Verbo em LIBRAS 1) Sinais que não possuem marca de concordância, embora possam ter flexão para aspecto verbal;

Quando se faz uma frase, é como se o verbo “invariável” ficasse no infinitivo. Exemplo: comprar, trabalhar 2) Sinais que possuem marca de concordância. Este é o grupo de sinais mais complexo por apresentar diversas formas de concordância podem ser subdivididos em: a) Concordância número-pessoal: são geralmente verbos direcionais,. Onde a orientação (ou direção), aspectos do movimento, marcam as pessoas do discurso. No ponto inicial a concordância com o sujeito, e no final com o objeto. Pode também ser equivalente à voz ativa e passiva do verbo. Exemplo 1: 1sPERGUNTAR2s “eu pergunto a você”; 2sPERGUNTAR1s “você me pergunta” Exemplo 2: 1sRESPONDER2s “eu respondo a você”; 2sRESPONDER1s “você me responde” b) Concordância de gênero: são verbos classificadores porque apresentam a característica de incorporação do “objeto”. a eles estão incorporados, através da configuração de mão, a uma concordância de gênero: PESSOA, ANIMAL ou COISA. Por exemplo: Pessoa ANDAR (configuração da mão em V ou D); Veículo ANDAR/MOVER (configuração da mão em B, palma para baixo) Animal ANDAR (configuração da mão em 5, palma para baixo); Outros exemplos: cortar, lavar, crescer, abrir, fechar. Dependendo do objeto a ser incorporado a ação se transforma em concordância com o tipo do “objeto”. c) Concordância com a localização: são verbos que começam ou terminam em um determinado lugar que se refere ao lugar de uma pessoa, coisa, animal ou veículo, que está sendo colocado, carregado, etc. Portanto o ponto de articulação marca a localização. Exemplos:

Referências . Sabe-se que esta direcionalidade está relacionada com a concordância de númeropessoal ou de gênero. há verbos que possuem concordância de gênero e localização. Os Estados Unidos lideram o movimento. Noventa por cento não compareceram à aula. fica no singular. pode-se esquematizar o sistema de concordância verbal. como é o caso dos verbos andar e ver. caso contrário. Concluindo. e concordância número-pessoal e de gênero. # Nomes usados só no plural Quando o sujeito é constituído por nomes próprios que só têm plural. Ex: Um por cento não compareceu à aula. Ex: Não compareceu um por cento dos alunos. da seguinte maneira: a) concordância número-pessoal = parâmetro orientação de mão b) concordância de gênero e número = parâmetro configuração de mão c) concordância de lugar = parâmetro ponto de articulação Verbos em Português . sem especificação. Há situações em que o número percentual é considerado: a) O partitivo se apresenta antes da porcentagem.O verbo concorda com o sujeito quando esse é um número expresso em porcentagem. dez por cento estão em dia com as mensalidades. Ex: Dos alunos. Ex: Campinas fica no Estado de São Paulo.Quando o sujeito vem especificado o verbo concorda com esse: Ex: Dois por cento dos alunos não compareceram à aula. que têm características próprias e pouco se relata sobre eles. b) Quando o verbo se apresenta antes da porcentagem. . Assim. Estes tipos de concordância podem coexistir em um mesmo verbo. como o verbo DAR. como o verbo COLOCAR acima. o verbo fica no plural se esse nome vier precedido de artigo plural.COPO MESA coisa arredondada COLOCAR CABEÇA ATIRAR Existe ainda um grupo especial de sinais chamado de multidirecionais. Dez por cento do alunado está em dia com as mensalidades. na Libras. c) Quando a porcentagem vem determinada: Ex: Aqueles vinte por cento do Senado não votaram.

Instituto Nacional de Educação de Surdos.ines.gov. Acesso em: 24 nov.HTM. .br/ines_livros/37/37_005. Disponível em: http://www. 11.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful