Você está na página 1de 191

Fl.

nº 9904
COMANDO DA AERONÁUTICA
CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO DA AERONÁUTICA

Rio de Janeiro, 13 de agosto de 2020.

BOLETIM DO COMANDO DA AERONÁUTICA Nº 144

Para conhecimento do Pessoal da Aeronáutica, publico o seguinte:

PRIMEIRA PARTE

ATOS DOS PODERES LEGISLATIVO, EXECUTIVO E JUDICIÁRIO

SEÇÃO I - PODER LEGISLATIVO


(Sem alteração)

SEÇÃO II - PODER EXECUTIVO


(Sem alteração)

SEÇÃO III - PODER JUDICIÁRIO


(Sem alteração)

SEGUNDA PARTE

MINISTÉRIO DA DEFESA

1 – PORTARIA - DISPOSIÇÕES

PORTARIA Nº 2.572/DIPEC/DEPES/SEPESD/SG-MD, DE 29 DE JULHO DE 2020

O SECRETÁRIO DE PESSOAL, ENSINO, SAÚDE E DESPORTO, de


conformidade com a delegação de competência outorgada pela Portaria SEGEP/MP nº 32, de 25 de
fevereiro de 2015, combinado com o inciso inciso V do art. 43 do Decreto nº 9.570, de 20 de
novembro de 2018, e considerando o disposto no inciso II do art. 93 da Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990, regulamentado pelo Decreto nº 9.144, de 22 de agosto de 2017, e na Lei nº
6.999, de 7 de junho de 1982, e demais informações que constam do Processo nº
60000.004607/2019-17, resolve:
Fl. nº 9905

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 1º Efetivar, pelo período de 3 (três) anos, a requisição da servidora VANESSA


TENÓRIO MONTEIRO GURGEL, Matrícula SIAPE nº 1741628, ocupante do cargo de Técnico de
Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo, do Quadro de Pessoal do Comando da Aeronáutica,
para o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, para ter exercício no Cartório da 8ª Zona
Eleitoral/Recife.

Art. 2º O ônus pela remuneração ou salário é do Órgão cedente.

Art. 3º Torna-se sem efeito o disposto nesta Portaria caso a servidora não se
apresente ao Órgão requisitante no prazo de 30 (trinta) dias.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PORTARIA Nº 2.576/DIPEC/DEPES/SEPESD/SG-MD, DE 30 DE JULHO DE 2020

O SECRETÁRIO DE PESSOAL, ENSINO, SAÚDE E DESPORTO, de


conformidade com a delegação de competência outorgada pela Portaria SEGEP/MP nº 32, de 25 de
fevereiro de 2015, combinado com o inciso inciso V do art. 43 do Decreto nº 9.570, de 20 de
novembro de 2018, e considerando o disposto no inciso II do art. 93 da Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990, regulamentado pelo Decreto nº 9.144, de 22 de agosto de 2017, e na Lei nº
6.999, de 7 de junho de 1982, e demais informações que constam do Processo nº
60000.006927/2019-01, resolve:

Art. 1º Efetivar, pelo período de 3 (três) anos, a requisição do servidor GUSTAVO


RIOS DE ALBUQUERQUE, Matrícula SIAPE nº 1106426, ocupante do cargo de Agente
Administrativo, do Quadro de Pessoal do Comando da Aeronáutica, para o Tribunal Regional
Eleitoral de Pernambuco, para ter exercício no Cartório da 6ª Zona Eleitoral/Recife.

Art. 2º O ônus pela remuneração ou salário é do Órgão cedente.

Art. 3º Torna-se sem efeito o disposto nesta Portaria caso o servidor não se apresente
ao Órgão requisitante no prazo de 30 (trinta) dias.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MANOEL LUIZ NARVAZ PAFIADACHE


(DOU Nº 148, de 4 AGO 2020)

TERCEIRA PARTE

ATOS DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA, DOS CHEFES E DIRETORES DOS


ÓRGÃOS DE ASSISTÊNCIA DIRETA E IMEDIATA DO CMTAER
Fl. nº 9906

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEÇÃO I - GABINETE DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO II - COMISSÃO DE PROMOÇÕES DE OFICIAIS


(Sem alteração)

SEÇÃO III - CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO IV - CENTRO DE INTELIGÊNCIA DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO V - INSTITUTO HISTÓRICO-CULTURAL DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO VI – ASSESSORIA PARLAMENTAR DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO VII - CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES


AERONÁUTICOS
(Sem alteração)

SEÇÃO VIII - ASSESSORIA DE SEGURANÇA OPERACIONAL DO CONTROLE DO


ESPAÇO AÉREO
(Sem alteração)

SEÇÃO IX - CENTRO DE CONTROLE INTERNO DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)
Fl. nº 9907

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

QUARTA PARTE

ATOS DO CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, DOS COMANDANTES-


GERAIS, DOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS E DO SECRETÁRIO DE
ECONOMIA E FINANÇAS DA AERONÁUTICA

SEÇÃO I – ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA

1 – COMISSÃO INTERNA DO EMAER - CONSTITUI

PORTARIA EMAER Nº 53/GABEM, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

Constitui a Comissão Interna do EMAER


para a escolha das personalidades a serem
homenageadas com o Título Honorífico
“Membro Honorário da Força Aérea
Brasileira”, no ano de 2020.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, NO USO DE SUAS


ATRIBUIÇÕES E TENDO EM VISTA O DISPOSTO NO ART. 6º DAS INSTRUÇÕES PARA
CONCESSÃO DO TÍTULO HONORÍFICO "MEMBRO HONORÁRIO DA FORÇA AÉREA
BRASILEIRA", APROVADAS PELA PORTARIA Nº 450/GC3, DE 20 DE MARÇO DE 2019,
RESOLVE:

ART. 1º CONSTITUIR A COMISSÃO INTERNA PARA ESCOLHA DAS


PERSONALIDADES A SEREM HOMENAGEADAS COM O TÍTULO HONORÍFICO
“MEMBRO HONORÁRIO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA”, POR INDICAÇÃO DOS
ADIDOS AERONÁUTICOS NO EXTERIOR E DEMAIS SETORES DO EMAER, NO ANO DE
2020.

ART. 2º NOMEAR PARA COMPOR A COMISSÃO OS SEGUINTES


MILITARES:

Presidente: Cel Av LUIZ FRANCISCO TOLOSA;


Membro: 1° Ten QOAP ADM ALAN CARLOS SILVEIRA PINTO; e
Secretária: 1° Ten QOCON REP FABIANA SANTOS MELO

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica
Fl. nº 9908

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

2 – DCA 200-5 - APROVA A EDIÇÃO

PORTARIA EMAER Nº 52/2SC, DE 07 DE AGOSTO DE 2020.

Aprova a Diretriz de Capacitação do Sistema


de Inteligência da Aeronáutica.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, no uso das atribuições


que lhe conferem o inciso II, do Art. 20 do Regulamento do Estado-Maior da Aeronáutica,
aprovado pela Portaria nº 444/GC3, de 02 de abril de 2020, resolve:

Art. 1º Aprovar a edição da DCA 200-5 “Diretriz de Capacitação do Sistema de


Inteligência da Aeronáutica”, que com esta baixa.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de setembro de 2020.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica

Obs.: A Diretriz de que trata a presente Portaria encontra-se anexada a este Boletim e será
disponibilizada no BLAER e no SISPUBLIC.

3 – DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIA

PORTARIA EMAER Nº 47/CEMAER, DE 27 DE JULHO DE 2020.

Delega competência para autorizar


movimentações e alterações cadastrais de Bens
Móveis Permanentes.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, no uso das atribuições


que lhe confere o inciso II do art. 20 do ROCA 20-5 (Regulamento do EMAER) aprovado pela
Portaria nº 444/GC3, de 2 de abril de 2020, e de acordo com o que prescreve o inciso IX do § 3º do
art. 46, o art.106, combinado com os arts. 72, 79 e 80, todos do (RCA 12-1) Regulamento de
Administração da Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 726/GC3, de 2 de julho de 2020, resolve:

Art. 1º Delegar competência aos Adidos Aeronáuticos dos países abaixo


relacionados, para a aprovação das movimentações de inclusão, de baixa, de transferência ou
alterações cadastrais dos Bens Móveis Permanentes sob sua responsabilidade direta:

PAÍS POSTO CARGO

ÁFRICA DO SUL Coronel Adido Aeronáutico

ARGENTINA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

BOLÍVIA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

CHILE Coronel Adido Aeronáutico


Fl. nº 9909

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CHINA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

COLÔMBIA Coronel Adido Aeronáutico

ESPANHA Coronel Adido Naval e Aeronáutico

EUA Brigadeiro Adido de Defesa e Aeronáutico

FRANÇA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

ÍNDIA Coronel Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico

INDONÉSIA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

INGLATERRA Coronel Adido Aeronáutico

ISRAEL Coronel Adido Aeronáutico

ITÁLIA Coronel Adido de Defesa e Aeronáutico

PARAGUAI Coronel Adido Aeronáutico

PERU Coronel Adido Aeronáutico

PORTUGAL Coronel Adido do Exército e Aeronáutico

REPÚBLICA Coronel Adido de Defesa, do Exército e Aeronáutico


TCHECA
RÚSSIA Coronel Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico

SENEGAL Coronel Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico

SUÉCIA Coronel Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico

URUGUAI Coronel Adido Aeronáutico

VENEZUELA Coronel Adido Aeronáutico

Art. 2º Deverão ser utilizados os recursos disponíveis no Módulo Bens Móveis


Permanentes (BMP) do Sistema Integrado de Logística de Material e de Serviços (SILOMS),
visando permitir a realização da movimentação desses Bens Móveis Permanentes, bem como as
necessárias alterações cadastrais, de maneira ágil e consistente.

Art. 3º Esta Portaria entrará em vigor em 1º de setembro de 2020.

Art. 4º Revoga-se a Portaria EMAER nº 20/CEMAER, de 27 de abril de 2018,


publicada no BCA nº 085, de 21 de maio de 2018.

Ten-Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica
Fl. nº 9910

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

4 – DESIGNAÇÃO

PORTARIA EMAER Nº 55/GABEM, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

Designação de Comissão Fiscalizadora, no


Estado-Maior da Aeronáutica, para o Curso de
Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS 2/2020).

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, em conformidade com o


previsto no inciso II do Art. 20 do Regulamento do Estado-Maior da Aeronáutica, aprovado pela
Portaria nº 444/GC3, de 2 de abril de 2020, e tendo em vista as disposições da Portaria DIRENS nº
232/DNT, de 29 de julho de 2019, publicada no Boletim do Comando da Aeronáutica nº 134, de 1º
de agosto de 2019, resolve:

Art. 1º Designar os militares abaixo relacionados, do efetivo do Estado-Maior da


Aeronáutica, para participarem da Comissão Fiscalizadora do Curso de Aperfeiçoamento de
Sargentos, com o intuito de coordenar e fiscalizar todas as etapas do Curso.

PRESIDENTE
- 1º Ten QOENG ELT MARIANE CAMARGOS DE FIGUEIREDO (Nr Ordem
657537-4).

MEMBROS
- 1S QSS SAD MARCELO GRATIVOL COSTA (Nr Ordem 288669-3);
- 1S QSS SAD FABIO DOS SANTOS DE ARAUJO (Nr Ordem 350301-1); e
- 1S QSS SAD ALINE MOTÉ VAZ (Nr Ordem 414594-1).

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor a partir da sua publicação.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica

5 – GRUPO DE TRABALHO - INSTITUI

PORTARIA EMAER Nº 51/7SC, DE 05 DE AGOSTO DE 2020.

Institui Grupo de Trabalho para elaborar o


Manual de Contratações por Encomendas
Tecnológicas, no âmbito do COMAER.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, NO USO DAS


ATRIBUIÇÕES QUE LHE CONFEREM O INCISO XVIII DO ART. 4º E INCISO II DO ART.
20, DO ROCA 20-5 - REGULAMENTO DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA,
APROVADO PELA PORTARIA Nº 444/GC3, DE 2 DE ABRIL DE 2020, RESOLVE:
Fl. nº 9911

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 1º INSTITUIR GRUPO DE TRABALHO (GT) VISANDO ELABORAR O


MANUAL DE CONTRATAÇÕES POR ENCOMENDAS TECNOLÓGICAS, NO ÂMBITO DA
COMAER.

Art. 2º DESIGNAR OS MILITARES ABAIXO RELACIONADOS PARA


COMPOR O GT:

Presidente:
- REGINALDO PONTIROLLI - Cel Av (EMAER) - SARAM: 237912-0;

Membros:
- PEDRO KUKULKA DE ALBUQUERQUE - Maj Av (DCTA/ITA) - SARAM:
401601-7;
- JOICE COSTA LIMA DA SILVA - Maj Int (SEFA/DIREF) - SARAM: 401645-9;
- MAURO SANTOS DA SILVA - Maj Int (EMAER) - SARAM: 401632-7.

Art. 3º Se julgado necessário, o Presidente do GT poderá convocar representantes


adicionais do COMAER, bem como convidar representantes de órgãos externos ao COMAER para
prestar assessoramento aos trabalhos do GT.

Art. 4º Fica estabelecido um prazo de 45 dias para a apresentação dos resultados dos
trabalhos ao Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, podendo ser prorrogado conforme
necessidade.

Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim do


Comando da Aeronáutica.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica

6 – TÍTULO HONORÍFICO “MEMBRO HONORÁRIO DA FORÇA AÉREA


BRASILEIRA” - CONCEDE

PORTARIA EMAER Nº 54/GABEM, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

Concede o Título Honorífico “Membro


Honorário da Força Aérea Brasileira”.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, no uso de suas


atribuições e tendo em vista o disposto no Art. 5º das Instruções que regulam a concessão do Título
Honorífico “Membro Honorário da Força Aérea Brasileira”, aprovada pela Portaria nº 450/GC3, de
20 de março de 2019, resolve:

Art. 1º Conceder às personalidades abaixo relacionadas o Título Honorífico


“Membro Honorário da Força Aérea Brasileira”:
Fl. nº 9912

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Senhor ALEXANDRE SOLIS;


Senhor ANDRÉ RICARDO CALDAS;
Coronel Aviador ANTONIO COPPOLA;
Delegado da Polícia Federal ARCELINO VIEIRA DAMASCENO;
Major BARTOLO ALEJANDRO AGUILAR FERNÁNDEZ;
Senhora BLANCA DORA GONZALEZ PEREIRA;
Senhor CARLOS FERNANDES SILVA;
Senhora CRISTINA SAKAKURA URIBE;
Senhor DANILO SAKAY;
Senhor DIEGO NUNES OGER FONSECA;
Senhor EDIMAR MARCELO DE MAGALHÃES CARDOZO SILVA;
Senhor EDIMAR SILVA DE OLIVEIRA;
Ministro Conselheiro FELIPE HESS;
Senhora FERNANDA DA SILVA MARINHO SOARES;
Senhor GIRUM ABEBA;
Tenente GONZALO MARTÍN LOZANO CHIRIGLIANO;
Senhor GUILHERME MAULAZ PINTO QUEIROZ;
Senhor GUSTAVO DE CASTRO HISSI;
Senhor HENRIQUE FERNANDES NASCIMENTO;
Major HUGO EMANUEL DA CRUZ VENTURA PAIS;
Senhora INÊS LOURDES MATEUS FERNANDO;
Senhor JOÃO DOMINGOS MATEUS;
Senhor JORGE RAMÓN NARVÁEZ BARRETO;
Senhora LORRANE CAMPOS DO NASCIMENTO;
Ministro Conselheiro LUCIANO MAZZA DE ANDRADE;
Senhor MARCIO MAFFILI FERNANDES;
Senhora MARIA ELIZABETH LOGAR;
Senhora MARIELLE DE ALMEIDA CUNHA BONILLA;
Senhor RAFAEL DE MEDEIROS LULA DA MATA;
Senhor RAFAEL GUSTAVO FASSINA MARQUES;
Senhor ROBERTO JIMMY HIDEKI YAMAMURA;
Senhor SEBASTIÃO MARQUES DAMASCENO;
Senhor TEWOLDE GEBREMARIAM TESFAY; e
Senhor TYRONE J. BARBERY.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação em BCA.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica
Fl. nº 9913

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEÇÃO II - COMANDO-GERAL DE APOIO

1 - CURSO DE ELEVAÇÃO DE NIVEL DE MANTENEDOR - (CENM - TURMA 4)

PORTARIACOMGAP Nº 128/ADCP, DE10 DE AGOSTO DE 2020

O CHEFE DA SUBCHEFIA DE ADMINISTRAÇÃO DO COMANDO-GERAL


DE APOIO, no uso da delegação de competência estabelecida no inciso II do Art. 1º da Portaria
COMGAP nº 50/AJUD, de 06 de julho de 2020, resolve:

Art. 1º Matricular os militares abaixo relacionados no Curso de Elevação de Nível de


Mantenedor (CENM - TURMA 4), no formato EAD (ILAVIRTUAL), no período de 24 AGO a 08
NOV de 2020.

GD ESP NOME SARAM OM


1 SO BEI ENIO PEREIRA ESTEVÃO 313.000-2 ALA 11
2 1S BEP DIOGO LOPES DOS SANTOS 398.752-3 ALA 12
3 1S BMA FLAVIO MARCELO CORREIA DA SILVA 293.129-0 AFA
4 1S BMA MARCIO ROBERTO DA SILVA PINHEIRO 328.547-2 ALA 11
5 1S BEP SÉRGIO MAFRA FILHO 409.532-4 ALA 12
6 1S BEI WAGNER JORGE VIDAL DOS SANTOS 371.302-4 ALA 12
7 2S BMA ADRIANO BEZERRA LIMEIRA 442.202-3 ALA 10
8 2S BMA ALESSANDRO VIANA BARROS 632.874-1 ALA 8
9 2S BMA ANDERSON HENRIQUE ALFREDO DE OLIVEIRA 436.127-0 ALA 3
10 2S BMA ARMSTRONG DA SILVA ROSA 387.611-0 ALA 4
11 2S BMB AUGUSTO DE LEMOS DUARTE 381.498-0 ALA 3
12 2S BET BRUNO BRITO DE AZEVEDO 644.993-0 PAMA GL
13 2S BMA CARLOS ANDREY BORGES DE LIMA 624.011-9 GEIV
14 2S BET CELIO MAUÉS FORTES 442.452-2 ALA 9
15 2S BET CRISTOPHER LIMA DE MELLO REES 421.542-7 IPEV
16 2S BMA DANILO SILVEIRA GUIMARÃES 411.773-5 ALA 1
17 2S BEP DIONISIO SILVEIRA DE SOUZA 395.458-7 ALA 4
18 2S BMA EDUARDO DA SILVA VIEIRA 412.852-4 ALA 5
19 2S BMB EUDY NERY CESAR 423.912-1 ALA 12
20 2S BMA FÁBIO ALMEIDA 442.420-4 ALA 9
21 2S BEP FILLIPE MARLUS TUNALA BARROS 631.959-9 ALA 8
22 2S BMA GUILHERME COSTA CARRASCOSA 632.355-3 ALA 4
23 2S BMA JOCELY QUEIROZ FILHO 424.027-8 PAMA LS
24 2S BET JOSÉ JOANDRO SILVA DOS SANTOS 431.458-1 ALA 1
25 2S BMA LEANDRO CARDOSO DOS SANTOS 423.701-3 ALA 12
26 2S BMA LEONARDO DE OLIVEIRA FREIRE 397.554-1 ALA 1
27 2S BEI LUCIANA RENATA CAZÉ DO NASCIMENTO 623.860-2 PAMA SP
28 2S BET MARCIO ARINOS VIEIRA DE SOUZA 423.764-1 ALA 10
29 2S BET MARCO ANTONIO MONTEIRO FARIA 420.328-3 ALA 3
30 2S BCO MARCO AURELIO PRATTI 423.765-0 ALA 11
Fl. nº 9914

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

31 2S BMA MATHEUS AUGUSTO PALHARINI 442.381-0 PAMA SP


32 2S BET MICHEL MAIA DA SILVA 625.115-3 ALA 8
33 2S BMA RODRIGO ANDRADE PARREIRA 624.069-0 ALA 5
34 2S BMA TÚLIO ARÊDES CUNHA 632.897-0 PAMA LS
35 2S BMA VINÍCIUS RODRIGUES RIOS 424.841-4 PAMA LS
36 3S BMA ALEF DOS SANTOS MARTINS 655.487-3 GTE
37 3S BEI CAROLINE PAIXÃO MOREIRA 671.352-1 ALA 6
38 3S BMA HYURI CORRÊA DA SILVA 637.942-7 ALA 9
39 3S BMA JULIO GOMES DE MORAES 649.360-2 ALA 12
40 3S BMA LUIZ EDUARDO SANTOS VIEIRA 655.457-1 AFA
41 3S BMA PEDRO HENRIQUE NASCIMENTO MADEIRA 644.843-7 GEIV
42 3S BMA PEDRO HENRIQUE NUNES DE FREITAS 644.887-9 PAMA SP
43 3S BMA RAFAEL MARQUES DA COSTA 444.807-3 ALA 6
44 3S BMA SEBASTIÃO FELIPE DE SOUZA 649.275-4 GTE
45 3º SGT - DIOGO AUGUSTO SANTOS DE AZEVEDO - MARINHA
46 SGT - SGT EVER ARNALDO SALAS MEZA - PARAGUAI
47 SGT - SGT LUCAS ANTONIO GOMEZ VAZQUEZ - PARAGUAI
48 SGT - SGT DIEGO DAVID GODOY BENITEZ - PARAGUAI
49 SGT - SGT EDGAR ARMANDO SILVA - PARAGUAI
50 SGT - SGT JULIO CESAR ROMAN CASCO - PARAGUAI

JOSÉ LOPES FERNANDES CelInt


Chefe SCAD

2 - CURSO DE INSPETOR DE EQUIPAMENTOS SSS - (CISSS-TURMA 1)

PORTARIACOMGAP Nº 129/ADCP, DE10 DE AGOSTO DE 2020

O CHEFE DA SUBCHEFIA DE ADMINISTRAÇÃO DO COMANDO-GERAL


DE APOIO, no uso da delegação de competência estabelecida no inciso II do Art. 1º da Portaria
COMGAP nº 50/AJUD, de 06 de julho de 2020, resolve:

Art. 1º Matricular os militares abaixo relacionados no Curso de Inspetor de


Equipamentos SSS(CISSS- TURMA 1), a ser realizadono formato semipresencial, sendo a 1ª
faseEAD (ILAVIRTUAL), no período de 17 AGO de 2020 a 08 NOV de 2020, e a 2ª fase
presencial no ILA, no período de 23 NOV a 04 DEZ de 2020.

GD ESP NOME SARAM OM


1 1S BEV CLAYTON RIBEIRO BARRETO 409.483-2 ALA 4
2 1S BEV JOÃO LUIS RODRIGUES DOS SANTOS 295.786-8 ALA 8
3 2S BEV WAGNER DA SILVA SOUZA 370.091-7 IPEV

JOSÉ LOPES FERNANDES Cel Int


Chefe SCAD
Fl. nº 9915

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SECÃO III – COMANDO DE OPERAÇÕES AEROESPACIAIS


(Sem alteração)

SEÇÃO IV – COMANDO DE PREPARO


(Sem alteração)

SEÇÃO V – COMANDO-GERAL DO PESSOAL


(Sem alteração)

SEÇÃO VI – DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO


(Sem alteração)

SEÇÃO VII - DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL

1 – DISPENSA

PORTARIA DCTA Nº 186/ASEGVOO, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O DIRETOR-GERAL DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E


TECNOLOGIA AEROESPACIAL, no uso das atribuições que lhe confere o inciso IV do art. 10
do Regulamento do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, aprovado pela Portaria nº
581/GC3, de 12 de abril de 2019; e, ainda, considerando o previsto no item 2.2.1 da NSCA 3-3
"Gestão da Segurança de Voo na Aviação Brasileira", aprovada pela Portaria nº 2.231/GC3, de 23
de dezembro de 2013, resolve:

Dispensar os militares abaixo relacionados, designados pelas respectivas Portarias,


de comporem a Comissão de Segurança de Voo (CSV) do Departamento de Ciência e Tecnologia
Aeroespacial (DCTA), criada pela Portaria DCTA nº 457/DPAA, de 5 de setembro de 2013 e
alterada pela Portaria DCTA nº 47/DPAA, de 13 de fevereiro de 2014:
I - Ten Brig Ar LUIZ FERNANDO DE AGUIAR (COMPREP/Nr Ord 0654132) -
Presidente, designado pela Portaria DCTA nº 158-T/ASEGVOO, de 23 de maio de 2019;
II - Maj Brig Ar HUDSON COSTA POTIGUARA (DCTA/Nr Ord 0658456) -
Suplente do Presidente, designado pela Portaria DCTA nº 158-T/ASEGVOO, de 23 de maio de
2019;
III - Cel Av MARCO ANTONIO CARNEVALE COELHO (CID/JID/Nr Ord
2215683) - Membro Titular, designado pela Portaria DCTA nº 158-T/ASEGVOO, de 23 de maio de
2019;
Fl. nº 9916

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

IV - Cel Eng R/1 FÁBIO HENRIQUE LAMEIRAS PINTO (RESERVA


REMUNERADA/Nr Ord 2564785), Membro Titular, designado pela Portaria DCTA nº 197-
T/DPAA, de 21 de maio de 2018.

Designar os militares abaixo relacionados para, nas respectivas funções, comporem a


Comissão de Segurança de Voo (CSV) do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial
(DCTA), criada pela Portaria DCTA nº 457/DPAA, de 5 de setembro de 2013 e alterada pela
Portaria DCTA nº 47/DPAA, de 13 de fevereiro de 2014:
I - Maj Brig Ar HUDSON COSTA POTIGUARA (DCTA/Nr Ord 0658456) -
Presidente;
II - Maj Brig Ar RICARDO JOSÉ FREIRE DE CAMPOS (DCTA/Nr Ord 1352857)
- Suplente do Presidente;
III - Cel Av MARCELLO CORREA DE SOUZA (CLA/Nr Ord 2489880) - Membro
Titular;
IV - Ten Cel Av MARCELO ZAMPIER BUSSMAN (IPEV/Nr Ord 2958759) -
Membro Titular.

Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Maj Brig Ar HUDSON COSTA POTIGUARA


Diretor-Geral do DCTA, Interino

SEÇÃO VIII - SECRETARIA DE ECONOMIA, FINANÇAS E ADMINISTRAÇÃO DA


AERONÁUTICA
(Sem alteração)

QUINTA PARTE

ATOS DOS TITULARES DE DIRETORIAS

SEÇÃO I - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DO PESSOAL

MILITAR

1 - APOSTILA

O DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO DO PESSOAL, no uso da competência que


lhe foi subdelegada pelo art. 1º, inciso IX da Portaria nº 377/GC3, de 07 de julho de 2011,
publicada no DOU nº 130, Seção 1, de 8 de julho de 2011, alterada pela Portaria nº 340/GC3, de 7
de março de 2017, publicada no DOU nº 46, de 8 de março de 2017, considerando o Decreto nº
9.077, de 8 de junho de 2017e o que consta no Processo nº 67614.088071/2020-31, resolve:
Fl. nº 9917

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Apostilar a Portaria nº 201/GC1, de 20 de março de 2003, publicada no DOU de 21


de março de 2003, de nomeação de OSVALDO VALE DE GODOY NEIVA, SIAPE nº 1325341,
para exercer o Cargo em Comissão de Assistente Técnico, DAS 102.1, do Comando de Preparo
(COMPREP/COMGAR), com exercício no II COMAR - Comando Aéreo Nordeste, ficando
mantido no referido Cargo em Comissão.

Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2020.

Maj Brig Ar VALDIR EDUARDO TUCKUMANTEL CODINHOTO


Diretor de Administração do Pessoal

2 – CARTA PATENTE - CONCEDE 2ª VIA

PORTARIA DIRAP Nº 4.160/2CM3, DE 12 DE AGOSTO DE 2020.

O DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO DO PESSOAL, de acordo com os art. 11 e


12, da Portaria nº 696/GC3, de 17 de setembro de 2012, e considerando o Processo nº
67289.005002/2020-39, resolve:

Conceder 2ª via de Carta Patente ao 1º Ten QCOA EST R/2 CLEIBSON


APARECIDO DE ALMEIDA (Nr Ord 6536670).

Maj Brig Ar VALDIR EDUARDO TUCKUMANTEL CODINHOTO


Diretor de Administração do Pessoal

3 – CLASSIFICAÇÃO

PORTARIA SEREP-CO Nº 68/SRH, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE CANOAS, em conformidade com o previsto na letra "c" do subitem
2.3.2.14 da ICA 30-4/2018 aprovada pela Portaria COMGEP nº 955/DPM, de 20 de junho de 2018,
resolve:

Art. 1º Classificar, "ex-offício", por necessidade do serviço, os Soldados de Primeira


Classe a seguir relacionados, nas Organizações Militares mencionadas acima de seus nomes, de
acordo com o Art. 64 das Instruções Gerais relativas ao Processo Seletivo para o CESD, aprovadas
pela Portaria COMGEP nº 18/1SC1, de 02 ABR 2020, por terem concluído com aproveitamento,
em 24 JUL 2020, o Curso de Especialização de Soldados do primeiro semestre do ano de 2020
(CESD 2020/1):

ALA 3 (Canoas-RS)

S1 SGS LUCAS ZUCHI DE SOUZA (Nr Ord 6796044)

S1 SGS WALYSON DOS SANTOS PIRES (Nr Ord 6795994)


Fl. nº 9918

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

ALA 4 (Santa Maria-RS)

S1 SAD JULIANO DE SOUZA PEREIRA (Nr Ord 6793819)

DESTACAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO DE CANGUÇU (Canguçu-RS)

S1 SAD GUILHERME FARIAS DO ESTREITO VARGAS (Nr Ord 6795528)

S1 SAD HENRI IRIBARREM CHIARELO (Nr Ord 6795242)

S1 SAD WELLERSON LESSA DA ROSA (Nr Ord 6795200)

DESTACAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO DE CATANDUVAS


(Catanduvas-PR)

S1 SAD LUIZ FERNANDO PINHEIRO (Nr Ord 6786405)

GRUPAMENTO DE APOIO DE CANOAS (Canoas-RS)

S1 SAD ELIÉZER ALEXANDRO PANZER (Nr Ord 6795617)

S1 SAD ISRAEL PRUCIANO DE OLIVEIRA (Nr Ord 6795382)

GRUPAMENTO DE APOIO DE CURITIBA (Curitiba-PR)

S1 SAD ALEXSANDER FELIPE DA SILVA (Nr Ord 6786790)

S1 SAD PAULO LUIZ PURKOTT (Nr Ord 6786871)

GRUPAMENTO DE APOIO DE SANTA MARIA (Santa Maria-RS)

S1 SAD LEANDRO DA SILVA VOGT (Nr Ord 6793789)

S1 SAD OTÁVIO SOARES DE PAULA VASCONCELLOS (Nr Ord 6793673)

GRUPO DE SEGURANÇA E DEFESA (Canoas-RS)

S1 SGS CLEITON SANTOS DA SILVA (Nr Ord 6795587)

S1 SGS MATHEUS HENRIQUE GOSMANN DE LIMA (Nr Ord 6795544)

HOSPITAL DE AERONÁUTICA DE CANOAS (Canoas-RS)

S1 SAD DENIS WESLEI ROSA DE LIMA (Nr Ord 6795927)

S1 SAD FERNANDO LOURENÇO SOARES (Nr Ord 6794785)

S1 SAD VICTOR OLIVEIRA DE SIQUEIRA (Nr Ord 6795501)


Fl. nº 9919

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEGUNDO CENTRO INTEGRADO DE DEFESA AÉREA E CONTROLE DO TRÁFEGO


AÉREO (Curitiba-PR)

S1 SAD LEONARDO DO AMARAL (Nr Ord 6787096)

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

JOSÉ PAULINO SOBRINHO JÚNIOR Cel Inf


Chefe do SEREP-CO

PORTARIA DIRAP Nº 4.135/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67414.004501/2020-26, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado no SEREP-SP (São Paulo - SP), os militares relacionados a seguir,
no HFASP (São Paulo - SP):

Asp QOCon Med (CLM) ARTUR NADDEO JUNIOR (Nr Ord 7295677)
Asp QOCon Med (CLM) BEATRIZ RAINHO MARSAL (Nr Ord 7295871)
Asp QOCon Med (CLM) BRUNA SIMAS PEDREIRO (Nr Ord 7295944)
Asp QOCon Med (CLM) CAROLINE TAMARO (Nr Ord 7295901)
Asp QOCon Med (CLM) DANIEL JIN NAGATA RADAMESSI (Nr Ord 7295642)
Asp QOCon Med (CGE) DOUGLAS LEOPOLDINO DE AMORIM (Nr Ord 7295952)
Asp QOCon Med (CLM) FELIPE SANDOVAL DO CARMO (Nr Ord 7295669)
Asp QOCon Med (CLM) GABRIEL ROBERTI DE OLIVEIRA (Nr Ord 7295626)
Asp QOCon Med (CLM) GEORGIANA SOUSA FREIRE (Nr Ord 7295910)
Asp QOCon Med (GOB) JESSICA MENDES PAZ (Nr Ord 7295863)
Asp QOCon Med (CLM) LARISSA MARIA SAMARA FERREIRA (Nr Ord 7295880)
Asp QOCon Med (CLM) LIVIA TOMAZIN MAEBUTI (Nr Ord 7295898)
Asp QOCon Med (CLM) LUCIENNE BARBIERI VICTORIA BAHIA (Nr Ord 7295855)
Asp QOCon Med (CLM) MARIANA MOTA KERTZMAN (Nr Ord 7295928)
Asp QOCon Med (CLM) MARIANNE YANG YU (Nr Ord 7295936)
Asp QOCon Med (CLM) RAMON FELIX MARTINS FERNANDES (Nr Ord 7295618)
Asp QOCon Med (CLM) RICARDO PURCHIO GALLETTI (Nr Ord 7295650)
Asp QOCon Med (CLM) VITOR SCUCUGLIA BUGALHO (Nr Ord 7295685)

PORTARIA DIRAP Nº 4.136/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67414.004501/2020-26, resolve:
Fl. nº 9920

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"b", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação
Técnico (EAT 1/2020), realizado na EEAR (Guaratinguetá - SP), os militares relacionados a seguir,
no ES-GW (Guaratinguetá - SP):

Asp QOCon FIS ADRIANA DA SILVA BENFICA (Nr Ord 7310285)


Asp QOCon ENF ANA CAROLINA FELTRAN DE VECCHIO (Nr Ord 7310307)
Asp QOCon FIS ANDERSON MORENO DE SIQUEIRA (Nr Ord 7310293)
Asp QOCon ENF ATAÍZE DE ANDRADE DOS SANTOS (Nr Ord 7310269)
Asp QOCon ENF JOSIANE DE FÁTIMA EDUARDO (Nr Ord 7310323)
Asp QOCon ENF LUCIANA QUINTAS UCHOAS FRANCO (Nr Ord 7310277)
Asp QOCon ENF TELMA RIBEIRO DA SILVA GOMES (Nr Ord 7310315)

PORTARIA DIRAP Nº 4.137/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67414.004501/2020-26, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado no DCTA (São José dos Campos - SP), os militares relacionados a
seguir, no ES-SJ (São José dos Campos - SP):

Asp QOCon Med (CLM) ANA CAROLINA DOS REIS (Nr Ord 7305516)
Asp QOCon Med (CLM) ANDRESSA HELLEN NORA DA SILVA (Nr Ord 7305486)
Asp QOCon Med (CLM) CAIO DE SOUZA ARAUJO MENEZES (Nr Ord 7304404)
Asp QOCon Med (CLM) CAIO GUILHERME SOUZA PRADO (Nr Ord 7304412)
Asp QOCon Med (CLM) DANIEL FERRAZ DE OLIVEIRA BARROS (Nr Ord 7305591)
Asp QOCon Med (CLM) DIANA COGO FILÓ ROCHA (Nr Ord 7305460)
Asp QOCon Med (CLM) GABRIELLE QUADRO MENDONÇA (Nr Ord 7305524)
Asp QOCon Med (CLM) LEILIANE SOMOGGI CHAVEZ (Nr Ord 7305540)
Asp QOCon Med (CLM) MARIANA LANNA MAGALHÃES (Nr Ord 7305494)
Asp QOCon Med (CLM) PAULA HELENA BERTI (Nr Ord 7305532)
Asp QOCon Med (CLM) PAULA LUIZA DA SILVA BORBA (Nr Ord 7305508)
Asp QOCon Med (CLM) PAULO ROBERTO MATOS PASSARINI (Nr Ord 7305478)
Asp QOCon Med (CLM) RAFAEL AUGUSTO BARCCARO (Nr Ord 7305567)
Asp QOCon Med (CLM) RAFAEL DIAS DE CARVALHO (Nr Ord 7305451)
Asp QOCon Med (CLM) RENAN CARVALHO ALBINO (Nr Ord 7305583)
Asp QOCon Med (CLM) STEFANIE BASILIO MEDEIROS (Nr Ord 7305559)
Asp QOCon Med (CLM) THAIS DAVID MORALLES (Nr Ord 7305575)
Fl. nº 9921

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

PORTARIA DIRAP Nº 4.138/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67414.004501/2020-26, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado na EEAR (Guaratinguetá - SP), os militares relacionados a seguir,
no ES-GW (Guaratinguetá - SP):

Asp QOCon Med (CLM) ABNER CARNIZELLO SOUZA (Nr Ord 7295766)
Asp QOCon Med (CLM) ANA LAURA PEREIRA ARECO (Nr Ord 7295715)
Asp QOCon Med (CLM) BEATRIZ GRASSETTI MARTINS DA COSTA (Nr Ord 7295782)
Asp QOCon Med (CLM) CAMILA MOLINA DA SILVA (Nr Ord 7310340)
Asp QOCon Med (CLM) CARLO BONASSO FILHO (Nr Ord 7295820)
Asp QOCon Med (CLM) FERNANDO CORRÊA DE SOUZA DUARTE (Nr Ord 7295847)
Asp QOCon Med (CLM) GABRIELLA FAVARETTO (Nr Ord 7295774)
Asp QOCon Med (CLM) GUILHERME RODRIGUES NETO (Nr Ord 7295693)
Asp QOCon Med (CLM) JOÃO PEDRO DE SOUZA SIQUEIRA (Nr Ord 7295731)
Asp QOCon Med (CLM) LARISSA COUTINHO (Nr Ord 7295723)
Asp QOCon Med (CLM) MARCELO SALLES MATTOS NOGUEIRA (Nr Ord 7295812)
Asp QOCon Med (CLM) MARÍLIA BISELLI MONTEIRO (Nr Ord 7295758)
Asp QOCon Med (CLM) MAYARA SERRANO DE SOUZA (Nr Ord 7295790)
Asp QOCon Med (CLM) MICHELLE RODRIGUES ARAUJO (Nr Ord 7295740)
Asp QOCon Med (CLM) NICOLE BULGARÃO MARICONDI DE ALMEIDA (Nr Ord 7295839)
Asp QOCon Med (CLM) RODRIGO GAZZOLA CUNHA (Nr Ord 7295804)
Asp QOCon Med (CLM) THALISSA COSTA DOS REIS (Nr Ord 7295707)
Asp QOCon Med (CLM) ULYSSES DE ARAUJO OLIVEIRA DA SILVA (Nr Ord 7310331)

PORTARIA DIRAP Nº 4.139/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67414.004501/2020-26, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"b", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação
Técnico (EAT 1/2020), realizado no SEREP-SP (São Paulo - SP), os militares relacionados a
seguir, nas seguintes OM:

HOSPITAL DE FORÇA AÉREA DE SÃO PAULO (São Paulo – SP)


Asp QOCon TOC ADRIANA CARDOSO RODRIGUES (Nr Ord 7297572)
Asp QOCon ENF ALEX JOSE DOS SANTOS (Nr Ord 7310560)
Asp QOCon ENF ANDRE MORENO OLIVEIRA (Nr Ord 7310579)
Fl. nº 9922

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Asp QOCon FIS CARLA SPINELLI DE SANTANA LOPES RODRIGUES (Nr Ord 7310501)
Asp QOCon FIS FABIANA NASCIMENTO FERNANDES (Nr Ord 7310463)
Asp QOCon ENF FLAVIA MARIA SCATENA LEITE (Nr Ord 7310510)
Asp QOCon ENF GABRIELA CRISTINA DA COSTA GONÇALVES (Nr Ord 7310650
Asp QOCon FIS GABRIELA GOLFETO ARAUJO (Nr Ord 7310480)
Asp QOCon FIS GRAZIELLA APARECIDA COLOZZA DE ABREU (Nr Ord 7310420)
Asp QOCon ENF JOSE ANTONIO DE HOLANDA JUNIOR (Nr Ord 7310412)
Asp QOCon FIS JULIANA APARECIDA CREMONESI LAUER (Nr Ord 7310498)
Asp QOCon ENF KELLY DE MOURA OLIVEIRA KRAUSE (Nr Ord 7310358)
Asp QOCon ENF RENATA FERREIRA CALIXTO DOS SANTOS (Nr Ord 7310382)
Asp QOCon ENF THAIS HELENA MOREIRAS (Nr Ord 7310439)

PARQUE DE MATERIAL AERONÁUTICO DE SÃO PAULO (São Paulo – SP)


Asp QOCon MEC SCHUBERT ALBERTO DOS SANTOS (Nr Ord 7295634)

PORTARIA DIRAP Nº 4.140/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67415.000836/2020-65, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"b", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação
Técnico (EAT 1/2020), realizado no SEREP-CO (Canoas - RS), os militares relacionados a seguir,
no HACO (Canoas - RS):

Asp QOCon ENF ALETHÉA BITENCOURT MARTINS (Nr Ord 7312806)


Asp QOCon FIS HUENDEL ERICSON HOPPEN (Nr Ord 7312652)
Asp QOCon ENF JIOVANA SANDRI DOS SANTOS (Nr Ord 7312709)
Asp QOCon ENF LUCAS SERAFIN DONATO VELHO (Nr Ord 7312741)
Asp QOCon FIS MÁRCIO LUIZ FERREIRA DE CAMILLIS (Nr Ord 7312776)
Asp QOCon ENF RAFAELA CARDOSO TAMIOSSO MARASCA (Nr Ord 7312695)
Asp QOCon FIS SIMONE SEIXAS ALVES TEIXEIRA (Nr Ord 7312687)
Asp QOCon FIS WAGNER DA SILVA NAUE (Nr Ord 7312814)

PORTARIA DIRAP Nº 4.141/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67415.000836/2020-65, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado na ALA 4 (Santa Maria - RS), os militares relacionados a seguir,
no ES-SM (Santa Maria - RS):
Fl. nº 9923

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Asp QOCon Med (CLM) ADIR SCHREIBER JÚNIOR (Nr Ord 7296355)
Asp QOCon Med (CLM) ENYANA CEOLIN LAMEGO (Nr Ord 7296304)
Asp QOCon Med (CLM) FERNANDA FRANCO PEREIRA (Nr Ord 7296363)
Asp QOCon Med (CLM) FRANCISCO BERTELLI RAMOS (Nr Ord 7296312)
Asp QOCon Med (CLM) JULIANA GOEBEL PILLON (Nr Ord 7296339)
Asp QOCon Med (CLM) MARIANA RAGUZZONI AITA (Nr Ord 7296320)
Asp QOCon Med (CLM) VINÍCIUS LOPES FRUET (Nr Ord 7296290)

PORTARIA DIRAP Nº 4.142/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67415.000836/2020-65, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado na BAFL (Florianópolis - SC), os militares relacionados a seguir,
no ES-FL (Florianópolis - SC):

Asp QOCon Med (CLM) BRÁULIO TREBIEN NAUE (Nr Ord 7296401)
Asp QOCon Med (CLM) EDUARDO MUND CARREIRÃO DANIELLI (Nr Ord 7296410)
Asp QOCon Med (CLM) IGOR FAVORETO FERNANDES DE OLIVEIRA (Nr Ord 7296436)
Asp QOCon Med (CLM) LEONARDO ELIAS FRANÇA SILVEIRA (Nr Ord 7296380)
Asp QOCon Med (CLM) OTÁVIO HENRIQUE VILAS BOAS FANTIN (Nr Ord 7296398)
Asp QOCon Med (CLM) PEDRO LEITE COSTA FRANCO (Nr Ord 7296428)

PORTARIA DIRAP Nº 4.143/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67415.000836/2020-65, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado no CINDACTA II (Curitiba - PR), os militares relacionados a
seguir, no ES-CT (Curitiba - PR):

Asp QOCon Med (CLM) AMAURY RAMON SAUVESUK (Nr Ord 7296720)
Asp QOCon Med (CLM) BRONISLAU JOSÉ JASSEK DE OLIVEIRA (Nr Ord 7296614)
Asp QOCon Med (CLM) EDIELY LAYANA OLIVEIRA COLETTO (Nr Ord 7296622)
Asp QOCon Med (CLM) EVANDRO BIANCO (Nr Ord 7296649)
Asp QOCon Med (CLM) GUILHERME AUGUSTO NAZAR (Nr Ord 7296681)
Asp QOCon Med (CLM) JOÃO ARTHUR PAZELLO (Nr Ord 7296690)
Fl. nº 9924

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Asp QOCon Med (CLM) JOSÉ HENRIQUE CORDEIRO E SILVA (Nr Ord 7296584)
Asp QOCon Med (CLM) JOSILENE VIEIRA BARBOSA (Nr Ord 7296550)
Asp QOCon Med (CLM) MARCELO DE ARAUJO LADEIRA (Nr Ord 7296606)
Asp QOCon Med (CLM) NÍCOLAS GABRIEL MENDES PREHL PAULIQUE (Nr Ord 7296657)
Asp QOCon Med (CLM) PEDRO HENRIQUE MEZADRI (Nr Ord 7296541)
Asp QOCon Med (CLM) RAFAEL LUCAS SCHULTZ RAMOS (Nr Ord 7296665)
Asp QOCon Med (CLM) RAFAEL PAULINO SCHUITEK (Nr Ord 7296592)
Asp QOCon Med (CLM) RENAN DENADAI TURCI (Nr Ord 7296703)
Asp QOCon Med (CLM) RENAN HENRIC COGO GUEBUR (Nr Ord 7296673)
Asp QOCon Med (CLM) RODRIGO REZENDE SILVA CABRAL (Nr Ord 7296576)
Asp QOCon Med (CLM) RODRIGO TOLEDO SIQUEIRA (Nr Ord 7296630)

PORTARIA DIRAP Nº 4.144/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67415.000836/2020-65, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado no SEREP-CO (Canoas - RS), os militares relacionados a seguir,
no HACO (Canoas - RS):

Asp QOCon Med (CLM) ARTHUR JOSÉ GHISSI (Nr Ord 7296509)
Asp QOCon Med (CLM) CRISTIANO SCHAFFER AGUZZOLI (Nr Ord 7296452)
Asp QOCon Med (CLM) FERNANDA POY DONDONIS (Nr Ord 7296517)
Asp QOCon Med (CLM) JOÃO GUILHERME MEINEM GARBIN (Nr Ord 7296479)
Asp QOCon Med (CLM) JONNY ANDERSON KIELBOVICZ BEHLING (Nr Ord 7296533)
Asp QOCon Med (CLM) LEONARDO ZANETTI FLORIAN (Nr Ord 7296495)
Asp QOCon Med (CLM) MARCO ANTONIO SMIDERLE GELAIN (Nr Ord 7296460)
Asp QOCon Med (CLM) RICARDO TAVARES MONTEIRO (Nr Ord 7296487)
Asp QOCon Med (CLM) TIAGO ELIAS HEINEN (Nr Ord 7296444)

PORTARIA DIRAP Nº 4.145/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67416.001646/2020-55, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado na ALA 2 (Anápolis - GO), os militares relacionados a seguir, no
ES-AN (Anápolis - GO):
Fl. nº 9925

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Asp QOCon Med (CLM) ANDRÉ LUIZ DE LUCENA VAZ (Nr Ord 7299770)
Asp QOCon Med (CLM) DENNYS IVANOVAS BELTRÃO (Nr Ord 7299745)
Asp QOCon Med (CLM) IGOR CAMARGOS DA MOTA (Nr Ord 7299753)
Asp QOCon Med (CLM) JOHN HENRIQUE ARAÚJO ALDEN (Nr Ord 7299788)
Asp QOCon Med (CLM) PEDRO HENRIQUE FERNANDES (Nr Ord 7299761)

PORTARIA DIRAP Nº 4.146/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67416.001646/2020-55, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"a", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação e
Serviço (EAS 1/2020), realizado no SEREP-BR (Brasília - DF), os militares relacionados a seguir,
no HFAB (Brasília - DF):

Asp QOCon Med (CLM) AGNES ALINE FERREIRA (Nr Ord 7298463)
Asp QOCon Med (CLM) ALESSANDRA DE SOUZA ROCHA (Nr Ord 7298366)
Asp QOCon Med (CLM) ALINE CRISTINA BARBOSA SIQUEIRA (Nr Ord 7298501)
Asp QOCon Med (CLM) ANDRÉ LUIZ TORRES DA SILVA (Nr Ord 7298412)
Asp QOCon Med (CLM) ANDRÉ METZKER FERRO (Nr Ord 7298340)
Asp QOCon Med (CLM) ANDRÉ RUY ZUQUI (Nr Ord 7298471)
Asp QOCon Med (CGE) BÁRBARA STEPHANE DE MEDEIROS JERÔNIMO (Nr Ord
7298293)
Asp QOCon Med (CLM) BRUNA HANAUER (Nr Ord 7298390)
Asp QOCon Med (CLM) CAMILA LEAL GUIMARAES (Nr Ord 7298498)
Asp QOCon Med (CLM) ÉMILLY PRISCILLA DE SOUZA ROBÉLIO (Nr Ord 7298358)
Asp QOCon Med (RAD) GABRIELLA MOURA BORGES (Nr Ord 7298331)
Asp QOCon Med (CLM) JACQUELINE ELENE DE FARIA TOLENTINO (Nr Ord 7298307)
Asp QOCon Med (CLM) LUCCA RORIZ GESTEIRA (Nr Ord 7298439)
Asp QOCon Med (CLM) LUKAS DAVID DA SILVA MARTINS (Nr Ord 7298323)
Asp QOCon Med (CLM) MANUELA THAYS SILVA FONSECA (Nr Ord 7298420)
Asp QOCon Med (RAD) MARCOS MENDES SALES (Nr Ord 7298315)
Asp QOCon Med (CLM) MATHEUS CATÃO TSUGAMI (Nr Ord 7298528)
Asp QOCon Med (CLM) MATHEUS PAIVA DE SOUZA (Nr Ord 7298447)
Asp QOCon Med (CLM) RODRIGO SIGUENZA SAQUICELA (Nr Ord 7298536)
Asp QOCon Med (CLM) SAMUEL CAVALCANTE XAVIER (Nr Ord 7298480)
Asp QOCon Med (CLM) TERESA CRISTINA ALVES DUARTE (Nr Ord 7298404)
Asp QOCon Med (CLM) VINÍCIUS BALEN RONSONI (Nr Ord 7298382)
Asp QOCon Med (CLM) VINÍCIUS BEZERRA LOPES (Nr Ord 7298374)
Asp QOCon Med (CLM) ZIGOMAR FILIPE GARCIA AVELINO (Nr Ord 7298510)
Fl. nº 9926

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

PORTARIA DIRAP Nº 4.147/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67416.001646/2020-55, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço, de acordo com o item 2.3.2.9, letra
"b", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018, por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação
Técnico (EAT 1/2020), realizado no SEREP-BR (Brasília - DF), os militares relacionados a seguir,
no HFAB (Brasília - DF):

Asp QOCon ENF ALESSANDRA ALVES DAS NEVES (Nr Ord 7313675)
Asp QOCon ENF AMANDA ALMEIDA DA SILVA (Nr Ord 7313608)
Asp QOCon ENF AMANDA ARAUJO FIGUEREDO (Nr Ord 7313551)
Asp QOCon FIS ANDRÉ VINÍCIUS BASTOS COUTINHO (Nr Ord 7313640)
Asp QOCon ENF DEUSVALDO SALES DA COSTA JUNIOR (Nr Ord 7313705)
Asp QOCon FIS DIEGO BRITO CAVALCANTE (Nr Ord 7313527)
Asp QOCon FIS FLAVIA VIEIRA PADILHA (Nr Ord 7313624)
Asp QOCon ENF GISELE PEIXOTO DE ALBUQUERQUE FUCK (Nr Ord 7313616)
Asp QOCon ENF GLAZIENE CRUZ DE MELO (Nr Ord 7313683)
Asp QOCon ENF IRANY ESTHER DA MOTA VITÓRIA (Nr Ord 7313691)
Asp QOCon FIS JULIANE VALADARES SOUSA (Nr Ord 7313659)
Asp QOCon ENF KARLA CAMARGOS E MELGACIO (Nr Ord 7313586)
Asp QOCon ENF KARLA LUIZA RAMOS OLIVEIRA (Nr Ord 7313519)
Asp QOCon FIS LAÍSE MADUREIRA NEVES (Nr Ord 7313543)
Asp QOCon FIS MARIANA REZENDE NUNES SALGE CARDOSO (Nr Ord 7313578)
Asp QOCon ENF MARYELLE ESTRELA CHAGAS (Nr Ord 7313594)
Asp QOCon FIS RAFAEL HENRIQUE SANTOS DE BRITO (Nr Ord 7313667)
Asp QOCon ENF RAQUEL GOMES DE FARIA BRITO (Nr Ord 7313535)
Asp QOCon ENF RICARDO COSTA FREITAS (Nr Ord 7313632)
Asp QOCon FIS SHIRLES MIQUELLINNI CARDOSO SANTOS (Nr Ord 7313411)
Asp QOCon ENF THAIS RAIANNE DE SOUZA ANDRADE (Nr Ord 7313560)

PORTARIA DIRAP Nº 4.152/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67411.001278/2020-95, resolve:

Classificar, de acordo com o item 2.3.2.9, letra "b", da ICA 30-4, de 20 JUN 2018,
por conclusão da Primeira Fase do Estágio de Adaptação Técnico (EAT 2020), realizado no
SEREP-BE (Belém - PA), os militares relacionados a seguir, nas seguintes OM:

COMISSÃO DE AEROPORTOS DA REGIÃO AMAZÔNICA (Belém – PA)


Asp QOCon CIV TATIANA BRAGA MENDES (Nr Ord 7291990)
Fl. nº 9927

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

HOSPITAL DE AERONÁUTICA DE BELÉM (Belém – PA)


Asp QOCon ENF LAISE CRISTINA PANTOJA FEITOSA (Nr Ord 7292007)

PORTARIA DIRAP Nº 4.153/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67411.001278/2020-95, resolve:

Classificar ex officio, por necessidade do serviço e por conclusão do Estágio de


Instrução Técnico (EIT 2020), realizado no SEREP-BE (Belém - PA), a 1º Ten QOCon ENF ANA
PAULA MARTINS DA SILVA (Nr Ord 7311354), no HABE (Belém - PA).

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

4 – DESIGNAÇÃO

PORTARIA SEREP-SP Nº 185/SSMOB, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições e conforme delegação de
competência do Comandante da Aeronáutica, prevista no art. 1º da Portaria nº 634/GC1, de 27 de
maio de 2020, resolve:

Designar a militar abaixo relacionada, em caráter de substituição, para compor a


Comissão de Seleção Permanente das Forças Armadas (CSPFA 2020), no período de 29/07/2020 a
07/08/2020, sob a coordenação da 2ª Região Militar, prevista no Plano Geral de Convocação (PGC)
aprovado pela Portaria nº 89/GM-MD de 22 de outubro de 2019:

Sai:

Posto/Grad. Quadro/Esp. Nome Saram OM


3S QSS TIN MARCOS SERGIO DOS SANTOS JUNIOR 650.257-1 GAP-SP

Entra:

Posto/Grad. Quadro/Esp. Nome Saram OM


3S QSS SAD TALITA DE LIMA DA SILVA SANTOS 655.428-8 GAP-SP

Fica a militar designada dispensada de escalas e representações no período em que


estiver na Comissão de Seleção Permanente das Forças Armadas.

Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.


Fl. nº 9928

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

PORTARIA SEREP-SP Nº 186/SSMOB, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições e conforme delegação de
competência do Comandante da Aeronáutica, prevista no art. 1º da Portaria nº 634/GC1, de 27 de
maio de 2020, resolve:

Designar os militares abaixo relacionados, para compor a Comissão de Seleção


Complementar na localidade de Campo Grande-MS (ALA 5), no período de 02/06/2020 a
31/07/2020, sob a coordenação da 9ª Região Militar, prevista no Plano Geral de Convocação (PGC)
aprovado pela Portaria nº 89/GM-MD de 22 de outubro de 2019:

Posto/Grad. Nome Saram OM Função


Ten Cel R1 SEBASTIÃO GERALDO FONTES SAMPAIO FILHO 1533738 ALA 5 Presidente
Cap Av. AGENOR DE ANDRADE REZENDE LIMA 4200047 2º/10º GAV Secretário
1º Ten. Av. WILLIAN DE LIMA DA COSTA 6104380 3º/3º GAV Membro
1º Ten. Av. RODRIGO MARTINS DA SILVA FAJOSES 6198120 3º/3º GAV Membro
1º Sgt ROBERTO ALMEIDA DE SÁ JUNIOR 3930718 EAS-CG Membro
1º Sgt MARCELO OVANDO PIÚNA 2950260 ALA 5 Membro
1º Sgt ALEXANDRE PISSURNO CAVALCANTI 3077250 ALA 5 Membro
3º Sgt LUIS HUMBERTO DE OLIVEIRA 6387349 EAS-CG Membro

Ficam os militares designados dispensados de escalas e representações no período


em que estiverem na Comissão de Seleção Complementar.

Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

EDUARDO GOMES NOGUEIRA Cel Inf


Chefe do SEREP-SP

5 – DESPACHO DECISÓRIO

DESPACHO DECISÓRIO Nº 553/CALESP/25555, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.028154/2019-24 - Ref Requerimento do Cap R/1 ALBERTO


MENDONÇA DE ALMEIDA, Nr Ord 190251-2, datado de 21 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 554/CALESP/25557, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.028023/2019-47 - Ref Requerimento do Cap R/1 EDUARDO


COSTA E SILVA, Nr Ord 202132-3, datado de 19 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.
Fl. nº 9929

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

DESPACHO DECISÓRIO Nº 555/CALESP/25558, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.028053/2019-53 - Ref Requerimento do Cap R/1 JOSÉ GERALDO


DE ABREU, Nr Ord 175027-5, datado de 19 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 556/CALESP/25559, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.028040/2019-84 - Ref Requerimento do 1º TEN R/1 SERGIO


RYCBCZAK, Nr Ord 165688-0, datado de 19 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 557/CALESP/25561, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.027778/2019-24 - Ref Requerimento do Cap R/1 CELIO MARIUS


FRANCO, Nr Ord 159461-3, datado de 12 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 558/CALESP/25562, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.027764/2019-19 - Ref Requerimento do Maj R/1 PAULO


ROBERTO DE OLIVEIRA, Nr Ord 190130-3, datado de 12 NOV 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art. 68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 559/CALESP/25571, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67267.028919/2019-26 - Ref Requerimento do SO Refm AIRTON SERGIO


ROBES, Nr Ord 053032-8, datado de 10 DEZ 2019, do GAP-SP)

INDEFERIDO, por contrariar o art.68 do Estatuto dos Militares de 09 de Dezembro


de 1980, revogado pela Medida Provisória nº 2215-10 de 31 de Agosto de 2001. A Licença Especial
é relativa a cada decênio de tempo de efetivo serviço.
Fl. nº 9930

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1218/IP4/25482, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67532.002258/2020-65 - Ref Requerimento da Sra. RITA DE CÁSSIA


MOREIRA, de 27 abr. 2020, do GAP -LS)

INDEFERIDO, por contrariar o inciso II do art. 7º da Lei 3.765, de 04.05.1960,


alterada pela Medida provisória nº 2.215-10, de 31.8.2001, por não comprovação de dependência
econômica.

MARCELO TENÓRIO DE CARVALHO Coronel Intendente


Subdiretor Interino de Inativos e Pensionistas da Aeronáutica

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1219/1HI3/25505, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67513.013102/2020-38 - Ref Req de Anulação de Averbação de Tempo de


Serviço Privado do 3S Refm ODAIR SILVERIO, Nr Ord 0468711, de 15 JUN 2020, adido ao GAP
YS)

DEFERIDO, seja anulada a averbação de tempo de serviço privado, publicada no


BCA nº 119, de 29 Junho 2005 e seja restituída a certidão de tempo de serviço ao interessado, por
não ter surtido qualquer tipo de efeito.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1220/1HI3/25506, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67440.008199/2020-68 - Ref Req de Averbação de Tempo de Serviço


Privado da Cap Med CÍNTIA BRACARENSE MELO, Nr Ord 4456300, de 22 JUL 2020, do
HFAB)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de dois anos, sete meses
e dez dias de serviço prestado em atividade privada nos períodos de 21 JUN 2005 a 28 ABR 2007,
de 29 ABR 2007 a 31 JAN 2008, véspera da sua inclusão na FAB, constantes da certidão do INSS
apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1221/1HI3/25507, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67701.003637/2020-83 - Ref Req de Averbação de Tempo de Serviço


Privado do Ten Cel Av PAULO ROBERTO CURSINO DOS SANTOS, Nr Ord 2915170, de 29
JUL 2020, da COPAC)
Fl. nº 9931

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de um ano, dois meses e
zero dia de serviço prestado em atividade privada nos períodos de 17 JUN 1993 a 16 AGO 1994,
constantes da certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1222/1HI3/25514, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67050.047364/2020-91 - Ref Req de Averbação de Tempo de Serviço


Privado do 1º Ten QOAP ADM ALAN CARLOS SILVEIRA PINTO, Nr Ord 6536131, de 16 JUL
2020, do EMAER)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de um ano, nove meses e
21 dias de serviço prestado em atividade privada nos períodos de 01 SET 2010 a 21 JUN 2012,
constantes da certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1223/1CM1/25521, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 68000.002229/2020-74 - Ref Req de movimentação por interesse próprio da


2° Ten QOCon PED ELAINE CRISTINA NUNES DE SOUZA DIAS, Nr Ord 6810799, do efetivo
da DIRAD, datado de 28 MAIO 2019)

INDEFERIDO, por não ser do interesse da Administração, de acordo com o art. 221,
inciso I, do RISAER, combinado com os itens 2.3.6.1 e 2.3.6.12 da ICA 30-4, de 20 JUN 2018.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1224/2CM1/25556, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67215.042286/2020-16 - Ref Req em que o militar Nr Ord 6656129, do


efetivo do GAP-BE, solicita prorrogação de tempo de serviço e outros)

INDEFERIDO, de acordo com o disposto no art. 27, §1º, inciso II, da Lei nº 4.375,
de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar), alterada pela Lei n° 13.954, de 16 de dezembro de
2019, tendo em vista que os militares ultrapassaram a idade limite de permanência no serviço ativo.

NR ORD GD ESP OM
6656129 3S TMT GAP-BE
6652565 3S TAD PAMA LS
6649335 3S TMT GAP-GW
Fl. nº 9932

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

6657630 3S TAD GAP-RF


6656196 3S TAD GAP-BE
6652778 3S TLB CEMAL
6657699 3S TRD HARF
6651909 3S TAD GAP-BQ
6654240 3S TLB HCA
6659012 3S TMT GAP-BR
6652603 3S TEE PAMA LS
6652611 3S TEF CEMAL
6650627 3S TMT GAP-CG
6656030 3S TAD GAP-BE
6652808 3S TRD HFAG
6659039 3S TAD DIRENS
6657680 3S TAD GAP-RF
6651488 3S TAD GAP-CO
6652883 3S TEF HFAG
6658970 3S TEE GAP-BR
6652131 3S TMT GAP-BQ
6652905 3S TEF HCA
6651380 3S TMT GAP-CO
6654932 3S TAD GAP-MN
6649602 3S TAD CO-DCTA
6649246 3S TEF HFASP
6650708 3S TMT GAP-SJ
6651445 3S TMT GAP-CO
6659020 3S TAD GAP-BR
6649351 3S TAD ES-GW
6651399 3S TMT GAP-CO
6652727 3S TMT CTLA
6651437 3S TRD HACO
6656145 3S TEF HABE
6649416 3S TMT GAP-YS
6657672 3S TAD GAP-NT
6656560 3S TMT GAP-BE

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1226/2CM1/25605, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67289.003629/2020-55 - Ref Req em que o Cb SAD SIDNEY DA COSTA


PEIXOTO JÚNIOR (Nr Ord 645412-7), do efetivo do GAP-DF, solicita prorrogação de tempo de
serviço em caráter excepcional)

INDEFERIDO, tendo em vista ser de oito anos o tempo máximo de permanência no


serviço ativo para os militares incluídos no Quadro de Cabos da Aeronáutica após 12 JUL 2010,
conforme o disposto no art. 1º, da Portaria nº 467/GC3, publicada no BCA nº 127, de 12 JUL 2010.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1227/1HI3/25606, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67433.003035/2020-33 - Ref Req. de Averbação de Tempo de Serviço


Privado da 2S SEF VIVIANE CARMO MARQUES DE SOUSA, Nr Ord 6016588, de 17 JUN
2020, do HAAF)
Fl. nº 9933

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de dois anos, quatro
meses e cinco dias de serviço prestado em atividade privada nos períodos de 01 JAN 2006 a 28
FEV 2007, de 05 MAR 2007 a 01 SET 2007 e de 02 SET 2007 a 09 MAIO 2008, constantes da
certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1228/1HI3/25607, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67433.003910/2020-87 - Ref Req. de Averbação de Tempo de Serviço


Privado da 1S SAD ALESSANDRA DE SOUZA DA SILVA DOS SANTOS, Nr Ord 4228898, de
29 JUL 2020, do HAAF)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de zero ano, onze meses
e quinze dias de serviço prestado em atividade privada nos períodos de 04 OUT 2002 a 08 SET
2003 e de 02 FEV 2005 a 11 FEV 2005, constantes da certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1229/1HI3/25608, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67612.018617/2020-14 - Ref Req. de Averbação de Tempo de Serviço


Privado do 1S BET JONES MIILLER, Nr Ord 2983974, de 28 JUL 2020, do CINDACTA I)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de um ano, dois meses e
vinte dias de serviço prestado em atividade privada no período de 10 MAIO 1991 a 29 JUL 1992,
constante da certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1230/1HI3/25609, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67272.003362/2020-85 - Ref Req. de Averbação de Tempo de Serviço


Privado do 2S SAD DIOVANE OLIVEIRA CLOQUE, Nr Ord 3315924, de 29 JUL 2020, da
BAFL)
Fl. nº 9934

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

DEFERIDO, averbe-se para os fins previstos no art. 137, da Lei nº 6.880, de 19 de


dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), complementado pelo art. 93, § 1º, do Decreto nº 4.307,
de 18 de julho de 2002, observado o art. 1º, inciso II, letra "e", da Medida Provisória nº 2.215-10, de
31 de agosto de 2001, regulamentado pelo art. 10 do supramencionado Decreto, e o estabelecido no
art. 97, da Lei nº 6.880, de 19 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), com a redação dada
pelo art. 2º, da Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, o tempo líquido de dois anos, cinco
meses e 27 dias de serviço prestado em atividade privada no período de 01 NOV 1995 a 27 ABR
1998, constante da certidão do INSS apresentada.

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1231/3HI/25610, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67410.014970/2020-93 - Ref ao Requerimento, de 08 jun. 2020, do


Reservista JOSUÉ DOS SANTOS LUCAS)

INDEFERIDO, tendo em vista não ter sido encontrada, no Histórico Militar do


requerente, nenhuma referência quanto ao desempenho das funções especificadas no requerimento.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

DESPACHO DECISÓRIO Nº 1225/IP4/25566, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

(Proc nº 67513.008914/2019-28 - Ref Requerimento da Sra. ISMARA PARIZE DE


SOUZA, de 08 out. 2019, do GAP-YS )

INDEFERIDO, por contrariar o art 9º § 3º da Lei 3.765/60, considerando que, de


acordo com a referida legislação, quando houver filhos do instituidor com a viúva, metade da
pensão será dividida entre todos os filhos, adicionando à metade da viúva as cotas-partes dos seus
filhos.

MARCELO TENÓRIO DE CARVALHO Cel Int


Subdiretor Interino de Inativos e Pensionistas

6 – INATIVIDADE - ALTERA

PORTARIA DIRAP Nº 4.133/3HI1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso II, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, e considerando o processo nº 67430.005978/2020-21, resolve:

ALTERAR a situação de inatividade do SO BCO Refm JONAS SANTANA DE


PAIVA (Nr Ord 0534536), falecido em 21 de março de 2018, a fim de considerá-lo reformado, a
contar de 25 de maio de 2017, de acordo com art. 106, inciso II, art. 108, inciso V, da Lei nº 6.880,
Fl. nº 9935

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

de 9 de dezembro de 1980, alterada pelas Leis nº 12.670, de 19 de junho de 2012 e nº 13.954, de 16


de dezembro de 2019, por ter sido julgado incapaz definitivamente para o serviço militar,
impossibilitado total e permanentemente para qualquer trabalho, conforme parecer da Junta
Superior de Saúde do Comando da Aeronáutica, Sessão 37, realizada em 29 de julho de 2020;
observando o disposto no art. 6º, inciso XIV, da Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, alterada
pela Lei nº 11.052, de 29 de dezembro de 2004; combinado com o Ato Declaratório nº 05/2016, de
3 de maio de 2016, da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

PORTARIA DIRAP Nº 4.157/3HI1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso II, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, e considerando o processo nº 67430.005848/2020-98, resolve:

ALTERAR a situação de inatividade do SO QTA TCO Refm JOÃO CARLOS DOS


SANTOS (Nr Ord 0923141), a fim de considerá-lo reformado, a contar de 18 de março de 2020, de
acordo com art. 106, inciso II, art. 108, inciso V, da Lei nº 6.880, de 9 de dezembro de 1980,
alterada pelas Leis nº 12.670, de 19 de junho de 2012 e nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, por
ter sido julgado incapaz definitivamente para o serviço militar, impossibilitado total e
permanentemente para qualquer trabalho, necessitando de assistência e cuidados permanentes de
enfermagem, conforme parecer da Junta Superior de Saúde do Comando da Aeronáutica, sessão nº
37, realizada em 29 de julho de 2020; observando o disposto no art. 6º, inciso XIV, da Lei nº 7.713,
de 22 de dezembro de 1988, alterada pela Lei nº 11.052, de 29 de dezembro de 2004, combinado
com o Ato Declaratório nº 05/2016, de 3 de maio de 2016, da Procuradoria-Geral da Fazenda
Nacional; e o art. 11, inciso II, da Medida Provisória nº 2.215-10, de 31 de agosto de 2001, na
forma e condições dispostas na Lei nº 11.421, de 21 de dezembro de 2006.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

7 – MOVIMENTAÇÃO

PORTARIA SEREP-SP Nº 182/SRH, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE SÃO PAULO, por delegação de competência do Sr Diretor de
Administração de Pessoal, estabelecida no inciso III do Art. 2º da Portaria DIRAP nº 3.811/SIGBD,
de 04 de julho de 2018, resolve:

Art. 1º Transferir, por necessidade do serviço, de acordo com o Art. 221 do RCA 34-
1 (RISAER), os militares a seguir relacionados, para a OM listada com sua respectiva localidade:

HOSPITAL DE FORÇA AÉREA DE SÃO PAULO (São Paulo - SP):

S1 BLM VALFRAN LUIZ FELIX JUNIOR (Nr Ord 6748520), do PAMA-SP;


Fl. nº 9936

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

S1 SAD JASON CARLOS YEZMAN ARANIBAN (Nr Ord 6748619), do PAMA-SP; e

S1 SAD CARLOS HENRIQUE DA SILVA CESARIANO (Nr Ord 6747507), do PAMA-SP.

PARQUE DE MATERIAL AERONÁUTICO DE SÃO PAULO (São Paulo - SP):

S2 NE RAFAEL DE OLIVEIRA RINALDI (Nr Ord 7146876), do HFASP;

S2 NE NICOLAS HENRIQUE ARAUJO DOS SANTOS (Nr Ord 7148569), do HFASP; e

S2 NE ELIEL MARTINS BARBOSA (Nr Ord 6993346), do HFASP.

Art. 2º Que as OMs envolvidas tomem conhecimento do Art. 244, inciso I, do RCA
34-1 (RISAER).

EDUARDO GOMES NOGUEIRA Cel Inf


Chefe do SEREP-SP

PORTARIA DIRAP Nº 4.129/1CM2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1º, inciso I, letra “e”, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
68000.002248/2020-09, resolve:

Transferir, ex officio, por necessidade do serviço, os militares listados a seguir, todos


do efetivo das OM abaixo declaradas, para a BAAF (Rio de Janeiro-RJ), a contar de 03 AGO 2020,
de acordo com o item 2.3.7 da ICA 30-4, de 20 JUN 2018:

GRUPAMENTO DE APOIO DOS AFONSOS (Rio de Janeiro-RJ)


Maj Int LIDIA BORGES AMBRÓSIO (Nr Ord 3412091)
Cap Int FELIPE DE PAIVA MAGALHÃES (Nr Ord 3821927)
Cap Int PRISCILA SANTOS FERNANDES (Nr Ord 4453140)
Cap Esp Aer SVA JOSÉ RICARDO DOS SANTOS FERREIRA (Nr Ord 2020220)
Cap Esp Aer SVA RAMON DE OLIVEIRA MESSIAS (Nr Ord 3647900)
Cap Esp Aer SVI ANDREIA DE CASTRO ESTEVES (Nr Ord 2492989)
Cap Esp Aer SVM MARCOS ANDRÉ BORBA ARAÚJO (Nr Ord 2602601)
1º Ten Int ERICK HENRIQUE BARROS DAÁS (Nr Ord 4493907)
1º Ten Int GUILHERME TEIXEIRA ALCÂNTARA (Nr Ord 6253148)
1º Ten Int LUCAS PEREIRA DA ROCHA (Nr Ord 4492943)
1º Ten Int VINICIUS SILVA CARDOSO (Nr Ord 6104649)
1º Ten Esp Aer SVA HENRIQUE CANDIOTO BRAGA (Nr Ord 3298264)
1º Ten Esp Aer SVA JANE MARCIA BAPTISTA DOS SANTOS (Nr Ord 2492440)
1º Ten Esp Aer SVE SÉRGIO ALEXANDRE DA SILVA FREITAS (Nr Ord 2477564)
1º Ten QOCon ADM JAYNA DE ALARCÃO GOMES MARQUES (Nr Ord 6646816)
1º Ten QOCon ANS EDUARDO DE OLIVEIRA PINTO (Nr Ord 6725767)
1º Ten QOCon ANS FLAMARION SALLES CORREIA (Nr Ord 6726160)
Fl. nº 9937

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

1º Ten QOCon AQV LUCIANA DA SILVA DE LIMA (Nr Ord 6568424)


1º Ten QOCon CCO JULIANA MENDES VIANNA FELIX SAMPAIO (Nr Ord 6646948)
2º Ten Int ADRIANO COUTO SILVA (Nr Ord 6376045)
2º Ten Int DAVID LUIZ GADÊLHA (Nr Ord 6376533)
2º Ten Int JÔNATHAS MENDES ATAÍDE (Nr Ord 6493254)
2º Ten Int THIAGO DE ANDRADE ALVES DO NASCIMENTO (Nr Ord 6198228)
2º Ten Int VITOR DE OLIVEIRA EVANGELISTA (Nr Ord 6708854)
2º Ten Int VITOR FERREIRA SANTOS (Nr Ord 6579760)
2º Ten QOCon NUT ÉRICA NOGUEIRA CAVALCANTE DE OLIVEIRA (Nr Ord 7271395)
2º Ten QOCon NUT JULIANA RIBEIRO DIAS (Nr Ord 7271824)
2º Ten QOCon NUT LUANA VIEGAS GOMES (Nr Ord 7270984)
2º Ten QOCon NUT MANUELA ARAUJO DA SILVA LIMA (Nr Ord 7271654)
Asp Int ELLIS CAROLINE MARQUES MACHADO (Nr Ord 6749615)
Asp Int PAMELLA SILVA DE OLIVEIRA (Nr Ord 6493785)
Asp Int THAMIRIS ANTUNES DANTAS (Nr Ord 6749593)
SO BSP ADILSON DA SILVA NASCIMENTO (Nr Ord 2368374)
SO SAD ADRIANO GOES FERNANDES (Nr Ord 2673819)
SO SAD ANDRE LUIS FERREIRA DA SILVA (Nr Ord 2956560)
SO SAD BIANCA MAGINI BERTOLINI DE OLIVEIRA (Nr Ord 3297900)
SO SAD LEONARDO LUZ SANTOS (Nr Ord 3236781)
SO SAD MARCELO DA SILVA MACHADO (Nr Ord 2955709)
SO SAD MARCIO GOMES FERREIRA (Nr Ord 3648362)
SO SAD NEUDA CARMO DE LIMA DE CARVALHO (Nr Ord 2492172)
SO SEL CARLOS HENRIQUE GOMES VIDAL (Nr Ord 2955784)
SO SEL JAIR LINHARES DE LEMOS (Nr Ord 2599201)
SO SEM CLAUDIO AMERICO COSTA AVILA (Nr Ord 2480697)
SO SEM MARCELO SANTANA DE AMORIM (Nr Ord 2279665)
SO SEM MARCIO ANTONIO CUNHA DE ARAUJO VIDAL (Nr Ord 2220130)
SO SEM RICARDO BARROS DE MEIRELLES (Nr Ord 2350645)
SO SOB MARCELO ALEXANDRE PIACEZI DE MORAES (Nr Ord 2554127)
SO TAR RONILSON DA SILVA SANTOS (Nr Ord 3108252)
SO TCO ALEX SANDER SOARES SANTOS (Nr Ord 3248534)
1S BCO LEYBERT DA SILVA HAIDAR (Nr Ord 2768232)
1S BCO VITOR ROBERTO XAVIER DA SILVA (Nr Ord 3211576)
1S BET GILDSON GUILHERME CAETANO DA SILVA FILHO (Nr Ord 3446778)
1S BSP MARCIO ANDRE RIBEIRO BAHIA (Nr Ord 3285456)
1S BSP RENATO DE ASSIS LOUREIRO (Nr Ord 3001130)
1S BSP ROGÉRIO DA SILVA PROENÇA (Nr Ord 2714710)
1S BSP WANDERLEY RIBEIRO MOREIRA (Nr Ord 3211177)
1S SAD ALESSANDRA PINHO MARTINS (Nr Ord 3961702)
1S SAD ALESSANDRA RACCA MENDES (Nr Ord 4068750)
1S SAD ALEXANDRE AUGUSTO DE MENDONÇA (Nr Ord 2889960)
1S SAD ALEXANDRE DE OLIVEIRA CHINA (Nr Ord 3970930)
1S SAD ALEXANDRE JORGE OLIVEIRA DO NASCIMENTO (Nr Ord 3202992)
1S SAD ANDRESSA MARIA DOS SANTOS SOUZA (Nr Ord 4068939)
1S SAD ANGÉLICA LOPES MACHADO DE OLIVEIRA (Nr Ord 3372561)
1S SAD CAMILA CEPINHO ROCHA FURTUOSO DE LIMA (Nr Ord 3962075)
1S SAD CARLA DA COSTA CELESTINO (Nr Ord 4069048)
Fl. nº 9938

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

1S SAD CATIA REGINA GONÇALVES LOURENÇO VIEIRA (Nr Ord 4167112)


1S SAD CINTIA PONTES DO NASCIMENTO (Nr Ord 3961532)
1S SAD CINTIA SOARES COSTA (Nr Ord 4069137)
1S SAD DANIELLE GOMES DE OLIVEIRA DA PAIXÃO (Nr Ord 4069307)
1S SAD DENILSON PEREIRA DE ANDRADE (Nr Ord 3095614)
1S SAD DJANE KARLA GONÇALVES DE LUCES FORTES (Nr Ord 3446611)
1S SAD ELCIONE CRISTINA CAVALCANTE RIBEIRO (Nr Ord 4146867)
1S SAD ERICA ALVES DE ALBUQUERQUE (Nr Ord 4069536)
1S SAD FABIANA DE FREITAS NASCIMENTO (Nr Ord 3962504)
1S SAD FELIPE BATISTA RODRIGUES (Nr Ord 4069641)
1S SAD FLÁVIA MOREIRA MICHAELI (Nr Ord 3723216)
1S SAD GEREMIAS SILVA MOTA FILHO (Nr Ord 3326047)
1S SAD GILCIENE FRANÇA SOARES (Nr Ord 4146638)
1S SAD ISABELE RODRIGUES LEITE MORAES (Nr Ord 3723275)
1S SAD JAQUELINE BISPO DA MOTA (Nr Ord 3962385)
1S SAD JAQUELINE DE SANTANA ALVES (Nr Ord 3962938)
1S SAD JULIANA CONCEIÇÃO FONTANA MAGALHÃES (Nr Ord 4070020)
1S SAD LEANDRO COSTA RIBEIRO (Nr Ord 3288013)
1S SAD LEANDRO DE OLIVEIRA SANTOS (Nr Ord 3447812)
1S SAD LUCIANA FERREIRA GABILAN (Nr Ord 3447880)
1S SAD MILENE CRISTINA DE SOUZA DOS SANTOS (Nr Ord 4148460)
1S SAD PATRICIA MACHADO DE OLIVEIRA ZANETTI (Nr Ord 4166973)
1S SAD PRISCILA MARIA ALEIXO DA SILVA AUGUSTO (Nr Ord 4071050)
1S SAD PRISCILA MOTA SERSOSIMO (Nr Ord 3963330)
1S SAD RAPHAEL DO NASCIMENTO SILVA (Nr Ord 4071301)
1S SAD REGIANE FERREIRA DE OLIVEIRA SILVA (Nr Ord 4071336)
1S SAD RENATA DE MOURA SANTOS (Nr Ord 4071409)
1S SAD ROBERTO CARLOS FRANÇA GARCIA (Nr Ord 2889846)
1S SAD ROGERIO DE ANDRADE LOPES (Nr Ord 4071484)
1S SAD SHIRLEI SILVA BORGES (Nr Ord 3375170)
1S SAD THAIS SOLLA NIBRA (Nr Ord 3724808)
1S SAD VANESSA CRISTINA SOUZA RODRIGUES (Nr Ord 4148282)
1S SAD VANESSA DOS SANTOS PINTO (Nr Ord 4148380)
1S SAD VANESSA CRISTINA SILVA MARTINS (Nr Ord 3962776)
1S SAD VIVIANE GARRIDO BARBOSA (Nr Ord 3447120)
1S SEL ALMIDES RIBEIRO DE ALMEIDA (Nr Ord 3248968)
1S SEL ALVARO LUIS SANTOS DE OLIVEIRA (Nr Ord 3055493)
1S SEL CLEBER SANTIAGO JUNIOR (Nr Ord 4039378)
1S SEL EDINEI FERREIRA DA SILVA (Nr Ord 2677520)
1S SEL JAIME RODRIGUES DA SILVA JUNIOR (Nr Ord 3729753)
1S SEL LEANDRO BRITTO DO NASCIMENTO (Nr Ord 3446859)
1S SEL MARCELO ESPERANCA FACCINI (Nr Ord 3374122)
1S SEL RAFAEL FARIAS DE MELO (Nr Ord 3503658)
1S SEM ALEX DAVID FERREIRA MELO (Nr Ord 3987256)
1S SEM BRUNO ALEXANDRE SALES BEZERRA (Nr Ord 3929400)
1S SEM CELSO GONÇALVES DE FARIA (Nr Ord 3373258)
1S SEM HENRIQUE GALDINO DE LIMA (Nr Ord 3930157)
1S SEM VAGNER ERLER MARTINS (Nr Ord 3824667)
Fl. nº 9939

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

1S SOB GUSTAVO ABRAHÃO DIAS (Nr Ord 2837102)


1S SOB WELLINGTON SIQUEIRA PIRES (Nr Ord 3211185)
1S TAR GUARACI DE OLIVEIRA (Nr Ord 2946858)
2S BET ISMAEL PEREIRA DO COUTO (Nr Ord 6326080)
2S BET MATHEUS DO NASCIMENTO RODRIGUES (Nr Ord 6207545)
2S BET MICHELE CRISTINE IOTTY DA SILVA SOBRAL (Nr Ord 4312775)
2S SAD ADRIANA DA SILVA GOES (Nr Ord 6069550)
2S SAD ALEX TAVARES MATIAS BORBA (Nr Ord 4410904)
2S SAD BEATRIZ DA SILVA ROCHA GUIMARÃES (Nr Ord 4313445)
2S SAD BIANCA DO VALE COUTINHO (Nr Ord 6127452)
2S SAD BRENDA CARVALHO MACHADO (Nr Ord 6126537)
2S SAD BRUNA DEBOSSANS DE OLIVEIRA (Nr Ord 6126162)
2S SAD BRUNIE DA SILVA DIAS (Nr Ord 3694470)
2S SAD CAROLINA RIBEIRO DE RESENDE (Nr Ord 4312694)
2S SAD CAROLINE BIGAREL DE ABREU LIMA (Nr Ord 6016804)
2S SAD CINTIA BARROS MOREIRA LUIZ (Nr Ord 6017681)
2S SAD DANIELE DE ANDRADE MADEIRA (Nr Ord 4314204)
2S SAD DAYANE BASTOS DA SILVA (Nr Ord 6059503)
2S SAD FLÁVIA ARAUJO MARQUES (Nr Ord 6017746)
2S SAD GABRIELA OLIVEIRA DOS SANTOS BRITO (Nr Ord 4239903)
2S SAD GIRLENE TAVARES MOREIRA BELIQUE (Nr Ord 6017339)
2S SAD GISELE REGINA MUNIZ DO CARMO (Nr Ord 6016316)
2S SAD JESSICA OLIVEIRA GONÇALVES (Nr Ord 6254829)
2S SAD JOICE GONÇALVES DE LIMA (Nr Ord 6017142)
2S SAD JULIANA FERREIRA DA SILVA SANTOS (Nr Ord 6033687)
2S SAD MARCELLA DA COSTA MACEDO (Nr Ord 4423291)
2S SAD MONALISA ROBERTA DO NASCIMENTO MAURITY (Nr Ord 6033938)
2S SAD NATACHA CASTILHO MESQUITA RUSSI (Nr Ord 6155243)
2S SAD PRISCILA ROCHA PAREDES (Nr Ord 6033580)
2S SAD PRISCILLA MOTTA VAZ BRANDÃO (Nr Ord 4324927)
2S SAD RAFAEL DA COSTA PAULINO (Nr Ord 3812170)
2S SAD RAQUEL MELO SANTOS DE AVELAR (Nr Ord 6126987)
2S SAD ROBERTA CRISTINE COSTA GOUVEIA DE OLIVEIRA (Nr Ord 6033288)
2S SAD RODRIGO LOURENÇO SANTOS DA SILVA (Nr Ord 6318401)
2S SAD ROSANA MORENA FERREIRA HONORATO (Nr Ord 6068731)
2S SAD SABRINA COSTA REIS (Nr Ord 4410491)
2S SAD SARA VICENTINO MONTEIRO GONÇALVES (Nr Ord 6015743)
2S SAD SIMONE BAZILIO DA SILVA (Nr Ord 4313178)
2S SAD SUELLEN DO NASCIMENTO PEREIRA ALCANTARA (Nr Ord 6154590)
2S SAD SUZANA LOVATTI PORTO DO NASCIMENTO (Nr Ord 6016359)
2S SAD TATIANE MARIA DE OLIVEIRA GUIMARÃES LIMA (Nr Ord 4423194)
2S SAD THIAGO ROBERTO SANTOS DA SILVA (Nr Ord 3841863)
2S SAD VITOR REIS DOS REIS (Nr Ord 4287398)
2S SEL LUIZ ALBERTO ROCHA DA CRUZ JÚNIOR (Nr Ord 6326234)
2S SEL RENAN GONÇALVES DE CARVALHO (Nr Ord 6449743)
2S SEM ADRIANO TORRES DE MELLO PRATA (Nr Ord 4360184)
2S SEM RAFAEL GALIZA MARCOLINO DOS SANTOS (Nr Ord 6239471)
2S SEM THIAGO FELIZARDO NASCIMENTO (Nr Ord 4359747)
Fl. nº 9940

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

2S SIN ALYSON FELIPE BRUNO FERREIRA (Nr Ord 6126154)


2S SIN BRENO SANTOS CASER DA SILVA (Nr Ord 6325548)
2S SIN DENISE LIMA PEREIRA (Nr Ord 6039979)
2S SIN ERICH GOMES DOS SANTOS (Nr Ord 6003435)
2S SIN FABIANO ONOFRE PEREIRA (Nr Ord 4257006)
2S SIN JAQUELINE DE ARAUJO SOARES RIBEIRO (Nr Ord 4410556)
2S SIN JÉSSICA EVANGELISTA THOMAZ (Nr Ord 6254454)
2S SIN JUAN DO NASCIMENTO CALDAS (Nr Ord 6450113)
2S SIN LEONARDO MELO LEMOS (Nr Ord 6255124)
2S SIN MARCEL DE MACEDO LIMA GIFFONI (Nr Ord 4418433)
2S SIN MARCOS ANTONIO DA ROCHA GENTIL JUNIOR (Nr Ord 4180119)
2S SIN MARLON FERREIRA DE ANDRADE QUERINO (Nr Ord 6206760)
2S SIN PEDRO HENRIQUE GALOZ MELO (Nr Ord 6383378)
2S SIN RAFAEL MEDEIROS TEIXEIRA (Nr Ord 6253873)
2S SIN RAFAELA DE SIQUEIRA DA FÉ (Nr Ord 6126715)
2S SIN RICARDO SENNA DE PAULA (Nr Ord 6449891)
2S SIN RODRIGO AZEVEDO DE OLIVEIRA (Nr Ord 6449964)
2S SIN RODRIGO GONÇALVES DE ANDRADE (Nr Ord 6383564)
2S SIN SAMUEL FERREIRA DE VASCONCELOS (Nr Ord 3727270)
2S SIN SYMON CAIO DA SILVA DE SOUZA (Nr Ord 6384145)
2S SIN VICTOR WILLIAN AGUIAR DOS SANTOS (Nr Ord 6254578)
2S SIN VINICIUS ALVES GONÇALVES DE MATOS (Nr Ord 4303814)
2S SIN VINÍCIUS DE VASCONCELLOS SANTOS (Nr Ord 6069401)
2S SIN WAGNER OLIVEIRA ROSA (Nr Ord 2889757)
2S TAR ALEXANDRE DA SILVA PEREIRA (Nr Ord 3455114)
2S TAR ALEXANDRE DE SOUZA E SILVA (Nr Ord 3490459)
2S TAR ANDERSON RAMOS VIANA (Nr Ord 4173112)
2S TAR BRUNO DA SILVEIRA MENDONÇA (Nr Ord 4021088)
2S TAR CRISTOFER CAETANO DA SILVA (Nr Ord 6062016)
2S TAR DIEGO MARINS VIEIRA (Nr Ord 6061893)
2S TAR EDGAR DOS SANTOS (Nr Ord 3841553)
2S TAR EDSON MESQUITA LEITE DA SILVA (Nr Ord 4354664)
2S TAR ELTON CAMPOS DA ROCHA (Nr Ord 4173155)
2S TAR ERIC COSME CARVALHO BRANDÃO (Nr Ord 3843521)
2S TAR FELIPE DE OLIVEIRA PINHO CARDOSO (Nr Ord 4021606)
2S TAR GLAUCIO SEGURA DE FREITAS (Nr Ord 4074513)
2S TAR JORGE ANTÔNIO LOUREIRO PONTES (Nr Ord 3967271)
2S TAR LEANDRO LIMA VIEIRA (Nr Ord 4091612)
2S TAR MÁRCIO SANTANNA FERREIRA DE SÁ (Nr Ord 3509648)
2S TAR MAURICIO GOMES FERNANDES JUNIOR (Nr Ord 3983889)
2S TAR MIGUEL GUSTAVO DE OLIVEIRA RIBEIRO (Nr Ord 3838889)
2S TAR NIELSEN PINHEIRO RAMOS PINTO (Nr Ord 3725413)
2S TAR PAULO CESAR DA SILVA (Nr Ord 3381838)
2S TAR PAULO CESAR VIANA (Nr Ord 6062091)
2S TAR PAULO DE CARVALHO NETO (Nr Ord 3979814)
2S TAR PEDRO ALEXANDRE RODRIGUES PONTES (Nr Ord 4022939)
2S TAR RAFAEL NOGUEIRA MARAÇAT (Nr Ord 4354729)
2S TAR RAFAEL PAULO SOUSA DOS SANTOS (Nr Ord 6062067)
Fl. nº 9941

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

2S TAR RENAN DE ARAÚJO VICENTE (Nr Ord 6061982)


2S TAR ROBERTO BRITO FREIRE (Nr Ord 4173139)
2S TAR ROBERTO DA SILVA ROCHA (Nr Ord 3829472)
2S TAR ROBERTO DE CARVALHO SAMICO (Nr Ord 3730310)
2S TAR ROBSON GERALDO DE JESUS (Nr Ord 4354613)
2S TAR BRUNO PAULO SOUSA DOS SANTOS (Nr Ord 3827488)
2S TCO ADEMIR GOMES DA SILVA JUNIOR (Nr Ord 4265378)
2S TCO ALEX RODRIGUES DE OLIVEIRA (Nr Ord 4265300)
2S TCO ANDRE FIRMINO DA SILVA (Nr Ord 3840760)
2S TCO BRUNO RAMOS SALEÃO (Nr Ord 4354672)
2S TCO DANIEL VALENTIM (Nr Ord 3338940)
2S TCO FELIPE COUTINHO LINS E SILVA (Nr Ord 4129660)
2S TCO HENRIQUE TAVARES CABRAL ALENCAR RODRIGUES (Nr Ord 3843092)
2S TCO HUGO MAGALHÃES CALDAS (Nr Ord 4220412)
2S TCO LAZARO ALCANTARA DA COSTA (Nr Ord 3454525)
2S TCO MAURÍCIO ALBERTO PESSOA (Nr Ord 3979741)
2S TCO ROGÉRIO LUIZ LOPES SOARES (Nr Ord 4089600)
2S TCO THIAGO DE ALMEIDA FERREIRA (Nr Ord 4089146)
2S TCO TICIANO SOARES ALVES DE BRITO (Nr Ord 3465578)
3S BSP BRENDA DE ALMEIDA FERREIRA LEANDRO (Nr Ord 6730744)
3S SEL DARLEI RODRIGUES DE ALMEIDA DA SILVA (Nr Ord 6780954)
3S SEL JOSÉ EDUARDO CÂMARA DE OLIVEIRA PEREIRA (Nr Ord 6780946)
3S SEM ANA BEATRIZ SANTOS DA SILVA (Nr Ord 6690777)
3S SEM LUIZA FIGUEIRA VALERIANO (Nr Ord 6668208)
3S SIN CARLOS WILIAM FERREIRA DA MATTA (Nr Ord 4461584)
3S SIN FELIPE EWALD DE LACERDA FONSECA (Nr Ord 6554121)
3S TAD TAIENE LOUREIRO DA SILVA MACEDO (Nr Ord 6654177)
3S TAR BERNARDO MARQUES CARDOSO (Nr Ord 4305744)
3S TAR BRUNO CARLOS DA SILVA OLIVEIRA (Nr Ord 4370414)
3S TAR EDGARD HENRIQUE VIEIRA DA SILVA (Nr Ord 6152163)
3S TAR EDILON DA SILVA CAMPOS (Nr Ord 6475647)
3S TAR ELSON GONÇALVES FILHO (Nr Ord 4368991)
3S TAR ERIC DE OLIVEIRA BERNARDO (Nr Ord 4083059)
3S TAR ISAAC TAYLOR FERREIRA SANTOS (Nr Ord 6475680)
3S TAR LEONARDO DE ALMEIDA SILVA (Nr Ord 4461304)
3S TAR LUCIANO CERQUEIRA DE LIMA (Nr Ord 4184297)
3S TAR MARCOS PAULO RODRIGUES 1º Tem (Nr Ord 4329686)
3S TAR RAFAEL DE OLIVEIRA (Nr Ord 4370759)
3S TAR RAFAEL DIAS TAVARES (Nr Ord 4461827)
3S TAR RAPHAEL CHAHEN DANTAS (Nr Ord 6183476)
3S TAR RENAN DE CASTRO MARTINS (Nr Ord 6021123)
3S TAR RENATO RAMOS CAVALCANTE (Nr Ord 4385829)
3S TAR RICARDO GUATIMOSIM BARRETO (Nr Ord 4075366)
3S TAR ROBSON AUGUSTO DE OLIVEIRA (Nr Ord 6049702)
3S TAR THIAGO REIS MARTINS (Nr Ord 4083768)
3S TAR WALLACE DOS SANTOS FARIA (Nr Ord 4126122)
3S TCO ALBERTO SIMÃO FERNANDES (Nr Ord 4086325)
3S TCO BRUNO MATEUS ANDRADE QUIRINO (Nr Ord 6183050)
Fl. nº 9942

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

3S TCO DIEGO BELLO DOS SANTOS LOPES (Nr Ord 4386256)


3S TCO FABIANO MARTINS DE SOUSA (Nr Ord 6648762)
3S TCO JUNIO CESAR ALMEIDA SILVA (Nr Ord 4284356)
3S TCO LUIZ FELIPE GONÇALVES DE SOUZA (Nr Ord 6564720)
3S TCO MALUF ALVES DE CARVALHO (Nr Ord 4435885)
3S TCO RAPHAEL LACERDA DE ALMEIDA (Nr Ord 4385306)
3S TCO RAUL FELIPE COSTA DOS REIS (Nr Ord 6047661)
3S TCO RODRIGO MORAES FIGUEIREDO (Nr Ord 6564801)
3S TCO THIAGO CALHAU GONÇALVES (Nr Ord 6371221)
3S TCO TIAGO DUARTE DE SOUSA (Nr Ord 6564747)
3S TCZ JESSICA DA ROCHA COELHO (Nr Ord 6961878)
3S TMT HELITON FELIPE DA CONCEIÇÃO RIBEIRO (Nr Ord 6961673)
3S TRR MAURÍCIO DE OLIVEIRA BELCHIOR (Nr Ord 6961304)
3S TRR MAYLINE VERISSIMO TAHIM (Nr Ord 6960383)
3S TRR SAULO FRANCISCO FERREIRA GARCIA DA SILVA (Nr Ord 6653952)
3S TRR THIAGO COSELI DE MELLO (Nr Ord 4076168)
3S QESA BEP IBSON CIODARO LEONE (Nr Ord 2955571)
3S QESA SST ADRIANO DA SILVA CAMPOS (Nr Ord 2946947)
3S QESA SST ANDRE EVANGELISTA DO NASCIMENTO (Nr Ord 2946645)
3S QESA SST HUMBERTO SANTOS ASEVEDO (Nr Ord 2812690)
3S QESA SST JORGE ALEXSANDRO COSTA DA SILVA (Nr Ord 2946718)
3S QESA SST REYNALDO FARIZELI DA SILVA (Nr Ord 2888521)
CB BMA THIAGO FERNANDES (Nr Ord 4287878)
CB BSP ANGELO PERNAMBUCO DA SILVA (Nr Ord 3338096)
CB BSP EDUARDO DE SOUZA DA SILVA (Nr Ord 3378357)
CB SAD CARLOS JUNIOR LIZARDO SALGADO (Nr Ord 3810801)
CB SAD DANIEL RODRIGUES DE MOURA (Nr Ord 4074572)
CB SAD FELIPPE LEMOS SCHETTINI KNUPP (Nr Ord 4437195)
CB SAD LEANDRO DOS SANTOS MIGUEL (Nr Ord 4077270)
CB SAD MARCOS AURELIO PEREIRA RAMOS (Nr Ord 4079264)
CB SAD VINICIUS PARADELLA PINNA (Nr Ord 4220234)
CB SEM CARLOS AUGUSTO M. DE AZEVEDO ALENCAR (Nr Ord 4180429)
CB SEM JEFFERSON ALVES VICENTE (Nr Ord 4282779)
CB SEM JOSÉ MACHADO NETO (Nr Ord 4021940)
CB SGS LA-HIRE D`AVILA GOULART FILHO (Nr Ord 3725251)
CB SMU GILEADE ANTUNES DOS SANTOS (Nr Ord 4240952)

DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DO PESSOAL (Rio de Janeiro-RJ)


1T QCOA ASS GEISIANE ROSA DE SOUZA PIRES (Nr Ord 6438598)

SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL DA AERONÁUTICA DO RIO


DE JANEIRO (Rio de Janeiro-RJ)
3S TCO LUIS EDUARDO FONSECA DE LIMA ROCHA VIEIRA (Nr Ord 6282873)
3S TCZ TATIANE NASCIMENTO BRITO DE SOUZA (Nr Ord 6974988)
Fl. nº 9943

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

PORTARIA DIRAP Nº 4.132/1CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1°, inciso I, letra "e", da Portaria DIRAP n° 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67113.010733/2020-16, resolve:

Conceder transferência, por interesse próprio e sem ônus para a União, de acordo
com o art. 221, inciso VIII, do RISAER, combinado com o item 2.3.6.1 da ICA 30-4, de 20 JUN
2018, para a ALA 10 (Parnamirim – RN), ao 1° Ten Esp Aer ANV JORGE DA SILVA LIMA (Nr
Ord 2221101), do efetivo do PAMA LS (Lagoa Santa – MG).

PORTARIA DIRAP Nº 4.148/1CM2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1º, inciso I, letra “e”, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67284.003154/2020-47, resolve:

Transferir, ex officio, por necessidade do serviço, o 3S TAR NATANAEL LIMA


ALVES (Nr Ord 4332342), do efetivo do GTE (Brasília-DF), para o GAP BR (Brasília-DF), de
acordo com o item 2.3.12 da ICA 30-4, de 20 JUN 2018.

PORTARIA DIRAP Nº 4.149/1CM2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1º, inciso I, letra “e”, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67362.005317/2020-56, resolve:

Conceder transferência, por interesse próprio e sem ônus para a União, para a ALA
10 (Parnamirim-RN), ao 2S BMA CARLOS IVAN DE ALMEIDA ASSUMPÇÃO (Nr Ord
6239927), do efetivo da ALA 1 (Brasília-DF), de acordo com o art. 221, inciso VIII, do RISAER,
combinado com item 2.3.6.6 da ICA 30-4, de 20 JUN 2018.

PORTARIA DIRAP Nº 4.159/1CM2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da delegação de competência


estabelecida no art. 1º, inciso I, letra “e”, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 ABR 2020, em
conformidade com o art. 222, inciso III, do RISAER, e considerando o Processo nº
67418.000899/2020-91, resolve:
Fl. nº 9944

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Transferir, ex officio, por necessidade do serviço, a 1S BSP THAIS CRISTINA


COUTINHO GUEDES (Nr Ord 4147162), do efetivo da ALA 11 (Rio de Janeiro-RJ), para o
GALC (Rio de Janeiro-RJ), de acordo com o item 2.3.12 da ICA 30-4, de 20 JUN 2018.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

8 – PORTARIA - REVOGA

PORTARIA DIRAP Nº 4.128/1IP4-1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO DO PESSOAL, em atenção ao contido na


decisão judicial proferida, referente ao processo nº 0809259-38.2020.4.05.8300 que determina que a
União se abstenha de reduzir os proventos do SO REFM ANTONIO MANOEL GAMA
ROLEMBERG, Nr Ord 073460-8, do GAP DF, que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª
Região, resolve:

REVOGAR a PORTARIA DIRAP nº 2.029/IP4-1, de 17 de abril de 2020, publicada


no BCA 067, de 22 abril 2020, e SUSPENDER os efeitos da Portaria nº 6.515/IP4-1, de 20 de
novembro de 2020, que revisava os proventos do militar, a contar de 20 de maio de 2020, data do
Parecer de Força Executória nº 00242/2020/CRASP/PRU5R/PGU/AGU.

Major-Brigadeiro do Ar VALDIR EDUARDO TUCKUMANTEL CODINHOTO


Diretor de Administração do Pessoal

9 – PROMOÇÃO

PORTARIA SEREP-SP Nº 183/SRH, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE SÃO PAULO, por delegação de competência do Sr. Diretor de
Administração do Pessoal, estabelecida pelo inciso II do art. 2° da Portaria DIRAP n°
3.811/SIGBD, de 04 de junho de 2018, e observando o constante nos § 2º do art. 19 do
Regulamento de Promoções do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica, aprovado pelo Decreto
n° 881, de 23 de julho de 1993, na forma em que dispõe o art. 59 da Lei n° 6.880, de 9 de dezembro
de 1980 (Estatuto dos Militares), e consoante o disposto no art. 11 da Lei n° 9.784, de 29 de janeiro
de 1999, resolve:

Art. 1º Promover à graduação de Soldado de Primeira-Classe, a partir de 24 de Julho


de 2020, os seguintes Soldados de Segunda-Classe do Quadro de Soldados, por terem concluído,
com aproveitamento, o Curso de Especialização de Soldados (CESD Excepcional 2020):

LOCALIDADE: SÃO
PAULO/GUARULHOS -
SP
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6790887 SNE KAIK CHIARI LABBE CECAT
Fl. nº 9945

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

6785174 SNE YAN GABRIEL DIAS DE GAP-SP


ARAUJO
6790860 SNE LEONARDO HENRIQUE BASP
MONTEIRO DA SILVA

LOCALIDADE:
PIRASSUNUNGA - SP
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6787592 SNE VINÍCIUS ACAUÃ AFA
FERREIRA
6787428 SNE MATHEUS ARAÚJO PAYS
ALMEIDA
6787487 SNE ROZENILTON SILVA AFA
SANTANA
6787495 SNE ADRISSON HENRIQUE GAP-YS
DE OLIVEIRA

LOCALIDADE: SÃO
JOSÉ DOS CAMPOS - SP
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6785492 SNE LUCAS GABRIEL DOS DCTA
SANTOS VILELA
6785522 SNE PEDRO NACARIO DCTA
OBINO BUENO PIRES
6785506 SNE ALBERT VINÍCIUS PASJ
WEISE
6786030 SNE GABRIEL ALEXANDRE GAP-SJ
DE CASTRO XAVIER
6785824 SNE MARCOS VINÍCIUS DA GAP-SJ
SILVA VIRGINO
6785719 SNE GABRIEL SILVEIRA ICEA
RAMOS DO CARMO
6786014 SNE EMANUEL MARTINS GAP-SJ
6785964 SNE GABRIEL LUIZ CABRAL GAP-SJ
6786260 SNE YURI BARBOSA DA IAE
COSTA
6785751 SNE DAVID EDUARDO GAP-SJ
ESTEVAM DA SILVA

LOCALIDADE: CAMPO
GRANDE – MS
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6786723 SNE THALES VINICIOS ALA 5
MOTA DE MELO

LOCALIDADE:
GUARATINGUETÁ - SP
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6791026 SNE CRISTIAN MONTEIRO ES-GW
DOS SANTOS JUNIOR

LOCALIDADE: SANTOS
- SP
NR ORD ESP Nome Completo OM DE ORIGEM
6785220 SNE FERNANDO ROMANFF BAST
DO VALE
Fl. nº 9946

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 2º Em consequência, sejam engajados, obrigatoriamente, pelo período de dois


anos, a contar de 24 JUL 2020, conforme § 4º do Art. 25 do Regulamento do Corpo do Pessoal
Graduado da Aeronáutica, aprovado pelo Decreto no 3.690, de 19 de dezembro de 2000.

PORTARIA SEREP-SP Nº 184/SRH, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DO SERVIÇO DE RECRUTAMENTO E PREPARO DE PESSOAL


DA AERONÁUTICA DE SÃO PAULO, por delegação de competência do Sr. Diretor de
Administração do Pessoal, estabelecida pelo inciso II do art. 2° da Portaria DIRAP n°
3.811/SIGBD, de 04 de julho de 2018, e observando o constante no § 2° do art. 19 do Regulamento
do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica, aprovado pelo Decreto n° 3.690, de 19 de dezembro
de 2000, resolve:

Em cumprimento à Decisão Judicial proferida nos Autos do Processo n° 5007362-


06.2019.4.03.6103, da 1ª Vara Federal de São José dos Campos - SP, do Tribunal Regional Federal
da 3ª Região, promover à graduação de Soldado de Primeira-Classe o S2 NE JEFERSON WESLEY
SANTOS DA SILVA (Nr Ord 6748899), do efetivo do IFI, na especialidade SGS, a contar de 21 de
fevereiro de 2020, por ter concluído com aproveitamento o Curso de Especialização de Soldados
(CESD 2019), até ulterior decisão judicial.

EDUARDO GOMES NOGUEIRA Cel Inf


Chefe do SEREP-SP

10 – PRORROGAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO

PORTARIA DIRAP Nº 4.130/2CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso IX, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, e considerando o Processo nº 67440.008768/2020-75, resolve:

Deferir o pedido de cancelamento da prorrogação de tempo de serviço da 1º Ten


QOCon Tec (PSC) DEBORAH CRISTINA SILVEIRA THOMAZ (Nr Ord 6648088), do efetivo do
HFAB, de acordo com o item 15.4, da ICA 35-1, de 29 de novembro de 2017.

Tornar sem efeito a prorrogação de tempo de serviço da referida militar, contida no


BCA nº 135, de 31 de julho de 2020.

PORTARIA DIRAP Nº 4.131/2CM1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso IX, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, até ulterior decisão judicial, resolve:
Fl. nº 9947

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Tornar sem efeito o indeferimento constante do Despacho Decisório nº


840/2CM1/14335, de 12 de maio de 2020, publicado no BCA nº 81, de 13 de maio de 2020, relativo
a 1º Ten QOCon Tec (FIS) SANNY DE AQUINO FERREIRA OLIVEIRA (Nr Ord 6726941), do
efetivo do ES-NT.

Conceder prorrogação de tempo de serviço à militar acima citada, pelo período de 23


AGO 2020 a 22 AGO 2021, em cumprimento à decisão que antecipou os efeitos da tutela proferida
nos autos do Procedimento Comum nº 0804315-81.2020.4.05.8400, em trâmite na 1ª Vara Federal
do Rio Grande do Norte.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

11 – REFORMA

PORTARIA DIRAP Nº 4.156/3HI1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso II, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, e considerando o processo nº 67430.005827/2020-72, resolve:

Reformar a 1S SAD CARLA GOMES PEREIRA (Nr Ord 3976521), de acordo com
o art. 104, art. 106, inciso II, art. 108, inciso VI, e art. 111, inciso I, da Lei nº 6.880, de 9 de
dezembro de 1980, alterada pela Lei nº 13.954, de 16 de dezembro de 2019, por ter sido julgado
incapaz definitivamente para o serviço militar, não estando impossibilitado total e permanentemente
para qualquer trabalho, conforme parecer da Junta Superior de Saúde do Comando da Aeronáutica,
Sessão nº 0037, realizada em 29 de julho de 2020.

Em consequência:

Adir, para fins de justiça e disciplina, ao SEREP-RJ, e vincular à PIPAR, visando a


percepção dos proventos, de acordo com o item 13.3, da ICA 35-1, publicada no BCA nº 207, de 4
de dezembro de 2017.

O GAP-GL deverá proceder conforme o item 16.4.1.3 da ICA 35-1/2017, em virtude


do militar pertencer ao efetivo da DIRAP.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

12 – REVERSÃO

PORTARIA DIRAP Nº 4.155/2CM2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O CHEFE DA DIVISÃO DE CONTROLE DE EFETIVO E


MOVIMENTAÇÃO, no uso da subdelegação de competência estabelecida no art. 8º, inciso I, letra
"c", da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de 2020, resolve:
Fl. nº 9948

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Reverter ao seu quadro o 1º Ten Esp Com ELVANIZIO JORGE MARCELINO (Nr
Ord 2087120), a contar de 1º de julho de 2020, de acordo com o art. 86, da Lei nº 6.880, de 9 de
dezembro de 1980, por término de Licença para Tratamento de Saúde Própria, considerando a
Mensagem Telegráfica nº 112/SPM/060820, do GAP CT e o Boletim Ostensivo do GAP CT nº 57,
de 28 de julho de 2020.

CELIO WANDERLEY DOMINGUEZ Cel Av R/1


Ch Int da DCM

13 – TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA REMUNERADA

PORTARIA DIRAP Nº 4.158/1HI2, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O SUBDIRETOR DE PESSOAL MILITAR, no uso da subdelegação de


competência estabelecida no art. 2º, inciso I, da Portaria DIRAP nº 45/SPOG, de 30 de abril de
2020, e considerando o Processo nº 67112.003670/2020-43, resolve:

Conceder transferência para a reserva remunerada ao SO BMA EDVALDO


RODRIGUES DE OLIVEIRA JUNIOR (Nr Ord 2087065), do efetivo do Parque de Material
Aeronáutico do Galeão, de acordo com o art. 96, inciso I, e art. 97, ambos da Lei nº 6.880, de 9 de
dezembro de 1980, com a remuneração a que faz jus, observando o art. 50, inciso II, da mencionada
Lei, alterado pelo art. 2º da Lei 13.954, de 16 de dezembro de 2019, combinado com o art. 22,
inciso I, da mesma Lei.

Brig Ar LÉLIO WALTER PINHEIRO DA SILVA JUNIOR


Subdiretor de Pessoal Militar da DIRAP

CIVIL

1 – COMUNICAÇÃO DE FALECIMENTO

NOTA DIRAP Nº 110/4PC1, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

Foi informado, por meio de Mensagem Rádio, o falecimento dos seguintes servidores
inativos:

Nome Documento Unidade Data do


Falecimento
ANTENOR CAZADO DE SOUZA RD 165/DP-3.SAP/030820 GAP-NT 23/06/2020
JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA RD 167/DP-3.SAP/070820 GAP-NT 07/07/2020
RUBENS DONATO RD 96/DP-3/050820 GAP-SP 21/05/2020
WILSON TORTORELLI RD 95/DP-3/050820 GAP-SP 03/07/2020

No Imp JOSÉ STUMBO NETO Cel Av


Subdiretor Interino de Pessoal Civil da DIRAP

SEBASTIÃO DAS NEVES MORAES Ten Cel Av Refm


Fl. nº 9949

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEÇÃO II - DIRETORIA DE ENSINO

1 – DESIGNAÇÃO

PORTARIA DIRENS Nº 115/DCT, DE 6 DE AGOSTO DE 2020.

DIRETOR DE ENSINO, no uso das atribuições que lhe conferem o item 3.2.2 da
ICA 37-770, aprovada pela Portaria nº 61/GC3, de 10 de janeiro de 2019; o art. 1º da Portaria nº
612/GC3, de 13 de agosto de 2002; o art. 18-A, anexo I, do Decreto n° 6.834, de 30 de abril de
2009, alterado pelo art. 1° do Decreto n° 9.077, de 8 de junho de 2017, e o que constam dos
Processos nº 67400.015278/2020-00 e nº 67200.005133/2020-49, resolve:

Designar os militares, abaixo relacionados, do efetivo da ALA 2, para o


cumprimento da missão nº 1/COMPREP/PARTE III/PLAMENS BR 2020 - Curso de Inglês Geral e
Individual, na Fabiana Lopes da Costa Nunes – ME – Stars Idioma, localizado na cidade de
Anápolis-GO, no período de 22 de junho de 2020 a 31 de maio de 2021, na modalidade de ensino
presencial, sem prejuízo do serviço, devendo permanecer na OM de origem após o término da
missão.

Cap Av IVAN CAMPOS BRAGA JUNIOR;


Cap Av RAPHAEL HASSIN KERSUL;
Cap Av LUCA CENTURIONE SCOTTO;
Cap Av GABRIEL SOUZA DIXINI;
1S BMA FERNANDO GUIDOTTI RODRIGUES;
1S BMA ALEXANDRE ROBERTO DE MATTOS;
2S BMA WILSON BERNARDO DE OLIVEIRA JÚNIOR;
2S BMA JUAN CARLOS GONÇALVES;
2S BMA MARCELO PAULO;
2S BMA CARLOS ALBERTO BATISTA DA CUNHA;
2S BMA DANIEL ALVES FERREIRA LEMES;
2S BMA DANILO HENRIQUE RIBEIRO DIVINO;
2S BMA LUCIAN GOMES SUCHORSKI;
2S BMA FABIANO VENTURA DA SILVA;
2S BEI JOÃO LOURENDE MOURA ARAÚJO;
2S BMA JOSE LUIZ CAMARGO DA SILVA;
2S BMA CARLOS ANIBAL FERNANDES;
2S BMA JOÃO PAULO ARAÚJO AFONSO;
2S BMA FELLIPE MACHADO MOUTINHO;
2S BMA BRUNO PINHEIRO QUEIROZ ANTUNES;
2S BEI CARLA CAROLINA FIORONI;
3S BMA HELDER MENDONÇA RIBEIRO DOS SANTOS;
3S BMA KENNEDY CARLOS TOLENTINO TRINDADE;
3S BMA WINGRISTON ELLER OLIVEIRA;
3S BEI THIAGO TRINDADE DE ARAÚJO;
3S BEI MARIANA MEIRA DOS SANTOS;
3S BEI JOSIANE DE FARIAS DA SILVA;
3S BEI PETERSON DA SILVA FONTOURA;
Fl. nº 9950

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

3S BEI HALISSON ALEX FERREIRA FRANÇA;


3S BMA CARLOS NÍCOLAS FIGUEIRA SOARES;
3S BMA JONATHAN LUIZ FERNANDES;
3S BMA JOÃO PAULO CARDOSO JUSTINO;
3S BEI STHEFANNI LORRAINE ALCÂNTARA REIS; e
3S BMA SAULO ALVES DE ARAÚJO.

PORTARIA DIRENS Nº 116/DCT, DE 6 DE AGOSTO DE 2020.

DIRETOR DE ENSINO, no uso das atribuições que lhe conferem o item 3.2.2 da
ICA 37-770, aprovada pela Portaria nº 61/GC3, de 10 de janeiro de 2019; o art. 1º da Portaria nº
612/GC3, de 13 de agosto de 2002; o art. 18-A, anexo I, do Decreto n° 6.834, de 30 de abril de
2009, alterado pelo art. 1° do Decreto n° 9.077, de 8 de junho de 2017, e o que constam dos
Processos nº 67400.015278/2020-00 e nº 67200.005133/2020-49, resolve:

Designar os militares, abaixo relacionados, do efetivo da ALA 2, para o


cumprimento da missão nº 1/COMPREP/PARTE III/PLAMENS BR 2020 - Curso de Inglês Geral e
Individual, na Fabiana Lopes da Costa Nunes – ME – Stars Idioma, localizado na cidade de
Anápolis-GO, no período de 22 de junho de 2020 a 28 de fevereiro de 2021, na modalidade de
ensino presencial, sem prejuízo do serviço, devendo permanecer na OM de origem após o término
da missão.

1º Ten QOEng LEONARDO ENARNE DA ROCHA;


1S BEI EDUARDO DE AZEVEDO CONFALONIERI;
1S BMA GABRIEL DA SILVA SANTIAGO;
1S BMA UELINTON DA SILVA SODRÉ;
2S BEI WILKERSON CARLOS AFONSO BARBOSA;
2S BMA SHALLON DA SILVA;
2S BMA FABRICIO FERNANDES FRANCO;
2S BMA JÚLIO MARIA RODRIGUES FILHO;
2S BEI FELIPE TOMAZ LOBO RIBEIRO;
3S BEI VAGNER RIBEIRO DE ALMEIDA; e
3S BMA DAVID ALVES EUGENIO DE LIMA.

PORTARIA DIRENS Nº 117/DCT, DE 6 DE AGOSTO DE 2020.

DIRETOR DE ENSINO, no uso das atribuições que lhe conferem o item 3.2.2 da
ICA 37-770, aprovada pela Portaria nº 61/GC3, de 10 de janeiro de 2019; o art. 1º da Portaria nº
612/GC3, de 13 de agosto de 2002; o art. 18-A, anexo I, do Decreto n° 6.834, de 30 de abril de
2009, alterado pelo art. 1° do Decreto n° 9.077, de 8 de junho de 2017, e o que constam dos
Processos nº 67400.015278/2020-00 e nº 67200.005133/2020-49, resolve:

Designar os militares, abaixo relacionados, do efetivo da ALA 2, para o


cumprimento da missão nº 1/COMPREP/PARTE III/PLAMENS BR 2020 - Curso de Inglês Geral e
Individual, na Fabiana Lopes da Costa Nunes – ME – Stars Idioma, localizado na cidade de
Anápolis-GO, no período de 22 de junho a 31 de dezembro de 2020, na modalidade de ensino
presencial, sem prejuízo do serviço, devendo permanecer na OM de origem após o término da
missão.
Fl. nº 9951

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Maj Av VITOR CABRAL BOMBONATO;


Cap Av FELIPE BRAGA GALVÃO DE SOUZA;
Cap Av GUSTAVO ABREU BASTOS; e
Cap Av DOMINGOS AFONSO DE MOURA JUNIOR.

PORTARIA DIRENS Nº 119/DCT, DE 7 DE AGOSTO DE 2020.

DIRETOR DE ENSINO, no uso das atribuições que lhe conferem o item 3.2.2 da
ICA 37-770, aprovada pela Portaria nº 61/GC3, de 10 de janeiro de 2019; o art. 1º da Portaria nº
612/GC3, de 13 de agosto de 2002; o art. 18-A, anexo I, do Decreto n° 6.834, de 30 de abril de
2009, alterado pelo art. 1° do Decreto n° 9.077, de 8 de junho de 2017, e o que consta do Processo
nº 67701.003662/2020-67, resolve:

Designar o Maj Int JOSÉ RIBAMAR MOREIRA DA SILVA JUNIOR, do efetivo


da COPAC, para o cumprimento da missão nº 6/DCTA/PARTE III/PLAMENS BR 2020 - MBA
em Gestão de Engenharia de Custos, no Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos, localizada na
cidade de Brasília, no período de 1º de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2022, na modalidade
de ensino a distância, sem prejuízo do serviço, devendo permanecer na OM de origem após o
término da missão.

Maj Brig Ar MARCOS VINICIUS REZENDE MRAD


Diretor de Ensino da Aeronáutica

2 – DESPACHO DECISÓRIO

DESPACHO DECISÓRIO Nº 2/DCR/3912

Brasília, 4 de agosto de 2020.

(Proc nº 67364.033306/2020-46 - Ref Req do 1º Ten QOAv NÍCOLAS SANTOS


TABARKIEWICZ DE OLIVEIRA, de 5 de março de 2020, da ALA 3)

INDEFERIDO, por não convir ao interesse da administração, considerando o parecer


desfavorável do Comando de Preparo (COMPREP).

Brasília, 4 de agosto de 2020.

(Proc nº 67366.023092/2020-80 - Ref Req do 1º Ten Av GUSTAVO HENRIQUE


DE QUEIROZ STABILE, de 10 de março de 2020, da ALA 5)

INDEFERIDO, por não convir ao interesse da administração, considerando o parecer


desfavorável do Comando de Preparo (COMPREP).

Maj Brig Ar MARCOS VINICIUS REZENDE MRAD


Diretor de Ensino
Fl. nº 9952

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

3 – EDITAL - APROVA

PORTARIA UNIFA Nº 46/PROPGP, DE 7 DE AGOSTO DE 20120.

Aprova o Edital do Processo Seletivo para


Admissão de Aluno Regular no Programa de
Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional (PPGDHO), nível Mestrado,
modalidade Profissional, Turma 2021, da
Universidade da Força Aérea.

O COMANDANTE DA UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA, Interino, no uso


das atribuições que lhe confere o Capítulo IV, seção I, artigo 11, inciso XV, do Regulamento da
Universidade da Força Aérea (ROCA 21-6), aprovado pela Portaria nº 1024/GC3, de 17 de julho de
2018, publicada no BCA nº 126, de 24 de julho de 2018 e de acordo com o subitem 3.2.1 das
Normas Reguladoras para os Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu, da Universidade da Força
Aérea (ICA 37-556/2018), aprovada pela Portaria DIRENS nº 43/DPL, de 11 de janeiro de 2018,
publicada no BCA nº 10, de 17 de janeiro de 2018, resolve:

Art. 1º Aprovar o Edital nº 2/2020 para o Processo Seletivo de Admissão de Aluno


no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional (PPGDHO), nível Mestrado,
modalidade Profissional, Turma 2021, da Universidade da Força Aérea.

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Brig Ar LUÍS RENATO DE FREITAS PINTO


Comandante Interino da UNIFA

Obs.: O Edital de que trata a presente Portaria encontra-se anexado a este Boletim.

4 – ICA 37-49 - APROVA A REEDIÇÃO

PORTARIA DIRENS Nº 161/DPE, DE 7 DE AGOSTO DE 2020.

Aprova a reedição da Instrução que estabelece


o “Currículo Mínimo do Curso de Formação
de Sargentos da Especialidade de
Fotointeligência (CFS-BFT)”, ICA 37-49.

O DIRETOR DE ENSINO, considerando o disposto no Decreto nº 9.077, de 08 de


junho de 2017, e no uso das atribuições que lhe confere o art. 4º, inciso III, e art. 9 º, inciso XII do
Regulamento da Diretoria de Ensino, aprovado pela Portaria Nº 683/GC3, de 16 de maio de 2018,
resolve:
Fl. nº 9953

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 1º Aprovar a reedição da ICA 37- 49 “Currículo Mínimo do Curso de Formação


de Sargentos da Especialidade de Fotointeligência (CFS-BFT)”, para as turmas com ingresso a
partir do ano de 2020.

Art. 2º Esta Instrução entra em vigor na data de sua publicação.

Maj Brig Ar MARCOS VINICIUS REZENDE MRAD


Diretor de Ensino da Aeronáutica

Obs.: A Instrução de que trata a presente Portaria encontra-se anexada a este Boletim e será
disponibilizada no BLAER e no SISPUBLIC.

5 - ORDEM DE MATRÍCULA PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA O


QUADRO DE OFICIAIS ESPECIALISTAS DA AERONÁUTICA (CA-QOEA),
TURMA 2020

1. ORDEM DE MATRÍCULA

1.1 Recebam os militares, abaixo relacionados, ordem de matrícula para a realização do


Curso de Atualização para o Quadro de Oficiais Especialistas da Aeronáutica (CA-QOEA), turma
2020, em apenas um módulo, na modalidade de Ensino a Distância (EAD), de 14 SET 2020 a 13
NOV 2020, ministrado pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica (EAOAR), por
meio do Centro de Educação a Distância (CEAD), de acordo com o item 2.5 da ICA 37-748 - Normas
Reguladoras para os Cursos Regulamentares de Carreira da Universidade da Força Aérea, de 14 de
maio de 2020:

QUADRO DE OFICIAIS ESPECIALISTAS DA AERONÁUTICA

CP QOEA 2224550 MOACYR VIANA FILHO CLBI 1


CP QOEA 1742582 GIOVANNI BITTENCOURT GULARTE PACT 2
CP QOEA 2085054 MARCOS AURELIO SOUZA DE OLIVEIRA ALA 6 3
CP QOEA 2022478 ALUISIO MENEZES DE OLIVEIRA UNIFA 4
CP QOEA 2219808 MARCOS ANTONIO DA SILVA E SANTOS 1/6 GAV 5
CP QOEA 2279045 JOSÉ RODRIGUES JUNIOR 2/1 GCC 6
CP QOEA 2222531 CLAUDIO NOGUEIRA DA SILVA DTCEA-FZ 7
CP QOEA 1595628 MIGUEL SOLON DOS SANTOS ORTIZ CINDACTA I 8
CP QOEA 1881841 MARCOS ANTÔNIO DE MELO LOPES CINDACTA IV 9
CP QOEA 2632160 GILBERTO PANTOJA DA SILVA PABE 10
CP QOEA 2147165 MARCIO MAURO DO AMARAL COMGAP SP 11
CP QOEA 2222752 ANTÔNIO SILVA CINDACTA I 12
CP QOEA 1598490 MANOEL JERÔNIMO DA SILVA ALA 10 13
CP QOEA 2636956 OTÁVIO DA COSTA FERNANDES DIRAD 14
CP QOEA 2492369 LUCIANA CARVALHO SIMOES DT-INFRA RJ 15
CP QOEA 2281422 SANDRO MARTINS DUARTE CINDACTA II 16
CP QOEA 2276887 UBIRAJARA CATARINO CTLA 17
Fl. nº 9954

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 2492628 DENISE PIRES DE LIMA FERRAZ GAP CG 18


CP QOEA 2493071 ANA LUCIA DA SILVA CINDACTA III 19
CP QOEA 2492938 ANDRÉA CRISTINA PEREIRA NASCIMENTO CCA RJ 20
CP QOEA 2282100 PAULO SÉRGIO IGNACIO DOS SANTOS MDEFESA 21
CP QOEA 2491990 SIMONE RIBEIRO LESSA COMGEP 22
CP QOEA 1830228 MARCO ANTONIO BARROS GONZAGA ALA 8 23
CP QOEA 2277751 ERCILIO RIBEIRO OLIVEIRA CENCIAR 24
CP QOEA 1905856 MARCIO VENTURA BASV 25
CP QOEA 2492032 RENATA DE OLIVEIRA FERREIRA PAMA GL 26
CP QOEA 1482130 ROGÉRIO BARBOSA DA SILVA ICEA 27
CP QOEA 1905520 MANOEL RICARDO CRUZ DOMINGUES GAP DF 28
CP QOEA 152625 VERISSIMO DE ASSIS ALENCAR SILVA GAP BE 29
CP QOEA 2223759 SERGIO AUGUSTO FERNANDES CRUZ ICEA 30
CP QOEA 2188562 RITA CRISTINA PEDROSA DE PAULA GUIMARÃES CCA RJ 31
CP QOEA 2018950 VALMIR GONZAGA FERREIRA GAP RF 32
CP QOEA 2020564 JOSÉ ALEXANDRE DE ARAÚJO DIAS MUSAL 33
CP QOEA 2220890 JOSÉ CARLOS NUNES DA SILVA ALA 3 34
CP QOEA 2022990 SIDNEY DE SA CADEI JJAER 35
CP QOEA 1838407 LILLY MARLENE CARVALHO GEORG CCA BR 36
CP QOEA 2277492 DILNEI DA ROSA ABREU CINDACTA II 37
CP QOEA 2492970 ANDREA LESSA DE AZEVEDO DCTA 38
CP QOEA 1482297 SIDNEI LOPES D'ASSIS PASP 39
CP QOEA 2349221 JOSÉ ELIDIO FERREIRA DA ROCHA DTCEA-AA 40
CP QOEA 2188520 PATRÍCIA SALES DE OLIVEIRA CCA RJ 41
CP QOEA 2600048 ANDRE LUIZ GOTTGTROY MAGALHAES PAMA GL 42
CP QOEA 2555484 FÁBIO LUÍS DE PAULA RAMOS DTCEA-GW 43
CP QOEA 2476339 ANDRÉ LUIZ DE OLIVEIRA COSTA IFI 44
CP QOEA 2277883 FÁBIO DE ALMEIDA GOMES CINDACTA IV 45
CP QOEA 2492989 ANDREIA DE CASTRO ESTEVES GAP AF 46
CP QOEA 2408619 MÁRCIO ALEXANDRE DO NASCIMENTO COPAC 47
CP QOEA 3571173 RENATO FERNANDES ARRUDA CGNA 48
CP QOEA 2222000 EDWARD WILSON SADLER GUEDES 1 GDAAE 49
CP QOEA 2409968 JOSÉ ROBERTO GONCALVES CAYRES 2/6 GAV 50
CP QOEA 2600331 ALEXANDRE DE ARAUJO CACHADA DIRSA 51
CP QOEA 2553694 MARCIO DA SILVA COSTA DT-INFRA RJ 52
CP QOEA 2553457 MAURICIO DE PAULA SOUZA DTCEA-SP 53
CP QOEA 2412918 SILVIO ALEXANDRE ABREU DA SILVA DIRAP 54
CP QOEA 2601028 EDUARDO THIEL RIBEIRO DIRAD 55
CP QOEA 2554631 JOSÉ ORLANDO CANDIDO DE SOUZA DIRSA 56
CP QOEA 2491788 VANIA CRISTINA DE ARAUJO CTLA 57
CP QOEA 2602849 MARCIO ALESSANDRO PIRES HALLIDAY IPEV 58
CP QOEA 2479125 MAURO LUIZ MENDES FELICIANO CINDACTA II 59
CP QOEA 2557991 ROGÉRIO BRAGA DA SILVA SEREP-MN 60
Fl. nº 9955

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 2411423 ALEXANDRE ROSA DE OLIVEIRA EEAR 61


CP QOEA 2598981 JOSÉ AUGUSTO DA SILVA FERNANDES PAMB RJ 62
CP QOEA 2556626 PAULO ILTON BROGIN PEREZ SRPV SP 63
CP QOEA 2556677 ALEXANDRE SILVA TEIXEIRA CCA RJ 64
CP QOEA 2600510 ALESSANDRO GERONIMO BONANI DTCEA-SJ 65
CP QOEA 2556839 ALEXANDRE RODRIGUES DE BRITO CGNA 66
CP QOEA 2481219 MÁRCIO LÚCIO DE OLIVEIRA EPCAR 67
CP QOEA 2556901 ALEXANDRE COUTO BERNARDO CINDACTA III 68
CP QOEA 2478889 WILLIAM CORDEIRO RIBEIRO BREDERODE 1 GCC 69
CP QOEA 2478943 JOSÉ LUIZ PAZUTTI JÚNIOR STM 70
CP QOEA 2279967 MARIO PEREIRA MACHADO FILHO STM 71
CP QOEA 2599252 JOABE MONTEIRO MORAES GAP RF 72
CP QOEA 2601214 DANIEL JORGE GOMES AMORIM IAE 73
CP QOEA 2279509 MARCELO DA SILVA ALEXANDRE DTCEA-MT 74
CP QOEA 2601176 EDMILSON DOS SANTOS CINDACTA II 75
CP QOEA 2410753 CLEVETON LUCIANO GRINGS CINDACTA I 76
CP QOEA 2555034 JAILSON DA SILVA NEVES ALA 10 77
CP QOEA 2480212 FABIO JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA 2/6 GAV 78
CP QOEA 2492687 ELIETE DOS SANTOS ALVES SILVA SRPV SP 79
CP QOEA 2555760 EDSON RODRIGUES IGNACIO DTCEA-CY 80
CP QOEA 2408236 LUIZ HUMBERTO MACEDO TELES CINDACTA III 81
CP QOEA 2559196 ANGELO ROGERIO ESTEVES CINDACTA I 82
CP QOEA 2350130 ANTONIO MARCOS COSTA BEBER CINDACTA I 83
CP QOEA 2121611 RICARDO LAMEIRA FERREIRA DA SILVA ALA 11 84
CP QOEA 2352222 OSCAR AIRES DA SILVA FILHO CINDACTA I 85
CP QOEA 2476363 ANDRE MARCELO DA SILVA DTCEA-AR 86
CP QOEA 2598914 LUIS CLÁUDIO DOS SANTOS CÁSSERES CTLA 87
CP QOEA 2476061 ADELZON ANTONIO DA SILVA GABAER 88
CP QOEA 3571890 IVAN ROMÃO DE MORAES CINDACTA I 89
CP QOEA 2601087 EMERSON AMELIO DE SOUZA ALA 1 90
CP QOEA 2280337 CARLOS HENRIQUE BATISTA DE MATTOS ALA 3 91
CP QOEA 1809105 RODOLFO DE SOUZA RAFAEL CINDACTA I 92
CP QOEA 3570665 CLEBER RIBEIRO DOS SANTOS AFA 93
CP QOEA 2556820 ALEXANDRE OLIVEIRA DE PAULA SRPV SP 94
CP QOEA 2223937 ROBSON GOUVEIA DA SILVA DSTAEUA 95
CP QOEA 2409852 JOSÉ FRANCISCO MODESTO EPCAR 96
CP QOEA 2477432 ROGERIO DE SOUZA AUGUSTO ALA 11 97
CP QOEA 2281325 SÉRGIO RICARDO DE SOUZA PEREIRA GAC-PAC 98
CP QOEA 1901923 CARLOS EDUARDO RODRIGUES ESTEVES PAMA GL 99
CP QOEA 2007584 WANDERLEY SANTARONE DE SOUZA CGNA 100
CP QOEA 2277905 FABIO GONCALVES RIBEIRO 1/2 GT 101
CP QOEA 2555700 EMERSON MOTTA DA CONCEIÇÃO SEGECAE 102
CP QOEA 2493080 ANA LUCIA DE JESUS SILVA ASOCEA 103
Fl. nº 9956

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 2480026 FRANCINEUDO SOMBRA BASÍLIO GAP PV 104


CP QOEA 2350637 RENATO SODRE DE CARVALHO CINDACTA III 105
CP QOEA 2599899 ANDRÉ MAURÍCIO DA SILVA SILVEIRA MDEFESA 106
CP QOEA 2348861 HENRIQUE DE SOUZA ROCHA UNIFA 107
CP QOEA 2492296 KELLY CAMPOS DA SILVA TAVARES DIRSA 108
CP QOEA 2559935 VAGNER DA CONCEIÇÃO RODRIGUES DECEA 109
CP QOEA 2409089 FRANCISCO DAS CHAGAS DE MELO MENDES DCTA 110
CP QOEA 2412004 CARLOS EDUARDO MARTINS CRESPO DTCEA-SN 111
CP QOEA 2600595 ADRIANO MELO DOS SANTOS DTCEA-GL 112
CP QOEA 2408813 MARCO AURELIO WATANABE 3/8 GAV 113
CP QOEA 2599163 JOSÉ ANDRÉ FAJARDO CERQUEIRA CINDACTA I 114
CP QOEA 2347709 LUIZ ANTONIO CAZOLARI DE SOUZA DCTA 115
CP QOEA 2176971 MILTON CARLOS DE OLIVEIRA REZER DTCEA-UG 116
CP QOEA 2353830 REGINA TRINDADE DA CRUZ DIRAP 117
CP QOEA 3679578 REGINALDO RODRIGUES BARBOSA EEAR 118
CP QOEA 2480689 CLAUDIO ALVES VIEIRA DECEA 119
CP QOEA 2219956 MARCIO DE CASTRO SILVA RIBEIRO DTCEA-CTD 120
CP QOEA 2478595 KLESONS PEDROSA SILVA CINDACTA III 121
CP QOEA 2477475 RONALD RODRIGUES DE AGUIAR BAAF 122
CP QOEA 2410940 CASSIO SCLEI MACHADO VOLEK CINDACTA I 123
CP QOEA 2602490 MARCOS CAMARGO DE CAMACHO CELOG 124
CP QOEA 2280353 CARLOS KULLMANN DTCEA-SM 125
CP QOEA 2479150 MAXIMILIANO VIANA DE MORAIS UNIFA 126
CP QOEA 2603179 LUIZ HENRIQUE RODRIGUES TOLEDO CENDOC 127
CP QOEA 2348292 ERLEM FERREIRA VIEIRA DTCEA-FN 128
CP QOEA 2017903 MARCIO AUGUSTO DE ALMEIDA CPORAER SJ 129
CP QOEA 2492210 MÁRCIA CRISTINA DE MELO ALMEIDA EEAR 130
CP QOEA 2600374 ALEX SANDER PINHEIRO BARBOSA JJAER 131
CP QOEA 2601761 CARLOS ALBERTO SOUZA BARBOSA CIAER 132
CP QOEA 2477823 LUCIANO ASSUNÇÃO ARAÚJO GAP RJ 133
CP QOEA 2558084 ROBSON ADELSON OLIVEIRA DECEA 134
CP QOEA 2602245 NORMAN MARCOS PINHEIRO GONZALEZ DTCEA-BE 135
CP QOEA 2492954 ANDREA SILVA DE ALELUIA CGABEG 136
CP QOEA 3570550 CHARLES EDWARD CORDEIRO RODRIGUES ALA 12 137
CP QOEA 2413442 ROGERIO TEIXEIRA SILVA GSIPR 138
CP QOEA 2281848 RÍDIL JOSÉ SOUZA DE CARVALHO DTCEA-EG 139
CP QOEA 2557037 ALEXANDRE ANTUNES DA SILVA CINDACTA III 140
CP QOEA 2413906 PAULO ROGERIO BRONZATTI DE VARGAS GAP CO 141
CP QOEA 2557096 ALDEBARAN ROCHA ROSA DECEA 142
CP QOEA 2476860 JAIME DA SILVA MEDEIROS MDEFESA 143
CP QOEA 2476754 ILTON JOSÉ ARAUJO DE MACEDO CINDACTA III 144
CP QOEA 1824813 KENNEDY PARAISO GARCIA 2/8 GAV 145
CP QOEA 2639130 MARCELO DUTRA SANTOS ICA 146
Fl. nº 9957

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 2413337 RONALDO PESSOA DA SILVA GAP NT 147


CP QOEA 2220652 JOSÉ VANDERLEI DA SILVA CINDACTA II 148
CP QOEA 2219875 MARCO ANTONIO DA COSTA SILVA SRPV SP 149
CP QOEA 2278774 JONNECY DA SILVA MAGALHÃES PAMA GL 150
CP QOEA 2413965 ONASSIS FERREIRA DOS SANTOS DTCEA-FZ 151
CP QOEA 2603004 MANOEL JACSON RANGEL RABELO CINDACTA I 152
CP QOEA 2043190 MANOEL ADENILSON VASCONCELLOS SOARES GAP SM 153
CP QOEA 2600730 ADRIANO BARBOZA DE ALBUQUERQUE GAP DF 154
CP QOEA 2408538 MARCELO PEREIRA DOS SANTOS CTLA 155
CP QOEA 2557169 ABNER DA SILVA RIBEIRO ALA 10 156
CP QOEA 2087863 JUILSON BERNARD CAVALCANTE PAME RJ 157
CP QOEA 2599147 JORGE LUIZ MARTINS DA ROCHA ALA 7 158
CP QOEA 2480700 CLAUDIO ANTONIO DE GOUVÊA DIRAP 159
CP QOEA 2276984 WANDERLEY ANTONIO FAUSTINO CINDACTA II 160
CP QOEA 2479400 PAULO MARQUES MACHADO CINDACTA I 161
CP QOEA 2476525 FRED PINTO DO NASCIMENTO SRPV SP 162
CP QOEA 2351170 CARLOS LUIZ RODRIGUES DA SILVA GAP RJ 163
CP QOEA 2602229 NIVALDO DE SOUZA ESTEVAN PAMA LS 164
CP QOEA 2639238 HERON DOS SANTOS OLIVEIRA GAP RJ 165
CP QOEA 1542184 RILDO DE JESUS OLIVEIRA GAP BE 166
CP QOEA 2554860 JEFERSON SIQUEIRA DA SILVA GAP SM 167
CP QOEA 2603934 PEDRO DE ALCANTARA MONTEIRO NETO ALA 10 168
CP QOEA 2603128 LUIZ CARLOS DA SILVA CARVALHO CINDACTA I 169
CP QOEA 2556057 CLAUDIO MAURICIO SIMOES DE SOUZA ALA 6 170
CP QOEA 2599139 JORGE LUIZ DA SILVA LOPES CINDACTA I 171
CP QOEA 2554143 MARCELO ALVES DOS SANTOS CIAAR 172
CP QOEA 2556421 CARLOS ANTONIO DA SILVA SIQUEIRA GAP SJ 173
CP QOEA 2553910 MARCELO PADILHA DOS SANTOS COMGAP SP 174
CP QOEA 1838270 JANETE DA SILVA GOMES DE OLIVEIRA SILVA OABR 175
CP QOEA 3649679 EDUARDO PEREIRA DUTRA GAP BQ 176
CP QOEA 2044757 LUIZ HENRIQUE PAULON LENCINA ALA 4 177
CP QOEA 2495805 ROBSON DE MATOS MENDES CGNA 178
CP QOEA 3570568 CHARLISTON MCDONALD MONJARDIM COUTO EPCAR 179
CP QOEA 2177200 JOSEMAR ANTONIO SARZI SARTORI CINDACTA II 180
CP QOEA 2477440 ROGÉRIO EDUARDO WERNECK EEAR 181
CP QOEA 2698242 MARCIO LUIZ MELO BONIN CINDACTA III 182
CP QOEA 1680706 CARLOS RIBEIRO DE CARVALHO PAMA LS 183
CP QOEA 2222370 CLEBER DA SILVA ROSA DTCEATM-RJ 184
CP QOEA 1674536 LUIZ ROBERTO COSTA ALA 7 185
CP QOEA 2452103 MARCOS ANTONIO FERRAZ LIMA CINDACTA III 186
CP QOEA 2465523 AREDIO PIRES DOS SANTOS CINDACTA I 187
CP QOEA 2480603 CRISTIANO MOUTINHO DAMASIO PAMA GL 188
CP QOEA 3649288 CARLOS ALEXANDRE LOURINHO GOMES DTCEA-BE 189
Fl. nº 9958

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 2413639 RENATO CESAR COELHO IAE 190


CP QOEA 1782789 SERGIO RODRIGUES VIEIRA 1 GCC 191
CP QOEA 1741977 DELMAR COPETTI GAP SM 192
CP QOEA 2602717 MARCIO LEAL VANDERLEI CABW 193
CP QOEA 2675404 JOSÉ ANTONIO AZEVEDO SIQUEIRA DA SILVA COMGEP 194
CP QOEA 2557053 ALAWYR WENSLEY DE RESENDE EPCAR 195
CP QOEA 2475693 ORLANDO FLAVIO SILVA CINDACTA II 196
CP QOEA 1776940 JANDERSON FIRMINO DA SILVA SERIPA III 197
CP QOEA 2478862 WERBERT ARLES DE SOUSA BARRADAS ALA 10 198
CP QOEA 2350360 CARLOS HENRIQUE DOS SANTOS ALVES CIAER 199
CP QOEA 2347911 MARCELO DIAS MARTINS CBNB 200
CP QOEA 2480409 EDVALDO DE SOUZA SÁ IPEV 201
CP QOEA 2509709 MARCELO MOURA PEREIRA ITA 202
CP QOEA 2478650 VALDIR DA SILVA COSTA ALA 3 203
CP QOEA 1541919 PAULO SERGIO GOMES GUEDES 2/3 GAV 204
CP QOEA 2636832 WANDERSON LUIZ DTCEA-CF 205
CP QOEA 2410052 FERNANDO CEZAR CORREA MACIEL MAIA GAP LS 206
CP QOEA 3650235 HORLANE COSTA PIMENTA JUNIOR DTCEA-SP 207
CP QOEA 2478773 WALDINYR ROCHA DOS SANTOS SEGECAE 208
CP QOEA 3647900 RAMON DE OLIVEIRA MESSIAS GAP AF 209
CP QOEA 2279614 MARCELO NASCIMENTO DA CRUZ 1 GCC 210
CP QOEA 2711982 MARCELO SOUZA DA SILVA DTCEA-GL 211
CP QOEA 3650340 JOÃO LUIZ MOREIRA DA SILVA COMGEP 212
CP QOEA 2020220 JOSÉ RICARDO DOS SANTOS FERREIRA GAP AF 213
CP QOEA 2639076 EDIVALDO VIANA DA SILVA DTCEA-IZ 214
CP QOEA 3649210 ANÍBAL GONZAGA AUGUSTO DE SOUZA HCA 215
CP QOEA 2413671 RICARDO ADRIANO NOVAK SEREP-SP 216
CP QOEA 2409275 HELENO MOREIRA OLIVEIRA DA ENCARNAÇÃO ALA 9 217
CP QOEA 1967711 JOSÉ LUIS SILVA DE SOUZA DTCEA-SV 218
CP QOEA 2209209 HELIO ARAUJO CARNEIRO GAP BV 219
CP QOEA 2480638 CARLOS ZAGO DAMIÃO ES-LS 220
CP QOEA 2477920 LUIS FLAVIO SOUZA ROCHA ALA 11 221
CP QOEA 2349892 ANDRE LUIS NUNES DA SILVA PAME RJ 222
CP QOEA 3649890 FELIPE DE JESUS ROSARIO DE AZEVEDO PAMB RJ 223
CP QOEA 1939777 ERNESTO LUIZ DOS SANTOS PAMA GL 224
CP QOEA 2413140 MARCOS PIRES DOS SANTOS GAP SJ 225
CP QOEA 2351544 DAVI NEMEZIO MONTEIRO MDEFESA 226
CP QOEA 2478854 WENDEL VIEIRA DA COSTA CLBI 227
CP QOEA 2598949 LUIZ ALBERTO RACCAH CINDACTA III 228
CP QOEA 2280477 CARLOS ALBERTO FRANCISCO ICA 229
CP QOEA 2027011 CLAUDIUS SANY SOARES CARDOSO DECEA 230
CP QOEA 2559773 WILSON PEREIRA SALES PAMA GL 231
CP QOEA 2559382 AMAURY FRIZZERA JUNIOR COMAE 232
Fl. nº 9959

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CP QOEA 1829173 ALEXANDRE PEREIRA DE MORAES DTCEA-SL 233


CP QOEA 2557924 RONALDO MELO MARQUES IPEV 234
CP QOEA 1999966 ALEKSANDER BATISTA MANGHI CINDACTA III 235
CP QOEA 2557231 ADRIANO DOMINGOS DE CAMARGO DTCEA-UA 236
CP QOEA 2492423 IVANA MARIA MURO SORROCHE LEMOS STM 237
CP QOEA 3570983 AMADEU MARCELO GONCALVES FERREIRA GAP YS 238
CP QOEA 2316919 PAULO CESAR DA SILVA ICEA 239
CP QOEA 2478552 JÚLIO CÉSAR VIDAL DO NASCIMENTO PAMA LS 240
CP QOEA 1595466 LUIS ALBERTO MARQUETTI DTCEA-PA 241
CP QOEA 3649270 BENEDITO VITÓRIO DIAS DA CRUZ ALA 1 242
CP QOEA 1685201 ALCIDES JORGE DO NASCIMENTO ALBUQUERQUE GAP BE 243
CP QOEA 1903152 AVANILTON JOSÉ DE PAULA ICA 244
CP QOEA 2409305 HENRIQUE SÁVIO MELO DA SILVA DTCEA-BR 245
CP QOEA 2600714 ADILSON ANTONIO DE ARAUJO JUNIOR FAYS 246
CP QOEA 2043718 JORGE AUGUSTO GONÇALVES DA SILVA CINDACTA II 247
CP QOEA 2128608 EDWILSON GALVÃO DO NASCIMENTO 1 BDAAE 248
CP QOEA 2412853 SÉRGIO RICARDO RIBEIRO DA SILVA DIRAP 249
CP QOEA 2666448 GEZIEL DE SOUZA CARVALHO SRPV SP 250
CP QOEA 2348772 GILBERTO VOLOTÃO GAC-PAC 251
CP QOEA 1901605 CLOVIS PINTO MARQUES HCA 252
CP QOEA 1996690 GEOVANE ALVES DE SOUZA CPBV 253
CP QOEA 2411989 CARLOS DIAS DOS SANTOS CENCIAR 254
CP QOEA 2348713 GERALDO ANTONIO DA SILVA 1 GCC 255
CP QOEA 2638401 WILSON FLORIPES JUNIOR CINDACTA I 256
CP QOEA 3649458 CLEBER ROCHA VIEIRA ALA 11 257
CP QOEA 2131277 FRANCISCO DE PAULA CAMPOS IPEV 258
CP QOEA 2257858 FRANCISCO RODRIGUES DE QUEIROZ GAP BR 259
CP QOEA 2637065 RICARDO BOTELHO MACHADO CGNA 260
CP QOEA 2556146 CRISTIANO DA SILVA PINHEIRO MDEFESA 261
CP QOEA 2493039 ALESSANDRA BASTOS CAMPOS PAGL 262
CP QOEA 2602601 MARCOS ANDRÉ BORBA ARAUJO GAP AF 263
CP QOEA 2224925 TARCISIO NUNES DA FONSECA CINDACTA IV 264
CP QOEA 2347768 LUIZ LACERDA MOREIRA DIRSA 265
CP QOEA 1755358 SÉRGIO MIGUEL DOS SANTOS GAP BR 266
CP QOEA 2157705 JÚLIO CÉSAR FERREIRA LARRÉ CINDACTA I 267
CP QOEA 3674932 EDNELSON NERY DA SILVA ALA 8 268

2. ORIENTAÇÕES GERAIS

2.1 O Diretor de Ensino da Aeronáutica, usando da atribuição que lhe confere o item XII
do Art. 9 do ROCA 21-104/2018, aprovou a Portaria DIRENS Nº 93/DPE, de 04 de maio de 2020.
Sendo assim, os setores responsáveis das OM deverão tomar conhecimento e dar ampla divulgação
aos militares relacionados.
Fl. nº 9960

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

2.2 As Organizações Militares, às quais estão subordinados os militares constantes do


presente item, deverão informar à DIRENS, via mensagem-telegráfica, até a data do início do
curso, quaisquer das seguintes alterações: Reserva Remunerada, Falecimento, Demissão ex-officio e
gozo de licença de qualquer natureza que impeça o militar de realizar o curso.

(Item 107/DPE/2020)

6 – PORTARIA - TORNA INSUBSISTENTE

PORTARIA DIRENS Nº 118/DCT, DE 6 DE AGOSTO DE 2020.

DIRETOR DE ENSINO, no uso das atribuições que lhe conferem o item 3.2.2 da
ICA 37-770, aprovada pela Portaria nº 61/GC3, de 10 de janeiro de 2019; o art. 1º da Portaria nº
612/GC3, de 13 de agosto de 2002; o art. 18-A, anexo I, do Decreto n° 6.834, de 30 de abril de
2009, alterado pelo art. 1° do Decreto n° 9.077, de 8 de junho de 2017, e o que consta do Processo
nº 67200.005133/2020-49, resolve:

Tornar insubsistente a Portaria DIRENS nº 87/DCT, de 16 de junho de 2020, que


designou os militares, abaixo relacionados, do efetivo da ALA 2, para o cumprimento da missão nº
1/COMPREP/PARTE III/PLAMENS BR 2020 - Curso de Inglês Geral e Individual, publicada no
BCA nº 109, de 24 de junho de 2020.

Maj Av VITOR CABRAL BOMBONATO;


Cap Av FELIPE BRAGA GALVÃO DE SOUZA;
Cap Av GUSTAVO ABREU BASTOS;
Cap Av DOMINGOS AFONSO DE MOURA JUNIOR;
Cap Av IVAN CAMPOS BRAGA JUNIOR;
Cap Av RAPHAEL HASSIN KERSUL;
Cap Av LUCA CENTURIONE SCOTTO;
Cap Av GABRIEL SOUZA DIXINI;
1º Ten QOEng LEONARDO ENARNE DA ROCHA;
1S BMA FERNANDO GUIDOTTI RODRIGUES;
1S BEI EDUARDO DE AZEVEDO CONFALONIERI;
1S BMA ALEXANDRE ROBERTO DE MATTOS;
2S BEI WILKERSON CARLOS AFONSO BARBOSA;
2S BMA WILSON BERNARDO DE OLIVEIRA JÚNIOR;
2S BMA SHALLON DA SILVA;
2S BMA JUAN CARLOS GONÇALVES;
2S BMA MARCELO PAULO;
2S BMA CARLOS ALBERTO BATISTA DA CUNHA;
2S BMA DANIEL ALVES FERREIRA LEMES;
2S BMA FABRICIO FERNANDES FRANCO;
2S BMA JÚLIO MARIA RODRIGUES FILHO;
2S BMA DANILO HENRIQUE RIBEIRO DIVINO;
2S BMA LUCIAN GOMES SUCHORSKI;
2S BMA FABIANO VENTURA DA SILVA;
Fl. nº 9961

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

2S BMA GABRIEL DA SILVA SANTIAGO;


2S BEI JOÃO LOURENDE MOURA ARAÚJO;
2S BMA JOSE LUIZ CAMARGO DA SILVA;
2S BMA UELINTON DA SILVA SODRÉ;
2S BMA CARLOS ANIBAL FERNANDES;
2S BMA JOÃO PAULO ARAÚJO AFONSO;
2S BMA FELLIPE MACHADO MOUTINHO;
2S BMA BRUNO PINHEIRO QUEIROZ ANTUNES;
2S BEI FELIPE TOMAZ LOBO RIBEIRO;
2S BEI CARLA CAROLINA FIORONI;
3S BMA HELDER MENDONÇA RIBEIRO DOS SANTOS;
3S BMA KENNEDY CARLOS TOLENTINO TRINDADE;
3S BMA WINGRISTON ELLER OLIVEIRA;
3S BEI VAGNER RIBEIRO DE ALMEIDA;
3S BEI THIAGO TRINDADE DE ARAÚJO;
3S BMA DAVID ALVES EUGENIO DE LIMA;
3S BEI MARIANA MEIRA DOS SANTOS;
3S BEI JOSIANE DE FARIAS DA SILVA;
3S BEI PETERSON DA SILVA FONTOURA;
3S BEI HALISSON ALEX FERREIRA FRANÇA;
3S BMA CARLOS NÍCOLAS FIGUEIRA SOARES;
3S BMA JONATHAN LUIZ FERNANDES;
3S BMA JOÃO PAULO CARDOSO JUSTINO;
3S BEI STHEFANNI LORRAINE ALCÂNTARA REIS; e
3S BMA SAULO ALVES DE ARAÚJO.

Maj Brig Ar MARCOS VINICIUS REZENDE MRAD


Diretor de Ensino da Aeronáutica

SEÇÃO III - DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO IV - DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DA AERONÁUTICA


(Sem alteração)

SEÇÃO V - DIRETORIA DE MATERIAL AERONÁUTICO E BÉLICO


(Sem alteração)
Fl. nº 9962

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEÇÃO VI - DIRETORIA DE SAÚDE


1 – DESIGNAÇÃO

PORTARIA DIRSA Nº 58/DSOP, DE 4 DE AGOSTO DE 2020.

O DIRETOR DE SAÚDE DA AERONÁUTICA, no uso das atribuições que lhe


confere o Art.10º, no inciso IX do Regulamento da Diretoria de Saúde, aprovado pela Portaria n.º
1405/GC3, de 26 de setembro de 2017, resolve:

Art. 1.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Força Aérea de Brasília e dos Esquadrões de Saúde Subordinados para comporem a 22ª
escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no
período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:
ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM
SUBCOMANDANTE Ten Cel QOMED ORT Fábio Amadeu Reis da Silva 311538-0 HFAB
Mj QOMED ORT Osmário R Villatore 401855-9 HFAB
CIRURGIA GERAL / 1T QOMED CIR José Ivam Vieira Filho 711567-9 HFAB
CIRURGIA 1T QOCON CIR Kenisse Juliana Araújo Dourado 638285-1 HFAB
VASCULAR
CLÍNICA MÉDICA 2T QOCON MED RAYSA MENDES DE CARVALHO 695206-2 HFAB
2T QOCON MED GUILHERME DE ABREU MEIÇO 685678-0 HFAB
ORTOPEDIA 1T QOMED ORT GABRIEL DE SOUSA ARANTES 657509-9 HFAB
1T QOMED ORT HENRIQUE MANSUR GONÇALVES 674512-1 HFAB
RADIOLOGIA 2T QOCON MED TULIO HENRIQUE ROMANHOLO FERREIRA 689729-0 HFAB
MAJ QOMED RAD FABIANO BORGES DA SILVEIRA 413088-0 HFAB
ANESTESIOLOGIA 1T QOMED ANS PAULA FERNANDA XAVIER DA ROCHA 727860-8 HFAB
PEDIATRIA CAP QOMED PDI FABÍOLA DA SILVA MACIEL AZEVEDO 349943-0 HFAB
CAP QOMED PDI RODRIGO DOS SANTOS LIMA 626807-2 HFAB
GINECOLOGIA 1T QOMED GOB LEANDRA FERREIRA DO NASCIMENTO 681367-4 HFAB
RODRIGUES
MAJ QOMED GOB JULIANO DECKERT 423405-7 HFAB
ENFERMAGEM 2T QOCON ENF ARIANA BRITO BARREIRA BASTOS 727334-7 HFAB
2T QOCON ENF GLÓRIA POTIRA DE SOUZA RAMOS 727328-2 HFAB
ALCANTARA
FARMACÊUTICO 2T QOCON FARM AURA MONTECRISTO ALBERNAZ 685710-8 HFAB
HOSPITALAR GUIMARAES
FARMACÊUTICO 1T QOCON FARM PABLO ROBERTO LARIOS GUEVARA 674506-7 HFAB
BIOQUÍMICO SANTOS
ENFERMAGEM 3S QSCON TEF DULCE DOS SANTOS SILVA 665915-2 HFAB
3S QSCON TEF ROBERTA NAYARA LEONCIO GALDINO 696695-0 HFAB
3S QSCON TEF CRISCIANE DA COSTA VIEIRA 727419-0 HFAB
3S QSS SEF AMANDA DE MOURA NASCIMENTO 699977-8 HFAB
3S QSS SEF MATEUS CUGNASCA PEREIRA 704861-0 HFAB
3S QSS SEF CLICIA DA SILVA LAURINDO BRANDÃO 705073-9 HFAB
CENTRO 3S QSCON TEF STEPHANIE COELHO DA GAMA 665859-8 HFAB
CIRURGICO 3S QSS SEF STEPHANIE PAULINO ARAUJO 689865-3 HFAB
LABORATÓRIO 3S QSCON TLB LIDIA DE LIMA DE MENEZES 665927-6 HFAB
RADIOLOGIA 2S QSS SRD MOISÉS MACHADO PEREIRA 392230-8 HFAB
2S QSS SRD RAFAEL TAVEIROS DA SILVA DOS REIS 615423-9 HFAB
ADMINISTRAÇÃO 3S QSCON TAD CYNTHIA DA SILVA ALCÂNTARA 698225-5 HFAB
3S QSCON TAD MARIA ELIZA FEITOSA NETA 696685-3 HFAB
ELÉTRICA 2S QSS SEL DANIEL DE ARAUJO LEAL 420337-2 HFAB
3S QSCON TEE RODRIGO DENUNCIO 696714-0 HFAB
Fl. nº 9963

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 2.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Força Aérea de São Paulo e dos Esquadrões de Saúde Subordinados para comporem a
22ª escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no
período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:

ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM


SUB MJ QOMED CAR EDSON TANAKA 401847-8 ES-SJ
COMANDANTE MJ QOMED CGO JÚLIO CÉSAR TRINDADE PEREIRA 342168-6 ES-GW
CIRURGIA GERAL CP QOMED CGE BARBARA HELOISA ZANCHETTA POZZOBON 436329-9 ES-SJ
/ CIRURGIA DINIZ
VASCULAR CP QOMED CGE AUGUSTO MOTTA NEIVA 626795-5 ES-CG
CLÍNICA MÉDICA 1T QOMED CLM ANELIZA ARANTES ZANETTE 727846-2 ES-CG
2T QOCON MED RODRIGO PEREIRA AMARANTE 723601-8 ES-GW
ORTOPEDIA MJ QOMED ORT LUIS OTÁVIO ROCHA 334096-1 ES-CG
1T QOMED ORT ALEX SANTOS ARAUJO 657517-0 ES-GW
ANESTESIOLOGIA MJ QOMED ANE JOÃO ROBERTO DE MENEZES 282966-5 ES-CG
1T QOMED ANE IGOR ALEXANDRE BORGES BINCOLETO 617834-0 HFASP
RADIOLOGIA 1T QOMED RAD THIAGO FOGAÇA 727842-0 ES-GW
1T QOMED RAD LISEANE GONÇALVES LISBÔA 727841-1 ES-SJ
PEDIATRIA 1T QOMED PDI FABIANA LUSTOSA ALVES 666418-0 ES-SJ
CP QOMED PDI JARINA SANTOS RODRIGUES DOS ANJOS 626815-3 ES-CG
GINECOLOGIA 2T QOCON GOB LILIANY MIGUÉIS CUNHA RUIZ 690628-1 ES-CG
1T QOMED GOB STEFANIE DE PAULA STOPATO 727854-3 ES-GW
ENFERMAGEM 2T QOCON ENF MARIA GESLEI LOPES DE SOUZA 681441-7 ES-CG
2T QOCON ENF CAMILA SANTOS DE OLIVEIRA 690994-9 ES-GW
ODONTOLOGIA 1T QOCON LUIZ CARLOS MAGNO FILHO 666447-4 HFASP
2T QOCON ROSILENE DIVINO 694598-8 ES-YS
FARMACÊUTICO 2T QOCON FARM LISIS PEREIRA PARANAIBA 684027-2 ES-GW
HOSPITALAR 1T QOFARM ALINE MARQUES ROSA 711562-8 ES-CG
FARMACÊUTICO 2T QOFARM THAIS CARLESSE 681442-5 ES-CG
BIOQUÍMICO 2T QOCON FARM BRUNA CAROLINE MARQUES GONÇALVES 693851-5 ES-GW
ENFERMAGEM 1S QSS SEF GISELE MONTEIRO DE OLIVEIRA SOUZA 423066-3 ES-GW
2S QSS SEF RAFAEL FERREIRA DA SILVA 406665-0 ES-CG
3S QSCON TEF GISLENE ALBRES 676214-5 ES-CG
1S QSS SEF AUGUSTO CÉSAR PINTO PUREZA 299572-7 ES-GW
3S QSS SEF DYANA SILVA CAMPOS 666741-4 ES-SJ
1S QSS SEF FERNANDO MARTINS DA SILVA JÚNIOR 308890-1 ES-GW
CENTRO 2S QSS SEF RAFAELA CAROLINA DA FONSECA VINAGRE 431275-9 ES-GW
CIRURGICO FERREIRA
3S QSS SEF MONIQUE SARAIVA APARICIO 689858-0 ES-CG
LABORATÓRIO 2S QSS SLB RUANE MARQUES MARTINS SANTOS 645033-4 ES-GW
2S QSS SLB DANDARA ARAÚJO DE AZEVEDO 638364-5 ES-CG
RADIOLOGIA 2S QSS SRD JEANE APARECIDA CASTRO DE OLIVEIRA 620792-8 ES-GW
MIRANDA
3S QSS SRD TAISON MUNIZ BARBOSA 602762-8 ES-CG
ADMINISTRAÇÃO 3S QSCON TAD PATRICIA APARECIDA GALVÃO DE SOUZA 664935-1 ES-GW
3S QSCON TAD DOUGLAS SILVESTRE COSTA FILHO 306727-0 HFASP
AUX 1S QSS STO MILENE SILVA KROPF GOMES 414861-4 HFASP
ODONTOLÓGICO SO QSS STO RICK ROCHA 216265-2 ES-SJ
ELÉTRICA 2S QSS SEL WESCLEY MENDES LIMA 401352-2 HFASP

Art. 3.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Aeronáutica de Belém e dos Esquadrões de Saúde Subordinados para comporem a 22ª
Fl. nº 9964

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no


período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:

ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM


SUBCOMANDANTE CP QOMED ITS DANIELLE LUZ NOGUEIRA AMARAL CUTRIM 445556-8 HABE
CP QOMED PDI THAIS CRISTINA DE LIMA MATOS NEGRÃO 607491-0 HABE
CIRURGIA GERAL / 1T QOMED CGE MÁRCIA KIMIE SHIMIZU GUERREIRO 668627-3 HABE
CIRURGIA 1T QOMED CGE WILSON CORREA LEÃO 680953-7 HABE
VASCULAR
CLÍNICA MÉDICA 2T QOCON MED MURILO BOTELHO SOARES DE BRITO 682245-2 HABE
2T QOCON MED ROSSANA SOFIA BRITO FIGUEIREDO 662174-0 HABE
CHAVES
RADIOLOGIA 1T QOCON MED LUIS EDILSON MIRANDA DA SILVA 693597-4 HABE
1T QOCON MED LUCIANA FONTENELE BRITO SOARES 626596-0 HABE
PEDIATRIA 2T QOCON MED ALAN GOMES DE SOUZA CONTENTE 659531-6 HABE
CP PDI THAIS CRISTINA DE LIMA MATOS NEGRÃO 607491-0 HABE
GINECOLOGIA 1T QOMED GOB JANE BEDRAN FURTADO 659362-3 HABE
2T QOCON MED ANA LARISSA PINHEIRO MUNIZ 693588-5 HABE
ENFERMAGEM 1T QOAP CLEIDEANE MEIRELES DA SILVA RIBEIRO 690415-7 HABE
2T QOCON AURINA LAYSE RIBEIRO CARVALHO 689121-0 HABE
ODONTOLOGIA 1T PEDRO PAULO MAIA DE SENA 690382-7 HABE
1T QODENT CBM JULLY GUIMARÃES DE OLIVEIRA 727883-7 HABE
ANTUNES
FARMACÊUTICO 1T QOFARM HOS TIAGO LEITE MARTINS 680589-2 HABE
HOSPITALAR 2T QOCON FARM EDILBERTO PONTES GARCIA JUNIOR 682227-4 HABE
FARMACÊUTICO 2T QOCON FARM FÁBIO JOSÉ GARCIA CHADA 693567-2 HABE
BIOQUÍMICO 2T QOCON FARM CHRISTIANNE CORRÊA DE AZEVEDO 682225-8 HABE
ENFERMAGEM 3S PAULO ROBERTO RODRIGUES JUNIOR 425592-5 HABE
3S THAIS ALBERNAR PESSOA 696029-4 HABE
3S TATYANE LIMA DOS SANTOS COSTA 696032-4 HABE
3S GLORIA DO CARMO DOS SANTOS SOUZA 665636-6 HABE
3S WANDERSON FERREIRA DA SILVA 444715-8 HABE
3S ALEX FORTUNATO DA SILVA 446006-5 HABE
CENTRO 3S ISLÂNDIA ARANHA FERREIRA COSTA 665663-3 HABE
CIRURGICO 2S ABRÃO GAIA DOS SANTOS 416394-0 HABE
LABORATÓRIO 3S QSCON TLB ILANNA CAMILA BEZERRA DA SILVA 665600-5 HABE
1S QSS SLV RUBELINO DE SOUZA GONÇALVES 364413-8 HABE
RADIOLOGIA 3S SRD GUMERCINDO TENÓRIO DE SIQUEIRA JUNIOR 427408-3 HABE
3S SRD SABRINA BORGES ALVES 671337-8 HABE
ADMINISTRAÇÃO 3S SAD AURORA DE SOUZA MARINHO 696034-0 HABE
2S SAD ADAIAS OLIVEIRA DE SOUSA 406389-9 HABE
AUX 1S STO ROSEVALDO SILVA DE SOUSA 337598-6 HABE
ODONTOLÓGICO 3S STO JOSÉ NARCISO RIBEIRO PONTES 286098-8 HABE

Art. 4.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Aeronáutica de Canoas e dos Esquadrões de Saúde Subordinados ara comporem a 22ª
escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no
período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:

ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM


SUBCOMANDANTE MJ QOMED CLM RONALDO RUARO 387910-0 ES-CT
CIRURGIA GERAL / 2T QOCON MED CLM LUCAS LEONARDO MALINOSKI 723230-6 ES-CT
CIRURGIA SIMAS
VASCULAR
Fl. nº 9965

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

CLÍNICA MÉDICA 1T QOCON MED LETÍCIA DALÓ DAMINELLI 673285-2 ES-FL


ASP QOCON MED EVANDRO BIANCO 729664-9 ES-CT
ORTOPEDIA 1T QOMED ORT CLEITON PAULO MANOEL DE SANTANA 680822-0 ES-CT
1T QOMED ORT THIAGO RODRIGUES SÉRGIO 727852-7 ES-FL
RADIOLOGIA 1T GIOVANNI BRONDANI TORRI 727828-4 ES-SM
PEDIATRIA 1T QOMED ALESSANDRA BASTOS ALVES 622223-4 HACO
GINECOLOGIA 1T ADRYANA PEREIRA DE LIMA 728051-3 ES-SM
ENFERMAGEM 2T QOCON ENF RAFAEL ROSSO 726935-8 ES-CT
2T QOCON ENF MARCELO NICOLI DE FARIA CARNEIRO 695258-5 ES-FL
ODONTOLOGIA 1T QODENT OPE BEATRIZ TREYSSE 680823-9 ES-CT
1T QOCON DENT ANDHREA WATHANABE DOS SANTOS 723231-4 ES-CT
FARMACÊUTICO CAP QOFARM HOS PAULA SOARES NUNES 608236-0 ES-CT
HOSPITALAR 2T QOCON FARM MARINA MILHOMENS DE QUEIROZ 723252-7 ES-FL
FARMACÊUTICO 1T ANA MARGARETH KASPRZAK RIBAS 626813-7 ES-SM
BIOQUÍMICO
ENFERMAGEM 1S QSS SEF ALIUCHA LUCIANA MARAFON SANTOS 422900-8 ES-CT
2S MATHEUS MARTINS PINTO 420776-9 ES-SM
3S QSS SEF THAYANA KELLY DE SOUZA FERREIRA 700238-6 ES-CT
3S JEFERSON DA COSTA ANDRÉ 329633-4 ES-SM
3S PAULO RICARDO DA SILVA 357816-0 ES-SM
3S RITA FABIANA NUNES FAGUNDES 677249-8 ES-SM
CENTRO 1S QSS SEF ADRIANA DA COSTA SILVA 337189-1 HACO
CIRURGICO 1S QSS SEF RICARDO HANSER LILIENTHAL 317493-0 HACO
LABORATÓRIO 2S LEANDER MOREIRA ARRUDA 601648-0 ES-SM
3S SLB MARCOS VINÍCIOS MELO DOS SANTOS 619604-7 ES-CT
RADIOLOGIA 2S SRD CIBELE BARROS SIQUEIRA RODRIGUES 632450-9 ES-CT
3S ALISSON PERES TAUCHEN 613195-6 ES-SM
ADMINISTRAÇÃO 3S QSCON TAD CAROLINE DE FRAGA BRAGA 695953-9 HACO
AUX S1 SAU FELIPE ELIZEU GOBETTI 679574-9 HACO
ODONTOLÓGICO CB ROMÁRIO DA SILVA 654929-2 ES-CT

Art. 5.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Aeronáutica de Manaus e dos Esquadrões de Saúde Subordinados para comporem a 22ª
escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no
período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:

ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM


CIRURGIA 2T QOCON MED KLEBER FELIPE ALBUQUERQUE DA SILVA 680964-2 HAMN
GERAL/
CIRURGIA
VASCULAR
CLÍNICA MÉDICA 2T QOCON MED LETÍCIA LIMA GOMES DA SILVA 724272-7 ES-BV
2T QOCON MED WARYLA RAISSA VASCONCELOS DIAS 724273-5 ES-BV
ENFERMAGEM 1T QOCON ENF MAURÍCIO CALDART 670117-5 ES-BV
2T QOCON ENF REJANE BURLANDI DE OLIVEIRA 727379-7 ES-PV
2T QOCON ENF JAQUELINE COUTINHO SILVERIO RIBEIRO 727025-9 HAMN
2T QOCON DENT DARLAN PEREIRA MACHADO 724255-7 ES-PV
2T QOCON DENT CAMILA ROCHA FARIA 724478-9 ES-BV
ODONTOLOGIA 1T QODENT CBM ELCIO DE OLIVEIRA VIEIRA 638279-7 HAMN
FARMACÊUTICO 2T QOCON BIO GRACILETH MARQUES DE HOLANDA 693909-0 HAMN
HOSPITALAR AMORIM
FARMACÊUTICO 2T QOCON BIO GRACILETH MARQUES DE HOLANDA 693909-0 HAMN
BIOQUÍMICO AMORIM
ENFERMAGEM 3S QSCON TEF RAQUEL OLIVEIRA SANTOS 696621-7 ES-BV
3S QSCON TEF WDELLIK COSTA BANDEIRA QUEIROZ 696605-5 ES-PV
Fl. nº 9966

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

3S QSS SEF LORENA DA SILVA PINTO 699878-0 HAMN


3S QSS SEF MARCUS VINICIUS CAMILLO DE OLIVEIRA 704667-7 HAMN
3S QSS SEF SARA PEREIRA DE LIMA AVELLAR 704462-3 ES-BV
LABORATÓRIO 2S QSS SLB JULYANA DIAS CAVALCANTE 638346-7 ES-PV
2S QSS SLB ANDREZZA CRISTINA DA CRUZ VIEIRA 440962-0 HAMN
RADIOLOGIA 3S QSS SRD LUIVIA DE OLIVEIRA CARDOSO 648386-0 ES-BV
ADMINISTRAÇÃO 3S QSCON TAD ANTÔNIO FRANCINÉLIO PEREIRA SILVA 665522-0 ES-PV
3S QSCON TAD MARCLELÇO VERAS DE MEDEIROS 695832-0 HAMN
AUX 3S QSS SEF RAFAEL MACHADO BORGES 371575-2 HAMN
ODONTOLÓGICO

Art. 6.º Designar os militares abaixo relacionados, pertencentes ao efetivo do


Hospital de Aeronáutica de Recife e dos Esquadrões de Saúde Subordinados para comporem a 22ª
escala de sobreaviso a missões operacionais, humanitárias e Ação Cívico Social (ACISO), no
período de 1º de agosto de 2020 a 30 de novembro de 2020:

ESPEC./FUNÇÃO NOME SARAM OM


SUBCOMANDANTE MJ QOMED OFT LUCIANA NUNES LEITE 368390-7 HARF
MJ QODENT ADRIANA MAGALHÃES ANDRADE DE MENEZES 409878-1 ES-FZ
CIRURGIA GERAL 1T QOMED CGE VINICIUS DINIZ NASTRINI 674528-8 ES-NT
CIRURGIA 2T QOCON MED DOUGLAS HENRIQUE SANTIAGO DE 685603-9 ES-FZ
VASCULAR OLIVEIRA
CLÍNICA MÉDICA CP QOMED CLM ALEXANDRE SABINO SISNANDO 626840-4 ES-FZ
1T QOMED CLM VIVIANE MARIA ABREU DE SOUZA 711585-7 ES-NT
ORTOPEDIA CAP QOMED ORT MAURICIO LEITE DE SOUZA JUNIOR 608238-6 HARF
CP QOMED ORT CÉSAR WAGNER MONTENEGRO CIMA 380815-7 ES-FZ
RADIOLOGIA 1T QOMED RAD LAURA CAVALCANTE VILASBÔAS 711543-1 ES-SV
2T QOCON MED DIEGO AYRES PRIMO 723482-1 ES-NT
PEDIATRIA CP QOMED DARLENE DO CARMO SOUSA 399160-1 ES-NT
1T QOMED PED LARISSA SIQUEIRA SANTOS 674508-3 ES-SV
GINECOLOGIA CP QOMED GOB FERNANDA DIAS GOULART 419020-3 ES-FZ
2T QOCON MED CARLOS RAFAEL SANT’ANNA DA CRUZ 689674-0 ES-NT
ENFERMAGEM 1T QOCON ENF JOANDRO DE ALMEIDA SOUZA 670114-0 ES-SV
1T QOCON ENF MARIA TEREZA OLIVEIRA DE ALMEIDA 668978-7 ES-FZ
ODONTOLOGIA 2T QOCON DENT THIAGO CATUNDA BASTOS 724199-2 ES-FZ
2T QOCON DENT EDUARDO GOMES FERRAZ 685632-2 ES-SV
FARMACÊUTICO 1T QOFARM HOS PRISCILA DIAS MOURA DE MATOS 648149-3 HARF
HOSPITALAR 1T QOCON FARM INGRID SAMANTHA TAVARES 675437-6 ES-FZ
FIGUEIREDO BRAZ
FARMACÊUTICO 2T QOCON FARM GUSTAVO RUY SANTOS COSTA 647795-0 ES-SV
BIOQUÍMICO 2T QOCON FARM WALTER BRENO DE SOUZA FREIRE 685616-0 ES-FZ
ENFERMAGEM 3S QSS SEF ANDERSON LUIZ SOBRAL CAPELA 600342-7 ES-FZ
1S TATIANNE RAMOS DA COSTA 423055-8 ES-FZ
1S QSS SEF ANDERSON GUEDES LIMA 292018-2 HARF
3S QSS SEF RHAYANNE DA SILVA CALAZÂES 689930-7 ES-NT
3S QSS SEF HALLAN DE ARAÚJO DA COSTA 449233-1 ES-SV
3S ANA MARIA ARAÚJO LOPES 696286-2 ES-FZ
CENTRO 1S QSS SEF JANILSON NOBREGA ROCHA 344681-6 ES-FZ
CIRÚRGICO 2S QSS SEF ANDERSON RIVELINO DA SILVA GOMES 325072-5 ES-FZ
LABORATÓRIO 1S QSS SLB RAQUEL FARIAS DA SILVEIRA PEREIRA 372340-2 HARF
3S QSCON TEF MARCO VENENCIO LOPES MAIA 696281-5 ES-FZ
RADIOLOGIA 2S QSS SRD DIÓGENES MASCARENHAS SILVA 431243-0 ES-SV
2S QSS SRD DIEGO DO REGO RIBEIRO 403009-5 ES-FZ
ADMINISTRAÇÃO 3S QSCON TAD LUÍS GUSTAVO ARAÚJO CUNHA 696257-2 ES-SV
3S QSCON TAD GUILHERME NOJOSA SANTOS 696279-3 ES-FZ
Fl. nº 9967

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

AUX 1S QSS STO JOSÉ MILTON PINHEIRO DOS SANTOS 337569-2 ES-FZ
ODONTOLÓGICO 1S QSS STO MÁRCIO ROGÉRIO SABOIA DE ANDRADE 328449-2 ES-FZ
ELÉTRICA SO SEL EDÉSIO JOSÉ DA SILVA 190371-3 HARF
2S SEL DANILO RICARDO BEZERRA DE OLIVEIRA 347628-6 HARF

Maj Brig Med JOSÉ LUIZ RIBEIRO MIGUEL


Dir da DIRSA

SEÇÃO VII – DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA

1 – ATOS - REVOGA

PORTARIA DTI Nº 10/TINR, DE 10 DE AGOSTO DE 2020.

Revoga atos do Diretor de Tecnologia da


Informação

O DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA, no


uso das suas atribuições, que lhe confere o Art. 10 do Regulamento da Diretoria de Tecnologia da
Informação da Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 472/GC3, de 12 de abril de 2018, e em
cumprimento ao disposto no art. 8° do Decreto nº 10.139, de 28 de novembro de 2019, resolve:

Art. 1° Ficam revogados os seguintes atos:

I. Portaria nº 15/SDAD, de 23/03/2011- ICA 37-449 Plano de Unidades Didáticas


do Curso de Manutenção de Rede Local Avançado (CMRLA); e
II. Portaria nº 17/SDAD, de 23/03/2011- ICA 37-448 Plano de Unidades Didáticas
do Curso de Manutenção de Rede Local Básico (CMRLB).

Art. 2°Esta Portaria entre em vigor a contar de 24 de agosto de 2020.

Brig Int LUIZ FERNANDO MORAES DA SILVA


Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica

2 – GRUPO DE TRABALHO - INSTITUI

PORTARIA DTI Nº 19/SNOR, DE 11 DE AGOSTO DE 2020.

O DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA,


no uso das suas atribuições, que lhe confere o Art. 10 do Regulamento da Diretoria de Tecnologia
da Informação da Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 472/GC3, de 12 de abril de 2018, resolve:

Art. 1º Instituir Grupo de Trabalho (GT) para avaliação e providências relativas a


atualização da NSCA 7-4/2006 "Gerenciamento do Ciclo de Vida de Sistemas de Tecnologia da
Informação da Aeronáutica ".
Fl. nº 9968

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 2º O GT, de que trata esta Portaria, terá a seguinte composição:


Cel Int Romero Serra Freire Lobo - Presidente;

1 Ten QOENG Andre Luis Cerqueira de Souza - Membro;

1 Ten QOENG Marco Antonio Ribera Pinheiro - Membro;

2 Ten QOCON ANS Glaucia Lara de Souza Carvalho - Membro;

2 Ten QOCON ANS Agatha Fabiny Rinaldy dos Santos - Membro; e

2 Ten QOCON ANS Mateus Vinicius Alves Guimarães - Membro.

3º O prazo de conclusão do trabalho descrito no art 1º é de 60 (sessenta) dias a contar


do início da vigência desta Portaria.

4º Esta Portaria entra em vigor em 1º de setembro de 2020.

PORTARIA DTI Nº 20/SNOR, DE 11 DE AGOSTO DE 2020..

O DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA,


no uso das suas atribuições, que lhe confere o Art. 10 do Regulamento da Diretoria de Tecnologia
da Informação da Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 472/GC3, de 12 de abril de 2018, resolve:

Art. 1º Instituir Grupo de Trabalho (GT) para avaliação e providências relativas a


atualização da NSCA 7-5/2013 "Aquisição de Bens, Serviços e Material de Consumo de Tecnologia
da Informação".

Art. 2º O GT, de que trata esta Portaria, terá a seguinte composição:


Cel Int Romero Serra Freire Lobo - Presidente;

1 Ten QOENG Marco Antonio Ribera Pinheiro - Membro;

2 Ten QOCON ANS Glaucia Lara de Souza Carvalho - Membro;

2 Ten QOCON CCO Kelli Cristina de Moraes - Membro;


2 Ten QOCON ADM Daniella Bressanin - Membro; e

2 Ten QOEA SVE Vagner Libório da Costa - Membro.

3º O prazo de conclusão do trabalho descrito no art 1º é de 60 (sessenta) dias acontar


do início da vigência desta Portaria.

4º Esta Portaria entra em vigor em 1º de setembro de 2020.

Brig Int LUIZ FERNANDO MORAES DA SILVA


Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica
Fl. nº 9969

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

3 – OTCA 001/DTI/2020 - APROVA A REEDIÇÃO

PORTARIA DTI Nº 11/SNOR, DE 10 DE AGOSTO DE 2020.

Aprova a reedição da Ordem Técnica do


Comando da Aeronáutica de Elaboração,
Padronização e Controle de Ordens Técnicas
no STI

O DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA,


no uso das suas atribuições, que lhe confere o Art. 10 do Regulamento da Diretoria de Tecnologia
da Informação da Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 472/GC3, de 12 de abril de 2018, resolve:

Art. 1° Aprovar a reedição do OTCA 001/DTI/2020 "Elaboração, Padronização e


Controle de Ordens Técnicas no STI".

Art. 2° Esta Portaria entra em vigor em 1º de setembro de 2020.

Art. 3º Revoga-se a OTCA 001/DTI/2016, publicada no BCA nº 60, de 8 de abril de


2016.

Brig Int LUIZ FERNANDO MORAES DA SILVA


Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica

Obs.: A Ordem Técnica de que trata a presente Portaria encontra-se anexada a este Boletim.

4 – PORTARIA - DISPOSIÇÕES

PORTARIA CCABR Nº 50/SPE, DE 15 DE JULHO DE 2020.

O CHEFE DO CENTRO DE COMPUTAÇÃO DA AERONÁUTICA DE


BRASÍLIA, no uso das atribuições que lhe confere o disposto no § 4º do Art. 2º da Portaria nº
1.274/GC4, de 26 de julho de 2019, resolve:

Art. 1º Declarar a conclusão com aproveitamento, do Curso de Pós-Graduação "Lato-


Sensu" em Guerra Cibernética, em 29 NOV 2019, referente ao cumprimento da missão nº
1/EXTRA/COMGAP/Parte II/PLAMENS BR 2019, sob coordenação do COMGAP, na modalidade
ensino semipresencial, em regime de tempo integral, aprovada pela Portaria DIRENS nº 186-
T/DCR, de 15 de junho de 2019, publicada no BCA nº 99, de 10 de junho de 2019, do seguinte
militar:
1º Ten QOAP ANS ROBERTO GOMES AFFONSO (Nr Ord 674439-7) - CCA-BR.

Art. 2º Conceder ao militar supracitado o Adicional de Habilitação correspondente ao


curso em apreço, a contar da data de conclusão com aproveitamento, conforme previsto na alínea
"d", do inciso III, do Art. 1º e Art. 2º da Portaria nº 1.274/GC4, de 26 de julho de 2019.
Fl. nº 9970

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação em Boletim do


Comando da Aeronáutica.

WILLIAN HENRIQUE DA SILVA GOMES Cel Eng


Chefe do CCA-BR

SEXTA PARTE

ATOS DAS DEMAIS AUTORIDADES

SEÇÃO I - DEMAIS MINISTÉRIOS


(Sem alteração)

SEÇÃO II - SECRETARIAS DE ESTADO


(Sem alteração)

SEÇÃO III - CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


(Sem alteração)

SEÇÃO IV - SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


(Sem alteração)

SEÇÃO V - GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


(Sem alteração)
Fl. nº 9971

(Continuação do Boletim do Comando da Aeronáutica nº 144, de 13 AGO 2020)

SEÇÃO VI - COMANDOS DA MARINHA E DO EXÉRCITO


(Sem alteração)

SEÇÃO VII - TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO


(Sem alteração)

ALDO JOSÉ PEREIRA DA ROSA Cel Int


Diretor do CENDOC
Publicada no BCA n° 144, de 13 de agosto de 2020

OTCA 001/DTI/12/08/2020 1/5

MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA ORDEM
TÉCNICA DO COMANDO DA AERONÁUTICA

DOCUMENTO N° GRAU DE SIGILO EMISSÃO VALIDADE


OTCA 001/DTI/2020 OSTENSIVO 05 AGO 2020 PERMANENTE

ASSUNTO DISTRIBUIÇÃO
ELABORAÇÃO, PADRONIZAÇÃO E CONTROLE ÓRGÃO CENTRAL DO STI ELOS
DE ORDENS TÉCNICAS NO STI DO STI

ANEXOS
NÃO HÁ

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1FINALIDADE
A presente Ordem Técnica do Comando da Aeronáutica (OTCA) tem por finalidade
orientar a elaboração, a composição, a classificação, a distribuição e o controle das Ordens Técnicas
no Sistema de Tecnologia da Informação do COMAER – STI.
1.2ÂMBITO
Esta OTCA aplica-se ao Órgão Central do STI (Diretoria de Tecnologia da Informação
da Aeronáutica - DTI) e aos demais Elos do STI.
1.3CONCEITUAÇÕES
Para os efeitos desta OTCA aplicam-se os termos e expressões com os significados
constantes no Glossário das Forças Armadas (MD-35-G-01: 5ª edição/2015), no Glossário do
Comando da Aeronáutica (MCA 10-4/2001), na legislação do Sistema de Tecnologia da Informação
do Comando da Aeronáutica (STI) em vigor e, quando aplicável, na legislação da Administração
Pública Federal (APF) em vigor, bem como nas normas ABNT recomendadas pela APF.
1.3.1 ORDEM TÉCNICA DO COMANDO DA AERONÁUTICA
Trata-se de publicação não convencional com emprego previsto de acordo com a
NSCA 5-1/2011: Confecção, Controle e Numeração de Publicações Oficiais do Comando da
Aeronáutica e estruturada, em termos de linguística, em conformidade com o prescrito na NSCA
10-2/2019: Correspondência e Atos Oficiais do Comando da Aeronáutica – COMGEP.
2 DISPOSIÇÕES GERAIS
2.1 No âmbito do STI, as OTCA visam padronizar procedimentos, estabelecer orientações,
composições, alterações, registros, controles e divulgação de informações técnicas na área de
tecnologia da informação no COMAER, envolvendo assuntos especializados em Tecnologia da
Informação (TI), que obedecem a padrões nacionais e/ou internacionais de interesse para o STI.
2.2 É instrumento de divulgação, pelo Órgão Central do STI, de normas, legislações, ordens,
instruções, orientações, informações e conhecimentos.
2/5 OTCA 001/DTI/12/08/2020

2.3TEXTO
É a parte da publicação em que é exposta a matéria. Em geral, compõe-se
deintrodução, desenvolvimento e conclusão.
2.3.1 APRESENTAÇÃO GRÁFICA
Conforme o item 3.9.1 da NSCA 5-1/2011.
2.3.2 DIVISÕES E SUBDIVISÕES DO TEXTO
Conforme o item 3.9.2 da NSCA 5-1/2011.
2.3.3 NUMERAÇÃO DAS SEÇÕES DO TEXTO
Conforme o item 3.9.3 da NSCA 5-1/2011.
2.3.4 DISPOSIÇÕES GRÁFICAS E COMPOSIÇÃO DO TEXTO
Conforme o item 3.9.4 da NSCA 5-1/2011.
Exemplo:
1 SEÇÃO PRIMÁRIA: maiúscula e negrito.
1.1 SEÇÃO SECUNDÁRIA: maiúscula e sublinhada.
1.1.1 SEÇÃO TERCIÁRIA: maiúscula.
1.1.1.1 Seção quaternária: maiúscula e minúscula sublinhadas.
1.1.1.1.1 Seção quinária: maiúscula e minúscula.
2.3.5 CAPÍTULOS PADRONIZADOS
Conforme o item 3.9.6 da NSCA 5-1/2011.
2.3.6 FIGURAS, TABELAS E QUADROS
Conforme o item 3.9.7 da NSCA 5-1/2011.
2.3.7 CITAÇÕES DE INDICATIVOS DE SEÇÃO, FIGURAS, TABELAS E QUADROS
Conforme o item 3.9.8 da NSCA 5-1/2011.
2.3.8 REFERÊNCIAS
Conforme o item 3.10 da NSCA 5-1/2011.
2.3.9 ANEXOS
2.3.9.1 Conforme o item 3.12 da NSCA 5-1/2011.
2.3.9.2 Quando houver necessidade de “anexos”, estes virão após as “Disposições Finais”.
2.4 PAGINAÇÃO
2.4.1 DAS FOLHAS
Conforme o item 3.13.1 da NSCA 5-1/2011.
2.4.2 NUMERAÇÃO DAS PÁGINAS
2.4.2.1 A numeração começa a ser colocada a partir da primeira página da parte textual em
algarismos arábicos, no canto superior esquerdo das páginas pares, ficando o primeiro algarismo a 2
cm da borda esquerda. Nas páginas ímpares, será no canto superior direito, com o último algarismo
a 2cm da borda direita da folha. Para ambas as situações, a numeração ficará a 1 cm da borda
superior.
Exemplo: OTCA 014/DTI/2016
OTCA 001/DTI/12/08/2020 3/5

2.4.2.2 As páginas serão numeradas seguidamente, devendo cada uma conter também indicação do
total de páginas que compõe o documento.
Exemplo: 2/40
2.5QUADRO DESCRITIVO
Conjunto de informações resumidas, apresentadas no topo da primeira folha da OTCA,
contendo a nominata, número do documento, grau de sigilo, as datas de emissão e validade, a forma
de distribuição, o assunto abordado, além dos títulos dos anexos, se houver.
Exemplo:

MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AERONÁUTICA ORDEM
TÉCNICA DO COMANDO DA AERONÁUTICA

DOCUMENTO N° GRAU DE SIGILO EMISSÃO VALIDADE


OTCA 001/DTI/2020 OSTENSIVO 15 AGO 2020 PERMANENTE

ASSUNTO DISTRIBUIÇÃO
ELABORAÇÃO, PADRONIZAÇÃO E CONTROLE ÓRGÃO CENTRAL DO STI ELOS
DE PUBLICAÇÕES DO STI

ANEXOS
NÃO HÁ
2.6NUMERAÇÃO DA ORDEM TÉCNICA
2.6.1 O nome “OTCA” deverá ser digitado em maiúsculo, seguido de numeração contendo três
dígitos seguido de barra (/) e, sem espaço a palavra DTI em maiúsculo, seguida de barra (/) e, sem
espaço os quatro dígitos do ano.
Exemplo: OTCA 014/DTI/2016
2.7ALTERAÇÃO
Há três tipos: modificação, reedição e revogação. Conforme item 4 da NSCA 5-
1/2011.
3 DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS
3.1AÇÕES RECOMENDADAS
3.1.1 DE CARÁTER IMEDIATO
3.1.1.1 Caberá às Subdiretorias, à Coordenadoria de Governança de TI, à SECTI e aos demais
setores da DTI tomar conhecimento desta publicação e adequar as OTCA a serem editadas ao
padrão.
3.1.2 DE CARÁTER MEDIATO
3.1.2.1 Caberá às Subdiretorias, à Coordenadoria de Governança de TI, à SECTIe aos demais
setores da DTI, propor oficialmente à Divisão de Normas de TI (TINR) da DTI a edição, a revisão e
a atualização de todas as OTCA elaboradas pelos respectivos segmentos, independente do ano da
sua elaboração.
4/5 OTCA 001/DTI/12/08/2020

3.1.2.2 As OTCA que forem julgadas desnecessárias ao cenário atual deverão ser apontadas
oficialmente à Divisão de Normas de TI (TINR) da DTI que providenciará ato de revogação da(s)
mesma(s).
4 DISPOSIÇÕES FINAIS
4.1 Caso descortine-se atualização relevante para o tema abordado nesta publicação, a mesma
deverá ser revisada para atualização imediata, revogando-se as disposições em contrário.
4.2 Os casos não previstos nesta publicação serão submetidos à apreciação do Diretor de
Tecnologia da Informação da Aeronáutica.
4.3 Somente o Órgão Central do STI, emitirá OTCA de assuntos técnicos, especializados em
Tecnologia da Informação, no âmbito do Comando da Aeronáutica.
4.4 A presente legislação entrará em vigor após sua publicação no Boletim do Comando da
Aeronáutica (BCA).

Brig Int LUIZ FERNANDO MORAES DA SILVA


Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica
OTCA 001/DTI/12/08/2020 5/5

REFERÊNCIAS
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Comando-Geral do Pessoal. Correspondência e Atos Oficiais
do Comando da Aeronáutica: NSCA 10-2. Brasília, DF, 2019.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Comandante da Aeronáutica. Regulamento da Diretoria de
Tecnologia da Informação da Aeronáutica (DTI). ROCA 21-83. Brasília, DF, 2018.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Comando-Geral de Apoio. Regimento Interno da Diretoria de
Tecnologia da Informação da Aeronáutica (DTI). RICA 21-236. São Paulo, SP, 2012.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Estado-Maior da Aeronáutica. Glossário da Aeronáutica:
MCA 10-4. Brasília, 2001.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Estado-Maior da Aeronáutica. Confecção, Controle e
Numeração de Publicações Oficiais do Comando da Aeronáutica. NSCA 5-1. Brasília, DF, 2011.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Estado-Maior da Aeronáutica. Estrutura e Competências do
Sistema de Tecnologia da Informação do Comando da Aeronáutica (STI): NSCA 7-7. Brasília, DF,
2015.
BRASIL. Comando da Aeronáutica. Estado-Maior da Aeronáutica. Manual de Abreviaturas, Siglas
e Símbolos da Aeronáutica: MCA 10-3. Brasília, DF, 2003.
BRASIL. Ministério da Defesa. Glossário das Forças Armadas. MD35-G-01. 5ª edição/2015.
Brasília, DF, 2015.
BRASIL. Ministério da Defesa. Manual de Abreviaturas, Siglas, Símbolos e Convenções
Cartográficas das Forças Armadas. MD33-M-02. 3ª Edição/2008.
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA

INTELIGÊNCIA

DCA 200-5

DIRETRIZ DE CAPACITAÇÃO DO SISTEMA DE


INTELIGÊNCIA DA AERONÁUTICA

2020
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA

INTELIGÊNCIA

DCA 200-5

DIRETRIZ DE CAPACITAÇÃO DO SISTEMA DE


INTELIGÊNCIA DA AERONÁUTICA

2020
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA

PORTARIA EMAER Nº 52/2SC, DE 07 DE AGOSTO DE 2020.

Aprova a Diretriz de Capacitação do


Sistema de Inteligência da Aeronáutica.

O CHEFE DO ESTADO-MAIOR DA AERONÁUTICA, no uso das


atribuições que lhe conferem o inciso II, do Art. 20 do Regulamento do Estado-Maior da
Aeronáutica, aprovado pela Portaria nº 444/GC3, de 02 de abril de 2020, resolve:

Art. 1º Aprovar a edição da DCA 200-5 “Diretriz de Capacitação do Sistema


de Inteligência da Aeronáutica”, que com esta baixa.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de setembro de 2020.

Ten Brig Ar CARLOS AUGUSTO AMARAL OLIVEIRA


Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica

(Publicado no BCA nº 144, de 13 de agosto de 2020)


DCA 200-5/2020

SUMÁRIO

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ...................................................................................... 9


1.1 FINALIDADE ...................................................................................................................... 9
1.2 OBJETIVO ........................................................................................................................... 9
1.3 ÂMBITO .............................................................................................................................. 9
1.4 CONCEITUAÇÕES ............................................................................................................. 9

2 CONCEPÇÃO GERAL DA IMPLANTAÇÃO ................................................................ 11


2.1 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO .................................................................................. 11
2.2 CONSIDERAÇÕES GERAIS ............................................................................................ 11

3 ESTRUTURA E ATRIBUIÇÕES ...................................................................................... 13


3.1 DA SEGUNDA SEÇÃO DA SEGUNDA SUBCHEFIA DO EMAER ............................ 13
3.2 DA PRIMEIRA SUBCHEFIA DO EMAER ..................................................................... 13
3.3 DO CENTRO DE INTELIGÊNCIA DA AERONÁUTICA ............................................. 13
3.4 DO COMANDO-GERAL DO PESSOAL ......................................................................... 15
3.5 DOS ELOS DO SINTAER ................................................................................................ 15
3.6 DO COMANDO DE OPERAÇÕES AEROESPACIAIS .................................................. 15

4 DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS ..................................................................................... 17

5 DISPOSIÇÕES FINAIS ...................................................................................................... 18

6 REFERÊNCIAS .................................................................................................................. 19

ANEXO A - COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS MILITARES PARA O EFETIVO DO


COMAER ........................................................................................................... 20
ANEXO B - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “S” DO SINTAER ...... 21
ANEXO C - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “E” DO SINTAER...... 22
ANEXO D - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “I” DO SINTAER ....... 23
ANEXO E - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “C” DO SINTAER ...... 24
ANEXO F - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA A PRODUÇÃO DO
CONHECIMENTO NO CIAER ......................................................................... 25
ANEXO G - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA A PROTEÇÃO DO
CONHECIMENTO NO CIAER ......................................................................... 26
DCA 200-5/2020

PREFÁCIO

A gestão de recursos humanos nas organizações sempre foi tema de constante


discussão e estudo. As mudanças dentro de um mundo cada vez mais globalizado impõem o
aperfeiçoamento constante de uma organização, seja ela pública ou privada.

No ano de 2018, quando da reedição da DCA 11-45 Concepção Estratégica


“Força Aérea 100”, estabeleceu-se o caminho a ser percorrido até o ano de 2041. O
documento teve como propósito a restruturação da Força Aérea Brasileira, visando a alcançar
o patamar de uma Força Aérea mais eficaz, estabelecendo suas atribuições, definindo eixos
estratégicos e identificando as competências que lhe possibilitarão superar os desafios do
amanhã.

Consta na DCA 11-45 que, ao buscar as competências necessárias de uma


forma personalizada, o Comando da Aeronáutica (COMAER) deverá idealizar meios de
qualificar sua mão de obra, identificando os conhecimentos, as habilidades e as atitudes
requeridas para o cumprimento das tarefas, permitindo alocar o homem certo no lugar certo.

Por intermédio de suas competências, os militares e civis da FAB serão


responsáveis por transformar o conceito em realidade e manter as atuais demandas
operacionais durante o desenvolvimento da Força Aérea do Futuro.

A competência é um dos resultados do emprego da capacitação, sendo essa


entendida como a preparação de uma pessoa para enfrentar as situações derivadas da função
que exerce e muni-la de conhecimentos que apresentem alternativas e assessoramentos no
ambiente de trabalho.

Uma Trilha de Capacitação deve ser entendida como um importante guia para
Comandantes, Chefes e Diretores, ao mesmo tempo em que serve a propósitos gerenciais,
permitindo que os membros da organização se orientem sobre as competências que precisam
ser desenvolvidas e adquiridas, os meios disponíveis, os prazos, os recursos e as condições
para que tais competências se desenvolvam.

A elevação do nível de conhecimentos, de habilidades e de atitudes dos


recursos humanos deve ser um objetivo permanente, pois da capacitação do efetivo resultam
organizações mais eficazes e eficientes no cumprimento de suas atribuições.

Sendo assim, o mapeamento das competências aliado ao estabelecimento de


uma Trilha de Capacitação têm por objetivo o cumprimento das atribuições do SINTAER de
maneira mais eficiente e eficaz.
DCA 200-5/2020

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 FINALIDADE

A presente Instrução tem por finalidade estabelecer e padronizar a implantação de


uma Trilha de Capacitação para o SINTAER e contribuir para uma melhor difusão da mentalidade
de Inteligência no efetivo do COMAER, por meio do estabelecimento de competências.

Os processos de capacitação na área de Inteligência complementam a formação


inicial do militar. Esses processos são desenvolvidos com a finalidade de capacitar o indivíduo para
o exercício de determinados cargos, incluindo os Gestores de Segurança Orgânica, e para o
desempenho de funções previstas nos setores de Inteligência das organizações pertencentes ao
SINTAER.

1.2 OBJETIVO

Normatizar as competências necessárias para o cumprimento das atribuições


estabelecidas ao SINTAER, definindo as responsabilidades de todos os setores envolvidos,
possibilitando o maior aproveitamento dos militares e uma melhor difusão da mentalidade de
Inteligência.

1.3 ÂMBITO

A presente Diretriz aplica-se ao Centro de Inteligência da Aeronáutica (CIAER) e


aos Órgãos de Direção Setorial envolvidos.

1.4 CONCEITUAÇÕES

Os termos e expressões empregados neste documento têm seu significado no


Glossário do Comando da Aeronáutica (MCA10-4, de 30 de janeiro de 2001), na Implantação da
Trilha de Capacitação de Oficiais no COMAER (DCA 37-10, de 18 de setembro de 2019) e no
Manual para Mapeamento de Competências no Comando da Aeronáutica (MCA 30-1, de 26 de
março de 2020).

1.4.1 Capacitação - Processo permanente e deliberado de aprendizagem, com o propósito de


contribuir para o desenvolvimento de capacidades organizacionais por meio do desenvolvimento de
competências individuais.

1.4.2 Perfil Profissional - Descrição das competências a serem desenvolvidas por um profissional,
ao longo de sua carreira, visando ao cumprimento de suas funções.

1.4.3 Competência - Conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários ao desempenho


das funções em uma dada organização, visando ao alcance dos objetivos da instituição a qual faz
parte. Expressa as capacidades desejadas individualmente para a realização das atividades
específicas de trabalho de uma organização.

1.4.4 Competências da Unidade Organizacional - são as competências coletivas dos ODGSA e das
suas Organizações Miliares (OM) subordinadas, dentro de seu contexto de atuação. As
Competências de Unidade Organizacional são alcançadas por intermédio do desenvolvimento das
Competências individuais.
10/27 DCA 200-5/2020

1.4.5 Competências Individuais - são as competências previstas para os militares, dentro de sua
atividade laboral, no contexto de sua OM. São categorizadas como competências individuais,
técnicas e gerenciais.

1.4.6 Trilha de Capacitação - é a consolidação das capacitações e qualificações que um militar deve
realizar, abarcando os cursos e os estágios contemplados pelo Programa de Atividades de Ensino do
CIAER, bem como as capacitações externas à Força. A Trilha de Capacitação tem por finalidade
preencher as lacunas de competência identificadas no mapeamento de competências de Unidade
Organizacional, que se refletem nas Competências Individuais, e complementa as competências
essenciais desenvolvidas nos cursos e estágios de carreira.

1.4.7 Missão - Representa a razão de ser de uma organização, ou seja, o que ela faz, por que faz,
para quem ela atua, e qual o impacto transformador que ela busca em prol daqueles pelos quais ela
existe.

1.4.8 Objetivos Estratégicos - São os fins a serem perseguidos pela organização para o cumprimento
de sua missão e o alcance de sua visão de futuro. Constituem o elo entre as diretrizes de uma
organização e seu referencial estratégico. Traduzem os desafios a serem enfrentados num
determinado período.

1.4.9 Planejamento - É a determinação e a ordenação de um conjunto de ações que permitem atingir


a um determinado objetivo. Compreende a identificação do que deve ser feito, de quem deve fazê-
lo, de quando e como deve ser feito.

1.4.10 Plano Setorial - Plano elaborado pelos Órgãos de Direção Setorial e de Assistência Direta e
Imediata ao Comandante da Aeronáutica (ODSA) que estabelece tarefas, projetos e atividades a
serem desempenhadas pelo próprio órgão e OM subordinadas, com a finalidade de atingir os
objetivos estratégicos e seus objetivos setoriais em um determinado período.

1.4.11 Programa de Trabalho Anual (PTA) - Documento decorrente do Plano Setorial, elaborado
pelas Organizações Militares, contendo as metas e tarefas que devem ser realizadas por essas
organizações, durante o ano vigente.

1.4.12 Atividade de Inteligência- No âmbito do SINTAER, é compreendida como a atividade


técnico-militar especializada, com base em processo mental, permanentemente exercida, com a
finalidade de produzir e salvaguardar conhecimentos de interesse do COMAER. É exercida em dois
ramos: a Inteligência e a Contrainteligência. Esses ramos devem ser entendidos como
indissoluvelmente ligados, significando que ambos são partes de um todo.
DCA 200-5/2020 11/27

2 CONCEPÇÃO GERAL DA IMPLANTAÇÃO

2.1 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO

2.1.1 A MCA 200-1, Doutrina de Inteligência, define que à Aeronáutica compete o


acompanhamento metódico e permanente das conjunturas internacional e nacional, de forma a
identificar e prever as necessidades e os óbices relacionados ao cumprimento de suas atribuições,
cabendo à Inteligência a missão de reduzir, ao menor valor possível, o grau de incerteza dessas
análises.

2.1.2 O Planejamento Estratégico Militar da Aeronáutica (PEMAER) prevê a reestruturação do


SINTAER, alocando recursos e definindo um planejamento capaz de produzir conhecimentos
essenciais ao preparo e emprego da Força Aérea, além de incentivar uma maior disseminação
da mentalidade de Segurança Orgânica no pessoal do Comando da Aeronáutica (COMAER),
aprimorando e fortalecendo medidas que visem a prevenir ações de espionagem e de sabotagem
sobre projetos estratégicos, sobre estruturas e sistemas.

2.1.3 Em sua estrutura, o Plano de Inteligência da Aeronáutica define o Repertório de


Conhecimentos Necessários (RCN) de interesse para o COMAER, a fim de permitir uma oportuna
avaliação das conjunturas de interesse.

2.1.4 E, por último, o alinhamento se dá com a DCA 37-10, que estabelece a implantação da Trilha
de Capacitação no Comando da Aeronáutica, haja vista que contribui com o cumprimento das
atribuições do SINTAER de maneira mais eficiente e eficaz, por meio do delineamento das
competências a serem adquiridas pelos militares no decorrer de sua carreira, proporcionando o
emprego de militares com capacitações específicas em áreas críticas de interesse da Instituição.

2.2 CONSIDERAÇÕES GERAIS

2.2.1 Os Elos do SINTAER, sob a orientação normativa e coordenação do CIAER, Órgão Central
do Sistema, deverão promover atividades que visem à difusão da Doutrina de Inteligência e ao
desenvolvimento da Mentalidade de Inteligência no efetivo, as quais deverão dispor de preceitos
fundamentais que, uma vez negligenciados, prejudicam a consecução da Missão do COMAER.

2.2.2 Atividades que objetivam o desenvolvimento de uma mentalidade de Segurança Orgânica -


como por exemplo palestras, exercícios, dentre outras iniciativas oferecem uma defesa primária,
porém fundamental, visto que os sistemas, em geral, têm seus pontos mais fracos justamente na
atuação ou na omissão do elemento humano por trás deles.

2.2.3 A sistemática desta Diretriz consistirá na implantação de duas linhas de ação: estabelecimento
das COMPETÊNCIAS ESSENCIAS MILITARES e das COMPETÊNCIAS DAS UNIDADES
ORGANIZACIONAIS pertencentes ao SINTAER.

2.2.4 A primeira linha de ação está relacionada às competências essenciais, que deverão ser comuns
a todos os militares do COMAER, de modo indistinto, em consonância com seus postos e quadros.
Para isso, serão estabelecidos conteúdos a serem ministrados nas escolas de formação e pós-
formação e nas diversas Organizações Militares do COMAER, de acordo com o anexo “A” desta
Diretriz, a fim de permitir atingir o desenvolvimento dessas competências e com fins de contribuir
com uma maior difusão da Doutrina de Inteligência e incremento da Mentalidade de Inteligência.
12/27 DCA 200-5/2020

2.2.5 A segunda linha de ação é alcançar as competências desejadas das Organizações Militares
pertencentes ao SINTAER, por meio da identificação e do desenvolvimento das competências
individuais, técnicas e gerenciais, dos profissionais pertencentes ao Centro de Inteligência da
Aeronáutica e dos respectivos Elos do SINTAER, conforme anexos B,C,D,E,F e G.

Figura 1 - Fluxo de Atividades

2.2.7 Objetivando a compensação dos investimentos efetuados pela administração, a decisão de


designar algum militar para a execução de alguma missão pertencente à trilha de capacitação deverá
ser em função da previsão de tempo que o militar terá para aplicar os conhecimentos adquiridos.

2.2.8 A presente proposta considera as competências a serem adquiridas para as atividades a serem
desenvolvidas, o volume de conhecimentos classificados e/ou de acesso restrito a serem analisados
e/ou protegidos, e a complexidade da missão de cada Elo e suas atribuições, o que implica no
volume de processamento de dados para a produção de conhecimentos estabelecidos no PIAER.

2.2.9 Naturalmente, haverá especificidades em cada Elo que extrapolam ao domínio de


conhecimento desta DCA e, portanto, fica a cargo do Comandante/Chefe/Diretor da OM efetuar as
adequações necessárias. Contudo, será de extrema valia que as competências de cada Elo sejam
atingidas para o melhor desempenho da Atividade de Inteligência.
DCA 200-5/2020 13/27

3 ESTRUTURA E ATRIBUIÇÕES

3.1 DA SEGUNDA SEÇÃO DA SEGUNDA SUBCHEFIA DO EMAER


a) supervisionar as ações necessárias à implementação de uma Trilha de Capacitação
na área de Inteligência no âmbito do COMAER; e
b) apresentar à Primeira Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica, em até 20
(vinte) dias, a partir da data de publicação desta Diretriz, uma matriz contendo o
mapeamento das competências essenciais militares afetas à área de Inteligência,
que deverão ser incorporadas à nova edição do Perfil Profissional dos Oficiais e
Graduados da Aeronáutica.

3.2 DA PRIMEIRA SUBCHEFIA DO EMAER


a) incorporar as competências essenciais militares afetas à area de Inteligência à
nova edição do Perfil Profissional dos Oficiais e Graduados da Aeronáutica; e
b) com intuito de contribuir para o desenvolvimento das competências mapeadas
nesta Diretriz, analisar cursos, estágios e intercâmbios propostos pelo CIAER e
seus respectivos Elos.

3.3 DO CENTRO DE INTELIGÊNCIA DA AERONÁUTICA


a) revisar e atualizar a documentação pedagógica-curricular contida na TCA 37-19
Programa de Atividades de Ensino do CIAER, em até 120 (cento e vinte) dias, a
partir da data de publicação desta Diretriz, visando à remodelagem dos cursos,
com a criação de módulos na modalidade à distância que atendam a cada nível de
capacitação necessária, a fim de permitir uma maior abrangência do efetivo e uma
maior economia de meios;
b) confeccionar Currículo Mínimo e Planos de Unidade Didática dos cursos sob sua
responsabilidade, em até 120 (cento e vinte) dias, a partir da data de publicação
desta Diretriz, a fim de atender e atingir as competências propostas;
c) por se tratar de uma área específica na Atividade de Inteligência, coordenar com o
Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e estabelecer as competências
individuais para os militares que exercem suas atividades na área de Inteligência
do COMAE, em até 60 (sessenta dias) a partir da data de publicação desta
Diretriz.
d) apresentar ao Estado-Maior da Aeronáutica, em até 90 (noventa) dias, a partir da
data de publicação desta Diretriz, uma Tabela de Pessoal para mobiliar o CIAER
com pessoal necessário ao cumprimento das novas atribuições advindas do
processo de reestruturação do SINTAER e do mapeamento de competências.
e) realizar a revisão da ICA 200-11 Programa Básico de Trabalho Anual e Educação
Continuada dos Elos do SINTAER, conforme os conteúdos estabelecidos nesta
Diretriz para o efetivo do COMAER.
f) orientar os Elos do SINTAER para o cumprimento do estabelecido na ICA 200-
11, visando à difusão da Doutrina de Inteligência e ao incremento da Mentalidade
de Inteligência no âmbito do COMAER;
g) coordenar com os ELOS a realização de palestras e outras ações previstas para a
educação continuada abordando temas que contribuam para a difusão da Doutrina
14/27 DCA 200-5/2020

e da Mentalidade de Inteligência, podendo convidar palestrantes membros dos


Órgãos de Inteligência da Marinha, do Exército, do SISBIN, de Órgãos de
Segurança Pública e das demais instituições públicas de âmbito federal, estadual e
municipal. Nesse caso, o CIAER deverá ser informado com antecedência sobre a
identificação do órgão convidado e o tema da atividade, bem como receber um
relatório após o evento sobre o assunto tratado;
h) enviar anualmente ao EMAER e à DIRENS, após a aprovação do Programa de
Atividades de Ensino do CIAER, a capacidade de formação de cada curso
previsto;
i) realizar o controle e o acompanhamento de desempenho dos militares que
realizaram cursos na área de Inteligência, por meio de relatório a ser enviado ao
CIAER, pelo respectivo Chefe, Diretor e Comandante do militar com o objetivo
de identificar se o militar está trabalhado na Atividade de Inteligência e aplicando
a capacitação recebida, o qual depois de respondido e analisado pelo CIAER
deverá ser encaminhado ao EMAER;
j) controlar as atividades previstas na ICA 200-11, realizadas pelos elos, por meio de
indicadores e/ou relatórios que devem ser enviados, após análise, ao EMAER;
k) enviar um relatório anualmente ao EMAER com o quantitativo de militares e civis
que foram matriculados e que concluíram com aproveitamento os cursos do ano
corrente;
l) com base no relatório de análise de desempenho e dos indicadores dos elos do
SINTAER, revisar as competências individuais, que deverão ser comuns a todos
os militares, de modo indistinto, de acordo com seus postos e quadros, com fins
de contribuir com uma maior difusão da Doutrina de Inteligência e incremento da
Mentalidade de Inteligência dentro do COMAER;
m) revisar as Competências de Unidade Organizacional do SINTAER, que darão
subsídio para o desenvolvimento das competências individuais, técnicas e
gerenciais de cada militar, dentro do seu papel ocupacional, no contexto das
Divisões do Centro de Inteligência da Aeronáutica e dos respectivos Elos do
SINTAER;
n) identificar valores individuais e propor aos ODGSA o incremento da capacitação
técnica de militares com o objetivo de assumir funções dentro do CIAER;
o) coordenar a aquisição de competências que não estejam disponíveis em cursos no
âmbito do COMAER, por meio da procura, avaliação e aprovação do envio de
militares em cursos de outras Forças, órgãos civis e instituições acadêmicas no
Brasil e no exterior;
p) criar banco de dados com militares, pertencentes ou não ao SINTAER, que
possuam competências individuais de interesse da Atividade de Inteligência;
q) implementar a Trilha de Capacitação no âmbito do SINTAER, promovendo os
cursos sob sua responsabilidade e buscando em organizações externas à Força as
competências a serem atingidas por cada militar conforme estabelecido nesta
Diretriz;
r) na implementação da Trilha de Capacitação, o CIAER deverá estabelecer qual a
competência desejada que cada militar deverá possuir após ingressar na Atividade
DCA 200-5/2020 15/27

de Inteligência no COMAER e das atividades desempenhadas dentro do CIAER;


e
s) planejar, publicar, executar e revisar anualmente a Trilha de Capacitação na área
de Inteligência no âmbito do COMAER.

3.4 DO COMANDO-GERAL DO PESSOAL


a) em coordenação com o Estado-Maior da Aeronáutica, e em consonância com o
preconizado nesta Diretriz e o estabelecido pelo CIAER , alocar tempos de aula
nas escolas de formação e pós-formação visando a difundir e incentivar o
incremento da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência;
b) efetivar os ajustes necessários nas grades curriculares, currículos mínimos e
planos de unidades didáticas, a fim de gerar as competências a serem incorporadas
aos perfis profissionais dos militares do COMAER; e
c) prezar pela manutenção dos militares qualificados com as competências
necessárias para o desempenho de funções na área de Inteligência em Elos do
SINTAER que utilizem as competências adquiridas e compensem o investimento
realizado.

3.5 DOS ELOS DO SINTAER


a) cumprir as orientações estabelecidas pelo CIAER conforme preconizado pela ICA
200-11 Programa Básico de Trabalho Anual e Educação continuada dos Elos do
SINTAER;
b) enviar ao CIAER, por meio de relatórios, a análise de desempenho dos militares
concludentes em cursos de Inteligência e as atividades exercidas, de acordo com o
estabelecido na ICA 200-11;
c) infomar ao CIAER os nomes dos militares e os cursos na área de Inteligência
realizados em organizações externas ao COMAER;
d) identificar militares com potencial para trabalhar na Atividade de Inteligência e
remeter ao CIAER os nomes propostos; e
e) enviar e atualizar anualmente os nomes dos militares e suas competências
individuais sob seu comando, pertencentes ao SINTAER ou não, que sejam de
interesse da Atividade de Inteligência.

3.6 DO COMANDO DE OPERAÇÕES AEROESPACIAIS


a) cumprir as orientações e atribuições comuns aos Elos de Inteligência em
consonância com o previsto no item 3.5 desta Diretriz;
b) estabelecer, em coordenação com o Centro de Inteligência da Aeronáutica, as
competências para os militares que exercem suas atividades na área de
Inteligência do COMAE, em até 60 (sessenta) dias, a partir da data de publicação
desta Diretriz;
c) confeccionar Currículo Mínimo e Planos de Unidade Didática dos cursos sob sua
responsabilidade, em até 120 (cento e vinte dias), a partir da data de publicação
desta Diretriz, a fim de atender e atingir as competências estabelecidas em
conjunto com o CIAER; e
16/27 DCA 200-5/2020

d) apresentar ao Estado-Maior da Aeronáutica, em até 90 (noventa) dias, a partir da


data de publicação desta Diretriz, uma Tabela de Pessoal para mobiliar o Centro
Conjunto Operacional de Inteligência (CCOI) do COMAE com pessoal necessário
ao cumprimento das novas atribuições advindas do processo de reestruturação do
SINTAER e do mapeamento de competências.
DCA 200-5/2020 17/27

4 DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS

4.1 O Sistema de Inteligência da Aeronáutica executa a Atividade de Inteligência, com


oportunidade e credibilidade, para a eficácia da Força Aérea Brasileira no seu emprego operacional
e no seu preparo.

4.2 Ao SINTAER cabe a responsabilidade de produzir conhecimentos de Inteligência e proteger os


conhecimentos de interesse imprescindíveis para o preparo e o emprego da Força Aérea Brasileira
(FAB).

4.3 Considerando a complexidade do Poder Aeroespacial, torna-se fundamental a existência de um


fluxo seguro de conhecimentos úteis, produzidos com qualidade e difundidos com oportunidade,
conferindo capacidades que sustentem os planejamentos nos níveis estratégico, operacional e tático
e norteiem a tomada de decisão, especificamente para o emprego da FAB no cumprimento da sua
missão.

4.4 De acordo com a DCA 37-10, as competências desenvolvidas, para o alcance das capacidades
pretendidas, são o resultado da harmonia entre as esferas de competências listadas anteriormente, as
quais devem ser equilibradas.

4.5 Para o êxito da Trilha de Capacitação do SINTAER é fundamental que haja por parte do CIAER
a coordenação das atividades de educação continuada com os Elos do Sistema, com o Estado-Maior
da Aeronáutica, com o Comando de Operações Aeroespaciais e com o Comando de Preparo.

4.6 A presente Diretriz constitui-se em um instrumento para o estabelecimento de outros atos


normativos julgados necessários pelo CIAER, pelo EMAER e pelo COMGEP.
18/27 DCA 200-5/2020

5 DISPOSIÇÕES FINAIS

5.1 O estabelecimento de uma Trilha de Capacitação no Sistema de Inteligência da Aeronáutica não


tem por objetivo substituir os eventos já existentes, mas sim aperfeiçoar e reforçar os programas já
desenvolvidos, além de estimular o incremento da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência no
COMAER.

5.2 Serão emitidas atualizações desta Diretriz sempre que julgado necessário pelo Estado-Maior e
pelo Centro de Inteligência da Aeronáutica.

5.3 Os casos não previstos nesta Diretriz deverão ser submetidos à apreciação do Chefe do Estado-
Maior da Aeronáutica.

5.4 Esta Diretriz entrará em vigor na data de sua publicação no Boletim do Comando da
Aeronáutica.
DCA 200-5/2020 19/27

REFERÊNCIAS

BRASIL. Decreto de 15 de novembro de 2017 - Aprova a Estratégia Nacional de Inteligência.


Gabinete de Segurança Institucional. Brasília, 2017.

_______. Portaria Ministerial nº 15, de 10 de janeiro de 2013 - Aprova o Plano de Inteligência de


Defesa - PINDE. Ministério da Defesa. Brasília, 2013.

_______. Portaria nº R-14/EMAER, de 26 de novembro de 2001 - Aprova a Doutrina de


Inteligência da Aeronáutica - MCA 200-1. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2001.

_______. Portaria nº 11/GC3, de 07 de janeiro de 2020 - Aprova o Plano de Inteligência da


Aeronáutica - PCA 200-1/2020 PIAER. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2020.

_______. Portaria nº 2.102/GC3, de 18 de dezembro de 2018 - Aprova o Plano Estratégico Militar


da Aeronáutica - PCA 11-47. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2018.

_______. Portaria nº 1.597/GC3, DE 10 de outubro de 2018 - Aprova a reedição da DCA 11-45


“Concepção Estratégica - Força Aérea 100”. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2018.

_______. Portaria n° 3/CIAER, de 19 de dezembro de 2008 - Aprova a FCA 200-2 - Mentalidade


de Segurança. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2008.

_______. Portaria n° 2/CIAER, de 19 de dezembro de 2008 - Aprova a FCA 200-1 - Prevenção de


Escuta Clandestina. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2008.

_______. Portaria n° 3/CIAER, de 08 de outubro de 2009 - Aprova a FCA 200-3 - Prevenção à


Engenharia Social. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2009.

_______. Portaria n° 9/DPL, de 08 de 13 de março de 2013 - Aprova a FCA 200-6 - Guia Prático de
Execução das Medidas do Decreto de Tratamento de Informações Classificadas no COMAER.
Comando da Aeronáutica. Brasília, 2013.

_______. Portaria n° 1869/GC3, de 15 de dezembro de 2015 - Aprova a ICA 205-47 - Instrução


para Salvaguarda de Assuntos Sigilosos da Aeronáutica. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2015.

_______. Portaria n° 1869/GC3, de 15 de dezembro de 2015 - Aprova a ICA 205-47 - Instrução


para Salvaguarda de Assuntos Sigilosos da Aeronáutica. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2015.

_______. Portaria n° 72/1SC, de 18 de setembro de 2019 - Aprova a DCA 37-10 - Diretriz de


Implantação da Trilha de Capacitação de Oficiais no COMAER. Comando da Aeronáutica. Brasília,
2019.

_______. Portaria n° 16/1SC, de 26 de março de 2020 - Aprova a MCA 30-1 - Manual para
Mapeamento de Competências no COMAER. Comando da Aeronáutica. Brasília, 2020.
20/26
OFICIAIS E GRADUADOS (CURSO DE ANEXO A - COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS MILITARES PARA O EFETIVO DO COMAER

Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o
estabelecido na MCA 200-1.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme
preconizado pelo FCA 200-2.
FORMAÇÃO)

Aplicar os preceitos básicos da Doutrina de Inteligência e de Contrainteligência no trâmite de dados, incluindo o ambiente virtual.
Identificar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza o FCA
200-3.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Utilizar os dispositivos Móveis no COMAER, respeitando as normas de segurança da informação, conforme preconizado na ICA 200-17.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações
vigentes.
GRADUADOS (Capitães

Explicar as principais medidas de Segurança Orgânica aplicadas às instalações, ao pessoal, ao material, à documentação e aos meios de Tecnologia da
OFICIAIS E

Informação.
e 2º Sgt)

Identificar ameaças e oportunidades para o COMAER, quando em ambientes de relacionamento administrativo ou operacional no Brasil ou no exterior.
Identificar e implementar ações de prevenção à escuta clandestina por meio de procedimentos específicos, seguros e criptografados, atuando em conjunto
com o CIAER, respeitando o previsto pelo FCA 200-1.
Identificar a finalidade, a estrutura e as atribuições do Sistema de Inteligência da Aeronáutica.
(Maj/Ten Cel e SO/1S)
GRADUADOS
OFICIAIS E

Identificar por meio da Conjuntura Nacional os aspectos que influenciam nas Expressões do Poder Nacional e na missão do COMAER.
Identificar dentro da Conjuntura Internacional os fatores e temas que influenciam os países do entorno estratégico e suas relações com a missão do COMAER.
Identificar e aplicar os procedimentos que normatizam as visitas de estrangeiros às Organizações Militares do COMAER de acordo com a ICA 200-22.
DCA 200-5/2020
ANEXO B - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “S” DO SINTAER

COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA


Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na
MCA 200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Elaborar e implantar o PSO para o respectivo ODS em consonância com o estabelecido nas normas do SINTAER.
Explicar e transmitir às OM subordinadas quanto ao estabelecimento e aplicação dos seus respectivos PSO.
Promover a Segurança da Informação com grau de sigilo estabelecido, considerando as normas e os meios de segurança do SINTAER.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações vigentes.
Identificar os ativos sensíveis do respectivo ODS e empregar medidas de proteção, incluindo o assessoramento às Organizações Militares subordinadas.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
Aplicar a Metodologia de Produção do Conhecimento até o nível Estimativa de acordo com as legislações em vigor no SINTAER.
Aplicar técnicas de Análise qualitativas que permitam a geração de conhecimentos de Inteligência.
Produzir conhecimentos, de acordo com a sua categoria, previstos no PIAER, identificando riscos, ameaças e listando oportunidades para a FAB.
Identificar os diferentes níveis de planejamento que a Inteligência pode ser empregada (Estratégico, Operacional e Tático), de acordo com a Doutrina do SINTAER.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Identificar e aplicar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza o FCA 200-3.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings no ODS e assessorando e fiscalizando as OM
subordinadas.
Analisar e Avaliar a Conjuntura Nacional e Internacional, integrando conhecimentos de sua área de interesse, com o objetivo de identificar ameaças e oportunidades
para o cumprimento da missão do respectivo ODS.
22/26
ANEXO C - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “E” DO SINTAER

COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA


Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na MCA
200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Elaborar e implementar o PSO na OM em consonância com o estabelecido nas normas do SINTAER.
Explicar e transmitir às OM subordinadas quanto ao estabelecimento e aplicação dos seus respectivos PSO.
Promover a Segurança da Informação com grau de sigilo estabelecido, considerando as normas e os meios de segurança do SINTAER.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações vigentes.
Identificar os ativos sensíveis da Organização e empregar medidas de proteção, incluindo o assessoramento às OM subordinadas.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
Aplicar a Metodologia de Produção do Conhecimento até o nível Apreciação de acordo com as legislações em vigor no SINTAER.
Aplicar técnicas de Análise qualitativas que permitam a geração de conhecimentos de Inteligência.
Produzir conhecimentos, de acordo com a sua categoria, previstos no PIAER, identificando riscos, ameaças e listando oportunidades para a FAB.
Identificar os diferentes níveis de planejamento que a Inteligência pode ser empregada (Estratégico, Operacional e Tático), de acordo com a Doutrina do SINTAER.
Construir rede de contatos com outros órgãos de Inteligência, dentro da competência atribuída à Unidade.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Identificar e aplicar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza o FCA 200-3.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings na respectiva OM e assessorando e
fiscalizando as OM subordinadas.
Analisar e Avaliar a Conjuntura Nacional, particularmente em relação à sua Área de Interesse, conforme definido na TCA 200-1, com o objetivo de identificar ameaças
e oportunidades com vistas ao preparo e emprego da Força Aérea Brasileira.
DCA 200-5/2020
ANEXO D - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “I” DO SINTAER

COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA


Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na
MCA 200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Elaborar e implementar o PSO para a OM em consonância com o estabelecido nas normas do SINTAER.
Explicar e transmitir às OM subordinadas quanto ao estabelecimento e aplicação dos seus respectivos PSO.
Promover a Segurança da Informação com grau de sigilo estabelecido, considerando as normas e os meios de segurança do SINTAER.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações vigentes.
Identificar os ativos sensíveis da Organização e empregar medidas de proteção, incluindo o assessoramento às OM subordinadas.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
Aplicar a Metodologia de Produção do Conhecimento até o nível Apreciação de acordo com as legislações em vigor no SINTAER.
Aplicar técnicas de Análise qualitativas que permitam a geração de conhecimentos de Inteligência.
Produzir conhecimentos, de acordo com sua categoria, previstos no PIAER, identificando riscos, ameaças e listando oportunidades para a FAB.
Identificar os diferentes níveis de planejamento que a Inteligência pode ser empregada (Estratégico, Operacional e Tático), de acordo com a Doutrina do SINTAER.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Identificar e aplicar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza FCA 200-3.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings na OM e assessorando e fiscalizando as OM
subordinadas.
Quando pertinente, analisar e avaliar a Conjuntura Nacional, particularmente em relação à sua Área de Interesse, conforme definido na TCA 200-1, com o objetivo de
identificar ameaças e oportunidades com vistas ao preparo e emprego da Força Aérea Brasileira.
24/26
ANEXO E - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA OS ELOS TIPO “C” DO SINTAER

COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA


Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na
MCA 200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Elaborar e implementar o PSO para a OM em consonância com o estabelecido nas normas do SINTAER.
Promover a Segurança da Informação com grau de sigilo estabelecido, considerando as normas e os meios de segurança do SINTAER.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações vigentes.
Identificar os ativos sensíveis da Organização e empregar medidas de proteção.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Identificar ameaças e oportunidades para a OM com vistas ao aperfeiçoamento do PSO.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings.
ANEXO F - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NO CIAER

DCA 200-5/2020
COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA
Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na
MCA 200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Aplicar a Metodologia de Produção do Conhecimento até o nível Estimativa de acordo com as legislações em vigor no SINTAER.
Produzir conhecimentos em consonância com o previsto no PIAER.
Aplicar técnicas de Análise qualitativas que permitam a geração de conhecimentos de Inteligência.
Aplicar um pensamento lógico e analítico a fim de permitir a produção de conhecimento conforme as legislações do SINTAER.
Identificar os diferentes níveis de planejamento que a Inteligência pode ser empregada (Estratégico, Operacional e Tático), de acordo com a Doutrina do SINTAER.
Analisar e sintetizar textos nas línguas inglesa e espanhola com o intuito de acompanhar a conjuntura internacional dos países de interesse.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Produzir a Avaliação da Conjuntura, integrando os conhecimentos de sua área de análise, com a exploração das diversas Fontes de Inteligência disponíveis.
Analisar e Avaliar a Conjuntura Nacional e Internacional com o objetivo de identificar ameaças e oportunidades com vistas ao preparo e emprego da Força Aérea
Brasileira.
Identificar e aplicar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza FCA 200-3.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings.
Aplicar instrução de Metodologia de Produção do Conhecimento nos cursos ministrados pelo CIAER.
Aplicar instrução de Conjuntura Nacional e Internacional nas demandas apresentadas ao CIAER.
Aplicar instrução sobre parâmetros para análise de sistemas militares de países de interesse nas demandas apresentadas ao CIAER
COMPETÊNCIA AVANÇADA ESPERADA
Elaborar Cenários Prospectivos no âmbito Internacional com o objetivo de identificar ameaças e oportunidades com vistas ao preparo e emprego da Força Aérea
Brasileira.
Elaborar Cenários Prospectivos no âmbito Nacional com o objetivo de identificar ameaças e oportunidades com vistas ao preparo e emprego da Força Aérea Brasileira.
Identificar as Teorias das Relações Internacionais em um conflito de contexto internacional.
Identificar as Teorias Geopolíticas Modernas em um conflito de contexto internacional.
26/26
ANEXO G - COMPETÊNCIAS MAPEADAS PARA A PROTEÇÃO DO CONHECIMENTO NO CIAER

COMPETÊNCIA BÁSICA ESPERADA


Identificar o Sistema de Inteligência da Aeronáutica, bem como a metodologia de produção de conhecimento dentro do COMAER, respeitando o estabelecido na
MCA 200-1.
Identificar as fases do Ciclo da Inteligência de acordo com a Doutrina de Inteligência do COMAER.
Identificar as ações de Contrainteligência conforme as legislações do SINTAER.
Identificar e adotar Medidas de Segurança Orgânica, preservando a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade da informação, conforme preconizado pelo
FCA 200-2.
Elaborar e implementar o PSO para a OM em consonância com o estabelecido nas normas do SINTAER.
Aplicar instrução aos Elos do SINTAER quanto ao estabelecimento e aplicação dos seus respectivos PSO.
Promover a Segurança da Informação com grau de sigilo estabelecido, considerando as normas e os meios de segurança do SINTAER.
Aplicar as medidas necessárias para salvaguardar informações classificadas em conformidade com as legislações vigentes no COMAER.
Distinguir assuntos de caráter sigiloso ou sob restrição de acesso, respeitando todos os protocolos de segurança, conforme a ICA 205-47 e legislações vigentes.
Estabelecer a integridade dos dados armazenados em “hardware” ou em trânsito.
Manter o Sistema de Criptografia do COMAER no Brasil e no exterior.
Identificar as ameaças do Espaço Cibernético de acordo com a Doutrina Militar de Defesa Cibernética MD31-M-07.
Aplicar a Metodologia de Produção do Conhecimento até o nível Estimativa de acordo com as legislações em vigor no SINTAER.
Identificar os diferentes níveis de planejamento que a Inteligência pode ser empregada (Estratégico, Operacional e Tático), de acordo com a Doutrina do SINTAER.
COMPETÊNCIA INTERMEDIÁRIA ESPERADA
Identificas as fontes, cujo sigilo seja do interesse do COMAER preservar.
Identificar os ativos sensíveis do COMAER; e empregar e assessorar os demais Elos na adoção de medidas de proteção.
Identificar e aplicar métodos de entrevista e gatilhos psicológicos com foco na prevenção de ameaças às informações do COMAER, conforme preconiza FCA 200-3.
Identificar e aplicar a disseminação da Doutrina e da Mentalidade de Inteligência por meio de palestras, aulas e briefings.
COMPETÊNCIA AVANÇADA ESPERADA
Identificar, avaliar e neutralizar ações adversas de busca (contraespionagem) em consonância com o previsto nas legislações em vigor.
Aplicar os procedimentos de prevenção e obstrução de ações adversas (contrassabotagem e contraterrorismo) contra fontes.
Aplicar procedimentos que visem aos trabalhos de desinformação conforme legislações em vigor.
Edital nº2/2020 PPGDHO

MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA

Edital nº 2/2020

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE ALUNO NO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM

DESEMPENHO HUMANO OPERACIONAL

– PPGDHO –

Nível: Mestrado – Modalidade: Profissional

Turma 2021

Julho de 2020
Edital nº2/2020 PPGDHO

MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA

SUMÁRIO
1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ........................................................... 3
2. DO OBJETO DO PROCESSO SELETIVO .................................................... 5
3. DAS INSCRIÇÕES NO PROCESSO SELETIVO .......................................... 7
4. DO PROCESSO SELETIVO .......................................................................... 10
5. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE SELEÇÃO .................................... 10
6. DO CALENDÁRIO, HORÁRIO DAS PROVAS E DIVULGAÇÃO DOS
RESULTADOS ............................................................................................... 1
2
7. DOS REQUISITOS PARA MATRÍCULA ........................................................ 14
8. DOS RECURSOS .......................................................................................... 14
9. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS .......................................................................... 15
ANEXO 1 – Ficha de inscrição para o Processo Seletivo para Admissão de
Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional ............................................................................................. 16
ANEXO 2 – Orientações para a elaboração do Projeto Preliminar do Trabalho
de Conclusão de Curso ............................................................................. 18
ANEXO 3 – Orientações gerais sobre o PPTCC ............................................. 19
ANEXO 4 – Temas de pesquisa e de produção técnica do PPGDHO .............. 22
ANEXO 5 – Barema para a avaliação do Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso ................................................................................ 39
ANEXO 6 – Barema para a avaliação da Entrevista (Arguição do candidato) 40
ANEXO 7 – Modelo da Carta de Anuência ...................................................... 41
ANEXO 8 – Calendário previsto para a oferta de disciplinas e demais
atividades acadêmicas do PPGDHO – Turma 2021 ................................ 42
ANEXO 9 – Formulário de requerimento de recursos ...................................... 43

2
Edital nº2/2020 PPGDHO

MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES


1.1 DOS OBJETIVOS DO PPGDHO
1.1.1 O Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional
(PPGDHO), modalidade profissional, tem os seguintes objetivos:
a) Capacitar recursos humanos para o desenvolvimento de pesquisas e
de produções técnicas aplicadas à melhora do desempenho humano
operacional no âmbito das Forças Armadas, em consonância com as
Linhas de Pesquisa e de Produção Técnica do Programa; e
b) Diagnosticar, planejar e desenvolver, com base em premissas
científicas, pesquisas, técnicas, processos, produtos, protocolos,
entre outras produções técnicas, bem como avaliar seus efeitos na
melhora do nível de desempenho humano operacional no âmbito
das Forças Armadas, em consonância com as Linhas de Pesquisa e
de Produção Técnica do Programa.

1.2 DO PROCESSO DE FORMAÇÃO E INTEGRALIZAÇÃO DO PPGDHO


1.2.1 O processo de formação acadêmico-profissional do PPGDHO está
organizado em 3 (três) fases sequenciais e interdependentes: Fase de
Nivelamento, quando o aluno deverá se apropriar dos fundamentos
teórico-metodológicos aplicados ao desempenho humano operacional,
revisar a literatura afim e definir o problema e objeto de pesquisa ou
produção técnico-profissional; Fase de Qualificação do Projeto de
Trabalho de Conclusão de Curso (TCC); e Fase de Desenvolvimento e
Conclusão do TCC.
1.2.2 A condição para que o aluno progrida de uma fase para a outra é a
aprovação em todas as disciplinas e/ou atividades de formação
inerentes a cada uma das fases.
1.2.3 A dinâmica do processo de formação deve ser consultada nas Normas
Reguladoras do Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional da Universidade da Força Aérea.

3
Edital nº2/2020 PPGDHO

1.3 AMPARO NORMATIVO


1.3.1 A Universidade da Força Aérea (UNIFA), por intermédio da Pró-Reitoria
de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPGP), conforme a ICA 37-556
Normas Reguladoras para os Programas de Pós-Graduação Stricto
Sensu da Universidade da Força Aérea, TCA 37-14 Cursos e Estágios
do COMGEP para 2020 e 2021 e nos termos do presente Edital, faz
saber a todos os interessados que estarão abertas as inscrições do
Processo Seletivo para Admissão de Aluno para o Programa de Pós-
Graduação em Desempenho Humano Operacional, nível Mestrado,
modalidade Profissional, no período de 14 a 27 de setembro de 2020,
com vistas ao início das atividades acadêmicas em 1º de março de
2021.
1.3.2 O PPGDHO foi criado e aprovado por meio da Portaria nº 1.240/GC3, de
20 de agosto de 2015, publicada no DOU nº 160, de 21 de agosto de
2015, em consonância com a Lei de Ensino da Aeronáutica (Lei nº
12.464, de 05 de agosto de 2011), e homologado pelo Ministério da
Educação por meio da Portaria nº 478, de 13 de maio de 2020,
publicada no DOU nº 92, de 15 de maio de 2020.
1.3.3 Para a realização das atividades de formação, o PPGDHO conta com a
cooperação acadêmica do Centro de Educação Física Almirante
Adalberto Nunes da Marinha do Brasil, conforme Termo de Cooperação
Técnica nº 63129/2018-23, celebrado entre a UNIFA e o CEFAN,
publicado no DOU nº 127, de 04 de julho, de 2018.

1.4 DIVULGAÇÃO
1.4.1 Outras informações sobre o Programa, que não constam neste Edital,
poderão ser obtidas na página da UNIFA (Internet:
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/).

1.5 RESPONSABILIDADE
1.5.1 O Processo Seletivo será regido por este Edital e sua execução será de
responsabilidade da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da
UNIFA, por meio de uma Comissão Organizadora e de uma Comissão
de Avaliação e Seleção, reguladas por Portaria do Comandante e Reitor
da UNIFA.
1.5.2 São de inteira responsabilidade do candidato o conhecimento pleno
deste Edital e seus anexos e o acompanhamento das publicações dos
resultados e dos comunicados referentes ao Processo Seletivo por meio
da página eletrônica constante no item 1.4.1.

4
Edital nº2/2020 PPGDHO

1.5.3 A inscrição neste Processo Seletivo implica a aceitação irrestrita, por


parte do candidato, das normas e das condições estabelecidas no
presente Edital.
1.5.4 O candidato deverá observar o rigoroso cumprimento dos prazos
estabelecidos no Calendário de Eventos constante no item 6.

2. DO OBJETO DO PROCESSO SELETIVO


2.1. DO PÚBLICO ALVO
2.1.1. As vagas para admissão de alunos especiais do PPGDHO serão
oferecidas para oficiais das Forças Armadas e servidores civis em
exercício de cargo de nível superior, vinculados funcionalmente ao
Ministério da Defesa, Comando da Marinha, Comando do Exército e
Comando da Aeronáutica, portadores de diploma de cursos de
graduação das escolas de formação de oficiais das Forças Armadas,
bem como portadores de diplomas de cursos de graduação
reconhecidos pelo Ministério da Educação em áreas de conhecimento
relacionadas às Linhas de Pesquisa e de Produção Técnica do
PPGDHO, que atendam aos requisitos da UNIFA e cujos projetos de
pesquisa sejam do interesse do Comando da Aeronáutica.
2.1.2. Se o candidato for servidor civil do Ministério da Defesa, Comando das
Forças Armadas deverá exercer cargo/função assemelhado a Oficial,
nos termos da Portaria Nº 614/GC1, de 26 de maio de 2020, disponível
na página eletrônica: http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/.

2.2. DA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO, DAS LINHAS DE PESQUISA E DE


PRODUÇÃO TÉCNICA, E DOS CONHECIMENTOS DE PRÉ-
REQUISITOS.
2.2.1. Área de concentração de estudos e de produção técnica do PPGDHO:
a) Avaliação e intervenção biopsicossocial do desempenho humano
operacional
2.2.2. Linhas de pesquisa e de produção técnica do PPGDHO
a) Avaliação e intervenção biodinâmica aplicada ao desempenho
humano operacional
Pré-requisitos: Para concorrer a esta Linha de Pesquisa
pressupõe-se que o candidato apresente conhecimentos sólidos
nos seguintes temas: anatomia humana musculoesquelética;
cinesiologia; antropometria; fisiologia; avaliação da função
muscular e reabilitação; mecânica muscular, articular e da coluna,
fisiologia geral e do exercício; medidas e avaliação das

5
Edital nº2/2020 PPGDHO

capacidades físicas, avaliação das capacidades físicas; princípios,


métodos e prescrição do treinamento físico; e gasto energético.

b) Avaliação e intervenção comportamental aplicada ao


desempenho humano operacional
Pré-requisitos: Para concorrer a esta Linha de Pesquisa
pressupõe-se que o candidato apresente conhecimentos sólidos nos
seguintes temas: teorias da motivação; estresse; agentes
estressores; efeitos psicofisiológicos do estresse; processos mentais
(atenção, percepção, cognição, armazenamento e recuperação de
memória, resposta motora); relações interpessoais; consciência
situacional; interação homem-máquina (IHM).

2.3. DAS VAGAS EXISTENTES


2.3.1. O PPGDHO, em nível de Mestrado, modalidade Profissional, disporá de
até 18 (dezoito) vagas para a turma de 2021, distribuídas entre os
docentes orientadores, conforme item 2.3.5.
2.3.2. O preenchimento das vagas será exclusivamente por mérito e
potencialidade acadêmica dispostas nos itens 6 (DAS VAGAS
EXISTENTES) e 9 (DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE SELEÇÃO)
deste Edital, o que não obriga a Comissão de Avaliação e Seleção a
efetivar o preenchimento integral das vagas especificadas no certame.
2.3.3. O candidato deverá apresentar um Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso, tendo como referência um dos temas de pesquisa
e de produção técnica especificados e relacionados por docente
orientador (Anexo 4).
2.3.4. O candidato que apresentar um Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso que verse sobre tema diferente dos especificados
será excluído do Processo Seletivo para Admissão de Aluno no
Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional.
2.3.5. O Quadro a seguir apresenta a relação dos docentes orientadores da
UNIFA e do CEFAN, os números de vagas e os links para acesso aos
respectivos Currículos Lattes:

Docente Orientador Link para Currículo Lattes
Vagas
Dr. Adriano Percival Calderaro Calvo – Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/4665929995935700
Dr. Alexander Barreiros Cardoso Bomfim - Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/7272607679233469
Dr. Daniel de Souza Alves - 1ºTen (RM2-T) 01 http://lattes.cnpq.br/8676542659271729
Dra. Daniele Bittencourt Ferreira - 2ºTen QOCON FIS 01 http://lattes.cnpq.br/4884255847385519
Dra. Daniele Gabriel Costa - 2ºTen QOCON EFI 01 http://lattes.cnpq.br/6196716047896091
Dra. Daniele Mariano Seda - 1ºTen (T) 01 http://lattes.cnpq.br/3908665882243415
Dr. Fabio Angioluci Diniz Campos – Docente Civil 02 http://lattes.cnpq.br/4078587765452385
Dra. Fabrícia Geralda Ferreira - Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/1068094310010737

6
Edital nº2/2020 PPGDHO


Docente Orientador Link para Currículo Lattes
Vagas
Dr. Gilberto Pivetta Pires – Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/6427085515124125
Dr. Helder Guerra de Resende - Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/9291859338638156
Dra. Leonice Aparecida Doimo - Docente Civil 01 http://lattes.cnpq.br/6538444326287125
Dr. Marcelo Baldanza Ribeiro - 2ºTen QOCON EFI 01 http://lattes.cnpq.br/8450622787062766
Dra. Paula Morisco de Sá Peleteiro - 2ºTen QOCON FIS 01 http://lattes.cnpq.br/9735059454319185
Dra. Priscila dos Santos Bunn - CT (S) 01 http://lattes.cnpq.br/6784789123102132
Dr. Renato de Oliveira Massaferri - 2ºTen QOCON EFI 01 http://lattes.cnpq.br/0581438786290306
Dr. Thiago Jambo Alves Lopes - CC (S) 02 http://lattes.cnpq.br/4344532550010486

3. DAS INSCRIÇÕES NO PROCESSO SELETIVO


3.1. DOS PERÍODOS E PRAZOS PARA AS INSCRIÇÕES
3.1.1. As inscrições para o Processo Seletivo para Admissão de Aluno no
Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional
estarão abertas no período de 14 a 27 de setembro de 2020.
3.1.2. Dos meios eletrônicos de comunicação:
a) http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/
b) E-mail: selecaoppgdho@gmail.com

3.2. DO HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA ACADÊMICA -


SECAC
a) Local: 1º andar do Prédio da Vice-Reitoria Acadêmica da UNIFA
b) Expediente: De segunda-feira a quinta-feira, das 10h às 11h
30min. e das 13h às 15h:30min.
c) Telefones: (021) 2157-2848 e (021) 2157-2442

3.3. DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO


3.3.1. Ficha de Inscrição do(a) Candidato(a) original, integralmente
preenchida, com todas as páginas rubricadas, devidamente assinadas e
digitalizadas em formato PDF (Anexo 1).
3.3.2. Ficha de Identificação do Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso (Anexo 2), digitalizado em formato PDF,
devidamente preenchida e assinada.
3.3.3. Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso (orientações
e modelo nos Anexo 3), digitalizado em formato PDF, em consonância
com uma das linhas e temas de pesquisa ou de produção técnica do
PPGDHO (Anexo 4).
3.3.4. Currículo Lattes, preenchido pelo próprio candidato diretamente no site
do CNPq, no link referente à Plataforma Lattes <http://lattes.cnpq.br/>.

7
Edital nº2/2020 PPGDHO

a) O Currículo Lattes devidamente preenchido na Plataforma Lattes é


condição obrigatória para a inscrição.
b) Não serão aceitos currículos em outros formatos.
c) O link para acesso ao Currículo Lattes deverá ser informado no local
específico existente na Ficha de Inscrição do Candidato (Anexo 1).
3.3.5. Cópia digitalizada no formato PDF do Diploma ou Certidão de
Conclusão de Curso de Graduação obtido(a) em escolas de formação
de oficiais, ou em curso de graduação reconhecido pelo MEC, em área
de conhecimento relacionada à(s) Linha(s) de Pesquisa e de Produção
Técnica do PPGDHO.
3.3.6. Para os candidatos servidores civis do Ministério da Defesa, Comando
da Marinha, Comando do Exército e Comando da Aeronáutica, cópia
digitalizada (formato PDF) da nomeação do cargo publicada no Boletim
Interno da respectiva Força ou no D.O.U.;
3.3.7. Cópia digitalizada no formato PDF do Histórico Escolar do Curso de
Graduação.
3.3.8. Cópia digitalizada no formato PDF de Documento de Identificação.
a) Se o candidato for militar, somente será aceita a identidade militar.
Para os candidatos civis serão aceitos como documentos de
identificação: carteira de identidade (expedida por Comando Militar,
Ministério da Defesa, Secretaria de Segurança Pública ou de Defesa
Social, Ministério da Justiça, Polícia Militar ou Corpo de Bombeiro
Militar); carteira expedida pelos órgãos fiscalizadores de exercício
profissional (Ordens, Conselhos, etc.); passaporte; carteira funcional
do Ministério Público; certificado de reservista: carteira funcional
expedida por órgão público ou Conselhos de Classe que, por força de
lei federal, valha como identidade; Carteira de Trabalho e Previdência
Social (CTPS) e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
b) Não serão aceitos como documentos de identificação: certidão de
nascimento; título de eleitor; carteira de estudante; cartão do
Cadastro de Pessoa Física (CPF); carteira de clube ou de entidade
de classe; crachá funcional; Certificado de Alistamento Militar (CAM);
Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).
3.3.9. Cópia digitalizada no formato PDF do Cadastro de Pessoa Física
(CPF).
a) A comprovação do CPF também poderá ser feita por meio do
Documento de Identificação (se for o caso) ou por meio de
comprovante expedido diretamente no site da Receita Federal.
3.3.10. Carta de Anuência, expedida e assinada pelo Comandante, Chefe ou
Diretor da Organizador Militar, relativa à participação do candidato no

8
Edital nº2/2020 PPGDHO

Processo Seletivo para Admissão de Aluno no PPGDHO e, caso


selecionado, durante todo o curso de mestrado (Anexo 7). Esse
documento será exigido para militares da ativa ou em Prestação de
Tarefa por Tempo Certo - PTTC, bem como para civis em atividade no
âmbito das Forças Armadas e Ministério da Defesa.
3.3.11. Uma foto (modelo 3x4 ou dimensões 354x472 pixels e com resolução
de 300 dpi) recente digitalizada no formato JPG, com fundo branco.
3.3.12. A documentação especificada no item 3.3 é obrigatória e de
responsabilidade do próprio candidato, devendo ser enviada à
Secretaria Acadêmica, por e-mail <selecaoppgdho@gmail.com>, nos
prazos definidos neste Edital.
3.3.13. A não apresentação de qualquer um dos documentos exigidos, no
prazo regulamentar, acarretará a não homologação da inscrição.

3.4. DOS PROCEDIMENTOS PARA A INSCRIÇÃO


3.4.1. O candidato deverá digitalizar todos os documentos especificados nos
subitens relativos ao item 3.3, no formato PDF, e enviar para o e-mail
<selecaoppgdho@gmail.com> nos prazos indicados neste Edital.
a) Não serão aceitas inscrições enviadas pelos Correios e entregues
pessoalmente.
3.4.2. A Secretaria Acadêmica enviará a cada candidato, num prazo de até 72
(setenta e duas) horas, uma mensagem padronizada de confirmação de
recebimento da sua documentação, para conferência e posterior
homologação.
3.4.3. O candidato que não receber a confirmação de recebimento da
documentação no prazo de 72 horas deverá entrar em contato com a
Secretaria Acadêmica no prazo de 1 (um) dia útil para receber as
instruções de comprovação de envio.
3.4.4. A UNIFA não se responsabiliza pelo envio inadequado e incompleto da
documentação indicada no item 3.3.
3.4.5. Caberá ao candidato a responsabilidade de acompanhar o trâmite da
documentação enviada por e-mail.
3.4.6. Não serão homologadas as inscrições cuja documentação seja enviada
e recebida após o dia 27 de setembro de 2020, às 24 horas.
3.4.7. A relação das inscrições homologadas será divulgada no site da UNIFA,
no link http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/ da Pós-Graduação, e no
mural da Vice-Reitoria.

9
Edital nº2/2020 PPGDHO

4. DO PROCESSO SELETIVO
4.1. O processo seletivo de que trata o presente edital constará das seguintes
etapas:
4.1.1. Análise da Documentação relativa à inscrição
4.1.2. Análise e avaliação do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de
Curso (PTCC)
4.1.3. Prova de Compreensão em Língua Inglesa
4.1.4. Entrevista sobre conhecimento relativo ao PTCC

5. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE SELEÇÃO


5.1. O Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de Pós-
Graduação em Desempenho Humano Operacional será realizado em
quatro etapas, observados os seguintes critérios de avaliação:
5.1.1. 1ª Etapa: Análise da documentação (de caráter eliminatório).
a) Verificação se os formulários estão preenchidos corretamente, se a
documentação está completa e de acordo com o exigido.
b) Análise preliminar se o projeto apresentado atende aos interesses do
Comando da Aeronáutica e do Comando da Marinha, conforme o
Termo de Cooperação Técnica nº 63129/2018-23, celebrado entre a
UNIFA e o CEFAN.

5.1.2. 2ª Etapa: Análise e avaliação do Projeto Preliminar do Trabalho de


Conclusão de Curso (de caráter eliminatório).
a) Análise do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso –
avaliação da sua relação com as linhas e os temas de pesquisa e de
produção técnica do PPGDHO, bem com avaliação do mérito
acadêmico e da exequibilidade do projeto, conforme Barema (Anexo
5).
b) Eliminação do candidato cujo Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso não esteja adequado a uma das linhas e temas
de pesquisa e de produção técnica do PPGDHO (Anexo 4).
c) Será considerado eliminado o candidato cujo Projeto Preliminar do
Trabalho de Conclusão de Curso não atenda aos parâmetros e níveis
mínimos de adequação teórico-metodológica (Anexo 5).
d) Não serão aprovadas as propostas de trabalhos de revisão da
literatura.

10
Edital nº2/2020 PPGDHO

e) Os candidatos considerados qualificados nesta Etapa estarão


habilitados à realização da Prova de Compreensão em Língua Inglesa
e Entrevista.

5.1.3. 3ª Etapa: Prova de Compreensão em Língua Inglesa (caráter


eliminatório).
a) Será realizada uma prova escrita, com duração máxima de 3 (três)
horas, a partir da qual se avaliará a capacidade do candidato
compreender textos na área de conhecimento do PPGDHO na língua
inglesa.
b) Será facultado o uso de dicionário (inglês-inglês) pelos candidatos
(pessoal e intransferível).
c) Não será permitida a utilização de dispositivos eletrônicos durante a
realização da prova.
d) Os candidatos somente poderão ausentar-se do local de realização
da Prova de Compreensão de Língua Inglesa após decorrida uma
hora do seu início.
e) Será considerado qualificado o candidato que obtiver um
desempenho igual ou superior a 70% (setenta) do que for exigido na
Prova de Compreensão em Língua Inglesa.

5.1.4. 4ª Etapa: Entrevista (caráter eliminatório).


a) Na entrevista, o candidato será solicitado a esclarecer aspectos
relacionados à formação e à experiência profissional, ao potencial
acadêmico, aos pressupostos e fundamentos teóricos e
metodológicos do Projeto Preliminar de Trabalho de Conclusão de
Curso proposto, à disponibilidade para a integralização do Curso no
prazo regulamentar, e ao desempenho na comunicação oral (Anexo
6).
b) Os candidatos serão convocados para a realização da 4ª Etapa
(entrevista) e serão avaliados nesta etapa, independente do resultado
obtido na 3ª Etapa (Prova de Inglês), que só será divulgado a
posteriori.
5.1.5. A consolidação do resultado do Processo Seletivo para Admissão de
Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional, com a homologação, a publicação e a divulgação da
classificação final por docente orientador, dar-se-á da seguinte forma:
a) O desempenho dos candidatos, em cada uma das etapas do
processo seletivo, será expresso por meio dos critérios

11
Edital nº2/2020 PPGDHO

QUALIFICADO ou NÃO QUALIFICADO, indicado pela maioria dos


integrantes da Comissão de Avaliação e Seleção.
b) Os resultados de cada etapa do processo seletivo serão afixados no
quadro de avisos da Vice-Reitoria Acadêmica e divulgados no site da
UNIFA, no link Pós-Graduação (Internet:
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/).
c) O resultado final do processo seletivo dependerá do “aceite” do
docente orientador para o qual o(a) candidato(a) concorreu.
• Excepcionalmente, outro docente orientador poderá “aceitar” um
candidato qualificado que tenha concorrido para outra vaga e que
concorde com a mudança de orientador(a) e a possível
readequação temática do Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso.

6. DO CALENDÁRIO, HORÁRIO DAS PROVAS E DIVULGAÇÃO DOS


RESULTADOS
6.1. A homologação definitiva das inscrições relativas ao Processo Seletivo
para Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho
Humano Operacional (Análise da Documentação – 1ª Etapa) será
divulgada até o dia 09 de outubro de 2020, no Mural da Vice-Reitoria e no
site da UNIFA, no link Pós-Graduação
(http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/).
6.2. A relação dos candidatos qualificados no Projeto Preliminar do Trabalho de
Conclusão de Curso (2ª Etapa) e selecionados para a Prova de
Compreensão de Língua Inglesa e Entrevista será divulgada até o dia 22
de outubro de 2020, no Mural da Vice-Reitoria e no site da UNIFA, no link
Pós-Graduação (Internet: http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/).
6.3. A Prova de Compreensão de Língua Inglesa (3ª Etapa) será aplicada nas
instalações da Vice-Reitoria, no dia 23 de novembro de 2020, e terá
duração de 3 (três) horas, com início às 13h 30min, impreterivelmente.
6.4. A relação dos candidatos qualificados na Prova de Compreensão de
Língua Inglesa (3ª Etapa) será divulgada até o dia 04 de dezembro de
2020, no Mural da Vice-Reitoria e no site da UNIFA, no link Pós-Graduação
(http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/).
6.5. As entrevistas dos candidatos (4ª Etapa) qualificados nas etapas anteriores
ocorrerão no período de 24 a 26 de novembro de 2020, das 8h às
16h30min, nas instalações da UNIFA.
6.5.1. O calendário de entrevistas (data e horário previstos) será afixado no
Mural da Vice-Reitoria e no site da UNIFA, no link Pós-Graduação

12
Edital nº2/2020 PPGDHO

(Internet: http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/), até o dia 30 de outubro


de 2019.
6.5.2. O horário de encerramento das entrevistas poderá ser prorrogado em
função da dinâmica das mesmas.
6.6. A relação final dos candidatos qualificados e selecionados para a
realização de matrícula no PPGDHO na condição de alunos será afixada
no Mural da Vice-Reitoria e no site da UNIFA, no link Pós-Graduação
(Internet: http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/), no dia 04 de dezembro de
2020.
6.7. Caberá ao candidato a responsabilidade de acompanhar todas as etapas
deste processo seletivo.
6.8. O Quadro a seguir apresenta o cronograma do Processo Seletivo para
Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho
Humano Operacional:
Nº EVENTO PERÍODO/DATA
01 Período das inscrições 14 a 27 de setembro de 2020
02 Divulgação da relação dos candidatos qualificados na 1ª Etapa
do Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de
até 02 de outubro de 2020
Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional
(Homologação preliminar das inscrições)
03 Recurso contra o resultado da 1ª Etapa do Processo Seletivo
para Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em 06 de outubro de 2020
Desempenho Humano Operacional
04 Divulgação da apreciação de recursos relativos à 1ª Etapa do
Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de Pós-
09 de outubro de 2020
Graduação em Desempenho Humano Operacional
(Homologação definitiva das inscrições)
05 Divulgação da relação dos candidatos qualificados na 2ª Etapa
do Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de
Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional até 22 de outubro de 2020
(avaliação do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de
Curso)
06 Divulgação do calendário das Entrevistas até 30 de outubro de 2020
07 Prova de Compreensão em Língua Inglesa (3ª Etapa) 23 de novembro de 2020 - 13h 30min
08 Realização das Entrevistas (4ª Etapa) 24 a 26 de novembro de 2020
09 Divulgação do gabarito final da Prova de Compreensão da
24 de novembro de 2020
Língua Inglesa
10 Recurso contra o gabarito a Prova de Compreensão da Língua
26 de novembro de 2020
Inglesa
11 Divulgação da apreciação dos recursos da Prova de
02 de dezembro de 2020
Compreensão da Língua Inglesa
12 Divulgação dos resultados e recursos da Prova de Língua
02 de dezembro de 2020
Inglesa (3ª Etapa).
13 Divulgação dos resultados da Entrevista (4ª Etapa). 04 de dezembro de 2020
14 Divulgação da relação final dos candidatos qualificados e
até 04 de dezembro de 2020
selecionados no Processo Seletivo.
15 Data da matrícula para os candidatos qualificados e selecionados 01de março de 2021
16 Início das aulas do 1º módulo de disciplinas 01 de março de 2021

13
Edital nº2/2020 PPGDHO

7. DOS REQUISITOS PARA MATRÍCULA


7.1. São requisitos para a realização de matrícula no PPGDHO na condição de
aluno:
7.1.1. Ter sido qualificado em todas as etapas do Processo Seletivo para
Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho
Humano Operacional, além de ter sido selecionado por um dos docentes
orientadores, no limite do número de vagas.
7.1.2. Não estar respondendo a processo criminal na Justiça Militar e/ou
Comum.
7.1.3. Não estar realizando e não haver o planejamento de realização de
missões no exterior (superiores a 6 meses) em concomitância com o
período de realização do PPGDHO.
7.2. A ordem de matrícula para o PPGDHO, para os candidatos qualificados e
selecionados no Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa
de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional, dar-se-á no
período a ser divulgado pela UNIFA e comunicado por intermédio do e-mail
declarado pelo candidato.
7.2.1. Será considerado desistente o candidato qualificado e classificado que
não efetuar a matrícula no prazo determinado pela UNIFA. Nesse caso,
será analisada a possibilidade de chamada do próximo candidato,
rigorosamente ordenado na relação dos qualificados que disputaram a
vaga para o docente orientador, com disponibilidade não preenchida.

8. DOS RECURSOS
8.1. O candidato poderá impetrar recurso contra os resultados preestabelecidos
em 02 e 07 do cronograma de atividades do Processo Seletivo para
Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho
Humano Operacional, constante no item 6.7.
8.2. Não caberá recurso, caso o candidato não tenha encaminhado
documentação comprobatória alguma.
8.3. Em nenhuma hipótese, será admitida interposição de recurso e entrega de
documentação fora do prazo estabelecido no calendário.
8.4. Os recursos deverão ser encaminhados para o e-mail
<selecaoppgdho@gmail.com> e serão analisados pela Comissão
responsável, que poderá manter ou alterar o indeferimento, não havendo
possibilidade de novo recurso.

14
Edital nº2/2020 PPGDHO

9. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


9.1. Os candidatos deverão chegar ao local de realização das 3ª e 4ª etapas do
Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de Pós-
Graduação em Desempenho Humano Operacional, 30 (trinta) minutos
antes do horário previsto.
9.2. A ausência ou o atraso do candidato, em qualquer uma das etapas do
Processo Seletivo para Admissão de Aluno no Programa de Pós-
Graduação em Desempenho Humano Operacional, eliminá-lo-á do
processo seletivo, independentemente do motivo ocorrido.
9.2.1. Não haverá 2ª chamada para qualquer uma das etapas desse processo
seletivo.
9.3. A UNIFA não se responsabilizará por custos financeiros, decorrentes de
transportes aéreo e terrestre, hospedagem, alimentação, entre outros,
necessários, tanto à participação no Processo Seletivo para Admissão
de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional, quanto à futura realização do Curso de Mestrado.
9.4. A inscrição para a realização do Processo Seletivo para Admissão de
Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional pressupõe a aceitação de todas as regras deste Edital.
9.5. O resultado só terá validade para a turma de 2021.
9.6. Os arquivos da documentação enviados pelos candidatos NÃO
QUALIFICADOS e/ou NÃO SELECIONADOS serão eliminados pela
Secretaria Acadêmica, após a homologação do resultado desse
processo seletivo.
9.7. Segue no Anexo 8 a previsão de calendário para a oferta de disciplinas
e demais atividades acadêmicas do PPGDHO, relativa à turma de 2021.
9.8. Caberá ao Comandante e Reitor da UNIFA dar a solução aos casos não
contemplados neste Edital.

Brigadeiro de Infantaria R/1 Augusto Cesar Amaral


Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa

De acordo:

Brigadeiro Intendente R/1 Luiz Tirre Freire


Vice-Reitor Acadêmico da UNIFA

Aprovo:

Brigadeiro do Ar Luis Renato de Freitas Pinto


Comandante Interino e Reitor da UNIFA

15
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 1

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA O


PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE ALUNO NO PPGDHO 1

DADOS PESSOAIS

Nome completo do Candidato:

Sexo: Estado Civil:

Data de Nasc.:

Nº Identidade: Órgão: Data de Expedição:

CPF: Posto/Graduação (militar):

SARAM/FUSEX/FUSMA (militar): SIAPE (civil):

Nome completo do Pai:

Nome completo da Mãe:

Endereço residencial completo:

CEP: Cidade: Estado:

Telefone Fixo: Fax:

Celular: E-mail:

INFORMAÇÕES PROFISSIONAL

Organização Militar / Instituição em que trabalha

Sigla da OM / Instituição:

Cargo/Função:

1
Este formulário está disponível na versão .docx do word na página do PPGDHO <
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/ >, PROCESSO SELETIVO > Formulários.

16
Edital nº2/2020 PPGDHO

Endereço Profissional:

CEP: Cidade: Estado:

Telefone Fixo: Fax:

E-mail Profissional:

Link para acesso ao Currículo Lattes (CL):


(Veja o exemplo do link de acesso ao CL no item 6.3)

NECESSIDADES ESPECIAIS

É candidato portador de necessidades especiais? NÃO SIM

Caso necessite de auxílio especial, descreva-o no campo abaixo

Declaro estar ciente do Item 7.1.3 deste Edital (É vedada a concomitância com
missões no exterior, superiores a 6 meses, com o PPGDHO).

17
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 2

ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO


PROJETO PRELIMINAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
O candidato deverá apresentar o Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão
de Curso (PPTCC) a partir da escolha de um dos temas apresentados no Anexo 4.

• FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PRELIMINAR DE TRABALHO


DE CONCLUSÃO DE CURSO 2

Nome do Docente Orientador de Interesse (consultar o edital):

Título do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso:

________________________________, __________de _____________ de 2020.

________________________________________________
Assinatura do Candidato

2
Este formulário está disponível na versão .docx do word na página do PPGDHO <
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/ >, PROCESSO SELETIVO > Formulários.

18
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 3

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE O PPTCC


1. Identificação:
FAVOR NÃO IDENTIFICAR O PPTCC. O PPTCC terá a sua
identificação codificada pela Secretaria Acadêmica, antes de ser enviado à
Comissão de Avaliação e Seleção do Processo Seletivo para Admissão de
Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional,
com a finalidade de garantir a isenção e a impessoalidade no processo de
análise da proposta.
2. Dimensionamento do PPTCC
a. Máximo de 15 páginas (incluindo as referências, apêndices,
anexos, tabelas, ilustrações e outros).
b. Numeração a partir da primeira página do texto
(desconsiderando-se capa, contracapa, sumário, índice) no canto
superior direito, em fonte 10.
3. Formatação
a. Arquivo em PDF.
b. Folha tamanho A4.
c. Margens superior 3cm, inferior 2cm, esquerda 3cm e direita 2cm.
d. Fonte Arial.
e. Tamanho da fonte 12.
f. Espaçamento entre linhas 1,5.
4. Tabelas e Ilustrações
Seguir as orientações das normas de apresentação tabular do IBGE
(IBGE: Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993. 61 p.)3.
5. Citações
Todas as citações devem seguir a NBR 10520 da ABNT (Citações em
Documentos – Apresentação)4.
6. Referências
As referências devem ser reunidas no final do PPTCC, em ordem
alfabética, alinhadas à margem esquerda do texto, em espaço simples e

3
As normas de apresentação tabular (tabelas, gráficos e figuras) podem ser consultadas em
https://www.unila.edu.br/sites/default/files/files/Manual%20para%20Elaboracao%20das%20Ilust
racoes%20Final.pdf
4
A NBR 10520 pode ser consultada em
http://unipe.br/painel/arquivos/downloads/abntnbr10520-Cita%C3%A7%C3%B5es.pdf

19
Edital nº2/2020 PPGDHO

separadas entre si por espaço duplo, de acordo com a NBR 6023 da ABNT
(Referências – Elaboração)5.
7. Texto:
O texto deverá ser preparado especificamente para o Processo Seletivo
para Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho
Humano Operacional. O teor do PPTCC deverá versar sobre um dos temas de
pesquisa ou de produção técnica indicado no Anexo 4.
Serão itens importantes para a avaliação: a adequação e o nível de
atualização do texto; a capacidade de redação lógica e gramaticalmente
correta; a capacidade de síntese; e a clareza, consistência e coerência na
exposição das ideias.
8. IMPORTANTE
O PPTCC dos candidatos QUALIFICADOS poderá receber indicações
de mudanças por parte do docente orientador, de modo a se ajustar à linha de
pesquisa e de produção técnica a que se destina.
MODELO DE PROJETO PRELIMINAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO
1. Capa
Com o título do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso e
data (mês e ano).
2. Contracapa
Com o título do Projeto Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso e
CPF do candidato.
3. Texto
a. Introdução
Contextualizar o tema a ser tratado (no espaço e no tempo). Delimitar o
tema para o estudo e o universo a ser abrangido.
b. Embasamento teórico
Descrever os principais relatos da literatura, relacionados ao tema
proposto de modo a justificar seu suporte teórico. Citar autores e suas obras
(livros, trabalhos acadêmicos, publicações em periódicos, etc.).
c. Caracterização da questão-problema
Descrever objetivamente a questão-problema a que pretende responder
com o desenvolvimento do TCC.
d. Justificativa e relevância
Justificar a escolha do tema e caracterizar a sua relevância, delimitando-
o no contexto da linha de pesquisa e de produção técnica escolhida, dada a

5
A NBR 6023 da ABNT pode ser consultada em http://www.ufrgs.br/psicoeduc/arquivos/abnt-
nbr-6023-referencias.pdf

20
Edital nº2/2020 PPGDHO

sua importância para o desempenho humano operacional no âmbito das


Forças Armadas.
e. Objetivo geral e objetivos específicos
Explicitar o objetivo geral e delimitar os objetivos específicos do Projeto
Preliminar do Trabalho de Conclusão de Curso, definindo o produto final a ser
obtido: Relatório de pesquisa, artigo científico, definição de processo, de
técnica, de protocolo, entre outro tipo de produção técnica. Não serão aceitos
artigos de revisão da literatura.
f. Procedimentos metodológicos e estratégia de ação
Descrever o caminho que pretende seguir (ou como procederá) para a
realização do TCC e explicar como os objetivos serão alcançados.
g. Cronograma
Especificar os diferentes períodos e respectivas etapas para a realização
completa do TCC, considerando que o PPGDHO tem a duração máxima de
dois anos.
h. Referências bibliográficas
Relacionar as obras da literatura citadas, tanto as impressas quanto as
obtidas na internet ou em outros meios eletrônicos.

21
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 4

TEMAS DE PESQUISA E DE PRODUÇÃO TÉCNICA DO PPGDHO


O PPGDHO é destinado ao desenvolvimento de pesquisas e de
produções técnicas (procedimentos, técnicas, protocolos, processos, softwares,
produtos, tecnologias e inovações) aplicadas a temas relacionados à
Capacitação Biopsicossocial no âmbito das Forças Armadas, com ênfase no
Desempenho Humano Operacional.
Com o propósito de orientar os candidatos ao Processo Seletivo para
Admissão de Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano
Operacional seguem os temas acadêmico-profissionais de interesse e
competência de cada um dos docentes orientadores da UNIFA e do CEFAN:

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Adriano Percival Calvo – Docente Civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Perfil Neuromuscular de Militares e suas implicações Operacionais
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
O desenvolvimento neuromuscular do indivíduo é modulado conforme sua requisição,
conferindo-lhe características associadas ao treinamento e à demanda operacional. Em outra
direção, demandas operacionais específicas de militares lhes exigem perfis neuromusculares
compatíveis com as necessidades da missão. Portanto, o desempenho operacional está
intimamente atrelado ao desempenho neuromuscular. O ambiente militar é um campo vasto
para investigações neuromusculares devido as particularidades oriundas de cada
especialidade/operacionalidade militar, acessórios/equipamentos de uso, manuseio de
artilharia, condução de veículos e aeronaves, e missão. Neste contexto, é essencial conduzir
investigações neuromusculares, preventivas e/ou propositivas, com o objetivo de elaborar
soluções para o aprimoramento do desempenho operacional, principalmente sobre as linhas
de:
• Perfil Neuromuscular de Militares em função de suas Especialidades
o Força Muscular Máxima, Rápida, Impulso, Potência, Amplitude da Atividade
Eletrofisiológica, Frequência da Atividade Eletrofisiológica aplicados a
Simulações, Carga de Trabalho.
• Perfil Neuromuscular de Militares em função da Operacionalidade e da Estafa
o Índice de Assimetria de Força, Atividade e Fatigabilidade Muscular em função
da tarefa aplicada em Simulações, Carga de Trabalho, Desempenho
Operacional
• Perfil Neuromuscular de Militares sob influência de acessórios e vestimentas
o Força e Atividades Musculares aplicados a variação dos implementos e
relação com o desempenho operacional.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Espera-se que haja maximização do desempenho operacional oriundo de estratégias de
intervenção mais eficazes que são baseadas em perfis neuromusculares

22
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Alexander Barreiros Cardoso Bomfim – Docente Civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Avaliação da composição corporal através do ultrassom portátil em adultos jovens: uma
comparação com a absormetria de raios-X de dupla energia (DEXA) e bioimpedância
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Militares necessitam de determinada condição física e de saúde para desenvolver suas
atividades profissionais. A composição corporal tem sido usada como parâmetro para a saúde,
como também para um melhor desempenho profissional.
Estudos com militares americanos evidenciam problemas relativos ao excesso do peso e
obesidade. Pesquisadores alertam que indivíduos com músculos muito desenvolvidos podem
ser soberbamente qualificados para as demandas de desempenho de soldados, enquanto que
obesos, especialmente os mórbidos, não são adequados para o serviço militar.
No COMAER, o uso do IMC como instrumento de avaliação da composição corporal e estado
nutricional dos militares parece não ser capaz de triar com segurança os militares obesos,
daqueles que não o são. Estima-se que apenas 50% dos resultados gerados pelo IMC
guardam relação com a composição corporal do indivíduo. Dessa forma, novos instrumentos
de medida devem ser utilizados para mitigar a imprecisão apresentada.
Estratégias para quantificar a composição corporal especialmente a gordura tem sido
empregada, mas problemas de logística da aplicação e a experiência dos avaliadores tem
gerado imprecisão nos dados coletados. Na busca por instrumentos de medida que associe
praticidade, fidedignidade e reprodutibilidade o ultrassom portátil parece ser uma alternativa
viável quando comparados a outros instrumentos.
Do exposto, o presente tema de pesquisa tem por objetivo avaliar o desempenho do ultrassom
portátil para determinar a composição corporal em militares das Forças Armadas.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
O ultrassom portátil poderá mitigar as imprecisões apresentadas pelo IMC, além de servir de
base para determinar políticas de prevenção como também ações de enfrentamento à
obesidade.

23
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Alexander Barreiros Cardoso Bomfim – Docente Civil
e 2º Ten. QOCON FIS Frederico de Oliveira Meirelles

Tema da pesquisa/produção técnica:


O efeito do exercício físico na diminuição da dor nas costas em pilotos e tripulantes: uma
Revisão Sistemática com Metanálise
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
A revisão sistemática da literatura tem por objetivo reunir estudos semelhantes, provenientes
de pesquisas científicas, publicados ou não, que possam ser avaliados criticamente em sua
metodologia, sendo considerado o melhor nível de evidência para tomadas de decisões em
questões relacionadas às pesquisas aplicadas.
A dor nas costas é um problema mundial, metade dos trabalhadores americanos e chineses
apresentam dores nas costas anualmente. Está associada a fatores físicos, sociais e
organizacionais presentes no local de trabalho incluindo: levantar e carregar materiais
pesados, executar movimentos que exijam esforço físico, movimentos giratórios e exposição
do corpo a vibração. Apesar de não ser causa de mortalidade, a dor nas costas pode ser
incapacitante.
Vários programas de treinamento físico têm sido utilizados no tratamento de pacientes com
dores nas costas. Estudos recentes mensuram esses efeitos e os achados podem ser uteis
não só para o tratamento, mas principalmente para a prevenção da dor.
Aeronaves, em especial às de combate e helicópteros colocam o sistema musculoesquelético
dos pilotos e tripulantes em elevado stress físico, seja pela elevada força da gravidade sofrida
durante o voo (G-FORCE), seja em função da postura adotada durante o voo. Há uma lacuna
cientifica de evidências dessa associação na população específica de pilotos e demais
tripulantes.
Visando preencher esta lacuna, o presente tema de pesquisa tem por objetivo identificar a
eficácia do exercício físico na redução da dor nas costas em tripulantes de aeronaves.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
A identificação dos exercícios mais eficazes poderá servir de base para um programa de
treinamento físico visando mitigar as ocorrências de dor nas costas em pilotos.

Pesquisador proponente: 1T (RM2-T) Daniel de Souza Alves (MB)

Tema da pesquisa/produção técnica:


Monitoramento da carga de treinamento e incidência de lesões não-traumáticas na fase de
preparação física dos cursos de operações especiais da Marinha do Brasil
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Os cursos de operações especiais são reconhecidos por demandarem, além de diversas
outras qualidades, um bom condicionamento físico. Com o intuito de tentar aumentar a
qualidade (condição física) dos alunos, a fase de preparação física prévia foi incluída nos
currículos. Nesta fase, os alunos são submetidos a sessões de treino em dois turnos, cinco
vezes na semana, por seis a oito semanas. Devido ao súbito aumento da carga de
treinamento ao ingressarem nesta fase, principalmente nos alunos menos condicionados, o
número de lesões não-traumáticas pode ser expressivo, dificultando/impossibilitando a
conclusão do curso.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Este trabalho visa otimizar a fase de preparação física dos cursos de operações especiais da
Marinha do Brasil, reduzindo a incidência de lesões não-traumáticas, logo aumentando o

24
Edital nº2/2020 PPGDHO

desempenho e a chance de aprovação nas fases seguintes dos cursos.

Pesquisador proponente: 2º Ten. QOCON FIS Daniele Bittencurt

Tema da pesquisa/produção técnica:


Avaliação de fadiga, estresse e ansiedade na realização de atividades operacionais em
militares das Forças Armadas
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Nas Forças Armadas, os militares necessitam desenvolver atividades operacionais e de apoio.
Elas, em muitos casos por terem naturezas diversas, exigem requisitos como a flexibilidade
cognitiva e a adaptabilidade comportamental, com repercussão no desempenho operacional.
As repercussões desse impacto estão relacionadas à demanda da tarefa exercida, à
resiliência ou ao impacto psicossocial frente às dificuldades das situações enfrentadas. Sendo
assim, propõe-se o desenvolvimento de estudos que tenham como objetivo a avaliação de
fadiga, estresse e ansiedade em militares envolvidos em missões operacionais.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
O desenvolvimento desse estudo contribuirá para a avaliação e a identificação de aspectos
psicossociais que podem influenciar no desempenho das atividades dos militares. A partir
desse conhecimento, será possível, futuramente, desenvolver estratégias de otimização da
adaptação psicossocial desses indivíduos diante das situações adversas experimentadas em
seu desempenho operacional nas Forças Armadas.

25
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: 2º T QOCON EFi Daniele Gabriel Costa


Prof. Dr. Fábio Angioluci Diniz Campos – Docente civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Estudo sobre inclusão de testes ao atual modelo de avaliação física da Força Aérea Brasileira:
vantagens e desvantagens, viabilidade e estabelecimento dos padrões de desempenho.
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
A avaliação física na Força Aérea Brasileira (FAB) atualmente é regulamentada pela Norma
Sistêmica do Comando da Aeronáutica 54-3 (NSCA 54-3). A NSCA 54-3 foi aprovada em 2019
com alterações significativas nos testes, parâmetros de desempenho e pontuação. Esse
modelo de avaliação mensura um componente da composição corporal (circunferência da
cintura), dois componentes da resistência muscular (membros superiores e tronco) e um
componente da capacidade cardiorrespiratória (consumo máximo de oxigênio/ VO2máx.),
empregando uma ordem de importância para cada uma das valências. Apesar dessa
reformulação ter sido importante e contribuído para elevar o nível de exigência, a principal
característica do modelo de avaliação na Aeronáutica não foi alterada, o seu caráter de
associado à saúde. A manutenção desta característica não é um ponto negativo, no entanto, é
preciso observar que a FAB necessita qualificar seu braço operacional, e uma avaliação física
que selecione os melhores militares para as tarefas operacionais também é essencial. Até
recentemente, a capacidade do Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF) em
predizer tarefas operacionais era desconhecida. Em 2018, um trabalho desenvolvido pelo
PPGDHO, observou que a concordância entre o desempenho nos testes que compunham o
TACF e testes operacionais era baixa (30-40%). Mesmo os modelos de regressão linear
multivariada demonstraram associação moderada (∼60%), tendo como variáveis preditoras
apenas o VO2máx. e o percentual de massa livre de gordura (dados não publicados). Em
contra partida, testes operacionais já validados em outras Forças Armadas apresentam melhor
concordância (80-90%) (US Army, USAAF, NATO). Portanto, os dados desse estudo sugerem
que o TACF da FAB tem pouca capacidade de selecionar militares com características físicas
exigidas pelo trabalho operacional.
Com o intuito de melhorar esse cenário, diferentes abordagens podem ser utilizadas para
tornar a avaliação física da FAB voltada para o desempenho operacional. Dentre as
abordagens viáveis, elencam-se: a elaboração de uma nova regulamentação contendo uma
avaliação que aglutine todos os nichos operacionais, a elaboração de novas regulamentações
que possuam uma avaliação diferente para cada nicho, a elaboração de testes adicionais para
serem incluídos na atual NSCA 54-3 aplicados à todo efetivo ou aplicados apenas aos grupos
operacionais, entre outras. Das abordagens citadas acima, a estratégia de inclusão de novos
testes à atual legislação parece ter maior exequibilidade dentro do contexto da FAB e do
Brasil, já que ambas não implicam em alterações drásticas no regulamento atual e não exigem
a elaboração de um trabalho logisticamente árduo, dada tamanha extensão do território
brasileiro. Elaborar uma avaliação com demandas operacionais exige antes de tudo, o
levantamento das principais tarefas de trabalho, e isso exige uma metodologia rigorosa e
dispendiosa, que envolve a participação de comandantes e diversos profissionais com
experiência no trabalho operacional e em pesquisa. Além disso, necessita ainda do
desenvolvimento de testes que reflitam essas tarefas, sua aplicação e o levantamento dos
padrões de desempenho. Por último, ainda exige o acompanhamento em campo dos
resultados. Por sua vez, a estratégia de inclusão de novos testes na regulamentação existente
parece ser mais exequível, sendo possível incluir testes já validados que mensurem valências
elencadas como preditoras de tarefas operacionais por outras Forças Armadas e que são
comuns à FAB, como força e potência (membro inferiores e superiores), VO2crit, etc. Contudo,
essas estratégias precisam ser estudadas e validadas.
Sendo assim, esse projeto tem como finalidade estudar a viabilidade de inclusão de novos
testes ao modelo atual do TACF, com intuito de elevar a sua capacidade de predição do
desempenho operacional. Para isso, serão consideradas questões relacionadas às funções
dos testes e sua concordância com tarefas operacionais na FAB, vantagens e desvantagens e
o custo-benefício. Por último, o projeto visa propor padrões de desempenho específicos para
os militares da FAB.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano

26
Edital nº2/2020 PPGDHO

operacional:
Na ausência de um teste físico operacional específico, o TACF se apresenta como única
opção para avaliar todos os militares da FAB. No entanto, em termos de exigência física
operacional, a legislação atual não engloba completamente os requisitos físicos necessários
para cumprir tarefas operacionais. Dessa forma, incluir novos testes no TACF atual pode
aprimorar essa predição sem implicar em alterações complexas. Esse projeto vai contribuir
para melhorar a acurácia do modelo de avaliação física da FAB ao propor a inclusão de testes
relacionados com atividades operacionais.

Pesquisador proponente: 1º Ten. (T) Daniele Mariano Seda (MB)

Tema da pesquisa/produção técnica:


Estratégias de enfrentamento a situações estressoras e ansiogênicas: uma análise dos
construtos sociais e institucionais envolvidos e que afetem o desempenho humano
operacional
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Nas Forças Armadas (FFAA), as missões, cursos, sessões de treinamento/adestramento, e
mesmo a rotina exigem dos militares habilidades físicas e psicológicas. Podendo levar a
quadros não adaptativos de estresse afetando a saúde mental desses militares, assim como
interferindo negativamente no desempenho operacional.
O afastamento por licença, desligamento em cursos e queda no desempenho devido
transtornos psicológicos vem aumentando nas FFAA, o que pode ser traduzindo em custo
financeiro, sobrecarga de trabalho e falhas em processos. Assim, ações mais acuradas e
pontuais que possam contribuir para a diminuição desse número se fazem necessárias de
serem levantadas pelo bem de nossa Instituição e da maior riqueza que temos: nossos
militares.
Estudar aspectos psicossociais que atravessam as práticas pode expandir a compreensão de
seus mecanismos de funcionamento e desdobramentos, contribuindo para reflexão sobre
melhores condutas.
Sendo notória a necessidade de o militar lidar com aspectos psicológicos como medo,
estresse e ansiedade de desempenho, contudo, pouco se tem escrito sobre como o fazem e
como podem aprender a fazê-lo de forma a contribuir com o desempenho operacional.
Outrossim, como os militares pensam, se comunicam, lideram, se influenciam e se relacionam
podem melhorar ou interferir negativamente em processos, na saúde e desempenho, assim
levantar que comportamentos, atitudes, tecnologias, processos pedagógicos, adestramentos
os melhor preparam para execução da função é algo que demanda constante pesquisa,
adaptação e reflexão.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Com os resultados obtidos à partir dos temas de pesquisa, espera-se aprofundar o
conhecimento e manejo de habilidades psicológicas que interferem diretamente no
desempenho humano operacional, e também identificar fatores que podem contribuir
preventiva e positivamente na qualidade de vida e saúde mental de militares, proporcionando
condições psicológicas de desempenhar com excelência suas funções, isto é, interferindo
indiretamente no desempenho.
A discussão de construtos levando a maior conhecimento sobre os temas pode contribuir para
baixar barreiras de comunicação, condução de conflitos e maior eficácia em gestão de
pessoas. Assim, a produção de conhecimento nesses temas pode contribuir para melhores
condutas pedagógicas, relacionais, de liderança e de autogestão.

27
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Profa. Dra. Fabrícia Geralda Ferreira – Docente civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Efeitos de diferentes protocolos de exercício na redução da gordura visceral e componentes
da síndrome metabólica em militares das Forças Armadas
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Apesar dos constantes esforços das Forças Armadas do Brasil em manterem seus militares
prontos para o combate, observa-se, assim como no meio civil, um crescimento das doenças
metabólicas, em particular da obesidade. O acúmulo de gordura na região central do corpo é
extremamente preocupante, principalmente quando sua maioria é constituída por gordura
visceral, pois ela está associada à resistência insulínica, diabetes tipo 2 e síndrome
metabólica, doenças que interferem na operacionalidade do militar. Desta forma, como os
militares das Forças Armadas devem estar prontos para o cumprimento de suas missões,
promover intervenções efetivas que possam mudar este quadro é fundamental para a saúde e
melhoria do desempenho humano operacional. Sendo assim, pretende-se desenvolver
estudos e pesquisas que tenham como propósito estabelecer protocolos de exercícios
aplicados à realidade militar que possam reduzir a gordura visceral e/ou os diferentes
componentes da síndrome metabólica.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
O estabelecimento de protocolos de exercício que interfiram de forma positiva na obesidade
visceral e nos componentes da síndrome metabólica podem contribuir sobremaneira para a
escolha adequada de políticas de enfrentamento à doença baseada no exercício físico dentro
das Forças Armadas, contribuindo para uma melhor operacionalidade da tropa. As
informações geradas a partir destas pesquisas, poderão subsidiar a criação de um manual de
treinamento específico para indivíduos nestas condições.

28
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Gilberto Pivetta Pires – Docente Civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Estudos relacionados à influência do treinamento na aptidão física desde pilotos cadetes a
pilotos operacionais da Força Aérea Brasileira.
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
A elevada demanda de carga física e a prevenção dos distúrbios induzidos pelo voo são
algumas das preocupações da medicina aeroespacial em pilotos militares.
A aptidão física tem sido vista como um importante contribuinte para o desempenho bem-
sucedido de pilotos em relação às altas exposição à demanda de carga física. Estudos
sugerem que níveis não satisfatórios de aptidão física podem estar relacionados ao risco
aumentado de distúrbios induzidos por voo.
As limitações da carreira e, no pior dos casos, a desqualificação permanente de voo afetam os
recursos humanos e a capacidade operacional dos esquadrões. Pilotos totalmente treinados
transferidos para trabalhos de mesa representam uma enorme perda para uma nação, tanto
econômica quanto operacionalmente.
Com base ao descrito anteriormente, o pesquisador/orientador proponente deste tema tem a
intenção de orientar e desenvolver pesquisas sobre os efeitos fisiológicos do treinamento na
aptidão física (resistência, mobilidade, força ou flexibilidade), e as possíveis limitações de
serviço de voo, desde pilotos cadetes a pilotos operacionais, de diferentes tipos de aeronaves
(caça ou transporte) e helicópteros da Força Aérea Brasileira.
Exemplo de temas de pesquisa:
1) A demanda de carga física dos pilotos e os diferentes distúrbios induzidos pelo voo
em aeronaves de diferentes níveis de desempenho.
2) A influência do treinamento da aptidão física como um importante contribuinte para o
desempenho operacional.
3) O fortalecimento da musculatura esquelética e/ou da superioridade de um método de
treinamento específico como proteção contra distúrbios provenientes ao voo, derivado
de ensaios clínicos randomizados.
4) Estudos que determinem fatores preditivos de distúrbios induzidos pelo voo, a fim de
propor protocolos para a manutenção da saúde operacional.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Esta proposição tem a intenção de aprofundar estudos relacionados ao treinamento na
aptidão física e seus efeitos fisiológicos desde pilotos cadetes a pilotos operacionais da Força
Aérea Brasileira (FAB), analisando propostas de pesquisas que proponham a prevenção de
riscos, melhoria da saúde, segurança e desempenho destes militares, visando o
aprimoramento de seu desempenho operacional.

29
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Gilberto Pivetta Pires – Docente Civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Ensaios clínicos randomizados relacionados aos efeitos fisiológicos e/ou do treinamento de
diferentes componentes da aptidão física de militares das forças armadas brasileira.
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Sabemos que os combatentes da guerra (CG) e os membros do serviço militar (MSM) são os
bens mais valiosos das forças armadas para cumprir a missão de defender o país. Essa
missão torna-se progressivamente mais complexa, à medida que surgem demandas
operacionais cada vez mais desafiadoras. A saúde humana e a otimização do desempenho
são cada vez mais reconhecidas como indispensáveis a uma força eficaz e eficiente.
O condicionamento físico e os cuidados com a saúde são tradicionalmente um foco importante
de atenção das forças armadas. Os desafios de atender aos cuidados físicos abrangentes aos
MSM e CG são muitos.
Para isso é preciso ser feita algumas perguntas muito importantes: 1°) o que é aptidão militar
(ApM)? 2°) o que e quem determina quais qualidades são componentes da ApM? 3°) como
chegarmos à esta ApM? 4°) quais são as melhores estratégias para levar a ApM para o
treinamento dos combatentes e membros do serviço militar? 5°) como podemos medir os
componentes da ApM de maneira simples e integrada?
Concentramos muita atenção em melhorar a saúde física e equiparar isso as atividades
operacionais, mas precisamos olhar para além deste foco. Precisamos observar quais as
lacunas da capacidade física em relação ao desempenho humano operacional (DHO) das
forças armadas.
Pesquisas recentes convergem a quatro pilares fundamentais para alcançarmos um ideal
DHO: 1°) aptidão física (atividade) e descanso; 2°) nutrição adequada e uso de suplementos;
3°) resiliência psicológica e 4°) integração social. Esta estrutura, conhecida como modelo
biopsicossocial do DHO e seus componentes formam um ambiente ideal para o
desenvolvimento de uma ApM total.
Sem deixar de evidenciar a importância do estudo dos aspectos anteriormente explicitados,
temos interesse em investigar os efeitos fisiológicos do treinamento da aptidão física de
militares das forças armadas brasileira.
Assim o pesquisador/orientador proponente tem a intenção de orientar e desenvolver
pesquisas que se proponham discutir como desenvolver e maximizar a aptidão física dos CG
e MSM, através do treinamento tanto na perceptiva aeróbia quanto anaeróbica dos quatro (4)
componentes da aptidão física: resistência, mobilidade, força e flexibilidade; como usar
estratégias de vigilância e prevenção de lesões para o treinamento sem lesões; e delinear
iniciativas para melhorar o treinamento físico.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Devido aos ambientes austeros e à alta demanda de trabalho físico exigida para muitas das
tarefas da missão, os CG e MSM devem manter um nível de aptidão física mais avançada do
que a população civil. Dentre as ocorrências que prejudicam um maior DHO dos militares nas
missões; a lesão física é uma das principais causas das altas dos membros do serviço a cada
ano. Assim pesquisas que possam garantir que nossos CG e MSM estejam preparados para
atender às demandas físicas da missão sem sofrer lesões são de importância fundamental
para uma força eficaz e eficiente.

30
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Prof. Dr. Helder Guerra de Resende – Docente Civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Caraterização da prática habitual de exercícios físicos de militares das Forças Armadas com
atribuições operacionais
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
As Forças Armadas (FFAA) precisam de planejamento, desenvolvimento, controle e avaliação
de políticas e programas de capacitação física, para que seus efetivos estejam em condições
de, a qualquer momento, realizar com eficiência e eficácia suas missões operacionais. Sob o
prisma acadêmico, é imprescindível a obtenção e disponibilização de informações acerca da
prática habitual de exercícios físicos (PHEF) de militares, para além dos resultados obtidos por
meio dos exames periódicos de aptidão física, de modo a possibilitar a tomada de decisões
fundamentadas em evidências científicas. Sendo assim, o pesquisador/orientador proponente
coloca-se a disposição para orientar e desenvolver investigações que tenham como finalidade
a caracterização da PHEF de militares das FFAA, considerando uma das seguintes questões
de pesquisa/produção técnico-profissional:
1. Qual é a dimensão dos militares das FFAA que praticam exercícios físicos habitualmente
(dentro e/ou fora de uma OM), considerando os parâmetros técnicos estabelecidos pelas
associações científicas (mínimos de volume, intensidade, frequência e regularidade)?
2. Para aqueles que NÃO praticam exercícios físicos habitualmente ou praticam abaixo
dos parâmetros técnicos cientificamente recomendados, quais as barreiras que
justificam a não adesão à PHEF de militares da FFAA? – (já existe um estudo em
desenvolvimento sobre esse tema que envolve a construção e validação científica de um
questionário de coleta de dados)
3. Quais os motivos/objetivos que justificam ou orientam a PHEF de militares da FAB (dentro
e/ou fora de uma OM)? – (esse tema de pesquisa demandará, inicialmente, a construção e
validação científica de um questionário de coleta de dados)
4. Quais as barreiras enfrentadas pelos militares da FAB que praticam exercícios físicos
habitualmente dentro e/ou fora de uma OM?
5. Quais os tipos de exercícios físicos praticados habitualmente pelos militares FAB dentro
e/ou fora de uma OM? – (esse tema de pesquisa poderá demandar a construção e
validação científica de um questionário de coleta de dados)
6. Quais são os parâmetros técnicos do treinamento físico evidenciados na prática de
exercícios físicos dos militares da FAB dentro e/ou fora de uma OM? – (esse tema de
pesquisa poderá demandar a construção e validação científica de um questionário de
coleta de dados)
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Com os resultados obtidos a partir desses temas de pesquisa, pretende-se organizar um
banco de dados que possibilite o desdobramento de outras investigações com a finalidade de
subsidiar o aprimoramento da política e dos programas de exercícios físicos destinados à
capacitação física dos militares das FFAA envolvidos com o emprego direto do poder militar,
bem como permitir a realização de estudos longitudinais de modo a possibilitar a avaliação
dos resultados dos programas implementados.

31
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Profa. Dra. Leonice Aparecida Doimo – Docente civil e Profa.
Dra. Fabrícia Geralda Ferreira – Docente civil

Tema da pesquisa/produção técnica:


Avaliação da qualidade do sono e dos efeitos da sua privação em militares das Forças
Armadas
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
O sono é um constituinte importante da vida humana, por desempenhar papel fundamental na
restauração física e cognitiva dos indivíduos, além de exercer influência na homeostase e
termorregulação. Embora não haja um completo entendimento de suas funções, há evidências
de que a privação do sono pode resultar em alterações cognitivas, motoras e
neurocomportamentais, reduzindo assim a aptidão física e psicomotora. Pesquisas
investigando os efeitos da privação do sono nas habilidades específicas dos militares das
forças armadas são escassas. Assim, objetiva-se com os estudos a serem desenvolvidos em
diversas etapas, contribuir com evidências que possam elucidar os efeitos da privação do
sono nas atividades militares bem como com formas de mitigar esse problema. Tais etapas
(diagnóstico da qualidade do sono; efeito da privação do sono durante a realização de
situações operacionais distintas; proposição de estratégias para lidar de modo mais efetivo
com a privação do sono; avaliação das estratégias propostas), realizadas em médio prazo,
podem contribuir para maior segurança e produtividade, diminuindo a possibilidade acidentes
provocados pelo fator humano.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Há relatos na literatura de que a privação do sono acarreta alterações nos processos
cognitivos, fisiológicos, comportamentais e psicomotor, mas como poucos estudos foram
conduzidos com população de militares há uma lacuna na literatura acerca das consequências
desta interferência nas atividades específicas deste grupo populacional. As missões
operacionais requerem um conjunto único de demandas fisiológicas, psicológicas e de
resiliência sustentadas a fim de evitar baixas. Condições de sono inadequadas podem ter
ramificações danosas com processos físicos e cognitivos importantes para tomada de
decisões em situações que podem impactar em perigo para a vida. Avaliar a qualidade do
sono do militar, a sua relação com o desempenho físico e cognitivo e as intervenções
cientificamente comprovadas para mitigar o impacto de um descanso ou sono reduzidos na
prontidão, podem colaborar para restaurar e sustentar a eficácia militar.

32
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisadores proponentes: 2º Ten. QOCon EFI Marcelo Baldanza Ribeiro e 2º Ten.


QOCon MDM Andréa Jansen da Silva

Tema da pesquisa/produção técnica:


Prevalência de lesões na região lombar em pilotos de transporte e patrulha da Força Aérea
Brasileira e utilização de metodologias de treinamento para prevenção de lesão.
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
A aviação de transporte e de patrulha são caracterizadas pela elevada jornada de voos, com
missões que podem demandar até 18 horas de duração. Essa rotina laboral pode acarretar no
aparecimento de processos lesivos e de dores na região lombar. Esse problema vem sendo
reportado na literatura, envolvendo pilotos de aviação de transporte civil, bem como da
aviação militar de transporte e de patrulha. Para evitar o afastamento do piloto de sua missão,
devido a dores e/ou lesões na região lombar é preciso que o militar tenha um preparação
específica para o fortalecimento da musculatura do tronco, afim de ter um ganho de força e
principalmente resistência muscular, fazendo com que consiga suportar mais tempo na
posição sentada sem que perca a postura correta e gere disfunções posturais que levarão ao
desconforto e possivelmente a uma lesão musculoesquelética. Diante do exporto, esse
trabalho visa identificar o número de lesões ocorridas entre os pilotos da aviação militar de
transporte e de patrulha, buscando suas causas para trabalhar o piloto na prevenção das
mesmas ou minimizar os seus efeitos.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
O estudo pretende identificar pontos focais dentro da atividade aérea que possam influenciar
as lesões ocorridas nos pilotos da Força Aérea Brasileira, e dessa maneira buscar meios de
manter o piloto mais resistente a elas, deixando assim, o piloto mais tempo em voo,
melhorando o seu desempenho operacional e de todo o esquadrão.

Pesquisadores proponentes: 2º Ten. QOCon EFI Marcelo Baldanza Ribeiro e 2º Ten.


QOCon MDM Andréa Jansen da Silva

Tema da pesquisa/produção técnica:


Confecção de um caderno de instrumento para a prática de atividade física voltado para o
piloto de transporte de patrulha
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Sabe-se da importância d nível de condicionamento físico para a saúde e o bem-estar. A
prática de exercício físico regular ajuda no controle do peso corporal, no desempenho de
atividades cognitivas, na diminuição de lesões musculoesqueléticas, na menor incidência de
doenças e na execução de tarefas motoras. Na Força Aérea Brasileira, o sobrepeso e a
inatividade física dentro dos esquadrões são fatores preocupantes. A prática regular de
exercícios físicos tem como finalidade não só melhorar a saúde do militar, mas,
principalmente, deixa-lo mais bem preparado para realizar suas atividades operacionais as
quais ele é submetido no dia a dia do esquadrão. Sendo assim, esta pesquisa busca montar
um protocolo de exercício físico que atenda às demandas operacionais de pilotos de
transporte e de patrulha.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Conhecer a realidade dentro dos esquadrões é essencial para identificar problemas e buscar
soluções que melhorem a sua efetividade dentro das missões. Se for observado um alto nível
de sobrepeso e baixo nível de condicionamento físico dentro desses esquadrões, o combate a
essa problemática com a utilização do exercício físico feito de maneira adequada a esses
pilotos, pode ser um fator crucial para a melhora do desempenho humano operacional desses
aviadores.

33
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: 2º Ten QOCON FIS Paula Morisco de Sá Peleteiro

Tema da pesquisa/produção técnica:


Análise das modificações pulmonares em militares das Forças Armadas submetidos a
situações de estresse do sistema respiratório
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Nas Forças Armadas, a adaptação às condições de hipóxia, inalação e exposição direta a
produtos químicos e fumaças tóxicas, assim como variações pressóricas, sejam em altitudes
elevadas, ou no mergulho em profundidade, muitas vezes é questão de sobrevivência. A
avaliação criteriosa do impacto dessas variáveis na função pulmonar e a elaboração de
estratégias que minimizem os efeitos deletérios destas exposições, contribuem para o
aprimoramento do desempenho de militares das Forças Armadas diretamente submetidos a
tarefas de combate ou emprego direto do poder militar. Sendo assim, há necessidade de
desenvolver pesquisas com o objetivo de esclarecer as modificações e estabelecer estratégias
de ajustes pulmonares agudos e crônicos em situações tais como:
• Estudo de variáveis descritivas para análise da ação das forças de aceleração e
pressão hidrostática;
• Estratégias de adaptação para minimizar os efeitos deletérios da ação das forças de
aceleração e pressão hidrostática;
• Estudo de variáveis descritivas para análise dos ajustes decorrentes da aclimatação;
• Estudo de metodologias que visem aprimorar os efeitos protetores da aclimatação;
• Estudo de variáveis descritivas para análise dos distúrbios relacionadas à exposição
às substâncias nocivas;
• Estratégias de adaptação para minimizar a ocorrência de distúrbios relacionadas à
exposição de substâncias nocivas.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Os resultados subsidiarão a proposição de estratégias de aumento do desempenho
operacional que envolvem: modificações do modelo de avaliação longitudinal de saúde,
desenvolvimento de protocolos de treinamento respiratório, estabelecimento de critérios para
as avaliações sistemáticas de desempenho de função muscular em militares, proposição de
protocolos personalizados de treino para a prática de exercícios físicos dos militares.

34
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: 2º Ten QOCON FIS Paula Morisco de Sá Peleteiro

Tema da pesquisa/produção técnica:


Concepção, correção e conscientização em ergonomia no âmbito das Forças Armadas
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
O estudo do conjunto de conhecimentos a respeito do trabalho, com a finalidade de aplicá-las
à concepção de tarefas, de instrumentos ou máquinas e sistemas de produção, pode contribuir
para a melhora da performance humana segurança e, consequentemente, para a segurança e
a efetividade de missões operacionais. Nas Forças Armadas, a ergonomia transita desde os
aspectos físicos até os mentais. Sendo assim, a proposta é a realização de estudos com o
foco na ergonomia aplicada ao desempenho humano operacional para:
• Promoção de ajustes de postos de trabalho;
• Adaptação homem x máquina para contribuição da segurança operacional;
• Elaboração de estratégias operacionais para redução de fadiga e aumento da
atenção.
Almeja-se, portanto, o desenvolvimento de pesquisas com o objetivo de contribuir para
segurança operacional, redução de fadiga, melhoria de condições de saúde e conforto,
através de estratégias de ergonomia de concepção, de correção e de conscientização,
aplicadas ao trabalho operacional inerente às Forças Armadas.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Os resultados subsidiarão a proposição de estratégias de aumento do desempenho
operacional que envolvem: desenvolver e aplicar técnicas de adaptação de elementos do
ambiente de trabalho ao ser humano.

Pesquisador proponente: CT(S) Priscila dos Santos Bunn (MB)

Tema da pesquisa/produção técnica:


Carregamento de carga e fatores de risco biomecânicos para lesões por uso excessivo em
fuzileiros navais de ambos os sexos
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
As lesões musculoesqueléticas por uso excessivo são bastante incidentes em militares, em
especial naqueles submetidos a altas demandas físicas, como os Fuzileiros Navais (FN). A
diversidade e complexidade das operações militares geralmente exigem que o FN carregue
diversas ferramentas e equipamentos a pé. As cargas frequentemente são constituídas por
armamento e mochila contendo alimentos, água e outros. Em decorrência do avanço
tecnológico, os soldados têm cada vez mais utilizado a equipagem individual com maiores
cargas. O objetivo é a manutenção da permanência do militar em diversos climas e terrenos,
muitas vezes por períodos longos e contínuos, em ambientes potencialmente hostis. Com
isso, algumas mudanças biomecânicas são exacerbadas quando a carga transportada,
especialmente quando são realizadas grandes distâncias de marcha ou corrida, aumentando o
risco de lesões. Entretanto, ainda não foi realizado nenhum estudo sobre as alterações
cinemáticas decorrentes do uso de diferentes tipos de carga transportada por militares do
Corpo de Fuzileiros Navais.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Com este estudo pretende-se investigar os efeitos de diferentes cargas, da magnitude da
carga e da velocidade de caminhada na cinemática das articulações em militares FN de

35
Edital nº2/2020 PPGDHO

ambos os sexos.
Pesquisador proponente: CT(S) Priscila dos Santos Bunn (MB)

Tema da pesquisa/produção técnica:


Avaliação ergonômica das atividades de defesa nuclear, biológica, química e radiológica
(NBQR) da Marinha do Brasil
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
As atividades de defesa nuclear, biológica, química e radiológica (NBQR) parecem impor um
estresse físico e psicológico significativos. A ameaça de tais incidentes aumentou em diversos
países na última década, em especial após o surgimento da pandemia do COVID-19. Neste
contexto, tem aumentado o número de pessoal com formação em atividades de defesa NBQR.
Os militares realizam as suas atividades usando equipamento de proteção individual (EPI)
totalmente fechado (uniformes de proteção química). Esse tipo de vestuário é pesado e
dificulta a mobilidade, podendo causar sintomas musculoesqueléticos e comprometer o
desempenho técnico das atividades.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Com este estudo pretende-se investigar os principais sintomas musculoesqueléticos e fatores
ocupacionais que podem influenciar o desempenho de militares atuantes em atividades de
defesa NBQR. Desta forma, será possível propor a realização de eventuais programas de
prevenção de lesões musculoesqueléticas nesses militares, bem como orientações
ergonômicas.

Pesquisador proponente: 2º Ten. QOCON EFI Renato Massaferri

Tema da pesquisa/produção técnica:


Proposta de Manual e Implementação de Treinamento para Atendimento Pré Hospitalar Tático
para grupamentos de busca e resgate da Força Aérea Brasileira.
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
O Cenário de combate moderno exige das tropas militares um preparo técnico e operacional
cada vez mais apurados, onde as técnicas, táticas e procedimentos a serem adotados nas
mais diversas situações de conflito, requerem estudos para aprimoramento e atualização
constantes. Nesse contexto, os estudos no âmbito do Atendimento Pré-Hospitalar Tático têm
assumido significativa importância nas Forças Militares Mundiais. Nos cenários atuais de
combate, o desenvolvimento dessa atividade tem sido vital na preservação de diversas vidas
nos mais distintos teatros de operações e treinamentos militares. No entanto, ainda que o
Ministério da Defesa, por meio da Portaria Normativa n° 16, emitida em 12 de Abril de 2018,
aprovou a Diretriz de Atendimento Pré-Hospitalar Tático (APHT) com a finalidade de regular a
atuação das classes profissionais, não existe um manual detalhado e atualizado para (APHT)
no âmbito da Força Aérea Brasileira.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Um dos aspectos mais importantes a serem considerados é a possibilidade de desenvolver
um planejamento estruturado para capacitação de recursos humanos para atuarem nas mais
diversas possibilidades de combate, por meio de exercícios e treinamentos, com foco no
desenvolvimento operacional.

36
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: 2º Ten. QOCON EFI Renato Massaferri

Tema da pesquisa/produção técnica:


Programa de Treinamento Funcional Militar de Alta Intensidade, Aptidão Física, Prevalência
de Lesões e Sintomas Relacionados a Fadiga no Instrutor de Voo da Academia da Força
Aérea Brasileira
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
A participação repetitiva do instrutor de voo em na atividade aérea e a falta de recuperação
adequada parece ser umas das principais causas de sintomas relacionados lesões e a fadiga.
Dados não publicados revelam que pilotos da Academia da Força Aérea, durante seu tempo
de permanência como instrutor de voo, tendem a apresentar maior prevalência de lesões nas
regiões dos ombros, costas e braços, parecendo existir ainda uma relação com o acúmulo de
instruções aéreas (horas de voo). O excesso de força gravitacional positiva do eixo
longitudinal (força Gz+) nos voos acrobáticos aumenta exponencialmente a compressão sobre
a coluna do piloto, o que parece ser um fator de risco para o desenvolvimento de lesões nessa
região.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Tendo em vista o esforço físico decorrente da atividade aérea, somado a elevada prevalência
de fadiga e lesões neste grupo, acredita-se que um preparo físico adequado poderia aumentar
a tolerância dos pilotos ao ambiente de elevadas cargas G (típico para instrutores do T-27).
Sendo assim, pilotos com um melhor arcabouço de estrutura física (níveis de força e
capacidade cardiorrespiratória elevados), sofreriam um menor esforço relativo durante as
acrobacias e da atividade de voo contribuindo para uma melhor execução da sua atividade
laboral sob menores demandas de trabalho físico e, por consequência, mental. Desta forma,
um treinamento físico estruturado para essa finalidade e adequado a rotina do esquadrão,
proporcionariam um melhor desempenho humano operacional, tendo como consequência a
elevação da segurança de voo, da qualidade da instrução e formação dos cadetes e da
qualidade de vida dos instrutores de voo.

37
Edital nº2/2020 PPGDHO

Pesquisador proponente: Capitão de Corveta (S) Thiago Jambo Alves Lopes (MB)

Tema da pesquisa/produção técnica:


Levantamento da prevalência das doenças ocupacionais responsáveis por afastamentos do
serviço ativo, temporários ou definitivos, de militares da ativa da Marinha do Brasil
Motivo/Problema justificador da pesquisa/produção técnica:
Já está bem definido na literatura científica internacional que as doenças ocupacionais que
acometem o sistema musculoesquelético são as maiores causas de afastamento, temporário
ou definitivo, de militares que se encontram no serviço ativo das FFAA. Contudo, dados
oficiais e fidedignos referentes às FFAA Brasileiras são escassos ou, simplesmente, não
existem. Apesar de sabermos que medidas preventivas são de suma importância para a
minimização desse quadro, o primeiro passo a ser tomado para a criação de um programa de
prevenção de lesão musculoesquelética, é realizar o levantamento oficial da prevalência das
razões mais comuns desses afastamentos. Pois, seria inviável delinear qualquer ação
preventiva sem conhecer o real tamanho do “problema” na Marinha do Brasil. Dessa forma,
pretende-se realizar um estudo de prevalência das doenças ocupacionais que são
responsáveis pelas Licença para Tratamento de Saúde Própria (LTSP), Restrições
temporárias e/ou definitivas de saúde para o Serviço Ativo da Marinha. Para a condução
desse estudo, pretende-se utilizar o banco de dados do “Sistema Informatizado Naval de
Inspeção de Saúde - SINAIS” da Marinha do Brasil.
Importância do trabalho a ser realizado para a melhora do desempenho humano
operacional:
Com os resultados obtidos a partir desse tema de pesquisa, pretende-se gerar um relatório
completo das doenças ocupacionais mais comuns responsáveis por afastamentos de saúde
na Marinha do Brasil a fim de subsidiar a alta Administração Naval com informações oficiais
sobre o tema. Dessa forma, em um próximo momento, será possível traçar e implementar
ações preventivas que possam mitigar o problema a fim de que a força possa contar com o
maior número de militares da ativa em plenas condições operacionais e de combate.

38
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 5

BAREMA PARA A AVALIAÇÃO DO


PROJETO PRELIMINAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA
Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em
Desempenho Humano Operacional no Setor Aeroespacial
BAREMA PARA A AVALIAÇÃO DO
PROJETO PRELIMINAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
CÓDIGO DO CANDIDATO:

TÍTULO DO PROJETO PRELIMINAR DO TCC:

AVALIADOR:
PROF(A). DR(A).
QUALIFICAÇÃO
ITENS AVALIADOS PARCIALMENTE NÃO
ADEQUADO
ADEQUADO ADEQUADO
1. Adequação do PPTCC às Linhas de Pesquisa e de Produção Técnica do PPGDHO
1.1. Adequação do PPTCC a uma das Linhas e Temas de
Pesquisa e de Produção Técnica indicadas no Edital (*)
2. Adequação teórico-metodológica do PPTCC
2.1. Adequação da delimitação do objeto de pesquisa ou da
produção técnica proposta
2.2. Adequação da problematização da pesquisa ou da
produção técnica proposta
2.3. Adequação do suporte teórico justificador da pesquisa ou
da produção técnica proposta
2.4. Justificativa sobre a relevância da pesquisa ou da produção
técnica proposta para a melhoria do desempenho humano
operacional no setor aeroespacial
2.5. Adequação da proposta metodológica para o
desenvolvimento da pesquisa ou da produção técnica
proposta
2.6. Possibilidade da pesquisa ou da produção técnica proposta
ser desenvolvida, concluída e defendida no prazo máximo
de integralização do Curso (24 meses)
2.7. Adequação e atualidade das referências bibliográficas
utilizadas para fundamentar a pesquisa ou a produção
técnica proposta
Qualificação parcial
3. Adequação da comunicação escrita
3.1. Adequação ortogramatical do texto
3.2. Clareza do texto
3.3. Consistência do texto
3.4. Objetividade do texto
Qualificação parcial

Parecer Final: ( ) QUALIFICADO ( ) QUALIFICADO COM RESTRIÇÕES ( ) NÃO QUALIFICADO


Observações (indicar as principais deficiências do PPTCC)

_________________________________________________
ASSINATURA DO AVALIADOR

39
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 6

BAREMA PARA A AVALIAÇÃO DA ENTREVISTA


(ARGUIÇÃO DO CANDIDATO)

UNIVERSIDADE DA FORÇA AÉREA


Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em
Desempenho Humano Operacional no Setor Aeroespacial
BAREMA PARA A AVALIAÇÃO DA ENTREVISTA
(ARGUIÇÃO DO CANDIDATO)
CANDIDATO(A):

TÍTULO DO PROJETO PRELIMINAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO:

AVALIADORES:
Prof. Dr.
Prof. Dr.
QUALIFICAÇÃO
ITENS AVALIADOS PARCIALMENTE NÃO
ADEQUADO
ADEQUADO ADEQUADO
1. Formação e experiência profissional, e potencial acadêmico
1.1. Formação acadêmica adequada ao desenvolvimento da Linha
e Tema de Pesquisa e Produção Técnica proposta.(*)
1.2. Experiência profissional relacionada à Linha e Tema de
Pesquisa e Produção Técnica proposta.
1.3. Experiências relacionadas à produção intelectual compatível
com a Linha e Tema de Pesquisa e Produção Técnica
proposta.
1.4. Evidências de formação continuada na área relacionada à
Linha e Tema de Pesquisa e Produção Técnica proposta.
Qualificação parcial
2. Defesa do Projeto Preliminar de Trabalho de Conclusão de Curso
1.1. Capacidade de delimitar o objeto central da proposta de
pesquisa e produção técnica.(*)
1.2. Capacidade de justificar a relevância da proposta de pesquisa
e produção técnica em função da melhoria do desempenho
humano operacional no setor aeroespacial.(*)
1.3. Capacidade de demonstrar conhecimentos teóricos sobre as
áreas de conhecimento que fundamentam a proposta de
pesquisa e produção técnica.(*)
1.4. Capacidade de justificar a adequação da metodologia que
pretende utilizar para a consecução dos objetivos da proposta
de pesquisa e produção técnica.
Qualificação parcial
3. Disponibilidade e comprometimento do candidato para integralização do Curso
3.1. Disponibilidade e comprometimento do candidato para
realização das atividades do Programa de Mestrado. (*)
4. Adequação da comunicação oral
4.1. Desembaraço, capacidade de argumentação e objetividade na
exposição das ideias e informações prestadas ao longa da
entrevista.
Parecer Final: ( ) QUALIFICADO ( ) QUALIFICADO COM RESTRIÇÕES ( ) NÃO QUALIFICADO
Observações (indicar as principais deficiências do PPTCC) (*) itens mandatórios:

_____________________________________________________________________________________
ASSINATURA DOS AVALIADORES

40
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 7

MODELO DA CARTA DE ANUÊNCIA 6

CARTA DE ANUÊNCIA

Ao Senhor
Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFA
Av. Marechal Fontenelle, 1200 – Campo dos Afonsos
21740-002 – Rio de Janeiro – RJ

Em atenção aos critérios estabelecidos para a inscrição como Aluno, nos


termos do Edital Nº 2/2020/PPGDHO - Processo Seletivo para Admissão de
Aluno no Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional,
em nível de Mestrado, na modalidade Profissional, Turma 2021, este(a)
Comando/Diretoria/Chefia vem manifestar sua autorização para a participação
do(a) (Posto, se Oficial, ou Prof. ou Bacharel)
_______________________________________________________________
(nome completo), pertencente a este efetivo, no processo seletivo, e, se
selecionado, do curso de mestrado profissional do PPGDHO no período
regulamentar de 2021-2023.

Declaro, ainda, estar ciente em relação à necessidade de autorizar a


ausência do(a) militar/civil para frequentar as etapas previstas no processo
seletivo e, se selecionado, as atividades de formação e produção acadêmica
como Aluno do PPGDHO, de acordo com o disposto no aludido Edital.

de de
Município dia mês ano

________________________________________________________
Assinatura e Carimbo do Comandante/Diretor/Chefe

6
Este formulário está disponível na versão .docx do word na página do PPGDHO <
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/ >, PROCESSO SELETIVO > Formulários.

41
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 8

Calendário previsto para a oferta de disciplinas e


demais atividades acadêmicas do PPGDHO
** Turma 2021 **

Momento Especificação CH
01 a 05/março/ 2021 Análise Biopsicossocial Aplicada ao Desempenho Humano Operacional 30

08 a 12/março/2021 Metodologia da Pesquisa Científica 30


15/março/2021 Seminário de Pesquisa em Desempenho Humano Operacional 8

17 a 21/maio/2021 Bioestatística 30

24 a 28/maio/2021 Técnicas de Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos 30


Ao longo do 1º Orientação de Leituras Exploratórias sobre Trabalho de Conclusão do
semestre/2021 60
Curso (dias e horários a serem agendados pelo docente-orientador)
16 a 27/agosto/2021 Disciplina Optativa I (a ser definida pelo docente-orientador) 60
27/setembro a
08/outubro/2021 Disciplina Optativa II (a ser definida pelo docente-orientador) 60

11/outubro/2021 Workshop de Leituras Exploratórias em Desempenho Humano Operacional 8


Ao longo do 2º Orientação de Trabalho de Conclusão do Curso I (dias e horários a serem 150
semestre/2021 agendados pelo docente-orientador)
Ao longo do 1º Orientação de Trabalho de Conclusão do Curso II (dias e horários a serem 150
semestre/2022 agendados pelo docente-orientador)
Ao longo do 2º Orientação de Trabalho de Conclusão do Curso III (dias e horários a serem 150
semestre/2022 agendados pelo docente-orientador)
Ao longo dos 2 anos Atividades Complementares em Desempenho Humano Operacional 14
(2021/2022) (definidas em comum acordo com o docente-orientador)
780

42
Edital nº2/2020 PPGDHO

ANEXO 9

FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO DE RECURSO 7

NOME DO REQUERENTE:

ENDEREÇO ELETRÔNICO (e-mail): TELEFONE(S):


FIXO:
CEL:
ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO
Inscrição
Gabarito da prova de compreensão em língua inglesa
JUSTIFICATIVA DA SOLICITAÇÃO

Data do Pedido
______________________________________________
Assinatura do Requerente
____/___/____
Parecer da Comissão de Avaliação
Data
( ) Favorável
( ) Desfavorável ________________________________
Comissão Avaliadora ____/___/____

JUSTIFICATIVA DA COMISSÃO

7
Este formulário está disponível na versão .docx do word na página do PPGDHO <
http://www2.fab.mil.br/unifa/ppgdho/ >, PROCESSO SELETIVO > Formulários.

43
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA

ENSINO

ICA 37-49

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO DE FORMAÇÃO


DE SARGENTOS DA ESPECIALIDADE DE
FOTOINTELIGÊNCIA
(CFS-BFT)

2020
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
DIRETORIA DE ENSINO

ENSINO

ICA 37-49

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO DE FORMAÇÃO


DE SARGENTOS DA ESPECIALIDADE DE
FOTOINTELIGÊNCIA
(CFS-BFT)

2020
MINISTÉRIO DA DEFESA
COMANDO DA AERONÁUTICA
DIRETORIA DE ENSINO

PORTARIA DIRENS Nº 161/DPE, DE 7 DE AGOSTO DE 2020.

Aprova a reedição da Instrução que


estabelece o “Currículo Mínimo do
Curso de Formação de Sargentos da
Especialidade de Fotointeligência (CFS-
BFT)”, ICA 37-49.

O DIRETOR DE ENSINO, considerando o disposto no Decreto nº 9.077, de


08 de junho de 2017, e no uso das atribuições que lhe confere o art. 4º, inciso III, e art. 9º,
inciso XII do Regulamento da Diretoria de Ensino, aprovado pela Portaria Nº 683/GC3, de 16
de maio de 2018, resolve:

Art. 1º Aprovar a reedição da ICA 37-49 “Currículo Mínimo do Curso de


Formação de Sargentos da Especialidade de Fotointeligência (CFS-BFT)”, para as turmas
com ingresso a partir do ano de 2020.

Art. 2º Esta Instrução entra em vigor na data de sua publicação.

Maj Brig Ar Marcos Vinicius Rezende Mrad


Diretor de Ensino da Aeronáutica

(Publicado no BCA nº 144, de 13 de agosto de 2020)


ICA 37-49/2020

SUMÁRIO

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES......................................................................................7
1.1 FINALIDADE.....................................................................................................................7
1.2 ÂMBITO..............................................................................................................................7

2 CONCEPÇÃO ESTRUTURAL DO CURSO.....................................................................8

3 PADRÃO DE DESEMPENHO NA ESPECIALIDADE DE FOTOINTELIGÊNCIA E


PERFIL DO ALUNO................................................................................................................9
3.1 PADRÃO DE DESEMPENHO NA ESPECIALIDADE DE FOTOINTELIGÊNCIA.......9
3.2 PERFIL DO ALUNO...........................................................................................................9

4 FINALIDADE, OBJETIVOS GERAIS E DURAÇÃO DO CURSO.............................11


4.1 FINALIDADE....................................................................................................................11
4.2 OBJETIVOS GERAIS.......................................................................................................11
4.3 DURAÇÃO DO CURSO...................................................................................................11

5 QUADRO GERAL DO CFS-BFT.....................................................................................12


5.1 DESDOBRAMENTO DO QUADRO GERAL.................................................................14

6 PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO...........................................................................46

7 DISPOSIÇÕES GERAIS...................................................................................................47

8 DISPOSIÇÕES FINAIS.....................................................................................................48

REFERÊNCIAS......................................................................................................................49
ICA 37-49/2020

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 FINALIDADE

Esta instrução tem por finalidade estabelecer o Currículo Mínimo a ser adotado
no Curso de Formação de Sargentos na especialidade de Fotointeligência (CFS BFT).

1.2 ÂMBITO

Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).


8/49 ICA 37-49/2020

2 CONCEPÇÃO ESTRUTURAL DO CURSO

2.1 A instrução no CFS divide-se em Campo Geral, Campo Militar e Campo Técnico-
Especializado.

2.2 O Campo Geral reúne os conhecimentos básicos necessários à habilitação dos alunos nos
seus diferentes níveis. Esta instrução é ministrada de maneira gradual e contínua, objetivando
nivelar os conhecimentos de alunos de diferentes origens e formações, além de aumentar-lhes
a capacidade de assimilação proveniente dos conhecimentos técnico especializados próprios
do CFS.

2.3 O Campo Militar está detalhado na ICA 37-56.

2.4 Com isso, buscar-se-á incorporar nos alunos, além das características de higidez física,
necessária à Profissão Militar, os princípios basilares da instituição – Hierarquia e Disciplina
– como também, os fundamentos de ética e da estrutura organizacional militar, para que, ao
concluírem o curso, estejam dotados de competências que caracterizam e qualificam o
integrante da Força Aérea Brasileira.

2.5 O Campo Técnico Especializado constitui-se na fase em que o futuro Sargento é


preparado para obter um desempenho técnico-profissional dentro dos padrões estabelecidos
pelo Comando da Aeronáutica.

2.6 O Campo Técnico Especializado está dimensionado com conhecimentos teóricos e


práticos, de tal forma que o aluno, ao término do curso, torne-se capaz de atingir um nível de
proficiência eficaz e compatível à especialidade de Fotointeligencia (BFT).
ICA 37-49/2020 9/49

3 PADRÃO DE DESEMPENHO NA ESPECIALIDADE DE FOTOINTELIGÊNCIA E


PERFIL DO ALUNO

3.1 PADRÃO DE DESEMPENHO NA ESPECIALIDADE DE FOTOINTELIGÊNCIA

3.1.1 TÉCNICO ESPECIALIZADO


a) aplicar as normas de higiene e segurança do trabalho;
b) aplicar os conceitos e produtos de cartografia;
c) operar sistema integrado de gerenciamento logístico;
d) identificar as partes de uma aeronave e as características do voo;
e) aplicar inglês técnico para leitura e compreensão de publicações técnicas;
f) aplicar as normas de prevenção de acidentes aeronáuticos do SIPAER,
voltadas à manutenção e operação de aeronaves;
g) empregar, em nível de usuário, os recursos de tecnologia da informação,
como editores de texto e imagens, programas de apresentação e sistemas
corporativos do COMAER;
h) aplicar os conhecimentos básicos de inteligência para atividade operacional;
i) executar o planejamento de missões de inteligência, de reconhecimento, de
patrulha, de vigilância aérea e de guerra eletrônica e ministrar briefing e
debriefing dessas missões;
j) auxiliar no planejamento de missão operacional e montar o debriefing para a
crítica do voo;
k) ministrar instrução de percepção visual de objetivos (PVO) para equipagens
de combate;
l) aplicar os conhecimentos básicos de reconhecimento, para operar os sensores
aeroembarcados;
m) executar a interpretação de dados decorrentes de uma missão de
reconhecimento aéreo;
n) executar trabalhos em softwares de processamento digital de imagens e em
sistemas de informações geográficas (SIG);
o) realizar crítica-vídeo de imagens obtidas por sensores acoplados a visores de
tiro e sistemas de armas das aeronaves;
p) aplicar normas específicas atinentes à sua especialidade;
q) aplicar conhecimentos básicos de guerra eletrônica;
r) exercer a atividade aérea como tripulante orgânico;
s) expressar-se, oralmente e por escrito, em Inglês, apresentando competências
linguísticas equivalentes ao nível A2.

3.2 PERFIL DO ALUNO

O aluno do Curso de Formação de Sargentos apresenta as seguintes


características:
a) É oriundo do meio civil ou militar, possuindo o Ensino Médio completo;
10/49 ICA 37-49/2020

b) Não possui menos de 17 (dezessete) anos e nem completa 25 (vinte e cinco)


anos até 31 de dezembro do ano da matrícula no curso;
c) Foi aprovado no Exame de Admissão ao CFS, tendo realizado exames de
escolaridade, exames médico, exame de aptidão física e exame de aptidão
psicológica; e
d) É proveniente de diferentes regiões brasileiras e camadas socioeconômicas.
ICA 37-49/2020 11/49

4 FINALIDADE, OBJETIVOS GERAIS E DURAÇÃO DO CURSO

4.1 FINALIDADE

Formar técnicos militares na especialidade de Fotointeligência (BFT), para


atender às necessidades da Força Aérea Brasileira.

4.2 OBJETIVOS GERAIS

Proporcionar aos estagiários experiências de aprendizagem que os capacitem a:


a) Supervisionar e orientar as atividades realizadas pelos cabos e soldados,
relativas a sua especialidade;
b) Empregar os equipamentos e o ferramental próprios da sua especialidade,
conforme prática padrão;
c) Executar a manutenção e conservação do equipamento e materiais
utilizados;
d) Operar, testar, conservar e, se for o caso, ajustar equipamentos utilizados na
especialidade;
e) Identificar os equipamentos e instrumentos necessários às atividades da
especialidade; e
f) Executar as tarefas previstas para a sua especialidade.

4.3 DURAÇÃO DO CURSO

4.3.1 O Curso de Formação de Sargentos na especialidade de Fotointeligência (CFS BFT) terá


a duração de 4 (quatro) semestres letivos com 2375 (dois mil trezentos e setenta e cinco)
tempos de carga horária real, 160 (cento e sessenta) tempos de carga horária de estágio
supervisionado, 117 (cento e dezessete) tempos de carga horária de atividades administrativas,
atividades complementares e flexibilidade da programação, perfazendo 2652 (dois mil
seiscentos e cinquenta e dois) tempos de carga horária total.

4.3.2 O Campo Militar possui uma carga horária real de 703 (setecentos e três) tempos.

4.3.3 O Campo Geral possui uma carga horária real de 295 (duzentos e noventa e cinco)
tempos.

4.3.4 O Campo Técnico especializado possui uma carga horária real de 1377 (Hum mil
trezentos e setenta e sete) tempos.

4.3.5 O Estágio Supervisionado possui uma carga horária de 160 (cento e sessenta) tempos.
12/49 ICA 37-49/2020

5 QUADRO GERAL DO CFS-BFT


CH CH CH
ÁREA DISCIPLINAS
INST AVAL TOTAL
CAMPO MILITAR
CONFORME ICA 37-56
TOTAL CH CAMPO MILITAR - - 703

CAMPO GERAL

LÍNGUA INGLESA I 47 03 50
LÍNGUA PORTUGUESA I 47 03 50

LINGUÍSTICA, LÍNGUA INGLESA II 47 03 50


LETRAS E ARTES LÍNGUA PORTUGUESA II 42 03 45
LÍNGUA INGLESA III 47 03 50
LÍNGUA INGLESA IV 47 03 50
TOTAL CH CAMPO GERAL 277 18 295

CAMPO TÉCNICO ESPECIALIZADO

CIÊNCIAS FÍSICA APLICADA À FOTOINTELIGÊNCIA 40 09 49


EXATAS E DA PRINCÍPIOS DE ONDULATÓRIA E
TERRA 44 09 53
RADIOPROPAGAÇÃO
CIÊNCIAS
CONHECIMENTOS GERAIS DE AVIAÇÃO 21 04 25
AERONÁUTICAS
CIÊNCIAS
NOÇÕES DE INFORMÁTICA PARA
EXATAS E DA 59 05 64
FOTOINTELIGÊNCIA
TERRA
FILOSOFIA DO SISTEMA DE INVESTIGAÇÃO E
CIÊNCIAS
PREVENÇÃO DE ACIDENTES AERONÁUTICOS 18 04 22
AERONÁUTICAS
(SIPAER)
CIÊNCIAS PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS 57 10 67
EXATAS E DA
TERRA SENSORES IMAGEADORES ELETRO-ÓPTICOS 35 04 39

SENSORES DA AVIAÇÃO DE RECONHECIMENTO 46 06 52

CIÊNCIAS SENSORES DA AVIAÇÃO DE PATRULHA 25 04 29


MILITARES NOÇÕES DE SENSORIAMENTO REMOTO 74 06 80
PERCEPÇÃO VISUAL DE OBJETIVOS 84 04 88
ENGENHARIAS CARTOGRAFIA 31 04 35
CIÊNCIAS
NOÇÕES DE INTELIGÊNCIA 40 04 44
MILITARES
CIÊNCIAS PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE MISSÃO DE
87 20 107
MILITARES RECONHECIMENTO
CIÊNCIAS MANUAIS DE INTELIGÊNCIA I 37 03 40
MILITARES
MANUAIS DE INTELIGÊNCIA II 47 03 50
ICA 37-49/2020 13/49

MANUAIS DE INTELIGÊNCIA III 43 03 46


PRINCÍPIOS DE FOTOINTERPRETAÇÃO 30 04 34
RELATÓRIO DE MISSÃO DE RECONHECIMENTO 106 12 118
CIÊNCIAS
NOÇÕES DE NAVEGAÇÃO AÉREA 39 04 43
AERONÁUTICAS

LINGUÍSTICA, TÉCNICAS DE BRIEFING E DEBRIEFING 15 19 34


LETRAS E ARTES INGLÊS TÉCNICO PARA BFT 22 02 24
CIÊNCIAS GUERRA ELETRÔNICA APLICADA À
74 06 80
MILITARES INTELIGÊNCIA
CIÊNCIAS
EXATAS E DA GEOPROCESSAMENTO 86 08 94
TERRA
CIÊNCIAS
CRÍTICA 56 04 60
MILITARES
TOTAL CH CAMPO TÉCNICO ESPECIALIZADO 1216 161 1377
TOTAL CH REAL 2375
ESTÁGIO SUPERVISIONADO 160
ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS
ATIVIDADES COMPLEMENTARES 117
FLEXIBILIDADE
CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO 2652
14/49 ICA 37-49/2020

5.1 DESDOBRAMENTO DO QUADRO GERAL

5.1.1 CAMPO GERAL


CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES
DISCIPLINA: LÍNGUA INGLESA I
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

a) reproduzir diálogos escritos e orais, com utilização de estruturas gramaticais


apresentadas e da pronúncia adequada (Cn);
b) identificar sentenças no presente e no passado simples (Cp);
c) distinguir o emprego sintático e semântico de diferentes expressões do idioma (Cp); e
d) localizar informações gerais e específicas na interpretação de textos orais e escritos
(Cp).
EMENTA:
1) Inglês Básico I.
ICA 37-49/2020 15/49

CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA I
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

a) reconhecer a língua enquanto instrumento de uso social, aplicada a situações diversas de


comunicação e escrita, a partir de leitura analítica e crítico-interpretativa de contextos e
textos (Va);
b) ampliar o contato com os processos de leitura, interpretação e produção textual, assim
como com aspectos linguísticos e gramaticais, a fim de capacitar-se no uso das sequências
descritiva objetiva e de relato, como base para a produção de documentos relativos à
prática profissional na FAB (Cp);
c) conhecer e compreender os elementos característicos da sequência descritiva objetiva e
de relato (Cp);
d) conhecer e utilizar os elementos linguístico-gramaticais necessários à construção da
sequência descritiva objetiva e de relato (Cn);
e) desenvolver as competências de observação e priorização do uso sensorial para a
caracterização de ambientes, pessoas, objetos, inseridos na relação espaço-temporal, assim
como para o relato de um fato, com o encadeamento de ações a partir das três dimensões
do tempo (anterioridade, simultaneidade e posterioridade) (Cp);
f) desenvolver as habilidades relativas a seleção, análise e reagrupamento, em raciocínio
lógico, tanto das características de um objeto de descrição em foco como dos fatos
pertinentes à construção de um relato, considerando seus elementos principais (Por que o
fato se dá? Como? Onde? Quando? Com quem?) (Ap);
g) redigir textos abrangendo a sequência descritiva e o relato, valendo-se de clareza e
correção gramatical, de acordo com as técnicas trabalhadas em sala de aula (Ap); e
h) aperfeiçoar a linguagem a partir de análise de textos que apresentem problemas
sintático-semânticos e de textos produzidos em sala de aula (Ap).
EMENTA:
1) Descrição Objetiva.
2) Relato.
16/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: LÍNGUA INGLESA II
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

a) reproduzir diálogos escritos e orais, com utilização de estruturas gramaticais


apresentadas e da pronúncia adequada (Cn);
b) identificar sentenças no presente simples, passado simples e presente perfeito (Cp);
c) distinguir o emprego sintático e semântico de diferentes expressões do idioma (Cp); e
d) localizar informações gerais e específicas na interpretação de textos orais e escritos
(Cp).
EMENTA:

1) Inglês Básico II.


ICA 37-49/2020 17/49

CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA II
CH INST: 42 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 45
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) reconhecer a língua enquanto instrumento de uso social, aplicada a situações diversas de
comunicação oral e escrita, a partir de leitura analítica e crítico-interpretativa de contextos
e textos (Va);
b) ampliar o contato com os processos de leitura, interpretação e produção de texto, assim
como com aspectos linguísticos e gramaticais, a fim de capacitar-se no uso de argumentos
no texto dissertativo, como base para a produção de documentos relativos à prática
profissional na FAB (Cp);
c) desenvolver competência para a defesa de um ponto de vista com argumentos
consistentes, a fim de expressar o pensamento, por escrito, com eficácia e objetividade, a
partir de um tema (Cp);
d) refletir sobre temas sociais, políticos e econômicos com vistas ao desenvolvimento do
exercício pleno de cidadania (Cp);
e) redigir textos com a sequência dissertativa, valendo-se de clareza e correção gramatical,
de acordo com as técnicas trabalhadas em sala de aula (Ap); e
f) aperfeiçoar a linguagem a partir de análise de textos que apresentem problemas sintático-
semânticos (Ap).

EMENTA:
1) Dissertação.
18/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: LÍNGUA INGLESA III
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) reproduzir diálogos escritos e orais, com utilização de estruturas gramaticais
apresentadas e da pronúncia adequada (Cn);
b) identificar sentenças no presente simples, passado simples e presente perfeito (Cp);
c) distinguir o emprego sintático e semântico de diferentes expressões do idioma (Cp); e
d) localizar informações gerais e específicas na interpretação de textos orais e escritos
(Cp).

EMENTA:
1) Inglês Pré-intermediário I.
ICA 37-49/2020 19/49

CAMPO: GERAL ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: LÍNGUA INGLESA IV
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

a) reproduzir diálogos escritos e orais, com utilização de estruturas gramaticais


apresentadas e da pronúncia adequada (Cn);
b) identificar sentenças no presente simples, passado simples e presente perfeito (Cp);
c) distinguir o emprego sintático e semântico de diferentes expressões do idioma (Cp); e
d) localizar informações gerais e específicas na interpretação de textos orais e escritos
(Cp).
EMENTA:
1) Inglês Pré-intermediário II.
20/49 ICA 37-49/2020

5.1.2 CAMPO TÉCNICO ESPECIALIZADO


CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
DISCIPLINA: FÍSICA APLICADA À FOTOINTELIGÊNCIA
CH INST: 40 CH AVAL: 09 CH TOTAL: 49
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) descrever os conceitos da refração da luz (Cp);
b) determinar geometricamente as características das imagens conjugadas por lentes
esféricas (Cp);
c) aplicar os conceitos fundamentais de sistemas de lentes (Ap);
d) identificar a radiância espectral de um corpo negro (Cn);
e) aplicar os princípios que definem a radiação térmica (Ap);
f) compreender as grandezas que determinam a radiação eletromagnética (Cp);
g) descrever os fenômenos relacionados com a radiação solar (Cp);
h) identificar os efeitos da radiação solar sobre a atmosfera (Ap);
i) demonstrar compreensão diante dos principais efeitos da interação da radiação com a
matéria (Cp);
j) identificar o comportamento de materiais do tipo “P” e materiais do tipo “N”, a partir da
dopagem (Cp);
k) descrever os conceitos básicos dos fotodetetores (Cn); e
l) empregar os princípios de Física do Estado Sólido em sensores de imageamento (Ap).

EMENTA:
1) Lentes esféricas.
2) Radiação térmica.
3) Interação da radiação solar e atmosfera.
4) Princípios Físicos nos sensores de imageamento.
ICA 37-49/2020 21/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA


DISCIPLINA: PRINCÍPIOS DE ONDULATÓRIA E RADIOPROPAGAÇÃO
CH INST: 44 CH AVAL: 09 CH TOTAL: 53
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar os conceitos de Movimento Circular Uniforme (MCU) (Cn);
b) caracterizar movimentos harmônicos (Cn);
c) identificar as equações horárias do Movimento Harmônico Simples (MHS) e as posições
notáveis de um ponto em MHS (Cp);
d) analisar os diagramas horários (Cp);
e) resolver problemas de MHS (Ap);
f) conceituar propagação ondulatória e classificar os tipos de ondas (Cn);
g) identificar as leis de propagação de um pulso e de ondas senoidais (Cp);
h) identificar os elementos de um trem de ondas (Cn);
i) conceituar ondas sonoras, suas características e qualidades (Cn);
j) resolver problemas de intensidade sonora (decibel) (Ap);
k) descrever os fenômenos de reflexão, de refração e do efeito Doppler (Cn);
l) descrever o princípio de Huygens (Cn);
m) conceituar os fenômenos de difração e interferência, e também ondas estacionárias e
franjas de interferência (Cn);
n) demonstrar os movimentos resultantes da composição de dois movimentos harmônicos
em diversas situações, bem como suas aplicações em telecomunicações (Ap);
o) resolver problemas de composição de movimentos (Ap);
p) conceituar propagação, reflexão e dispersão da luz (Cn);
q) discutir a dualidade da natureza da luz nos fenômenos de difração e do efeito fotoelétrico
(Cp);
r) descrever o espectro eletromagnético e suas faixas, aplicações e o fenômeno da
polarização (Cp);
s) caracterizar laser, tipos e aplicações (Cn);
t) empregar os fenômenos de interferência e efeito Doppler em ondas eletromagnéticas
como introdução à teoria do Radar (Ap);
u) solucionar questões e problemas sobre as propriedades da luz e aplicações das ondas
eletromagnéticas (Ap);
v) identificar os diversos modos de radiopropagação de acordo com as frequências e
utilização (Cp); e
w) resolver questões sobre radiopropagação (Ap).
EMENTA:
1) Oscilações.
2) Ondas.
3) Comportamento da luz.
4) Radiopropagação.
22/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS AERONÁUTICAS


DISCIPLINA: CONHECIMENTOS GERAIS DE AVIAÇÃO
CH INST: 21 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 25
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) descrever os fatos mais importantes da história da aviação (Cn);
b) identificar os conceitos básicos sobre aerodinâmica de aeronaves (Cp);
c) identificar as partes componentes de um avião (Cn);
d) identificar os principais instrumentos de aviônica (Cn); e
e) sumariar os cuidados na aproximação de uma aeronave (Cp).

EMENTA:
1) História da Aviação.
2) Aeronave.
3) Instrumentos de aviônica.
4) Áreas de segurança.
ICA 37-49/2020 23/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA


DISCIPLINA: NOÇÕES DE INFORMÁTICA PARA FOTOINTELIGÊNCIA
CH INST: 59 CH AVAL: 05 CH TOTAL: 64
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) executar funções essenciais do sistema operacional Windows (Rc);
b) manipular textos através de editores de textos (Rm); e
c) manipular dados através de planilhas eletrônicas (Rm).

EMENTA:
1) Sistema Operacional Windows.
2) Editor de Texto.
3) Planilha Eletrônica.
24/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS AERONÁUTICAS


FILOSOFIA DO SISTEMA DE INVESTIGAÇÃO E PREVENÇÃO DE
DISCIPLINA:
ACIDENTES AERONÁUTICOS (SIPAER)
CH INST: 18 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 22
OBJETIVO ESPECÍFICO:
a) identificar os conceitos básicos sobre a filosofia do Sistema de investigação e prevenção
de acidente aeronáutico (SIPAER) (Cn).

EMENTA:
1) Sistema de investigação e prevenção de acidente aeronáutico (SIPAER).
2) Perigos na aviação.
3) Relatório de prevenção.
ICA 37-49/2020 25/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA


DISCIPLINA: SENSORES IMAGEADORES ELETRO-ÓPTICOS
CH INST: 35 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 39
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) descrever a evolução dos Sensores Imageadores Eletro-ópticos (EO) (Cn);
b) identificar as partes essenciais dos EO (Cn);
c) identificar os principais acessórios dos EO (Cp);
d) descrever o processo de obtenção da imagem digital, inclusive a partir de vídeos (Cp);
e) listar a manutenção preventiva nível orgânico e como sua falta afeta os EO (Cn); e
f) operar os EO (Ap).

EMENTA:
1) Sensores Imageadores Eletro-ópticos.
2) Focagem, Exposição e Enquadramento.
3) Introdução ao estudo da imagem e Filtros.
4) Sensores Imageadores Eletro-ópticos Ativos.
5) Armazenamento, Visualização e Impressão de Imagens.
6) Manutenção preventiva dos EO.
26/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA


DISCIPLINA: PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS
CH INST: 57 CH AVAL: 10 CH TOTAL: 67
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) explicar a constituição de uma imagem digital (Si);
b) esquematizar as características das imagens digitais (Si);
c) relacionar técnicas de processamento digital com suas respectivas formas de emprego
(An);
d) executar processos de edição de imagens (Rc); e
e) executar técnicas de processamento digital de imagens (Rc).

EMENTA:
1) Programa de Tratamento de Imagens.
2) Processamento Digital de Imagens.
ICA 37-49/2020 27/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: SENSORES DA AVIAÇÃO DE RECONHECIMENTO
CH INST: 46 CH AVAL: 06 CH TOTAL: 52
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) explicar a doutrina de reconhecimento na FAB (Si);
b) esquematizar os sensores de reconhecimento da FAB (Si); e
c) relacionar os procedimentos de manutenção preventiva com os respectivos sensores de
reconhecimento (An).

EMENTA:
1) Doutrina de Reconhecimento da FAB.
2) Sensores imageadores empregados no 1º/6º GAV e 2º/6º.
3) Sensores imageadores empregados no 1º/10º GAV e 1º/12º GAV.
4) Manutenção preventiva nível orgânica afeta aos sensores imageadores.
28/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: SENSORES DA AVIAÇÃO DE PATRULHA
CH INST: 25 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 29
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) esquematizar a metodologia e missões empregadas nos esquadrões da Aviação de
Patrulha (Si);
b) distinguir os sensores utilizados nos esquadrões de Aviação de Patrulha (An); e
c) identificar a manutenção preventiva nível orgânico em relação aos sensores (Ap).

EMENTA:
1) Histórico e missões da aviação de patrulha.
2) Sensores utilizados nos esquadrões de aviação de patrulha.
3) Manutenção preventiva dos sensores.
ICA 37-49/2020 29/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: NOÇÕES DE SENSORIAMENTO REMOTO
CH INST: 74 CH AVAL: 06 CH TOTAL: 80
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) explicar os conceitos de sensoriamento remoto em sentido restrito e amplo (Si);
b) esquematizar os princípios do sensoriamento remoto (Si);
c) distinguir as características da Radiação Eletromagnética (REM) nas diferentes faixas
espectrais (An);
d) explicar fenômenos relacionados com o sensoriamento remoto (Si);
e) distinguir tipos de sensores remotos (An);
f) identificar sistemas sensores orbitais (Ap);
g) relacionar as resoluções com seus efeitos sobre os produtos do sensoriamento remoto
(An);
h) esboçar o comportamento espectral de alvos naturais e superfícies construídas (An); e
i) explicar o comportamento espectral de alvos naturais e superfícies construídas (Si).

EMENTA:
1) Princípios do Sensoriamento Remoto.
2) Sensoriamento Remoto da Faixa do Visível.
3) Sensoriamento Remoto na Faixa do Infravermelho.
4) Sensoriamento Remoto na faixa do Microondas.
5) Resoluções.
6) Sensoriamento Multiespectral e Hiperespectral.
7) Sistemas Orbitais.
8) Comportamento Espectral de Alvos.
30/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: PERCEPÇÃO VISUAL DE OBJETIVOS
CH INST: 84 CH AVAL: 4 CH TOTAL: 88
OBJETIVO ESPECÍFICO:
a) empregar com conceitos básicos a percepção visual de objetivos (PVO) (Ap).

EMENTA:
1) Percepção Visual de Aeronaves.
2) Percepção Visual de Blindados.
3) Percepção Visual de Cocares.
4) Percepção Visual de Artilharia.
5) Percepção Visual de Mísseis.
6) Percepção Visual de Helicópteros.
7) Percepção Visual de Embarcações.
8) Percepção Visual de Equipamentos Eletrônicos.
ICA 37-49/2020 31/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: ENGENHARIAS


DISCIPLINA: CARTOGRAFIA
CH INST: 31 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 35
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) sumariar as definições iniciais relativas à Cartografia (Si);
b) diferenciar os sistemas de Projeção Universal Transversa de Mercator e de Projeção
Cônica de Lambert (An);
c) discriminar o emprego de símbolos e convenções cartográficas (An);
d) analisar a classificação das cartas e utilização de mapa índice (An); e
e) sumariar os princípios fundamentais da aerofotogrametria (Si).

EMENTA:
1) Definições Iniciais.
2) Sistemas de Coordenadas.
3) Forma e Representação da Terra no Plano.
4) Projeções Cartográficas.
5) Representação Cartográfica.
6) Levantamento Topográfico.
32/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: NOÇÕES DE INTELIGÊNCIA
CH INST: 40 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 44
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar os elos da estrutura sistêmica da inteligência nacional (Sistemas: de
Inteligência Nacional, de Defesa, da Aeronáutica e Operacional) (Cp);
b) identificar os diversos níveis de inteligência na FAB (Cp);
c) analisar os diversos documentos de inteligência operacional produzidos no âmbito do
Comando de Preparo (COMPREP) (Cenário, Mapa de Situação, Arquivo de Ameaça, Pasta
de Alvos, Relatório de Avaliação de Danos, Plano de Coleta (An);
d) explicar os conceitos básicos da atividade de inteligência (Cp);
e) identificar os documentos de inteligência no âmbito do COMAER (Ap); e
f) identificar o documento Informe (Cp).

EMENTA:
1) Sistema Brasileiro de Inteligência, Sistema de Inteligência de Defesa, Sistema de
Inteligência Operacional, Sistema de Inteligência da Aeronáutica.
2) Níveis de Inteligência na Força Aérea Brasileira.
3) Cenário, Mapa de Situação, Arquivo de Ameaça, Pasta de Alvos, Relatório de Avaliação
de Danos, Plano de Coleta.
4) Conceitos Básicos de Atividade de Inteligência.
5) Documentos de inteligência no âmbito do Comando de Operações Aeroespaciais
(COMAE).
6) Prescrição de informe.
7) Retransmissão de informe.
ICA 37-49/2020 33/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE MISSÃO DE
RECONHECIMENTO
CH INST: 87 CH AVAL: 20 CH TOTAL: 107
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) planejar uma missão de sensoriamento remoto aerotransportado oblíquo em cartas
aeronáuticas (Rc);
b) planejar uma missão de sensoriamento remoto aerotransportado em software de
planejamento de missão de reconhecimento (Rc); e
c) identificar os métodos e técnicas de processamento de imagens oblíquas (Cp).

EMENTA:
1) Planejamento de Missão na Carta.
2) Planejamento de Missão no Software.
34/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: MANUAIS DE INTELIGÊNCIA I
CH INST: 37 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 40
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) explicar os conceitos básicos do manual de Reconhecimento e Interpretação de
Objetivos (Si);
b) identificar as características de edificações de acordo com a MCA 200-02 (An);
c) identificar as características de alvos da categoria sistema de mísseis de acordo com a
MCA 200-04 (An);
d) identificar as características de alvos da categoria Transposição de Brechas e Cursos
D'água de acordo com a MCA 200-08 (An);
e) identificar as características de alvos da categoria Vias de Comunicação de acordo com a
MCA 200-10 (An);
f) identificar as características de alvos da categoria Terrenos de acordo com a MCA 200-
11 (An); e
g) identificar as características de alvos da categoria Pontes de acordo com a MCA 200-12
(Cp).

EMENTA:
1) Reconhecimento e interpretação de objetivos.
2) Sistema de mísseis.
3) Transposição de brechas e cursos d’água.
4) Vias de comunicação.
5) Terrenos.
6) Pontes.
ICA 37-49/2020 35/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: MANUAIS DE INTELIGÊNCIA II
CH INST: 47 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 50
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar as características de alvos da categoria Aeródromos de acordo com a MCA
200-03 (An);
b) identificar as características de alvos da categoria Equipamentos Eletrônicos de acordo
com a MCA 200-05 (An);
c) identificar as características de alvos da categoria Instalações Militares de acordo com a
MCA 200-07 (An);
d) identificar as características de alvos da categoria Atividades Militares de acordo com a
MCA 200-07 (An);
e) identificar as características de alvos da categoria Instalações Ferroviárias de acordo
com a MCA 200-14 (An);
f) identificar as características de alvos da categoria Instalações Industriais de acordo com a
MCA 200-15 (An); e
g) identificar as características de alvos da categoria Energia Elétrica de acordo com a
MCA 200-16 (An).

EMENTA:
1) Aeródromos.
2) Equipamentos eletrônicos.
3) Instalações militares.
4) Atividades militares.
5) Instalações ferroviárias.
6) Instalações industriais.
7) Energia elétrica.
36/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: MANUAIS DE INTELIGÊNCIA III
CH INST: 43 CH AVAL: 03 CH TOTAL: 46
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar as características de alvos da categoria Petróleo e Derivados de acordo com a
MCA 200-06 (An);
b) identificar as características de alvos da categoria Embarcações de acordo com a MCA
200-09 (An); e
c) identificar as características de alvos da categoria Portos e Estaleiros de acordo com a
MCA 200-13 (An).

EMENTA:
1) Petróleo e derivados.
2) Embarcações.
3) Portos e Estaleiros.
ICA 37-49/2020 37/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: PRINCÍPIOS DE FOTOINTERPRETAÇÃO
CH INST: 30 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 34
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) explicar o conceito de fotointerpretação (Si);
b) organizar o processo de fotointerpretação (Si);
c) calcular medidas em imagens (Ap); e
d) empregar o software de interpretação de imagens (Ap).

EMENTA:
1) Teoria básica de interpretação de imagens.
2) Medidas.
3) Software de interpretação de imagens.
38/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: RELATÓRIO DE MISSÃO DE RECONHECIMENTO (REMIR)
CH INST: 106 CH AVAL: 12 CH TOTAL: 118
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) produzir informações através da análise de dados das fontes previstas na MCA 200-2
(Si); e
b) elaborar Relatórios de Missão de Reconhecimento (REMIR) conforme a MCA 200-2
(Si).

EMENTA:
1) Elaboração de relatório de missão de reconhecimento (REMIR).
ICA 37-49/2020 39/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS AERONÁUTICAS


DISCIPLINA: NOÇÕES DE NAVEGAÇÃO AÉREA
CH INST: 39 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 43
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar os métodos de navegação aérea (Ap);
b) descrever a forma da Terra (Cp);
c) diferenciar posição, direção, distância e tempo (Ap);
d) identificar coordenadas geográficas (Cp);
e) fazer a plotagem de coordenadas geográficas em cartas de diferentes escalas (Rc);
f) analisar o emprego dos fusos horários (An);
g) descrever o magnetismo terrestre e declinação magnética (Cp);
h) converter medidas de distância lineares e angulares (Ap);
i) identificar os principais sistemas de localização geográfica (Cp); e
j) descrever os procedimentos de uma Navegação a Baixa Altura – NBA (Cp).

EMENTA:
1) Métodos de navegação.
2) Representação da terra.
3) Cartas Aeronáuticas.
4) Estudo do tempo.
5) Magnetismo Terrestre.
6) Sistemas de Posicionamento.
7) Navegação à Baixa Altura – NBA.
40/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: TÉCNICAS DE BRIEFING E DEBRIEFING
CH INST: 15 CH AVAL: 19 CH TOTAL: 34
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) conhecer as diferentes formas de se comunicar nas relações interpessoais (Cn);
b) distinguir as características da técnica de Exposição Oral de outras técnicas de
comunicação (Cp);
c) demonstrar na prática o uso de recursos audiovisuais para uma Exposição Oral (Cp);
d) apresentar na prática as técnicas de plataforma quanto à motivação, gestos e contato
visual em uma Exposição Oral (Cp);
e) valorizar a importância do planejamento para o êxito da exposição oral em um
briefing/debriefing (Va).

EMENTA:
1) Comunicação Oral e Relações Interpessoais.
2) Exposição Oral em Briefing/Debriefing.
3) Prática de Ambientação a Audiência.
4) Recursos Audiovisuais.
ICA 37-49/2020 41/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES


DISCIPLINA: INGLÊS TÉCNICO PARA BFT
CH INST: 22 CH AVAL: 02 CH TOTAL: 24
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) identificar as atividades desenvolvidas por especialistas da área em outras nações de
Língua Inglesa (Cn);
b) executar a tradução de textos em Língua Inglesa sobre a função do especialista (Ap);
c) identificar as principais partes e funções da máquina fotográfica em inglês (Cp); e
d) demonstrar compreensão em relação aos textos em inglês sobre elementos de exposição e
balanço de branco (Cp).

EMENTA:
1) Atividades do Especialista em Língua Inglesa.
2) Partes, Funções e Acessórios da Câmera.
3) Apresentação ao Manual da Câmera NIKON D2x.
4) Elementos de exposição e balanço de branco.
5) Análise de inteligência.
42/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: GUERRA ELETRÔNICA APLICADA À INTELIGÊNCIA
CH INST: 74 CH AVAL: 06 CH TOTAL: 80
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) discriminar os princípios básicos da Guerra Eletrônica (An);
b) analisar o funcionamento básico do Sistema de Guerra Eletrônica no âmbito da
Aeronáutica (An);
c) examinar os diversos tipos de radar e suas funcionalidades (An); e
d) sumarizar o princípio das atividades desenvolvidas pela Guerra Eletrônica no teatro de
operações (Si).

EMENTA:
1) Divisões da guerra eletrônica.
2) Princípios básicos da modulação.
3) Conceitos básicos de RADAR
4) Medidas de apoio de guerra eletrônica (MAGE).
5) Medidas de ataque eletrônico (MAE).
6) Medidas de Proteção eletrônica (MPE).
7) Comando, Controle e Comunicações e Contramedidas (C3CM) e Supressão de Defesa
Aérea Inimiga (SDAI).
ICA 37-49/2020 43/49

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA


DISCIPLINA: GEOPROCESSAMENTO
CH INST: 86 CH AVAL: 08 CH TOTAL: 94
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) sumariar as diversas conceituações de Geoprocessamento (Si);
b) sintetizar os objetivos e as aplicações do Geoprocessamento (Si);
c) esquematizar a estrutura básica de ambientes de Geoprocessamento (Si);
d) combinar as aplicações do Geoprocessamento para a produção de banco de dados
espacial (Si);
e) analisar a modelagem e a espacialização de dados em Geoprocessamento (An);
f) comparar alguns dos softwares de Geoprocessamento utilizados no Brasil (An);
g) usar ferramentas básicas de alguns dos softwares de Geoprocessamento (Ro);
h) manusear softwares de Geoprocessamento na preparação de imagens e na produção de
Banco de Dados Espacial (Rm); e
i) criar um banco de dados em ambiente do Sistema de Informações Geográficas (SIG)
para produzir um Sistema de Informações Geográficas (SIG) básico (Cp).

EMENTA:
1) Entendendo Geoprocessamento.
2) Sistema de Informações Geográficas (SIG).
3) Tipos de dados utilizados em geoprocessamento e suas representações computacionais.
4) Modelagem de dados em geoprocessamento.
44/49 ICA 37-49/2020

CAMPO: TÉCNICO ESPECIALIZADO ÁREA: CIÊNCIAS MILITARES


DISCIPLINA: CRÍTICA
CH INST: 56 CH AVAL: 04 CH TOTAL: 60
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) esboçar o processo da crítica de imagens obtidas por sensores acoplados a visores de tiro
(An); e
b) Reunir os dados extraídos do sistema de gravação, para os diversos tipos de missão, em
suas respectivas fichas de crítica (Si).

EMENTA:
1) Tipos de Missão.
2) Equipamentos e Produtos de Crítica.
ICA 37-49/2020 45/49

ESTÁGIO SUPERVISIONADO
CH INST: 160 CH AVAL: 00 CH TOTAL: 160
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
a) apresentar na realização das atividades de sua especialidade os conceitos compreendidos
ao longo do curso (Cp);
b) operar de modo correto os equipamentos relacionados à sua especialidade (Rc);
c) compreender as características do local de trabalho de sua especialidade (Cp); e
d) distinguir os procedimentos corretos a serem adotados na realização das atividades de
sua especialidade (Cp).

EMENTA:
1) Prática no ambiente de Trabalho.
46/49 ICA 37-49/2020

6 PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO

6.1 Os procedimentos de Avaliação para o CFS-BFT, objeto do presente Currículo Mínimo,


serão detalhados no MCA 37-231 “Plano de Avaliação da Escola de Especialistas de
Aeronáutica”.

6.2 A Avaliação deverá incidir sobre os cinco campos previstos nos documentos normativos:
ICA 37-520 “Elaboração do Plano de Avaliação” e ICA 37-11 “Avaliação do Ensino”, são
eles:
a) Avaliação do Corpo Discente;
b) Avaliação da Instrução;
c) Avaliação do Docente;
d) Avaliação dos Meios de Avaliação; e
e) Avaliação do Currículo.
ICA 37-49/2020 47/49

7 DISPOSIÇÕES GERAIS

Como Atividades Complementares do Campo Militar:


a) Palestras ministradas por instrutores do próprio efetivo da EEAR e/ou
convidados, na série julgada pertinente, sendo elas:
• A missão do PARASAR na FAB (Ministrada por militar do efetivo do
PARASAR);
• Metrologia e Qualidade (Ministrada por militar do efetivo do IFI);
• Drogas: Prevenções e Combate (Ministrada pelo DENARC);
• A missão da DIRAP/Escolha de localidade (Ministrada por militar do
efetivo da DIRAP);
• Planejamento Familiar (Ministrada por instrutor da CIPAA);
• História da FAB (Ministrada por instrutor do Corpo de Alunos da EEAR);
• Justiça Militar;
• Cultura de Segurança de Voo (Ministrada por militar do efetivo do
CENIPA);
• Carreira do Graduado;
• Sistema de Serviço Militar (Ministrada por militar do efetivo da Diretoria de
Serviço Militar - DSM);
• Heráldica; e
• Direção Defensiva (Ministrada por instrutor da CIPAA).

Como Atividades Complementares do Campo Técnico Especializado:


b) Palestras ministradas por instrutores do próprio efetivo da EEAR e/ou
convidados, na série julgada pertinente, sendo elas:
• Visita com palestra no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) de
São José dos Campos – SP;
• Visita com palestra no Instituto de Estudos Avançados (IEAv) do Centro
Técnico Aeroespacial (CTA) em São José dos Campos – SP;
• 1º/6º, em Recife (Estágio); e
• 1º/7º, em Salvador (Estágio).
• Visita ao instituto de Estudos Avançados do Centro Técnico Aeroespacial.
48/49 ICA 37-49/2020

8 DISPOSIÇÕES FINAIS

Os casos não previstos nesta instrução serão submetidos ao Diretor de Ensino


da Aeronáutica.
ICA 37-49/2020 49/49

REFERÊNCIAS

BRASIL. Comando da Aeronáutica. Departamento de Ensino da Aeronáutica. Instrução do


Comando da Aeronáutica (ICA) 37-521 Objetivos de Ensino e Níveis a Atingir na
Aprendizagem.

_______. Comando da Aeronáutica. Departamento de Ensino da Aeronáutica. Instrução do


Comando da Aeronáutica (ICA) 37-520 Instrução Referente à Elaboração do Plano de
Avaliação.

_______. Comando da Aeronáutica. Departamento de Ensino da Aeronáutica. Instrução do


Comando da Aeronáutica (ICA) 37-4 Elaboração e Revisão de Currículos Mínimos.

_______. Comando da Aeronáutica. Comando-Geral do Pessoal. Norma de Sistema do


Comando da Aeronáutica (NSCA) 5-1 Norma disciplinando a confecção, controle e
numeração de publicações oficiais do Comando da Aeronáutica.

_______. Comando da Aeronáutica. Departamento de Ensino da Aeronáutica. Instrução do


Comando da Aeronáutica (ICA) 37-11 Instrução Referente à Avaliação do Ensino.