Você está na página 1de 4

Direito Administrativo | Material de apoio

Professor Robson Fachini

TURMA PARA O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARANÁ E TRT


1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DE DIREITO ADMINISTRATIVO
Boa aula!
1. A estrutura administrativa do Estado compreende a administração pública direta e indireta. Sobre o tema,
examine as afirmações abaixo.
I. A administração direta é constituída pela União, Estados, Municípios e Distrito Federal, todos dotados de
autonomia política, administrativa e financeira.
II. Estados e Municípios não são dotados de soberania e não têm competência legislativa para instituir sua
própria administração indireta.
III. As autarquias e as fundações de direito público são pessoas jurídicas de direito público que compõem a
administração indireta.
IV. As empresas públicas são pessoas jurídicas de direito privado, dotadas de patrimônio próprio.
V. A criação de sociedade de economia mista depende de lei específica autorizadora e o seu quadro social é
constituído por pessoas jurídicas de direito público.
Estão corretas APENAS as afirmações
a) I e III.
b) II, IV e V.
c) I e II.
d) I, III e IV.
e) III e V.

2. A Administração Federal compreende, dentre outra, a Administração Direta, que se constitui dos serviços
integrados na estrutura administrativa da Presidência da República e
a) das Autarquias.
b) dos Ministérios.
c) das Empresas Públicas.
d) das Sociedades de Economia Mista.
e) das Fundações Públicas.

3. Considere as seguintes proposições acerca das entidades políticas e administrativas:


I. As entidades estatais são pessoas jurídicas de direito público que integram a estrutura constitucional do
Estado e têm poderes políticos e administrativos, como, por exemplo, os Estados-membros.
II. As autarquias desempenham suas atividades sem subordinação hierárquica, no entanto, estão sujeitas
a controle administrativo, indispensável para as- segurar que elas não se desviem de seus fins
institucionais.
III. As entidades paraestatais, também denominadas entes de cooperação com o Estado, são autônomas,
administrativa e financeiramente; têm, entre outras características, patrimônio próprio, sendo que não se
sujeitam a qualquer controle estatal.
Está correto o que se afirma SOMENTE em
a) III.
b) I e II.
c) II e III.
d) II.
e) I e III.

4. Considerando a Organização Administrativa Brasileira, é correto afirmar que


a) a União, os Estados-membros, o Distrito Federal e os Municípios são entidades estatais.
b) o Brasil é uma confederação formada pela união indissolúvel dos Estados-membros, dos Municípios e do
Distrito Federal.

1
Direito Administrativo | Material de apoio
Professor Robson Fachini

c) os poderes e competências dos Municípios são delimitados por ato do Presidente da República.
d) as empresas públicas e as sociedades de economia mista integram a administração direta da União, dos
Estados-membros e dos Municípios.
e) Os Ministérios são órgãos autônomos, unipessoais, integrantes da administração indireta, porém
vinculados à Presidência da República.
5. A Administração pública, quando se organiza de forma descentralizada, contempla a criação de pessoas
jurídicas, com competências próprias, que desempenham funções originariamente de atribuição da
Administração direta. Essas pessoas jurídicas,
a) quando constituídas sob a forma de autarquias, podem ter natureza jurídica de direito público ou privado,
podendo prestar serviços públicos com os mesmos poderes e prerrogativas que a Administração direta.
b) podem ter natureza jurídica de direito privado ou público, mas não estão habilitadas a desempenhar os
poderes típicos da Administração direta.
c) desempenham todos os poderes atribuídos à Administração direta, à exceção do poder de polícia, em
qualquer de suas vertentes, privativo da Administração direta, por envolver limitação de direitos individuais.
d) quando constituídas sob a forma de autarquias, possuem natureza jurídica de direito público, podendo
exercer poder de polícia na forma e limites que lhe tiverem sido atribuídos pela lei de criação.
e) terão natureza jurídica de direito privado quando se tratar de empresas estatais, mas seus bens estão
sujeitos a regime jurídico de direito público, o que também se aplica no que concerne aos poderes da
Administração, que desempenham integralmente, especialmente poder de polícia.
6. No que concerne à descentralização por serviços, também denominada de descentralização funcional ou
técnica, considere:
I. Cria-se pessoa jurídica de direito público ou privado e a ela atribui-se a titularidade e a execução de
determinado serviço público.
II. No Brasil, essa criação ou autorização de instituição somente pode dar-se por meio de lei específica.
III. Corresponde, basicamente, às autarquias, mas abrange também as sociedades de economia mista e as
empresas públicas, dentre outras.
IV. Os consórcios públicos não prestam serviço público mediante descentralização.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) III.
b) I e III.
c) I, II e III.
d) II e IV.
e) I e IV.
7. Determinada Secretaria de Estado transfere um conjunto de competências administrativas específicas
para outra pessoa jurídica, sem o estabelecimento de contrato ou ato administrativo. Esse é caso de
a) descentralização por delegação.
b) descentralização territorial.
c) descentralização funcional.
d) desconcentração funcional.
e) desconcentração territorial.

8. Considere as seguintes assertivas:


I. A desconcentração está relacionada ao tema “hierarquia”.
II. Na desconcentração, há uma distribuição de competências dentro da mesma pessoa jurídica.
III. Quando, por exemplo, o poder público (União, Estados e Municípios) cria uma pessoa jurídica de direito
público, como a autarquia, e a ela atribui a titularidade e a execução de determinado serviço público, ocorre a
chamada desconcentração.
IV. Quando, por exemplo, a execução do serviço público é transferida para um particular, por meio de
concessão ou permissão, ocorre a chamada descentralização.
Está correto o que se afirma APENAS em

2
Direito Administrativo | Material de apoio
Professor Robson Fachini

a) II.
b) II, III e IV.
c) I e III.
d) I, II e IV.
e) III e IV.
9. Pessoa jurídica de direito privado, constituída sob a forma da legislação brasileira, com parte do capital
pertencente a entes públicos, na condição de detentores do controle, prestadora de serviço público,
sujeita a regime licitatório para contratação das atividades meio, descreve uma
a) sociedade de economia mista.
b) autarquia.
c) fundação.
d) empresa pública.
e) autarquia especial.
10. Considere que a União pretenda instituir uma entidade autônoma, com personalidade jurídica própria,
para executar obras de infraestrutura necessárias à realização dos Jogos Olímpicos. Tendo em vista as
características e o regime jurídico aplicável, referida entidade poderá ser
a) autarquia, criada por lei, com autonomia administrativa e sujeita a regime de direito privado parcialmente
derrogado pelos princípios aplicáveis à Administração pública.
b) empresa pública, cuja criação é autorizada por lei, sujeita ao mesmo regime jurídico do ente instituidor.
c) fundação, constituída mediante contrato de programa celebrado em conjunto com as entidades da
federação beneficiadas pelas obras.
d) sociedade de economia mista, cuja criação é autorizada por lei, admitindo-se a participação minoritária de
particulares no seu capital social.
e) agência reguladora, sob a forma de autarquia de regime especial, cuja criação é autorizada por lei, dotada
de autonomia financeira.
11. A propósito dos entes que integram a Administração Indireta, considere as afirmativas abaixo.
I. As autarquias são dotadas de personalidade jurídica de direito público, possuem capacidade de
autoadministração e se distinguem das pessoas políticas no que concerne à competência legislativa, pois não a
detêm, o que não impede, todavia, que lhes seja transferida a titularidade e a execução de serviços públicos.
II. As empresas estatais podem, na forma que seus Estatutos Sociais determinarem, exercer atividade
econômica de natureza privada ou prestar serviço público, o que, contudo, não impacta sua natureza jurídica
de direito privado e, assim, permite a contratação de obras e aquisições sem se submeter ao regime de
licitações.
III. Tanto as autarquias, quanto as empresas públicas são pessoas jurídicas de direito público criadas por lei,
permitido às segundas um certo grau de flexibilização no regime jurídico a que estão submetidas, com
derrogação por normas de direito privado, tais como possibilidade de contratação de servidores público sem
submissão a concurso público.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I.
c) II.
d) II e III.
e) III.
12. Quanto à estrutura, os órgãos públicos podem ser classificados em simples, também denominados de
unitários, e compostos. Acerca do tema, considere:
I. São constituídos por um único centro de atribuições.
II. Possuem subdivisões internas.
III. São exemplos de tais órgãos, as Secretarias de Estado.
IV. São exemplos de tais órgãos, os Ministérios.

3
Direito Administrativo | Material de apoio
Professor Robson Fachini

No que concerne às características e exemplos de órgãos simples ou unitários, está correto o que se afirma
APENAS em
a) I e IV.
b) I e II.
c) II e III.
d) IV.
e) I.

13. Conforme estabelece a Lei n° 9.784/1999, órgão é a unidade de atuação integrante da estrutura da
Administração direta e da estrutura da Administração indireta
a) que detém personalidade jurídica própria, ao contrário da entidade que não é dotada de personalidade
jurídica própria e distinta do ente instituidor.
b) destituído de personalidade jurídica própria, tal qual as entidades que integram a Administração pública
indireta e agem em nome do ente instituidor.
c) que com elas não se confunde, a despeito de ser uma de suas partes integrantes, não possuindo
personalidade jurídica própria, ao contrário das entidades que são dotadas de personalidade jurídica própria.
d) representativo do fenômeno denominado descentralização por serviço, o que o distingue da entidade que
constitui unidade de atuação dotada de personalidade jurídica, característica do fenômeno da
desconcentração.
e) que congrega atribuições exercidas pelos agentes públicos, razão pela qual com eles se confunde para
todos os fins de direito.
14. Considere a seguinte assertiva:
A Câmara dos Deputados classifica-se, quanto à posição estatal, como órgão independente. Isto porque,
dentre outras características, não possui qualquer subordinação hierárquica ou funcional, estando sujeita
apenas a controle constitucional.
A assertiva em questão está:
a) correta, pois trata-se de órgão independente e autônomo, expressões sinônimas quanto à classificação dos
órgãos públicos.
b) incorreta, pois não se trata de órgão independente e sim autônomo.
c) correta, pois trata-se de órgão independente, estando a fundamentação também correta.
d) incorreta, pois embora seja órgão independente, ele está sujeito à subordinação hierárquica e funcional.
e) incorreta, pois trata-se de órgão autônomo e sujeito à subordinação hierárquica e funcional.
15. No que diz respeito ao órgão público, está correto o que se afirma em:
a) É unidade de atuação integrante da estrutura da Administração direta, apenas.
b) Tem personalidade jurídica própria.
c) É unidade de atuação integrante da estrutura da Administração indireta, apenas.
d) Não se confunde com a pessoa física, o agente público, porque congrega funções que este vai exercer.
e) Confunde-se com a pessoa jurídica, sendo uma de suas partes integrantes.

GABARITO
1-D; 2-B; 3-B; 4-A; 5-D; 6-D; 7-C; 8-D; 9-D; 10-D;
11-B; 12-E; 13-C; 14-C; 15-D.