Você está na página 1de 3

- Leia a tirinha e responda

1. As duas personagens da tira, Calvin e a professora, fazem referência a si mesmas usando o pronome “eu”.
Em um trecho, no entanto, uma das personagens não faz o uso deste recurso. Em qual trecho acontece isso?
Reescreva esta fala corrigindo-a.
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
2. A palavra “antes”, presente na última fala de Calvin, indica que ele
a) já gastou energia anteriormente em outras coisas, por isso não quer perguntar.
b) ainda não sabe a resposta para a pergunta que fez, por isso perguntou à professora.
c) não tem interesse na aula que está vendo e gostaria de aprender coisas que julga mais importantes
primeiro.
d) gastou muita energia pensando na pergunta anterior e não quer mais perguntar.
e) gostaria de ter feito outra pergunta antes, mas acabou fazendo a mesma.

3. Leia com atenção as frases a seguir.

I. Atrás de um grande herói há uma grande heroína.


II. Atrás de um herói grande há uma heroína grande.

Percebe-se que os dois trechos possuem diferenças quanto ao posicionamento do adjetivo grande. Explique
a alteração de sentido ocasionada em virtude das inversões desse adjetivo.
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________

- Leia o poema e responda

4. De acordo com os conceitos de poesia visual, o que a forma


e o sentido do poema expressam? Justifique.
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________
____________________________________________________

5. Considere os versos:

Ele a apara
no peito

O pronome “ele” não tem referente no texto; ficou subentendido


pelo contexto. A quem se refere o poeta por meio desse conectivo?

______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________

Por que temos sobrenomes?


Houve um tempo em que as pessoas tinham apenas um nome. Já imaginou a confusão?
Silva, Oliveira, Faria, Ferreira... Todo mundo tem um sobrenome e temos de agradecer aos romanos por isso.
Foi esse povo, que há mais de dois mil anos ergueu um império com a conquista de boa parte das terras banhadas pelo
Mediterrâneo, o inventor da moda. Eles tiveram a ideia de juntar ao nome comum, ou prenome (do latim praenomen),
um nome (ou nomen). Por quê? Porque o Império Romano crescia e eles precisavam indicar o clã a que a pessoa
pertencia ou o lugar onde tinha nascido.
Com a decadência do Império Romano, essa prática foi se enfraquecendo até que, na Idade Média, os
sobrenomes caíram em desuso e as pessoas passaram a ser chamadas apenas pelo seu prenome. Eu, por exemplo, seria
apenas Raquel nessa época. Que grande confusão isso deveria causar, não é mesmo? Imagine quantas outras pessoas
com o nome “Raquel” não deviam existir? Por isso mesmo, os sobrenomes voltaram a ser usados e passaram a ser
obrigatórios no século 11. Assim não tinha mais como confundir uma Raquel Pereira com uma Raquel Valença, e isso
era muito importante na hora de cobrar impostos das pessoas certas e evitar casamentos entre pessoas da mesma
família.
Novamente, os sobrenomes não foram inventados do nada. Os homens passaram a escolher sobrenomes que
tinham a ver com o seu local de origem – Coimbra é um caso destes – ou para confirmar o parentesco – o sobrenome
Fernandes, por exemplo, significa ‘filho do Fernando’. Outros escolheram sobrenomes que se referiam a
características físicas e de personalidade, como Louro, Calvo e Severo. Também tiveram houve aqueles que adotaram
sobrenomes ligados a atividades desenvolvidas pela família, como é o caso de Ferreira que, provavelmente, é uma
referência à profissão de ferreiro.
O costume de usar sobrenomes se mostrou muito útil, foi se espalhando pela Europa, pelas colônias europeias
e, depois, pelo mundo. Hoje não dá mais para imaginar alguém sem sobrenome, está na carteira de identidade, na
ficha que preenchemos na matrícula da escola e em tantos outros documentos importantes, é ou não é?
Raquel Teixeira Valença. Disponível em: <http://chc.org.br>.
6. O texto acima atende ao propósito de:
a) destacar a importância do Império Romano.
b) explicar o surgimento de algo ao leitor.
c) divulgar os primeiros sobrenomes utilizados.
d) expor uma opinião sobre um fato.

7. Em todas as passagens, a autora dialoga diretamente com o leitor, exceto em:


a) “Já imaginou a confusão?”
b) “Que grande confusão isso deveria causar, não é mesmo?”
c) “O costume de usar sobrenomes se mostrou muito útil [...]”
d) “[...] e em tantos outros documentos importantes, é ou não é?”

8. No trecho “[...] e isso era muito importante [...]”, “muito” exprime a ideia de:
a) intensidade
b) indefinição
c) tempo
d) modo
e) causa

9. Identifique o fato que motivou o enfraquecimento da prática dos sobrenomes:


______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________
10. Considere a frase “Pronto: então os gatos são tão inteligentes quanto os cachorros, concluíram alguns
pesquisadores”. Os termos destacados possuem função de, respectivamente:

a) substantivo; adjetivo; pronome; verbo; adjetivo.


b) substantivo; adjetivo; substantivo; verbo; substantivo.
c)adjetivo; adjetivo; substantivo; advérbio; substantivo.
d) substantivo; adjetivo; substantivo; advérbio;adjetivo.
e) adjetivo; adjetivo; adjetivo; verbo; substantivo.