Você está na página 1de 3

DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR

EMENTA:

Diretrizes Curriculares Nacionais e Ensino Superior no Brasil. Regulamentação e docência assistida na UFRN: formação pedagógica e estágio docente. Aula universitária, processo didático e seus elementos. O planejamento e as possibilidades didáticas de organização de planos de ensino. Procedimentos didáticos e avaliação na docência no ensino superior. Perfil do professor universitário: articulação entre ensino, pesquisa, extensão e internacionalização na ciência e tecnologia. Organização didática da docência assistida: elaboração de plano de ação, relatório de atuação, tecnologias da informação e do conhecimento aplicadas à docência e recursos pedagógicos.

REFERÊNCIAS BÁSICAS:

ANASTASIOU, L; ALVES, L. (orgs.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho docente em aula. 6 ed. Joinville: Univille, 2006.

BEHRENS, M. A. Docência Universitária na sociedade do conhecimento. Coleção educação, teoria e prática, Vol. 3. Curitiba: Champagnat, 2003.

BRASIL. Diretrizes e Bases da Educação Nacional Lei 9394/1996. Brasília: 1996. Disponível em: . Acesso em 06 fev. 2014. BRASIL. MEC LEGIS. Brasília: 2013. Disponível em: .

CANDAU, V. M. A didática hoje: uma agenda de trabalho. In:

Saberes Escolares. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002. p. 149-160.

Didática, Currículo e

MASETTO, M.T. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus Editorial, 2003a.

MORIN, E. Educação e Complexidade: os sete saberes e outros ensaios. São Paulo: Cortês,

2009.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C

Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e Docência. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

ZABALZA, M. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed,

2004.

REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES E CRONOGRAMA:

 

DATA

Conteúdo

Referências por aula

CELSO E

14/03

Apresentação da Disciplina

COMENIUS. Didática

Magna.

3.ed.

São

RAIMUNDO

e

Paulo: Martins Fontes, 2006. 390 p.

 

21/03

Regimento da Docência Assistida na UFRN

 

CORRAZA,

Sandra

Mara.

Currículo

e

Introdução ao debate em Docência no Ensino Superior

Didática da Tradução:vontade, criação e crítica. Educação & Realidade, Porto Alegre,

v.

41, n. 4, p. 1313-1335, out./dez. 2016.

 
 

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2013. 288 p.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004. 296 p. (Coleção Docência em formação Saberes pedagógicos)

PRÓ-REITORIA

28/03

Plano de Atuação Docente:

Pró-Reitoria de Pós-Graduação

 

instruções da Pró-Reitoria

TRABALHO

04/04

Elaboração do PAD

TRABALHO

11/04

Elaboração do PAD

 

18/04

Docência no Ensino Superior:

ANASTASIOU, L; ALVES, L. (orgs.).

problematização conceitual

Processos de ensinagem na universidade:

RAIMUNDO

pressupostos para as estratégias de trabalho docente em aula. 6 ed. Joinville: Univille,

2006.

CORRAZA,

Sandra

Mara.

Currículo

e

Didática da Tradução: vontade, criação e crítica. Educação & Realidade, Porto Alegre,

v.

41, n. 4, p. 1313-1335, out./dez. 2016.

 

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C Docência no ensino superior. São Paulo:

Cortez, 2002.

 

24/04

Docência no Ensino Superior:

BOSTON UNIVERSITY. Neuroscience for teachers. Publicações. Disponível em:

RAIMUNDO

abordagens da Pedagogia crítico- social; da Psicanálise e das Neurociências.

CIFALLI, Mireille.

Psychanalyse

et

 

Éducation. Université de Paris X Nanterre.

[On-line].

Disponível

 

em:

www.arianesud.com FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

UNIVERSITY OF BRISTOL. Neuroscience

and Education.

Publicações 2010-2018.

Disponível on-line

 

em:

http://www.bristol.ac.uk/education/study/mas ters/education/neuroscience/ UNIVERSITY OF CAMBRIDGE. Neurosciense in Education. Publicações.

Disponível

em:

     

ons

RAIMUNDO

02/05

Docência no Ensino superior: a questão metodológica e o planejamento

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004. 296 p. (Docência em formação Saberes pedagógicos)

 

09/05

Docência no Ensino Superior :

ANASTASIOU, L; ALVES, L. (orgs.).

RAIMUNDO

avaliação da aprendizagem e de rendimento

Processos de ensinagem na universidade:

pressupostos para as estratégias de trabalho docente em aula. 6 ed. Joinville: Univille,

 

2006.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C Docência no ensino superior. São Paulo:

Cortez, 2002.

 

16/05

1.

Tendências Pedagógicas e Ensino

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública. São Paulo: Loyola, 1990.

CELSO

Superior

2.

O uso social das Ciências

Bourdieu, Pierre. Uso social das ciências. São Paulo: Editora Unesp, 2004.

 

23/05

Teorias da aprendizagem: Cognitiva e Sócio-Culturais.

CUNHA, Marcos Vinícius da. Piaget:

CELSO

Psicologia Genética e Educação. Psicologia da Educação. Acervo digital UNESP. Disponível em:

 

<http://www.acervodigital.unesp.br/bitstream

/123456789/141/3/01d08t02.pdf>.

VYGOTSKI, L. S. A Formação Social da Mente. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda.,1991.

CELSO

30/05

Teorias da aprendizagem significativa: contribuições de Ausubel. Teoria das Inteligências Múltiplas de Howard Gardner.

MOREIRA, Marco Antonio, MASINI, Elcie F. Salzano. Aprendizagem significativa: A teoria de David Ausubel. Luiz Carlos Panisset Travassos. Inteligências Múltiplas. Revista de Biologia e Ciências da Terra. João Pessoa: UEPB. Vol. 1 N. 2 2001 Gardner, Howard. Estruturas da Mente: A Teoria das Inteligências Múltiplas. Porto Alegre: Artes Médicas sul, 1994.

PRÓ-REITORIA

06/06

Relatório de atividades

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO

ORIENTAÇÕES

13 a

Orientações dos produtos da disciplina e dos documentos institucionais dos discentes

 

27/06

Trabalhos dos pós-graduandos