Você está na página 1de 25

A organização dos

conteúdos de
ensino
As disciplinas como
organizadoras dos
conteúdos:diferentes
graus de relação.
Métodos globalizados : Se baseiam em fundamentos
psicológicos da percepção humana e na necessidade de provocar
o interesse dos alunos.
Centrado no aluno e em suas necessidades educacionais.
Aluno como protagonista do ensino.

 Atualmente,por motivos históricos os métodos mais utilizados são:


 Centros de Interesse de Decroly;
 Método de Projetos de Kilpatrick;
 Estudo do Meio;
 Projetos de Trabalho Globais.
Centros de Interesse de Decroly
 Situação real,tema a ser conhecido.
 Fases:
 Observação;
 Associação;
 Expressão.
Centros de Interesse:

Biologia Celular Evolução

Zoologia Botânica Genética


Método de Projetos de Kilpatrick
 Situação real,projeto a ser realizado.
 Fases:
 Intenção;
 Preparação;
 Execução;
 Avaliação.
Método de Projetos de Kilpatrick

Tema: A Fazenda
Estudo do Meio
 Situações reais,perguntas ou questões.
o Fases:
• Motivação;
• Perguntas;
• Hipóteses;
• Medidas de informação;
• Coleta de dados;
• Seleção e classificação;
• Conclusões;
• Expressão e comunicação.
Estudo do Meio:
Projetos de Trabalho Globais
 Situação real,elaboração de dossiê.
-Fases:
 Escolha do tema;
 Planejamento;
 Busca de informação;
 Sistematização da informação;
 Desenvolvimento do índice;
 Avaliação;
 Novas perspectivas.
Projetos de Trabalho Globais:
Análise das diferentes formas de
organização dos conteúdos
 Opção globalizadora -Importância que se
dá ao aluno e a como aprende e a
finalidade que se atribui ao ensino.
 Pergunta-chave – Qual o papel do ensino? Que
tipo de cidadão se propõe? Que capacidades é
preciso desenvolver?
 Disciplinas – Promovem as capacidades

cognoscitivas.
Tipos de Conteúdos

Conceituais(conceitos) – relacionados a busca de


informação para melhora do conteúdo.
Procedimentais(procedimentos) – investigação
autônoma e observação direta.
Atitudinais(atitudes) – socialização,cooperação e a
inserção no meio..
“Função Social do ensino”
O enfoque globalizador,uma
resposta a necessidades variadas e
inclusive contrapostas.
A forma mais adequada de organizar os
conteúdos tem que ser a dos métodos
globalizados.
 Inserindo na educação
do aluno a sua realidade
de vida.
Como podemos partir de
problemas que nos proponham
situações reais e ao mesmo
tempo respeitar a estrutura e a
organização lógicas das
disciplinas?
A solução desta questão se encontra
no enfoque globalizador.
 Mas o que seria isto?
 É um enfoque, segundo o
qual toda unidade de
intervenção deveria
partir,de uma situação
próxima a realidade do
aluno, que seja interessante
para ele e lhe proponha
questões às quais precisa
dar uma resposta.
Seguindo este enfoque é possível
montar dois esquemas de
organização de conteúdos de
acordo com a realidade de cada
escola.
Escola Multidisciplinar.
Problemas g recursos matemáticos g formalização
Situação realidade A (matemática)g aplicação a outras situações

Dilemas comunicativos g instrumentos lingüísticos g


Situação realidade B formalização (língua) g aplicação a outras situações

Questões g “meios científicos” g formalização


Situação realidade C ( ciências experimentais) g aplicação a outras situações

Conflitos g recursos “sociais” g formalização(ciências


Situação realidade D sociais) g aplicação a outras situações

Comparações g instrumentos expressivos g


Situação realidade E formalização (educação artística) g aplicações a outras
situações
Escola interdisciplinar.
*problemas g recursos matemáticos g
formalização (matemática) g aplicação a
outras situações
*dilemas comunicativos g intrumentos
linguisticos g formalização lingua g
aplicação a outras situações
*questões g meios “cientificos” g
Situação
formalização (ciencias exprimentais) g
Realidade A aplicação a outras situações Integração

*conflitos g recursos “sociais” g


formalização (ciencias sociais) g aplicação
a outras situações
*comparação g instrumentos expressivos g
formalização (educação artísticas) g
aplicação a outras situações
Conclusões

 A organização dos conteúdos não se restringe ao


caráter meramente técnico, pois responde à própria
essência do que se pretende alcançar com a educação.
 A abordagem globalizada não supõe a rejeição das

disciplinas, mas as percebe como instrumentos de


análise, compreensão e participação social.
Grupo:
Dalvania Pinho Domingues
Fralini dos Santos Marcilio
Glória Patrícia Rocha da Silva
Patrícia de Sá Almeida
Rita de Cássia Costa de Carvalho
Vinícius Ferreira Pinto