Você está na página 1de 33

Formação Inicial do Auditor e do

Servidor Designado para


Fiscalização em Aeronavegabilidade
RBAC 120
PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO RISCO ASSOCIADO AO USO
INDEVIDO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NA AVIAÇÃO CIVIL

Coordenação de Empresas RBAC 145


GCVC - Gerência de Coordenação da Vigilância Continuada
gcvc145@anac.gov.br
OBJETIVOS

 Identificar os requisitos do RBAC 120.

 Descrever os subprogramas do Programa de Prevenção


do Uso Indevido de Substâncias Psicoativas (PPSP).

 Explicar a aplicabilidade do programa.


ROTEIRO

 Apresentação do RBAC 120 (PPSP).

 Subprograma de Educação.

 Subprograma de Exames Toxicológicos de Substâncias Psicoativas.

 Subprograma de Resposta a Evento Impeditivo.

 Regulamentos auxiliares.

 Aplicabilidade.
RBAC 120

RBAC 120 - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO RISCO ASSOCIADO AO


USO INDEVIDO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NA AVIAÇÃO CIVIL

Aplicável a qualquer pessoa que desempenhe Atividade


de Risco à Segurança Operacional na Aviação Civil (ARSO).

Quem precisa elaborar? O que é necessário?

• Empresas de transporte aéreo • A elaboração, execução e


manutenção de um PPSP.
• Serviços aéreos especializados públicos
• Apresentar à ANAC uma
• Detentores de certificado RBAC 145 declaração de conformidade.

• Detentores de certificado RBAC 139


RBAC 120

O PPSP e seus subprogramas permanecerão válidos por 5 (cinco)


anos.

PPSP deverá ser revalidado ou revisado, mediante


apresentação de nova declaração de conformidade.

O PPSP deve conter no mínimo:


(1) um Subprograma de Educação
(2) um Subprograma de Exames Toxicológicos de Substâncias
Psicoativas
(3) um Subprograma de Resposta a Evento Impeditivo
RBAC 120

Para os propósitos do RBAC 120, são consideradas ARSO:

(1) qualquer atividade realizada por uma pessoa, exceto


passageiro, na área operacional não edificada, constituída pela
área operacional, excluídas as áreas ocupadas por edificações;
(2) cálculo das posições de carga, bagagem, passageiros e
combustível nas aeronaves;
(3) manutenção, manutenção preventiva ou alteração de
produtos aeronáuticos;
(4) inspeção e certificação da manutenção de um produto
aeronáutico;
RBAC 120

(5) abastecimento e manutenção dos veículos que serão


utilizados para o abastecimento das aeronaves na área
operacional não edificada;
(6) atividades realizadas por um agente de proteção da aviação
civil (APAC);
(7) atividades realizadas por um membro da tripulação de uma
aeronave;
(8) carga e descarga de veículos de transporte de bagagem
(trolleys) para carregamento e descarregamento da aeronave e a
condução destes veículos; e
(9) atividades de prevenção, salvamento e combate a incêndio.
RBAC 120
A empresa responsável deve submeter cada Empregado ARSO e
seus supervisores aos requisitos do seu PPSP.

O PPSP deverá ser amplamente divulgado a todos os empregados


ARSO, inclusive às empresas e ao pessoal subcontratados para
desempenhar ARSO.

A ANAC poderá requerer, a qualquer empresa responsável, um


relatório contendo os resultados consolidados do PPSP de um
determinado período de avaliação.
Empresas Subcontratadas?
• Devem se submeter a PPSP próprio ou da empresa contratante.
• Tolerância de 1 mês. Sob avaliação de risco a ser feita pela
empresa responsável.
RBAC 120

Toda empresa responsável deve eleger um representante


designado para:
• elaboração;
• execução;
• manutenção do PPSP.

As empresas responsáveis poderão treinar supervisores para a


atribuição de Supervisor Treinado para Encaminhamento a ETSP.
Subprograma de Educação

A empresa responsável deve desenvolver, elaborar e executar,


internamente ou por contrato, um subprograma de educação.

• Deve haver treinamento específico para supervisores.

• Arquivar comprovantes e material de treinamento por 5 anos.

• O empregado deve ser treinado antes de exercer atividades


ARSO.

• O programa deve ser divulgado na empresa.


Subprograma de Educação

O conteúdo do subprograma de educação deve incluir os itens


listados no RBAC 120 subseção 120.323.

120.323 (a) O material educacional voltado para empregados ARSO deve


incluir:

(1) informação de que os ETSP são exigidos por este regulamento;


(2) as categorias de ARSO abrangidas pelo programa;
(3) as circunstâncias em que um ETSP é requerido;
(4) procedimentos dos ETSP;
(5) informações relativas ao rol de substâncias psicoativas a serem testadas;
(6) informações relativas às substâncias, incluindo medicamentos
acompanhados ou não de prescrição médica, de uso restrito para
empregados ARSO;
Subprograma de Educação

O conteúdo do subprograma de educação deve incluir os itens


listados no RBAC 120 subseção 120.323.

(7) política relativa ao uso de substância psicoativa no ambiente de


trabalho;
(8) indicação do nome de pessoas designadas para tirar dúvidas sobre o
programa;
(9) explicação do que constitui uma recusa em submeter-se ao ETSP e suas
consequências;
(10) informações sobre resultado positivo e suas consequências;
(11) informações sobre o programa de resposta a evento impeditivo; e
Subprograma de Educação

O conteúdo do subprograma de educação deve incluir os itens


listados no RBAC 120 subseção 120.323.

(12) informações gerais sobre os:


(i) efeitos do uso indevido de substâncias psicoativas na saúde, no trabalho
e na vida pessoal do indivíduo;
(ii) sinais e sintomas do uso indevido de substâncias psicoativas; e
(iii) métodos de tratamento disponíveis na comunidade para resolução de
problemas associados ao uso indevido de substâncias psicoativas.
(b) O conteúdo do material educacional específico de instrução de
Supervisores Treinados para Encaminhamento a ETSP deve conter a
identificação de indicadores físicos, comportamentais e de desempenho
para a realização de observações específicas, atuais e articuladas visando
encaminhamento a exame por suspeita justificada.
Subprograma de Exames
Toxicológicos
• O empregado deve ser conduzido ao exame durante a jornada
de trabalho.
• A confirmação de resultado positivo deve ser através do método
de espectrometria de massa.
• Necessário contratar laboratórios de acordo com item
120.331(g) do RBAC120.
A empresa deve designar um médico revisor para:
• Avaliar resultado positivo.

• Indisponibilidade de indivíduo realizar ETSP.


Subprograma de Exames
Toxicológicos
As substâncias psicoativas consideradas são:
• álcool;
• metabólitos de opiáceos;
• metabólitos de canabinóides;
• metabólitos de cocaína; e
• anfetaminas/ metanfetaminas/ metilenodioximetanfetamina/
metilenodioxianfetamina.

O empregado deve assinar um termo de


consentimento para cada ETSP realizado.
Subprograma de Exames
Toxicológicos
Tipos de exames:
• ETSP Prévio
• ETSP aleatório
• ETSP Após Acidente
• ETSP Suspeita Justificada
• ETSP de retorno ao serviço
• ETSP de acompanhamento

O resultado dos exames e do médico revisor devem ser mantidos


pela empresa por 5 anos em papel ou mídia eletrônica.
Subprograma de Exames
Toxicológicos

Os resultados dos exames são confidenciais.

Nenhuma etapa do ETSP pode ser conduzida fora do Brasil.


Subprograma de Resposta
a Evento Impeditivo

Após um evento impeditivo, uma empresa responsável, antes de


permitir o retorno do empregado envolvido ao desempenho de
uma ARSO, deve incluí-lo no subprograma de resposta a evento
impeditivo.

O indivíduo deve ser acompanhado e orientado por um ESP.


Regulamentos Auxiliares

• IS 120-002 - Orientações gerais para a implantação dos programas


de prevenção do uso indevido de substâncias psicoativas na aviação
civil.
• Compêndio dos elementos de fiscalização referentes aos requisitos
operacionais constantes no RBAC nº 120. (Aplicáveis a SAR: 1, 2, 3, 9,
10, 11, 12, 13, 15, 17, 18, 19, 47)
Regulamentos Auxiliares

Perguntas contidas no F900-36 e GIASO módulo Pessoal


39 A declaração de conformidade apresentada está dentro do prazo de validade de 5 anos e
possui métodos de conformidade que atendam aos requisitos do RBAC 120 ou indicação
de que o requisito não é aplicável? 120.3(c), 120.5(a)
40 A organização possui um representante designado e supervisores treinados que
respondam pelo PPSP e aos subprogramas associados? 120.309(a), 120.311
iv) Prevenção do uso
41 Todos os funcionários ARSO (Atividade de Risco para Segurança Operacional) foram
Indevido de Substâncias
identificados e receberam treinamento sobre prevenção do uso indevido de substâncias
Psicoativas
psicoativas, antes de exercer atividades ARSO? 120.321
42 Estão documentados os procedimentos para realização de exames toxicologicos e
procedimentos para o subprograma de resposta? (Ex: procedimentos de coleta, manuseio, 120.331(d), 120.333(a),
armazenamento, procedimento de notificação de casos positivos, qualificaçaõ de médico 120.333(a), 120.341,
revisor e do ESP, qualificação do laboratório etc.) 120.351(a)
Aplicabilidade
RBAC 120 seção 120.321 (i)(3)

Estabelece que o desenvolvimento, a elaboração do conteúdo e a


execução do subprograma de educação não precisa ser coordenado
pelo ESP ou profissional com formação equivalente...
RBAC 120 120.331(a), 120.339(a) e (b):

Estabelecem que não é requerido o exame toxicológico na admissão


nem aleatório para:
- operador SAE;
- operador segundo as regras do RBAC 135 com até 10 empregados
ARSO;
- Organização de Manutenção que não aprovam aeronaves 121
para retorno ao serviço.
Aplicabilidade

Essas empresas deverão realizar os exames toxicológicos em casos


de suspeita justificada (120.339(d)) e após acidente quando
houver indícios que a performance da manutenção contribuiu
(120.339(c)).
Dúvidas

Dúvidas básicas:
gcvc145@anac.gov.br

Dúvidas sobre implantação do programa:


gfhm@anac.gov.br
ROTEIRO

 Apresentação do RBAC 120 (PPSP).

 Subprograma de Educação.

 Subprograma de Exames Toxicológicos de Substâncias Psicoativas.

 Subprograma de Resposta a Evento Impeditivo.

 Regulamentos auxiliares.

 Aplicabilidade.
OBJETIVOS

 Identificar os requisitos do RBAC 120.

 Descrever os subprogramas do Programa de Prevenção


do Uso Indevido de Substâncias Psicoativas (PPSP).

 Explicar a aplicabilidade do programa.


Perguntas Frequentes

Para onde enviar a Declaração de conformidade?

Para as Organizações de manutenção - A declaração de


conformidade deve ser enviada à GTAR responsável pela
supervisão da organização de manutenção. Não é requerido o
envio do programa completo, apenas da declaração de
conformidade.
Perguntas Frequentes

Sobre os requisitos do RBAC 120, algumas pessoas sugeriram a


possibilidade das empresas da região se associarem de forma a
ter um PPSP (Programa de Prevenção do Risco Associado ao
Uso Indevido de Substâncias Psicoativas) compartilhado ou
único, para atender a todos os associados. Isso seria aceitável
para a ANAC?

É possível utilizar a mesma estrutura do programa PPSP, pois o


regulamento é o mesmo para todas as organizações. Entretanto,
devem ser consideradas as individualidades de cada organização
de manutenção, tais como: complexidade; número de
funcionários; períodos de treinamento; etc.
Perguntas Frequentes

Organizações de manutenção certificadas no exterior devem


desenvolver PPSP?

O item 120.347(a) do RBAC 120 estabelece que nenhuma etapa


de coleta de material para um Exame Toxicológico de Substância
Psicoativa - ETSP deve ser conduzida fora do território
nacional. Portanto, a aplicabilidade desse regulamento às
organizações de manutenção localizadas fora do território
nacional têm o escopo reduzido, restringindo-se a subparte H -
SUBPROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARA A PREVENÇÃO DO RISCO
ASSOCIADO AO USO INDEVIDO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS,
com limitações.
Perguntas Frequentes

Na Seção 120.321 do RBAC 120 é estabelecido que, nas OM que não


aprovam para retorno ao serviço aeronaves operadas de acordo com o
RBAC 121, Operadores SAE e operadores 135 com menos de 10 funcionários
ARSO a elaboração do conteúdo e a execução do subprograma de
educação não precisa ser coordenado pelo ESP ou profissional com
formação equivalente, desde que os temas contemplados pelo parágrafo
120.323(a)(12) deste Regulamento sejam tratados a partir das orientações
da ANAC publicamente divulgadas. A ANAC já publicou estas orientações?
A ANAC ainda não atualizou sua IS ou publicou outro material de forma a
orientar detalhadamente o cumprimento deste item. Mas, por ora, na IS
publicada já existem orientações, ainda que genéricas, mas que podem ser
tidas como cumprindo em parte o que se deseja, e apontando na direção
correta.
Considere a esse respeito o item 7 da IS 120-002A (excluído, por óbvio, a
recomendação do item 7.1)
Perguntas Frequentes
Uma empresa que efetua serviços de manutenção em componentes
aeronáuticos que não trabalha com aeronaves, somente
componentes. Na emenda 02 do RBAC 120 seção 120.331(a) existe
menção que as empresas que são Organizações de Manutenção que
não trabalham com aeronaves não necessitam atender as seções
120.339(a) exame prévio e 120.229(b) aleatório. A interpretação está
correta?

SIM. Apenas organizações de manutenção que aprovam para retorno


ao serviço aeronaves que operam de acordo com o RBAC 121 devem
desenvolver o programa integralmente.
As demais organizações de manutenção devem contemplar no
programa a realização dos exames toxicológicos apenas em casos de
suspeita justificada e quando houver indícios de que a manutenção
realizada pela OM contribuiu para um acidente.
Perguntas Frequentes

Minha organização de manutenção ainda não desenvolveu o


PPSP, o que devo fazer?

A organização de manutenção deve desenvolver o PPSP


requerido pelo RBAC 120 e enviar a declaração de conformidade
à ANAC.
Em auditorias de supervisão nas organizações de manutenção os
inspetores irão requerer comprovação de cumprimento com o
RBAC 120.