Você está na página 1de 26

INTERNA

PGBL e VGBL - 2017

“Todos os direitos reservados ao Banco Bradesco S.A., sendo proibida a reprodução total ou
parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio. A violação dos direitos de autor (Lei nº.
9.610/98) é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal.”

1
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

PGBL e VGBL

Nesta apostila você verá:


 Como funciona o Imposto de Renda e qual sua relação com os produtos PGBL e
VGBL;
 SobMedida Previdência Bradesco Seguros PGBL e PGBL Proteção Familiar;
 SobMedida Previdência Bradesco Seguros VGBL e VGBL Proteção Familiar;
 Outros produtos da Bradesco Vida e Previdência como:
 SobMedida Previdência Bradesco Seguros Prev Jovem PGBL e VGBL I Prev
Jovem PGBL e VGBL.

 PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre

Mais indicado para:


Contribuinte de Previdência Oficial (INSS), que declara Imposto de Renda na opção
completo, pois permite abatimento do valor das contribuições até o limite máximo de
12% da Renda Bruta anual. No momento do resgate ou benefício, haverá incidência de
Imposto de Renda sobre o total, conforme opção do regime de tributação do IR.

 VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre

Mais indicado para:


Quem não contribui ao INSS, é isento de declaração do Imposto de Renda, faz
declaração simplificada ou tem um PGBL e já abate o limite máximo de 12% da
Renda Bruta anual.
No momento do resgate ou beneficio, haverá incidência de Imposto de Renda sobre
os rendimentos apurados conforme opção do regime de tributação do IR.

Imposto de Renda
Para compreender melhor os produtos PGBL e VGBL, é preciso conhecer os
mecanismos do Imposto de Renda.

O Imposto de Renda é a contribuição aos cofres públicos sobre a renda em geral.

Ele é cobrado de pessoas físicas e jurídicas, com alíquotas diferentes para cada faixa
de renda. Há contribuintes que ficam abaixo de determinada renda (teto) e não
precisam declarar.

2
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

O que é a declaração?
E o Instrumento pelo qual o contribuinte justifica ao Governo Federal tudo que ganhou,
gastou, seu património, suas dividas futuras e Impostos pagos.

A declaração é feita no ano de exercício, isto é, até abril do ano que está correndo e é
relativo ao ano anterior, chamado de ano calendário.

Imposto de Renda Pessoa Física-Mensal – Ano Calendário 2016


Base de Cálculo R$ Alíquota % Parcela a deduzir R$ Dependente
Até 1.903,98 - Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80 R$ 189,59
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36

Deduções:
I — A quantia de R$ 189,59 (cento e oitenta e nove reais e cinquenta e nove centavos)
por dependente.
Fonte: ITC - Informativo Tributário Contábil.

Há dois tipos de declarações de Imposto de Renda:

 Simplificada: é a declaração onde um desconto de 20% da renda bruta anual


(limitado a um valor estipulado pela Receita Federal) substitui todas as deduções
legais, sem a necessidade de comprovação.

Importante! Nesta declaração, NÃO é possível utilizar a dedução de


contribuições feitas à Previdência Privada, PGBL e FAPI, se beneficiando do
Incentivo fiscal.

 Completa: é utilizada quando o valor das despesas comprovadas ultrapassa


20% da renda bruta anual ou quando o valor delas supera o limite definido pela
Receita Federal para declaração simplificada. Nela podem ser utilizadas as
deduções e incentivos legais, desde que comprovados.

Importante! Nesta declaração pode-se utilizar a dedução de contribuições feitas


à Previdência Privada, PGBL e FAPI.

Deduções PGBL
Quem tem o tipo PGBL pode deduzir as contribuições do Imposto de Renda, desde que
de acordo com a Lei 10.887.

3
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

LEI N° 10887, 18/06/2004


“... o contribuinte só poderá deduzir da base de cálculo do Imposto de Renda as
contribuições para entidades de previdência privada e para o FAPI se recolher,
também, as contribuições para o regime geral de Previdência Social (INSS) ou, no caso
dos servidores públicos, para o regime próprio de previdência social. ”

Ou seja, quem faz contribuições para a previdência privada (PGBL) ou Fundo de


Aposentadoria Programada Individual (FAPI) e também contribui com o INSS, pode
deduzir essas contribuições na declaração do imposto de renda, respeitando o limite de
12% do total dos rendimentos considerados para base de cálculo.

Deduções VGBL
As contribuições do VGBL não são dedutíveis do Imposto de Renda.

Durante o período de acumulação, as contribuições são isentas de impostos. Apenas


no recebimento de beneficio ou resgate da reserva é cobrado imposto sobre os
rendimentos.

Faça a conta!
O cliente fez 12 contribuições de R$ 200,00 no VGBL somando, ao final do ano. R$
2.400,00. Portanto, com os rendimentos, ele terá acumulado o valor de R$ 2.520,00.

No VGBL, o IR incidirá somente sobre R$ 120,00, que representam os rendimentos.

Portanto, pondere:
Para quem faz a declaração completa e contribui ou já é aposentado do INSS, o ideal é
ter o PGBL, pois ele poderá deduzir as contribuições.

Já quem é isento, faz a declaração simplificada, não contribui com o INSS ou já tem o
PGBL, o plano VGBL é o mais indicado.

Importante!
Fique atento para casos de clientes que possuem despesas no limite dos 20% de
descontos da Declaração Simplificada. Podemos questioná-lo se não será mais
interessante adquirir um PGBL e, a partir deste momento, passar a utilizar a Declaração
Completa de IR, se beneficiando do incentivo fiscal, pagando menos imposto ou até
restituindo mais.

Atenção: é importante que os clientes percebam que os investimentos em previdência


privada são bastante vantajosos porque são dedutíveis da base de cálculo do Imposto
de Renda.

4
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

LEI N° 9252 15/12/1997


De acordo com esta lei, as contribuições feitas aos Planos de Previdência Privada,
destinadas a custear benefícios complementares assemelhados aos da Previdência
Social, são dedutíveis da base de cálculo do IRPF.

Veja como funciona: para a realização dos cálculos, o contribuinte deverá localizar, de
acordo com seus rendimentos, a alíquota e a parcela de dedução correspondente.
Abaixo, temos o exemplo do desconto mensal no salário do contribuinte de acordo com
o valor da renda.

Imposto de Renda Pessoa Física – Mensal


Base de Cálculo R$ Alíquota% Parcela a deduzir R$
Até 1.903,98 - Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36

Veja a comparação entre o contribuinte sem e com Previdência:

CONTRIBUINTE SEM PREVIDÊNCIA CONTRIBUINTE COM PREVIDÊNCIA


Renda Bruta Anual R$ Renda Bruta Anual R$
120.000,00 120.000,00
Dependentes R$ Dependentes R$
2 X 189,59 x 12 4.550,16 2 X 189,59 x 12 4.550,16
*INSS R$ *INSS R$
R$ 570,88 X 12 6.850,56 R$ 570,88 X 12 6.850,56
Previdência Privada R$
(12% Renda Bruta Anual) 14.400,00
Salário Base Cálculo IR R$ Salário Base Cálculo IR R$
108.599,28 94.199,28
Alíquota de IR (27,5%) R$ Alíquota de IR (27,5%) R$
29.864,80 25.904,80
Parcela a deduzir R$ Parcela a deduzir R$
10.432.32 10.432,32
IR a pagar R$ IR a pagar R$
19.432,48 15.472,48
O contribuinte com Previdência paga menos R$ 3.960,00 de IR.
*Esse valor é calculado do salário contribuição máximo, isto é, 11% de R$ 5.189,82 =
R$ 570,88.

5
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Esta é a tabela com os valores de contribuição:

Trabalhador Assalariado e Empregado Doméstico – janeiro 2016


Salário de contribuição Alíquota %
Até R$ 1.556,94 8%
De R$ 1.556,95 a R$ 2.594,92 9%
De R$ 2.594,93 até R$ 5.189,82 11%

Autônomo
Base em R$ Alíquota % A pagar R$
De R$ 880,00 até R$ 5.189,82 20 De R$ 176,00 até R$ 1.037,96

Regime com IR Definitivo (Regressivo)


Esta é uma tabela que representa a alíquota de IR Regressivo de acordo com o prazo
de acumulação de recursos.

Prazo de Acumulação Alíquota de IR


Regressivo
Até 2 anos 35%
2 até 4 anos 30%
4 até 6 anos 25%
6 até 8 anos 20%
8 até 10 anos 15%
Acima de 10 anos 10%

Para ficar mais simples de entender, imagine um cliente que possui um plano há 3
anos. A alíquota correspondente, caso tenha optado pelo IR Regressivo, é de 30%.

No Regime Regressivo haverá 25% de tributação máxima na reserva paga ao


beneficiário, no caso de falecimento do participante (Lei 11.196/2005 – art. 95,1).

Quanto mais tempo de acumulação, menor será a alíquota.

6
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Regime com Antecipação de IR (Progressivo):

 Os recebimentos de resgates serão tributados com alíquota de 15% para


qualquer valor.

 A diferença de IR (a pagar ou a receber) será ajustada na declaração anual. Os


recebimentos de benefícios serão tributados de acordo com Tabela Progressiva
de IR.

 Nos casos de portabilidade e transferência de planos de Contribuição Definida,


será computado o prazo de acumulação do Plano originário.

 A opção pelo Regime de Tributação é irretratável.

 A antecipação de 15% não se aplica aos Planos de Benefício Definido, quando o


participante contribui de acordo com o que quer receber. Ou seja, a contribuição
é reflexo de quanto ele irá receber no futuro.

 A antecipação de IR de 15% para quem está no Regime de tributação


Antecipado (Progressivo) incide sobre o valor dos resgates ou dos rendimentos
sem qualquer dedução.

 Condiciona a dedutibilidade das contribuições pagas à Entidade de Previdência à


Contribuição para o regime Geral da Previdência Social. No caso de o cliente
contribuir para dependentes menores de 16 anos, a dedução fica condicionada
ao pagamento do INSS pelo cliente em seu nome.

Regras de Resgate e Taxas

O método PEPS (Regime Regressivo)

Resgates
Os valores pagos serão considerados como sendo relativos às primeiras contribuições
efetuadas durante o período de acumulação atualizadas.

Para isso, é utilizado o mesmo critério dos Fundos de Investimentos, que é o Método
PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai).

Dessa forma, o primeiro valor aplicado, será o primeiro valor pago. Para ficar mais
claro, veja o exemplo da tela seguinte!

7
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Imagine que estamos em 2016 e, desde 2005, você vem fazendo contribuições de
valores diferentes (cotas). Então, no dia 30/12/2016, você decide resgatar 700 cotas.
De quais contribuições sairão essas cotas, de acordo com o método PEPS?

Contribuição Data Cotas Resgate


1ª 30/12/2005 100 100
2ª 30/12/2006 200 200
3ª 30/12/2007 200 200
4ª 30/12/2008 100 100
5ª 30/12/2009 200 100
6ª 30/12/2010 300
7ª 30/12/2011 300
8ª 30/12/2012 350
9ª 30/12/2013 400
10ª 30/12/2014 400
11ª 30/12/2015 400

O resgate é das primeiras contribuições feitas, pois as primeiras a entrar são as


primeiras a sair.

Todo valor aplicado em previdência transforma-se em cotas. Para simplificar, vamos


considerar R$ 1.00 por cota.

No método PEPS, utilizamos a Tabela Regressiva para cálculo:


Resgate
Data do Resgate Prazo até I.R.F.
Alíquota Líquido
Aporte (Cotas) 30.06.2016 (Cotas)
(Cotas)
30.12.05 100 10,5 anos 10% 10 90
30.12.06 200 9,5 anos 15% 30 170
30.12.07 200 8,5 anos 15% 30 170
30.12.08 100 7,5 anos 20% 20 80
30.12.09 100 6,5 anos 20% 20 80
Total 700 110 590

As cotas resgatadas foram as 5 primeiras mais antigas, que somaram o valor de 700.
De acordo com a tabela regressiva, quanto mais tempo de acúmulo, menor a alíquota.

O tempo de acúmulo de cada cota tem uma respectiva alíquota, de acordo com a tabela
regressiva.

8
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

O IR de cada cota será calculado conforme a alíquota. Esse valor, subtraído do valor
total da cota, resulta no resgate líquido.

Desta forma, para 700 cotas resgatadas, o valor líquido será de 590, descontado o IR
de 110.

Prazo Médio Ponderado (Regime Regressivo)


O PMP, Prazo Médio Ponderado, será a referência para aplicação das alíquotas de IR
no caso de benefícios.

Mesmo depois do pagamento da primeira prestação do beneficio, o prazo de


acumulação continuará sendo contado.

Atenção!
Em relação aos benefícios não programados, como pensão por morte do participante, a
tributação será determinada considerando o prazo de acumulação apurado para o
beneficio que vinha sendo pago ao participante falecido, com a redução progressiva da
alíquota em razão do decurso do prazo de pagamento do beneficio.

É calculado com base na média dos prazos de permanência dos recursos, ponderada
pelo valor aportado em cada data. Os resgates não modificam os valores do prazo de
acumulação, que é expresso em fração de ano.

Ou seja, o cliente será descontado em cada parcela de benefício que receber, porém o
desconto será de acordo com o tempo de aplicação do investimento.

No caso, se o investimento existe há 10 anos, vai ser descontado proporcionalmente a


esse prazo.

Cálculo do PMP é obtido pela seguinte fórmula:


A soma das contribuições atualizadas (CA) remanescentes (não resgatadas)
multiplicadas pelo respectivo prazo decorrido (PD) da data do aporte até a data de
conversão em benefício, dividido pelo total do saldo atualizado.

PMP = (CA1 x PD1) + (CA2 x PD2) + (CA3 x PD3) + ... + (CAU x PDU)
Saldo Atualizado

9
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Esse cálculo mostra a média de anos que o cliente possui o investimento, que é, por
exemplo, 6,5 anos.

Por isso, mensalmente quando ele for receber o benefício, haverá o desconto de 20%
de alíquota de IR. Com o passar dos anos, o prazo é revisto e nova alíquota aplicada,
chegando ao mínimo cobrado de 10%, respeitando a tabela do IR Regressivo.

Taxas cobradas nos planos de previdência privada


Em linhas gerais, são duas as taxas cobradas nos planos de previdência privada. A
taxa de administração financeira que é cobrada anualmente e o carregamento, que
incide sobre cada contribuição.

Carregamento é o percentual que incide sobre as contribuições pagas para atender às


despesas administrativas, de corretagem e colocação do plano. Descontado
diretamente no valor das contribuições e aportes.

Veja como funciona:

 Contribuição mensal
Se o cliente faz contribuições mensais de R$ 1.000,00.
O carregamento é de 4,5%.
R$ 1.000,00 - 4,5% (R$45,00) = R$ 955,00
Valor líquido que será depositado = R$ 955,00

 Contribuição única
Anderson fez uma contribuição única de R$ 100.000,00.
O carregamento nesse caso é de 1,2%.
R$ 100.000,00 - 1,2% (1.200,00) = R$ 98.800,00
Valor líquido que será depositado = R$ 98.800,00

Taxa de Administração
Taxa de Administração é o percentual (% a.a.) que incide sobre o Patrimônio Liquido do
Fundo, Independentemente da rentabilidade. Debitado diariamente no valor da cota,
portanto afeta a rentabilidade do fundo.

Vamos ver como é calculada?

Exemplo: o cliente tem como patrimônio líquido do Fundo R$ 1.000.000,00, distribuído


em 850.000 cotas.

10
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Em primeiro lugar, é importante saber o valor da cota, fazendo o cálculo abaixo:

Patrimônio! Número de cotas = Valor da cota


R$ 1.000.000,00/850.000 = 1,176471
O rendimento do dia foi de 0,05%, ou seja, R$ 500,00.
Neste caso, o patrimônio líquido do fundo estava em R$ 1.000.500,00.

Desconto da taxa de administração dos rendimentos


A taxa de administração é descontada do rendimento. Dessa forma:
3% x 1/252 = 0,011905% ao dia

Remuneração do Adm. é o valor cobrado ao mês, calculado dessa forma:

Patrimônio Liquido x Taxas de Adm. Diária


Remuneração do Adm. = R$ 1.000.500,00 x 0,011905%
Remuneração do Adm. = R$ 119,11

O novo Patrimônio Liquido = Patrimônio Líquido - Remuneração do Adm.


Novo Patrimônio Liquido = 1.000.500,00 — 119,11
Novo Patrimônio Liquido = 1.000380,89

O novo Patrimônio Líquido de Anderson deve ser calculado subtraindo a


Remuneração do Adm. do Patrimônio Liquido.

Novo Patrimônio Líquido = 1.000.500,00 - 119,11

Novo Patrimônio Líquido = 1.000.380,89

Dessa forma, o novo valor de cota = Novo Patrimônio Liquido / Número de Cotas do
Fundo

Novo Valor de Cota = 1.000.380,89/ 850.000


Novo Valor de Cota = 1,176919

Após esses cálculos, é possível descobrir a rentabilidade líquida:


Da Cota = 1,176471 E 1,176919 Δ% = 0,04% a.d.

Do Fundo = R$ 1.000.000,00 E R$ 1.000.380,89 Δ% = 0,04% a.d.

Importante!
A taxa de administração é cobrada, independentemente de o rendimento ser positivo ou
negativo, pois a cobrança é sobre o patrimônio líquido do fundo e não sobre a
rentabilidade obtida.

11
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

PGBL e VGBL – Bradesco Seguros

SobMedida Previdência Bradesco Seguros PGBL e PGBL Proteção Familiar

Atenção: o investimento em planos de aposentadoria, só é rentável ao cliente, quando


feito de MEDIO a LONGO prazos, proporcionando ganhos maiores ao longo do tempo.

Objetivo: acumular recursos financeiros num Fundo Previdenciário que terá seus
recursos aplicados em Fundo de Investimento em Cotas de FICs (Fundos de
Investimento Especialmente Constituídos) – de renda fixa ou renda fixa e variável e
depois de um período de aplicação, optar por um tipo de Renda Mensal.

Características Principais
 100% da rentabilidade líquida obtida na gestão dos Fundos de Investimento em
Cotas de FICs.
 Idade de Ingresso: 0 a 70 anos (69 anos, 11 meses e 29 dias).

Taxa de Administração % a.a.


Fundos Disponíveis
3 2,4 1,9 1,5 1,2 1,0
SobMedida Renda Fixa X X X X X
V15: 85% Renda Fixa e 15% Renda Variável X X X
V30: 70% Renda Fixa e 30% Renda Variável X X X
V40: 60% Renda Fixa e 40% Renda Variável X
V49: 51% Renda Fixa e 49% Renda Variável X X

O resgate é diferente para cada produto, sendo:

 SobMedida - Carência para 1º Resgate: no PGBL (tributação progressiva e


regressiva) é de 12 meses a contar da data de inscrição com intervalos de 60
dias entre resgates.

 Proteção Familiar - Variáveis – Carência para 1º Resgate: somente poderá


ser feito a partir de 6 meses (180 dias), a contar da data de inscrição, com
intervalo de 60 dias entre um resgate e outro.

Em caso de falecimento do participante, durante o período de contribuição, o resgaste


será pago aos beneficiários.

Portabilidade
A portabilidade pode ser feita 60 dias após a data de inscrição, 60 dias também é o
prazo entre uma portabilidade e outra.

12
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Tabela de carregamento partilhado do PGBL Proteção Familiar (Variáveis)

Aporte / Prêmios Mensais ou Únicos Carregamento


Saldo da Provisão - R$ Na Entrada Na Saída
Até R$4.999,99 4,5% 0,5%
De R$ 5.000,00 a R$ 29.999,99 3,0% 0,5%
De R$ 30.000,00 a R$ 49.999,99 2,0% 0,5%
A partir de R$ 50.000,00 1,2% 0,3%

O carregamento na saída incide no resgate ou portabilidade, sobre o valor nominal dos


prêmios pagos, sendo reduzido a zero quando o segurado completar 24 meses de
permanência no Plano.

OBS.: Para efeito de carregamento, não serão somadas as reservas de PGBL e VGBL.

Tempo: 6 meses
Imagine que o cliente faça um resgate após seis meses. Acompanhe as contas para a
aplicação do Carregamento na Saída:
 Contribuição mensal: R$ 500,00
 Juros: 6% ao ano
 Carregamento de entrada: 4,5%

R$ 500,00 E 4,5 % - R$ 477,50 CHS PMT 0,486755 i 6 n FV = R$ 2.91 4,21

Portanto:

O carregamento de saída será sobre o valor de contribuição:


R$ 500,00 X 6 meses = R$ 3.000,00 E 0,5 % = R$ 15,00

R$ 2914,21 (saldo estimado) R$ 15,00 (carregamento de saída) R$ 2.899,21

Como descapitalizar uma taxa:


6 i 1 ENTER 12 : n R/S (6 casas decimais)

Tempo: 10 anos
Agora, imagina que esse mesmo cliente tenha feito um resgate após dez anos.
 Veja como ficam os cálculos:
 Contribuição mensal: RS 500,00
 Juros: 6% ao ano
 Carregamento MEDIO de entrada: 2,5%

R$ 500,00 Enter 2,5 % - R$ 487,50 CHS PMT 0,486755 i 120 n FV = R$ 79.591,34

13
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Perceba que, neste caso, não há carregamento de saída. Essa é uma condição válida
para resgates feitos após 24 meses de investimento.

Carregamento postecipado
SobMedida Carregamento Postecipado

Taxas de Administração 1,5%, 1,2% e 1,0%


Prazo de Acumulação Contribuição Contribuição
Mensal Única
Até 24 meses 1,80% 1,10%
De 25 a 48 meses 1,30% 0,90%
De 49 a 60 meses 0,80% 0,70%
A partir do 61º mês 0% 0%

Taxas de Administração 2,4% e 1,9%


Prazo de Acumulação Contribuição Contribuição
Mensal Única
Até 24 meses 4,00% 2,5%
De 25 a 48 meses 3,00% 1,85%
De 49 a 60 meses 2,00% 1,20%
A partir do 61º mês 0% 0%

O carregamento será cobrado apenas na SAÍDA, de forma decrescente sobre cada


contribuição em função do prazo de cada uma delas, com a mesma metodologia da
tributação regressiva, e em função da taxa de administração.

Aplicando Carregamento Postecipado

Exemplo de resgate:
 Contribuição mensal: RS 500,00 (valor nominal)
 Juros: 6% ao ano
 Prazo de acumulação: 24 meses / RF24

R$ 500,00 CHS PMT 0,486755 i 24 n FV = R$ 12.758,12 (reserva estimada)

14
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA
Portanto:

O carregamento postecipado será calculado sobre o valor de contribuição (nominal):

RS 500,00 X 24 meses RS 12.000,00 E 4,00 % R$ 480,00 (carregamento é sobre o


saldo nominal)

RS 12.758,12 (reserva estimada) - RS 480,00 (carregamento postecipado)

RS 12.278,12 (saldo estimado a resgatar — não foi calculado o IR)

Aplicando Carregamento Postecipado

Exemplo de resgate:
 Contribuição mensal: RS 500,00 (valor nominal)
 Juros: 6% ao ano
 Prazo de acumulação: 48 meses/ RF 24

R$ 500,00 CHS PMT 0,486755 i 48 n FV = R$ 27.093,15 (reserva estimada)

Portanto:
O carregamento postecipado será calculado sobre o valor de contribuição (nominal):
R$ 500,00 X 24 meses R$ 12.000,00 E 3,00% = R$ 360,00
(carregamento é sobre o saldo nominal)

R$ 500,00 X 24 meses R$ 12.000,00 E 4,00% = R$ 480,00


(carregamento é sobre o saldo nominal)

Total de carregamento: R$ 360,00 + R$ 480,00 = R$ 840,00

R$ 27.093,15 (reserva estimada) - R$ 840,00 (carregamento postecipado)

R$ 26.253,15 (saldo estimada a resgatar — não foi calculado o IR)

Tábua biométrica BREMS


A tábua biométrica é um instrumento cientifico, utilizado para expressar a probabilidade
de ocorrência de eventos relacionados à sobrevivência, invalidez ou morte de pessoas
que queiram participar de um plano de previdência complementar.

15
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

A tábua BREMS vai de 50 a 80 anos de idade e é dividida em gêneros Masculino e


Feminino.

Para cada idade e seu respectivo gênero, há um Fator, que será utilizado na fórmula
abaixo:

Cálculo da Renda: Valor da Reserva X Fator da Tabela

Ex.: Um cliente de 70 anos acumulou uma reserva de RS 1.000.000,00. Qual será a


renda vitalícia dele?

R$ 1.000.000,00 X 0,00490 = R$ 4.900,00 (Renda Vitalícia)

Imagine o exemplo: um cliente de 25 anos, que quer comprar um PGBL proteção


Familiar (variável), contribuindo com R$ 300,00, a fim de ter uma renda vitalícia aos 55
anos.

 Taxa de juros: 6% a.a. = 0,486755 % a.m.


 Fator de Conversão BREMS: 0,00283

Qual será o valor da:

 Contribuição pura (carregamento médio de 3%)


R$ 300 E 3% = R$ 291,00

 Reserva
R$ 291,00 CHS PMT 0,486755 i 360 n FV = R$ 284.963,59

 Aposentadoria vitalícia
R$ 284.963,59 E 0,00283 X = R$ 806,45

Mais um exemplo:
Marcelo, também de 25 anos quer comprar um PGBL SobMedida (Renda Fixa),
contribuindo com RS 300,00, a fim de ter uma renda vitalícia aos 55 anos.

 Taxa de juros: 6% a.a.


 Fator de Conversão BREMS: 0,00283

Qual será o valor da reserva? Neste caso, não tem carregamento na entrada.
R$ 300,00 CHS PMT 360 n 0,486755 i FV = R$ 293.776,90

Qual o valor da Aposentadoria Vitalícia?


R$ 293.776,90 E 0,00283 X = R$ 831,39

16
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

 Os valores de contribuições e rendas são atualizados pelo IPCA (índice


Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) anualmente, conforme
regulamento.

A Tábua Biométrica utilizada é a BREMS Male / Female, com 0% de juros ao ano.

Possibilidade de contratação de Plano com 13º beneficio (13ª Renda): 12 ou 13 rendas


anuais à escolha do participante, quando da concessão da renda (em qualquer opção).

Não há excedentes financeiros durante o período de concessão do benefício.

Regime de Antecipação de IR ou Definitivo, de acordo com a escolha do cliente. Nos


casos de resgates e benefícios, haverá tributação sobre valor total (reserva +
rendimentos), conforme opção de Regime Tributário feita pelo participante.

Características dos planos tipo SobMedida Previdência Bradesco Seguros PGBL


e PGBL Proteção Familiar, criados para a proteção da família conjugados com
planos de risco

1 – Pensão ao Cônjuge
Renda mensal vitalícia ao cônjuge ou companheiro(a) (beneficiário), em decorrência da
morte do participante.

Prazo de Cobertura
 Não poderá ser inferior a 7 anos;
 O prazo informado, em anos, somado a idade do (a) participante na data da
venda não poderá ser superior a 70 anos;
 O prazo de cobertura deverá coincidir com a data de concessão de benefício
do PGBL;
 O cancelamento será automático no 1º dia útil do mês subsequente ao término
do prazo estipulado para cobertura.

Valores do Benefício
Mínimo para comercialização: R$ 300,00.
Máximo por participante: R$ 12.000,00.

Alteração de Beneficiário
Em caso de mudança a tarifa será alterada de acordo com a idade atual do participante
e do(a) beneficiário(a) e o valor da contribuição recalculada a partir do mês seguinte a
efetiva alteração.

17
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

2 – Pensão ao Menor
Concessão de uma renda mensal temporária aos filhos ou dependentes econômicos
menores de 21 anos (beneficiários) quando ocorrer a morte do participante. A renda
será rateada entre os filhos até que o último complete 21 anos.

Idade de ingresso e alteração do beneficiário


Máxima de 17 anos 11 meses e 29 dias.

Em caso de exclusão do beneficiário elou inclusão de outro, a tarifa será alterada para
a idade atual do participante X idade do beneficiário mais novo. O valor de contribuição
será recalculado a partir do mês seguinte à efetiva alteração.

Prazo de Cobertura
Até o beneficiário mais novo completar 21 anos.
O cancelamento será automático do mês subsequente ao aniversário do beneficiário
mais novo.

Valores do Benefício
Valor mínimo para comercialização: R$ 200,00.
Valor máximo por participante: R$ 12.000,00.

3 – Pecúlio
Quantia única paga aos beneficiários (qualquer pessoa física) indicados em decorrência
da morte do participante.

Prazo de Cobertura
Não poderá ser inferior a 7 anos.
O prazo informado, em anos, somado a idade do participante na data da venda não
poderá ser superior a 70 anos.
O prazo de cobertura deverá coincidir com a data de concessão de benefício do PGBL.
O cancelamento será automático no 10 dia útil do mês subsequente ao término do
prazo estipulado para cobertura.

Valores de Benefício
Valor mínimo para comercialização: RS 10.000,00.
Valor máximo por participante: RS 500.000,00.

4 – Pensão por Prazo Certo


Renda mensal por prazo certo ao beneficiário (qualquer pessoa física) em decorrência
da morte do participante.

Prazo de Cobertura
Não poderá ser inferior a 7 anos.
O prazo informado, em anos, somado a idade do participante na data da venda não
poderá ser superior a 70 anos.

18
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

O prazo de cobertura deverá coincidir com a data de concessão de benefício do PGBL.


O cancelamento será automático no 10 dia útil do mês subsequente ao término do
prazo estipulado para cobertura.

Prazo para pagamento da Pensão ao(s) beneficiário(s)


Os prazos são de: 3, 5, 10,15 e 20 anos, indicados na proposta de inscrição.
Em caso de mudança de prazo para o pagamento da pensão a tarifa será alterada de
acordo com a idade atual do participante e do novo prazo de pagamento. O valor da
contribuição recalculada a partir do mês seguinte a efetiva alteração.

Valores do Benefício
Valor mínimo para comercialização: R$ 200,00.
Valor máximo por participante: R$ 12.000,00.

5 – Condições gerais dos Benefícios de Risco


Para esse tipo de benefício, a idade mínima do proponente é de 18 anos e máxima
de 60.

As contribuições são somente contribuições mensais, sendo que o valor mínimo é


de R$ 50,00.

Cancelamento de benefício: Após 90 dias contados a partir da 1ª contribuição não


paga.

Como os valores desse benefício são atualizados?


Os valores de contribuições e rendas serão atualizados anualmente pelo IPCA — Índice
de preços ao Consumidor Amplo.

No mês de aniversário da proposta, será verificado se ocorreu mudança na faixa etária


do participante, sendo alterada a tarifa, de acordo com a tabela ao lado.

Faixa Etária
18 a 30
31 a 35
36 a 40
41 a 45
46 a 50
51 a 55
56 a 60

19
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

6 – Certificado do participante
Nele, constará a seguinte informação:
 Valores iniciais de benefício e contribuição;
 Período de cobertura contratado;
 Beneficiário indicado.

Tributação: Renda e Pensão são dedutíveis.


Carência: De 24 meses para morte natural e suicídio, sem carência para morte
acidental.
Resgate: Não são resgatáveis.

Fórmulas para Cálculos – Pensões (Cônjuge, Menor e Prazo Certo)


Valor de Contribuição = Valor do Benefício X Valor da Tarifa / 1.000

Valor do Benefício = Valor da Contribuição : Valor da Tarifa X 1.000

Fórmulas para Cálculos - Pecúlio


Valor da Contribuição = Valor do Benefício X Valor da Tarifa / 10.000

Valor do Benefício = Valor da Contribuição / Valor da Tarifa X 10.000

As tarifas são encontradas nos folhetos/tabelas de comercialização.

Importante!
Caso o cliente tenha um Plano de Previdência e resgate o valor total da reserva, poderá
continuar com os planos de risco (contribuindo proporcionalmente) ou ainda, deverá
solicitar o cancelamento deste(s) risco(s), pois caso contrário continuarão sendo
debitados mensalmente.

No ato da subscrição do produto, somente será comercializada a renda vitalícia. Porém,


quando o participante entrar no período de concessão de benefício, poderá optar por
qualquer uma das rendas disponíveis.

Renda Vitalícia (atuarial)


Paga vitaliciamente ao participante a partir da data de concessão do benefício (idade
mínima 50 anos).

Renda Temporária (atuarial)


Paga por período temporário e exclusivamente ao participante. O benefício cessa com
o seu falecimento ou o fim da temporariedade contratada. O prazo de recebimento
deste benefício poderá ser de 60, 120, 180 e 240 meses.

20
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Renda Vitalícia com Prazo Mínimo Garantido (atuarial)


Paga vitaliciamente ao participante a partir da data de concessão do benefício (idade
mínima de 50 anos).

O participante escolherá um prazo mínimo de garantia que deve ser de 60, 120, 180 e
240 meses.

Se, durante o período de recebimento do benefício, ocorrer o falecimento do


participante, antes de ter completado o prazo mínimo de garantia escolhido, o benefício
será pago aos beneficiários conforme os percentuais indicados na Proposta de
Inscrição, pelo período restante do prazo mínimo de garantia.

No caso de um dos beneficiários falecer antes de ter sido completado o prazo mínimo
de garantia, o valor da renda será rateado entre os remanescentes até o vencimento do
prazo mínimo garantido. Não havendo beneficiário remanescente, a renda será paga
aos sucessores legítimos do participante, pelo prazo restante da garantia.

Renda Vitalícia Reversível ao Beneficiário Indicado (atuarial)


Paga vitaliciamente ao participante a partir da data de concessão do benefício
escolhido (idade mínima de 50 anos ).

Ocorrendo o falecimento do participante durante o recebimento dessa renda, o


percentual do seu valor estabelecido na proposta de inscrição será revertido
vitaliciamente ao beneficiário (de livre indicação do participante).

Esse percentual poderá ser de 50%, 60%, e 80%.

No caso de o beneficiário falecer, antes do participante e durante o período de


recebimento da renda, a reversibilidade do benefício estará extinta.

Renda Mensal Vitalícia Reversível ao Cônjuge com Continuidade aos Menores


(atuarial)
Paga vitaliciamente ao segurado, reversível ao cônjuge após o seu falecimento, e na
falta deste, reversível temporariamente ao(s) menor(es) até que completem a idade de
24 anos, conforme o percentual de reversão estabelecido (idade mínima de 50 anos).

O participante indicará um ou mais, menores de 24 anos e o seu cônjuge reconhecido


legalmente.

Caso o cônjuge faleça antes do segurado, permanece apenas a reversão ao(s)


menor(es) indicado(s), no percentual estabelecido, desde que este(s) não tenha(m)
atingido a idade limite de 24 anos.

21
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

No caso de falecimento do cônjuge durante o recebimento da renda e, após o menor


mais jovem ter atingido a idade de 24 anos, a renda estará extinta.

Renda Mensal por Prazo Certo (financeira)


Paga mensalmente por prazo certo (superior a 12 meses) escolhido pelo participante no
momento da concessão do benefício. Caso o participante venha a falecer no período de
recebimento do benefício, a renda continuará a ser paga ao(s) beneficiário(s) pelo
prazo restante.

Com o término do prazo escolhido, a renda é extinta.

Não há limite máximo de prazo certo estipulado pelo cliente, sabendo que, quanto
maior o prazo, menor a renda a ser paga.

Perceba que há uma diferença entre a Renda Mensal por Prazo Certo (financeira) e a
Renda Temporária (atuarial):

 Renda Mensal por Prazo Certo (financeira): após o falecimento do


participante, a renda é paga ao beneficiário até o término do prazo contratado.

 Renda Temporária: a renda cessa após o falecimento do participante.

Projeções de Renda
Observe exemplos de projeção de Renda Mensal por Prazo Certo (Financeira)

Reserva Acumulada: R$ 1.000,00


Tempo de Recebimento: 20 anos (240 meses)
Juros: 3% a.a. (Obs.: estes juros é uma projeção, portanto poderá ser alterado a
qualquer momento, tanto para mais como para menos, chegando a de juros, o que é
oferecido em contrato ao cliente).

*fazer o cálculo na HP12C sem Begin, pois a renda é paga de forma postecipada
(colocar o Begin = g 7/tirar o Begin = g 8)*.

1.000.000,00 CHS PV 0,246627 (3%a.a.) i 240 n PMT =

12 Rendas = R$ 5.525,74
13 Rendas = R$ 5.100,68 = R$ 5.525,74 E 12 X 13 ÷

Observe exemplos de projeção de Renda Mensal por Prazo Certo (atuarial)


Reserva acumulada de R$ 1.000.000,00
Cliente Sexo Masculino, com saída aos 60 anos
Fator Renda Vitalícia (BREMS): 0,00332
1.000.000,00 E 0,00332 X = R$ 3.320,00 (Renda Mensal Vitalícia)

22
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

SobMedida Previdência Bradesco Seguros VGBL e VGBL Proteção Familiar

Público-alvo: pessoas que são isentas do Imposto de Renda, ou que façam a


declaração simplificada ou já tenham um plano PGBL.

Características Principais:

 100% da rentabilidade liquida obtida na gestão dos Fundos de Investimento em


Cotas de FICs.
 Idade de ingresso: 0 a 80 anos (79 anos, 11 meses e 29 dias). Diferente do PGBL

Modalidades de Fundos e Taxas de Administração

Varejo e Prime
Fundos Disponíveis Taxa de Administração % a.a.
3 2,4 1,9 1,5 1,2 1,0
Sob Medida Renda Fixa X X X X X
V15: 85% Renda Fixa e 15% Renda Variável X X X
V30: 70% Renda Fixa e 30% Renda Variável X X X
V40: 60% Renda Fixa e 40% Renda Variável X
V49: 51% Renda Fixa e 49% Renda Variável X X

Como fazer um cálculo de resgate?


Um cliente havia aplicado R$ 42.000,00. 3 anos depois, efetuou um Resgate Parcial.

Sua reserva atual é de R$ 60.000,00.

O valor dos Rendimentos corresponde a 30% do valor da reserva, portanto este será o
percentual tributável.

R$ 60.000,00 – Valor da Reserva Total (-) R$ 42.000,00 – Capital Inicial Aplicado R$


18.000,00 – Total de Rendimentos (60.000,00 enter 18.000,00 %T = 30%)

Supondo que o cliente irá resgatar R$ 10.000,00:


R$ 10.000,00 x 30% = R$ 3.000,00 (percentual tributável)

Já que a parte tributável do resgate será de R$ 3.000,00, veja como ficariam os valores
de acordo com os dois regimes de tributação:

 Regime de Antecipação
Se o cliente optou pelo Regime de Antecipação (Progressivo) de IR:

R$ 3.000,00 x 15% = R$ 450,00 => Valor descontado no IR, de acordo com a tabela Progressiva.

23
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

O Resgate Líquido será:


R$ 10.000,00 – R$ 450,00 = R$ 9.550,00

 Regime Definitivo
Se o cliente optou pelo Regime Definitivo (Regressivo) e se, por exemplo, resgatar após
1 ano:

R$ 3.000,00 x 35% = R$ 1.050,00 => Valor descontado no IR, de acordo com a tabela Regressiva.

O Resgate Líquido será:


R$ 10.000,00 – R$ 1.050,00 = R$ 8.950,00

No caso de cálculos para Renda Vitalícia, a conta é outra. Por exemplo:

Um cliente acumulou R$ 1.500.000,00 e deseja receber uma renda vitalícia a partir dos
60 anos. Na contratação optou pelo Regime de Antecipação de IR.

R$ 1.500.000,00 x 0,00328 = R$ 4.920,00

Onde 0,00328 é o fator para renda vitalícia aos 60 anos.

Considere que dos R$ 1.500.000,00 da reserva foi creditado R$ 690.000,00 de


rendimentos, representando um percentual de 46% que será considerado a parte
tributável.

(R$ 1.500.000,00 ENTER R$ 690.000,00 %T)

Qual será o valor pago como renda vitalícia do cliente?


Como vimos, deverá ser tributado o valor correspondente a 46%, dos rendimentos.

Portanto:

R$ 4.920,00 x 46% = R$ 2.263,20 (Parte Tributável)


R$ 2.263,20 X 7,5% = R$ 169,74 (Alíquota IR)

R$169,74 - R$142,80 (Parcela a deduzir) = R$ 26,94

R$ 4.920,00 - R$ 26,94 (Parcela a deduzir) = R$ 4.893,06 (Valor líquido da Renda)

24
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

O resgate é diferente para cada produto, sendo:

 SobMedida - Carência para o 1º Resgate: no VGBL tributação regressiva é de


12 meses a contar da data de inscrição com intervalos de 60 dias entre
resgates, no VGBL tributação progressiva é de 6 meses a contar da data de
inscrição com intervalos de 60 dias entre resgates.

 Proteção Familiar - Variáveis – 1º Resgate: somente poderá ser feito a partir


de 6 meses (180 dias), a contar da data de inscrição, com intervalo de 60 dias
entre um resgate e outro.

Benefícios de Risco dos planos PGBL e VGBL


 Pensão ao Cônjuge
 Pensão ao Menor
 Pecúlio
 Pensão por Prazo Certo

Conheça as Condições Gerais dos Benefícios de Risco!

No ingresso, o proponente deve ter de 18 a 60 anos, devendo fazer contribuições


mensais.

Valor mínimo de contribuição dos riscos: R$ 20,00. Diferente do PGBL


Para cancelar os benefícios, apenas após 90 dias contados a partir da 1ª contribuição
não paga. Porém, se o cliente resgatar totalmente a reserva do PGBL ou VGBL e
desejar, também, cancelar a cobrança do risco contratado, deverá solicitá-lo. Caso
contrário, o risco será debitado mensalmente.
No mais, as condições gerais seguem os padrões dos planos de risco.

Rendas Disponíveis
 Renda Vitalícia;
 Renda Temporária;
 Renda Vitalícia com Prazo Mínimo Garantido;
 Renda Vitalícia Reversível ao Beneficiário Indicado;
 Renda Mensal Vitalícia Reversível ao Cônjuge com Continuidade aos Menores;
 Renda Mensal por Prazo Certo.

Prev Jovem
O Prev Jovem Bradesco (PGBL ou VGBL) é uma forma que os pais têm de planejar o
futuro dos filhos. Além da acumulação de recursos, o Prev Jovem permite a contratação
de coberturas de Pensão ao Menor e Pecúlio.

Por isso, é destinado a Pessoas Físicas (18 a 60 anos) que desejam acumular recursos
para a educação dos filhos ou dependentes econômicos (menores de 21 anos).

25
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."
INTERNA

Benefício ocorre por meio do Renda Certa (financeira).

Condições Gerais: Pensão ao Menor e Pecúlio

Caso o beneficiário tenha atingido a idade de 21 anos este benefício estará


automaticamente cancelado.

No PGBL – Prev Jovem, os valores das contribuições referentes aos benefícios de


Renda Certa e Pensão ao Menor são dedutíveis de IR, Pessoa Física.

 Pensão ao menor: com o falecimento do participante durante o período de


contribuição, será garantida uma renda mensal temporária ao filho ou
dependente econômico, até que ele complete 21 anos.

 Pecúlio: com o falecimento do participante durante o período de contribuição,


será garantido um pecúlio (indenização) ao beneficiário.

Importante!

Os participantes que já possuem o Prev Jovem com Renda Temporária, poderão optar
pela Renda Certa no momento da concessão do benefício (para os casos dos novos
planos individuais com IPCA).

Se o plano contratado for antigo e não tiver esta opção, será possível fazer a
portabilidade para um novo plano.

ESPECIFICAÇÕES DE PUBLICAÇÃO

A. Documento: apostila do curso PGBL e VGBL


B. Validade: indeterminada.
C. Responsabilidade: 4240/Recursos Humanos - UniBrad.
D. Unidade organizacional: Dep. de Recurso Humanos – UniBrad /Escola Negócios.
E. Ramal do responsável: Bradesco Seguros. R:55663
F. Homologado por: Bradesco Seguros S/A
G. Restrições de reprodução: permitida a reprodução apenas no ambiente interno da Organização.
H. Público-alvo: todos os usuários.
I. Classificação: INTERNA
J. Tamanho do arquivo: 505 KB.
K. Criado: Microsoft Word e convertido em PDF.

Atualizado em 18/04/2016

26
"Este documento foi classificado pelo Dep. de Recursos Humanos - UniBrad e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários
da Organização. Propriedade Bradesco."