Você está na página 1de 33

CRIMES AMBIENTAIS

( ) Um delegado de polícia federal determinou abertura de inquérito para


investigar crime ambiental, apontando como um dos indiciados a madeireira
Mogno S.A. Nessa situação, houve irregularidade na abertura do inquérito
porque pessoas jurídicas não podem ser consideradas sujeitos ativos de
infrações penais. (DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL. / 2004 /CESPE, questão 116)
F
LEI DE DROGAS
PC-CE
120 Ainda que seja ínfima a quantidade de droga apreendida, será inviável o
reconhecimento da atipicidade material da conduta mediante a aplicação do
princípio da insignificância.
ANULADA
ANALISTA DO STJ
85 O médico que, por imprudência, prescrever a determinado paciente dose
excessiva de medicamento que causa dependência química estará sujeito à pena
de advertência, e o juiz que apreciar o caso deverá comunicar o fato ao Conselho
Federal de Medicina.
E
87 Nos termos da Lei de Drogas, para a lavratura do auto de prisão em flagrante
e para o estabelecimento da materialidade do delito, não é necessário que o
laudo de constatação preliminar da natureza e quantidade da droga apreendida
seja firmado exclusivamente por perito oficial.

C
ABUSO DE AUTORIDADE
( ) Considere que um delegado de polícia tenha efetuado a prisão de um suspeito com a
finalidade de verificar o possível envolvimento deste na prática delituosa. A prisão não ocorreu
em virtude de flagrante delito, inexistindo, também, ordem escrita da autoridade judiciária
competente. Nesse caso, o delegado de polícia deverá responder por crime de abuso de
autoridade, pois efetuou prisão que não se inclui nos casos permitidos pela lei. (GOVERNO DO
ESTADO DO ESPIRITO SANTO – Secretária de Justiça / Agente de Escolta e Vigilância
Penitenciário / Nível Médio / CESPE / 2007, questão 88)
( ) Considere que uma equipe de policiais em ronda tenha abordado um
cidadão em via pública e, devido a sua semelhança com um conhecido homicida,
o tenham conduzido à repartição policial, onde permaneceu detido para
averiguações por dois dias. Considere ainda que, ao final, o cidadão tenha sido
liberado, após a verificação de que não se tratava do homicida procurado. Nessa
situação, é correto afirmar que o procedimento policial foi ilegal, e que a
detenção constituiu crime de abuso de autoridade. (MUNICIPIO DE VITORIA /
Agente Comunitário de Segurança / Nível Médio / CESPE / 2007, questão 86)
CRIMES PREVISTOS NO ECA
VUNESP - 2008 - MPE-SP - Promotor de Justiça
Aponte qual das condutas não está descrita como crime contra a criança e o
adolescente, nos termos da Lei n.º 8.609/90 (Estatuto da Criança e do
Adolescente).
a) Descumprir, dolosa ou culposamente, os deveres inerentes ao pátrio poder
ou decorrentes de tutela ou guarda, bem assim determinação da autoridade
judiciária ou Conselho Tutelar.
b) Impedir ou embaraçar a ação de autoridade judiciária, membro do Conselho
Tutelar ou representante do Ministério Público no exercício de função prevista
em lei.
c) Descumprir, injustificadamente, prazo fixado nessa Lei, em benefício de
adolescente privado de liberdade.
d) Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a
vexame ou constrangimento.
e) Deixar o encarregado de serviço ou dirigente de estabelecimento de atenção à
saúde de gestante de manter registro das atividades desenvolvidas, na forma e
prazo referidos no art. 10 dessa Lei, bem como de fornecer à parturiente ou a
seu responsável, por ocasião da alta médica, declaração de nascimento, onde
constem as intercorrências do parto e do desenvolvimento do neonato.
GABARITO: A
ESTATUTO DO DESARMAMENTO
Prova: TJ-PR - 2012 - TJ-PR - Assessor Jurídico
Sobre o disposto no Estatuto do Desarmamento, assinale a alternativa correta.
a) Disparar arma de fogo ou acionar munição em lugar habitado ou em suas
adjacências, em via pública ou em direção a ela, desde que essa conduta tenha como
finalidade a prática de outro crime, caracteriza a prática do delito de disparo de arma
de fogo.
b) Empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição, de
uso permitido, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou
regulamentar, caracteriza a prática do delito de porte ilegal de arma de fogo de uso
permitido.
c) Importar, exportar, favorecer a entrada ou saída do território nacional, desde que
a título oneroso, de arma de fogo, acessório ou munição, sem autorização da
autoridade competente, caracteriza a prática do delito de tráfico internacional de arma
de fogo.
d) Expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio,
no exercício de atividade comercial ou industrial, arma de fogo, acessório ou
munição, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou
regulamentar, caracteriza a prática do delito de tráfico nacional de arma de fogo.
GABARITO: B
|ESCRIVÃO PF – 2013 –CESPE

No que concerne a infração penal, fato típico e seus elementos, formas


consumadas e tentadas do crime, culpabilidade, ilicitude e imputabilidade
penal, julgue os itens que se seguem.

71 A responsabilidade penal da pessoa jurídica, indiscutível na jurisprudência,


não exclui a responsabilidade de pessoa física, autora, coautora ou partícipe do
mesmo fato delituoso, o que caracteriza o sistema paralelo de imputação ou da
dupla imputação.

C
A respeito dos crimes contra o meio ambiente, julgue o item a seguir, com base
na Lei n.º 9.605/1998.
103 Um cidadão que cometer crime contra a flora estará isento de pena se for
comprovado que ele possui baixa escolaridade.
E
Em relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente, julgue o próximo item.
105 Suponha que um cidadão tenha sido preso, mediante determinação judicial,
por supostamente ter filmado cena de sexo explícito envolvendo adolescentes.
Nessa situação, se o cidadão comprovar que tudo não passava de simulação, não
haverá crime e ele deverá ser posto em liberdade.

E
108 - Considere que determinado cidadão esteja sendo processado e julgado por
vender drogas em desacordo com determinação legal. Nessa situação, se o réu
for primário e tiver bons antecedentes, sua pena poderá ser reduzida,
respeitados os limites estabelecidos na lei.

C
ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS MILITARES DA PM/DF - 2010
Em relação às normas penais especiais, julgue os itens subsecutivos.

63 O delito de tortura também pode ser praticado na forma omissiva.


C
64 A autoridade policial que deixa de comunicar, imediatamente, ao juiz
competente a prisão de qualquer pessoa pratica abuso de autoridade; no
entanto, a autoridade judicial que deixa de ordenar o relaxamento de prisão
ilegal que lhe seja comunicada não incorre em conduta abusiva, fato que tem
gerado severas críticas dos especialistas no assunto.
F
65 Terá a pena reduzida de um a dois terços o agente que, em razão da
dependência ou sob o efeito de droga, era, ao tempo da ação ou da omissão,
qualquer que tenha sido a infração penal praticada, inteiramente incapaz de
entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse
entendimento.
F
Julgue os próximos itens, relativos aos crimes hediondos e à definição dos crimes
de tortura.

99 Considera-se tortura constranger alguém com grave ameaça, causando-lhe


sofrimento mental, com o fim de obter informação, ainda que de terceira pessoa.
C
100 Quando um cidadão for condenado por sentença por ter cometido crime
considerado hediondo, caberá ao juiz decidir fundamentadamente se o
condenado poderá apelar em liberdade.

C
ANALISTA PROCESSUAL MPU – 2010 – Cargo 45

126 - Hélio, maior e capaz, solicitou a seu amigo Fernando, policial militar, que
abordasse seus dois desafetos, Beto e Flávio, para constrangê-los. O referido
policial encontrou os desafetos de Hélio na praça principal da pequena cidade
em que moravam e, identificando-se como policial militar, embora não vestisse,
na ocasião, farda da corporação, abordou-os, determinando que se encostassem
na parede com as mãos para o alto e, com o auxílio de Hélio, algemou-os
enquanto procedia à busca pessoal. Nada tendo sido encontrado em poder de
Beto e Flávio, ambos foram liberados. Nessa situação, Hélio praticou, em
concurso de agente, com o policial militar Fernando, crime de abuso de
autoridade, caracterizado por execução de medida privativa de liberdade
individual.
C
129 O crime de tortura praticado, em qualquer de suas modalidades, por agente
público no exercício de suas funções absorve, necessariamente, o delito de
abuso de autoridade.

F
1 - (MPE-SC - 2013 - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã) ANALISE CADA UM
DOS ENUNCIADOS DAS QUESTÕES ABAIXO E ASSINALE "CERTO" (C) OU
"ERRADA" (E) O Supremo Tribunal Federal assentou serem inconstitucionais os
arts. 33, § 4º, e 44, caput, da Lei n. 11.343/2006, na parte em que se vedava a
substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos em
condenação pelo crime de tráfico de entorpecentes. Assentou ainda ser
inconstitucional a imposição do regime fechado para o início do cumprimento da
pena, em se tratando de tráfico de entorpecente.
( ) Certo ( ) Errado
Gabarito: Certo
3 - (CESPE - 2013 - PC-BA - Delegado de Polícia)Determinado policial militar
efetuou a prisão em flagrante de Luciano e o conduziu à delegacia de polícia. Lá,
com o objetivo de fazer Luciano confessar a prática dos atos que ensejaram sua
prisão, o policial responsável por seu interrogatório cobriu sua cabeça com um
saco plástico e amarrou-o no seu pescoço, asfixiando-o. Como Luciano não
confessou, o policial deixou-o trancado na sala de interrogatório durante várias
horas, pendurado de cabeça para baixo, no escuro, período em que lhe dizia que,
se ele não confessasse, seria morto. O delegado de polícia, ciente do que ocorria
na sala de interrogatório, manteve-se inerte. Em depoimento posterior, Luciano
afirmou que a conduta do policial lhe provocara intenso sofrimento físico e
mental.
Considerando a situação hipotética acima e o disposto na Lei Federal n.º
9.455/1997, julgue os itens subsequentes.
Para a comprovação da materialidade da conduta do policial, é imprescindível a
realização de exame de corpo de delito que confirme as agressões sofridas por
Luciano.
( ) Certo ( ) Errado
Gabarito: Errado
4 -(UEG - 2013 - PC-GO - Delegado de Polícia)O crime de corrupção de menores,
previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente – art. 244-B. “Corromper ou
facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele praticando infração
penal ou induzindo-o a praticá- la” – segundo orientação do Superior Tribunal de
Justiça é, quanto ao resultado, crime
a) de mera conduta
b) material
c) formal
d) permanente
Gabarito: C
5 - (CESPE - 2013 - PC-BA - Delegado de Polícia) Em relação aos crimes contra a
administração pública e aos delitos praticados em detrimento da ordem
econômica e tributária e em licitações e contratos públicos, julgue os itens.
Servidor público alfandegário que, em serviço de fiscalização fronteiriça, permitir
a determinado indivíduo penalmente imputável adentrar o território nacional
trazendo consigo, sem autorização do órgão competente e sem o devido
desembaraço, pistola de calibre 380 de fabricação estrangeira deverá responder
pela prática do crime de facilitação de contrabando, com infração do dever
funcional excluída a hipótese de aplicação do Estatuto do Desarmamento.
( ) Certo ( ) Errado
Gabarito: Errado
7 - (CESPE - 2012 - DPE-ES - Defensor Público)Com relação às disposições do
ECA, da lei que trata da violência doméstica e familiar e da lei referente à
lavagem de dinheiro, julgue os itens subsequentes.
O ECA preconiza expressamente a responsabilidade penal do agente que
adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra
forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica
envolvendo criança ou adolescente, com a possibilidade de diminuição da pena,
se for pequena a quantidade do material apreendido, e faculta ao juiz deixar de
aplicar a sanção ou substituí-la, a qualquer tempo, por pena restritiva de direitos,
se o autor, coautor ou partícipe colaborar espontaneamente com as autoridades,
prestando esclarecimentos que conduzam à apuração das infrações penais, à
identificação dos autores, coautores e partícipes, ou à sua localização.
( ) Certo ( ) Errado
Gabarito: Errado
8 - (FCC - 2012 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Juiz do Trabalho - Prova TIPO 4)Para
efeito de tipificação dos crimes de abuso de autoridade, considera-se autoridade

a) somente quem exerce cargo de natureza militar não transitório.


b) quem exerce cargo de natureza civil, desde que remunerado.
c) apenas quem exerce cargo de natureza militar remunerado.
d) quem exerce emprego público de natureza civil, desde que não transitório.
e) quem exerce função pública de natureza civil, ainda que não remunerada.
Gabarito: E
9 -(CESPE - 2012 - DPE-ES - Defensor Público)Julgue os itens seguintes, com
relação aos crimes previstos na Lei Antidrogas, no Estatuto do Desarmamento e
no CDC.
A natureza hedionda do delito de tráfico de drogas privilegiado, assim nominado
pela doutrina, afasta, por si só, a possibilidade da conversão da pena privativa de
liberdade em pena restritiva de direitos e a possibilidade de aplicação do regime
inicial de cumprimento da pena diverso do fechado.
( ) Certo ( ) Errado
Gabarito: Errado