Você está na página 1de 4

PROJETO DE UM OXÍMETRO DE PULSO

Brunna Nunes Ribeiro de Castro, Camille Marques Alves, IohannaWielewski de Souza Viginéski
Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Faculdade de Engenharia Elétrica (FEELT), Uberlândia – MG, Brasil

Resumo – O oxímetro de pulso é um dispositivo que O princípio físico que acerca o oxímetro de pulso
pode ser considerado como um equipamento para fins de trata-se da Lei de Beer-Lambert, a Espectrofotometria
juntamente com o efeito fotoelétrico e ainda a pletismografia
diagnóstico (EFD), pois fornece um feedback de uma [3].
variável que se refere ao quadro clínico de um paciente. A Lei de Beer-Lambert corresponde a uma equação
É um equipamento de monitoração da variável matemática que estabelece que a intensidade da luz que
relacionada ao nível de saturação de oxigênio da atravessa um meio diminui exponencialmente com a
hemoglobina do sangue arterial [6], sendo de extrema distância. Determina, então, que a concentração de um soluto
(oxiemoglobina e hemoglobina) em um solvente (sangue)
importância dentro de qualquer estabelecimento de pode ser determinada pela absorção de luz, quando esta
assistência à saúde (EAS), pois através deste dispositivo atravessa o tecido.
os profissionais da área médica são auxiliados no A espectrofotometria mensura a quantidade de luz
diagnóstico e nos procedimentos a serem realizados. transmitida (ou refletida), através dos capilares do paciente,
Neste relatório, propõe-se o desenvolvimento do projeto sincronizados com o pulso cardíaco enquanto que a
pletismografia registra o volume de sangue arterial nos
de um oxímetro de pulso digital que, posteriormente, tecidos e, consequentemente, a absorção e luz por esse
possa ser usado em um monitor multiparamétrico. sangue que se altera durante a pulsação. [4]
Já o efeito fotoelétrico consiste na teoria de que os
elétrons de metal são proporcionalmente excitados através da
Palavras-Chave – Oxímetro, pulso, saturação de oxigênio, luz. Quando a luz proveniente de uma fonte monocromática é
monitoração. dirigida através de uma substância que se deseja descobrir o
espectro de absorção, a substância absorverá parte da luz e
I. INTRODUÇÃO transmitirá o restante, a qual é detectada por um fotodetector,
que utiliza o efeito fotoelétrico para medir a intensidade da
Atualmente existe no mercado uma ampla variedade luz absorvida[5].
e quantidade de equipamentos eletrônicos para fins Partindo dos princípios físicos e fisiológicos
diagnósticos e terapêuticos. Os equipamentos tornam-se cada apresentados pode-se então quantificar uma unidade de
dia mais elaborados, confiáveis e pelo uso de tecnologia medida para que esta possa ser estudada, analisada e então
barata tornam-se acessíveis a todos. A oximetria de pulso é estabelecer um feedback a fim de saber da realidade dos
um dispositivo diagnóstico capaz de detectar a porcentagem sinais vitais do paciente em questão.
de hemoglobina arterial na configuração de oxiemoglobina. O oxímetro de pulso é composto pelo sensor que
É um dispositivo não-invasivo e apresenta uma boa resolução detecta o pulso e pelo circuito que condiciona este sinal. Este
sendo que sua monitoração é uma das variáveis mais equipamento é ainda acoplado a um display para que as
importantes quando se trata de salas de cirurgia e unidades de informações captadas pelo oxímetro sejam visualizadas de
terapia intensiva. Um bom índice de oxigenação significa forma gráfica e quantitativa. Desta forma, o monitor mostra a
para o anestesista que o paciente está com bom saturação de oxigênio, a frequência de pulso e a onda de
funcionamento dos sistemas respiratório e circulatório [1]. pulso (ou indicador de pulso) detectado pelo sensor.
O princípio fisiológico de um oxímetro está Os valores normais da SpO2 são de 95 a 100%. Os
diretamente ligado com a função do sistema respiratório pois, valores inferiores a 85% indicam que os tecidos não estão
o oxigênio inspirado pelos pulmões é transferido para o recebendo oxigênio suficiente, e a paciente precisa de
sangue, o sangue arterial chega aos tecidos impulsionado avaliação adicional.
pelo coração, onde a hemácia libera O2 para os tecidos e A captação de luz pulsátil permite verificar a
recolhe CO2 produzido. O ininterrupto consumo de O2 pelos amplitude e a frequência de pulso. Estas medidas são obtidas
tecidos reduz a concentração de hemoglobina oxigenada e por meio da propriedade pletismográfica da oximetria de
aumenta a concentração de sua forma desoxigenada no pulso, que permite configurar a onda de pulso, importante na
sangue.Considerando que há um equilíbrio na concentração avaliação da acurácia da medida e condição volêmica do
de hemoglobina e oxiemoglobina, a oximetria de pulso paciente. Na figura 1, é possível observar a onda
baseia-se na diferença de absorção da luz provida por essas pletismográfica normal, onde a barra vertical indica o valor
duas moléculas [2]. mínimo para saturação periférica de oxigênio confiável.
Em um oxímetro básico, um monitor exibe a
porcentagem de saturação de oxigênio. O valor é medido
através da saturação do oxigênio no sangue, onde a variável é
conhecida como SpO2.

1
Figura 1: Onda pletismográfica.

A saturação do oxigênio é definida como a razão da


quantidade de oxigênio saturado com a capacidade total de
oxigenação: Figura 2: Componentes Básicos de um Sensor de

SpO2 
HbO2  Oxímetro de pulso. (Webster, 2006, pg 472)
RHB   HbO2  Este sistema é responsável pela emissão de luz nos
dois comprimentos de onda utilizados para a medição da taxa
Onde [HbO2] é a concentração de oxi-hemoglobina de oxigenação do sangue. A oxiemoglobina a absorve mais a
e [RHb] é a concentração de desoxi-hemoglobina, na forma luz infravermelha e permite que mais luz vermelha passe por
de percentagem tem-se: meio dela. A desoxiemoglobina absorve mais a luz vermelha
SpO2( (%)  SpO2 *100% e permite que a luz infravermelha passe através dela [6].

Sistema de Recepção: é responsável pelo


acondicionamento do sinal oriundo do sensor. É composto
II. OBJETIVOS basicamente pela amplificação do sinal do fotodiodo;
separação do sinal devido ao led vermelho e do led
infravermelho; chaveamento e controle da corrente através
O objetivo deste projeto é desenvolver um protótipo dos leds; ajuste do ganho de um dos dois sinais para torná-los
de um oxímetro de pulso. Este protótipo consiste na placa de equivalentes; conversão analógico/digital dos sinais
hardware que fará o processamento do sinal captado pelo vermelho e infravermelho; cálculo da razão
sensor, e ao fim de seu desenvolvimento a mesma será vermelho/infravermelho; cálculo da spo2; visualização dos
integrada ao software juntamente com as placas de outras valores de SpO2, freqüência cardíaca e da onda
variáveis (ECG e RESPIRAÇÃO) para que se forme um plestimográfica. A figura 3 abaixo mostra um diagrama de
protótipo de monitor multiparamétrico. blocos simplificado do circuito de um oxímetro [7].

III. MATERIAIS E MÉTODOS

O oxímetro de pulso que será desenvolvido trata-se


de um sistema composto por um hardware que pode ser
dividido em dois setores principais, que são o sistema de
controle de Leds e o Sistema de recepção.

Sistema de controle de Leds: o funcionamento


baseia-se em dois Leds, um vermelho que possui
comprimento de onda de 660nm e um infravermelho de
comprimento de 895nm na porção superior, e um
fotodetector na parte inferior como visto na figura 2 a seguir:
Figura 3: Principais componentes de um oxímetro
de pulso.
Como se trata de um sinal oriundo de um fotodiodo
deve converter a corrente gerada para uma tensão
proporcional. O sistema responsável por esta conversão é um
Amplificador de Transimpedância, mais conhecido como
conversor corrente tensão.
Segundo a Texas Instruments tais amplificadores
devem respeitar uma série de características para que sejam
eficazes em seu uso para a aplicação desejada, e que são:
baixa corrente de bias, alto ganho de tensão na largura de

2
banda, ruído em baixa tensão e baixa tensão de offset
(máxima precisão). O amplificador utilizado para este caso
será o MCP 6002 que possui uma razão de modo comum de
76dB, onde o ganho é calculado através do esquema de
montagem a seguir, fornecido pelo datasheet, exposto na
figura 4:

Figura 5 – Circuito de um sensor de oximetria Nellcor

Já a figura 6 mostra um circuito referente ao


acionamento dos leds presentes no sensor de oximetria. Este
circuito foi montado no software Proteus, que será o software
utilizado para a confecção do design da placa de circuito
impresso deste projeto.

Figura 4: Esquema de montagem MCP6001

Para alimentação será utilizada uma bateria de 9V e


através dos reguladores de tensão 7895 para alimentar o
circuito em 5V.
O circuito passa-faixa é necessário devido ao fato de
as componentes contínuas e os sinais de altas freqüências
serem indesejáveis. Tem se conhecimento sobre a natureza
dos sinais do processo que se quer capturar, estando os
mesmos dentro da faixa de frequência que vai de 0,15 a 16 Figura 6 – Montagem do circuito de acionamento dos leds no
Hz. Outro forte motivo para se utilizar os filtros supracitados, Proteus.
é que a técnica do pulso prevê que os sinais advindos do ser
humano sejam, praticamente, isentos de componente Foi projetado o circuito de regulador de tensão, que
contínua. pode ser visualizado na figura 7.
Assim a partir da equação de calculo das
frequências de corte inferior e superior, para as resistências
de valor igual á 1MΩ e os capacitores de valor 10nF e 1uF,
respectivamente temos as seguintes equações:
1
f c1   0.159 Hz e
2 *1 *10n
1
f c2   15.9 Hz
2 *1 *1

Sendo assim, um oxímetro de pulso é composto


basicamente por um sensor, onde estão as fontes de luz e o
Figura 7: Regulador de tensão.
fotodetector, e por um circuito eletrônico que faz o controle e
o processamento do sinal captado pelo fotodetector e o
transforma em valores de SpO2.
Foi projetado um amplificador de transimpedância,
cuja função é transformar a corrente retornada do fotodiodo
em uma tensão com impedância de saída moderada. Para tal
IV. RESULTADOS
será utilizado o circuito integrado MCP6002, onde o ganho
. total do sistema ainda será definido, visto que das diversas
De acordo com o funcionamento estudado dos bibliografias estudadas um valor diferente é utilizado. Na
oxímetros, a primeira etapa deste projeto foi o figura 8 é possível visualizar o circuito do amplificador de
desenvolvimento do circuito do sensor. A figura 5 mostra um transimpedância projetado no software Proteus.
circuito resumido de um sensor de oximetria da marca
Nellcor.

3
[5] LIMA, D. Oxímetro de Pulso com Transmissão de Sinal
sem Fios, 2009, 80f. Tese (Graduação em Engenharia
Elétrica) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009

[6] Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo,


Oxímetro de Pulso. 2009

[7] Oxímetros de Pulso: Operação, Funcionalidade e


Segurança, Fernandes, Reinaldo. Florianópolis 2001

[8] WEBSTER, Medical Instrumentation Application and


Desing, 4 ed, 2009.

Figura 8: Amplificador de transimpedância.

V. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO

Como desenvolvimento do projeto pode-se observar


que é de suma importância o funcionamento preciso e
satisfatório do oxímetro de pulso, para que os profissionais
da saúde tenham um feedback adequado da saturação da
oxigenação do sangue dos pacientes. Para que o projeto tenha
resultado é de grande necessidade a interdisciplinaridade do
projeto, exigindo pesquisa na área de fisiologia, eletrônica
analógica e programação.
Neste projeto deverá ser levado em conta fatores
como baixa amplitude do sinal proveniente para o oxímetro e
possíveis interferências prejudiciais ao bom desempenho do
circuito. Portanto será necessário projetar o hardware, de
modo que, esses artefatos sejam mínimos.

VI. REFERÊNCIAS

[1] RESENDE, T. BORGES, T. Desenvolvimento de uma


Plataforma para a aquisição e Processamento de Sinais de
Oximetria de Pulso, 2006 80f. Tese (Graduação em
Engenharia Elétrica) Universidade de Brasilia, 2006

[2] SANTINI, T. Projeto de um oxímetro de pulso com


Comunicação USB, 2010, 69f. Tese (Graduação em
Engenharia Elétrica) Universidade de São Paulo, São Calos,
2010

[3] ELSHARYDAH, A.: CORK, R.C Blood Gas


Measurements, Oximetry, In Encyclopedia of Medical
Devices and Instrumentation, Vol 1 .John Willey & Sons Inc
2006 pg 469-472

[4] Manual de Operação Anvisa Oxímetro de Pulso,


disponível em:
<http://www4.anvisa.gov.br/base/visadoc/REL/REL[14811-
1-2].PDF>, acesso 18 de abril de 2015