Você está na página 1de 1

Especificação Técnica · 111 - 2009

Assunto: Formulário para o dimensionamento de redes de ar comprimido

Requisitos de dimensionamento (recomendação):


Ramais principais: máximo de 0,02 bar/100 m de tubagem.
Perda de carga:
Ramais secundários: máximo de 0,08 bar/100 m de tubagem.

Ramais principais: máximo de 8 m/s.


Velocidade:
Ramais secundários: máximo de 10 m/s.

Perdas de carga: Fórmula Portugal J = 450,19.


Q 1,85
para DN < 150
Di5.Ps
contínuas Lreal

Fórmula USA Q2 DP = J.Leq.total


DP - perdas de cargas J = 823,21.
Di5,31.Ps Leq.total = Lreal + Leq.local
V2
localizadas J=K Leq.local
2.g

Equação dos gases perfeitos Equação da continuidade Legenda:


PA - pressão atmosférica absoluta (bar)
Ps.Qtroço PA.Q 4.Qtroço
m.R = Cte = = V= PS - pressão de serviço absoluta(bar)
Ttroço TA p.Di2 Di - diâmetro interior (mm)
Q- caudal de ar livre (l/s)
Gama de tubos de aço: J- perda de carga unitária (bar/m)
Dimensão
nominal
Dimensão
da rosca
Dimensão
exterior
Espessura da Parede (T) mm L- comprimento do troço (m)
1,8 2,0 2,3 2,6 2,9 3,2 3,6 4,0 4,5 5,0 5,4
(DN) (R) (D) mm
DP - perda de carga (bar)
DN 10 3/8 17,2
Qtroço - caudal no troço (l/s)
DN 15 1/2 21,3
DN 20 3/4 26,9 TA - temp. atmosférica absoluta (ºK)
DN 25 1 33,7 Ttroço - temp. no troço absoluta (ºK)
DN 32 1 1/4 42,4
DN 40 1 1/2 48,3 V- velocidade de escoamento (m/s)
DN 50 2 60,3
DN 65 2 1/2 76,1
DN 80 3 88,9
DN 100 4 114,3
DN 125 5 139,7 Série Média (M)
DN 150 6 165,1 Tipo Ligeiro 2 (L2)

Comprimentos equivalentes:
Dimensão do Acessório Roscado em ferro
Comprimentos Equivalentes (Leq) - metros fundido maleável conforme EN 10242
1/2 3/4 1 1 1/4 1 1/2 2 2 1/2 3 4
Figura Designação
DN 15 DN 20 DN 25 DN 32 DN 40 DN 50 DN 65 DN 80 DN 100
2 Curva fêmea 90 0,10 0,20 0,30 0,40 0,50 0,60 1,00 1,20
90 Joelho simples 90 0,20 0,30 0,40 0,50 0,60 0,80 1,30 1,60
130 Tê simples 90 0,20 0,30 0,50 0,70 0,80 1,00 1,60 2,00
0,60 1,00 1,50 2,40 3,00 3,90 4,80 6,00
240 Uniões de redução 0,30 0,50 0,60 0,70 1,00 2,00 2,50
270 União simples 0,07 0,07 0,08 0,11 0,12 0,14 0,14 0,16 0,19
Válvula retenção (anti-retorno) 2,40 2,70 3,40 4,00 4,60 5,80 6,70 8,20 11,6
Válvula de assento 6,70 7,30 8,80 11,3 12,8 16,5 18,9 24,0 33,5
Válvula de diafragma 1,20 2,00 3,00 4,50 6,00
Válvula de esfera / gaveta 0,17 0,20 0,25 0,34 0,37 0,46 0,52 0,58 0,76
Filtro em Y 1,50 2,00 2,30 5,50 8,10 8,30 8,80 10,4 12,8

Especificações:
Tubo de aço para canalizações, conforme norma europeia NP EN 10255, da série
www.apta.pt

média, submetido a 100% a ensaios de estanquidade hidráulico a 50 bar. Fornecido


com revestimento de protecção galvanizado conforme norma europeia NP EN 10240.

Acessório de ferro fundido maleável roscado para canalizações, conforme norma


europeia NP EN 10242-símbolo de projecto A. Fornecido com revestimento de protecção
galvanizado conforme norma europeia NP EN 10242.
info@apta.pt Abril 2009 - Autor: Paulo Gomes, Eng.º Associação de Produtores de Tubos e Acessórios 1-1
Tel.+351 229444532 – Fax. +351 229444531
Apartado 6066 4476-908 Outeiro Maia - Portugal