Você está na página 1de 23

• Meio cheio ou meio

Filogeneticamente o cérebro humano poderia ser


dividido em 3 unidades:
2. cérebro
intermediário
(emoções):
Tálamo, Epitálamo,
Hipocampo,
Hipotálamo,
Amígdalas, Cíngulo
e a região do Septo.
3. cérebro racional
(tarefas
intelectuais):
Google imagens

formado pelo
neocórtex e por
alguns grupos
neuronais
subcorticais

2. cérebro primitivo
(auto-preservação, agressão):
bulbo, cerebelo, ponte e
mesencéfalo, pelos bulbos
olfatórios e Globo Pálido
•emoções básicas “universais”, de origem biológica.
•características expressivas adaptativas.
Google imagens
Google imagens
Google imagens
BEAR, 2006, p. 583
Meu
jeitão...
Limbus borda
http://www.dkimages.com/discover/

Giro
Cingulado

Córtex ao
redor do
corpo
caloso

Tronco
Lobo encefálico
Hipocam
temporal
Google imagens
...que
(através do fórnix)

Google imagens
projeta para o
hipotálamo a
expressão
emocional...
O córtex
cingulado
projeta para
o hipocampo
a experiência
emocional
...que chegam ao
córtex através de
uma estação de
retransmissão nos
A ATIVIDADE QUE O CÓRTEX CINGULADO EVOCA EM
OUTRAS ÁREAS NEOCORTICAIS ADICIONARIA O
“COLORIDO EMOCIONAL”
EMOCIONAL
Google imagens
Google imagens
Google imagens

Sistema Límbico inclui estruturas


como o Tálamo, o Epitálamo, o
Hipocampo, o Hipotálamo, as
Amígdalas, o Cíngulo e a região do
Septo.
Todas estas áreas juntamente com
os lobos temporais têm sido
relacionadas com a regulação do
medo, motivação e comportamento
agressivo.
AMÍ GDA LA
É o centro identificador de perigo, gerando
O estímulo elétrico medo e ansiedade e colocando o animal em
agindo nas situação de alerta, preparando-o para fugir ou
lutar.
amígdalas pode
provocar crises de
violenta
Na agressividade predatória vai ser
agressividade
um pouco diferente...
Google imagens

Google imagens
LESÃO BILATERAL DA AMIGDALA
MUDANÇAS EMOCIONAIS
- Ignora as expressões de medo e de ira nas outras pessoas
- Diminui a agressividade
-Não sente medo ou ansiedade
- “Sabe quem é, mas não sabe se gosta”
- Mas preserva o reconhecimento de sentimentos
como alegria, prazer...
Ho
me
A destruição ns
i m ai s
experimental das A n
Amígdalas faz com que
o animal se torne dócil,
sexualmente indistinto,
afetivamente
descaracterizado e
indiferente às situações
de risco.

BEAR, 2006, p. 590


Além de atuar no controle do
comportamento, ele também controla
várias condições internas do corpo, a
temperatura, o impulso para comer e
beber, etc.
Essas funções internas são funções

Google imagens
vegetativas... S.N.
Autôno
mo

Agressão Agressão
afetiva predatória
Sabe-se que a sua porção frontal coordena
odores e visões com memórias agradáveis
de emoções anteriores

É responsável pelas reações emocionais,


porém, de forma primitiva

Possibilita comparar as condições de uma

Google imagens
ameaça atual com experiências passadas
similares, permitindo-lhe, assim, escolher
qual a melhor opção a ser tomada
Agressão predatória
A agressividade operativa ou
predatória seria planejada e
executada de maneira
calculada para se atingir um
objetivo claramente
específico

Ataques dirigidos a membros de


outras espécies com o propósito de obter alimento.

EXPRESSAO VISCERAL pouco evidente


EXPRESSAO SOMATICA golpes rápidos e mortais precisamente dirigidos.
A agressividade afetiva ou reativa se
manifesta em resposta a eventos ou Agressão afetiva
situações que provocam sentimentos de
frustração, raiva ou medo no indivíduo.
Ataques dirigidos a membros da própria espécie em
contextos de competição por recursos.

EXPRESSAO VISCERAL ativação simpática generalizada


EXPRESSAO SOMÁTICA expressão somática cheia de
mensagens (abaixamento de orelha, vocalizações,
expressões faciais, etc.)
As manifestações comportamentais podem
ser processadas por substratos neurais
distintos (BLAIR et al., 2001)
Córte
x
Núcleos
Amígdal corticomediais
a Estria
terminal

Hipotálamo
Hipocamp Lateral
o
Núcleos Feixe Prosencefálico
Lateral
Basolaterai
s Tegmento
ventral
Via Amigdalofugal
Ventral Mesencéfa
lo
Hipotálamo
Medial
Fascículo Longitudinal
Dorsal

Substância
cinzenta
Núcleos Núcleos
corticomediais basolaterais
Via
Estria amigdalofu
terminal gal ventral

Hipotálamo
Lateral Medial
Feixe Fascículo
prosencefáli longitudinal
co lateral dorsal

Mesencéfal
Tegment o Substância
cinzenta
o ventral periaquedu
tal
Já o homicida
detalhista e frio
precisa de um
cérebro frontal
intacto, pois
arquitetar o crime
a longo prazo
demanda
complexos
processos de
decisão (STRÜBER,
2006).

Google imagens
• BALLONE, G.J.; Moura, E.C. Cérebro e Violência.
Disponível em: <www.psiqweb.med.br>. Acesso em 10
nov. 2008.
• BEAR, M; CONNORS, B; PARADISO,M. Neurociências:
desvendando o sistema nervoso. Ed. 2. Artmed. Porto
Alegre: 2006.
• BLAIR, R.J. Neurocognitive models of aggression, the
antisocial personality disorders, and psychopathy. Journal
of Neurology, Neurosurgery & Psychiatry. London,
v.71, n.6, p.727, 2001. 
• DEL-BEN, Cristina Marta . Neurobiologia do transtorno de
personalidade anti-social. Revista de Psiquiatria Clínica.
São Paulo, v.32, n.1, 2005. Disponível
em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci>. Acesso
em: 25 nov. 2008.
• GAZZANIGA, Michael. Ciência psicológica: mente, cérebro
e comportamento. 2.ed. Porto Alegre: Artmed, 2005.