Verbo em LIBRAS 1) Sinais que não possuem marca de concordância, embora possam ter flexão para aspecto verbal;

Quando se faz uma frase, é como se o verbo “invariável” ficasse no infinitivo. Exemplo: comprar, trabalhar 2) Sinais que possuem marca de concordância. Este é o grupo de sinais mais complexo por apresentar diversas formas de concordância podem ser subdivididos em: a) Concordância número-pessoal: são geralmente verbos direcionais,. Onde a orientação (ou direção), aspectos do movimento, marcam as pessoas do discurso. No ponto inicial a concordância com o sujeito, e no final com o objeto. Pode também ser equivalente à voz ativa e passiva do verbo. Exemplo 1: 1sPERGUNTAR2s “eu pergunto a você”; 2sPERGUNTAR1s “você me pergunta” Exemplo 2: 1sRESPONDER2s “eu respondo a você”; 2sRESPONDER1s “você me responde” b) Concordância de gênero: são verbos classificadores porque apresentam a característica de incorporação do “objeto”. a eles estão incorporados, através da configuração de mão, a uma concordância de gênero: PESSOA, ANIMAL ou COISA. Por exemplo: Pessoa ANDAR (configuração da mão em V ou D); Veículo ANDAR/MOVER (configuração da mão em B, palma para baixo) Animal ANDAR (configuração da mão em 5, palma para baixo); Outros exemplos: cortar, lavar, crescer, abrir, fechar. Dependendo do objeto a ser incorporado a ação se transforma em concordância com o tipo do “objeto”. c) Concordância com a localização: são verbos que começam ou terminam em um determinado lugar que se refere ao lugar de uma pessoa, coisa, animal ou veículo, que está sendo colocado, carregado, etc. Portanto o ponto de articulação marca a localização. Exemplos:

Dez por cento do alunado está em dia com as mensalidades. fica no singular. como o verbo COLOCAR acima. Há situações em que o número percentual é considerado: a) O partitivo se apresenta antes da porcentagem. Ex: Dos alunos. b) Quando o verbo se apresenta antes da porcentagem. Estes tipos de concordância podem coexistir em um mesmo verbo. # Nomes usados só no plural Quando o sujeito é constituído por nomes próprios que só têm plural. da seguinte maneira: a) concordância número-pessoal = parâmetro orientação de mão b) concordância de gênero e número = parâmetro configuração de mão c) concordância de lugar = parâmetro ponto de articulação Verbos em Português . há verbos que possuem concordância de gênero e localização. como o verbo DAR. que têm características próprias e pouco se relata sobre eles.Quando o sujeito vem especificado o verbo concorda com esse: Ex: Dois por cento dos alunos não compareceram à aula. Assim. Ex: Não compareceu um por cento dos alunos. Sabe-se que esta direcionalidade está relacionada com a concordância de númeropessoal ou de gênero. Referências . como é o caso dos verbos andar e ver. Ex: Campinas fica no Estado de São Paulo. pode-se esquematizar o sistema de concordância verbal. . sem especificação. na Libras.O verbo concorda com o sujeito quando esse é um número expresso em porcentagem. Ex: Um por cento não compareceu à aula. Os Estados Unidos lideram o movimento.COPO MESA coisa arredondada COLOCAR CABEÇA ATIRAR Existe ainda um grupo especial de sinais chamado de multidirecionais. Noventa por cento não compareceram à aula. dez por cento estão em dia com as mensalidades. c) Quando a porcentagem vem determinada: Ex: Aqueles vinte por cento do Senado não votaram. e concordância número-pessoal e de gênero. caso contrário. Concluindo. o verbo fica no plural se esse nome vier precedido de artigo plural.

. Acesso em: 24 nov. Disponível em: http://www. 11.br/ines_livros/37/37_005.HTM.ines.gov.Instituto Nacional de Educação de Surdos.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful