62-1, 62-2 (Anormalidade no sensor do ângulo de inclinação)


Parte Relacionada

Controlador Sensor de
SAS/OPS ângulo de
inclinação

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do sensor de ângulo de inclinação
③ Falha no sensor de ângulo de inclinação
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 62-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A21 e
A23 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

62-2 é mostrado
Inspeção 1: Inspeção individual do sensor de
ângulo de inclinação Falha no sensor de ângulo de inclinação

62-1 é mostrado
Não há
Inspeção 2: continuidade
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Continuidade

Não há
Inspeção 3: continuidade
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no controlador SAS/OPS

Continuidade

Falha no chicote elétrico

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de ângulo de inclinação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A23, use a SST 09232-13130-71 para ligar em curto
o A23-1 e o A23-2 (lado do chicote principal), LIGUE a ignição (motor parado)
Mostrado 62-1 → para a inspeção 2
Mostrado 62-2 → falha do sensor de ângulo de inclinação
7-66

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor de ignição DESLIGADO, desconecte A21 (com a SST usada na inspeção 1
ainda conectada)
Padrão:
A21-28 ~ A21-32 Continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
No mesmo estado que a inspeção 2
Padrão:
A21-32 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-28 ~ Chassi Não há continuidade

A21-32 ~ Chassi Não há continuidade

Código de erro 62-2

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do A21
e A23 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
Falha no contato do conector
conectores e o terminal negativo da bateria,
LIGUE o interruptor de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha
62-1 é mostrado
Inspeção 1: Inspeção individual do sensor de
ângulo de inclinação
62-2 é mostrado
Não há
Inspeção 2: continuidade
Falha no controlador
Inspeção de continuidade e curto no chicote SAS/OPS
Continuidade
Não há continuidade
Falha no chicote elétrico Inspeção 3: Inspeção individual do sensor de
ângulo de inclinação
Continuidade

Falha no sensor de ângulo de inclinação

Inspeção 1:
Inspecione o código de erro exibido.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A42, LIGUE a ignição, motor parado
Mostrado 62-1 - para a inspeção 3
Mostrado 62-2 - para a inspeção 2
Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-28 ~ A21-32 Não há continuidade
7-67

Inspeção 3:
Execute uma inspeção individual do sensor de ângulo de inclinação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21 e A23, use a SST
09232-13130-71 para ligar em curto o A23-2 e o A23-3 (lado do chicote principal)
Padrão:
A21-32 ~ A21-5 Continuidade
7-68

Códigos de erro 63-1, 63-2, 63-3 (Anormalidade no interruptor da alavanca de inclinação)


Parte Relacionada

Interruptor de
inclinação à
frente
Controlador
SAS/OPS
Interruptor de
inclinação para
trás

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no chicote elétrico
② Falha no interruptor de inclinação à frente ⑤ Falha na instalação do interruptor de
③ Falha no interruptor de inclinação para trás inclinação
⑥ Falha no controlador SAS/OPS
7-69

Códigos de erro 63-1, 63-2, 63-3

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
desconexões do A16 e A22 e
umidade interna, reconecte todos Não há erro
Falha no contato do conector
os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a
ignição e verifique se há erro.*

Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor
ANL.: I/O M.HANDLING 1/6

Falha

Inspeção 2: Inspeção individual da


Inspeção 4:
continuidade do interruptor(es) da NG
Inspeção de continuidade e curto
alavanca de inclinação que estava
no chicote
anormal na inspeção 1 (enquanto
ainda instalado no veículo).

NG
Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 3: Inspeção individual da


continuidade do interruptor da NG
alavanca de inclinação (removido Falha no interruptor de inclinação
do veículo).

Inspeção 4:
Inspeção de continuidade e curto Falha na instalação do interruptor de
no chicote inclinação

NG

Falha no chicote elétrico


*: Assegure-se de que não há erros após LIGAR o interruptor da chave de ignição, e mover a alavanca de
inclinação para frente e para trás. Também, assegure-se de que nenhum erro esteja mostrado quando a alavanca
é deixada na posição neutra por 2 minutos.
Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor.
Interruptor de ignição LIGADO (motor parado)
Interruptor da inclinação (I/O monitor: MF•MR)
Padrão:
Alavanca na posição Alavanca na posição de Alavanca na posição de
neutro inclinação à frente inclinação para trás
MF (Interruptor de inclinação
0 1 0
para frente)
MR (Interruptor de inclinação
0 0 1
para trás)
7-70

Inspeção 2:
Inspeção individual da continuidade do interruptor da alavanca de inclinação (ainda instalado no veículo).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A16
Padrão: (Lado do interruptor)
Alavanca na posição Alavanca na posição de Alavanca na posição de
neutro inclinação à frente inclinação para trás

A16-1 ~ A16-2 Não há continuidade Continuidade Não há continuidade

A16-3 ~ A16-4 Não há continuidade Não há continuidade Continuidade

Inspeção 3:
Execute uma inspeção individual da continuidade do interruptor da alavanca de inclinação (removido do
veículo).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A16
Padrão: (Lado do sensor)
Interruptor DESLIGADO Interruptor LIGADO

A16-1 ~ A16-2 Não há continuidade Continuidade

A16-3 ~ A16-4 Não há continuidade Não há continuidade

Inspeção 4:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A16 e A22
Padrão:
A22-20 ~ A22-1 Não há continuidade

A22-21 ~ A22-1 Não há continuidade

A22-20 ~ A22-21 Não há continuidade

A22-20 ~ Chassi Não há continuidade

A22-21 ~ Chassi Não há continuidade


7-71

Código de erro 64-1 (Irregularidade no solenoide de travamento da elevação)


Parte Relacionada

Solenoide de
Controlador
travamento da
SAS/OPS
elevação

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha do solenoide de travamento da elevação
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 64-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir a desconexão de A31 e
A22 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
ligue a chave de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Inspeção 2: Inspeção individual do solenoide de NG


travamento da elevação Falha no solenoide

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A31 e A22
Padrão:
A22-7 ~ A31-2 Continuidade

A31-1 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-7 ~ Chassi Não há continuidade


7-72

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do solenoide de travamento da elevação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A31.
Padrão: (Lado do solenoide)
A31-1 ~ A31-2 Aprox. 10 Ω (20°C) [68°F]
7-73

Código de erro 65-1 (Anormalidade no solenoide de controle da inclinação)


Parte Relacionada

Solenoide de controle
Controlador
de inclinação
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no solenoide de controle da inclinação
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 65-1

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir a desconexão de
A19 e A22 e umidade interna, reconecte todos Não há erro
Falha no contato do conector
os conectores e o terminal negativo da bateria,
ligue a chave de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Inspeção 2: Inspeção individual do solenoide de NG


Falha no solenoide
controle da inclinação

Falha no controlador SAS/OPS

*: Assegure-se de que não há falhas quando a alavanca de manuseio de material é operada para inclinar para
frente.
Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A19 e A22
Padrão:
A22-4 ~ A19-1 Continuidade

A19-2 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-4 ~ Chassi Não há continuidade


7-74

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do solenoide de controle de inclinação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A19
Padrão: (Lado do solenoide)
A19-1 ~ A19-2 Aprox. 10 Ω (20°C) [68°F]
7-75

Código de erro 66-1 (Anormalidade da faixa do valor de sincronização externa)


Parte Relacionada

Controlador SAS/OPS

Causa provável
① O valor de sincronização do ângulo horizontal de inclinação está fora da faixa especificada para
sincronização.
② O valor de sincronização do ângulo de inclinação para frente está fora da faixa especificada para
sincronização.
③ O valor de sincronização do sensor de carregamento está fora da faixa especificada para sincronização.

Código de erro 66-1

Execute uma sincronização do ângulo horizontal de inclinação,


sincronização do ângulo de inclinação para frente e
sincronização do sensor de carregamento. (Consulte a Seção 5)

Falha

Falha no controlador
7-76

Código de erro 67-1 (Anormalidade no interruptor da altura de elevação)


Parte Relacionada
Pneu simples, mastro V, altura de elevação do mastro: ~ H2500

Interruptor de
Controlador altura de
SAS/OPS levantamento

Controlador
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no interruptor de altura de levantamento.
④ Falha no controlador SAS/OPS
⑤ Falha no fusível IG
7-77

Código de erro 67-1

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
a desconexão de A22 e X1 e
umidade interna, reconecte todos Nenhuma
os conectores e o terminal falha
negativo da bateria, ligue a chave Falha no contato do conector
de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.* *: Eleve a alavanca de levantamento a partir da posição
mais baixa até que um erro seja detectado.

Falha

Inspeção 1: Inspeção do valor de Exceto Inspeção 2:


MH000 Inspeção de continuidade e curto MH:000
entrada do interruptor de altura de Falha no interruptor de
levantamento no chicote altura de levantamento
ANL.: I/O M.HANDLING 2/6 ANL.: I/O M.HANDLING 2/6
Exceto MH000
MH:000

Inspeção 3:
Falha no controlador
Inspeção de continuidade e curto
SAS/OPS
no chicote

NG

Falha no chicote elétrico

Inspeção 4: NG
Inspeção individual do interruptor Falha no interruptor de altura de levantamento.
da altura de levantamento

Inspeção 5:
Inspeção de continuidade e curto Falha no controlador SAS/OPS
no chicote
NG

Falha no chicote elétrico


7-78

Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor.
Mantenha o estado de falha e verifique o mostrador.
Interruptor da altura de elevação (I/O monitor: MH)
MH: Mostrado 000 → para verificar a altura do mastro no momento da detecção do erro
MH: Exceto 000 → para a inspeção 2
Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
V2000, FV2000 → para a inspeção 3
Coloque o levantamento completamente abaixado, DESLIGUE a chave de ignição, desconecte X1, LIGUE o
interruptor da chave de ignição, pare o motor, verifique o mostrador
MH: Mostrado 000 → falha do interruptor e altura de levantamento
MH: Exceto 000 → para a inspeção 3
Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Abaixe completamente o levantamento, interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e X1
Padrão:
A22-1 ~ A22-31 Não há continuidade
A22-1 ~ A22-32 Não há continuidade
A22-1 ~ A22-33 Não há continuidade
A22-31 ~ A22-32 Não há continuidade
A22-32 ~ A22-33 Não há continuidade
A22-33 ~ A22-31 Não há continuidade
A22-31 ~ Chassi Não há continuidade
A22-32 ~ Chassi Não há continuidade
A22-33 ~ Chassi Não há continuidade

Inspeção 4:
V2000, FV2000 - para a inspeção 5
Execute uma inspeção individual do interruptor da altura de elevação.
Mantenha a altura quando o erro for detectado, interruptor da chave de ignição
DESLIGADO, desconecte X1
Padrão: (Lado do interruptor)
X1-1 ~ X1-2
Um conjunto de terminais terá continuidade e o outro não.
X1-1 ~ X1-3

Inspeção 5:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Abaixe completamente o levantamento, interruptor da chave de ignição DESCONECTADO, desconecte A22 e
X1, use SST 09236-13900-71 para ligar em curto os terminais (exceto V2000, FV2000)
V2000, FV2000
Padrão:
Inspecione o terminal Curto-circuito dos terminais Continuidade
A22-1 ~ A22-31 X1-1 ~ X1-2 Continuidade

Exceto V2000, FV2000


Padrão:
Inspeção do terminal Terminais em curto circuito Continuidade
A22-1 ~ A22-31 X1-1 ~ X1-2 Continuidade
A22-1 ~ A22-32 X1-1 ~ X1-3 Continuidade
7-79

Código de erro 68-3 (Anormalidade no interruptor de inclinação)


Parte Relacionada

Controlador Interruptor de
SAS/OPS abaixamento

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha na instalação do interruptor de elevação
② Falha no interruptor de abaixamento ⑤ Falha no controlador SAS/OPS
③ Falha no chicote elétrico
7-80

Código de erro 68-3

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
a desconexão de A14 e A22 e
umidade interna, reconecte todos Nenhuma
os conectores e o terminal falha
negativo da bateria, ligue a chave Falha no contato do conector
de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: Inspeção individual da


continuidade do interruptor da Inspeção 3:
Inspeção de continuidade e curto NG
alavanca de levantamento que
estava anormal na inspeção 1 no chicote
(enquanto ainda instalado no
veículo).
NG
Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 2:
Inspeção individual da continuidade
NG Falha do interruptor de elevação
do interruptor da alavanca de
levantamento (removido do
veículo).

Inspeção 3:
Inspeção de continuidade e curto Falha na instalação do interruptor de elevação
no chicote
NG

Falha no chicote elétrico

*: Assegure-se de que não há erros após LIGAR o interruptor da chave de ignição, e mover a alavanca de
levantamento para cima e para baixo. Também, assegure-se de que nenhum erro esteja mostrado quando a
alavanca de levantamento é deixada na posição neutra por 2 minutos.
7-81

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual da continuidade do interruptor da alavanca de levantamento (ainda instalada
no veículo).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A14.
Padrão: (Lado do interruptor)
Alavanca na posição Alavanca na posição Alavanca na posição
neutro elevada abaixada

A14-1 ~ A14-2 Não há continuidade Continuidade Não há continuidade

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual da continuidade do interruptor da alavanca de levantamento (removido do
veículo).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A14.
Padrão: (Lado do interruptor)
Interruptor LIGADO Interruptor DESLIGADO

A14-1 ~ A14-2 Continuidade Não há continuidade

Inspeção 3:
Inspeção de continuidade e curto no chicote
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A14 e A22
Padrão:
A22-23 ~ Chassi Não há continuidade

A22-23 ~ A20-1 Não há continuidade


7-82

Código de erro 69-1 (Anormalidade no solenoide de travamento da inclinação para trás)


Parte Relacionada

Solenoide de
Controlador travamento de
SAS/OPS inclinação para trás

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no solenoide de travamento da inclinação para trás
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 69-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir a desconexão de A22 e
A28 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
Falha no contato do conector
conectores e o terminal negativo da bateria,
ligue a chave de ignição (motor parado) e
verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Inspeção 2: Inspeção individual do solenoide de NG


Falha no solenoide
travamento da inclinação para trás

Falha no controlador SAS/OPS

*: Assegure-se de que não há falhas quando a alavanca de manuseio de material é operada para inclinar para trás.
Inspeção 1:
Execute uma inspeção de continuidade e curto no chicote.
Interruptor de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e A28
Padrão:
A22-10 ~ A28-1 Continuidade

A28-2 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-10 ~ Chassi Não há continuidade


7-83

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual no solenoide de travamento da inclinação para trás.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A28.
Padrão: (Lado do solenoide)
A28-1 ~ A28-2 Aprox. 10 Ω (20°C) [68°F]
7-84

Códigos de erro 71-1 e 71-2 (Anormalidade no sensor do ângulo do pneu)


Parte Relacionada

Controlador Sensor de
SAS/OPS ângulo do pneu

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do sensor de ângulo do pneu
③ Falha no sensor de ângulo do pneu
④ Falha no sistema de conexão do eixo traseiro/articulação do sensor de ângulo do pneu
⑤ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 71-1

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do U1
e A21 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (motor parado) e verifique se
há erro.

Falha

Inspeção 1: 71-2 é mostrado


Falha no sensor de ângulo do pneu
Inspeção individual do sensor de ângulo do pneu

71-1 é mostrado

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Inspeção 3:
Falha no controlador SAS/OPS
Inspeção de continuidade e curto no chicote
NG

Falha no chicote elétrico

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor de ângulo do pneu.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte U1, use SST 09232-13130-71 para ligar em curto o
Z3--2 e o Z3-3, LIGUE a ignição, motor parado
Mostrado 71-1 → para a inspeção 2
Mostrado 71-2 → Falha no sensor de ângulo do pneu
7-85

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
(Com a SST usada na inspeção 1 ainda conectada)
Padrão:
A21-30 ~ A21-34 Continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
No mesmo estado que a inspeção 2
Padrão:
A21-34 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-34 ~ Chassi Não há continuidade

A21-30 ~ Chassi Não há continuidade

Código de erro 71-2

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do U1 e A21
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (motor parado) e verifique se
há erro.

Falha

Inspeção 1: 71-1 é mostrado


Inspeção individual do sensor de ângulo do pneu

71-2 é mostrado

Inspeção 2: Falha no controlador


Inspeção de continuidade e curto no chicote SAS/OPS
NG

Não há continuidade Inspeção 3:


Falha no chicote elétrico
Inspeção individual do sensor de ângulo do pneu

Continuidade

Falha no sensor de ângulo do pneu

Inspeção 1:
Inspecione o código de erro exibido.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte U1, LIGUE a chave de ignição (motor parado)
Mostrado 71-1 → para a inspeção 3
Mostrado 71-2 → para a inspeção 2
7-86

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-30 ~ A21-34 Não há continuidade

Inspeção 3:
Execute uma inspeção individual do sensor de ângulo do pneu.
Interruptor de ignição DESLIGADO, desconecte U1 e A21, use a ferramenta SST 09232-13130-71 para ligar
em curto o U1-1 ao U1-2 (lado do chicote principal)
Padrão:
A21-34~ A21-5 Continuidade
7-87

Códigos de erro 72-1, 72-2, 72-3 (Anormalidade no sensor do ângulo de esterçamento)


Parte Relacionada

Sensor de
Controlador ângulo da
SAS/OPS direção

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no controlador SAS/OPS
② Falha no chicote do sensor de ângulo de
esterçamento
③ Falha do sensor de ângulo da direção
Nota:
Girar o sensor de ângulo do pneu sem girar o volante de direção pode causar o armazenamento de um
código de falha 72-4.
7-88

Código de erro 72-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A8 e A21
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
Falha no contato do conector
conectores e o terminal negativo da bateria,
LIGUE a ignição, opere (gire) o volante de
direção e verifique se há erro.

Falha

Verifique o valor STS com o equipamento de 1**


diagnóstico enquanto opera o volante de
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

0**
(* é 0 ou 1)
Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,
ligue em curto o A8-2 ao A8-3 (lado do chicote
principal) usando a SST 09232-13130-71,
reconecte o terminal negativo da bateria, LIGUE
o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1 direção

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,


reconecte o terminal negativo da bateria e
LIGUE o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da direção
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS


7-89

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-14 ~ A21-5 Continuidade

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-14 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-14 ~ Chassi Não há continuidade


7-90

Código de erro 72-2

Desconecte o terminal negativo da bateria;


após inspecionar e corrigir desconexões do A8
e A21 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere (gire) o volante de
direção e verifique se há erro.

Falha

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de *1*
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

*0*
(* é 0 ou 1)

Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,


ligue em curto o A8-2 ao A8-4 (lado do chicote
principal) usando a SST 09232-13130-71,
reconecte o terminal negativo da bateria, LIGUE
o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da direção
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

Inspeção 1: NG Falha no chicote elétrico


Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,


reconecte o terminal negativo da bateria e
LIGUE o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da direção
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS


7-91

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-15 ~ A21-5 Continuidade

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-15 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-15 ~ Chassi Não há continuidade


7-92

Código de erro 72-3

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A8 e A21
e umidade interna, reconecte todos os
Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere (gire uma ou mais
voltas) o volante de direção e verifique se há
erro.
Falha

Verifique o valor STS com o equipamento de **1


diagnóstico enquanto opera o volante de
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1
**0
(* é 0 ou 1)

Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,


ligue em curto o A8-2 ao A8-5 (lado do chicote
principal) usando a SST 09232-13130-71,
reconecte o terminal negativo da bateria, LIGUE
o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da direção
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,


reconecte o terminal negativo da bateria e
LIGUE o interruptor da chave de ignição.

Verifique o valor STS com o equipamento de


diagnóstico enquanto opera o volante de Falha do sensor de ângulo da direção
direção. ANL.: I/O STEERING 1/1

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote
OK

Falha no controlador SAS/OPS


7-93

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-16 ~ A21-5 Continuidade

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21.
Padrão:
A21-16 ~ A21-5 Não há continuidade

A21-16 ~ Chassi Não há continuidade

Código de erro 72-4

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A8 e A21
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere (gire) o volante de
direção e verifique se há erro.

Falha
Tensão da
bateria
Inspeção 1: Inspeção da tensão de alimentação (aprox. 12 V) Desconecte o terminal negativo da bateria e A8,
do sinal do sensor de ângulo de esterçamento reconecte o terminal negativo da bateria e
LIGUE o interruptor da chave de ignição.
Aproximadamente 0 V

Para o diagnóstico de falha do 72-1 e 72-2

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Interruptor de ignição LIGADO, inspecione a tensão de alimentação do sensor de ângulo da direção.
Padrão:
A8-1 ~ A8-2 Tensão da bateria (aprox. 12V)
7-94

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A8 e A21
Padrão:
A21-1 ~ A8-1 Continuidade

A21-2 ~ A8-1 Continuidade

A21-5 ~ A8-2 Continuidade


7-95

Código de erro 73-1 (Anormalidade no solenoide de correção da posição do botão)


Parte Relacionada

Solenoide de
Controlador
correção da
SAS/OPS
posição do botão

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no solenoide de correção da posição do botão
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro 73-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A18 e A22
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (ligue o motor) e verifique se há
erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Inspeção 2: NG Falha no solenoide de correção da posição do


Inspeção individual do solenoide de correção da botão
posição do botão

Falha no controlador SAS/OPS

*: Assegure-se que nenhum erro seja mostrado ao LIGAR/DESLIGAR o solenoide de compensação da posição do
botão usando a função de teste ativo.
Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A18 e A22
Padrão:
A22-6 ~ A18-1 Continuidade

A18-2 ~ Chassi Continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade

A22-6 ~ Chassi Não há continuidade


7-96

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do solenoide de correção da posição do botão.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A18
Padrão: (Lado do solenoide)
A18-1 ~ A18-2 Aprox. 10 Ω (20°C) [68°F]
7-97

Código de erro 74-1 (Anormalidade da faixa do valor de sincronização externa)


Parte Relacionada

Controlador SAS/OPS

Causa provável
① O valor de alinhamento do pneu está fora da faixa especificada para sincronização.

Código de erro 74-1

Execute o alinhamento do pneu.


(Consulte a Seção 5)

Falha

Falha no controlador
7-98

Código de erro A5-1 (Anormalidade no interruptor do banco)


Parte Relacionada

Controlador Interruptor
SAS/OPS do banco

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no interruptor do banco
③ Falha no chicote elétrico
④ Falha no controlador SAS/OPS
Nota:
O controlador está monitorando a condição ON/OFF do interruptor do banco, mesmo após o interruptor da
chave de ignição ter sido desligado. Durante 15 minutos após o interruptor da chave de ignição ter sido
ligado, se nenhuma condição de desligamento do interruptor do banco for detectada, a falha será
armazenada temporariamente em alguns casos. A seguir, ela será exibida quando o interruptor da chave de
ignição for ligado na próxima vez, como falha (anormalidade) do interruptor do banco.
O erro detectada é cancelado quando o status OFF do interruptor do banco for detectado durante
aproximadamente 1 segundo ou mais, com o interruptor de ignição LIGADO.

Código de erro A5-1

Desconecte o terminal negativo da bateria, Não há erro


inspecione e repare a desconexão do A22 e o Falha no contato do conector
M1, e qualquer umidade interna.*
Falha

Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor Falha no interruptor do banco
ANL.: I/O M.HANDLING 1/6

NG

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador SAS/OPS

*: Após a correção, conecte o conector e gire a chave de ignição para DESLIGADO → LIGADO (pelo menos 2
segundos) → DESLIGADO.
Assegure-se de que nenhum erro está presente quando a chave de ignição é LIGADA, após deixar o assento
vago por 15 minutos.
7-99

Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor.
Desconecte X1, interruptor de ignição LIGADO, motor parado
Interruptor do banco (I/O monitor: SEAT)
Padrão:
BANCO 0

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e M1
Padrão:
A22-35 ~ A22-1 Não há continuidade

A22-35 ~ Chassi Não há continuidade


7-100

Códigos de erro AD-1, AD-2, AD-7, AD-8 (anormalidade na comunicação CAN)


Parte Relacionada

Controlador
SAS/OPS
Mostrador de
funções
múltiplas

Controlador
do motor

Causa provável
① Falha no contato do conector ⑤ Falha no controlador do motor
② Falha no chicote do controlador do motor ⑥ Falha no mostrador de funções múltiplas
③ Falha no chicote do mostrador de funções ⑦ Falha no controlador SAS/OPS
múltiplas
④ Falha no fusível
Atenção:
Quando o controlador ou o mostrador de várias funções for colocado em outro veículo com especificações
diferentes, poderá ocorrer o AD-1 e o AD-7. Nesses casos, execute o “Apagamento da informação do motor
e do mostrador ECU”.
Códigos de erro AD-1, AD-2, AD-7, AD-8

Desconecte o terminal negativo da bateria e NG


Falha no fusível
inspecione os fusíveis.

Desconecte o terminal negativo da bateria (por


mais que 10 segundos); após inspecionar e
Não há erro
corrigir desconexões do A22, A21, B52 e K4 e Falha no contato do conector
umidade interna, reconecte todos os conectores
e o terminal negativo da bateria, LIGUE a
ignição, e verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador do motor (AD-1)


Falha no mostrador de funções múltiplas (AD-7)
Falha no controlador SAS/OPS (AD-8)
Controlador SAS/OPS ou Falha no controlador do motor (AD-2)
7-101

*: Não é necessário inspecionar B52 quando AD-1 e AD-2 não ocorreram, e K4 quando AD-7 e AD-8 não
ocorreram.
Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte K4 (desnecessário se AD-7 e AD-8 não ocorreram),
A22, A21 e B52 (desnecessário se AD-1 e AD-2 não ocorreram)
Padrão:
A21-8 ~ ECU-B Continuidade

A21-1 ~ ECU-IG Continuidade

A21-2 ~ ECU-IG Continuidade

K4-2 ~ ECU-IG Continuidade

A22-12 ~ K4-5 Continuidade

A22-13 ~ K4-6 Continuidade

A22-12 ~ B52-28 Continuidade

A22-13 ~ B52-29 Continuidade

A22-12 ~ Chassi Não há continuidade

A22-13 ~ Chassi Não há continuidade

B52-3 ~ EFI Continuidade

B52-9 ~ IGN Continuidade


7-102

Códigos de erro AF-1, AF-2, AF-3, AF-4, AF-5, AF-6, AF-7, AF-8 (anormalidade da CPU)
Parte Relacionada

Controlador SAS/OPS

Causa provável
① Falha no controlador SAS/OPS
Nota:
Quando AF é apresentado, o controlador SAS/OPS está falho e deve ser substituído.
7-103

Códigos de erro C4-1, C4-2, C4-3, C4-4, C4-5, C4-6 (anormalidade no sensor do acelerador)
Parte Relacionada

Sensor de
Controlador posição do
do motor pedal
acelerador

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no sensor de posição do pedal acelerador
③ Falha no chicote elétrico
④ Falha no controlador do motor

Códigos de erro C4-1, C4-2, C4-3, C4-4, C4-5

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do B53 e f1 e
umidade interna, reconecte todos os conectores Não há erro
e o terminal negativo da bateria, LIGUE a Falha no contato do conector
ignição (ligue o motor) e verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção individual do sensor do acelerador Falha no sensor de posição do pedal acelerador

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador do motor

*: Assegure-se de que não há códigos de falha quando o pedal do acelerador é operado.


7-104

Código de erro C4-5

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do B53 e f1 e
umidade interna, reconecte todos os conectores Não há erro
e o terminal negativo da bateria, LIGUE a Falha no contato do conector
ignição (ligue o motor) e verifique se há erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no sensor de posição do pedal acelerador
Inspeção individual do sensor do acelerador

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Inspeção 3: NG
Inspeção da tensão do sensor do acelerador Falha no controlador do motor
ANL.: I/O ENGINE CTRL 4/10

Falha no sensor de posição do pedal acelerador

*: Assegure-se de que não há códigos de falha quando o pedal do acelerador é operado.


Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do sensor do acelerador.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte f1, conecte A22
(1) Meça a resistência do sensor do acelerador
Padrão: (Lado do sensor)
f1-5 ~ f1-6
Aprox. 1.8 ~ 3.5 kΩ (liberado)
f1-1 ~ f1-2

(2) Meça a resistência do circuito de saída do sensor do acelerador


Padrão: (Lado do sensor)
f1-4 ~ f1-6 Assegure-se de que o valor da resistência aumenta proporcionalmente
f1-3 ~ f1-2 com a rotação do potenciômetro quando ele é girado.
7-105

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte B53 e f1
Padrão:
B53-26 ~ f1-4 Continuidade

B53-25 ~ f1-5 Continuidade

B53-26 ~ B53-27 Não há continuidade

B53-26 ~ B53-35 Não há continuidade

B53-26 ~ Chassi Não há continuidade

B53-27 ~ f1-6 Continuidade

B53-25 ~ B53-26 Não há continuidade

B53-26 ~ B53-33 Não há continuidade

B53-34 ~ f1-3 Continuidade

B53-33 ~ f1-1 Continuidade

B53-34 ~ B53-27 Não há continuidade

B53-34 ~ B53-35 Não há continuidade

B53-34 ~ Chassi Não há continuidade

B53-34 ~ B53-25 Não há continuidade

B53-34 ~ B53-33 Não há continuidade

B53-26 ~ B53-34 Não há continuidade

B53-35 ~ f1-2 Continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a tensão do sensor do acelerador.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte f1, conecte B53, LIGUE a ignição
Sensor do acelerador (I/O monitor: VPA1, VPA2)
Padrão:
VPA1 0,20 V ou menos

VPA2 0,20 V ou menos


7-106

Código de erro C7-2 (Anormalidade no interruptor da alavanca de mudança)


Parte Relacionada

Controlador Interruptor de
SAS/OPS mudança

A tabela acima é para veículos com especificação de alavanca de mudança na coluna esquerda.
Para veículos com a alavanca de mudança na coluna direita as especificações A11-4, A11-5 e A11-9 devem ser
usadas.
Para veículos com especificação de descansa-braço, N6-6, N6-5 e N6-1 devem ser usadas.
Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no chicote elétrico
② Falha no interruptor de mudança de ⑤ Falha na instalação do interruptor de mudança
deslocamento à frente ⑥ Falha no controlador SAS/OPS
③ Falha no interruptor de mudança de
deslocamento para trás
7-107

Código de erro C7-2

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A22 e A7
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (ligue o motor) e verifique se
há erro.*

Falha

Inspeção 4:
Verifique a condição do interruptor Falha no interruptor de mudança
ANL.: I/O TRAVELING 2/3
NG

Inspeção 3:
Falha no controlador SAS/OPS
Inspeção de continuidade e curto no chicote

NG

Falha no chicote elétrico

*: Assegure-se de que não há erros após LIGAR o interruptor da chave de ignição, e mova a alavanca de mudança
para frente e para trás.
7-108

Inspeção 1:
Verifique a condição do interruptor.
Chave de ignição LIGADA
Interruptor da direção (I/O monitor: DRF - DRR)
Padrão:
Alavanca na posição Alavanca na posição de Alavanca na posição de
neutro deslocamento à frente deslocamento para trás

DRF (para
0 1 0
deslocamento à frente)

DRR (para
0 0 1
deslocamento para trás)

Inspeção 2:
Inspeção individual da continuidade do interruptor(es) da alavanca de direção
(ainda instalado no veículo).
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A7
Padrão: (Lado do interruptor)
Alavanca na posição Alavanca na posição de Alavanca na posição de
neutro deslocamento à frente deslocamento para trás

A7-6 ~ A7-5 Não há continuidade Continuidade Não há continuidade

A7-6 ~ A7-1 Não há continuidade Não há continuidade Continuidade

Inspeção 3:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e A7
Padrão:
A22-18 ~ A7-5 Continuidade

A22-18 ~ Chassi Não há continuidade

A22-19 ~ A7-1 Continuidade

A22-19 ~ Chassi Não há continuidade

A22-18 ~ A7-6 Não há continuidade

A22-19 ~ A7-6 Não há continuidade

A22-18 ~ A22-19 Não há continuidade

Inspeção 4:
Verifique a condição do interruptor.
Desconecte A7, interruptor da chave de ignição LIGADO (motor parado), interruptor de direção (Monitor de I/O
(entrada e saída): DRF•DRR)
Padrão:
Mostrador do analisador

DRF (para deslocamento à frente) 0

DRR (para deslocamento para trás) 0


7-109

Código de erro CA-1 (Anormalidade da alavanca de deslocamento para frente/ré)


Parte Relacionada

Relé de
interrupção
de avanço
Controlador
SAS/OPS
Relé de
interrupção de
marcha à ré

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no chicote do relé de interrupção de ré
② Falha no chicote do relé de interrupção de ⑤ Falha no relé de interrupção de ré
marchas à frente ⑥ Falha no controlador SAS/OPS
③ Falha no relé de interrupção de marchas à
frente

Código de erro CA-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A22 e
umidade interna, reconecte todos os conectores Não há erro
e o terminal negativo da bateria, LIGUE a Falha no contato do conector
ignição e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: Inspeção de continuidade e de NG


Defeito no chicote
curto-circuito no chicote

Inspeção 2: NG Falha no relé


Inspeção individual do relé

Falha no controlador SAS/OPS

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22, A21 e o relé de avanço/marcha à ré
Padrão:
A22-17 ~ R/B terminal 2 do relé de interrupção de avanço Continuidade
A21-17 ~ R/B terminal 2 do relé de interrupção de marcha à ré Continuidade
Terminal 1 do relé para trás R/B ~ Chassi Continuidade
Terminal 1 do relé de interrupção de avanço R/B ~ Chassi Continuidade
A22-9 ~ Chassi Continuidade
A22-8 ~ Chassi Continuidade
A22-17 ~ Chassi Não há continuidade
7-110

Inspeção 2:
Execute uma inspeção individual do relé.
Padrão: (Lado do relé)
Terminal 1 do relé de interrupção de avanço ~
Terminal 2 do relé de interrupção de avanço
Aproximadamente 90 Ω (20°C) Relé do
Terminal 1 do relé de interrupção de marcha à [68°F] interruptor para
ré ~ Terminal 2 do relé de interrupção de
frente/para trás
marcha à ré
7-111

Código de erro EC-1 (Anormalidade no solenoide de descarga)


Parte Relacionada

Controlador Solenoide
SAS/OPS descarregamento

Para veículos com especificação de descansa-braço, A17-1 e A17-2 devem ser usadas.
Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote elétrico
③ Falha no solenoide de descarga
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro EC-1

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A15 e
A22 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição (ligue o motor) e verifique se há
erro.*

Falha

Inspeção 1: NG
Inspeção individual do solenoide de descarga Falha no solenoide de descarga

Inspeção 2: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha no controlador SAS/OPS

*: Certifique se ocorre erro após LIGAR o interruptor da chave de ignição e deixar o assento (por pelo menos 2
segundos).
Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de descarga.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A15
Padrão: (Lado do solenoide)
A15-1 ~ A15-2 Aprox. 10 Ω (20°C) [68°F]
7-112

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e A15
Padrão:
A22-5 ~ A15-1 Continuidade

A15-2 ~ Chassi Continuidade

A22-8 ~ Chassi Continuidade

A22-9 ~ Chassi Continuidade

A22-5 ~ Chassi Não há continuidade


7-113

Códigos de erro F1-1, F1-2 (Anormalidade de comunicação entre o controlador e o instrumento


combinado)
Parte Relacionada

Controlador Medidor
SAS/OPS combinado

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do horímetro
③ Falha no horímetro
④ Falha no controlador SAS/OPS

Código de erro F-1, F-2

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A22 e L1
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha do contato do conector
LIGUE a ignição e verifique se há erro.

Falha no instrumento combinado

Inspeção 1: NG
Inspeção de continuidade e curto no chicote Falha no chicote elétrico

Falha do controlador SAS/OPS


ou do medidor combinado

Inspeção 1:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A22 e L1
Padrão:
L1-3 ~ Chassi Não há continuidade

A22-14 ~ L1-3 Continuidade


7-114

Códigos de erro F4-1, F4-2, F4-3, F4-4, F4-5, F4-7, F4-8 (Anormalidade na CPU)
Parte Relacionada

Mostrador de funções
múltiplas

Causa provável
① Falha na placa do mostrador de funções múltiplas
7-115

Códigos de erro H1-1, H1-2, H1-3, H1-4, H1-5 (Anormalidade no potenciômetro da alavanca de
levantamento)
Parte Relacionada

Controlador Potenciômetro
da da alavanca de
minialavanca levantamento
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do potenciômetro da alavanca de levantamento
③ Falha no potenciômetro da alavanca de levantamento
④ Falha no controlador SAS/OPS
⑤ Falha no fusível
Nota:
Se o interruptor de ignição for LIGADO com a alavanca de levantamento na posição de operação, o erro
H1-4 poderá ocorrer. Nesse caso, coloque a alavanca em neutro e gire o interruptor de ignição para
LIGADO.
É normal se o erro não ocorrer.
7-116

Códigos de erro H1-1, H1-2, H1-3, H1-4

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
desconexões do A21. A20 e N2 e
umidade interna, reconecte todos Não há erro
os conectores e o terminal Falha no contato do conector
negativo da bateria, LIGUE a
ignição e verifique se há erro.

Falha

DESLIGUE a chave de ignição,


desconecte o terminal negativo da
bateria, substitua o potenciômetro Inspeção 1: Inspeção do
da alavanca de levantamento com potenciômetro da alavanca de Falha na instalação
o potenciômetro da alavanca de levantamento
inclinação e verifique se há Não OK
alterações na falha.

Anormalidade no potenciômetro da
alavanca de levantamento
Inspeção 2:
Inspeção de continuidade e curto NG
Falha no chicote elétrico
no chicote

Inspeção do fusível ECU-IG NG


Substitua o fusível

Falha no controlador da
minialavanca SAS/OPS

Nota:
Se a alavanca foi removida, assegure-se de executar a sincronização após a sua instalação.
Inspeção 1:
Execute a inspeção do potenciômetro da alavanca de levantamento.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, volte o potenciômetro da alavanca de levantamento e o
potenciômetro da alavanca de inclinação às suas posições originais, verifique a instalação do potenciômetro da
alavanca de levantamento (consulte a seção 6), LIGUE o interruptor da chave de ignição, sincronize o
potenciômetro da alavanca de levantamento
7-117

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A21,
A20 e N2
Padrão:
A20-29 ~ N2-4 Continuidade

A20-27 ~ N2-3 Continuidade

A20-28 ~ N2-2 Continuidade

A20-26 ~ N2-1 Continuidade

A20-27 ~ Chassi Não há continuidade

A20-28 ~ Chassi Não há continuidade

A20-29 ~ Chassi Não há continuidade

A20-27 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-28 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-29 ~ A20-26 Não há continuidade

Código de erro H1-5

Sincronize o potenciômetro da alavanca de Desalinhamento do valor de sincronização


levantamento
NG

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS


7-118

Códigos de erro H2-1, H2-2, H2-3, H2-4, H2-5 (Anormalidade no potenciômetro da alavanca de inclinação)
Parte Relacionada

Potenciômetro
Controlador da alavanca de
da inclinação
minialavanca
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do potenciômetro da alavanca de inclinação
③ Falha no potenciômetro da alavanca de inclinação
④ Falha no controlador SAS/OPS
⑤ Falha no fusível
Nota:
Se o interruptor de ignição for LIGADO com a alavanca de inclinação na posição de operação, o erro H2-4
poderá ocorrer. Nesse caso, coloque a alavanca em neutro e gire o interruptor de ignição para LIGADO.
É normal se o erro não ocorrer.
7-119

Códigos de erro H2-1, H2-2, H2-3, H2-4

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
desconexões do A21, A20 e N4 e
umidade interna, reconecte todos Não há erro
os conectores e o terminal Falha no contato do conector
negativo da bateria, LIGUE a
ignição e verifique se há erro.

Falha

DESLIGUE a chave de ignição,


desconecte o terminal negativo da
bateria, substitua o potenciômetro Inspeção 1: Inspeção do
da alavanca de levantamento com potenciômetro da alavanca de Falha na instalação
o potenciômetro da alavanca de inclinação
inclinação e verifique se há NG
alterações na falha.

Anormalidade do potenciômetro da
alavanca de inclinação
Inspeção 2:
Inspeção de continuidade e curto NG
Falha no chicote elétrico
no chicote

NG Substitua o fusível
Inspeção do fusível ECU-IG

Falha no controlador da
minialavanca SAS/OPS

Nota:
Se a alavanca foi removida, assegure-se de executar a sincronização após a sua instalação.
Inspeção 1:
Execute a inspeção do potenciômetro da alavanca de inclinação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, volte o potenciômetro da alavanca de inclinação e o
potenciômetro da alavanca de inclinação às suas posições originais, verifique a instalação do potenciômetro da
alavanca de inclinação (consulte a seção 6), LIGUE o interruptor da chave de ignição, sincronize o
potenciômetro da alavanca de inclinação
7-120

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte
A21, A20 e N4
Padrão:
A20-30 ~ N4-4 Continuidade

A20-11 ~ N4-3 Continuidade

A20-12 ~ N4-2 Continuidade

A20-26 ~ N4-1 Continuidade

A20-11 ~ Chassi Não há continuidade

A20-12 ~ Chassi Não há continuidade

A20-30 ~ Chassi Não há continuidade

A20-11 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-12 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-30 ~ A20-26 Não há continuidade

Código de erro H2-5

Sincronize o potenciômetro da alavanca de inclinação Desalinhamento do valor de sincronização


NG

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS


7-121

Códigos de erro H3-1, H3-2, H3-3, H3-4, H3-5 (Anormalidade no potenciômetro da alavanca de acessório 1)
Parte Relacionada

Potenciômetro
da alavanca de
acessório 1
Controlador
da
minialavanca
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do potenciômetro da alavanca de acessório 1
③ Falha no potenciômetro da alavanca de acessório 1
④ Falha no controlador SAS/OPS
⑤ Falha no fusível
Nota:
Se o interruptor de ignição for LIGADO com a alavanca o acessório 1 na posição de operação, o erro H3-4
poderá ocorrer.
Nesse caso, coloque a alavanca em neutro e gire o interruptor de ignição para LIGADO.
É normal se o erro não ocorrer.
7-122

Códigos de erro H3-1, H3-2, H3-3, H3-4

Desconecte o terminal negativo


da bateria; após inspecionar e
corrigir desconexões do A21, A20 Nenhuma
e N7 e umidade interna, reconecte falha
Falha no contato do conector
todos os conectores e o terminal
negativo da bateria, LIGUE a
ignição e verifique se há erro.

Falha

DESLIGUE a chave de ignição,


desconecte o terminal negativo da
bateria, substitua o potenciômetro Inspeção 1:
da alavanca de acessório 1 com o NG
Inspeção do potenciômetro da Falha na instalação
potenciômetro da alavanca de
inclinação e verifique se há alavanca de acessório 1
alterações na falha.

Anormalidade no potenciômetro da
alavanca de acessório 1

Inspeção 2:
Inspeção de continuidade e curto NG
Falha no chicote elétrico
no chicote

NG
Inspeção do fusível ECU-IG Substitua o fusível

Falha no controlador da
minialavanca SAS/OPS

Nota:
Se a alavanca foi removida, assegure-se de executar a sincronização após a sua instalação.
Inspeção 1:
Execute a inspeção do potenciômetro da alavanca de acessório 1.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, volte o potenciômetro da alavanca de acessório 1 e o
potenciômetro da alavanca de inclinação às suas posições originais.
Verifique a instalação do potenciômetro da alavanca de acessório 1 (consulte a seção 6), LIGUE o interruptor
da chave de ignição, sincronize o potenciômetro da alavanca de acessório 1
7-123

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte
A21, A20 e N7
Padrão:
A20-31 ~ N7-4 Continuidade

A20-13 ~ N7-3 Continuidade

A20-14 ~ N7-2 Continuidade

A20-26 ~ N7-1 Continuidade

A20-13 ~ Chassi Não há continuidade

A20-14 ~ Chassi Não há continuidade

A20-31 ~ Chassi Não há continuidade

A20-13 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-14 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-31 ~ A20-26 Não há continuidade

Código de erro H3-5

Sincronize o potenciômetro da alavanca de


acessório 1 Desalinhamento do valor de sincronização
NG

Falha no controlador da
minialavanca SAS/OPS
7-124

Códigos de erro H4-1, H4-2, H4-3, H4-4, H4-5 (Anormalidade no potenciômetro da alavanca de acessório 2)
Parte Relacionada

Potenciômetro
da alavanca
Controlador da de acessório 2
minialavanca
SAS/OPS

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do potenciômetro da alavanca de acessório 2
③ Falha no potenciômetro da alavanca de acessório 2
④ Falha no controlador SAS/OPS
⑤ Falha no fusível
Nota:
Se o interruptor de ignição for LIGADO com a alavanca do acessório 2 na posição de operação, o erro H4-4
poderá ocorrer.
Nesse caso, coloque a alavanca em neutro e gire o interruptor de ignição para LIGADO.
É normal se o erro não ocorrer.
7-125

Códigos de erro H4-1, H4-2, H4-3, H4-4

Desconecte o terminal negativo da


bateria; após inspecionar e corrigir
desconexões do A21, A20 e N8 e
umidade interna, reconecte todos Não há erro
Falha no contato do conector
os conectores e o terminal negativo
da bateria, LIGUE a ignição e
verifique se há erro.

Falha

DESLIGUE a chave de ignição,


desconecte o terminal negativo da
bateria, substitua o potenciômetro Inspeção 1:
da alavanca de acessório 1 com o Inspeção do potenciômetro da NG
Falha na instalação
potenciômetro da alavanca de alavanca de acessório 2
acessório 2 e verifique se há
alterações na falha.

Anormalidade no potenciômetro da
alavanca de acessório 2

Inspeção 2:
NG
Inspeção de continuidade e curto Falha no chicote elétrico
no chicote

Inspeção do fusível ECU-IG NG


Substitua o fusível

Falha no controlador da
minialavanca SAS/OPS

Nota:
Se a alavanca foi removida, assegure-se de executar a sincronização após a sua instalação.
Inspeção 1:
Execute a inspeção do potenciômetro da alavanca de acessório 2.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, volte o potenciômetro da alavanca de acessório 2 e o
potenciômetro da alavanca de inclinação às suas posições originais.
Verifique a instalação do potenciômetro da alavanca de acessório 2 (consulte a seção 6), LIGUE o interruptor
da chave de ignição, sincronize o potenciômetro da alavanca de acessório 2
7-126

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte
A21, A20 e N8
Padrão:
A20-32 ~ N8-4 Continuidade

A20-15 ~ N8-3 Continuidade

A20-16 ~ N8-2 Continuidade

A20-26 ~ N8-1 Continuidade

A20-15 ~ Chassi Não há continuidade

A20-16 ~ Chassi Não há continuidade

A20-32 ~ Chassi Não há continuidade

A20-15 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-16 ~ A20-26 Não há continuidade

A20-32 ~ A20-26 Não há continuidade

Código de erro H4-5

Desalinhamento do valor de
Sincronização do potenciômetro da alavanca de acessório 2 sincronização
NG

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS


7-127

Códigos de erro H5-1 e H5-2 (Anormalidade no solenoide de elevação)


Parte Relacionada

Solenoide
EMPURRA
Controlador elevação
da
minialavanca
SAS/OPS Solenoide PUXA
elevação

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no chicote do solenoide PUXA elevação
② Falha no chicote do solenoide EMPURRA ⑤ Falha no solenoide PUXA elevação
elevação ⑥ Falha no controlador da minialavanca
③ Falha do solenoide EMPURRA elevação SAS/OPS

Códigos de erro H5-1, H5-2

H5-1 agora é descrito. Para H5-2 substitua A24 por A13 e PUXE por EMPURRE no que se segue.
Desconecte o terminal negativo da bateria; após
inspecionar e corrigir desconexões do A20 e
A13 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere a alavanca de
levantamento e verifique se há erro.
Falha

Inspeção 1: Inspeção individual do solenoide de NG


levantamento Falha do solenoide EMPURRA de levantamento

Inspeção 2: Inspeção de continuidade e de NG


Defeito no chicote
curto-circuito no chicote

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de elevação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte o terminal negativo da bateria,
desconecte A13
Padrão: (Lado do solenoide)
A13-4 ~ A13-8 7,2 ± 0,36 Ω (20°C) [68°F]
7-128

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte o terminal negativo
da bateria, desconecte A20 e A13
Padrão:
A20-17 ~ A13-4 Continuidade

A20-18 ~ A13-8 Continuidade

A20-17 ~ A20-18 Não há continuidade

A20-17 ~ A20-19 Não há continuidade

A20-17 ~ Chassi Não há continuidade

A20-18 ~ Chassi Não há continuidade

A20-19 ~ Chassi Não há continuidade


7-129

Códigos de erro H6-1 e H6-2 (Anormalidade no solenoide de inclinação)


Parte Relacionada

Solenoide
EMPURRA
inclinação
Controlador da
minialavanca
SAS/OPS Solenoide
PUXA
inclinação

Causa provável
① Falha no contato do conector ④ Falha no chicote do solenoide PUXA
② Falha no chicote do solenoide EMPURRA inclinação
inclinação ⑤ Falha no solenoide PUXA inclinação
③ Falha no solenoide EMPURRA inclinação ⑥ Falha no controlador da minialavanca
SAS/OPS

Códigos de erro H6-1 e H6-2


H6-1 agora é descrito. Para H6-2 substitua A13 por A24 e PUXE por EMPURRE no que se segue.

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A20 e A13
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
Falha no contato do conector
conectores e o terminal negativo da bateria,
LIGUE a ignição, opere a alavanca de inclinação
e verifique se há erro.
Falha

Inspeção 1: NG
Falha no solenoide EMPURRA inclinação
Inspeção individual do solenoide de inclinação

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de inclinação.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A13
Padrão: (Lado do solenoide)
A13-3 ~ A13-7 Aprox. 7 Ω (20°C) [68°F]
7-130

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A20 e A13
Padrão:
A20-1 ~ A13-3 Continuidade

A20-2 ~ A13-7 Continuidade

A20-1 ~ A20-2 Não há continuidade

A20-1 ~ A20-3 Não há continuidade

A20-1 ~ Chassi Não há continuidade

A20-2 ~ Chassi Não há continuidade

A20-3 ~ Chassi Não há continuidade


7-131

Códigos de erro H7-1, H7-2 (Anormalidade no solenoide de acessório 1)


Parte Relacionada

Solenoide
EMPURRAR
Controlador da acessório 1
minialavanca
SAS/OPS Solenoide
PUXAR
acessório 1

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do solenoide EMPURRA acessório 1
③ Falha no solenoide EMPURRAR acessório 1
④ Falha no chicote do solenoide PUXAR acessório 1
⑤ Falha no solenoide PUXAR acessório 1
⑥ Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS

Códigos de erro H7-1, H7-2

H7-1 agora é descrito. Para H7-2 substitua A24 por A13 e PUXE por EMPURRE no que se segue.

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A20 e
A13 e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere a alavanca do acessório
1 e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no solenoide EMPURRAR acessório 1
Inspeção individual do solenoide de acessório 1

Inspeção 2: NG
Falha no chicote elétrico
Inspeção de continuidade e curto no chicote

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS


7-132

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de acessório 1.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A13
Padrão: (Lado do solenoide)
A13-2 ~ A13-6 Aproximadamente 7 Ω (20°C) [68°F]

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A20 e A13
Padrão:
A20-20 ~ A13-2 Continuidade

A20-22 ~ A13-6 Continuidade

A20-20 ~ A20-22 Não há continuidade

A20-20 ~ A20-21 Não há continuidade

A20-20 ~ Chassi Não há continuidade

A20-21 ~ Chassi Não há continuidade

A20-22 ~ Chassi Não há continuidade


7-133

Códigos de erro H8-1, H8-2 (Anormalidade no solenoide de acessório 2)


Parte Relacionada

Solenoide
EMPURRAR
acessório 2
Controlador da
minialavanca
SAS/OPS Solenoide
PUXAR
acessório 2

Causa provável
① Falha no contato do conector
② Falha no chicote do solenoide EMPURRA acessório 2
③ Falha no solenoide EMPURRAR acessório 2
④ Falha no chicote do solenoide PUXAR acessório 2
⑤ Falha no solenoide PUXAR acessório 2
⑥ Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS

Códigos de erro H8-1, H8-2


H8-1 agora é descrito. Para H8-2 substitua A24 por A13 e PUXE por EMPURRE no que se segue.

Desconecte o terminal negativo da bateria; após


inspecionar e corrigir desconexões do A20 e A13
e umidade interna, reconecte todos os Não há erro
conectores e o terminal negativo da bateria, Falha no contato do conector
LIGUE a ignição, opere a alavanca do acessório
2 e verifique se há erro.

Falha

Inspeção 1: NG
Falha no solenoide EMPURRAR acessório 2
Inspeção individual do solenoide de acessório 2

Inspeção 2: Inspeção de continuidade e de NG


Defeito no chicote
curto-circuito no chicote

Falha no controlador da minialavanca SAS/OPS


7-134

Inspeção 1:
Execute uma inspeção individual do solenoide de acessório 2.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte o terminal negativo
da bateria e A13
Padrão: (Lado do solenoide)
A13-1 ~ A13-5 Aproximadamente 7 Ω (20°C) [68°F]

Inspeção 2:
Inspecione a continuidade e curto no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, desconecte A20 e A13
Padrão:
A20-4 ~ A13-1 Continuidade

A20-5 ~ A13-5 Continuidade

A20-4 ~ A20-5 Não há continuidade

A20-4 ~ A20-6 Não há continuidade

A20-4 ~ Chassi Não há continuidade

A20-5 ~ Chassi Não há continuidade

A20-6 ~ Chassi Não há continuidade


7-135

DIAGNÓSTICO DE FALHAS QUANDO NÃO HÁ CÓDIGO DE FALHA PASSADO


Lista por Sintomas Motor 1FZ
Sintoma Parte a ser inspecionada Página para referência
1. Relé da partida e motor de partida 7-133
Não dá a partida
2. Interruptor de partida neutro –
1. Sistema de alimentação do ECU 7-135
Não pega (não inicia 2. Sistema ignitor 7-42
combustão) 3. Circuito da bomba de combustível 7-137
4. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
Não pega 1. Circuito da bomba de combustível 7-137
(não completa 2. Sistema ignitor 7-42
combustão) 3. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
1. Válvula eletrônica de aceleração Consulte o manual de reparação do motor
2. Circuito da bomba de combustível 7-137
Não funciona bem 3. Sistema ignitor 7-42
na partida 4. Velas de ignição Consulte o manual de reparação do motor
5. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
6. Compressão Consulte o manual de reparação do motor
Marcha lenta
1. Válvula eletrônica de aceleração Consulte o manual de reparação do motor
acelerada áspera
1. Válvula eletrônica de aceleração Consulte o manual de reparação do motor
Marcha lenta alta 2. Sistema de alimentação do ECU 7-135
3. Interruptor de partida neutro –
1. Válvula eletrônica de aceleração Consulte o manual de reparação do motor
2. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
Marcha lenta, lenta 3. Sistema ignitor 7-42
4. Compressão Consulte o manual de reparação do motor
5. Circuito da bomba de combustível 7-137
1. Válvula eletrônica de aceleração Consulte o manual de reparação do motor
Marcha lenta
2. Sistema de alimentação do ECU 7-135
instável
3. Circuito da bomba de combustível 7-137
1. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
Flutuação 2. Circuito da bomba de combustível 7-137
3. Sistema ignitor 7-42
1. Sistema ignitor 7-42
Hesitação,
2. Velas de ignição Consulte o manual de reparação do motor
aceleração pobre
3. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
1. Circuito da bomba de combustível 7-137
Pós combustão 2. Velas de ignição Consulte o manual de reparação do motor
3. Injetor de combustível Consulte o manual de reparação do motor
Motor estola (imedia-
tamente após a 1. Circuito da bomba de combustível 7-137
partida)
Motor estola (imedia- 1. Injetor de Combustível Consulte o manual de reparação do motor
tamente após a
desaceleração) 2. Computador do controle do motor –
7-136

Relé da partida e motor de partida


Parte Relacionada

Motor de
partida
ao circuito
relacionado
ao medidor Relé do motor
de partida

Interruptor de Interruptor de
ignição neutro

Controlador
do motor

Causa provável
① Falha no interruptor de neutro
② Falha no relé do motor de partida
③ Falha do motor de partida
④ Falha no chicote, conector

Inspeção 1:
Inspeção do sinal do motor de partida Falha no interruptor de neutro
ANL.: I/O ENGINE CTRL 1/10 Falha no relé do motor de partida

NG

Inspeção 2:
Inspeção do chicote e do conector Falha do motor de partida

NG

Falha no chicote, conector

Inspeção 1:
Execute uma inspeção do sinal do motor de partida.
Chave de ignição LIGADA
Sinal do motor de partida (I/O monitor: STA)
Padrão:
Motor de partida parado Motor de partida em operação

STA 0 1
7-137

Inspeção 2:
Execute uma inspeção no chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, remova o relé do motor de partida, dê partida no motor e
verifique a tensão
Padrão:
Terminal 1 do relé ~ chassi 9 ~ 14 V

Terminal 2 do relé ~ chassi 0V

Terminal 3 do relé ~ chassi 0V

Terminal 5 do relé ~ chassi 9 ~ 14 V


7-138

Sistema de alimentação do ECU


Parte Relacionada

Controlador
do motor

Relé principal EFI

Causa provável
① Fusível queimado
② Falha no relé principal EFI
③ Falha no chicote, conector

Inspeção 1: NG
Substitua o fusível
Inspeção do fusível EFI e IGN

Inspeção 2: NG
Inspeção da operação do relé principal EFI e da Falha no relé principal EFI
continuidade

Inspeção 3: NG
Falha no chicote, conector
Inspeção de continuidade no chicote

Falha no controlador do motor

Inspeção 1:
Execute uma inspeção de continuidade no fusível.
Remova os fusíveis EFI e IGN.
Padrão: Existe continuidade.
7-139

Inspeção 2:
Inspecione o relé principal EFI.
(1) Inspecione a operação do relé principal EFI.
Interruptor da chave de ignição LIGADO, opere o relé principal EFI
Padrão:
O relé principal EFI faz um ruído de funcionamento coordenado com o interruptor
da chave de ignição.
(2) Inspecione a continuidade entre cada um dos terminais do relé.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, remova o relé principal EFI
Padrão:
Terminais 1 ~ 2 do relé Continuidade
Relé EFI
Terminais 3 ~ 5 do relé Não há continuidade

(3) Inspecione a continuidade entre os terminais 3 e 5 quando a tensão da bateria está aplicada nos terminais
1 e 2.
Padrão: Existe continuidade.
Inspeção 3:
Inspecione a continuidade do chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO
Padrão:
IGN ~ interruptor IG Continuidade

Relé principal 2 MREL ~ EFI Continuidade

Relé principal 1 EFI ~ chassi Continuidade

EFI ~ +B Continuidade

EFI ~ +B1 Continuidade

EFI ~ BATT Continuidade

E01 ~ chassi Continuidade

E02 ~ chassi Continuidade

E1 ~ chassi Continuidade
7-140

Sistema de controle da bomba de combustível


Parte Relacionada

Interruptor de seleção de combustível

Controlador
do motor

Bomba de
Relé de combustível
abertura
do circuito

Causa provável
① Fusível queimado
② Falha no relé principal EFI
③ Falha no chicote, conector
④ Falha na bomba de combustível

Inspeção 1: NG
Substitua o fusível
Inspeção do fusível

Inspeção 2: Inspeção da operação do relé NG


Falha no relé principal EFI
principal EFI e da continuidade

Inspeção 3: NG
Falha no chicote, conector
Inspeção de continuidade no chicote

Falha na bomba de combustível

Inspeção 1:
Execute uma inspeção de continuidade no fusível.
Remova os fusíveis EFI e IGN.
Padrão: Existe continuidade.
7-141

Inspeção 2:
Inspecione o relé principal EFI.
(1) Inspecione a operação do relé principal EFI.
Interruptor da chave de ignição LIGADO, inspecione a operação do relé principal EFI
Padrão: O relé principal EFI faz um ruído de funcionamento coordenado com o interruptor da chave de
ignição
(2) Inspecione a continuidade entre cada um dos terminais do relé
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO, remova o relé principal EFI
Padrão:
Terminais 1 ~ 2 do relé Continuidade
Relé EFI
Terminais 3 ~ 5 do relé Não há continuidade

(3) Inspecione a continuidade entre os terminais 3 e 5 quando a tensão da bateria está aplicada nos terminais
1 e 2.
Padrão: Existe continuidade
Inspeção 3:
Inspecione a continuidade do chicote.
Interruptor da chave de ignição DESLIGADO
Padrão:
Relé principal ~ interruptor de seleção de combustível Continuidade

Interruptor de seleção de combustível ~ GAS Continuidade

FC ~ Relé de abertura do circuito Continuidade

Relé de abertura do circuito ~ GND Continuidade

Relé de seleção de combustível ~ Relé de abertura de circuito Continuidade

Relé de abertura do circuito ~ Bomba de combustível Continuidade

Bomba de combustível ~ GND Continuidade


Causas de Falhas Quando Não Há Mostrador de Erro SAS/OPS
7-142
Atenção:
Se um código de falha ou a lâmpada com imagem de ferramenta estiver piscando, repare-o antes.

Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento - modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do aviso sonoro:


Falha do aviso sonoro
Verifique o chicote ou
Linha do chicote do aviso sonoro (Lado interno): –
substitua o aviso sonoro
Aviso sonoro soa constantemente Falha de curto ao massa ou conexão
(Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Unidade do aviso sonoro:


Aviso sonoro relacionado
Falha do aviso sonoro Linha do chicote do Verifique o chicote ou

aviso sonoro (Lado da alimentação, interno): substitua o aviso sonoro
Falha por desconexão (Chicote, conector)
O aviso sonoro OPS ao deixar o
assento não soa. Ajuste do mostrador: Verifique valores de ajuste
Ajuste do aviso sonoro de notificação do banco Alteração
com o ajuste de opção
OPS desabilitado

Controlador SAS/OPS, Falha do controlador – Substitua


Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do aviso sonoro:


Falha do aviso sonoro
Verifique o chicote ou
Linha do chicote do aviso sonoro –
substitua o aviso sonoro
(Lado da alimentação, interno):
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Veículos T/C:
Unidade da alavanca de direção: Consulte “OPS de
O OPS de deslocamento
Falha da alavanca Consulte “OPS de deslocamento não deslocamento não
retorna ao neutro aviso
Sinal da alavanca de direção: opera, não pode deslocar”. opera, não pode
não soa.
Falha por desconexão (Chicote, conector) deslocar”.

Ajuste do mostrador: Verifique valores de ajuste com o ajuste


Alteração
Especificação USA habilitada de opção.

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Aviso sonoro
relacionado Unidade do aviso sonoro:Falha do aviso sonoro
Linha do chicote do aviso sonoro Verifique o chicote ou

(Lado da alimentação, interno): substitua o aviso sonoro
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Consulte "Veículos com alavanca STD:


Consulte "Veículos com
Para empilhadeiras não é possível abaixar apenas ao ocupar
alavanca STD: não é
com alavanca STD: o banco após a operação OPS (ocupar o
Interruptor da alavanca de abaixamento: possível abaixar apenas
O OPS de manuseio banco e DESLIGAR→LIGAR a chave
Falha da alavanca ao ocupar o banco após a
de materiais retorna ao permitira que seja abaixado)”.
Sinal da alavanca de abaixamento: operação OPS (ocupar o
neutro aviso não soa. *: O OPS de manuseio de materiais
Falha por desconexão (Chicote, conector) banco e DESLIGAR→
retorna ao neutro é somente uma função
LIGAR a chave permitira
da alavanca de abaixamento nos veículo
que seja abaixado)”.
com alavanca carenada.

Verifique valores de ajuste com o ajuste


Ajuste do mostrador: Especificação USA habilitada Alteração
de opção.

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua


7-143
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-144

Unidade do aviso sonoro:


Falha do aviso sonoro
Verifique o chicote ou
Linha do chicote do aviso sonoro –
substitua o aviso sonoro
(Lado da alimentação, interno):
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Se não houver alteração,


Unidade do potenciômetro da execute uma verificação
Para veículos com mini
alavanca de manuseio de materiais: Verificação da tensão do potenciômetro no chicote ou substitua o
alavanca:
Falha da alavanca da alavanca de manuseio de materiais: potenciômetro
O OPS de manuseio de
Linha da alavanca de manuseio de materiais Mova a alavanca para as posições de Se nenhuma alavanca de
materiais retorna ao neutro
(Fonte de alimentação, sinal, terra): inclinação para frente e para trás e manuseio de materiais
aviso não soa.
Falha por desconexão (Chicote, conector) verifique a alteração da tensão. se move, consulte “Veículos
Curto-circuito ou falha da conexão (Chicote, conector) com alavanca carenada,

Verifique valores de ajuste com


Ajuste do mostrador: Especificação USA habilitada Alteração
o ajuste de opção

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Aviso sonoro Unidade do aviso sonoro: Falha do aviso sonoro


relacionado Linha do chicote do aviso sonoro Verifique o chicote ou substitua

(Lado da alimentação, interno): o aviso sonoro
Falha (Chicote, conector)

Ajuste do mostrador:
Ajuste do aviso sonoro do freio de Verifique valores de ajuste com o
Alteração
estacionamento desabilitado. ajuste de opção
Especificação USA habilitada
Veículos com mostrador
de funções múltiplas, Ajuste do controlador SAS/OPS: Siga o procedimento de

mostrador DX: A comparação não é concluída sincronização.
O aviso sonoro do freio de
estacionamento não soa. Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Unidade do interruptor do freio de estacionamento:


Falha por curto-circuito (emperrado no estado
Se não houver alteração,
liberado, dano interno)
Verificação LIGADO/DESLIGADO execute uma verificação na
Mecanismo de detecção do freio de estacionamento:
com o equipamento de diagnóstico. instalação, no chicote ou
Sempre liberado
substitua o interruptor.
Linha do freio de estacionamento:
Falha por curto-circuito (Chicote, conector)
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do interruptor do freio de estacionamento:


Falha por interrupção (Emperramento na condição de
Veículos com mostrador de Se não houver alteração,
operação, dano interno)
funções múltiplas, mostrador DX: LIGAR/DESLIGAR com o execute uma verificação
Mecanismo de detecção do freio de estacionamento:
O aviso sonoro do freio de equipamento de diagnóstico na instalação, no chicote
Constantemente na condição de operação
estacionamento continua a soar ou substitua o interruptor.
Linha do freio de estacionamento:
mesmo após o freio de Falha por interrupção (Chicote, conector)
estacionamento ser puxado.
Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Unidade do aviso sonoro: Falha do aviso sonoro


Linha do chicote do aviso sonoro Verifique o chicote ou

Veículos com mostrador de (Lado da alimentação, interno): Falha substitua o aviso sonoro
funções múltiplas, mostrador DX: (Chicote, conector)
O aviso sonoro de retorno do freio Verifique a tensão do sensor
Aviso sonoro de estacionamento não soa. Unidade do sensor de velocidade do veículo: e a velocidade do veículo com Se não houver alteração,
relacionado *Em primeiro lugar, realize uma Não é possível detectar a rotação lenta (Dano interno) o equipamento de diagnóstico execute uma verificação
verificação do “Alarme de aviso do Linha do sensor de velocidade do veículo *Com o freio de estacionamento na instalação ou substitua
freio de estacionamento continua a (Lado SPD+, lado SPD-): não retornado, mesmo quando o sensor.
soar após puxar o freio de Falha da conexão (Chicote, conector) o pedal do acelerador está
estacionamento”. pressionado, o aviso sonoro
Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Veículos com mostrador de funções


múltiplas, mostrador DX: Unidade medidora (com o monitor OK):
– Substitua
O aviso sonoro de retorno do freio Falha do medidor
de estacionamento soa no
deslocamento.
*Em primeiro lugar, realize uma Controlador SAS/OPS:
– Substitua
verificação do “Alarme de aviso do Falha do controlador
freio de estacionamento não soa“
7-145
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-146
Unidade do interruptor do indicador
de carregamento:
Falha aberto (Dano interno)
Veículos com mostrador DX: Se não houver alteração,
Mecanismo detecção do interruptor do indicador
Quando o indicador de execute uma verificação
de carregamento (Minialavanca, joystick): LIGAR/DESLIGAR com o
carregamento está na instalação, no chicote
Falha de ajuste da folga da peça de detecção equipamento de diagnóstico
pressionado, a carga não é ou substitua o interruptor
Linha do interruptor do indicador de carga
apresentada. (alavanca).
(Fonte de alimentação, sinal, terra):
Falha por interrupção
(Fonte de alimentação, chicote, conector)
Unidade do interruptor do indicador
de carregamento:
Falha curto (Dano interno)
Veículos com mostrador DX: Se não houver alteração,
Mecanismo detecção do interruptor do
Quando o veículo está parado, execute uma verificação
indicador de carregamento LIGAR/DESLIGAR com o
o mostrador apresenta na instalação, no chicote
(Minialavanca, joystick): equipamento de diagnóstico
continuamente a indicação ou substitua o interruptor
Falha de ajuste da folga da peça de detecção
da carga. (alavanca).
Linha do interruptor do indicador de
carregamento (Sinal):
Função mostrador Falha por curto-circuito (Chicote, conector)

Siga o procedimento para


sincronização (diâmetro do
cilindro, número dos cilindros,
correção do ponto 0)
Nos casos em que a precisão é
Execute novamente a comparação e necessária, ajuste o indicador
verifique a operação de carregamento sincronizando
Verificação da tensão do sensor de a tela LOAD CALIBRATION.
Veículos com mostrador DX: Ajuste do mostrador: carga: Coloque uma carga, aterre os Se não houver alteração durante
A carga correta não é Diâmetro do cilindro, número dos cilindros, garfos e verifique a alteração da a verificaçãoda tensão, execute
apresentada. correção do ponto 0, calibração tensão uma verificação no chicote ou
*Em grandes alturas delevantamento, substitua o sensor.
a carga correta não pode ser *Com mastro FV, FSV, mesmo se
calculada e o mostrador pisca. houver uma região livre, poderá
ser calculado mais pesado ao
redor do centro do final do curso
do cilindro.
Meça a altura de levantamento
ao redor de 500 mm.
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do sensor da temperatura


do fluido do conversor de torque:
Falha aberto (Dano interno)
Linha do sensor da temperatura do
Veículos T/C com mostrador de
fluido do conversor de torque
funções múltiplas, mostrador DX: Dê partida no motor e deixe-o Verifique o chicote ou substitua
(Sinal, massa):
O indicador da temperatura do funcionando por certo tempo, o sensor ou substitua o controlador
Falha por desconexão
fluido do conversor de torque verifique o indicador. SAS/OPS
(Chicote, conector)
permanece no nível 1.
Falha por curto circuito de +B
(Chicote, conector)
Controlador SAS/OPS:
Falha no controlador

Unidade do sensor da temperatura


do fluido do conversor de torque:
Veículos T/C com mostrador de Falha curto (Dano interno)
Função mostrador funções múltiplas, mostrador DX: Linha do sensor da temperatura
Verifique o chicote ou substitua o
O indicador da temperatura do do fluido do conversor de torque Pare o motor e, após certo tempo
sensor ou substituao controlador
fluido do conversor de torque indica (Sinal): após verifique o indicador.
SAS/OPS
continuamente advertência de sobre Falha de curto com o massa
aquecimento. (Chicote, conector)
Controlador SAS/OPS:
Falha no controlador

Se o TEMP GAUGE estiver


Não há mostrador nos veículos MT.
definido para NO (Não) na tela
Ajuste do mostrador: Verifique se o TEMP GAUGE
Veículos T/C com mostrador de de definição da opção, mude
Ajuste de emergência da (Medidorde temperatura) na
funções múltiplas, mostrador DX: para YES, e se o MTC na tela
temperatura do fluido do tela de ajuste da opção está
Indicador da temperatura do do analisador de I/O OTHERS
conversor de torque habilitado definido para YES (SIM),
fluido do conversor de torque estiver definido para 1, execute
Controlador SAS/OPS: e que o MTC na tela do analisador
não apresenta indicação. a verificação do chicote ou
Falha no controlador de I/O OTHERS está definido para 0.
substitua o controlador
(curto com a linha MTC)
SAS/OPS.
7-147
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-148
Unidade do pneu:
Estouro, falha de ajuste da pressão – Ajuste ou substitua
do pneu

Unidade do cilindro de travamento:


Vazamento, não é possível travar
Verifique o estado de travamento com
(Dano interno) Substitua
um teste ativo.
Estado travado do cilindro de travamento:
Peça instalada danificada ou destruída

Unidade do sensor de carregamento:


Parece instável ao Falha no sensor
Verificação da tensão do sensor de
deslocar. Linha do sensor de carga Se não houver alteração,
carga:
(A trava de (Fonte de alimentação, sinal, terra): execute uma verificação na
Execute a liberação do levantamento
deslocamento está Falha por desconexão (Chicote, conector) instalação ou substitua o sensor.
e verifique a variação na tensão.
instável ou não se Falha por curto-circuito ou vazamento
pode aplicar) (Chicote, conector)

Travamento da Unidade do interruptor


suspensão de altura de levantamento: LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
Falha por desconexão equipamento de diagnóstico interruptor
(Dano interno, emperrado)

Unidade do sensor da taxa de desvio Verifique a tensão do sensor da taxa


Sensibilidade reduzida, tensão emperrada de desvio:
Verifique a instalação ou
(Dano interno) Verifique se a tensão é de
substitua o sensor
Linha do sensor da taxa de desvio (Sinal): aproximadamente 2,5V quando o
Vazamento (Chicote, conector) veículo está parado.

Unidade do sensor de velocidade do veículo:


Não é possível detectar as rotações baixas
Verifique a tensão do sensor e a Se não houver alteração, execute uma
(Dano interno)
Parece instável ao deslocar. velocidade do veículo com o verificação na instalação ou substitua
Linha do sensor de velocidade do veículo
(A trava de deslocamento está equipamento de diagnóstico o sensor.
(Lado SPD+, lado SPD-):
instável ou não sepode aplicar)
Falha por vazamento (Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS: – Substitua


Falha do controlador
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do cilindro de travamento: Verifique o estado de travamento


Substitua
Travamento emperrado (dano interno) com um teste ativo.

Linha do solenoide de travamento da


suspensão (SWN+, SWN-):
Falha por desconexão
Verifique o estado de travamento Verificação do chicote ou substitua o
(Chicote, conector)
com um teste ativo. solenoide
Linha massa do solenoide (E01, E02):
Falha por desconexão
(Chicote, conector)
O travamento da
suspensão ativa Unidade do sensor de carregamento:
quando desloca Falha no sensor
e as operações de Linha do sensor de carga Verificação da tensão do sensor
Se não houver alteração, execute uma
manuseio de (Fonte de alimentação, sinal, terra): de carga:
verificação na instalação ou substitua
materiais, ou o Falha por desconexão Execute a liberação da elevação e
o sensor.
travamento da (Chicote, conector) verifique se a tensão sobe.
suspensão ativa Falha por curto-circuito ou vazamento
Travamento da
frequentemente. (Chicote, conector)
suspensão
Unidade do interruptor de altura de
levantamento (2200H): LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
Falha de desconexão (dano interno, equipamento de diagnóstico interruptor
emperrado)
Verifique a tensão do sensor da
Unidade do sensor da taxa de desvio
taxa de desvio:
Sensibilidade reduzida, tensão Verifique a instalação ou substitua o
Verifique se a tensão é de
emperrada sensor
aproximadamente 2,5V quando o
(Dano interno)
veículo está parado.

O travamento da suspensão ativa


quando desloca e as operações de
Controlador SAS/OPS:
manuseio de materiais, ou o – Substitua
Falha do controlador
travamento da suspensão ativa
frequentemente.
7-149
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-150
Unidade do sensor de ângulo de inclinação:
Verificação da tensão do sensor de
Falha no sensor Se não houver alteração,
ângulo de inclinação:
Instalação do sensor de ângulo execute uma verificação na
Incline para frente e para trás e
de inclinação: instalação ou substitua o sensor.
verifique a alteração da tensão.
Conexão, peça instalada destruída, danificada
Nivelamento Valor de sincronização horizontal para sensor do Siga o procedimento de
automático ângulo de inclinação: Não atende o estado real – sincronização para sincronizar
de inclinação para (sincronize novamente) novamente.
frente do garfo não
para. Unidade do interruptor de nivelamento
(Continua a inclinar automático do garfo: Falha aberto (dano interno)
para a posição mais Mecanismo detecção do interruptor de
inclinada à frente nivelamento do garfo (minialavanca, joystick): Verificação LIGADO/DESLIGADO Verifique o chicote ou substitua o
sem parar na Falha de ajuste da folga da peça dedetecção com o equipamento de diagnóstico. interruptor
posição nivelada) Linha do interruptor de nivelamento automático do garfo
(Fonte de alimentação, sinal, terra):
Falha por desconexão (Chicote, conector)
LIGUE o solenoide de inclinação e Se a inclinação para frente for
Válvula de controle de inclinação C/V:
opere a inclinação para frente possível, substitua a válvula
Emperrada (dano interno)
usando o teste ativo. de controle de inclinação C/V.
Controle de
inclinação Nivelamento automático
de inclinação para frente
do garfo não para. Ajuste do mostrador (minialavanca, joystick):
Verifique o conteúdo do ajuste
(Continua a inclinar para a A especificação de alteração 3/4 vias Alteração
da opção.
posição mais inclinada à está ajustada para alteração 2/3 vias
frente sem parar na
posição nivelada)
Unidade do sensor de carregamento:
Falha no sensor
Verificação da tensão do sensor de Se não houver alteração,
Linha do sensor de carga
carga: execute uma verificação na
(Fonte de alimentação, sinal, terra):
Execute a liberação da elevação e instalação ou substitua o
Falha por desconexão (Chicote, conector)
verifique se a tensão sobe. sensor.
Nivelamento automático Falha por curto-circuito ou vazamento
de inclinação para frente (Chicote, conector)
do garfo não para.
Valor da sincronização do sensor de Siga o procedimento de
(Para em uma posição
carregamento sem carga: – sincronização para sincronizar
levemente fora da nivelada)
Não atende o estado real (sincronize novamente) novamente.
Unidade do sensor de ângulo de inclinação: Verificação da tensão do sensor
Se não houver alteração, execute
Falha no sensor Instalação do sensor de de ângulo de inclinação:
uma verificação na instalação ou
ângulo de inclinação: Incline para frente e para trás e
substitua o sensor.
Conexão, peça instalada destruída, danificada verifique a alteração da tensão.
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do sensor de carregamento:


Falha no sensor
Verificação da tensão do sensor de
Linha do sensor de carga Se não houver alteração, execute uma
carga:
(Fonte de alimentação, sinal, terra): verificação na instalação ou substitua
Verifique se a tensão sobe na
Falha por desconexão (Chicote, conector) o sensor.
liberação da elevação.
Falha por curto-circuito ou vazamento
(Chicote, conector)

Valor da sincronização do sensor de


Siga o procedimento de sincronização
carregamento sem carga: –
para sincronizar novamente.
Não atende o estado real (sincronize novamente)
Nivelamento automático de
inclinação para frente do
garfo não para. Unidade do sensor de ângulo de inclinação: Verificação da tensão do sensor de
(Para numa posição em que Se não houver alteração, execute uma
Falha no sensor ângulo de inclinação:
o interruptor de nivelamento verificação na instalação ou substitua
Instalação do sensor de ângulo de inclinação: Incline para frente e para trás e
automático do garfo o sensor.
Conexão, peça instalada destruída, danificada verifique a alteração da tensão.
está pressionado)
Controle de
inclinação Valor de sincronização horizontal
Siga o procedimento de sincronização
para sensor do ângulo de inclinação: –
para sincronizar novamente.
Não atende o estado real (sincronize novamente)

Unidade do interruptor de altura de


Verificação LIGADO/DESLIGADO Verifique o chicote ou substitua o
levantamento (2200H):
com o equipamento de diagnóstico. interruptor
Falha de desconexão (dano interno, emperrado)

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Valor de sincronização horizontal para sensor Siga o procedimento de


do ângulo de inclinação: – sincronização para sincronizar
Nivelamento automático de Não atende o estado real (sincronize novamente) novamente.
inclinação para frente do
garfo não para.
(Para em uma posição
levemente fora da nivelada) Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua
7-151
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-152
Unidade do interruptor de nivelamento automático
do garfo: Falha aberto (dano interno)
Mecanismo detecção do interruptor de
nivelamento do garfo (minialavanca, joystick): LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
Falha de ajuste da folga da peça de detecção equipamento de diagnóstico interruptor
Linha do interruptor de nivelamento automático
do garfo (Fonte de alimentação, sinal, terra):
Falha por desconexão (Chicote, conector)
A velocidade de Se não ocorrer alteração na
inclinação para t LIGUE/DESLIGUE o solenoide de velocidade de inclinação para trás
Válvula de controle de inclinação C/V:
rás do mastro não inclinação e opere a inclinação quando LIGADO/DESLIGADO for
Controle de Emperrada (dano interno)
está limitada. para trás usando o teste ativo. operado, substitua a válvula
inclinação
Ou a velocidade de
inclinação para trás
Unidade do interruptor de altura de levantamento
está sempre lenta. LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua
(2200H):
equipamento de diagnóstico o interruptor
Falha de desconexão (dano interno,emperrado)

Ajuste do mostrador (minialavanca, joystick):


Verifique o conteúdo do ajuste
A especificação de alteração 3/4 vias está Alteração
da opção.
ajustada para alteração 2/3 vias

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Unidade do sensor de ângulo de


Verificação da tensão do
Veículo com mini inclinação:
sensor de ângulo de
alavanca, joystick: Falha no sensor Se não houver alteração, execute
inclinação:
Nivelamento automático Instalação do sensor de ângulo de uma verificação na instalação ou
Incline para frente e para
de inclinação para trás inclinação: substitua o sensor.
Função da trás e verifique a alteração
do garfo não para. Conexão, peça instalada destruída,
minialavanca da tensão.
(Continua a inclinar danificada
para a posição mais Valor de sincronização horizontal
inclinada para trás sem Siga o procedimento de
para sensor do ângulo de inclinação:
parar na posição nivelada) – sincronização para sincronizar
Não atende o estado real
novamente.
(sincronize novamente)
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do interruptor de
nivelamento automático do garfo:
Falha aberto (dano interno)
Mecanismo detecção do interruptor
Veículo com mini LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
de nivelamento do garfo (minialavanca, joystick):
alavanca, joystick: equipamento de diagnóstico interruptor
Falha de ajuste da folga da peça de detecção
Nivelamento automático
Linha do interruptor de nivelamento automático do garfo
de inclinação para trás
(Fonte de alimentação, sinal, terra):
do garfo não para.
Falha por desconexão (Chicote, conector)
(Continua a inclinar
para a posição mais
Ajuste do mostrador (minialavanca, joystick):
inclinada para trás sem
• A especificação de alteração 3/4 vias está ajustada
Função da parar na posição nivelada) Verifique o conteúdo do ajuste da
para alteração 2/3 vias Alteração
minialavanca opção
• O nivelamento automático de inclinação do braço
para trás está desativado.

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Veículo com mini


alavanca, joystick:
Nivelamento automático Consulte o nivelamento automático do garfo para frente
de inclinação para trás não para (para na posição que o interruptor de – –
do garfo não para. (Para nivelamento automático for pressionado).
em uma posição
levemente fora da nivelada)

Unidade do sensor de ângulo de inclinação: Verificação da tensão do sensor


Se não houver alteração, execute
Veículo com mini Falha no sensor Instalação do sensor de ângulo de de ângulo de inclinação:
uma verificação na instalação ou
alavanca, joystick: inclinação: Incline para frente e para trás e
substitua o sensor.
Nivelamento automático Conexão, peça instalada destruída, danificada verifique a alteração da tensão.
de inclinação para trás do
garfo não para. (Para
Valor de sincronização horizontal para sensor do ângulo Siga o procedimento de
numa posição em que o
de inclinação: – sincronização para sincronizar
Função da interruptor de nivelamento
Não atende o estado real (sincronize novamente) novamente.
minialavanca automático do garfo está
pressionado)
Controlador SAS/OPS:
– Substitua
Falha do controlador
Especificação para
Ajuste do mostrador:
3 vias (4 vias):
O número de alavancas de Verifique o conteúdo do ajuste
Mesmo que ATT1 (ATT2) Alteração
acessórios não está ajustado para da opção.
seja operado, ele não
3 vias (4 vias)
funciona.
7-153
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-154
Unidade do sensor de ângulo do pneu:
O botão move fora do
Falha no sensor Verificação da tensão do sensor
alinhamento em certa Se não houver alteração, execute
Instalação do sensor de ângulo do de ângulo do pneu:
posição. uma verificação na instalação ou
pneu: Opere o volante e verifique a
(Mais que 10° fora da substitua o sensor.
Peça solta, danificada, dano no variação na tensão.
posição alinhada à frente)
alojamento do rolamento

Unidade do sensor de ângulo de esterçamento:


Falha no sensor Instalação do sensor de ângulo LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua
de esterçamento: de diagnóstico o sensor
Falha no excêntrico ou no volante de direção

O botão move fora do


alinhamento em certa Usando o teste ativo gire a correção
posição. do botão SOL ON e OFF e opere a
(Mais que 10° fora da direção no batente do pneu.
posição alinhada à frente) Unidade da válvula de correção da posição do botão: SOL ON: verifique se o volante de
Substitua
Vazamento, emperrada (dano interno) direção pode ser girado livremente.
Controle de SOL OFF: Verifique se o volante de
posição do direção não pode ser girado
botão livremente (o volante fica pesado).

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Unidade do sensor de ângulo do pneu:


Verificação da tensão do sensor de Se não houver alteração,
Falha no sensor
ângulo do pneu: execute uma verificação na
Instalação do sensor de ângulo do pneu:
Opere o volante e verifique a variação instalação ou substitua o
Peça solta, danificada, dano no alojamento
na tensão. sensor.
do rolamento
A posição do botão está Valor da tensão do sensor de
fora do alinhamento. Siga o procedimento de
ângulo do pneu:
(A posição do botão não – sincronização para sincronizar
Não atende o estado real
é constante quando se novamente.
(sincronize novamente)
trafega alinhado à frente)

Unidade do sensor de ângulo de esterçamento:


Falha no sensor Instalação do sensor de ângulo de Verifique a tensão do sensor com o Verifique o chicote ou substitua
esterçamento: equipamento de diagnóstico. o sensor
Falha no excêntrico ou no volante de direção
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Usando o teste ativo gire a correção do


botão SOL ON e OFF e opere a direção
no batente do pneu.
Unidade da válvula de correção da posição do botão: SOL ON: Verifique se o volante de
Substitua
Vazamento, emperrada (dano interno) direção pode ser girado livremente.
SOL OFF: Verifique se o volante de
direção não pode ser girado livremente
(o volante fica pesado).

Falha na conexão do sistema do cilindro PS:


– Substitua
Falha do pino excêntrico, pino rei

A posição do botão está


fora do alinhamento.
Controle de posição
(A posição do botão não
do botão
é constante quando se Unidade do sensor de velocidade do veículo:
trafega alinhado à frente) Não detecta baixa velocidade (dano interno)
Instalação do sensor de velocidade do veículo: Se não houver alteração,
Verifique a tensão do sensor e a
A alta velocidade não é detectada corretamente execute uma verificação na
velocidade do veículo com o
(a ponta do sensor está com partícula metálica presa) instalação ou substitua o
equipamento de diagnóstico.
Linha do sensor de velocidade do veículo sensor.
(lado SPD+, lado SPD-):
Falha por vazamento (Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua

Fusível:
Verifique se o fusível está
Fusível ECU+B queimado –
queimado
Fusível ECU-IG queimado
A lâmpada com o
Medidor símbolo de ferramenta Linha de comunicação do medidor:
está acesa continuamente. Curto ao aterramento (Chicote, conector)
Falha por desconexão (Chicote, conector) – Verificação do chicote
Linha SAS/OPS IG, linha +B, sistema do massa:
Falha por desconexão (Chicote, conector)
7-155
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-156

Unidade da bateria:
Tensão baixa, aquecedor de admissão, Verifique a tensão da bateria com Mantenha o motor em alta rotação
funcionamento de equipamento auxiliar o equipamento de diagnóstico. por certo tempo.
com grande corrente

A lâmpada com o símbolo de ferramenta Ajuste do controlador SAS/OPS: Siga o procedimento de


está acesa continuamente. sincronização para sincronizar
A comparação não é concluída
8novamente.

Unidade do medidor: Falha do medidor – Substitua

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua


Medidor

Linha de alimentação do medidor:


A lâmpada com a imagem da ferramenta Falha por desconexão (Chicote, conector) – Verificação do chicote
não acende mesmo com o interruptor
da chave de ignição LIGADO.
Unidade do medidor: Falha do medidor – Substitua

Conector de inicialização do horímetro:


Não conectado Verifique o chicote ou substitua

Linha do sinal de inicialização do horímetro: o conector
O horímetro não é apresentado. Falha por desconexão (Chicote, conector)

Unidade do medidor: Falha do medidor – Substitua


Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Unidade do interruptor de abaixamento e elevação:


Falha por interrupção (Instalação incorreta do
interruptor, dano interno, emperrado)Linha do
LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua
interruptor de abaixamento da elevação:
de diagnóstico o interruptor
Falha por desconexão (Chicote, conector)
Linha massa do interruptor:
Falha por desconexão (Chicote, conector)
Para empilhadeiras
com alavanca STD: Usando o teste ativo, DESLIGUE o
Não é possível Se a elevação não puder abaixar
Válvula de travamento inferior da elevação C/V solenoide de travamento inferior de
abaixar a elevação. pela operação de abaixamento,
Emperrada (dano interno) elevação e execute a operação de
substitua o C/V.
abaixamento.

Unidade do interruptor do banco:


Falha aberto (dano interno) LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua o
Linha do interruptor do banco (Sinal, amassamento): de diagnóstico interruptor
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Unidade do interruptor de inclinação à frente:


Falha por interrupção (Instalação incorreta do
interruptor, dano interno, emperrado)
LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua o
OPS Para empilhadeiras com Linha do interruptor de inclinação à frente:
de diagnóstico interruptor
alavanca STD: Falha por desconexão (Chicote, conector)
Não pode executa a Linha massa do interruptor: Falha por desconexão
inclinação para frente. (Chicote, conector)

LIGUE o solenoide de inclinação e Se a inclinação para frente não


Válvula de controle de inclinação C/V
opere a inclinação para frente usando for possível, substitua a válvula
Emperrada (dano interno)
o teste ativo. de controle de inclinação C/V.
Unidade do interruptor do banco:
Para empilhadeiras
Falha aberto (dano interno)
com alavanca STD: LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua o
Linha do interruptor do banco
Não pode executa a de diagnóstico interruptor
(Sinal, amassamento): Falha por desconexão
inclinação para frente
(Chicote, conector)
Para empilhadeiras
com alavanca STD: Unidade do interruptor de abaixamento e elevação:
Não é possível abaixar Falha por interrupção (Instalação incorreta do
apenas ao ocupar o interruptor, dano interno, emperrado)
LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
banco após a operação Linha do interruptor de abaixamento da elevação:
equipamento de diagnóstico interruptor
OPS (ocupar o banco e Falha por desconexão (Chicote, conector)
DESLIGAR→LIGAR a Linha massa do interruptor: Falha por desconexão
chave permitira que seja (Chicote, conector)
abaixado).
7-157
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-158

Unidade do interruptor de
inclinação para trás:
Falha por interrupção
(Instalação incorreta do interruptor,
dano interno, emperrado)
Linha do interruptor de inclinação LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua
para trás: de diagnóstico o interruptor
Falha por desconexão
(Chicote, conector)
Linha massa do interruptor:
Para empilhadeiras com Falha por desconexão
alavanca STD: (Chicote, conector)
Não pode executar a
inclinação para trás. Se a inclinação para trás não for
Válvula de travamento da inclinação Gire o solenoide de travamento de inclinação para trás
possível, substitua a válvula de
para trás C/V DESLIGUE e opere a inclinação para trás usando
travamento de inclinação para
Emperrada (dano interno) um teste ativo.
trás C/V.
Unidade do interruptor do banco:
Falha aberto (dano interno)
Linha do interruptor do banco Verifique o chicote ou substitua o
LIGAR/DESLIGAR com o equipamento de diagnóstico
OPS (Sinal, amassamento): interruptor
Falha por desconexão
(Chicote, conector)

Para empilhadeiras com alavanca STD:


Não pode executar o DESLIGUE o solenoide da válvula de descarga e
Se a elevação não for possível,
manuseio de material Válvula de descarga C/V: execute a operação de elevação usando o teste ativo.
substitua a válvula de descarga
exceto para abaixamento Emperrada (dano interno) Para veículos com minialavanca:
C/V.
da elevação. LIGUE o solenoide da válvula de descarga e execute a
operação de elevação usando o teste ativo.

Se a inclinação para frente for


Válvula de controle de inclinação LIGUE o solenoide de inclinação e opere a inclinação
possível, substitua a válvula de
C/V: Emperrada (dano interno) para frente usando o teste ativo.
controle de inclinação C/V.

Válvula de travamento da DESLIGUE o solenoide de travamento da inclinação Se a inclinação para trás for
O OPS de manuseio
inclinação para trás C/V: para trás e opere ainclinação para trás usando o teste possível, substitua a válvula de
de materiais não
Emperrada (dano interno) ativo. controle de inclinação C/V.
funciona.
Se o abaixamento for possível,
Válvula de travamento inferior da Usando o teste ativo, LIGUE o solenoide
substitua a válvula de
elevação C/V: de travamento inferior de elevação e
travamento inferior de elevação
Emperrada (dano interno) execute a operação de abaixamento.
C/V.
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva

Para empilhadeiras com alavanca STD:


LIGUE o solenoide da válvula de descarga
e execute a operação de elevação usando Se a elevação for possível,
Válvula de descarga C/V:
o teste ativo. Para veículos com substitua a válvula de
Emperrada (dano interno)
minialavanca: DESLIGUE o solenoide da descarga C/V.
válvula de descarga e execute a operação
O OPS de manuseio
de elevação usando o teste ativo.
OPS de materiais não
funciona Unidade do interruptor do banco:
Falha curto (dano interno) LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua
Linha do interruptor do banco (Sinal, amassamento): de diagnóstico o interruptor
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS:Falha do controlador – Substitua

Unidade do interruptor do banco: Falha aberto (dano


interno) Linha do interruptor do banco (Sinal, LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua o
amassamento): Falha por desconexão (Chicote, de diagnóstico interruptor
conector)
Para veículos com Para empilhadeiras com alavanca STD:
alavanca STD, mini DESLIGUE o solenoide da válvula de
alavanca: descarga e execute a operação de elevação Se a elevação não for possível,
Nenhum manuseio de Válvula de descarga C/V: Emperrada (dano interno) usando o teste ativo. substitua a válvula de descarga
material pode ser feito. Para veículos com minialavanca: LIGUE o C/V.
solenoide da válvula de descarga e execute a
operação de elevação usando o teste ativo.

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua


OPS Se o deslocamento para frente
Unidade do relé do interruptor de deslocamento pode ser executado, substitua o
para frente: Emperrada (dano interno, soldada) LIGUE os relés do interruptor de relé do interruptor de deslocamento
Unidade do relé do interruptor de deslocamento deslocamento para frente e para trás para frente. Se o deslocamento
para trás: Emperrada (dano interno, soldada) e opere o deslocamento para frente e para trás pode ser executado,
Linha do lado secundário do relé: para trás usando o teste ativo. substitua o relé do interruptor de
Veículos T/C:
Falha por curto-circuito (Chicote, conector) deslocamento para trás. Ou
O OPS de
deslocamento não execute uma verificação no chicote.
funciona. Unidade do interruptor em curto: Falha aberto (dano
interno) Linha do interruptor LIGAR/DESLIGAR com o equipamento Verifique o chicote ou substitua
do banco (Sinal, amassamento): Falha por de diagnóstico o interruptor
desconexão (Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua


7-159
Tipo de controle Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva 7-160

Fusível: Verifique quanto a fusível



Fusível de mudança queimado queimado

Se o deslocamento para frente não


pode ser executado, substitua o relé
Unidade do relé do interruptor de deslocamento
do interruptor de deslocamento para
para frente: Falha por interrupção (dano interno, DESLIGUE os relés do interruptor
frente.
soldado) Unidade do relé do interruptor de de deslocamento para frente e para
Se o deslocamento para trás não
deslocamento para trás: trás e opere o deslocamento para
pode ser executado, substitua o
Falha por interrupção (dano interno, soldado) frente e para trás usando o teste
relé do interruptor de deslocamento
Linha do lado secundário do relé: Falha por ativo.
para trás.
interrupção (Chicote, conector)
Ou execute uma verificação no
chicote.
Veículos com T/C OPS:
OPS
Não se pode conduzir.

Unidade do interruptor do banco: Falha aberto


(dano interno) Linha do interruptor do banco LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
(Sinal, amassamento): Falha por desconexão equipamento de diagnóstico interruptor
(Chicote, conector)

Unidade da alavanca de direção: Falha sistema


aberto (dano interno) Linha de sinal da alavanca LIGAR/DESLIGAR com o Verifique o chicote ou substitua o
de direção: equipamento de diagnóstico interruptor
Falha por desconexão (Chicote, conector)

Controlador SAS/OPS: Falha do controlador – Substitua


Causas de Falhas Quando Não Há Mostrador de Erro do motor 1FZ
Atenção:
Se um código de falha ou a lâmpada com imagem de ferramenta estiver piscando, repare-o antes.

Sintoma apresentado Área de mau funcionamento • modo Método de verificação Ação corretiva
Sensor do acelerador:
Detectado pelo sensor ou procedimento Quando uma falha ocorre após o ajuste do
A rotação de marcha lenta está incorreto para a substituição do sensor sensor do acelerador ou substituição do
Verifique a tensão do sensor do
maior que a especificada mesmo (após a substituição do sensor, o valor sensor, desconecte o terminal negativo da
acelerador com o equipamento
quando o pedal do acelerador reconhecido da posição totalmente bateria enquanto o interruptor da chave está
de diagnóstico.
não está pressionando. aberta não é redefinido, a menos que o DESLIGADO e reconecte-o. A seguir LIGUE
terminal da bateria seja desconectado e o interruptor de ignição.
conectado novamente)
7-161
8-1

LISTA SST – LISTA DE PADRÕES DE SERVIÇO

Página

LISTA DE FERRAMENTAS ESPECIAIS (SST) ....................... 8-2


LISTA DE VALORES PADRÃO DE SERVIÇO......................... 8-4

8
8-2

LISTA DE FERRAMENTAS ESPECIAIS (SST)


Seção
Ilustração Número da Peça Nome do componente
1 5 7

Suporte de sustentação do motor e


09010-23320-71 O
transmissão

09010-20111-71 Suporte de sustentação do motor O

09090-76001-71
Dispositivo eslinga do motor O
(09090-04010)

09045-76001-71
Chave de vela de ignição O
(09045-38162)

09238-13130-71 Chicote secundário O

09230-13700-71 Pino de verificação do IC O

09240-26600-71 Analisador de encaixar O O

09950-76014-71 Jogo de extratores B O


8-3

Seção
Ilustração Número da Peça Nome do componente
1 5 7

0
09610-22000-71 Batente do mastro interior O

2
Rolamento sem-fim da direção e 3
09623-76001-71 O
instalador do retentor de óleo
4

09110-30200-71
Extrator e instalador do eixo
intermediário
O 6
7
8
09810-210172-71 Extrator do pino da junta O
E
8-4

LISTA DE VALORES PADRÃO DE SERVIÇO


MOTOR
Motor
1FZ Padrão 750
Rotação da marcha lenta rpm
15Z Padrão 750
1FZ Padrão 2350
Rotação máxima estática sem carga rpm
15Z Padrão 2300

Pedal do acelerador
Ângulo do pedal (com o acelerador OFF) Padrão 45°

Torque de aperto Unidade: N.m (kgf.cm) [lb.pé]


31,4 ~ 74,5 (320 ~ 760)
Porca de fixação da haste do braço (traseira) T/M Padrão
[23,1 ~ 55,0]
T/M Padrão 53,9 ~ 99,0 (550 ~ 1010)
Porca de fixação do motor
T/C Padrão [39,8 ~ 73,1]
56,9 ~ 64,7 (580 ~ 660)
Parafuso de fixação da carcaça do volante do motor T/C Padrão
[42,0 ~ 47,8]
98,07 ~ 156,9 (1000 ~ 1600)
Parafuso de fixação do volante do motor T/C Padrão
[72,35 ~ 115,8]
14,7 ~ 24,5 (150 ~ 250)
Parafuso de fixação da placa flexível T/C Padrão
[10,9 ~ 18,1]

CARROÇARIA
Torque de aperto Unidade: N.m (kgf.cm) [lbf.pé]
Parafuso de fixação da tampa do tanque de combustível Padrão 12,3 (125) [9,0]

SAS/OPS
Torque de aperto Unidade: N.m (kgf.cm) [lbf.pé]
Parafuso de fixação do controlador SAS/OPS Padrão 5,5 (56) [4,1]
Parafuso de fixação do sensor da taxa de desvio Padrão 5,5 (56) [4,1]
10 ~ 16 (100 ~ 160)
Parafuso de ajuste do sensor de ângulo do pneu Padrão
[7,2 ~ 12,0]
Parafuso de fixação do pino do cilindro de travamento da 16,2 ~ 37,8 (162 ~ 378)
Padrão
suspensão [11,7 ~ 27,3]
Parafuso de fixação da válvula solenoide de compensação da 33,0 ~ 45,0 (337 ~ 459)
Padrão
posição do botão da direção [24,4 ~ 33,2]
7,8 ~ 18,2 (80 ~ 186)
Parafuso de ajuste do sensor de ângulo de inclinação Padrão
[5,8 ~ 13,4]
35,3 ~ 43,1 (360 ~ 440)
Sensor de carga Padrão
[26,0 ~ 31,8]
Parafuso de fixação do sensor de velocidade Padrão 3,0 ~ 7,0 (31 ~ 71) [2,2 ~ 5,1]
V
Parafuso do interruptor de altura do garfo Padrão 27 (275) [20,0]
FV-FSV
E
DIAGRAMA ELÉTRICO

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO E1
CAPÍTULO 2 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2
CAPÍTULO 3 CIRCUITOS DO SISTEMA E3
CAPÍTULO 4 PONTOS DE MASSA E4
CAPÍTULO 5 FUSÍVEIS PARA ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA E5
CAPÍTULO 6 LISTA DE CONECTORES E6

E
INTRODUÇÃO E1-1

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO E1

CAPÍTULOS DESTA SEÇÃO ...................................................................E1-2


COMO LER OS CAPÍTULOS
Capítulo 2 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E ENCAMINHAMENTO DA
FIAÇÃO ELÉTRICA
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA....................................E1-3
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS
BLOCO DE JUNÇÃO(J/B) / BLOCO DE RELÉS (R/B) .......................E1-4
Capítulo 3 CIRCUITOS DO SISTEMA
CIRCUITO DA ALIMENTAÇÃO DE TENSÃO .....................................E1-6
PÁGINA DE REFERÊNCIA ...............................................................E1-10
Capítulo 4 PONTOS DE MASSA
PONTOS DE MASSA ........................................................................ E1-11
Capítulo 5 FUSÍVEIS PARA ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA
FUSÍVEIS PARA ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA ................................... E1-11
Capítulo 6 LISTA DE CONECTORES E
LISTA DE CONECTORES .................................................................E1-12
CABO A CABO ..................................................................................E1-13
ABREVIAÇÕES ......................................................................................E1-14
GLOSSÁRIO DE TERMOS E SÍMBOLOS .............................................E1-15
E1-2 INTRODUÇÃO

CAPÍTULOS DESTA SEÇÃO


Esta seção consiste dos 6 capítulos a seguir:

Capítulo 1 INTRODUÇÃO Faz uma breve explicação sobre cada capítulo, fornece instruções
sobre como usar este manual e define as abreviações usadas nos
diagramas dos circuitos elétricos.

Capítulo 2 LOCALIZAÇÃO DOS O encaminhamento da fiação elétrica mostra posições de instalação,


RELÉS E pontos de massa, números de conectores e nomes de peças
ENCAMINHAMENTO DA relacionadas aos chicotes elétricos, conectores, blocos de relés e
FIAÇÃO ELÉTRICA blocos de junção utilizados na empilhadeira, tais como no
compartimento do motor, painel de instrumentos e mastro.
A localização dos relés mostra desenhos de projetos e diagramas de
circuitos internos relacionados aos relés, blocos de relés (R/B), blocos
de junção (J/B), conexões fusíveis (F/L) e conectores de junção (J/C).

Capítulo 3 CIRCUITOS DO SISTEMA Mostra os diagramas do circuito de alimentação elétrica e os diagramas


elétricos para cada sistema, tal como o motor.
(Somente as informações sobre fiação para circuitos completos são
mostradas.)

Capítulo 4 PONTOS DE MASSA Mostra os sistemas relacionados a cada ponto de massa.

Capítulo 5 FUSÍVEIS PARA Mostra a distribuição da alimentação a partir de cada alimentação


ALIMENTAÇÃO elétrica (fusível ou conexão fusível) para os diversos sistemas.
ELÉTRICA

Capítulo 6 LISTA DE CONECTORES Mostra os formatos e números de peças dos conectores utilizados nos
encaminhamentos da fiação elétrica e nos diagramas elétricos.
E1-3

COMO LER OS CAPÍTULOS


Capítulo 2 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA
O encaminhamento da fiação elétrica mostra as posições de instalação, pontos de massa, números de conectores
e números de peças relacionados aos chicotes elétricos, conectores, blocos de relés e blocos de junção utilizados
na empilhadeira.
E1
(Os códigos dos conectores são os mesmos utilizados nos diagramas elétricos.)

2
3
4

6
7
8
E

[A] Título [G] Código do ponto de massa


Indica uma localização na empilhadeira. Indica um código do ponto de massa.
[B] Chicote elétrico [H] Nome do ponto de massa
Indica um nome de chicote elétrico. Indica um nome de ponto de massa.
[C] Página de referência para encaminhamento da [I] Conector chicote a chicote
fiação elétrica Indica um código de conector que une dois chicotes
Indica uma página de referência que mostra uma elétricos.
localização do chicote elétrico quando o mesmo [J] Nomes dos chicotes elétricos
continua em um encaminhamento de chicote Indica dois nomes de chicotes elétricos para uma
elétrico diferente. conexão de chicote elétrico e um chicote elétrico.
[D] Bloco de junção [K] Conector (peça)
Indica o nome de um bloco de junção e um código Indica um código de conector conectado a uma peça.
de conector a ser conectado. [L] Nome da peça
[E] Conector do bloco de junção Indica um nome de peça conectado a um conector.
Indica um código de conector conectado a um bloco
de junção.
[F] Conexão entre o chicote e o bloco de junção
Indica o nome de um bloco de junção e um nome de
chicote a ser conectado.
E1-4 INTRODUÇÃO

LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS


A localização dos relés mostra os conectores conectados aos blocos de junção, relés, fusíveis e diagramas
elétricos internos.
INTRODUÇÃO E1-5

[A] Bloco de junção / bloco dos relés


Indica o nome de um bloco de junção ou bloco de relés, sua localização e página de referência para um
diagrama elétrico interno.
[B] Código e cor do conector
Indica o código e a cor de um conector conectado a um bloco de junção.
[C] Número de peça do conector
Indica o número de peça de um conector.
[D] Forma do conector e número do terminal
Indica a forma de um conector no lado do bloco de junção.
Os números indicam os números dos terminais.
[E] Forma do conector e número do terminal
Indica a forma de um conector no lado do chicote.
Os números indicam os números dos terminais.
[F] Fusível
Indica um nome de fusível e a sua capacidade.
O terminal 1 está no lado primário e o terminal 2 no lado secundário.
[G] Diagrama interno do circuito
Indica um diagrama interno de circuito de um bloco de junção.
[H] Código do conector e número do terminal
Indica um código de conector e o número do terminal conectado a um bloco de junção.
E1-6 INTRODUÇÃO

Capítulo 3 CIRCUITOS DO SISTEMA


CIRCUITOS DO SISTEMA (1)
Um circuito de sistema consiste de um diagrama de fontes de alimentação e os respectivos diagramas do sistema.
Um diagrama de fontes de alimentação mostra as conexões da fonte de alimentação para os fusíveis. Um diagrama
de sistema mostra as conexões dos fusíveis aos pontos de massa de cada sistema.
INTRODUÇÃO E1-7

[A] Página de seção [G] Código de conexão página a página


Indica o número da página para a seção. Indica que um chicote elétrico continua na página
[B] Título do sistema seguinte a partir de um código de correspondência.
Indica um nome de sistema. [H] Chicote ao conector do chicote
[C] Nome da peça e código do conector Indica um código de conector que conecta dois
Indica um nome de peça e um código de conector a chicotes elétricos.
ser conectado. Quanto aos formatos dos Quanto aos formatos dos conectores, consulte o
conectores, consulte o capítulo 6 LISTA DE capítulo 6 LISTA DE CONECTORES.
CONECTORES.
Chicote ao conector do chicote
C7 Conector (peça)
Número do terminal
O chicote elétrico no qual o conector
está localizado. Chicote elétrico a ser conectado
Exemplo: “C” indica um conector utilizado Exemplo: “AK” significa uma conexão do
no chicote elétrico C. conector fêmea*1 do cabo “A” e o conector
Para os nomes do chicote consulte o macho*2 do cabo “K”.
Capítulo 2 ENCAMINHAMENTO DA *1: Um conector fêmea possui um terminal
FIAÇÃO ELÉTRICA e LOCALIZAÇÃO DOS fêmea.
RELÉS. *2: Um conector macho possui um terminal
macho.
Número de série alocado para o conector

D11 (A), D42 (D) Número de série de um conector


Lado do terminal macho
Número do conector
Usado para indicar diferentes conectores
quando diversos conectores são conectados a
uma peça, ou vários tipos de conectores são
utilizados de acordo com as especificações.

[D] Fusível
Indica um nome de fusível e a sua capacidade.
O terminal 1 está no lado primário e o terminal 2 no
lado secundário.
Para as posições de instalação consulte o capítulo 2
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA e
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS.
[E] Informações sobre alimentação elétrica
Indica a posição da chave de ignição quando é
fornecida alimentação a um fusível.
[F] Informações sobre especificações
Indica que as cores dos cabos ou conectores
variam de acordo com os modelos de
empilhadeiras, tipos de motores ou especificações.
E1-8 INTRODUÇÃO

Capítulo 3 CIRCUITOS DO SISTEMA (2)


INTRODUÇÃO E1-9

[I] Número do terminal [L] Cor do cabo


Indica um número de terminal de um conector a ser Indica uma cor de chicote elétrico.
conectado. Quando dois códigos alfabéticos são indicados, por
[J] Conector do bloco de junção exemplo “W-B”, a primeira letra indica a cor básica
Indica um código de conector conectado a um bloco do cabo e a segunda letra indica a cor do filete.
de junção. Código
Cor do
Código
Cor do
Código
Cor do
Para a forma do conector consulte o capítulo 2 Cabo Cabo Cabo
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA e B Preto L Azul SB Azul Céu
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS. Verde
BR Marrom LG V Violeta
Claro
Conector do bloco de junção DG
Cinza
O Laranja W Branco
Dentro de um bloco de junção Escuro
G Verde P Rosa Y Amarelo
Tipo de bloco de junção GR Cinza R Vermelho AM Âmbar
Número de série alocado para o conector.
Exemplo: “1B” indica conector B no centro do
bloco de junção.
Exemplo: W-B
Número do terminal W-B
(Branco) (Preto)
Um número no interior indica um bloco de relés
ou bloco de fusíveis.
Quanto aos formatos, consulte o capítulo 2 [M] Interruptor
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E Os diagramas elétricos são mostrados com os
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA interruptores na posição desligada.
Quanto às condições de operação dos
[K] Código do ponto de massa interruptores, consulte o manual de reparações.
Indica um código do ponto de massa.
Quanto às posições dos pontos de massa, consulte
o capítulo 2 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

Código do ponto de massa

Chicote conectado ao pondo de massa


Um ponto de massa está indicado por um
código alfabético.
Exemplo: “MJ” indica que o chicote elétrico M é
ligado à massa no ponto J.
E1-10 INTRODUÇÃO

PÁGINA DE REFERÊNCIA

[A] Peças
Indica as páginas que mostram encaminhamentos de chicotes elétricos para as peças.
[B] Blocos de relés e blocos de junção
Indica títulos e páginas que mostram os encaminhamentos dos chicotes elétricos para os blocos de relés ou
blocos de junção.
[C] Conexões do chicote elétrico e chicote elétrico
Indica títulos e páginas que mostram encaminhamentos de chicotes elétricos para as conexões de dois
chicotes.
[D] Pontos de massa
Indica títulos e páginas que mostram os encaminhamentos dos chicotes elétricos para os pontos de massa.
INTRODUÇÃO E1-11

Capítulo 4 PONTOS DE MASSA


PONTOS DE MASSA
Estas tabelas descrevem os sistemas relacionados a cada ponto de amassamento.

Capítulo 5 FUSÍVEIS PARA ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA


FUSÍVEIS PARA ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA
Estas tabelas descrevem a distribuição da alimentação a partir de cada alimentação elétrica (fusível ou conexão
fusível) para os diversos sistemas.
E1-12 INTRODUÇÃO

Capítulo 6 LISTA DE CONECTORES


LISTA DE CONECTORES

[A] Formato do conector e número do terminal


Indica o formato do conector no lado do chicote elétrico, o qual é conectado a uma peça.
Os números indicam os números dos terminais que são utilizados nos diagramas elétricos.
[B] Cor do conector
Indica uma cor de conector.
[C] Conector (peça)
Indica um número de conector conectado a uma peça.
O código é o mesmo daquele usado no encaminhamento do chicote elétrico.
[D] Número de peça do conector
Indica o número de peça de um conector.
INTRODUÇÃO E1-13

CHICOTE ELÉTRICO AO CONECTOR DO CHICOTE

[A] Formato do conector e número do terminal


Indica um formato de conector que conecta dois chicotes elétricos.
À esquerda: Formato do conector fêmea*1 (Este exemplo indica um conector para o cabo G)
À direita: Formato do conector macho*2 (Este exemplo indica um conector para o cabo K)
*1: Um conector fêmea possui um terminal fêmea.
*2: Um conector macho possui um terminal macho.
[B] Cor do conector
Indica uma cor de conector.
[C] Chicote ao conector do chicote
Indica um código de conector que conecta dois chicotes elétricos.
O código é o mesmo daquele usado no encaminhamento do chicote elétrico e diagrama elétrico.
[D] Número de peça do conector
Indica o número de peça de um conector
E1-14 INTRODUÇÃO

ABREVIAÇÕES
As abreviações a seguir são usadas nesta seção.
Abreviações Explicação
ASC Controle Automático de Velocidade
ASSY Conjunto
CNG Gás Natural Comprimido
DPF Filtro de Particulados de Diesel
ECU Unidade Eletrônica de Controle
FR Frente
J/B Bloco de Junção
LE Lado Esquerdo
GLP Gás Liquefeito de Petróleo
T/M Transmissão Manual
OPS Sensor de Presença do Operador
PS Direção Hidráulica
R/B Bloco de Relés
LD Lado Direito
RR Traseira
SAS Sistema de Estabilidade Ativa
SOL Solenoide
T/C Conversor de Torque e Transmissão
W/ Com
W/O Sem
INTRODUÇÃO E1-15

GLOSSÁRIO DE TERMOS E SÍMBOLOS


BATERIA MASSA RELÉ INTERRUPTOR, MANUAL

NORMALMENTE NORMALMENTE
FECHADO ABERTO

CAPACITOR FARÓIS
(Condensador)
NORMALMENTE NORMALMENTE
FILAMENTO FECHADO
ABERTO
SIMPLES

ACENDEDOR RELÉ, DUPLO INTERRUPTOR, DUPLO


DE CIGARROS
NORMALMENTE
DUPLO

DIODO BUZINA RESISTOR, ROSCADO INTERRUPTOR, IGNIÇÃO

DIODO, ZENER LUZ SENSOR (Termistor)

LED (Diodo MEDIDOR, SENSOR INTERRUPTOR,


Emissor de Luz) ANALÓGICO PARADA DO LIMPADOR

FOTODIODO MEDIDOR, DIGITAL PINO CURTO CABOS

NÃO
CONECTADOS

MOTOR RESISTOR FUSÍVEL


EMENDADOS

ALTO-FALANTE RESISTOR, VARIÁVEL SOLENOIDE CABO DE ALTA TENSÃO


ou REOSTATO

TRANSÍSTOR
MEMO
E2-1

CAPÍTULO 2 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E


ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E1
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2
COMPARTIMENTO DO MOTOR (1FZ)..................................................E2-2
COMPARTIMENTO DO MOTOR (14Z-II)...............................................E2-4
COMPARTIMENTO DO MOTOR (15Z)..................................................E2-6
PAINEL DE INSTRUMENTOS ...............................................................E2-8
PARTE DIANTEIRA DA CARROÇARIA...............................................E2-10
ÁREA DO MASTRO .............................................................................E2-12
CARROCERIA TRASEIRA (Nº 1) ........................................................E2-14
CARROCERIA TRASEIRA (Nº 2) ........................................................E2-16
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS
CONJUNTO DO BLOCO DE CONEXÕES FUSÍVEIS: LADO ESQUERDO
DO COMPARTIMENTO DO MOTOR ...................................................E2-18
CAIXA DE RELÉS DAS LUZES: LADO DIREITO DO PAINEL DE
INSTRUMENTOS .................................................................................E2-19
CAIXA DE RELÉS TORCON: COMPARTIMENTO DO MOTOR, LADO
ESQUERDO .........................................................................................E2-20
CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR:
COMPARTIMENTO DO MOTOR, LADO ESQUERDO ........................E2-21
CONECTOR DA UNIÃO CAN: DENTRO DA CAIXA DO ECU (CIRCUITO
INTERNO: CONSULTE A PÁGINA E2-25) ..........................................E2-22
CONECTOR DE JUNÇÃO ...................................................................E2-23
[CIRCUITO INTERNO DO CONJUNTO DO BLOCO DE ARTICULAÇÕES
FUSÍVEIS] ............................................................................................E2-24
[CIRCUITO INTERNO DO CONECTOR DA UNIÃO CAN] ..................E2-25

SÍMBOLOS NOME DO CABO SÍMBOLOS NOME DO CABO


A CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA U CABO SECUNDÁRIO INFERIOR TRASEIRO
B CABO DO MOTOR X CABO DO SENSOR DO MASTRO
C CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Y CABO DO MEDIDOR TÉRMICO TORCON
D CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 2 Z CABO DE ADVERTÊNCIA DE GLP
E CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 3 a CABO DA LUZ DA PLACA DE LICENÇA
F CABO DA TRANSMISSÃO b CABO DA LUZ DO TERO
G CABO INFERIOR TRASEIRO f CABO SECUNDÁRIO DO ACELERADOR
H CABO SUPERIOR TRASEIRO g CABO DO LIMPADOR
J CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE) h CABO DO AQUECEDOR
K CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS i CABO DO MOSTRADOR DE DPF
L CABO SEGUNDÁRIO DO MEDIDOR k CABO AQUECEDOR DPF
M CABO PRINCIPAL DO CAPÔ m CABO DPF AC
N CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 n CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)
CABO DO DISPOSITIVO DE PARTIDA DA
P p CABO DO INTERRUPTOR DE PRESSÃO
BATERIA
Q CABO DE MASSA DA BATERIA q CABO DO RESERVATÓRIO DO LAVADOR
S CABO DA BATERIA Nº 1 r CABO DO VENTILADOR
T CABO DA BATERIA Nº 2
E2-2 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

COMPARTIMENTO DO MOTOR (1FZ)

CABO SECUNDÁRIO
DO ACELERADOR

CABO DO MOTOR
CABO DO DISPOSITIVO DE
PARTIDA DA BATERIA

CABO DE MASSA
DA BATERIA
Para E2-10

Para E2-10

CABO SECUNDÁRIO
DO MOTOR

CABO DO
INTERRUPTOR DE
PRESSÃO

CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº2


ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-3

ALTERNADOR CABO DO MOTOR ao CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR

ALTERNADOR CABO DO MOTOR ao CABO SECUNDÁRIO DO ACELERADOR


DISTRIBUIDOR CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR ao CABO DO INTERRUPTOR
(SENSOR DE ÂNGULO DA ÁRVORE DE COMANDO & DE PRESSÃO
SENSOR DE ÂNGULO DA ÁRVORE DE MANIVELAS) CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº2 ao CABO DO MOTOR
SENSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA

TRANSMISSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA


MASSA SUPERIOR DO MOTOR
INJETOR Nº1

ATUADOR DA RELAÇÃO DE AR/COMBUSTÍVEL MASSA INFERIOR ESQUERDO COLUNA TRASEIRA

INJETOR Nº2

INJETOR Nº4

INJETOR Nº3

INJETOR Nº6

INJETOR Nº5

SENSOR DE VÁCUO

INJETOR GLP

SENSOR DE POSIÇÃO DO ACELERADOR (ATUADOR DO ACELERADOR)

CONECTOR DO TACÔMETRO

MOTOR DE PARTIDA

SENSOR DE TEMPERATURA DA ADMISSÃO

MÓDULO DE IGNIÇÃO

BOBINA DE IGNIÇÃO

SOLENOIDE DE REDUÇÃO DE GLP

SOLENOIDE PRINCIPAL DE GLP

RESISTOR GLP

INTERRUPTOR DA PRESSÃO DO ÓLEO

SENSOR DE OXIGÊNIO

MOTOR DE PARTIDA

BATERIA

BATERIA

SENSOR DO ACELERADOR

CABO DO INTERRUPTOR DE PRESSÃO GLP

CABO DO INTERRUPTOR DE PRESSÃO GLP


E2-4 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

COMPARTIMENTO DO MOTOR (14Z-II)


CABO DO Para E2-8
VENTILADOR
CABO DO MOSTRADOR
DE DPF

CABO DO DISPOSITIVO Para E2-10


DE PARTIDA DA
BATERIA
Para E2-10

CABO DE MASSA
DA BATERIA

Para E2-16

CABO DO
MOTOR

ESPEC PARA CLIMAS FRIOS ou


BATERIA DE ALTA CAPACIDADE

CABO DO DISPOSITIVO DE PARTIDA DA BATERIA

CABO DA BATERIA Nº 2

CABO DA BATERIA Nº 1

CABO DE MASSA DA BATERIA


ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-5

ALTERNADOR CABO DO MOTOR ao CABO DO VENTILADOR


ALTERNADOR CABO DO MOSTRADOR DE DPF ao CABO DO MOTOR

TRANSMISSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA CABO DO AQUECEDOR DO DPF ao CABO DO MOTOR

SENSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA CABO CA DO DPF ao CABO DO MOTOR

AQUECEDOR DA ADMISSÃO

SOLENOIDE DE CORTE DE COMBUSTÍVEL (SENSOR DE RPM) MASSA INFERIOR ESQUERDO COLUNA TRASEIRA

SOLENOIDE DE CORTE DO COMBUSTÍVEL


MOTOR DE PARTIDA

INTERRUPTOR DA PRESSÃO DO ÓLEO

VERIFICADOR DPF

SENSOR DE CONTRAPRESSÃO

SENSOR DE FLUXO DE AR

VÁLVULA DPF
SENSOR DE TEMPERATURA

CONTROLADOR DPF

CONTROLADOR DPF
AVISO SONORO DPF

J/C (Nº 4)

J/C (Nº 4)

MOTOR DE PARTIDA

BATERIA
BATERIA

BATERIA

BATERIA
BATERIA

BATERIA

VENTILADOR DPF

VENTILADOR DPF
E2-6 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

COMPARTIMENTO DO MOTOR (15Z)

CABO DO Para E2-8


VENTILADOR
CABO DO MOSTRADOR
DE DPF

Para E2-10
CABO DO
DISPOSITIVO DE
PARTIDA DA BATERIA Para E2-10

CABO DA
CABO DA BATERIA
BATERIA Nº 1
Nº 2 Para E2-16

CABO DE MASSA
DA BATERIA CABO DO
MOTOR
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-7

ALTERNADOR CABO DO MOTOR ao CABO DO VENTILADOR

ALTERNADOR CABO DO MOSTRADOR DE DPF ao CABO DO MOTOR


TRANSMISSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA CABO DO AQUECEDOR DO DPF ao CABO DO MOTOR

SENSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA CABO CA DO DPF ao CABO DO MOTOR

SOLENOIDE DE CORTE DE COMBUSTÍVEL (SENSOR DE RPM)

SOLENOIDE DE CORTE DO COMBUSTÍVEL MASSA INFERIOR ESQUERDO COLUNA TRASEIRA

MOTOR DE PARTIDA

INTERRUPTOR DA PRESSÃO DO ÓLEO

VERIFICADOR DPF

SENSOR DE CONTRAPRESSÃO

SENSOR DE FLUXO DE AR

VÁLVULA DPF

SENSOR DE TEMPERATURA

CONTROLADOR DPF

CONTROLADOR DPF

AVISO SONORO DPF


J/C (Nº 6)

J/C (Nº 4)

VELA DE AQUECIMENTO

MOTOR DE PARTIDA

BATERIA
BATERIA

BATERIA

BATERIA
BATERIA

BATERIA

VENTILADOR DPF

VENTILADOR DPF
E2-8 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

PAINEL DE INSTRUMENTOS
*1: EXCETO COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD)
*2: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD)
*3: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LE)

CABO DO LIMPADOR
CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR

CABO DO PAINEL
DE INSTRUMENTOS

CAIXA DE
RELÉS DAS
LUZES
Para E2-12 Para E2-12

Para E2-4
Para E2-6
Para E2-16
CABO PRINCIPAL
DA CARROÇARIA
CABO DO RESERVATÓRIO
DO LAVADOR
Para E2-10
[COM APOIO DE BRAÇO]
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-9

INTERRUPTOR DO FREIO DE ESTACIONAMENTO INTERRUPTOR DAS LUZES DE TRABALHO TRASEIRAS

SINAL SONORO MEDIDOR COMBINADO


INTERRUPTOR DE PARADA DO NIVELAMENTO
RELÉ DO LIMPADOR
AUTOMÁTICO DO GARFO
INTERRUPTOR DO MOSTRADOR DE CARGA MOTOR LIMPADOR DIANTEIRO

INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO MOTOR DO ATUADOR DO LAVADOR DIANTEIRO

INTERRUPTOR DE CONTROLE DAS LUZES (LE) MOTOR DO ATUADOR DO LAVADOR DIANTEIRO


INTERRUPTOR DE MUDANÇA
CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE
SENSOR DE ÂNGULO DA DIREÇÃO RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)
CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE
INTERRUPTOR DA BUZINA RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)
INTERRUPTOR DE CONTROLE DAS LUZES CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO
PRINCIPAL DA CARROÇARIA
INTERRUPTOR DE MUDANÇA (LD)
CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO LIMPADOR
SOLENOIDE EMPURRA VÁLVULA DE CONTROLE CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO
AQUECEDOR
INTERRUPTOR DE ABAIXAMENTO ESQUERDO CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO
MOSTRADOR DO DPF
SOLENOIDE DE DESCARGA CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL
DA CARROÇARIA
INTERRUPTOR DE INCLINAÇÃO
CABO DO LIMPADOR ao CABO DO RESERVATÓRIO DO
SOLENOIDE DE DESCARGA LAVADOR

SOLENOIDE DO SINCRONIZADOR DA DIREÇÃO

SOLENOIDE DE INCLINAÇÃO

CONTROLADOR DA MINIALAVANCA SAS/OPS

CONTROLADOR SAS/OPS
CONTROLADOR SAS/OPS

SENSOR DO ÂNGULO DE INCLINAÇÃO

J/C (Nº3)
J/C (Nº2)

RELÉ DO REDUTOR DE INTENSIDADE DAS LUZES

MOSTRADOR DPF

INTERRUPTOR DE SELEÇÃO DE COMBUSTÍVEL

INTERRUPTOR DE ADVERTÊNCIA GLP

MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS

INTERRUPTOR DO AQUECEDOR

INTERRUPTOR DO LIMPADOR DIANTEIRO

INTERRUPTOR DO LIMPADOR TRASEIRO


E2-10 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

PARTE DIANTEIRA DA CARROÇARIA

CABO DA
TRANSMISSÃO

CABO DO
MEDIDOR DE
AQUECIMENTO CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR
TORCON CABO DO MOTOR

Para E2-2
Para E2-4
Para E2-6
Para E2-2
Para E2-8
Para E2-4 Para E2-14
Para E2-6
CABO SECUNDÁRIO
DO MOTOR Nº3

Para E2-12

CAIXA DE RELÉS TORCON


CABO DE
CABO PRINCIPAL ADVERTÊNCIA DE GLP
DA CARROÇARIA

CABO DA
TRANSMISSÃO
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-11

SOLENOIDE PUXA VÁLVULA DE CONTROLE CAN J/C (Nº2)

SENSOR DE VELOCIDADE RELÉ DA VELA DE AQUECIMENTO

BUZINA TEMPORIZADOR DAS VELAS DE AQUECIMENTO


BOMBA DE COMBUSTÍVEL (CONJUNTO DO EMISSOR
BUZINA
DE COMBUSTÍVEL)
SOLENOIDE DE TRAVAMENTO DE INCLINAÇÃO PARA TRÁS INTERRUPTOR DE PARTIDA NEUTRA

CONECTOR DE SINCRONIZAÇÃO INTERRUPTOR DA LUZ DE RÉ

CONECTOR DE SINCRONIZAÇÃO INTERRUPTOR DE ADVERTÊNCIA DO FILTRO DE AR

SOLENOIDE DE TRAVAMENTO DE LEVANTAMENTO INTERRUPTOR DE ADVERTÊNCIA DO FILTRO DE AR

SENSOR DA TAXA DE DESVIO AVISO SONORO DE RÉ

LAMPEJADOR (LD) INTERRUPTOR DE ADVERTÊNCIA DO RADIADOR (LD)

J/C (Nº1) SOLENOIDE DE MUDANÇA A

CONJUNTO DO BLOCO DE CONEXÕES FUSÍVEIS SOLENOIDE DE MUDANÇA B

CONJUNTO DO BLOCO DE CONEXÕES FUSÍVEIS SENSOR DE TEMPERATURA DO ÓLEO DE TORCON

CONECTOR DE DIAGNÓSTICO AVISO SONORO GLP

TEMPORIZADOR DE PRÉ-AQUECIMENTO RELÉ GLP

RELÉ DO AQUECEDOR DA ADMISSÃO


CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
RELÉ DO AQUECEDOR DA ADMISSÃO
RELÉ DO AQUECEDOR DA ADMISSÃO CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA
TRANSMISSÃO
RELÉ DO AQUECEDOR DA ADMISSÃO
CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE
RELÉ DO AQUECEDOR DA ADMISSÃO ADVERTÊNCIA DE GLP

CAN J/C (Nº1) CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA


CARROÇARIA
CAN J/C (Nº1)
CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 3 ao CABO DO MOTOR
CAN J/C (Nº1)
CABO DO SENSOR DO MASTRO ao CABO PRINCIPAL
CAN J/C (Nº1) DA CARROÇARIA
CABO DO MEDIDOR TÉRMICO TORCON ao CABO
J/C (Nº5) PRINCIPAL DA CARROÇARIA

CONTROLADOR DO MOTOR
MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
CONTROLADOR DO MOTOR

CONTROLADOR DO MOTOR MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL


CONTROLADOR DO MOTOR
MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
J/C (Nº 7)

J/C (Nº 7) MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL


J/C (Nº 8)

J/C (Nº 8) MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL


E2-12 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

ÁREA DO MASTRO

[FAROL STD]

CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)

[FAROL STD]
[EXCETO FAROL STD]

Para E2-8

Para E2-8

Para E2-10
[EXCETO FAROL STD]

CABO DE RETENÇÃO
DIANTEIRO (LD)

CABO DO SENSOR
DO MASTRO
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-13

LANTERNA COMBINADA DIANTEIRA (LE)

FAROL (LE)

INTERRUPTOR DE ALTURA DO LEVANTAMENTO

SENSOR DE CARGA

LANTERNA COMBINADA DIANTEIRA (LD)

FAROL (LD)

CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)

CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)

CABO DO SENSOR DO MASTRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA


E2-14 ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA

CARROÇARIA TRASEIRA (Nº 1)

CABO SUPERIOR [COM DESCANSA-BRAÇO]


TRASEIRO
CABO DA LUZ DO TETO

CABO SECUNDÁRIO
DO CAPÔ Nº1

Para E2-10

CABO DA LUZ DA
CABO PRINCIPAL PLACA DE LICENÇA
DA CARROÇARIA

CABO SECUNDÁRIO
INFERIOR TRASEIRO

CABO INFERIOR
TRASEIRO
CABO PRINCIPAL
DO CAPÔ
GLP EXCLUSIVO COM LUZ DE LICENÇA ou
GLP CONVERSÍVEL COM LUZ DE LICENÇA

CABO DA LUZ DA
PLACA DE LICENÇA
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-15

INTERRUPTOR DE SEDIMENTOS DE COMBUSTÍVEL CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO


PRINCIPAL DO CAPÔ
INTERRUPTOR DE ADVERTÊNCIA DO RADIADOR (LE) CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA LUZ
DE LICENÇA
SOLENÓIDE TRAVAMENTO SUSPENSÃO CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA LUZ
DO TETO
LANTERNA COMBINADA TRASEIRA (LE) CABO INFERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA
CARROÇARIA
LANTERNA COMBINADA TRASEIRA (LD) CABO INFERIOR TRASEIRO ao CABO SECUNDÁRIO
INFERIOR TRASEIRO
FAROL TRASEIRO

LUZ SINALIZADORA CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA


CARROÇARIA
LUZ DA PLACA DE LICENÇA

LUZ DA PLACA DE LICENÇA CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA


MOTOR LIMPADOR TRASEIRO CARROÇARIA

INTERRUPTOR DO ASSENTO
CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ No. 1 ao CABO
INTERRUPTOR DO ASSENTO PRINCIPAL DO CAPÔ

INTERRUPTOR DO ASSENTO

CONECTOR DO PINO CURTO

ALAVANCA DE LEVANTAMENTO

INTERRUPTOR DO MOSTRADOR DE CARGA


ALAVANCA DE INCLINAÇÃO

INTERRUPTOR DE PARADA DO NIVELAMENTO AUTOMÁTICO DO GARFO

INTERRUPTOR DE MUDANÇA (APOIO DE BRAÇO)

ALAVANCA DO ACESSÓRIO 1

ALAVANCA DO ACESSÓRIO 2

SENSOR DO ÂNGULO DO PNEU

LUZ DA PLACA DE LICENÇA

LUZ DA PLACA DE LICENÇA

L. TETO

L. TETO
E2-16

CARROÇARIA TRASEIRA (Nº 2)

Para E2-8
Para E2-4
Para E2-6
CABO
AQUECEDOR DPF

CABO DPF AC

CABO DO
AQUECEDOR
ENCAMINHAMENTO DA FIAÇÃO ELÉTRICA E2-17

MOTOR DO VENTILADOR INTERNO

RELÉ DO AQUECEDOR

AQUECEDOR DPF

CONECTOR CA

CONECTOR CA

CONECTOR CA

CABO DO AQUECEDOR DO DPF ao CABO DO MOTOR

CABO DO AC ao CABO DO MOTOR

MASSA EXTERNO DIREITO DA PLACA FRONTAL


E2-18 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS

CONJUNTO DO BLOCO DE CONEXÕES FUSÍVEIS: LADO ESQUERDO DO


COMPARTIMENTO DO MOTOR

[DIANTEIRO]

ALT AQUEC. PRINCIPAL

[TRASEIRO]

PRETO PRETO
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E2-19

CAIXA DE RELÉS DAS LUZES: LADO DIREITO DO PAINEL DE


INSTRUMENTOS

RELÉ DOS FARÓIS

RELÉ DAS LANTERNAS TRASEIRAS


E2-20 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS

CAIXA DE RELÉS TORCON: COMPARTIMENTO DO MOTOR, LADO


ESQUERDO

RELÉ DIANTEIRO DIREITO T/C

RELÉ TRASEIRO DIREITO T/C


LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E2-21

CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR: COMPARTIMENTO


DO MOTOR, LADO ESQUERDO

*1: 15A E-THRO (1FZ)


7,5A ECU-B2 (14Z-II, 15Z)
*2: 15A (1FZ)
7,5A (14Z-II, 15Z) RESERVA
*3: RELÉ PRINCIPAL DE EFI (1FZ)
RELÉ DO DPF (14Z-II, 15Z) RESERVA
*4: RELÉ C/OPN (1FZ)
*5: EFI (1FZ) HORÍME-
DPF (14Z-II, 15Z) TRO

MEDIDOR

LUZ DE RÉ

IND
DIREÇÃO

BUZINA
RESERVA

RESERVA

FREIO

LANTERNA

RELÉ PRINCIPAL GLP

RELÉ AM2

LUZ DE
OPERAÇÃO

FAROL
E2-22 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS

CONECTOR DA UNIÃO CAN: DENTRO DA CAIXA DO ECU (CIRCUITO


INTERNO: CONSULTE A PÁGINA E2-25)

AZUL MARROM

TERMINAL DE JUNÇÃO
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E2-23

CONECTOR DE JUNÇÃO

CINZA
CINZA

CINZA
CINZA

CINZA CINZA

PRETO PRETO

AZUL AZUL
E2-24 LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS

[CIRCUITO INTERNO DO CONJUNTO DO BLOCO DE ARTICULAÇÕES


FUSÍVEIS]

80A ALT (14Z-II)


100A ALT (1FZ, 15Z)

120A INCANDESCENTE (14Z-II)


60A INCANDESCENTE (15Z)

PRINCIPAL 120A
LOCALIZAÇÃO DOS RELÉS E2-25

[CIRCUITO INTERNO DO CONECTOR DA UNIÃO CAN]

TERMINAL DE JUNÇÃO
MEMO
E3-1

CAPÍTULO 3 CIRCUITOS DO SISTEMA E1

FONTE DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA


E2
FONTE DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA ................................................E3-2
SISTEMA DE CARGA ............................................................................E3-4
E3
MOTOR
PARTIDA ................................................................................................E3-6
COMBUSTÍVEL......................................................................................E3-8
CONTROLE DO MOTOR .....................................................................E3-10
INCANDESCENTE (15Z) .....................................................................E3-16
AQUECEDOR DA ADMISSÃO (14Z-II)................................................E3-18
DPF-II ...................................................................................................E3-20
CHASSI
TRANSMISSÃO ELÉTRICA.................................................................E3-24
SISTEMA SAS/OPS .............................................................................E3-26
CARROÇARIA
MINIALAVANCA E JOYSTICK .............................................................E3-30
DIAGNÓSTICO ....................................................................................E3-32
FAROL TRASEIRO ..............................................................................E3-34
LUZ ESTROBOSCÓPICA ....................................................................E3-36
PAINEL DE INSTRUMENTOS
MEDIDOR COMBINADO .....................................................................E3-38
MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS .........................................E3-42
LIMPADOR E LAVADOR ......................................................................E3-44
BUZINA ................................................................................................E3-46
SISTEMA DE ADVERTÊNCIA DE GLP ...............................................E3-48
SISTEMA DE ILUMINAÇÃO
LÂMPADA DO FAROL .........................................................................E3-50
INDICADOR DE DIREÇÃO ..................................................................E3-52
LÂMPADA DE DISTÂNCIA E LANTERNA TRASEIRA ........................E3-54
AVISO SONORO DA LUZ DE RÉ ........................................................E3-56
LUZ DE FREIO.....................................................................................E3-58
SISTEMA AQUECEDOR
AQUECEDOR ......................................................................................E3-60
SISTEMA DE COMUNICAÇÃO
CAN ......................................................................................................E3-62
OUTROS
L. TETO ................................................................................................E3-64
MASSA A MASSA ................................................................................E3-66
*1: 14Z-II (ESPEC PARA CLIMAS FRIOS ou BATERIA DE ALTA
CAPACIDADE), 15Z E3-2
*2: 1FZ
*3: 14Z-II
*4: 15Z
*5: 1FZ ou 15Z
*6: 14Z-II ou 15Z
*7: COM DPF-II

15A LUZ DE OPERAÇÃO

7,5A FREIO

15A FAROL

7,5A LANTERNA

15A BUZINA
7,5A IND DIREÇÃO

A12
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO

B9

FUSÍVEIS

60A V AQUEC *4

120A PRINCIPAL
120A V AQUEC *3
CONJUNTO DO BLOCO DE CONEXÕES
RELÉ PARTIDA
RELÉ DOS ACESSÓRIOS
FONTE DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA

S2(A), T2(B) P2(A), Q1(B), S1(C), T1(D)


BATERIA BATERIA
10A LUZ DE RÉ

10A MEDIDOR
FONTE DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA E3-3

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A12 E2-8 P2 E2-2,4,6 S2 E2-4,6
B9 E2-10 Q1 E2-2,4,6 T1 E2-4,6
B34 E2-10 S1 E2-4,6 T2 E2-4,6

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
QJ E2-2,4,6 MASSA INFERIOR ESQUERDO COLUNA TRASEIRA
B10 10A *1: 1FZ ou 15Z E3-4
CONEXÃO FUSÍVEL MEDIDOR *2: 14Z-II
CONJUNTO DO
BLOCO

L1
MEDIDOR COMBINADO

CARGA
SISTEMA DE CARGA

B1 (A), B2 (B)
ALTERNADOR
SISTEMA DE CARGA E3-5

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 B2 E2-2,4,6 L1 E2-8
B1 E2-2,4,6 B10 E2-10

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
*1: 14Z-II (ESPEC PARA CLIMAS FRIOS E3-6
B68 ou BATERIA DE ALTA CAPACIDADE), 15Z
B54 B12
TEMPORIZADOR DAS VELAS *2: 1FZ
CONTROLADOR DO TEMPORIZADOR DE
DE AQUECIMENTO *3: 14Z-II
MOTOR PRÉ-AQUECIMENTO
*4: 15Z
*5: COM DPF-II
*6: SEM DPF-II
*7: COLUNA DA ALAVANCA DE
MUDANÇA T/C (LE)
*8: COLUNA DA ALAVANCA DE
MUDANÇA T/C (LD)
*9: COM APOIO DE BRAÇO STD
A12 *10: T/M
INTERRUPTOR DE *11: 14Z-II ou 15Z
IGNIÇÃO

RELÉ
PARTIDA

N6
PARTIDA

A7
F1

B25
A11

MUDANÇA
MUDANÇA (LD)
(DESCANSA-BRAÇO)
PARTIDA NEUTRA

INTERRUPTOR DE
INTERRUPTOR DE

INTERRUPTOR DE

CONTROLADOR DPF
INTERRUPTOR DE MUDANÇA

B8(A), B51(B), P1(C)


MOTOR DE PARTIDA
S2(A), T2(B) P2(A), Q1(B),
BATERIA S1(C), T1(D)
BATERIA
PARTIDA E3-7

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A7 E2-8 B25 E2-4,6 F1 E2-10 S1 E2-4,6
A11 E2-8 B34 E2-10 N6 E2-14 S2 E2-4,6
A12 E2-8 B51 E2-2 P1 E2-2,4,6 T1 E2-4,6
B8 E2-4,6 B54 E2-10 P2 E2-2,4,6 T2 E2-4,6
B12 E2-10 B68 E2-10 Q1 E2-2,4,6

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AF1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA1 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MN2 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
QJ E2-2,4,6 MASSA INFERIOR ESQUERDO COLUNA TRASEIRA
*1: COM DPF-II E3-8
*2: SEM DPF-II

A12
INTERRUPTOR DE
IGNIÇÃO
COMBUSTÍVEL

B6 B7
SOLENOIDE DE CORTE SOLENOIDE DE CORTE
DO COMBUSTÍVEL DO COMBUSTÍVEL
(SENSOR DE RPM)
COMBUSTÍVEL E3-9

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A12 E2-8 B6 E2-4,6 B7 E2-4,6

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
E3-10
*2: EXCLUSIVO GLP ou CONVERSÍVEL GLP
CONTROLE DO MOTOR

*5: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG

K2
*7: CABO DE PAR TRANÇADO

INTERRUPTOR DE
TRANSFERÊNCIA DE
*4: LPG CONVERSÍVEL

COMBUSTÍVEL
*6: CABO BLINDADO
*3: LPG EXCLUSIVO
*1: GASOLINA

C1
SOLENOIDE DE
REDUÇÃO DE GLP

C2
SOLENOIDE
PRINCIPAL DE GLP

RELÉ PRINCIPAL GLP

E1
BOMBA DE
COMBUSTÍVEL
(CONJUNTO DO
EMISSOR DE
RELÉ C/OPC
COMBUSTÍVEL)

RELÉ PRINCIPAL EFI


*1: GASOLINA
*2: EXCLUSIVO GLP ou CONVERSÍVEL GLP
*3: LPG EXCLUSIVO
*4: LPG CONVERSÍVEL
*5: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG
*6: CABO BLINDADO
*7: CABO DE PAR TRANÇADO

B40
B46
B42
B44
B45

B43

INJETOR Nº1
INJETOR Nº5
INJETOR Nº2
INJETOR Nº3
INJETOR Nº6

INJETOR Nº4

B52 (A), B53 (B), B54 (C), B55 (D)


CONTROLADOR DO MOTOR
CONTROLE DO MOTOR

B41
ATUADOR DA RELAÇÃO DE AR/COMBUSTÍVEL
D2
SENSOR DE OXIGÊNIO
E3-11
*1: GASOLINA
E3-12
*2: EXCLUSIVO GLP ou CONVERSÍVEL GLP
*3: LPG EXCLUSIVO
*4: LPG CONVERSÍVEL
*5: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG
*6: CABO BLINDADO
*7: CABO DE PAR TRANÇADO

RELÉ DE

B38

B47
B63
PARTIDA

B50
DA ÁGUA

B65
DA ADMISSÃO

C3
IGNIÇÃO
TACÔMETRO

B48
BOBINA DE
CONECTOR DO
SENSOR DE VÁCUO

B64

INJETOR GLP
SENSOR DE TEMPERATURA
SENSOR DE TEMPERATURA

RESISTOR GLP
IGNIÇÃO
MÓDULO DE
B52 (A), B53 (B), B54 (C), B55 (D)
CONTROLADOR DO MOTOR
CONTROLE DO MOTOR

B11
B37

DIAGNÓSTICO
B49

CONECTOR DE
DISTRIBUIDOR (SENSOR DE ÂNGULO DA SENSOR DE POSIÇÃO DO ACELERADOR (ATUADOR DO
ÁRVORE DE COMANDO & SENSOR DE ACELERADOR)
ÂNGULO DA ÁRVORE DE MANIVELAS)
10A
*1: GASOLINA
MEDIDOR
*2: EXCLUSIVO GLP ou CONVERSÍVEL GLP
*3: LPG EXCLUSIVO
*4: LPG CONVERSÍVEL
*5: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG
*6: CABO BLINDADO
*7: CABO DE PAR TRANÇADO

L1
B52 (A), B53 (B), B54 (C), B55 (D)
CONTROLADOR DO MOTOR

CHECK E/G
MEDIDOR COMBINADO
CONTROLE DO MOTOR

f1
SENSOR DO ACELERADOR
E3-13
E3-14 CONTROLE DO MOTOR

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 B45 E2-2 B55 E2-10 C1 E2-2
B11 E2-10 B46 E2-2 B58 E2-10 C2 E2-2
B37 E2-2 B47 E2-2 B59 E2-10 C3 E2-2
B38 E2-2 B48 E2-2 B60 E2-10 D2 E2-2
B40 E2-2 B49 E2-2 B61 E2-10 E1 E2-10
B41 E2-2 B50 E2-2 B62 E2-10 K2 E2-8
B42 E2-2 B52 E2-10 B63 E2-2 L1 E2-8
B43 E2-2 B53 E2-10 B64 E2-2 f1 E2-2
B44 E2-2 B54 E2-10 B65 E2-2

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
BC1 E2-2 CABO DO MOTOR ao CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR
Bf1 E2-2 CABO DO MOTOR ao CABO SECUNDÁRIO DO ACELERADOR
DB1 E2-2 CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº2 ao CABO DO MOTOR
EB1 E2-10 CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 3 ao CABO DO MOTOR
KA2 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
BF E2-2 MASSA SUPERIOR DO MOTOR
MEMO E3-15
60A B10 10A
E3-16
V AQUEC CONEXÃO FUSÍVEL MEDIDOR
CONJUNTO DO
BLOCO
B1
ALTERNADOR

B68
TEMPORIZADOR
DAS VELAS DE
AQUECIMENTO
L1
B67 MEDIDOR COMBINADO
RELÉ DA VELA DE
AQUECIMENTO

V AQUEC
CIRCUITO DE
ALIMENTAÇÃO

CIRCUITO DE
CONTROLE DE
INCANDESCÊNCIA
INCANDESCENTE (15Z)

B4

DA ÁGUA
SENSOR DE
RELÉ PARTIDA

TEMPERATURA

B66
VELA DE
AQUECIMENTO
INCANDESCENTE (15Z) E3-17

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 B10 E2-10 B67 E2-10
B1 E2-2,4,6 B34 E2-10 B68 E2-10
B4 E2-4,6 B66 E2-6 L1 E2-8

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
B10 10A
120A
MEDIDOR
E3-18
V AQUEC CONEXÃO FUSÍVEL
CONJUNTO DO
BLOCO
B1
ALTERNADOR

B12
TEMPORIZADOR DE
PRÉ-AQUECIMENTO
L1
B13(A), B14(B), MEDIDOR COMBINADO
B15(C), B16(D),
B17(E)
RELÉ DO
AQUECEDOR DA

V AQUEC
ADMISSÃO CIRCUITO DE
ALIMENTAÇÃO

CIRCUITO DE
CONTROLE DE
INCANDESCÊNCIA

B4
AQUECEDOR DA ADMISSÃO (14Z-II)

DA ÁGUA
RELÉ PARTIDA

SENSOR DE TEMPERATURA
B5
AQUECEDOR DA
ADMISSÃO
AQUECEDOR DA ADMISSÃO (14Z-II) E3-19

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 B10 E2-10 B15 E2-10 L1 E2-8
B1 E2-2,4,6 B12 E2-10 B16 E2-10
B4 E2-4,6 B13 E2-10 B17 E2-10
B5 E2-4 B14 E2-10 B34 E2-10

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
K1
MOSTRADOR DPF
E3-20

MODE

MODE
B25 (A), B26 (B) B25 (A), B26 (B)
CONTROLADOR DPF CONTROLADOR DPF

RELÉ DPF
DPF-II

B22

B23
B29

r1(A), r2(B)
SENSOR DE
FLUXO DE AR

VÁLVULA DPF
B20 B6
VERIFICADOR DPF SOLENOIDE DE

VENTILADOR DPF
CORTE DO

AVISO SONORO DPF


COMBUSTÍVEL
(SENSOR DE RPM)

*1: CABO BLINDADO


*1: CABO BLINDADO
B1
ALTERNADOR

RELÉ DE
PARTIDA

B25 (A), B26 (B) B25 (A), B26 (B)


CONTROLADOR DPF CONTROLADOR DPF
DPF-II

k1

DPF
AQUECEDOR
B24 B21
SENSOR DE SENSOR DE
TEMPERATURA CONTRAPRESSÃO

k2(A), m1(B), m2(C)


CONECTOR CA
E3-21
E3-22 DPF-II

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
B1 E2-2,4,6 B23 E2-4,6 B34 E2-10 k2 E2-16
B6 E2-4,6 B24 E2-4,6 B35 E2-4,6 m1 E2-16
B20 E2-4,6 B25 E2-4,6 B36 E2-4,6 m2 E2-16
B21 E2-4,6 B26 E2-4,6 K1 E2-8 r1 E2-4,6
B22 E2-4,6 B29 E2-4,6 k1 E2-16 r2 E2-4,6

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
Br1 E2-4,6 CABO DO MOTOR ao CABO DO VENTILADOR
Kj1 E2-8 CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO MOSTRADOR DO DPF
jB1 E2-4,6 CABO DO MOSTRADOR DE DPF ao CABO DO MOTOR
kB1 E2-4,6,16 CABO DO AQUECEDOR DO DPF ao CABO DO MOTOR
mB1 E2-4,6,16 CABO CA DO DPF ao CABO DO MOTOR

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
mN E2-16 MASSA EXTERNO DIREITO DA PLACA FRONTAL
MEMO E3-23
E3-24 TRANSMISSÃO ELÉTRICA

T/C TRAS.
RELÉ
F7
SOLENOIDE DE
MUDANÇA A

T/C DIANT.
RELÉ

CONTROLADOR SAS/OPS
A21(A), A22(B)

A11
INTERRUPTOR DE
MUDANÇA (LD)

F8
SOLENOIDE DE
MUDANÇA B

A7
INTERRUPTOR DE MUDANÇA
*2: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD)
*1: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LE)

N6
INTERRUPTOR DE MUDANÇA
(APOIO DE BRAÇO)
*3: APOIO DE BRAÇO STD
TRANSMISSÃO ELÉTRICA E3-25

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A7 E2-8 A21 E2-8 F7 E2-10 N6 E2-14
A11 E2-8 A22 E2-4,6 F8 E2-10

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
2 E2-10 CAIXA DE RELÉS TORCON
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AF2 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA1 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MN2 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AB E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-26

X1
INTERRUPTOR A20
DE ALTURA DO A32 CONTROLADOR DA
LEVANTAMENTO SENSOR DA TAXA MINIALAVANCA
DE DESVIO SAS/OPS

G1
A25

SUSPENSÃO

A2
SINAL
SONORO
SENSOR DE VELOCIDADE

SOLENOIDE TRAVAMENTO

A21(A), A22(B) A21(A), A22(B) A21(A), A22(B)


CONTROLADOR SAS/OPS CONTROLADOR SAS/OPS CONTROLADOR SAS/OPS
SISTEMA SAS/OPS

*1: T/C (COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES)


*2: COM APOIO DE BRAÇO
U1

X2

Y1
*7: ALTURA DE LEVANTAMENTO 2500 OU MAIS

A23
*9: T/M
*10: SEM APOIO DE BRAÇO
DO PNEU

*11: COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES

ÂNGULO DE
A8

SENSOR DO

INCLINAÇÃO

SENSOR DE
*12: 14Z-II COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES
SENSOR DE ÂNGULO DA *13: 1FZ COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES

ÓLEO TORCON

TEMPERATURA
DIREÇÃO *14: SEM APOIO DE BRAÇO (COM MOSTRADOR DE
SENSOR DE CARGA

VÁRIAS FUNÇÕES DX)


SENSOR DO ÂNGULO

*15: COM APOIO DE BRAÇO (COM MOSTRADOR DE


VÁRIAS FUNÇÕES DX)
*16: T/C
*17: COM MONITOR OK
*18: 1FZ
*19: 14Z-II ou 15Z
*20: ESPEC EUROPEIA
*21: ESPEC EUROPEIA SEM DESCANSA-BRAÇO
*22: ESPEC EUROPEIA COM DESCANSA-BRAÇO
*23: EXCETO ESPEC EUROPEIA
*24: CABO DE PAR TRANÇADO
N5

N3

DE CARGA
DO GARFO
AUTOMÁTICO
NIVELAMENTO
INTERRUPTOR

INTERRUPTOR
DE PARADA DO

A3
DO MOSTRADOR

A16
A4

M1

A14
M3 *22
M2 *21
CARGA

INCLINAÇÃO
INTERRUPTOR DE PARADA DO
N1

DO ASSENTO
INTERRUPTOR
CONECTOR DO

A29 (A), A30 (B)


CONECTOR DE
INTERRUPTOR DE
MOSTRADOR DE

SINCRONIZAÇÃO
PINO CURTO

INTERRUPTOR DO

INTERRUPTOR DE
NIVELAMENTO AUTOMÁTICO DO GARFO

ABAIXAMENTO ESQUERDO
INTERRUPTOR DO ASSENTO
A21(A), A22(B) A21(A), A22(B) A21(A), A22(B)
CONTROLADOR SAS/OPS CONTROLADOR SAS/OPS CONTROLADOR SAS/OPS

K4 B11
SISTEMA SAS/OPS

MOSTRADOR DE FUNÇÕES CONECTOR DE


MÚLTIPLAS DIAGNÓSTICO
*1: T/C (COM MOSTRADOR DE VÁRIAS
A18

A28

FUNÇÕES)
DE

A19

A31

*2: COM APOIO DE BRAÇO


A17 *2

*7: ALTURA DE LEVANTAMENTO 2500 OU


A15 *10

MAIS
DA DIREÇÃO

*9: T/M
SOLENOIDE

*10: SEM APOIO DE BRAÇO


*11: COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES
*12: 14Z-II COM MOSTRADOR DE VÁRIAS
DE LEVANTAMENTO

FUNÇÕES
*13: 1FZ COM MOSTRADOR DE VÁRIAS
DE INCLINAÇÃO PARA TRÁS

FUNÇÕES
SOLENOIDE SINCRONIZADOR

SOLENOIDE DE TRAVAMENTO

SOLENOIDE DE INCLINAÇÃO

*14: SEM APOIO DE BRAÇO (COM


SOLENOIDE DE TRAVAMENTO

MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES DX)


*15: COM APOIO DE BRAÇO (COM
MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES DX)
*16: T/C
*17: COM MONITOR OK
*18: 1FZ
*19: 14Z-II ou 15Z
*20: ESPEC EUROPEIA
*21: ESPEC EUROPEIA SEM
DESCANSA-BRAÇO
*22: ESPEC EUROPEIA COM
DESCANSA-BRAÇO
*23: EXCETO ESPEC EUROPEIA
*24: CABO DE PAR TRANÇADO
E3-27
*1: T/C (COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES) E3-28
*2: COM APOIO DE BRAÇO
*7: ALTURA DE LEVANTAMENTO 2500 OU MAIS
*9: T/M
*10: SEM APOIO DE BRAÇO
*11: COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES
*12: 14Z-II COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES
*13: 1FZ COM MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES
*14: SEM DESCANSA-BRAÇO (COM MOSTRADOR DE
VÁRIAS FUNÇÕES DX)
*15: COM DESCANSA-BRAÇO (COM MOSTRADOR DE
VÁRIAS FUNÇÕES DX)
*16: T/C
*17: COM MONITOR OK
*18: 1FZ
*19: 14Z-II ou 15Z
*20: ESPEC EUROPEIA

RELÉ
RELÉ
*21: ESPEC EUROPEIA SEM DESCANSA-BRAÇO
*22: ESPEC EUROPEIA COM DESCANSA-BRAÇO

T/C TRAS.

T/C DIANT.
*23: EXCETO ESPEC EUROPEIA
*24: CABO DE PAR TRANÇADO

L1
MEDIDOR COMBINADO

CIRCUITO DE
ALIMENTAÇÃO

CHAVE
SERVOFREIO
A21(A), A22(B)
CIRCUITO DE CONTROLE
CONTROLADOR SAS/OPS
SISTEMA SAS/OPS

A1

DE ESTACIONAMENTO
INTERRUPTOR DO FREIO
SISTEMA SAS/OPS E3-29

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A1 E2-8 A20 E2-8 B11 E2-10 N1 E2-14
A2 E2-8 A21 E2-8 B31 E2-10 N3 E2-14
A3 E2-8 A22 E2-8 B32 E2-10 N5 E2-14
A4 E2-8 A23 E2-8 B33 E2-10 U1 E2-14
A8 E2-8 A25 E2-10 B62 E2-10 X1 E2-12
A14 E2-8 A28 E2-10 G1 E2-14 X2 E2-12
A15 E2-8 A29 E2-10 K4 E2-8 Y1 E2-10
A16 E2-8 A30 E2-10 L1 E2-8
A17 E2-8 A31 E2-10 M1 E2-14
A18 E2-8 A32 E2-10 M2 E2-14
A19 E2-8 A39 E2-10 M3 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
2 E2-10 CAIXA DE RELÉS TORCON
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
AM1 E2-14 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
GA1 E2-14 CABO INFERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
GU1 E2-14 CABO INFERIOR TRASEIRO ao CABO SECUNDÁRIO INFERIOR TRASEIRO
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA1 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MN2 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ
XA1 E2-10,12 CABO DO SENSOR DO MASTRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
YA1 E2-10 CABO DO MEDIDOR TÉRMICO TORCON ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AB E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AD E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
*1: ESPEC DO ACESSÓRIO
E3-30
*2: ESPEC DO ACESSÓRIO (4 VIAS)

N2 N4 N7 N8
ALAVANCA DE ALAVANCA DE ALAVANCA DO ALAVANCA DO
LEVANTAMENTO INCLINAÇÃO ACESSÓRIO 1 ACESSÓRIO 2

A20
CONTROLADOR DA
MINIALAVANCA
SAS/OPS

A21

A13
A24
MINIALAVANCA E JOYSTICK

CONTROLADOR
SAS/OPS
CONTROLE

SOLENOIDE
VÁLVULA DE

DE CONTROLE
SOLENOIDE PUXA

EMPURRA VÁLVULA
MINIALAVANCA E JOYSTICK E3-31

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A13 E2-8 A24 E2-10 N2 E2-14 N8 E2-14
A20 E2-8 A37 E2-8 N4 E2-14
A21 E2-8 A38 E2-8 N7 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA1 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA2 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MN1 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ
MN2 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AD E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
*1: 1FZ
E3-32
*2: 14Z-II ou 15Z
*3: MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS
B52 A22 *4: CABO DE PAR TRANÇADO
CONTROLADOR DO MOTOR CONTROLADOR SAS/OPS

K4
MOSTRADOR DE
FUNÇÕES MÚLTIPLAS
DIAGNÓSTICO

B11
CONECTOR DE
DIAGNÓSTICO
DIAGNÓSTICO E3-33

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A22 E2-8 B32 E2-10 B58 E2-10 K4 E2-8
B11 E2-10 B33 E2-10 B60 E2-10
B30 E2-10 B34 E2-10 B61 E2-10
B31 E2-10 B52 E2-10 B62 E2-10

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
BF E2-2 MASSA SUPERIOR DO MOTOR
15A
LUZ DE OPERAÇÃO
E3-34

K8
INTERRUPTOR
DAS LUZES DE
TRABALHO
TRASEIRAS
FAROL TRASEIRO

H3
FAROL TRASEIRO
FAROL TRASEIRO E3-35

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
H3 E2-14 K8 E2-8

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
KA2 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AD E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-36 LUZ ESTROBOSCÓPICA
LUZ DE RÉ

H4
LUZ DO FAROL
10A

GIRATÓRIO
LUZ ESTROBOSCÓPICA E3-37

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
H4 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
10A
*1: 1FZ
MEDIDOR
E3-38
*2: 14Z-II ou 15Z
*3: COM MONITOR OK
*4: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG
*5: COM DPF-II
*6: SEM DPF-II
*7: EXCETO EXCLUSIVO GLP
*8: T/M COM MONITOR OK
*9: T/C COM MONITOR OK
*10: 1FZ COM MONITOR OK
*11: T/M COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)
*12: T/C COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)
*13: 14Z-II
L1 *14: 15Z
MEDIDOR COMBINADO

FREIO
CIRCUITO DE ALIMENTAÇÃO
DO HORÍMETRO

CHAVE
INCANDESCENTE *2
VERIFICAÇÃO E/G *1
CIRCUITO DE CONTROLE

ILUMINAÇÃO LCD
MEDIDOR COMBINADO

7.5A A22
LUZ DE CONTROLADOR SAS/OPS
RELÉ
C/OPN

ADVERTÊNCIA

DE
B3*2
B39*1

DA ÁGUA
TRANSMISSOR

TEMPERATURA
MEDIDOR COMBINADO E3-39

*11: T/M COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)


*12: T/C COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)
*4: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG

B18*2
D1 *1
*7: EXCETO EXCLUSIVO GLP

INTERRUPTOR
*10: 1FZ COM MONITOR OK
*8: T/M COM MONITOR OK
*9: T/C COM MONITOR OK

DA PRESSÃO
DO ÓLEO
*3: COM MONITOR OK

ÓLEO
*2: 14Z-II ou 15Z

*5: COM DPF-II


*6: SEM DPF-II

*13: 14Z-II
*14: 15Z
*1: 1FZ

A36
INTERRUPTOR DE
ADVERTÊNCIA DO
RADIADOR (LE)

RADIADOR

F6
INTERRUPTOR DE
ADVERTÊNCIA DO
RADIADOR (LD)

F3 (A), F4 (B)
INTERRUPTOR DE
ADVERTÊNCIA DO
FILTRO DE AR

FILTRO DE AR

A34
INTERRUPTOR DE
SEDIMENTOS DE
COMBUSTÍVEL

SEDIMENTOS
A1
INTERRUPTOR DO
FREIO DE
ESTACIONAMENTO

E1
BOMBA DE COMBUSTÍVEL
(CONJUNTO DO EMISSOR
DE COMBUSTÍVEL)
MEDIDOR COMBINADO
L1
*1: 1FZ
E3-40
*2: 14Z-II ou 15Z
*3: COM MONITOR OK
*4: GASOLINA ou CONVERSÍVEL LPG
*5: COM DPF-II
*6: SEM DPF-II
*7: EXCETO EXCLUSIVO GLP
*8: T/M COM MONITOR OK
*9: T/C COM MONITOR OK
*10: 1FZ COM MONITOR OK
*11: T/M COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)
*12: T/C COM MONITOR OK (14Z-II ou 15Z)
L1 *13: 14Z-II
MEDIDOR COMBINADO *14: 15Z

CARGA
MEDIDOR COMBINADO

B1

B68
B52
B12

MOTOR

CARGA DO
ALTERNADOR

INCANDESCENTE
CONTROLADOR DO
TEMPORIZADOR DE
PRÉ-AQUECIMENTO

TEMPORIZADOR DA VELA
MEDIDOR COMBINADO E3-41

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A1 E2-8 B1 E2-2,4,6 B39 E2-2 E1 E2-10
A22 E2-8 B3 E2-4,6 B52 E2-10 F3 E2-10
A34 E2-14 B12 E2-10 B60 E2-10 F4 E2-10
A36 E2-14 B18 E2-4,6 B68 E2-10 F6 E2-10
A39 E2-10 B34 E2-10 D1 E2-2 L1 E2-8

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
AF1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
AF2 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
DB1 E2-2 CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 2 ao CABO DO MOTOR
EB1 E2-10 CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR Nº 3 ao CABO DO MOTOR
LA1 E2-8 CABO SECUNDÁRIO DO MEDIDOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AB E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
*1: 1FZ
*2: 14Z-II ou 15Z
E3-42
*3: CABO DE PAR TRANÇADO

A22
CONTROLADOR SAS/OPS

K4
MOSTRADOR DE B11
FUNÇÕES CONECTOR DE DIAGNÓSTICO
MÚLTIPLAS
MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS

B52
CONTROLADOR
DO MOTOR
MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS E3-43

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A22 E2-8 B31 E2-10 B33 E2-10 B62 E2-10
A22 E2-10 B32 E2-10 B52 E2-10 K4 E2-8

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
10A 20A *1: COM AQUECEDOR
MEDIDOR WIP *2: SEM AQUECEDOR
E3-44
K6 K7
INTERRUPTOR DO LIMPADOR INTERRUPTOR DO LIMPADOR
DIANTEIRO TRASEIRO

H7

g2
MOTOR DO LIMPADOR
TRASEIRO

q1 *1
g3 *2

DIANTEIRO

g1
MOTOR DO LIMPADOR

RELÉ DO
LIMPADOR
DO LAVADOR DIANTEIRO
LIMPADOR E LAVADOR

MOTOR DO RESERVATÓRIO
LIMPADOR E LAVADOR E3-45

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 K6 E2-8 g1 E2-8 g3 E2-8
H7 E2-14 K7 E2-8 g2 E2-8 q1 E2-8

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
HA3 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
Kg1 E2-8 CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO LIMPADOR
gq1 E2-8 CABO DO LIMPADOR ao CABO DO RESERVATÓRIO DO LAVADOR

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
15A E3-46
BUZINA

A26(A), A27(B)
BUZINA
BUZINA

A9
INTERRUPTOR DA BUZINA
BUZINA E3-47

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A9 E2-8 A26 E2-10 A27 E2-10

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-48 SISTEMA DE ADVERTÊNCIA DE GLP

CABO DO INTERRUPTOR DE PRESSÃO GLP


p1(A), p2(B)

Z1
AVISO SONORO GLP

Z2
RELÉ GLP
INTERRUPTOR

ADVERTÊNCIA
GLP
DE
K3

B52(A), B54(B), B55(C)


CONTROLADOR DO
MOTOR
SISTEMA DE ADVERTÊNCIA DE GLP E3-49

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
B52 E2-10 B58 E2-10 Z1 E2-10 p2 E2-2
B54 E2-10 B59 E2-10 Z2 E2-10
B55 E2-10 K3 E2-8 p1 E2-2

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
AZ1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE ADVERTÊNCIA DE GLP
BC1 E2-2 CABO DO MOTOR ao CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR
Cp1 E2-2 CABO SECUNDÁRIO DO MOTOR ao CABO DO INTERRUPTOR DE PRESSÃO
KA2 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AD E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-50 LÂMPADA DO FAROL
*2: EXCETO FAROL STD
*1: COM FAROL STD

n1
LANTERNA COMBINADA
DIANTEIRA (LD)

n3
FAROL (LD)

J1
LANTERNA
COMBINADA
DIANTEIRA
(LE)

J3
FAROL (LE)

A6
INTERRUPTOR DE CONTROLE
FAROL

DAS LUZES (LE)


A10
15A

H-LP RELÉ INTERRUPTOR DE CONTROLE


DAS LUZES
DESATIVADO
LANTERNA
FAROL
LÂMPADA DO FAROL E3-51

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A6 E2-8 J1 E2-12 n1 E2-12
A10 E2-8 J3 E2-12 n3 E2-12

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
1 E2-8 CAIXA DE RELÉS DAS LUZES
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AJ1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)
An1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-52
*1: EXCETO COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD) INDICADOR DE DIREÇÃO
*2: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD)

A10
INTERRUPTOR DE
CONTROLE DAS
LUZES

H2
TR

LANTERNA
COMBINADA
TRASEIRA (LD)
TB

H1
TL

LANTERNA
COMBINADA
TRASEIRA (LE)
LE
LD
N

A6 n1
INTERRUPTOR DE LANTERNA
CONTROLE DAS LUZES (LE) COMBINADA
DIANTEIRA (LD)
TR

J1
TB

LANTERNA
COMBINADA
DIANTEIRA (LE)
TL

ALERTA
PISCA-
LE
LD
N

(LD)
A33
IND DIREÇÃO
7,5A
INDICADOR DE DIREÇÃO E3-53

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A6 E2-8 A33 E2-10 H2 E2-14 n1 E2-12
A10 E2-8 H1 E2-14 J1 E2-12

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AJ1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)
An1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AB E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-54 LÂMPADA DE DISTÂNCIA E LANTERNA TRASEIRA
*3: GLP EXCLUSIVO COM LUZ DA PLACA DE LICENÇA ou
GLP CONVERSÍVEL COM LUZ DA PLACA DE LICENÇA
*2: COM LUZ DA PLACA DE LICENÇA
*1: EXCETO FAROL STD

a1 (A), a2 (B)
LUZ DA PLACA
DE LICENÇA

H5 (A), H6 (B)
LUZ DA PLACA
DE LICENÇA

H2
LANTERNA COMBINADA
TRASEIRA (LD)

H1
LANTERNA COMBINADA
TRASEIRA (LE)

J1
LANTERNA COMBINADA
DIANTEIRA (LE)

n1
LUZ COMBINADA DIANTEIRA,
LADO ESQUERDO
LÂMPADA (LD)

A6
INTERRUPTOR DE CONTROLE DAS LUZES (LE)
A10
INTERRUPTOR DE CONTROLE DAS LUZES
LANTERNA
7,5A

T-LP RELÉ
DESATIVADO
LANTERNA
FAROL
LÂMPADA DE DISTÂNCIA E LANTERNA TRASEIRA E3-55

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A6 E2-8 H1 E2-14 H6 E2-14 a2 E2-14
A10 E2-8 H2 E2-14 J1 E2-12 n1 E2-12
A39 E2-10 H5 E2-14 a1 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
1 E2-8 CAIXA DE RELÉS DAS LUZES
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AJ1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LE)
Aa1 E2-14 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA LUZ DE LICENÇA
An1 E2-8,12 CABO PRINCIPAL DA CARROCERI ao CABO DE RETENÇÃO DIANTEIRO (LD)
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
10A *1: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LE)
LUZ DE RÉ
E3-56
*2: COLUNA DA ALAVANCA DE MUDANÇA T/C (LD)
*3: COM APOIO DE BRAÇO STD
*4: T/M
*5: T/C

F5

F2

A7
N6

A11
H2
LANTERNA COMBINADA TRASEIRA (LD)

DA LUZ DE RÉ
INTERRUPTOR

(APOIO DE BRAÇO)
AVISO SONORO DE RÉ
AVISO SONORO DA LUZ DE RÉ

INTERRUPTOR DE MUDANÇA

INTERRUPTOR DE MUDANÇA
INTERRUPTOR DE MUDANÇA (LD)
AVISO SONORO DA LUZ DE RÉ E3-57

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A7 E2-8 A39 E2-10 F5 E2-10 N6 E2-14
A11 E2-8 F2 E2-10 H2 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
AF1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
AF2 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA TRANSMISSÃO
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MA1 E2-14 CABO PRINCIPAL DO CAPÔ ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
MN2 E2-14 CABO SECUNDÁRIO DO CAPÔ Nº 1 ao CABO PRINCIPAL DO CAPÔ

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AB E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-58 LUZ DE FREIO

H1
LANTERNA
COMBINADA
TRASEIRA (LE)

H2
LANTERNA
COMBINADA
TRASEIRA (LD)

A5
INTERRUPTOR
FREIO

DA LUZ DO
7,5A

FREIO
LUZ DE FREIO E3-59

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A5 E2-8 H1 E2-14 H2 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
BA1 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
HA1 E2-14 CABO SUPERIOR TRASEIRO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AC E2-10 MASSA EXTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
10A
MEDIDOR
E3-60

h1
MOTOR DO
VENTILADOR
INTERNO

K5
INTERRUPTOR
DO
AQUECEDOR
AQUECEDOR

h2
RELÉ DO
AQUECEDOR
AQUECEDOR E3-61

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A39 E2-10 K5 E2-8 h1 E2-16 h2 E2-16

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA
Kh1 E2-8 CABO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS ao CABO DO AQUECEDOR

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
*1: 14Z-II ou 15Z E3-62
*2: 1FZ
*3: MOSTRADOR DE FUNÇÕES MÚLTIPLAS
*4: MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES (14Z-II
ou 15Z)
*5: MOSTRADOR DE VÁRIAS FUNÇÕES (1FZ)
*6: CABO DE PAR TRANÇADO

JUNÇÃO
TERMINAL
CAN

K4 B11 A22 B52


MOSTRADOR DE CONECTOR DE CONTROLADOR CONTROLADOR
FUNÇÕES DIAGNÓSTICO SAS/OPS DO MOTOR
MÚLTIPLAS
CAN E3-63

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
A22 E2-8 B31 E2-10 B34 E2-10 K4 E2-8
B11 E2-10 B32 E2-10 B52 E2-10
B30 E2-10 B33 E2-10 B62 E2-10

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
AB1 E2-10 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DO MOTOR
KA1 E2-8 CABO PRINCIPAL DO INSTRUMENTO ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
BE E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
20A E3-64
LIMP
L. TETO

b1(A), b2(B)
L. TETO
L. TETO E3-65

PEÇAS
Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página Código Consulte a Página
b1 E2-14 b2 E2-14

BLOCO DOS RELÉS, BLOCO DE JUNÇÃO


Código Consulte a Página Nome do Bloco de Relés ou União do Chicote com J/B
3 E2-10 CAIXA DE RELÉS DO COMPARTIMENTO DO MOTOR

CABO A CABO
Código Consulte a Página Conexão do Chicote Elétrico ao Chicote Elétrico
Ab1 E2-14 CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA ao CABO DA LUZ DO TETO
BA2 E2-10 CABO DO MOTOR ao CABO PRINCIPAL DA CARROÇARIA

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL
E3-66 MASSA A MASSA
MASSA A MASSA E3-67

MASSA
Código Consulte a Página Nome
AA E2-10 MASSA INTERNO ESQUERDO DA PLACA FRONTAL