P. 1
Componentes químicos da água

Componentes químicos da água

|Views: 2.947|Likes:
Publicado porRogério Carvalho
algua coisa sobre água
algua coisa sobre água

More info:

Published by: Rogério Carvalho on Mar 25, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/18/2013

pdf

text

original

Componentes químicos da água

Z Bário 0,048: Estimulante muscular, quando presente em baixíssima quantidade. Z Estrôncio 0,019: Tem papel semelhante ao do cálcio no metabolismo humano e alguns compostos de estrôncio aplicam -se no tratamento do reumatismo. Z Cálcio 32,92: É essencial no metabolismo, previne osteoporose, ajuda na formação dos dentes e a baixar a pressão sanguínea.

Z Magnésio 18,21: Ajuda a manter os níveis de acidez no sangue, ter um bom equilíbrio eletrolítico. Por isso se diz que é cont ra o stress. Z Potássio 2,01: Ajuda na contração e relaxamento dos músculos, também manter equilíbrio eletrolítico, podendo controlar deficiências do coração do sangue, libera enzimas, controla os níveis de hormônios. Z Sódio 1,19: Em quantidade limitada funciona para regular contração muscular. Z Fosfatos 0,08: Os sais de fosfato contêm radicais que atuam como substâncias básicas e carregadoras de oxigênio. Esses sais liberam oxigênio para os tecidos, apresentando uma melhora nas vias oxidativas. Z Sulfatos 1,83: Estimula o processo digestivo. Z Bicarbonato 193,95: Tem efeitos laxativo e digestivo, e controla o sulco gástrico do estomago. Z Fluoretos 0,082: O flúor em concentração adequada permite a fixação do Cálcio nos ossos minimizando a osteoporose e também protege os dentes.

Z Nitratos 0,71: Em grande quantidade é prejudicial à saúde principalmente de Recém nascidos e crianças. Z Cloretos 0,443: Ajuda o equilíbrio nas reações químicas dentro do organismo e no controle da pressão osmót ica. Os principais elementos presentes na Água Mineral Natural Cristal azul além do Flúor e do Bicarbonato, são do grupo alcalino como Bário, Estrôncio, Cálcio, Magnésio, Potássio e Sódio, comuns nas águas novas de formação em sedimentos de arenito e pres entes em baixas quantidades fazendo com que a Água Mineral constituísse de suavidade, leveza e deliciosa, mantendo um paladar isento de gosto.

Tratamento do esgoto
Definição Tratamento de Água é um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados na água para que esta fique em condições adequadas para o consumo, ou seja, para que a água se torne potável. O processo de tratamento de água a livra de qualquer tipo de contaminação, evitando a transmissão de doenças. Numa estação de tratamento de água, o processo ocorre em etapas: - Coagulação: quando a água na sua forma natural (bruta) entra na ETA, ela recebe, nos tanques, uma determina quantidade de sulfato de alumínio. Esta substância serve para aglomerar (juntar) partículas sólidas que se encontram na água como, por exemplo, a argila. - Floculação - em tanques de concreto com a água em movimento, as partículas sólidas se aglutinam em flocos maiores. - Decantação - em outros tanques, por ação da gravidade, os flocos com as impurezas e partículas ficam depositadas no fundo dos tanques, separando-se da água. - Filtração - a água passa por filtros formados por carvão, areia e pedras de diversos tamanhos. Nesta etapa, as impurezas de tamanho pequeno ficam retidas no filtro. - Desinfecção - é aplicado na água cloro ou ozônio para eliminar microorganismos causadores de doenças. - Fluoretação - é aplicado flúor na água para prevenir a formação de cárie dentária em crianças. - Correção de PH - é aplicada na água uma certa quantidade de cal hidratada ou carbonato de sódio. Esse procedimento serve para corrigir o PH da água e preservar a rede de encanamentos de distribuição.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->