Você está na página 1de 10

pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA


CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO

DIDÁTICA 5ª QUESTÃO
O planejamento e avaliação de ensino têm sido utilizados pelos
professores, como instrumentos de trabalho, apenas, numa
1ª QUESTÃO perspectiva técnico-burocrática. No entanto, a análise das relações
“A formação profissional é um processo pedagógico intencional entre a “escola e a sociedade” alerta-nos para o cuidado que
e organizado, abrangendo, portanto, duas dimensões”. Essas devemos ter a fim de evitar que esses instrumentos pedagógicos
dimensões são: se transformem em
a) Formação técnica e instrumental. a) mecanismos de orientação da ação pedagógica.
b) Formação teórico-científica e técnico-prática. b) mecanismos de mobilização para reflexão.
c) Formação superior e continuada. c) mecanismos de controle e exclusão.
d) Formação pedagógica e específica. d) mecanismos de auto-avaliação.
e) Formação prática e conteudística. e) mecanismos de inclusão e participação.

2ª QUESTÃO
6ª QUESTÃO
As alternativas abaixo apresentam características da Pedagogia
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB no
Libertadora, EXCETO:
9394/96, em seu Artigo 24, inciso V e alínea a, determina:
a) O trabalho escolar se assenta no processo de participação ativa “V – a verificação do rendimento escolar observará os seguintes
dos alunos nas discussões e ações práticas sobre questões da critérios:
realidade social imediata. a) avaliação contínua e cumulativa do desempenho do aluno, com
b) A atividade escolar é centrada na discussão de temas sociais e prevalência dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos
políticos. resultados ao longo do período sobre os de eventuais provas
c) O centro da atividade escolar é o professor, que dirige todo o finais;”
trabalho desenvolvido em sala de aula. Analise as proposições apresentadas, com base no exposto:
d) As atividades surgem de temas geradores, que podem vir a
ser sistematizados para efeito de consolidação de I. Avaliação contínua e cumulativa é a que regula a ação
conhecimentos.
pedagógica do professor e possibilita ao aluno acompanhar
e) Utilizada entre adultos, busca, por meio de debates sobre a
problemática econômica e social, a vivência da prática política. seu progresso e/ou dificuldades na aprendizagem.
II. A avaliação dos aspectos qualitativos, deve considerar, apenas,
3ª QUESTÃO o comportamento, pontualidade, assiduidade e participação.
O professor, como articulador da prática pedagógica que se III. A LDB determina que a avaliação deverá ter como
desenvolve na sala de aula, necessita explicitar os pressupostos instrumento básico, para aprovação do aluno, a prova escrita.
que subjazem a sua atividade de ensino. eoricamente refutada, a IV. No espírito da Lei, os aspectos quantitativos deverão ser
“pedagogia tradicional” continua muito presente na escola
suplantados pelos qualitativos, no processo avaliativo da
brasileira e se consubstancia como:
aprendizagem.
a) Uma proposta de educação alicerçada na participação coletiva. V. A Lei define que, na educação básica, a promoção do aluno
b) Uma proposta de educação centrada no aluno. deve ser automática, para evitar a retenção e distorção idade/
c) Uma proposta de educação que enfatiza a experiência. série.
d) Uma proposta de educação que enfatiza as transformações
sociais. São corretas apenas as proposições:
e) Uma proposta de educação centrada no professor.
a) I, II e III
b) I e IV
4ª QUESTÃO c) I, II, III e V
Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) propõem a “Escola d) I, II e V
como uma construção coletiva e permanente”. e) III e IV
Nessa perspectiva, consideram essencial a vinculação da escola
com as questões sociais e com os valores democráticos.
Atentando para essas diretrizes, identifique a única alternativa 7ª QUESTÃO
NÃO condizente com a proposta nacional. O planejamento de ensino é um momento privilegiado de estudo,
troca de experiências, de reflexão, de discussão e definição de
a) A escola deve ser um local de trabalho individualizado, cujos ações concretas para a consecução dos objetivos da educação.
objetivos são uma especificidade do professor. Para que essas ações se efetivem é necessária a elaboração do
b) A elaboração da proposta pedagógica de cada instituição plano de ensino, cujos elementos básicos são:
constitui o terceiro nível de concretização curricular.
c) O projeto educativo de cada escola expressa a sua identidade a) Planejamento, conteúdo, materiais, avaliação e diagnóstico.
em um processo dinâmico de reflexão e elaboração contínua. b) Plano de aula, materiais, instrumentos de avaliação, objetivos
d) É imprescindível que cada escola discuta e construa seu projeto e ações.
político-pedagógico. c) Avaliação, conteúdo, finalidades, calendário e objetivos.
e) A escola discute e explicita os valores assumidos de forma d) Objetivos, conteúdos, metodologia, recursos materiais e
coletiva, incorporando a auto-avaliação como necessidade avaliação.
educativa. e) Métodos, técnicas, objetivos, conteúdos e bibliografia.

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 1 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO
8ª QUESTÃO LÍNGUA PORTUGUESA
Apresentamos abaixo alternativas sobre as funções da avaliação.
Indique nos parênteses com a letra “D” a “avaliação diagnóstica”,
com a letra “F” a “avaliação formativa” e com a letra “S” a
“avaliação somativa”. Do Cordel ao rock´n roll

( ) “...Tem função de controle, é realizada durante todo o decorrer 01 Zé Ramalho é um artista muito além de seu
do período letivo, com o intuito de verificar se os alunos estão tempo. Ao longo dos anos, construiu uma carreira sólida,
atingindo os objetivos previstos”. que atravessa gerações e volta e meia é resgatada pela
juventude, que não se incomoda de aprender e decorar
( ) “...é a que permite identificar progressos e dificuldades dos
05 suas letras às vezes prolixas, às vezes simbólica demais.
alunos e a atuação do professor, no início, durante e no final
Isso acontece, sobretudo, porque o artista
de uma unidade, bimestre ou do ano letivo”.
paraibano construiu, através de sua música, uma obra
( ) “...classifica os resultados de aprendizagem alcançados pelos
singular em nosso cancioneiro popular. Singular em
alunos, de acordo com níveis de aproveitamento estabelecido”. todos os aspectos. Quem ousaria, por exemplo, copiar
( ) “...identifica, discrimina, compreende, caracteriza as causas 10 o seu estilo sem cair o pastiche e até mesmo no ridículo?
determinantes das dificuldades de aprendizagem, ou essas Guardadas as proporções, é verdade, é uma
dificuldades”. espécie de Augusto dos Anjos da música brasileira, com
( ) “...constata se os objetivos estabelecidos foram alcançados um estilo único, que não dá margem para seguidores.
pelos alunos, fornecendo dados para aperfeiçoar o processo Esta edição, o Correio das Artes presta uma
ensino aprendizagem”. 15 homenagem a este grande artista, através de texto
assinado por Herbert Araújo, jornalista e poeta.
A seqüência correta é: O texto é, na verdade, um passeio por todas as
referências literárias, míticas e musicais existentes na
a) D, D, S, F, D obra de Zé Ramalho. Fala da influência do rock e
b) S, S, D, F, F 20 também da forte ligação que o compositor paraibano
c) F, D, D, F, F tem com a literatura de cordel.
d) D, F, S, D, F ***
e) F, D, S, D, F Nesta edição fazemos também uma homenagem
à escritora paraibana Mercedes Cavalcanti. Ela lançou
esta semana o seu novo romance, “A volúpia dos anjos”,
9ª QUESTÃO
25 obra que terá brevemente uma segunda edição pela
Aprender e ensinar são processos intimamente relacionados, nos
editora A Girafa.
quais o planejamento tem um papel fundamental, que é
Para falar sobre a obra de Mercedes,
publicamos um texto do escritor Rinaldo de Fernandes.
a) favorecer a qualidade do trabalho docente a fim de que o aluno
Além disso, trazemos uma entrevista com a escritora,
desenvolva sua capacidade intelectual. 30 feita pelo jornalista Ricardo Anísio.
b) direcionar o desenvolvimento cognitivo e afetivo do aluno. Do Editor
c) traduzir na prática as diferentes correntes teóricas relativas (Correio das Artes. João Pessoa, 22 e 23 de outubro
ao processo ensino-aprendizagem. de 2005)
d) garantir a coerência e a unidade do trabalho docente por meio
de interligação dos elementos do processo de ensino.
e) direcionar a seleção de conteúdos que garantam o alcance Com base no texto acima, responda às questões de 11 a 14.
dos objetivos definidos pelo(a) professor(a).

11ª QUESTÃO
10ª QUESTÃO A vírgula após a palavra juventude (linha 4)
Existem vários instrumentos para avaliar o aluno: testes,
observação, trabalhos de pesquisa, provas, entre outros. Esses a) é necessária para dar “fôlego” à leitura, para evitar que a frase
instrumentos podem ser usados pelo professor, devendo, porém, fique longa demais.
cumprir certos pré-requisitos básicos, tais como, EXCETO: b) é um caso de erro de pontuação.
c) é opcional.
a) Conterem questões que privilegiem a memorização. d) possibilita deduzir que a oração adjetiva subseqüente predica
b) Serem planejados com antecedência.
apenas parte da “juventude”, restringindo-a, portanto.
c) Estarem fundamentados em objetivos explícitos de ensino.
e) permite que se interprete a oração adjetiva subseqüente como
d) Conterem instruções claras para os alunos.
predicando “a juventude” em sua totalidade.
e) Estarem pautados em critérios de avaliação bem definidos.

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 2 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO

12ª QUESTÃO 15ª QUESTÃO


A palavra isso, que inicia o segundo parágrafo Com base no fragmento de texto abaixo, analise as proposições
que seguem:
a) tem valor anafórico e remete para Zé Ramalho.
01 A obrigatoriedade do espanhol no currículo do
b) tem valor anafórico, sendo seu interpretante o que se declara 02 ensino médio e a falta de professores preparados para
no parágrafo anterior. 03 ensinar língua animaram nossos vizinhos latinos,
04 principalmente os argentinos. Em entrevista ao jornal
c) tem valor catafórico e remete para “o artista paraibano”.
05 La Nación, o ministro da Educação da Argentina, Daniel
d) tem valor disfórico, porque empresta um sentido pejorativo 06 Filmes, afirmou que a nova lei criou “um panorama
ao enunciado. 07 importante para os docentes argentinos que estão
08 dispostos a formar professores no Brasil”. [...]
e) tem valor anafórico, sendo seu interpretante a oração
explicativa que se segue à oração de que é o sujeito. (Revista Educação. São Paulo: Segmento, setembro de 2005, p.
16.)

13ª QUESTÃO I. O uso da vírgula após “Daniel Filmes” (linha 6) constitui


O único item que não encerra falha gramatical, segundo o modelo inadequação no registro padrão escrito, pois separa seu termo
padrão, ocorre em: imediato.

a) “(...) suas letras às vezes prolixas, às vezes simbólica demais.” II. As vírgulas usadas, antes e depois de “Daniel Filmes” (linha
(linha 5). 5-6), sinalizam uma informação intercalada na oração.

b) “Ela lançou esta semana o seu novo romance ‘A volúpia dos III. A ausência da vírgula, após o termo “língua” (linha 2), impede
anjos’, obra que terá brevemente uma segunda edição pela a pausa de curta duração, quebrando a seqüência lógica do
editora A Girafa.” (linha 23-26). enunciado.

É(São) correta(s):
c) “(...) sem cair o pastiche e até mesmo no ridículo?” (linha
10). a) III, apenas
b) I, apenas
d) “Esta edição, o Correio das Artes presta uma homenagem (...)” c) II, apenas
(linha 14-15). d) II e III, apenas
e) I e III, apenas
e) “(...) presta uma homenagem a este grande artista, através de
texto assinado pelo autor Herbert Araújo, jornalista e poeta.”
(linha 14-16). 16ª QUESTÃO
Assinale a alternativa em que a segunda ocorrência da partícula
se tem uso e significado idênticos ao do quadrinho abaixo.
14ª QUESTÃO
Sobre Do Cordel ao rock´n roll é possível afirmar que

a) as falhas gramaticais (concordância, regência) não


comprometem a qualidade do texto, assim como a
variação temática, dada a sua função composicional e
social.

b) é um exemplo de não-texto, pois não há unidade nem


progressão temática, abordando diferentes assuntos.

c) é um exemplo de texto que fracassa em seus objetivos, por


falta de coesão interna entre suas partes.

d) a sua maior falha é usar um título que não se desenvolve no


corpo textual. a) Nem tudo se conquista na vida.
b) Dormia-se demais naquela casa.
e) é inaceitável que, sendo um texto veiculado por um jornal de c) Não se sabia se aquela era a versão verdadeira dos fatos.
qualidade, contenha falhas gramaticais de concordância e d) Os jogadores se abraçaram e vibraram com a vitória.
regência. e) Se o acordo fosse cumprido, toda essa desordem seria evitada.

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 3 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO
17ª QUESTÃO 18ª QUESTÃO
Assinale a única alternativa cujo excerto é de linguagem
exclusivamente culta, formal (Todos transcritos da revista Leitura,
Escola e Mídia ano 23, nº 01, 2005).

a) “De uma turma de vinte alunos, só restou eu.”


01 [...] Não dá aqui para deixar de falar no
Paulo Freire. A primeira grande obra dele: b) “Tem viola minha em São Paulo, no Rio, em Brasília e até no
“Educação como prática de liberdade”, onde estrangeiro.”
ele diz claramente: “é preciso fazer uma opção,
05 a gente quer a sociedade de ontem, do c) “Bem cedo, vai pro mato cortar a madeira ximbuva, sara-de-
autoritarismo, da dominação, ou a gente quer leite ou orumbeva, próprias para a fabricação.”
a sociedade do amanhã, da libertação, da
participação, da emancipação humana?” [...] d) “Depois de a viola ter virado patrimônio, as pessoas procuram
Uma tarefa importante para os jovens é mais e se interessam mais.”
10 fazer uma leitura crítica dos meios de
e) “Todos os mestres daqui são um pouco artesão e cururueiro.”
comunicação. A mídia está fazendo o papel
de vender. A escola tem que fazer o papel dela,
de motivar os alunos, possibilitar o 19ª QUESTÃO
envolvimento do aluno no processo de “O estudo de Alfredo Bosi (1977), pela sua abrangência e alto
15 educação. A mídia diz assim: “o nosso papel nível teórico, é um marco nos estudos de poesia no Brasil.” (Álvaro
não é educar, é informar”. Só que qualquer Silveira, Leitura, nº 01, 2005, p.53).
campanha que lançam, de qualquer produto,
não estão lançando simplesmente uma A expressão em destaque NÃO poderia ser substituída por:
19 informação [...]
a) haja vista
(VASCONCELOS, Celso. Mundo Jovem. Porto Alegre: Editora b) em virtude de
PUC-RS, Ano XLIII, nº 361, outubro, 2005, p. 13.)
c) devido a

Com base no fragmento textual acima, analise as proposições e d) conforme


marque a alternativa correta.
e) por
O uso de aspas do discurso atribuído a Paulo Freire (linha 4-8)
tem o propósito de
20ª QUESTÃO
I. inserir um argumento de autoridade no discurso do narrador, “Bicicleta, carrinho e lençol o dia inteiro: não têm preço”. (Veja,
corroborando a veracidade do seu ponto de vista. 19/10/2005, p. 69)

II. conferir confiabilidade ao discurso do narrador e atribuir


Os dois pontos no texto foram empregados
validade à citação.

III. introduzir no discurso um recurso lingüístico para demarcar a) antes de um esclarecimento, exercendo valor semântico para
a voz alheia. corroborar a intencionalidade discursiva do locutor.

Completa(m) corretamente o enunciado acima o(s) item(ns) b) antes de um exemplo, enfatizando o que já foi dito
anteriormente.
a) II e III, apenas
c) para indicar que o enunciado não foi concluído.
b) I e II, apenas
d) como recurso estilístico, podendo ser retirado do texto sem
c) I, II e III prejuízo semântico e sintático.

d) II, apenas e) antes de uma enumeração, funcionando como operador


discurso sem o intuito de persuadir.
e) III, apenas

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 4 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO

MATEMÁTICA RASCUNHO

21ª QUESTÃO
No conjunto dos números inteiros, a solução da inequação
5
> 1 é formada por uma
2x − 3

a) seqüência de números alternados.


b) seqüência de números ímpares.
c) seqüência números cuja soma é igual a 10.
d) seqüência de números em PG.
e) seqüência de números em PA.

22ª QUESTÃO
Em uma residência, o consumo máximo de energia elétrica ocorre
quando a televisão, a geladeira e a máquina de lavar estão todos
ligados. Se a televisão fica ligada das 9 às 22 h, a máquina de
lavar das 7 às 12 h, e a geladeira, durante 24 horas, então o
horário de pico ocorrerá

a) das 7 às 22 h d) antes das 9 h


b) depois das 12 h e) exatamente às 12 h
c) das 9 às 12 h

23ª QUESTÃO
Submetido a uma dieta alimentar por alguns dias, um obeso
conseguiu fazer apenas 6 refeições. A dieta da fome consistia em
almoçar ou jantar, nunca as duas coisas num mesmo dia. Se ele
ficou sem almoçar 7 vezes e sem jantar 3 vezes, quantos dias ele
suportou o regime?

a) 8 dias d) 9 dias
b) 6 dias e) 10 dias
c) 7 dias

24ª QUESTÃO
Um viveiro tem a forma de um hexágono regular com 3 m de
lado, e é circunscrito por um arame formando uma circunferência
que toca todos os vértices do hexágono. Quantos metros de arame
serão necessários para unir três vértices consecutivos desse
viveiro? (Considere π = 3,14)

a) 6 m d) 6,26m
b) 6,56 m e) 6,28 m
c) 6,82 m

25ª QUESTÃO
Um produto tem seu preço de venda acrescido em 30%. Sabendo
que o lucro antes do aumento era de 15% e que não houve alteração
no preço de custo, podemos afirmar que, após o aumento, o lucro
é de:

a) 19,5% d) 49,5%
b) 18% e) 45%
c) 15%

26ª QUESTÃO
Dividindo-se o número m pelo número n, obtém-se quociente 1 e
resto 5. Se o quádruplo de n dividido por m dá quociente 2 e
resto 4, então,

a) m – n = – 5 d) m.n = 60
b) n + m = –19 e) m + n = 17
c) m.n = 84

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 5 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA


CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO
27ª QUESTÃO RASCUNHO
Das afirmações abaixo, quantas são verdadeiras?

I. Arcos suplementares têm senos opostos.


II. Arcos suplementares têm cossenos opostos.
III. Arcos suplementares têm tangentes iguais.
IV. Arcos replementares têm cossenos iguais.
V. Arcos replementares têm senos opostos.

a) 3 d) 5
b) 4 e) 1
c) 2

28ª QUESTÃO
Uma caixa d’água encontra-se com metade de sua capacidade
ocupada. Retirando-se 40 litros do seu conteúdo, a altura da água
diminui 10%. Dessa forma, o número que expressa a capacidade
do referido reservatório, em litros, é igual a

a) 800 d) 200
b) 400 e) 1200
c) 600

29ª QUESTÃO
Considere a função f ( x ) = 5− sen2 x definida no intervalo de
[0, 2π]. O valor de x que a maximiza é

3π 3π
a) d)
2 4
π 3π
b) e)
2 8
π
c)
4

30ª QUESTÃO
O índice de aceitação e rejeição de um Presidente é medido pelos
institutos de pesquisas através de valores percentuais que
caracterizam uma boa ou uma má administração dos erários
públicos. Se nos últimos meses o índice de rejeição do Presidente
aumentou 2%, então o crescimento nesse intervalo foi em

a) PA de razão 0,02
b) PG de razão 1,2
c) PG de razão 1,02
d) PA de razão 1,2
e) PA de razão 1,02

31ª QUESTÃO
x2 − x 2
⎛1⎞ ⎛1⎞
Sendo S1 o conjunto solução de ⎜ ⎟ > ⎜ ⎟ e S2 o conjunto
⎝3⎠ ⎝3⎠
1
solução de < 9 x −1 < 3 x , S1 ∩ S 2 é igual a
9

a) 0 < x ≤ 2 d) 0 ≤ x < 2

b) −1 < x < 2 e) 0 < x < 2

c) −1 < x ≤ 2

UEPB – Comvest Página 6


www.pciconcursos.com.br MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA
CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO
32ª QUESTÃO RASCUNHO
Sendo f(x) representada pelo gráfico da figura, o gráfico de sua
inversa, f–1 (x), é definido por:

y = f(x) y a) y f-1

0 x 0 x

y c) y
b)

0 x 0 x

f-1 f-1

d) y e) y
f-1

0 x 0 x

f-1

33ª QUESTÃO
Numa viagem de excursão em um ônibus com capacidade para
60 pessoas, uma empresa de turismo cobra 100 reais por pessoa
quando todos os lugares são ocupados. Se existirem lugares
não ocupados, ao preço de cada passagem será acrescida a
importância de 2 reais por cada lugar não ocupado (por
exemplo, se existirem 10 lugares não ocupados, o preço de
cada passagem será R$ 120,00). Quantos devem ser os lugares
não ocupados para que a companhia obtenha o faturamento
máximo?

a) 15 d) 20
b) 10 e) 25
c) 5

34ª QUESTÃO
Determinando todos os valores reais de x, de modo que a parte
x −i
real do número complexo z = seja positiva, teremos
x +i
a) S = { x ∈R / x ≠1} d) S = { x ∈R / x < −1 ou x >1}
b) S = { x ∈R / −1< x <1} e) S = { x ∈R / x ≠ −1 }
c) S = { x ∈R / x >1}

UEPB - Comvest www.pciconcursos.com.br


Página 7 MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA


CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO
35ª QUESTÃO
Sabendo que as curvas da figura são arcos de circunferência de RASCUNHO
raio a, a soma das áreas das regiões hachuradas é igual a

a2
a) (π − 4)
2
a2
b) (π − 2)
4
a2
c) (π − 4)
8
d) a 2 (π − 4)
a2
e) (π − 4)
4

36ª QUESTÃO
A média aritmética dos 100 números de um conjunto é 94,34.
Retirando-se dois números desse conjunto, a média aritmética
dos números restantes sobe para 96. Se a média geométrica entre
os dois números retirados é 12, a soma entre os dois respectivos
números é igual a

a) 26 d) 44
b) 18 e) 12
c) 34

37ª QUESTÃO
O comprimento final de uma barra de metal cujo comprimento
inicial é b = 10 cm varia com a temperatura t da barra, de acordo
com a equação l = b + 0,0001 t, sendo t dado em graus
centígrados (ºC) e l em cm. Para um acréscimo de 1ºC na
temperatura, qual o acréscimo em cm sofrido pelo comprimento?

a) 0,001 cm d) 0,01 cm
b) 10,0001 cm e) 10 cm
c) 0,0001 cm

38ª QUESTÃO
O volume do sólido gerado pela rotação de um triângulo
retângulo isósceles de catetos iguais a 1 cm, cada um, em torno
de sua hipotenusa, é igual a

π
a) cm 3
6
2
b) π cm 3
3
2
c) π cm 3
6
d) 2 π cm 3
π
e) cm 3
3

39ª QUESTÃO
( )t
( )t
Resolvendo a equação matricial M t .N t .X.P = P t .N t , onde
M, N e P são matrizes inversíveis, teremos

a) X=M
b) X = M–1
c) X = P–1
d) X=P
e) X = N–1

UEPB – Comvest Página 8


www.pciconcursos.com.br MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA


CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO

40ª QUESTÃO RASCUNHO


“A sensação varia com o logaritmo da excitação”, lei de Veber-
Fechner, estabelecida pelo filósofo e psicólogo alemão Gustav
Theodor Fechner (1801-1887), permitiu que os logaritmos
invadissem a psicologia. O modelo matemático que mede o grau
de sensação é dado por S = So . eit, onde So é a sensação inicial
(para o tempo t = 0) e i é a taxa de excitação. Em quanto tempo
dobrará a sensação se a taxa de excitação é de 23% por minuto?
(Considere ln 2 = 0,69)

a) 2 min d) 5 min
b) 3 min e) 6 min
c) 4 min

41ª QUESTÃO
Em um torneio de “squash” (jogo semelhante ao tênis, para o
qual se usa meia-quadra cercada por paredes, e em que a bola
deve sempre bater na parede antes da jogada seguinte) a
probabilidade do jogador A ganhar do jogador B é de 1/3. Numa
seqüência de 3 partidas, qual a probabilidade de A ganhar duas
partidas?

2 2
a) d)
5 9
3 1
b) e)
7 2
1
c)
3

42ª QUESTÃO
Uma senha é formada por uma seqüência de três algarismos
distintos. Sabe-se que o algarismo das centenas é igual a 1. Se
uma pessoa gasta, em média, 3 minutos para testar uma possível
seqüência, qual o tempo máximo que essa pessoa levará para
descobrir a senha?

a) 3 h e 36 min d) 3 h e 15 min
b) 3 h e 40 min e) 3 h e 20 min
c) 3 h e 5 min

43ª QUESTÃO
Se os raios de infinitos círculos são dados pela progressão
3
( 6 , 3 , , . . . . ) , calculando a soma das áreas desses círculos,
2
teremos

a) 60π d) 36π
b) 12π e) 48π
c) 24π

44ª QUESTÃO
x
2 tg
2 1
A simplificação da expressão y = − resulta
x cos sec x
1 + tg 2
2
em

a) y = tg x d) y = cos 2x
b) y = 2 e) y = 0
c) y = sen 2x

UEPB – Comvest Página 9


www.pciconcursos.com.br MATEMÁTICA
pcimarkpci MjgwNDoxMDU0OmNhZGU6NDk4NzowNTIyOmQ3ZGU6MTAwNDpmNDRk:U3VuLCAwMiBGZWIgMjAyMCAxOTo1NjowNyAtMDMwMA==

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA


CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O MAGISTÉRIO

45ª QUESTÃO 50ª QUESTÃO


Em 1822, Johann Carl Friedrich Gauss (1777-1855) idealizou Sabendo que 2 é raiz da equação x³ + 2x² – 5x + c = 0, o produto
uma nova forma de escrever o número a + b − 1 e deu a ele o das duas outras raízes será igual a
nome de “número complexo”. A cada número complexo z
corresponde um único ponto P do plano de Argand-Gauss, xOy, a) – 4 d) – 3
b) 3 e) 6
chamado de afixo de z. Dado que P(4 3 , 4) , então a forma c) 4
trigonométrica de z é
RASCUNHO
a) 8(cos 60o + i ⋅ sen 60 o ) d) 8(cos 45º +i ⋅ sen 45º )
b) 8(cos 30o + i ⋅ sen 30o ) e) 8(cos 60o + i ⋅ sen 30o )
c) 8(cos 30o + i ⋅ sen60o )

46ª QUESTÃO
Se as retas de equações y = ax – b e y = cx + 3 concorrem
perpendicularmente no ponto (2, –3), então o valor de b é:

11 7
a) d)
3 3
b) 7 e) 11
c) 3

47ª QUESTÃO
No tanque com formato de prisma triangular, conforme nos
mostra a figura, a área da superfície plana ABCD é igual a

a) 2 2 − 3

b) 4 2 − 3

c) 2− 3
d) 4 2 − 3
(
e) 4 2 − 3 )

48ª QUESTÃO
⎧x − my = 1 − m
Dado o sistema ⎨ , qual o valor de m para que o
⎩(1 + m) x + y = 1
valor de x seja o maior possível?

1
a) –1 d) −
2
b) 1 e) 2
1
c)
2

49ª QUESTÃO
Para que os pontos A(–3 , 1), B(x , 2) e C(–3 , –1) sejam vértices
do triângulo ABC, devemos ter

a) x≠6
b) x≠3
c) x ≠ −6
d) x ≠ −3
1
e) x ≠
3
UEPB – Comvest Página 10
www.pciconcursos.com.br MATEMÁTICA