Você está na página 1de 14

Inteligência Emocional

Howard Gardner
(Professor de Harvard)
III. Introdução
IV. O que é a Inteligência Emocional
V. Conceito por Daniel Goleman
VI. Conceito por Daniel Goleman
VII. Conceito por Daniel Goleman
VIII.Conceito por Salovey e Mayer
Índice IX. Conceito por Salovey e Mayer
X. Medição da Inteligência Emocional
XI. Inteligência Emocional no trabalho
XII. Como desenvolver a inteligência emocional no trabalho
XIII.Webgrafia
XIV.Conclusão
 Com este trabalho pretendo dar a conhecer o conceito
de inteligência emocional, como está relacionada no
Introdução dia-a-dia e no trabalho também
Inteligência emocional é um conceito que descreve a
capacidade de reconhecer e avaliar os nossos próprios
sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de
lidar com eles.

O que é a De acordo com a filosofia ikigai*, é a competência


responsável por boa parte do sucesso e da capacidade
Inteligência de liderança de um ser humano.

Emocional
*originada na Ilha de Okinawa, no sul do Japão,
deriva de IKI, que significa vida e KAI, realização
de desejos e expectativas (生き甲斐)
Conceito por "...capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos
outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós
Daniel Goleman e nos nossos relacionamentos." (Goleman, 1998)
Dividido em 5 domínios (3 interpessoais e 2 intrapessoais):

Autoconhecimento emocional - reconhecer as próprias


emoções e sentimentos quando ocorrem;

Controlo emocional - lidar com os próprios sentimentos,


adequando-os a cada situação;

Conceito por Automotivação - dirigir as emoções a serviço de um


Daniel Goleman objetivo ou realização pessoal;

Reconhecimento de emoções em outras pessoas -


reconhecer emoções no outro e empatia de sentimentos;

Habilidade em relacionamentos interpessoais -


interação com outros indivíduos utilizando competências
sociais.
Os dois últimos domínios têm efeito em:

Conceito por 

Organização de grupos
Negociação de soluções
Daniel Goleman 

Empatia
Sensibilidade social
"...a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao
pensamento, compreender e raciocinar com ela, e saber
regulá-la em si próprio e nos outros." (Salovey & Mayer, 2000).

Conceito por
Salovey e Mayer

Salovey Mayer
Primeiros a
publicar sobre
Dividida em 4 domínios:

Perceção das emoções - inclui habilidades envolvidas na


identificação de sentimentos por estímulos, como a voz ou a
expressão facial.

Uso das emoções – implica a capacidade de empregar as


Conceito por informações emocionais para facilitar o pensamento e o raciocínio.

Salovey e Mayer Entender emoções - é a habilidade de captar variações emocionais


nem sempre evidentes

Controlo (e transformação) da emoção - constitui o aspeto


mais facilmente reconhecido da inteligência emocional – a aptidão
para lidar com os próprios sentimentos
 Pode-se realizar com variados testes e com
comparações intelectuais da pessoa em causa,
abrangendo a personalidade e o quociente de
Medição da inteligência.

Inteligência  Em 1997 Reuven Baron constrói o primeiro instrumento


para medir a IE, chamado de: Emotional Intelligence
Emocional Inventory
 É importante desenvolver inteligência emocional no
Inteligência local de trabalho, pois irá nos ajudar a lidar melhor com
Emocional no o dia a dia do trabalho, com a pressão, outras
mentalidades, etc.
trabalho
 Analisar o nosso comportamento
 Dominar as nossas emoções
Como  Aprender a lidar com as emoções negativas
desenvolver a  Aumentar a nossa autoconfiança
inteligência  Aprender a lidar com a pressão
emocional no  Não ter medo de nos expressarmos
trabalho  Desenvolver a empatia
 https://wecareon.com/o-que-e-a-inteligencia-
emocional/
 https://pt.wikipedia.org/wiki/Intelig%C3%AAncia_em
ocional
 https://mentalidadedecrescimento.com.br/inteligencia
Webgrafia -emocional-no-trabalho/
 http://moityca.com/pdfs/Inteligencia%20Emocional%2
0Medir.pdf
Conclusão