Você está na página 1de 3

Números Fracionários na reta numérica

Eixo Temático: Números e Operações

Ano de Escolaridade: 6º ano do Ensino Fundamental

Conceitos e procedimentos: localização na reta numérica de números racionais e reconhecimento de que


estes podem ser expressos na forma fracionaria e decimal, estabelecendo relações entre essas
representações.

Conteúdo: localização de números fracionários na reta numérica

Objetivos:
Identificar números fracionários na reta numérica
Mostrar ao aluno que um intervalo qualquer da reta numérica pode ser dividido em infinitas partes

Tempo estimado: 6 aulas de 50 minutos

Material necessário: quadro, giz ou pincel

Pré-requisitos:
Conhecer a reta numérica
Ter estudado números racionais na forma fracionária

Desenvolvimento:

1ª etapa:
PROBLEMA: Em uma pizzaria quatro pessoas foram comer uma pizza. A pizza foi dividida em pedaços
iguais.

Após a leitura do problema deve ser perguntado: quanto da pizza comeu cada pessoa?
R: 1/4. Como foi uma pizza dividida em quatro pedaços iguais, temos um quarto.
Agora vamos ver agora na reta numérica como fica representado 1/4.

O intervalo de zero a um corresponde à pizza inteira. Agora vamos dividir esse intervalo na mesma
quantidade de partes em que a pizza foi dividida, ou seja, em quatro.
Marque na reta a quantidade que corresponde o tanto que uma pessoa ficou.

Então como vimos cada intervalo corresponde a um pedaço da pizza.


Agora devemos perguntar: qual a fração que representa a quantidade de pedaços que duas pessoas comeram
juntas?

E quanto comeram três pessoas?

2ª etapa:
Situação 1: Vamos supor que fossem cinco pessoas. Quanto da pizza comeria cada pessoa?
R:1/5. Como foi uma pizza dividida em cinco pedaços iguais, temos um quinto.
Como sabemos, o intervalo de zero a um corresponde à pizza inteira. Agora vamos dividir esse intervalo na
mesma quantidade de partes em que a pizza foi dividida, ou seja, em cinco.
Marque na reta a quantidade que corresponde o tanto de pizza que uma pessoa ficou.

Agora devemos estimular o aluno a marcar a quantidade que duas, três, quatro e cinco pessoas ficaram
juntas. Depois, então, poderá surgir a dúvida: quanto comeram as cinco pessoas juntas?
Então, devemos mostra que como eram cinco pessoas que comeram cinco pedaços iguais, então essas
pessoas comeram a pizza toda.

Situação 2: Vamos supor que fossem seis pessoas. Quanto de pizza comeria cada pessoa?
R:1/6. Como foi uma pizza dividida em seis pedaços iguais, temos um sexto.
Agora, vamos dividir intervalo de 0 a 1 na mesma quantidade de partes em que a pizza foi dividida, ou seja,
em seis.Marque na reta a quantidade que corresponde o tanto de pizza que uma pessoa ficou.

O aluno novamente deverá ser estimulado a marcar a quantidade que duas, três, quatro e cinco pessoas
comeram juntas. Também devemos continuar a aumentar o número de pessoas até que o aluno perceba que
uma pizza (uma unidade) pode ser dividida em n partes iguais, desse modo ele pode representar na reta
numérica o número fracionário que quiser sem ter a dúvida de que existe um limite Maximo.

3ª etapa: Depois que mostrarmos que é possível qualquer quantidade na reta numérica, isso para valor igual
a um, assim também para objetos, devemos mostrar para elementos maiores que um.

Situação 1: Sob as mesmas condições, vamos supor que não houvesse pizza grande, apenas pizza broto e o
dinheiro que as quatro pessoas tinham desse para comprar seis pizzas.
Agora devemos perguntar: com quanto de pizza ficou cada pessoa?
R: 1/6 = 1 ¼ = 1 ½
Como é uma fração imprópria é a mesma coisa que 1+½. Devemos primeiro localizar o número 1 na reta
numérica, depois dividimos o intervalo entre 1 e 2 (o próximo intervalo) em duas partes iguais que é valor
do denominador (o número de baixo na fração).
Então vamos localizar esse número na reta numérica.

Depois, devemos continuar a dar mais uns exemplos aumentando o número de pizzas, mas não de forma que
as divisões fiquem exatas, até percebam que nas frações impróprias é só localizar o número inteiro, dividir o
próximo intervalo na quantidade do denominador (número de baixo) e marcar até o valor do numerador
(número de cima).

Avaliação: A avaliação será feita através de uma prova onde serão postas várias situações do mesmo
modelo que o apresentado.

Referências

BRASIL (1998). Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais –


Matemática (4º ciclo). MEC/SEF. 79p.

FONTE: http://prof-ripardo.blogspot.com.br/