P. 1
PROJETO DE AULA OS TRÊS PORQUINHOS Seminário

PROJETO DE AULA OS TRÊS PORQUINHOS Seminário

|Views: 103|Likes:
Publicado porjp

More info:

Published by: jp on Nov 20, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/24/2014

pdf

text

original

PROPOSTA DE PRÁTICA /INTERVENÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL/ ENSINO FUNDAMENTAL OS TRÊS PORQUINHOS

Escola Mun c !al Ica"a#$a % CMEI A"co I" s P&'l co(Al)o* alunos do 1º ano Ensino Fundamental e do Jardim III P"o+%sso"as ,as -u"$as: P"o+%sso"as n-%")%n-o"as Du"a./o ,as a- ) ,a,%s* 2 períodos de 2 horas cada0 C"ono1"a$a* O projeto será aplicado no dia 28 outubro de 201 ! no período da manh" na Escola #unicipal

2USTIFICATIVA

Objeti$ando promo$er a inte%ra&"o alunos do 1º ano Ensino Fundamental e do Jardim III! utili'aremos como recurso peda%(%ico o a$ental de hist(rias de$ido o trabalho com este material ser um espa&o amplo de si%ni)icados! como tamb*m abrir caminhos para as emo&+es! para a realidade e o ima%inário in)antil, -este modo! a literatura in)antil merece ser trabalhada durante todo ano leti$o! como incenti$o para leitura pelo encanto .ue produ'em e pela importante )un&"o a)eti$a .ue tem para as crian&as, O trabalho com literatura in)antil se ressalta pela oportunidade de n"o apenas conhecer e contar boas hist(rias! como tamb*m construí/las, 0 proposta desta inter$en&"o peda%(%ica * .ue os alunos n"o apenas conhe&am a hist(ria e seus ensinamentos! assim como tamb*m propiciar a articula&"o entre Educa&"o In)antil e os 0nos Iniciais do Ensino Fundamental, -essa )orma! n"o apenas estar"o trabalhando .uest+es especi)icas das hist(rias in)antis! como tamb*m enri.uecendo seu repert(rio hist(rico cultural e suas e1peri2ncias no con$í$io com o outro0

O32ETIVO 4ERAL,

)os %s!%c#+ cos0 6 Estimular a ima%ina&"o! a criati$idade e a sensibilidade7 6 Incenti$ar o hábito e o %osto pela leitura7 6 8rabalhar conceitos matemáticos7 6 Estimular a lin%ua%em oral7 6 9omparar a atitude de cada por. O'5%. RECURSOS COMPLEMENTARES* 6 0$ental de hist(rias 6 9ola7 6 Fantoches7 6 :ápis de cor7 6 .olas7 6 9asinhas de papel"o7 6 Fita crepe7 6 :i$ros7 6 #á.uinho ao )a'er sua casa 6 Fa$orecer momentos de discuss"o coleti$a! acolhendo as id*ias dos alunos e possibilitando a troca de in)orma&+es7 6 3ossibilitar a inte%ra&"o dos alunos da Educa&"o In)antil e do alunos dos 0nos Iniciais do Ensino Fundamental.3romo$er a inte%ra&"o alunos do 1º ano Ensino Fundamental e do Jardim III! assim como trabalhar a compreens"o! interpreta&"o e escrita dos alunos de )orma pra'erosa desen$ol$endo seu interesse pela literatura in)antil atra$*s da hist(ria 4Os tr2s por.uina )oto%rá)ica7 6 0ti$idades impressas. .uinhos5.

-urante a apresenta&"o! )a'er uma intera&"o entre os persona%ens e as crian&as. Os persona%ens da hist(ria podem chamar pelo nome das crian&as e )a'er al%umas per%untas.uinho em sua casa. 2º momento: 9ontando a hist(ria: Em uma roda contar a hist(ria dos 8r2s 3or.ue le$a$a palha! . Fa'er per%untas sobre: .uinho . 8amb*m pode pedir <s crian&as . Aociali'ar as ati$idades com os alunos.ue carre%a$a madeira e martelo e . Essa intera&"o * muito importante na constru&"o do saber! e desperta nas crian&as curiosidade! con)ian&a e auto/estima por se tornarem inte%rantes da hist(ria.uinhos.uem era o por.ual era o . º momento: 9on$idar para colar cada por.uinhos utili'ando/se do a$ental de hist(rias e dos )antoches.ue ajudem o lobo assoprar a casa.ue se%ura$a uma colher de pedreiro.ual era o . Onde colar o lobo= >º momento: ?elacionar n@mero a .uantidade de por.DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES 1º momento: 3reparar o ambiente* Fa'er uma roda de con$ersa e apresentar a hist(ria para as crian&as! a%u&ando a curiosidade e $ontade de $ontade de $iajar no mundo do )a' de conta e assim despertar a $ontade de ou$ir a hist(ria. .

ue costumamos encontrar nos li$ros Aociali'ar as ati$idades com os alunos 8º momento: Fa9%" u$a l s-a .os -":s !o".uem a conta.rincadeira com casinhas con)eccionadas com papel"o. .u n<os na < s-=" a .ue e1istem $ários modos de contar as hist(rias e . AVALIAÇÃO 0 a$alia&"o será durante a reali'a&"o das ati$idades! atra$*s da obser$a&"o Ccriati$idade! participa&"o! interesse e relacionamento com os cole%asD! atra$*s de re%istros escritos e )oto%rá)icos.o a)%n-al0 E1plorar as letras e a partir daí )a'er associa&+es com )i%uras ou outras pala$ras. 87 $o$%n-o -espedida e retorno para o 9#EI: cada aluno receberá uma máscara dos por.os no$%s .uinhos para colorir. Estes s"o os nomes da $ers"o .ue elas se modi)icam um pouco de acordo com .67 $o$%n-o . Os alunos podem ainda desenhar as casas. In-%")alo Bº momento: 0ti$idade impressa :ocali'ar as letras dos nomes7 -i'er para os alunos .

ue ajudassem os por. :e$antamos . Ent"o uma das crian&as disse: Eu sei. 9on)orme ia contando a hist(ria ia le$antando .uest+es le$antá$amos no$os .uinhos.ual hist(ria tinha um lobo e tr2s casinhas! se conheciam a hist(ria dos 8r2s 3or.uinhos! etc.uestionamentos com as crian&as tais como= / Guem construiu a casinha de palha= / Fa'endo a $o' do :in%uicinha: / n"o estou achando palha! ent"o $ou construir a minha casa de= . 0o iniciar a conta&"o da hist(ria a pro)essora Jane per%untou as crian&as se sabiam .ue o pr* ainda n"o sabia.ue era a hist(ria dos tr2s por. Hma das crian&as do 1º ano se le$antou e disse .ue sabia o )inal.uem tem medo do lobo mau5! pediu .uinhos Aalsicha! :in%uicinha e 8orresmo. 0charam muita %ra&a nos nomes e deram risada. 0ntes de darmos inicio a conta&"o por meio do a$ental de hist(rias! con$ersamos com as crian&as do 1º ano e e1plicamos .ual era a hist(ria .uem sabia cantar a m@sica 4. 9on)orme iam respondendo as .ual era a hist(ria .uestionamentos com as crian&as tais como: Ae sabiam .ue no pr(1imo ano eles estariam estudando juntos na mesma escola. Guando as pro)essoras da Educa&"o In)antil 9ássia e I'abel che%aram! apresentaram a escola para as crian&as e depois se diri%iram para a sala de aula de aula.ue n"o contasse o )inal ainda! .ue contaríamos! .uinhos e cantassem junto e depois )oi apresentando os por.ue iriam receber a $isita das crian&as do 9E#EI para tamb*m participarem da hist(ria e .uestionamentos. 9ome&amos a hist(ria nos apresentando e e1plicando . 0l%umas tinham irm"os! primos ou cole%as no 9#EI e )icaram )eli'es por compartilharem este momento.ue iríamos permanecer juntos por uma parte do dia e contaríamos uma bela hist(ria.DISCUSSÃO E RESULTADOS Eo dia $inte e oito de outubro esti$emos reunidos com as crian&as do 9#EI 0rco/ Fris e do 1º ano da Escola #unicipal Icaraíma! cujo objeti$o era apresentar a hist(ria dos 8r2s 3or.ue seria contada! responderam .uinhos e atra$*s desta promo$er a inte%ra&"o com alunos das duas escolas. 0 pro)essora ent"o come&ou a contar a hist(ria montando a )loresta no a$ental! per%untou . 0 pro)essora Jane disse ent"o .

ual era o .ual era o . -epois de colarem os persona%ens! a pro)essora #árcia e1plicou sobre o jo%o ao al$o! onde as crian&as de$eriam arremessar uma bola dentro da casa dos por.ue esta$a com medo do banheiro mas n"o sabia e1plicar o por.uinhos! cantando m@sica! ajudando o lobo a assoprar as casinhas ou ainda dando su%est+es do .uinhos! etc. Guantos eram os por.uem era o por.ue sim.uinhos.ue terminou a casa de madeira./ 0s crian&as responderam 4madeira5 3er%untou se o :in%uicinha demorou mais para construir a casa de madeira= O .ue.uerendo come&ar lo%o o jo%o.ue eles acha$am= 0l%uns responderam .uinho em sua casa! per%untou . 3er%untou ainda onde de$eria colar o lobo.uinhos ao n@mero correspondente. Ficaram empol%adas . Hma ainda acrescentou: / 3recisa de cimentoI E )oi narrando a hist(ria! le$antando .ue se%ura$a uma colher de pedreiro.uantidade de$endo li%ar a .ue le$a$a palha! .uinhos .uestionamentos com as crian&as e as en$ol$endo a participarem da hist(ria! completando a )ala dos por.ue carre%a$a madeira e martelo e .uantidade de por.ue ha$ia acontecido com o lobo. Guestionou tamb*m o .ue tenha se assustado com o tamanho da escola. -epois entre%amos uma ati$idade impressa de matemática onde a )ariam a rela&"o n@meroK. 0creditamos .ue o lobo diria aos por.uinhos passando pela portinha.uest+es como .ual o nome dos por. O . 0s crian&as )oram ent"o or%ani'adas em )ilas meninos 1 meninas! sem distin&"o de ní$el de escolaridade.uinho .ue :in%uicinha )e' depois . 0p(s a conta&"o da hist(ria! a pro)essora #árcia con$idou al%umas das crian&as para ajudarem a colocar cada por. Hm menino do 9#EI disse: / descansouI 3ro)essora )a'endo a )ala do 8orresmo: Jum! $ou construir minha casa de: / 8ijoloI ?esponderam as crian&as.uem ha$ia )eito a casa de palha! de madeira e de tijolo. Hma aluna do 9#EI pediu para ir ao banheiro e a pro)essora #árcia a le$ou. . Guando a pro)essora Jane disse . 0s crian&as )icaram animadas com a competi&"o. 0 aluna relatou .ue acabou a hist(ria! as crian&as lamentaram di'endo: / 0hhhI 0 3ro)essora ainda retomou al%umas .

ue n"o.ue esta$a le$ou as meninas ao banheiro masculino e os meninos ao banheiro )eminino o .uando ent"o cada pro)essora continou com a se. Eo 9#EI 0rco/Fris a pro)essora 9ássia con$ersou com as crian&as! per%untou se %ostaram do passeio! ao .ue tamb*m tinha estudado com ami%uinho! outro com o primoKa.ue hora eles $"o dormir5 se re)erindo as crian&as do 1º ano.ue todos responderam .uando/a ao ní$el de escolaridade de seus alunos. 0p(s as ati$idades as crian&as do 9#EI $oltaram para sua escola .ue se mostrou satis)eita com a e1plica&"o.ual a pro)essora respondeu . 0 pro)essora ainda )oi para o .uest"o )oi respondida a contento da mesma . Eo 1º ano a pro)essora :ourdes pediu para seus alunos colorir as letras dos nomes dos por.L2ncia didática ade.Hm )ato interessante )oi .uando ia ter mais.uatro horas e s( dormiriam em casa na parte da tarde se ti$essem sono ao contrário dela . 0 .ue )oi at* en%ra&ado pela rea&"o da mesma ao descobrir o .ue sim! se poderiam ir no$amente! uma das crian&as per%untou . Hma crian&a per%untou se era o nome do 4Aalsicha5 ao .uinhos em uma ati$idade . Hma menina per%untou 4.ue )icou com medo da escola 4%randona5! outra ainda relatou .ue a recontassem e escre$eu os nomes dos persona%ens da hist(ria do a$ental! depois distribuiu as ati$idades impressas. -epois pediu para desenhar e escre$er os nomes dos por.ue estudou com a irm"! ent"o as demais acrescentaram .ue ha$ia acontecido! as crian&as por sua $e' n"o perceberam nada.ue iam escre$endo! d@$idas sur%iam tais como ao escre$er A0:AI9J0 n"o sabiam se usa$a A ou 9! M ou 9J.ue uma das pro)essoras do 9#EI por tamb*m n"o conhecer bem a escola em . 0 pro)essora recordou a hist(ria! pediu <s crian&as . Os alunos puderam ainda colorir suas máscaras. . Outra lembrou .ue tinham letras di)erentes das usadas para cada nome. Foi/lhe dito .uinhos.ue encontramos nas hist(rias dos por.ue na escola municipal eles n"o dormiam por.uinhos em seus cadernos! continuando com a ati$idade entre%ou/lhes o al)abeto m($el. Guando resol$eram sua d@$ida n"o encontra$am outra letra ? e a pro)essora precisou emprestar a letra de uma sala $i'inha. E1plicou .uadro e )e' as de$idas inter$en&+es! pois < medida . 9om a pala$ra 8O??EA#O precisaram re)letir sobre o ?! se era com um ou dois ?s.ue este era outro nome .ue )ica$am pouco tempo! somente por .ue )ica$a o dia todo no 9#EI. 0o escre$erem :IENHIE9IEJ0 a du$ida era 4como escre$e NHIE5 e como escre$e 4IEJ05.

0o )inal da ati$idade puderam colorir suas mascaras e brincar.ue ha$iam encontrado em um dos li$ros consultados.Hma das crian&as per%untou se era um apelido! a pro)essora disse .0l%umas crian&as .uinhos esta$am )eli'es. -epois )oi ao .ue inicia$am com as mesmas letras.ue era o nome .uiseram )a'er a máscara bem colorida por.ue pode ser e)eti$a al*m de )a$orá$el e %rati)icante! pois possibilitou momentos a%radá$eis a todos os en$ol$idos al*m de nos despertar a $ontade de propiciar mais encontros entre os dois ní$eis de ensino. REFERÊNCIAS . Eo decorrer da semana as pro)essoras poder"o desen$ol$er no$as ati$idades re)erentes < hist(ria dos tr2s por.ua&+es e inter$en&+es necessárias a cada turma e ní$el de ensino. 0tra$*s desta 3roposta de 3rática de inter$en&"o entre Educa&"o In)antil e o Ensino Fundamental 4Os 8r2s 3or.uadro e e1plorou as letras e )e' associa&+es com outras pala$ras .ue possibilitar a inte%ra&"o entre a educa&"o in)antil e o ensino )undamental * uma tare)a .ue os por.uinhos )a'endo as de$idas ade.uinhos5 )oi possí$el perceber .

A"o 3aulo.brK2011K0OKos/ tres/por. 8odoli$ro 3irap('inho.com.htmlP. Eobel.brK2011K0RKati$idades/para/trabalhar/com/ historia. A"o 3aulo 1T pá%. TRÊS PORQUINHOS? OS. MUNDO ENCANTADO DA CONTAÇÃO DE HIST>RIAS: -isponí$el em:Qhttp:KKblo%dapropatricia.com.uinhos/historia/e. -isponí$el em:Qhttp:KKo'aneidearaujo.blo%spot.blo%spot. 200R. OS TRÊS PORQUINHOS. C9ole&"o Auper 9lássicosD.com. Ed.blo%spot.htmlP.uinhosS 0. 0cesso em B out 201 . 0cesso em B out 201 . C9ole&"o 9arre%ue/meD PRO2ETOS PEDA4>4ICOS. 0cesso em B out 201 .brK200RK11Kprojeto/os/tres/ por. 0EEMOA .EDUCAÇÃO COM ARTE: -isponí$el em:http:KKtiapimpa.html P. Ed.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->