P. 1
Experimento 2 - Físico-Química

Experimento 2 - Físico-Química

5.0

|Views: 1.032|Likes:
Publicado porcarolferron

More info:

Published by: carolferron on Nov 25, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/20/2012

pdf

text

original

Físico-Química Experimental

1

Experimento 2: DENSIDADE RELATIVA DE LÍQUIDOS

MÉTODO DO PICNÔMETRO
1- Introdução
Os estados da matéria podem, de forma simplificada, ser agrupados em sólido, líquido e gasoso. Uma das propriedades macroscópicas que geralmente distingue esses três estados da matéria é a densidade específica (massa/volume), pois em geral (mas nem sempre) a densidade de gases é menor do que a de líquidos, e essa menor ainda do que a de sólidos. A densidade é uma grandeza intensiva, isto é, não depende da quantidade de matéria. Assim, a densidade da água pura contida em um litro ou numa colher de 5ml é a mesma. De forma geral, se a substância é homogênea, então a sua densidade é a mesma em todos os pontos do volume que ocupa. A densidade depende do tipo de substância, mas é em geral influenciada pela temperatura e pela pressão.

2- Contexto Teórico
Densidade absoluta ou massa específica de uma substância qualquer de massa m e volume V é definida por

ρ=

m V

(1)

ou seja, é a razão entre a massa de um corpo pelo volume que o mesmo ocupa. Densidade relativa é definida pela razão entre as densidades absolutas de duas substâncias

ρ1, 2 =

ρ1 ρ2

(2)

onde ρ2 é geralmente escolhida como padrão. É comum considerar a água como tal padrão, pois além da conveniência de sua abundância, sua densidade absoluta ρágua ≅ 1,00 g/cm3 para temperatura ambiente (25°C).
Picnômetro. Trata-se de um pequeno frasco de vidro construído cuidadosamente de forma que o volume do fluido que contenha seja invariável. Ele possui uma abertura suficientemente larga e tampa muito bem esmerilhada perfurada na forma de um fino tubo longitudinal. Neste experimento vamos utilizá-lo para medir a densidade relativa (em relação á água) de um líquido. Usando o picnômetro para se medir densidade de líquidos. Sejam: · m1 a massa do picnômetro vazio, · m2 a massa do picnômetro cheio com o líquido (etanol) cuja densidade relativa que deseja determinar, e · m3 a massa do picnômetro cheio de água pura (na prática, água destilada). A densidade relativa do líquido em questão é obtida a partir da equação acima:

ρ ETANOL , H O =
2

m ETANOL m H 2O

(3)

Físico-Química Experimental

2

onde: mETANOL = m2 - m1 é a massa do líquido em questão (ETANOL) que ocupa o volume V do picnômetro, e mH2O = m3 – m1 , é a massa da água pura que ocupam o mesmo volume V. Este resultado pode ser demonstrado facilmente, por meio da aplicação do conceito de densidade (Eq.1), e pela definição de densidade relativa (Eq.2). Cuidados preliminares: · Não toque o picnômetro com os dedos (proteja-os com papel absorvente). · Eliminar cuidadosamente as bolhas de ar que se aderem à superfície interna do picnômetro. · Lavar muito bem o picnômetro na troca de líquidos, usando na última etapa da lavagem (sempre que possível) o líquido da pesagem seguinte. · Secar o picnômetro externamente, evitando tocar na parte superior do mesmo (tampa). · Anote a temperatura de trabalho.

3- Objetivos
Abordar o conceito geral de densidade e desenvolver uma técnica para medir densidade de líquidos, utilizando o método dos picnômetros.

4- Parte Experimental
A- Calibração do volume do picnômetro. Pese o picnômetro vazio em balança analítica. Encha o picnômetro com água (conforme instruções dadas na aula), mantenha o picnômetro no banho por cerca de 10 minutos a 25°C, e a seguir enxugue a parte externa e determine a massa do mesmo com a água. Use a densidade da água para determinar o volume do picnômetro. Tabela 4.1 - Densidade absoluta da água1
T/ C 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
o

d/(g cm ) 0,999700 0,999605 0,999498 0,999377 0,999244 0,999099 0,998943 0,998774 0,998595 0,998405

-3

T/ C 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29

o

d/(g cm ) 0,998203 0,997992 0,997770 0,997538 0,997296 0,997044 0,996783 0,996512 0,996232 0,995944

-3

B- Medidas da densidade de líquidos Determinação da densidade do etanol e butanol:

Lave três vezes o picnômetro com um pequeno volume do líquido cuja densidade será determinada (etanol e butanol) para remover os resíduos de água do seu interior.

Físico-Química Experimental

3

• •

Em seguida encha o picnômetro com o solvente termostatizado. Mantenha o picnômetro no banho por cerca de 10 minutos. Adicione o álcool (sugestão: ao encher o frasco com álcool, tome cuidado para não haver a formação de bolhas, pois isto acarretaria erros nos resultados) e coloque a tampa de maneira que o excesso de líquido escorra pelo capilar. Com um pano ou papel poroso, enxugue o líquido presente na parte externa do picnômetro. Pese o picnômetro (contendo o líquido) em uma balança analítica. Repita a pesagem mais duas vezes retirando o picnômetro da balança a cada pesagem. Utililize um pedaço de papel para carregar o picnômetro. Meça a temperatura do líquido. Complete a Tabela 4.2. A diferença entre essa massa e a massa do picnômetro vazio permitirá determinar a massa do álcool. Como o volume do álcool corresponde ao volume do picnômetro, determinado durante a calibração, a densidade do álcool poderá ser facilmente determinada. Repita o mesmo procedimento para o outro álcool.

Tabela 4.2 - Resultados referentes aos álcoois. Grandeza Massa picnômetro vazio Massa (picnômetro + álcool) Massa do álcool Volume de álcool Densidade do álcool Resultado (etanol) Resultado (butanol)

C- Medidas da densidade de sólidos
• •


• •

Lave o picnômetro com álcool. Adicione o estanho. Coloque água destilada até aproximadamente metade do volume do picnômetro e mergulhe-o em um béquer contendo água destilada em ebulição para remover as bolhas de ar que ficaram aderidas na superfície do sólido. Deixe o picnômetro em um banho termostatizado durante 10 minutos. Retire o picnômetro do banho, preencha-o com água destilada. É importante tomar cuidado ao encher o frasco com a água, para não ocorrer formação de bolhas. Isso acarretaria erros nos resultados. Coloque a tampa de maneira que o excesso de água escorra pelo capilar. Com um pano ou papel poroso, enxugue o líquido presente na parte de fora do picnômetro. Pese novamente o picnômetro contendo (amostra + água destilada) e anote sua massa. Pese mais duas vezes retirando o picnômetro da balança a cada pesagem. Utililize um pedaço de papel para carregar o picnômetro. Repita a operação para a outra amostra (prego). Complete a Tabela 1.7 para cada uma das amostras (prego e Sn) e calcule os valores de suas densidades.

Físico-Química Experimental

4

Tabela 4.3 - Resultados referentes à determinação da densidade de sólidos. Grandeza Massa picnômetro vazio Massa (picnômetro + amostra) Massa do amostra Massa (picnômetro+amostra+água) Massa da água Volume da água Volume da amostra Densidade da amostra Resultado (estanho) Resultado (prego)

5- Referências
1- Baccan, N.; de Andrade, J.C.; Godinho, O.E.S. e Barone, J.S., "Química Analítica Quantitativa Elementar", 3ª ed., Editora Edgard Blücher Ltda, São Paulo, 2004, p.292. 2- BALL, D.W., Físico-Química, 1a. ed., Vol. 1 e 2, Thomson Learning, 2005. 3- RANGEL, R.N., Práticas de Físico-Química, 3a. ed., Edgard Blucher, 2006. 4- CASTELLAN, G. Fundamentos de Físico-Química. Livros Técnicos e Científicos Editora, 1986. 5- ATKINS, P. W., PAULA, J., Físico-Química, Vol. 1, 2 e 3, LTC, 2004. 6- CROCKFORD, H.D.; KNIGHT, S.B. Fundamentos de Físico-Química, Livros Técnicos e Científicos Editora, 1977. 7- MOORE, J.W. Físico-Química, Vol.1 e 2, 4a ed., Editora Edgard Blucher, 1976.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->