Você está na página 1de 7
UNIVERSIDADEUNIVERSIDADE FEDERALFEDERAL DEDE VIVIÇÇOSAOSA DepartamentoDepartamento dede MicrobiologiaMicrobiologia
UNIVERSIDADEUNIVERSIDADE FEDERALFEDERAL DEDE VIVIÇÇOSAOSA
DepartamentoDepartamento dede MicrobiologiaMicrobiologia
MBIMBI 100100 –– MicrobiologiaMicrobiologia GeralGeral
NutriNutriçção,ão, CultivoCultivo ee
CrescimentoCrescimento dede
MicrorganismosMicrorganismos
DiversidadeDiversidade metabmetabóólicalica ee exigênciasexigências nutricionaisnutricionais dosdos
DiversidadeDiversidade metabmetabóólicalica ee exigênciasexigências
nutricionaisnutricionais dosdos microrganismosmicrorganismos
•• NecessidadesNecessidades bbáásicas:sicas: carbono,carbono, nitrogênio,nitrogênio,
saissais mineraisminerais ee ááguagua
•• CultivoCultivo inin vitrovitro ee inin vivovivo
CultivoCultivo dede Microrganismos:Microrganismos:
•• MeiosMeios dede culturacultura
•• ObtenObtenççãoão dede culturasculturas puraspuras
•• CondiCondiççõesões dede incubaincubaççãoão
ObjetivosObjetivos AoAo finalfinal destadesta aulaaula oo estudanteestudante deverdeveráá serser capazcapaz de:de:
ObjetivosObjetivos
AoAo finalfinal destadesta aulaaula oo estudanteestudante deverdeveráá serser capazcapaz de:de:
••
ReconhecerReconhecer asas principaisprincipais exigênciasexigências nutricionaisnutricionais dosdos
microrganismosmicrorganismos
••
DistinguirDistinguir osos principaisprincipais gruposgrupos nutricionaisnutricionais dede microrganismosmicrorganismos
••
DescreverDescrever oo padrãopadrão dede crescimentocrescimento dede umauma culturacultura
microbianamicrobiana ee osos principaisprincipais mméétodostodos parapara determinadeterminaççãoão dodo
crescimento.crescimento.
••
DescreverDescrever asas condicondiççõesões ffíísicassicas requeridasrequeridas parapara oo cultivocultivo dede
microrganismosmicrorganismos ee asas respostasrespostas fisiolfisiolóógicasgicas aosaos mesmos.mesmos.

IsolamentoIsolamento dede culturasculturas puraspuras

Início da semeadura Colônia isolada
Início da
semeadura
Colônia
isolada
Isolamento Isolamento de de culturas culturas puras puras Início da semeadura Colônia isolada
Isolamento Isolamento de de culturas culturas puras puras Início da semeadura Colônia isolada
Isolamento Isolamento de de culturas culturas puras puras Início da semeadura Colônia isolada
Isolamento Isolamento de de culturas culturas puras puras Início da semeadura Colônia isolada
ComposiComposiççãoão aproximadaaproximada dede elementoselementos ququíímicosmicos dede umauma ccéélulalula
ComposiComposiççãoão aproximadaaproximada dede elementoselementos ququíímicosmicos
dede umauma ccéélulalula bacterianabacteriana ((E.E. colicoli))
ELEMENTOELEMENTO
%% dodo PESOPESO SECOSECO
CarbonoCarbono
5050
OxigênioOxigênio
2020
NitrogênioNitrogênio
1414
HidrogênioHidrogênio
88
FFóósforosforo
33
EnxofreEnxofre
11
PotPotáássiossio
11
SSóódiodio
11
CCáálciolcio
0,50,5
MagnMagnéésiosio
0,50,5
CloroCloro
0,50,5
FerroFerro
0,20,2
OutrosOutros
00,,33
ElementosElementos ququíímicosmicos comocomo nutrientesnutrientes •• HidrogênioHidrogênio (H(H 22 ,, HH 22 O),O),
ElementosElementos ququíímicosmicos comocomo nutrientesnutrientes
•• HidrogênioHidrogênio (H(H 22 ,, HH 22 O),O), OxigênioOxigênio (O(O 22 ,, HH 22 O),O),
EnxofreEnxofre (SO(SO 44-- )) ee FFóósforosforo (PO(PO 44 33-- ))
•• OutrosOutros elementos:elementos: potpotáássio,ssio, ssóódio,dio, ccáálcio,lcio,
magnmagnéésio,sio, ferro,ferro, zinzinco,co, cobre,cobre, manganês,manganês,
molibdênio,molibdênio, cobalto,cobalto, etc.etc.
•• FatoresFatores orgânicosorgânicos dede crescimento:crescimento: vitaminas,vitaminas,
aminoaminoáácidos,cidos, etcetc
ElementosElementos ququíímicosmicos comocomo nutrientesnutrientes •• Carbono:Carbono: compostoscompostos
ElementosElementos ququíímicosmicos comocomo nutrientesnutrientes
•• Carbono:Carbono:
compostoscompostos orgânicosorgânicos –– CHO,CHO, aa,aa, liplipíídeosdeos
didióóxidoxido dede carbonocarbono –– COCO 22
•• Nitrogênio:Nitrogênio:
compostoscompostos inorginorgânicosânicos -- NN 22 ,, NONO 33 -- ,, NHNH 33
compostoscompostos orgânicosorgânicos –– aa,aa, basesbases
nitrogenadasnitrogenadas
GrupoGrupo FonteFonte dede FonteFonte dede ExemplosExemplos carbonocarbono nutricionalnutricional energiaenergia
GrupoGrupo
FonteFonte dede
FonteFonte dede
ExemplosExemplos
carbonocarbono
nutricionalnutricional
energiaenergia
QuimioautotrQuimioautotróóficosficos
didióóxidoxido dede
compostoscompostos
carbonocarbono
inorgânicosinorgânicos
bactbactéériasrias nitrificantesnitrificantes,,
dodo ferroferro,, dodo enxofreenxofre
QuimioheterotrQuimioheterotróóficosficos
compostoscompostos
compostoscompostos
orgânicosorgânicos
orgânicosorgânicos
bactbactéériasrias,, fungosfungos
protozoprotozoááriosrios ee animaisanimais
FotoautotrFotoautotróóficosficos
didióóxidoxido dede
luzluz
carbonocarbono
bactbactéériasrias sulfurosassulfurosas
verdeverde ee ppúúrpurarpura,, algasalgas,,
plantasplantas,, cianocianobactbactéériasrias
FotoheterotrFotoheterotróóficosficos
compostoscompostos
luzluz
orgânicosorgânicos
bactbactéériasrias ppúúrpurasrpuras ee
verdesverdes nãonão--sulfurosassulfurosas
MeioMeio quimicamentequimicamente definidodefinido parapara bactbactéériasrias quimioautotrquimioautotróóficasficas
MeioMeio quimicamentequimicamente definidodefinido parapara
bactbactéériasrias quimioautotrquimioautotróóficasficas
IngredientesIngredientes
FunFunççãoão
QuantidadeQuantidade
(NH(NH 44 )) 22 SOSO 44
FonteFonte dede nitrogênionitrogênio ee energiaenergia
0,50,5 gg
NaHCONaHCO 33
FonteFonte dede carbonocarbono
0,50,5 gg
NaNa 22 HPOHPO 44
TampãoTampão ee ííonsons essenciaisessenciais
13,513,5 gg
KHKH 22 POPO 44
TampãoTampão ee ííonsons essenciaisessenciais
0,70,7 gg
MgSOMgSO 44 .7H.7H 22
OO
ÍÍonsons essenciaisessenciais
0,10,1 gg
FeClFeCl 33 .6H.6H 22 OO
ÍÍonsons essenciaisessenciais
0,0140,014 gg
CaClCaCl 22 .2H.2H 22 OO
ÍÍonsons essenciaisessenciais
0,180,18 gg
ÁÁguagua
SolventeSolvente
1.0001.000 mlml
MeioMeio complexocomplexo parapara oo crescimentocrescimento dede bactbactéériasrias heterotrheterotróóficasficas
MeioMeio complexocomplexo parapara oo crescimentocrescimento dede
bactbactéériasrias heterotrheterotróóficasficas
Ingredientes
Função
Quantidade
Extrato de
carne
Substâncias hidrossolúveis de
tecido animal: carboidratos,
compostos de nitrogênio orgânico,
vitaminas, sais
3
g
Peptona
Nitrogênio orgânico, algumas
vitaminas
5
g
Cloreto de
Íons e requerimentos osmóticos
8
g
sódio
Água
Solvente
1.000 ml
MeioMeio quimicamentequimicamente definidodefinido parapara bactbactéériasrias heterotrheterotróóficasficas
MeioMeio quimicamentequimicamente definidodefinido parapara
bactbactéériasrias heterotrheterotróóficasficas
IngredientesIngredientes
FunFunççãoão
QuantidadeQuantidade
GlicoseGlicose
FonteFonte dede energiaenergia ee carbonocarbono
11
gg
NHNH 44 HH 22 POPO 44
FonteFonte dede nitrogênionitrogênio,, tampãotampão ee
ííonsons essenciaisessenciais
55
gg
KK 22 HPOHPO 44
TampãoTampão ee ííonsons essenciaisessenciais
11
gg
MgSOMgSO 44 .7H.7H 22 OO
ÍÍonsons essenciaisessenciais
0,20,2 gg
NaClNaCl
ÍÍonsons essenciaisessenciais
55
gg
ÁÁguagua
SolventeSolvente
1.0001.000 mlml

MultiplicaMultiplicaççãoão dede bactbactéérias:rias: FissãoFissão binbinááriaria

Multiplica Multiplica ç ç ão ão de de bact bact é é rias: rias: Fissão Fissão
ProgressãoProgressão geomgeoméétricatrica dodo crescimentocrescimento populacionalpopulacional bacterianobacteriano
ProgressãoProgressão geomgeoméétricatrica dodo crescimentocrescimento
populacionalpopulacional bacterianobacteriano
tg
tg
tg
2N 0
4N
8N 0
N 0
tg
0
2 0 N 0
2 1 N 0
2 2 N 0
2 3 N 0
2 n N 0
tg
tg
Fórmula Geral: N= 2 n N 0
Onde: N = Número total de células na população
n = Número de gerações (T/ tg)
N 0 = Número inicial de células na população
CurvaCurva dede crescimentocrescimento bacteriano:bacteriano: Log N = (log2/tg) T + log N 0 velocidade de
CurvaCurva dede crescimentocrescimento bacteriano:bacteriano:
Log N = (log2/tg) T + log N 0
velocidade de crescimento = log2/tg = coeficiente angular da
reta tangente
log N
log N
Fase
Fase
de
Estacionária
morte
κ (h − 1 ) =
Log 2/ tg
Fase
Fase Log
Lag
Tempo (h)
Tempo (h)
N = 2 n N 0 ResolvendoResolvendo aa equaequaçção:ão: log N = n log2 +
N = 2 n N 0
ResolvendoResolvendo aa
equaequaçção:ão:
log N = n log2 + log N 0
Substituindo n = T/ tg
log N = (T/tg) log2 + log N 0
Log N = (log 2/ tg) T+ log N 0
Relação linear entre log N X T
FatoresFatores dodo ambienteambiente queque afetamafetam oo crescimentocrescimento microbianomicrobiano a)a)
FatoresFatores dodo ambienteambiente queque afetamafetam
oo crescimentocrescimento microbianomicrobiano
a)a) AtmosferaAtmosfera
b)b) TemperaturaTemperatura
c)c) pHpH
d)d) DisponibilidadeDisponibilidade dede ááguagua

EfeitoEfeito dada temperaturatemperatura nono crescimentocrescimento microbianomicrobiano

Reações ÓÓtimatima enzimáticas com velocidade máxima Reações enzimáticas com velocidade crescente
Reações
ÓÓtimatima
enzimáticas com
velocidade máxima
Reações enzimáticas
com velocidade
crescente
Desnaturação de
proteínas
Colapso da membrana
plasmática
Lise celular
MMíínimanima
MMááximaxima
Taxa de crescimento

Solidificação da membrana Diminuição do transporte de substâncias Paralização do crescimento

Temperatura (°C)

EfeitoEfeito dodo pHpH nono crescimentocrescimento microbianomicrobiano

Neutrófilos Ex: Escherichia coli Acidófilos Alcalifílicos Ex: Acidithiobacillus sp Ex: Bacillus sp 1 3,5 7
Neutrófilos
Ex: Escherichia coli
Acidófilos
Alcalifílicos
Ex: Acidithiobacillus sp
Ex: Bacillus sp
1
3,5
7
9
14
Taxa de crescimento

pH

ClassificaClassificaççãoão dosdos microrganismosmicrorganismos quantoquanto àà temperaturatemperatura dede crescimentocrescimento

Termófilos Mesófilos Ex: Bacillus stearothermophilus Ex: Escherichia coli Psicrotróficos Hipertermófilos Ex:
Termófilos
Mesófilos
Ex: Bacillus stearothermophilus
Ex: Escherichia coli
Psicrotróficos
Hipertermófilos
Ex: Pseudomonas sp
Ex: Thermococcus celer
Psicrófilos
Ex: Flavobacterium sp

DisponibilidadeDisponibilidade dede ááguagua

Não halofílicos Ex: Escherichia coli Halofílicos Ex: Vibrio fischeri Halofílicos extremos Ex: Halobacterium
Não halofílicos
Ex: Escherichia coli
Halofílicos
Ex: Vibrio fischeri
Halofílicos extremos
Ex: Halobacterium salinarium
Concentração salina (NaCl)
Halotolerantes
Ex: Staphylococcus aureus
Taxa de crescimento
FormasFormas reativasreativas (t(tóóxicas)xicas) dede oxigêniooxigênio ++ ee -- OO 22 (ânion(ânion
FormasFormas reativasreativas (t(tóóxicas)xicas) dede oxigêniooxigênio
++
ee --
OO 22
(ânion(ânion supersuperóóxidoxido))
OO 22 --
OO 22 -- ++
ee -- ++ 2H2H ++
HH 22 OO 22 (per(peróóxidoxido dede hhidrogidrogênioênio))
++ ee -- ++ HH ++
HH 22 OO
++ OHOH••
HH 22 OO 22
(radical(radical hidroxilhidroxil))

ClassificaClassificaççãoão quantoquanto aa exigênciaexigência porpor oxigêniooxigênio

AerAeróóbiosbios

AnaerAnaeróóbiosbios

AnaerAnaeróóbiosbios

estritosestritos AnaerAnaeróóbiosbios aerotolerantesaerotolerantes facultativosfacultativos
estritosestritos
AnaerAnaeróóbiosbios
aerotolerantesaerotolerantes
facultativosfacultativos MicroaerMicroaeróófilosfilos
estritosestritos
MecanismosMecanismos dede destoxificadestoxificaççãoão 22 ++ 2H2H ++ SODSOD OO 22 ++ HH 22 OO 22
MecanismosMecanismos dede destoxificadestoxificaççãoão
22
++
2H2H ++ SODSOD
OO 22 ++ HH 22 OO 22
OO 22 --
22
catalasecatalase
22 HH 22 OO ++ OO 22
HH 22 OO 22
HH 22 OO 22 ++ NADHNADH ++ HH ++
peroxidaseperoxidase
22 HH 22 OO ++ NADNAD ++
MMétodosMéétodostodos paraparapara quantificarquantificarquantificar ooo crescimentocrescimentocrescimento
MMétodosMéétodostodos paraparapara quantificarquantificarquantificar ooo crescimentocrescimentocrescimento microbianomicrobianomicrobiano
1.1.1
LÂMINA
1.1
TOTAIS
1.1.1
ELETRÔNICA
1. N o . CÉLULAS
1.2.1 PLAQUEAMENTO (diluições)
1.2 VIÁVEIS
MEDIDAS
1.2.2 FILTRO (concentrar)
DE
CRESCIMENTO
2.1 DIRETA
2.1.1 MASSA SECA
2. MASSA
2.2.1 DENSIDADE ÓPTICA
2. 2 INDIRETA
2.2.2 ATIVIDADE METABÓLICA

ContagemContagem dede colôniascolônias emem placasplacas ee diluidiluiççõesões seriadasseriadas

• Diluições sucessivas da amostra

• Plaqueamento de alíquotas

• Contagem de colônias (entre 30 e 300)

• Cálculo de unidades formadoras de colônia (UFC/mL)

de alíquotas • Contagem de colônias (entre 30 e 300) • Cálculo de unidades formadoras de

MedidaMedida dodo crescimentocrescimento microbianomicrobiano porpor turbidimetriaturbidimetria ((densidadedensidade óópticaptica))

( ( densidade densidade ó ó ptica ptica ) ) Espectrofotômetro Espectrofotômetro Turbidez Turbidez da

EspectrofotômetroEspectrofotômetro

ó ó ptica ptica ) ) Espectrofotômetro Espectrofotômetro Turbidez Turbidez da da cultura cultura % de
ó ó ptica ptica ) ) Espectrofotômetro Espectrofotômetro Turbidez Turbidez da da cultura cultura % de

TurbidezTurbidez

dada culturacultura

% de luz transmitida absorvância Fonte Fototubo Amostra luminosa
% de luz
transmitida
absorvância
Fonte
Fototubo
Amostra
luminosa

UtilizaUtilizaççãoão dada câmaracâmara dede contagemcontagem dede PetroffPetroff--HausserHausser nana contagemcontagem microscmicroscóópicapica diretadireta dodo nnúúmeromero dede bactbactéériasrias

contagem microsc microsc ó ó pica pica direta direta do do n n ú ú mero
contagem microsc microsc ó ó pica pica direta direta do do n n ú ú mero
contagem microsc microsc ó ó pica pica direta direta do do n n ú ú mero
contagem microsc microsc ó ó pica pica direta direta do do n n ú ú mero
contagem microsc microsc ó ó pica pica direta direta do do n n ú ú mero