Você está na página 1de 9

Questões Online – Claretiano – Pedagogia

Currículo e Avaliação
Ciclo 1

1 - [182904]
O currículo, na área educacional, conceitua-se como um processo educativo de diálogo
humano em torno dos conteúdos culturais e existenciais de interesse mútuo dos alunos e
professores, mediante uma ação relativamente sistemática e em busca de uma
transformação pessoal e social. Assim, podemos dizer que o currículo:
I. É um processo educativo, e não um momento, uma etapa.
II. Propicia uma transformação que, na esfera pessoal, chamamos de “aprendizagem”. O
objetivo é levar as pessoas a aprenderem os saberes, os valores, as competências, as
habilidades que orientam as suas atitudes e suas relações na sociedade.
III. Direta ou indiretamente, busca uma mudança na sociedade, partindo do nível mais
imediato: a escola e a comunidade.
IV. É um plano de estudo, uma proposta que orienta e normatiza o processo de
administração curricular, proporcionando o acompanhamento e o monitoramento
dessas ações registrado em forma de documento e guardado na secretaria da escola.
Assinale a alternativa que não expressa o conceito de currículo na área educacional,
conforme o estudado:

a) Somente I.
b) Somente II.
c) Somente III.
d) Somente IV.
e) Todas as afirmativas estão corretas.

Resposta da questão - D
IV. É um plano de estudo, uma proposta que orienta e normatiza o processo de
administração curricular, proporcionando o acompanhamento e o monitoramento
dessas ações registrado em forma de documento e guardado na secretaria da escola.

2 - [229291]
De acordo com Cesar Coll (1999), um currículo deve contemplar a educação não se
restringindo aos conteúdos pré-determinados rígidos, mas valorizando muito mais o que
o professor ensina do que aquilo que o aluno aprende. Com isso, o autor diz-nos que:

a) deve ser criado um currículo que priorize o trabalho do professor como detentor do
saber científico.
b) deve ser criado um plano curricular capaz de articular todos os níveis de
funcionamento de uma escola.
c) deve ser criado um currículo em que seja priorizado um ensino condizente com os
preceitos do modo de organização econômica e financeira da nossa sociedade capitalista.
d) deve ser criada uma proposta curricular baseda na relevância da ação educativa, ora
voltada para a concepção de um aluno obediente e receptivo, ora voltada para a
eficiência de métodos e técnicas empregados pelos agentes educacionais.
e) deve ser resgatada, na proposta curricular, o processo de alienação ao qual está
exposto o indivíduo na sociedade capitalista, adotando os preceitos do liberalismo como
objetivos centrais.

Resposta da questão - B
Deve-se criar plano curricular capaz de articular todos os níveis de funcionamento de
uma escola.

1 - [220309]
Podemos afirmar que as relações entre a sociedade e a escola, entre os saberes e as
práticas socialmente construídos originam os conhecimentos escolares constituindo
assim o currículo, portanto, tais saberes acabam se tornando âmbitos de referência dos
currículos. Podemos entender como âmbito de referência dos currículos:
1- O mundo do trabalho e os desenvolvimentos tecnológicos.

2- As formas diversas de exercício da cidadania e os movimentos sociais.
3- As instituições produtoras do conhecimento científico (universidades e centros de
pesquisa).
4- As atividades corporais e desportivas, o campo da saúde e a produção artística.

Analise as definições acima classificando-as em V (verdadeira) e F (falsa) e assinale a


alternativa que melhor representa sua análise.
a) 1-V . 2-F. 
3-V . 4-F.
b) 
1-V . 
2-V. 3-V . 4-V . 

c) 1-F. 
2-V. 3-V . 
4-F. 

d) 1-V . 2-F. 
3-V. 4-V . 

e) 1-V . 
2-F. 3-F. 4-F. 

Resposta da questão
Que são esses âmbitos de referência? Podemos considerá-los como correspondendo: (a)
às instituições produtoras do conhecimento científico (universidades e
centros de pesquisa); (b) ao mundo do trabalho; (c) aos desenvolvimentos tecnológicos;
(d) às atividades desportivas e corporais; (e) à produção artística; (f) ao campo da saúde;
(g) às formas diversas de exercício da cidadania; (h) aos movimentos sociais (Terigi,
1999).

220240-
Assinale a alternativa que não representa os processos de descontextualização e
recontextualização do conhecimento escolar e, consequentemente do currículo.
a) processo de construção do conhecimento escolar sofre, inegavelmente efeitos e de
relação do poder.
b) A subordinação dos conhecimentos escolares ao que conhecemos sobre o
desenvolvimento humano.
c) Os conhecimentos escolares tender a se submeter aos ritmos e as rotinas que
permitem sua avaliação.
d) Os conhecimentos totalmente contextualizados, puros, conectando-se com o
mundo social em que são construídos e funcionam.
e) A descontextualização dos saberes e das práticas, que costumam fazer com que o
conhecimento escolar dê a impressão de pronto, acabado, impermeável a críticas e
discussões.

Resposta da questão - D

Ciclo 2
1 - [110039]
É importante conhecer a estrutura do currículo e suas diferentes dimensões, uma vez
que apresentam várias nuances. Ao refletir sobre o contexto escolar, é possível afirmar
que existem três tipos de currículo: o formal, o real e o oculto.
Estabeleça a relação entre os termos e respectivos conceitos e, depois, assinale a
alternativa que apresenta a sequência correta:

1. Formal
2. Real
3. Oculto

( ) É o que passa a ser realidade no espaço escolar com docentes e alunos a cada
momento, em consequência de um Projeto Político-Pedagógico e dos propósitos de
ensino.
( ) Indica as práticas e mudanças educacionais que orientam e resultam nas
aprendizagens não explícitas nem propostas pelos projetos educacionais, embora
constitua importante fator de aprendizagem.
( ) Refere-se àquele que é estabelecido pelos sistemas de ensino ou instituição
educacional estruturando o conhecimento acadêmico expresso em normas curriculares,
desde seus objetivos até os conteúdos das áreas ou disciplinas de estudo. Também pode
ser chamado de “oficial”.

a) 1 – 2 – 3.
b) 2 – 3 – 1.
c) 3 – 2 – 1.
d) 2 – 1 – 3.
e) 1 – 3 – 2.

Resposta da questão - Alternativa B.

2 - [115056]
Arroyo (2007) afirma que as indagações sobre os Currículos não devem privilegiar
apenas que conhecimentos ensinar-aprender, mas como ordená-los, organizá-los, em
que lógicas, hierarquias e precedências, em que tempos, espaços. Isto porque se
reconhecemos o papel dos educandos sobre o currículo e deste sobre os educandos,
somos obrigados a repensar os currículos e as lógicas em que os estruturamos. Isto se
deve aos seguintes aspectos:

a) Os alunos não são apenas uma produção escolar, nem dos currículos, da docência e da
administração.
b) Crianças, adolescentes, jovens ou adultos que chegam às escolas carregam imagens
sociais com que os currículos, as escolas e a docência trabalham, reforçam-nas ou a elas
se contrapõem.
c) Os educandos trazem consigo identidades de classe, raça, etnia, gênero, território,
campo, cidade, periferia e sobre essas imagens construímos as imagens de alunos,
definimos funções para cada escola e priorizamos ou secundarizamos conhecimentos,
habilidades e competências.
d) Trazermos imagens sociais de crianças, adolescentes, jovens ou adultos nas
hierarquias sociais, raciais ou de gênero, no campo e na cidade ou nas ruas e morros.
Essas imagens sociais são a matéria-prima com que configuramos as imagens e
protótipos de alunos e que arquitetaremos os currículos.

Podemos afirmar que os aspectos são:

a) Verdadeiro. - Falso.- Verdadeiro. - Falso.


b) Falso - Falso. - Falso. - Falso.
c) Verdadeiro. - Falso. - Verdadeiro. - Verdadeiro.
d) Verdadeiro. - Verdadeiro. – Falso - Falso.
e) Verdadeiro. - Verdadeiro. - Verdadeiro. - Verdadeiro.

Resposta da questão - E
Todos os aspectos são verdadeiros.

182372 –
É preciso cuidado para não ter uma visão mercantilizada dos educandos, que nesta
perspectiva não passam de capital humano a ser capacitado para as demandas
hierarquizadas do mercado. Neste sentido, o currículo passa a se organizar na lógica
segmentada, os profissionais que trabalham esses conteúdos serão segmentados,
hierarquizados e valorizados ou desvalorizados na mesma lógica segmentada e
hierarquizada no mercado. Arroyo(2007) destaca que o docente deve estar atento a este
processo.

Assinale a alternativa que traz as consequências ao trabalho do professor apontadas pelo


autor.
a) Aumento de autonomia e autoria docente.
b) Atuação numa perspectiva pragmatista,utilitarista,cientificista e positivista de
conhecimento e de ciência.
c) Não necessidade de atender as habilidades que o mercado impõe aos futuros
trabalhadores.
d) Não precisa renunciar o papel de profissional do conhecimento, tampouco deixar
de lado a necessidade de instigar o conhecimento, sua dinâmica e seus
significados.
e) Não relativizar o papel das demandas do mercado na hora de indagar e reorientar
os currículos.

Resposta da questão - B

Ciclo 3

1 - [230123]
Fernandes e Freitas (2007) afirmam que é fundamental avaliar os processos de
aprendizagem, entretanto, existem alguns equívocos a respeito da avaliação que que
parecem persistir. Veja alguns desses equívocos abaixo e classifique as afirmações como
verdadeiras ou falsas.
I. Considerar que durante a avaliação devemos levar em conta que são vários os aspectos
incluídos nesta definição: o conhecimento aprendido pelo estudante e seu
desenvolvimento, o comportamento do estudante e seus valores e atitudes.
II. Entender que combater a reprovação implica em não avaliar o processo de ensino-
aprendizagem dos estudantes, em não fazer provas, em não fazer testes, em não atribuir
notas ou conceitos que reflitam tal processo.
III. Considerar que os estudantes, ao não serem reprovados, não aprendem e saem da
escola sem aprender o básico de leitura, escrita e matemática.
IV. Não relacionar que a melhor qualidade de ensino são professores bem formados e
informados; condições de trabalho; recursos materiais; escolas arejadas, claras e limpas,
com mobiliário adequado, com espaços de estudo, de pesquisa e prazer para professores
e estudante.

Assinale a alternativa que representa a resposta correta.

a) Todas são verdadeiras.


b) Somente a I e IV são verdaderias.
c) Somente a I é falsa.
d) Somente a III é falsa.
e) Somente a II é verdadeira.

Resposta da questão - A
Todas são verdadeiras.

A resposta pode ser conferida no capítulo "A característica processual da avaliação", de


Fernandes e Freitas (2007).
Referência do capítulo:
FERNANDES, C. O.; FREITAS, L. C. Indagações sobre currículo: currículo e avaliação.
Brasília: Ministério da Educação; Secretaria de Educação Básica, 2007. Disponível em:
http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/indag5.pdf. Acesso em: 09 abr.
2019.

2 - [188708]
De acordo com Sacristan (1996), o currículo é uma seleção da cultura, uma versão
particular da cultura; não apenas pelo fato de ser uma seleção com determinados
critérios, mas também pelo formato que adotam. Por esta razão, ao falar de cultura e
currículo na escolarização, é preciso estabelecer não apenas as relações entre ambos os
termos, considerando que a cultura diz respeito a conteúdos, processos ou tendências
externos à escola e o currículo a conteúdos e processos internos, tentando explicar o que
ocorre neste último como consequência do que se trama na cultura exterior.
A partir desse trecho retirado do livro “Perspectivas Curriculares Contemporâneas” e
dos demais conteúdos estudados neste ciclo, assinale a alternativa que não apresenta
aspectos referentes ao currículo.

a) O planejamento curricular traz como imperativo a busca pela unidade entre


pensamento e ação, entre teoria e prática. Isso porque a relação entre teoria e prática
constitui-se pressuposto fundamental das ações humanas e, portanto, também do
planejamento educacional.
b) As decisões sobre o currículo estão marcadas pelas relações de poder que se
estabelecem na sociedade e na escola, ou seja, o modo como a escola se organiza e se
apropria da cultura, faz determinadas representações dela e produz práticas voltadas à
formação humana.
c) O trabalho pedagógico tem como elementos constituintes o planejamento, o currículo
a avaliação e os meios que permitem articular esses elementos aos sujeitos, aos espaços
e aos saberes aos quais o trabalho pedagógico se refere.
d) O trabalho pedagógico se realiza por meio das ações que dificultam colocar em
prática um projeto educativo: desde o planejamento da escola como um todo (PPP) até o
planejamento do currículo de modo mais específico, passando pelos movimentos que
deles decorrem e culminam com o propriamento dito ato de ensinar e aprender, o
currículo em ação, incluindo a avaliação do trabalho realizado.
e) As experiências curriculares que historicamente se consolidam nas escolas compõem
auqilo que podemos chamar de “cultura escolar”, formada pelos modos de organização
do trabalho pedagógico e pelos códigos gerados com base neles. Com base nesta
abordagem, o currículo torna-se expressão da prática e da função social da escola.

Resposta da questão - Alternativa D.


O trabalho pedagógico se realiza por meio das ações que permitem colocar em prática
um projeto educativo: desde o planejamento da escola como um todo (PPP) até o
planejamento do currículo de mdo mais específico, passando pelos movimentos que
deles decorrem e culminam com o propriamento dito ato de ensinar e aprender, o
currículo em ação, incluindo a avaliação do trabalho realizado.

1 - [223486]
O currículo, na área educacional, conceitua-se como um processo educativo de diálogo
humano em torno dos conteúdos culturais e existenciais de interesse mútuo dos alunos e
professores, mediante uma ação relativamente sistemática e em busca de uma
transformação pessoal e social. Assim podemos dizer o currículo:

I. É um processo educativo e não um momento, uma etapa;


II. Propicia uma transformação que, na esfera pessoal, chamamos de aprendizagem. O
objetivo é levar as pessoas a aprenderem os saberes, os valores, as competências, as
habilidades que orientam as suas atitudes e suas relações na sociedade;
III. Direta ou indiretamente busca uma mudança na sociedade partindo do nível mais
imediato: a escola e a comunidade;
IV. É um plano de estudo, uma proposta que orienta e normatiza o processo de
administração curricular, proporcionando o acompanhamento e o monitoramento
dessas ações registrado em forma de documento e guardado na secretaria da escola.

Assinale a alternativa que não corresponde ao currículo educacional:


a) I
b) II
c) III
d) IV
e) I, II, III, IV

Resposta da questão - Alternativa D.


2 - [188706]
Trabalhar com a diversidade na escola não é um apelo romântico do final do século XX e
início do século XXI. Na realidade, a cobrança hoje feita em relação à forma como a escola
lida com a diversidade no seu cotidiano, no seu currículo, nas suas práticas faz parte de
uma história mais ampla. Portanto, as discussões sobre currículo incorporam, com maior
ou menor ênfase, debates sobre os conhecimentos escolares, os procedimentos
pedagógicos, as relações sociais, os valores e as identidades dos nossos alunos e alunas.

A partir do fragmento acima e dos conteúdos estudados até o momento, leia os trechos
abaixo, marcando-os como V ou F.
( ) O currículo não está envolvido em um simples processo de transmissão de
conhecimentos e conteúdos.
( ) O currículo possui um caráter histórico e também constitui uma relação social, no
sentido de que a produção de conhecimento nele envolvida se realiza por meio de uma
relação entre pessoas, o que afasta qualquer caráter político do currículo.
( ) O conhecimento, a cultura e o currículo são produzidos no contexto das relações
sociais e de poder. Esquecer esse processo de produção – no qual estão envolvidas as
relações desiguais de poder entre grupos sociais – significa reificar o conhecimento e
reificar o currículo, destacando apenas os seus aspectos de consumo e não de produção.
( ) O currículo não se restringe apenas a ideias e abstrações, mas a experiências e
práticas concretas, construídas por sujeitos concretos, imersos em relações de poder.
( ) O currículo pode ser considerado uma atividade produtiva, entretanto, não possui um
aspecto político em suas ações (aquilo que fazemos) e em seus efeitos (o que ele nos faz).

Agora, assinale a alternativa que representa a sequência correta.


a) V, F, F, V, F.
b) V, F, V, V, F
c) F, V, V, F, V
d) V, V, V, V, F
e) F, V, V, F, F.

Resposta da questão - B
Sequência correta é V, F, V, V, F.
O currículo possui um caráter político e histórico e também constitui uma relação social,
no sentido de que a produção de conhecimento nele envolvida se realiza por meio de
uma relação entre pessoas.
O currículo pode ser considerado uma atividade produtiva e possui um aspecto político
que pode ser visto em dois sentidos: em suas ações (aquilo que fazemos) e em seus
efeitos (o que ele nos faz).