Você está na página 1de 5

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL

Por este instrumento particular, de um lado, como LOCADOR [(ES)

Se pessoa física

[Nome completo do locador], [estado civil do locador], [nacionalidade], [profissão],


[Documento de identificação - nº _________], [CPF nº __________], residente em [Cidade,
Estado, CEP, Endereço].

Se pessoa jurídica

[Razão social], [CNPJ nº __________], com sede em [Cidade, Estado, CEP, Endereço], neste ato
representada por seu representante legal

E, de outro, como LOCATÁRIO [(S)

Se pessoa física

[Nome completo], [estado civil], [nacionalidade], [profissão], [Documento de identificação - nº


_________], [CPF nº __________], residente em [Cidade, Estado, CEP, Endereço].

Se pessoa jurídica

[Razão social], [CNPJ nº __________], com sede em [Cidade, Estado, CEP, Endereço], neste ato
representada por seu representante legal

têm entre si, justo e contratado a presente locação de imóvel, para fins residenciais, mediante
as cláusulas e condições seguintes.

CLÁUSULA 1ª – OBJETO

Por meio deste contrato, que firmam entre si o LOCADOR e o LOCATÁRIO, regula-se a locação
do imóvel urbano localizado em: [Endereço do Imóvel]

Parágrafo único. O presente instrumento é acompanhado do laudo de vistoria, o qual descreve


detalhadamente o imóvel e seu estado de conservação, no momento da entrega deste ao
LOCADOR.

CLÁUSULA 2ª – DESTINAÇÃO DO IMÓVEL E CESSÃO A TERCEIROS

O imóvel deverá ser utilizado exclusivamente para fins residenciais, sob pena de aplicação de
multa e de demais penalidades previstas neste contrato e na legislação cabível.

Exceto se previamente autorizado por escrito pelo LOCADOR, o LOCATÁRIO não poderá
transferir para terceiros os direitos de uso regulados neste contrato, seja através da cessão da
locação, da sublocação ou do empréstimo.

CLÁUSULA 3ª – VALOR DO ALUGUEL, DESPESAS E TRIBUTOS

O LOCADOR se obriga a pagar mensalmente a quantia de R$[Valor do aluguel] a título de


aluguel. O pagamento do aluguel deverá ser realizado até o dia [data de pagamento] do mês
subsequente ao vencido.
§1° O pagamento será realizado por meio de transferência ou depósito bancário, na seguinte
conta, de titularidade do LOCADOR: Banco: ____ Agência: _____ Número de conta: ____.

§2° Em caso de mora no pagamento do aluguel, será aplicada multa de 10% (dez por cento)
sobre o valor devido, bem como juros mensais de 1% (um por cento) e correção monetária,
apurada conforme variação do IGP-M (Fundação Getulio Vargas) no período.

§3° O aluguel poderá ser reajustado anualmente, conforme variação do IGP-M (Fundação
Getulio Vargas), aplicado sobre o valor do aluguel do último mês do ano anterior.

§4° Correm a cargo do LOCATÁRIO as despesas de força, luz, gás, água e esgoto referentes ao
imóvel alugado [bem como com as despesas ordinárias de condomínio].

§5° O LOCATÁRIO deverá realizar o pagamento de todos tributos referentes ao imóvel alugado,
assim como eventual prêmio de seguro complementar contra fogo.

§6° O LOCATÁRIO será responsável por quaisquer multas às quais tenha dado causa, por
desobediência às [convenções de condomínio] normas de civilidade e vizinhança vigentes na
comarca do imóvel

CLÁUSULA 4ª –PRAZO DO ALUGUEL

O prazo de locação de referido imóvel é de __ (__) meses, com início em __ e final em __.

§1° Ao final do prazo estipulado, caso as partes permaneçam inertes, a locação prorrogar-se-á
automaticamente por tempo indeterminado.

§2° Uma vez ocorrida a prorrogação prevista no parágrafo anterior, a retomada do imóvel pela
LOCADORA apenas será permitida nas hipóteses expressamente previstas em lei, sob pena de
aplicação das penalidades contratuais e legais cabíveis.

CLÁUSULA 5ª – GARANTIA

O cumprimento das obrigações previstas neste contrato, inclusive o pagamento pontual do


aluguel, estará garantido por meio de seguro de fiança locatícia, contratado pelo LOCADOR
junto à empresa seguradora: ____, com cobertura no valor de R$__ (__), conforme cópia de
apólice anexa ao presente contrato.

Parágrafo único. O seguro de fiança locatícia abrange a totalidade das obrigações da


LOCATÁRIO.

CLÁUSULA 6ª – OBRIGAÇÕES DO LOCADOR

Compete ao LOCADOR:
I. entregar ao LOCATÁRIO o imóvel alugado em condições ao fim a que se destina;
II. providenciar reparos de defeitos ou vícios anteriores à locação, bem como de aspectos
estruturais do imóvel de necessária manutenção (elétrico, hidráulico);
III. arcar com as despesas de taxas de intermediação e administração imobiliária;
IV. pagar as despesas extraordinárias de condomínio;
V. fornecer recibo discriminado das importâncias pagas pelo LOCATÁRIO.

CLÁUSULA 7ª – DEVERES DO LOCATÁRIO

Compete ao LOCATÁRIO:
I. Pagar pontualmente o aluguel e os encargos da locação, no prazo estipulado;
II. Servir-se do imóvel para o uso convencionado ou presumido, compatível com a
natureza deste e com o fim a que se destina, devendo trata-lo com o mesmo
cuidado como se seu fosse;
III. Restituir o imóvel, fina a locação, no estado em que o recebeu, conforme o laudo
de vistoria, salvo as deteriorações decorrentes do seu uso normal;
IV. Levar imediatamente ao conhecimento do LOCADOR o surgimento de qualquer
dano ou defeito cuja reparação a esta incumba, bem como as eventuais turbações
de terceiros;
V. Não modificar a forma interna ou externa do imóvel sem o consentimento prévio e
por escrito do LOCADOR;
VI. Entregar imediatamente ao LOCADOR os documentos de cobrança de tributos e
encargos condominiais, bem como qualquer intimação, multa ou exigência de
autoridade pública;
VII. Permitir a vistoria do imóvel pelo LOCADOR ou por seu mandatário, mediante
combinação prévia de dia e hora, bem como admitir que seja o mesmo visitado e
examinado por terceiros, no caso de venda, promessa de venda, cessão ou
promessa de cessão de direitos ou dação em pagamento.

CLÁUSULA 8ª – BENFEITORIAS

Na vigência deste contrato ou na eventual prorrogação o LOCATÁRIO manterá o imóvel nas


condições em que o recebeu, zelando pela sua conservação e o bom funcionamento,
observando-se ainda que:

I. qualquer modificação que venha a alterar o destino, a aparência, ou a estrutura do


imóvel, e ainda as benfeitorias voluptuárias, somente poderão ser realizadas com
autorização expressa do Locador, mediante apresentação de projeto, ficando,
neste caso, sob a responsabilidade do Locatário aprová-las previamente junto aos
órgãos municipais, correndo às suas expensas todos os custos e encargos com a
referida regularização, inclusive eventuais multas advindas de irregularidades na
execução da obra, devendo o LOCATÁRIO entregar ao Locador, toda a
documentação pertinente após a sua conclusão;

II. ao LOCATÁRIO caberá a responsabilidade de executar a manutenção preventiva no


imóvel e nos equipamentos porventura existentes, em especial, aparelhos de ar
condicionado, aquecedores de água, equipamentos contra incêndio e segurança,
quadros de distribuição de energia/telefonia, antenas, bem como pela
manutenção de telhados e toda a sua estrutura, calhas, instalações hidráulicas e
elétricas em geral, caixa d’água, sob pena de responder pelos danos decorrentes
de sua omissão;

III. as benfeitorias de qualquer natureza introduzidas pelo LOCATÁRIO, no imóvel


locado, passarão a fazer parte integrante do mesmo, renunciando expressamente a
eventual direito de indenização ou retenção futura;

IV. fica ainda facultado ao Locador, exigir a remoção de benfeitorias introduzidas no


imóvel que não tenham sido autorizadas, salvo disposição contrária, correndo
todas as despesas por conta do LOCATÁRIO.
CLÁUSULA 9ª – DO DIREITO DE PREFERÊNCIA

No caso de venda, promessa de venda, cessão ou promessa de cessão de direitos ou dação em


pagamento, preferência para adquirir o imóvel locado, em igualdade de condições com
terceiros, devendo o LOCADOR dar-lhe conhecimento do negócio mediante notificação judicial,
extrajudicial ou outro meio de ciência inequívoca.

§1° A comunicação deverá conter todas as condições do negócio e, em especial, o preço, a


forma de pagamento, a existência de ônus reais, bem como o local e horário em que pode ser
examinada a documentação pertinente.

§2° Após sua notificação, 30 (trinta) dias para manifestar-se, de maneira inequívoca, sobre a
sua aceitação à proposta.

§3° O direito de preferência não alcança os casos de perda da propriedade ou venda por:
decisão judicial; quaisquer formas de realização de garantia, inclusive mediante leilão
extrajudicial; permuta; doação; integralização de capital; cisão; fusão; incorporação e
constituição da propriedade fiduciária.

CLÁUSULA 10ª – RESCISÃO

Durante a vigência do Contrato, o LOCATÁRIO poderá rescindir o contrato unilateralmente,


mediante o pagamento de multa correspondente a 3 (três) vezes o valor do último aluguel
atualizado, abatida proporcionalmente conforme o tempo restante de cumprimento de
contrato.

§1° Em caso de desapropriação total ou parcial do imóvel locado ou de sinistro que o torne
inabitável, o presente instrumento ficará rescindido de pleno direito, independente de
quaisquer indenizações das partes.

§2° Em caso de falecimento do LOCATÁRIO, a locação transmite-se a seus herdeiros.

§3° Com a morte, ficam sub-rogados nos direitos e nos deveres expressos neste contrato
sucessivamente o(a) cônjuge sobrevivente ou o(a) companheiro(a), os herdeiros necessários e
as pessoas que viviam em sua dependência econômica, se residentes no imóvel alugado.

§4° Em cumprimento ao princípio da boa-fé, as partes se comprometem a informar uma à


outra qualquer fato que possa porventura intervir na relação jurídica travada neste contrato.

CLÁUSULA 11ª – PENALIDADES

Salvo nos casos em que haja penalidade contratual específica prevista, a violação das cláusulas
deste instrumento, a violação das cláusulas deste instrumento enseja a aplicação de multa
correspondente a 3 (três) vezes o valor do último aluguel atualizado, sem prejuízo de demais
cominações legais cabíveis.

§1° Além das multas contratuais, será devida indenização suplementar pelas perdas, danos,
lucros cessantes, danos indiretos e quaisquer outros prejuízos patrimoniais ou morais
percebidos pela parte contrária.

§2° Por ocasião de sua violação, este contrato poderá ser rescindido de pleno direito pela parte
prejudicada, sem necessidade de notificação ou aviso prévio.
§3° A mera tolerância de uma das partes em relação ao descumprimento das cláusulas
contidas neste instrumento não importa em renúncia, perdão, novação ou alteração da norma
infringida.

CLÁUSULA 12ª – DISPOSIÇÕES GERAIS

As Partes declaram que os contatos e comunicações entre si, serão feitos impreterivelmente,
através dos e-mails do LOCADOR: [e-mail do LOCADOR] e do LOCATÁRIO [e-mail do
LOCATARIO].

Por estarem de justo acordo, as partes assinam o presente contrato, em [3] vias de idêntico
teor, na presença de 02 (duas) testemunhas.

[CIDADE, UF], [DATA]

LOCADOR:

_________________________________

LOCATÁRIO:

_________________________________

TESTEMUNHAS:

_________________________________

____________

RG n°___________

_________________________________

____________

RG n°___________