Você está na página 1de 6

14-05-2018

CPA
DIREÇÃO do procedimento

Preâmbulo do DL 4/2015 ( 7 - ...) artigo 55º


«Responsável pela direção do procedimento»

Distribuição das tarefas de direção do procedimento (distinta da


instrução e da decisão)

Passa a existir um dever de delegação, embora rodeado


de prudentes cláusulas de salvaguarda (n.º 2 do artigo 55.º)

A separação entre a responsabilidade de promover a tramitação do


procedimento e a tarefa decisória de forma a assegurar a
imparcialidade do decisor

Artigo 55º

Órgão Órgão
competente para Direção do competente
a decisão procedimento decide

Regra: obrigatoriedade de delegar a direção do procedimento em inferior


hierárquico (que por sua vez pode encarregar outros de diligências
instrutórias) – o que deve ser notificado aos participantes, inclusive na
tramitação eletrónica – artigo 61º nº 2 + 62º al e)

Exceto:
-Se decorrer da lei outra solução
- Condições de serviço
- Razões ponderosas

Órgão colegial – a delegação é em membro do órgão

1
14-05-2018

Artigo 56º
O responsável pela direção do procedimento goza de
discricionariedade na respetiva estruturação, e deve ter
presente os interesses públicos da participação, da
eficiência, da economicidade e da celeridade na
preparação da decisão

Artigos 58º e 59º


Princípio do inquisitório: proceder a quaisquer diligências
que se revelem adequadas e necessárias à preparação
de uma decisão e dever de celeridade

Artigo 64º
O responsável pela direção do procedimento deve
garantir a integridade do processo administrativo,
nomeadamente, rubricando as folhas do processo;

Artigo 66º
O responsável pela direção do procedimento pode
solicitar auxílio administrativo a outros órgãos da
Administração Pública

Artigo 82º
Compete ao responsável pela direção do procedimento o
dever de informar todos os interessados

2
14-05-2018

Artigo 92º (Pareceres)


O responsável pela direção do procedimento passa a ter
um papel muito ativo no âmbito da emissão dos
pareceres:

- compete-lhe pedir aos órgãos competentes a emissão


dos pareceres;
- pode fixar prazo para emissão dos pareceres;
- pode interpelar o órgão que tem que emitir parecer
obrigatório e vinculativo para se pronunciar, podendo dar
seguimento ao procedimento sem o parecer se o mesmo
não for emitido no novo prazo

Artigo 100º (Regulamentos)

O responsável pela direção do procedimento passa a ter


um papel muito ativo no âmbito da audiência dos
interessados quando estão em causa regulamentos que
contenham disposições que afetem direitos ou interesses
legalmente protegidos dos cidadãos

Pode ainda decidir pela não realização de audiência nos


termos do nº 3 do artigo 100º

3
14-05-2018

Artigo 110º (Notificação do início do procedimento)

Em regra, o início do procedimento administrativo é notificado


aos interessados. A notificação deve indicar:

- entidade que ordenou a instauração do procedimento


- facto que deu origem ao procedimento
- órgão responsável pela direção do procedimento
- data que iniciou o procedimento
- serviço onde corre o procedimento
- objeto do procedimento

Artigo 115º + 117º (Provas)

Compete ao responsável pela direção do procedimento:


- averiguar os factos relevantes para o procedimento
- recorrer a todos os meios de prova necessários e admitidos
- fazer constar do procedimento factos de que tenha
conhecimento em virtude do exercício das suas funções
- Solicitar informações, documentos, provas – artigo 117º

Artigo 116º + 118º (Prova pelos interessados)

Os interessados podem indicar ao responsável pela direção do


procedimento que as provas já estão no poder da
Administração
Local de apresentação das provas – artigo 118º

4
14-05-2018

Artigo 122º (ato administrativo)

O responsável pela direção do procedimento decide


no âmbito da audiência dos interessados quando é
que esta é escrita ou oral (artigo123º)

Pode ainda decidir pela não realização de audiência


nos termos do artigo 124º

Artigo 126º (Relatório)

O responsável pela direção do procedimento deve


elaborar relatório do qual consta:
- pedido do interessado
- conteúdo do procedimento
- fundamentação da não realização de audiência
- formula proposta de decisão, com síntese das
razões de facto e de direito que a fundamentam

10

5
14-05-2018

Artigo 128º (Prazo para decisão )

Se outro prazo não estiver previsto, os procedimentos


de iniciativa particular devem ser decididos no prazo
de 90 dias.

O responsável pela direção do procedimento pode,


com autorização do órgão competente para decidir,
prorrogar este prazo até ao máximo de 90 dias, o que
tem que ser comunicado ao interessado.

11
Carla Margarida Costa