Você está na página 1de 2

Proposta de intervenção terapêutica para o caso apresentado no

desafio baseando-se na abordagem psicanalítica.
Segundo as informações cedidas por Fabiana, foi analisado que no decorrer de sua
vida, a mesma sofreu perdas significativas na qual poderia ter sido situações desencadeadoras
para os sintomas que ela vem apresentando. Sintomas esses que vem causando angustia e
sofrimentos levando a mesma a procurar ajuda psicológica para fazer a ressignificação em sua
vida. Desse modo, a psicanalise, tem a pretensão de levar o paciente a repensar no seu
sofrimento, a se questionar sobre o que acontece com ela, a procurar dar sentido, a partir da
sua história.
Fabiana descreve que começou a sentir os sintomas, de tonturas que pioraram com o
tempo, taquicardia, dores no peito, respiração ofegante, tremores, transpiração excessiva e
medo de morrer e de ficar louca, após o nascimento do segundo filho, cujo a gravidez no
começo não aceitou. A partir da análise da história e seus sintomas relatados por Fabiana,
poderia ser utilizada a intervenção terapêutica psicanalítica denominada “cura pela fala” e
“associação livre”. Sendo que o tratamento psicanalítico busca-se criar com o paciente
condições para que ela possa acessar conteúdos inconscientes através da fala, o paciente tem a
oportunidade de tomar contato com o que Freud chamou de força atuante da representação
não ab-reagida.
Por meio da fala, é dada ao paciente a oportunidade de se conectar com ideias
reprimidas que produzem os sintomas atuais. Assim, ele passa a ter uma nova compreensão
desta memória. Supõe-se que, na medida em que o paciente mantém ideias reprimidas de
eventos ligados ao passado, este passado torna-se presente, uma vez que é constantemente
atualizado através dos sintomas. Através dessa intervenção, Fabiana poderá fazer a
ressignificação dos conteúdos mal digeridos, podendo assim, enfrentar a realidade.

REFERÊNCIA
GASTAUD, Marina Bento. A entrevista clínica psicanalítica. Barbarói. Santa Cruz
do

Sul,

29,

jul./dez.

<http://online.unisc.br/seer/index.php/barbaroi/article/
view/494/618>. Acesso em: 01 abr. 2015.

2008.

Disponível

em:

n.br/site/wp-content/artigos/artigo202. A cura pela fala. 2011.php?script=sci_ arttext&pid=S0100-4372011000300016&lng=pt&nrm=iso>. Psicanalise. A Psicanálise e a clínica contemporânea.71. Waleska Pessato Farenzena.org. J. v. psicanal. Belo Horizonte.php?script=sci_arttext&pid=S0103-58352006000200010& lng=pt&nrm=iso>. 2006.39. Disponível em: <http://pepsic. Estud. FOCHESATTO. Pesquisa clínica na psicanálise: caminhos. Acesso em: 01 abr. Disponível em: <http://pepsic. São Paulo.FIGUEIREDO..bvsalud. Aurea Maria. dez. dez. 2015. 36. 2015.pdf>Acesso em: 01 abr.revistacontemporanea. Disponível em: <http://www. 2015. .org/scielo. Acessos em: 01 abr.org/scielo. Luís Claudio.bvsalud. LOWENKRON.