Você está na página 1de 2
Disciplina: Química Analítica Quantitativa Professor: Rodrigo de S. Melo Lista de Exercícios: Métodos Gravimétricos

Disciplina: Química Analítica Quantitativa

Professor: Rodrigo de S. Melo

Lista de Exercícios: Métodos Gravimétricos de Análise

01. O tratamento de uma amostra de 0,2500 g de cloreto de potássio impuro com um excesso de AgNO 3

resultou na formação de 0,2912 g de AgCl. Calcule a porcentagem de KCl na amostra.

02. O alumínio presente em uma amostra com 1,20 g de sulfato de alumínio e amônio impuro foi precipitado

com amônia aquosa como Al 2 O 3 . x H 2 O. O precipitado foi filtrado e calcinado a 1.000 °C para formar o Al 2 O 3

anidro, que pesou 0,2001 g. Expresse o resultado dessa análise em termos de:

(a)

% NH 4 Al(SO 4 ) 2 .

(b)

% Al 2 O 3 .

(c)

% Al.

03.

Que massa de Cu(IO 3 ) 2 pode ser formada a partir de 0,500 g de CuSO 4 . 5H 2 O?

04.

Que massa de KIO 3 é necessária para converter o cobre presente em 0,2000 g de CuSO 4 . 5H 2 O a

Cu(IO 3 ) 2 ?

05. Que massa de AgI pode ser produzida a partir de uma amostra com 0,512 g que foi dosada em 20,1% de

AlI 3 ?

06. Uma amostra de 0,8102 g de Al 2 (CO 3 ) 3 impuro foi decomposta com HCl; o CO 2 liberado foi coletado em

óxido de cálcio e pesou 0,0515 g. Calcule a porcentagem de alumínio presente na amostra.

07. O sulfeto de hidrogênio presente em uma amostra de 80,0 g de petróleo cru foi removido por destilação e

coletado em uma solução de CdCl 2 . Então, o CdS precipitado foi filtrado, lavado e calcinado a CdSO 4 . Calcule a porcentagem de H 2 S na amostra se 0,125 g de CdSO 4 foi recuperado.

08. O mercúrio presente em uma amostra de 1,0451 g foi precipitado com um excesso de ácido paraperiódico, H 5 IO 6 :

O precipitado foi filtrado, lavado até ficar livre do agente precipitante, seco e pesado, e foi recuperado

0,5718 g. Calcule a porcentagem de Hg 2 Cl 2 na amostra.

09. O iodo presente em uma amostra que também continha cloreto foi convertido a iodato por tratamento

com um excesso de bromo:

O bromo restante foi removido por ebulição; um excesso de íons bário então foi adicionado para precipitar o

iodato:

Na análise de uma amostra de 1,59 g, 0,0538 g de iodato de bário foi recuperado. Expresse os resultados dessa análise como porcentagem de iodeto de potássio.

Disciplina: Química Analítica Quantitativa Professor: Rodrigo de S. Melo 10. O nitrogênio amoniacal pode ser

Disciplina: Química Analítica Quantitativa

Professor: Rodrigo de S. Melo

10. O nitrogênio amoniacal pode ser determinado pelo tratamento da amostra com ácido cloroplatínico; o

produto é o cloroplatinato de amônio muito pouco solúvel:

O precipitado se decompõe sob calcinação gerando platina metálica e produtos gasosos:

Calcule a porcentagem de amônia na amostra se 0,2115 g originou 0,4693 g de platina.

11. Uma porção de 0,6447 g de dióxido de manganês foi adicionada a uma solução na qual 1,1402 g de uma

amostra contendo cloreto foi dissolvida. A evolução de cloro ocorreu como consequência da seguinte reação:

Após a reação ter se completado, o excesso de MnO 2 foi coletado por filtração, lavado e pesado, e 0,3521 g foi recuperado. Expresse os resultados em termos da porcentagem de cloreto de alumínio.

12. Uma série de amostras de sulfato está para ser analisada por meio de precipitação como BaSO 4 . Sabendo-

se que o teor de sulfato nessas amostras varia entre 20% e 55%, qual massa mínima de amostra deveria ser tomada para garantir que a massa de precipitado produzida não seja menor que 0,200 g? Qual o peso máximo esperado para o precipitado se essa quantidade de amostra for tomada?

13. O fósforo presente em uma amostra de 0,1969 g foi precipitado na forma de (NH 4 ) 3 PO 4 . 12MoO 3 . Esse

precipitado foi filtrado, lavado e então redissolvido em ácido. O tratamento da solução resultante com um excesso de Pb 2+ deu origem à formação de 0,2554 g de PbMoO 4 . Expresse os resultados dessa análise em

termos da porcentagem de P 2 O 5 .

14. Quantos gramas de CO 2 são liberados de uma amostra de 1,500 g que tem 38,0% de MgCO 3 e 42,0% de

K 2 CO 3 em massa?

15. Uma porção de 50,0 mL de uma solução contendo 0,200 g de BaCl 2 . 2H 2 O é misturada com 50,0 mL de

uma solução com 0,300 g de NaIO 3 . Considere que a solubilidade do Ba(IO 3 ) 2 em água seja desprezível e

calcule:

a) a massa do precipitado de Ba(IO 3 ) 2 .

b) a massa de composto que não reagiu e que permanece em solução.

16. Quando uma porção de 100,0 mL de uma solução contendo 0,500 g de AgNO 3 é misturada com 100,0

mL de uma solução com 0,300 g de K 2 CrO 4 , um precipitado vermelho-brilhante de Ag 2 CrO 4 é formado.

a) Considerando que a solubilidade do Ag 2 CrO 4 seja desprezível, calcule a massa do precipitado.

(b) Calcule a massa do composto que não reagiu e permaneceu em solução.

17. Uma amostra de 6,881 g contendo cloreto de magnésio e cloreto de sódio foi dissolvida em água

suficiente para dar 500 mL de solução. A análise do teor de cloreto de uma alíquota de 50,0 mL resultou na formação de 0,5923 g de AgCl. O magnésio presente em uma segunda alíquota de 50,0 mL foi precipitado na forma de MgNH 4 PO 4 ; sob calcinação, 0,1796 g de Mg 2 P 2 O 7 foi encontrado. Calcule as porcentagens de MgCl 2 . 6H 2 O e de NaCl presentes na amostra.