(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica, Teoria Clássica e Burocracia 1/8 Retorno > > > http://www.joaoluiz.pro.br/AdmRP1.

htm

1

Administração Científica - Taylor

A Escola da Administração Científica representa o início da aplicação dos métodos da ciência aos problemas da Administração, principalmente através dos métodos da observação e da mensuração. A Administração Científica, iniciada pelo engenheiro norte americano Frederick Winslow Taylor (1856-1915) no início do século XX, estava voltada à eliminação do desperdício e à elevação dos níveis de produtividade através do emprego de métodos e técnicas da engenharia industrial. As indústrias na época, segundo Taylor, enfrentavam três tipos de problemas: • Vadiagem por parte dos operários reduzindo a produção a cerca de um terço do que seria a normal, para evitar a redução das tarifas de salários e proteger as vagas de emprego que poderiam ser diminuídas caso a produção fosse maior; A prática inadequada da Administração forçava os operários a proteger seus interesses através da baixa produção; Métodos empíricos utilizados nas empresas causavam o desperdício de grande parte do esforço e do tempo dos operários.

• •

1.1 Organização Racional do Trabalho
Substituir os métodos empíricos e rudimentares pelos métodos científicos utilizando os seguintes princípios: A. Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos B. Estudo da fadiga humana C. Divisão do trabalho e especialização do operário D. Desenho de cargos e tarefas E. Incentivos salariais e prêmios de produção F. Conceito de “homo economicus” G. Condições de trabalho H. Padronização I. Supervisão Funcional

A. Análise do Trabalho e Estudo dos Tempos e Movimentos Análise do trabalho: divisão e subdivisão de todos os movimentos necessários à execução do trabalho, para compor uma série ordenada de movimentos simples que economizem tempo e esforço do operário; movimentos inúteis devem ser eliminados; Estudo dos tempos e movimentos: determinação do tempo médio para a execução da tarefa; ao tempo médio acrescentar os tempos de preparo, esperas, paralisações pessoais, etc., para se chegar ao chamado "tempo-padrão". A análise do trabalho e o estudo de tempos e movimentos permitem a busca da melhor maneira (the best way) para a execução de uma tarefa e melhorar a eficiência do operário. Eficiência significa a correta utilização dos recursos disponíveis, portanto a eficiência está voltada para a melhor maneira de executar o trabalho - os métodos de trabalho - com a finalidade da melhor utilização dos recursos (pessoas, máquinas, matérias-primas, materiais em geral, recursos financeiros, etc.). A conseqüência direta da eficiência é a produtividade. Produtividade é a relação entre o que é conseguido com os volumes de recursos utilizados; a menor utilização de recursos para conseguir maior volume de resultados indica nível superior de produtividade.

FAAP - Comunicação Social / Relações Públicas Prof. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap.br

bem como indicar quais os pré-requisitos mínimos (formação escolar. a busca pela melhor execução do trabalho e da forma mais econômica levou à conclusão de que o trabalho de cada pessoa deveria.mensalistas. a linha de montagem de Henry Ford são resultados da aplicação da Divisão do Trabalho e Especialização do Operário. os métodos de executar as tarefas e as relações com os demais cargos existentes na empresa. Efeitos da fadiga: • • • • Diminuição da capacidade de esforço Perda de tempo Doenças e acidentes Diminuição da produtividade e da qualidade do trabalho C. comportamentos desejados. Teoria Clássica e Burocracia 2/8 Retorno > > > http://www. A idéia básica era que maior será a eficiência quanto mais o operário for especializado. A adequação do esforço físico causaria uma menor fadiga no operário. Um conjunto de cargos forma uma unidade organizacional (uma equipe ou seção. Incentivos Salariais e Prêmios de Produção Taylor e seus seguidores desenvolveram planos de incentivos salariais e de prêmios de produção para estimular os operários a colaborar com a empresa e trabalhar dentro dos padrões de procedimentos e tempo previstos. diaristas ou horistas. Essa forma de trabalho cria a Especialização do Operário. Esses estudiosos acreditavam que a remuneração baseada no tempo . Se estes princípios foram decorrentes da análise do trabalho e o estudo de tempos e movimentos. Vários departamentos podem formar uma divisão ou uma diretoria. por exemplo). limitar-se à execução de uma tarefa simples ou de tarefas simples e elementares. Desenhos de Cargos e Tarefas Tarefa é toda e qualquer atividade executada por alguém no seu trabalho e representa a menor unidade dentro da divisão do trabalho.br . Cargo é o conjunto de tarefas executadas de maneira cíclica ou repetitiva. Esse estudo possibilitava eliminar os movimentos inúteis e orientava a execução dos movimentos úteis em uma série de movimentos anatômica e fisicamente apropriados.Comunicação Social / Relações Públicas Prof. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap. formação extracurricular. tanto quanto possível. E. posteriormente.) que devem ter os ocupantes do cargo. Cada cargo tem um ou mais ocupantes que executam tarefas específicas.joaoluiz. um conjunto de seções forma um setor ou um departamento. Divisão do Trabalho e Especialização do Operário A Divisão do Trabalho é a subdivisão em grupos de tarefas ou atividades que têm características de similaridade e que se completam. a linha de produção e.pro.(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. tempo de experiência. Estudo de Fadiga Humana A Análise do Trabalho e o Estudo de Tempos e Movimentos tinham também como finalidade conhecer os efeitos do trabalho em relação à fadiga humana no seu aspecto fisiológico.br/AdmRP1. etc. Naquela época. o que melhoraria o seu desempenho através da eliminação dos efeitos da fadiga. D.htm B. FAAP . Desenhar um cargo é determinar quais as suas tarefas.

br/AdmRP1. A padronização orientada pela Administração Científica abrange métodos e processos de FAAP . psicológicos e sociais do sistema baseado exclusivamente no rendimento e na eficiência.pro. Essa visão da natureza humana abrangia ainda a constatação de que o operário da época era um indivíduo limitado e mesquinho.salário por peça. Os resultados desse princípio levaram o operário americano a ser um dos mais bem pagos do mundo industrializado e alcançar um elevado padrão de vida. A aplicação dos princípios anteriores (itens A/B/C/D) procurava tornar a tarefa devidamente racionalizada. Essa média de produção (quantidade de peças num determinado período de tempo) representava 100% de eficiência e a remuneração era proporcional à quantidade de peças produzida.htm não estimulava ninguém a trabalhar mais. preguiçoso e culpado pela vadiagem e desperdício nas empresas e que deveria ser controlado continuamente. portanto deveria ser substituída por uma remuneração baseada no desempenho produtivo de cada operário . mostrou os inconvenientes morais. incentivos salariais e prêmios de produção fazem desse homem um operário motivado a trabalhar eficientemente. da Universidade de Chicago.joaoluiz. ferramentas e de equipamentos. A abordagem dos engenheiros da época concebia a organização de forma mecânica. o que permitia estabelecer uma média de produção com base no desempenho normal de um operário. As condições de trabalho que mais preocupavam os seguidores da Administração Científica: • Adequação de instrumentos. concorrendo para uma nova forma de exploração do empregado: fixação de padrões elevados de desempenho extremamente favoráveis à empresa e desfavoráveis aos trabalhadores. ruído. G. Padronização Padrão é uma unidade de medida adotada e aceita comumente como critério e representa um desempenho desejado em relação ao resultado que se deseja alcançar.Comunicação Social / Relações Públicas Prof. H. Condições de Trabalho As condições de trabalho representam um conjunto de características técnicas que garante o bem estar físico do trabalhador e diminui a fadiga. • Arranjo físico das máquinas e equipamentos. O homem não gosta de trabalhar.(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. conforme pensavam naquela época. Ficou evidente que o desempenho médio muitas vezes estava estabelecido de forma elevada. mas precisa fazê-lo pelo medo da fome e pela necessidade de dinheiro para viver. para estudar o problema de greves e tumultos na maioria das empresas americanas. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap. econômicas e materiais. dentro dos rigores técnicos. F.br . uma pesquisa organizada pelo senado americano e dirigida pelo prof. • Melhoria do ambiente físico de trabalho: ventilação. A Padronização é conseguida pela aplicação de métodos científicos na busca dos padrões a serem seguidos para a obtenção da uniformidade e redução de custos. Conceito de "Homo Economicus" O Conceito do Homem Econômico propõe que as pessoas são profundamente influenciadas por recompensas salariais. Hoxie. Acima de 100% de eficiência o operário recebia um prêmio de produção adicional que aumentava à medida que se elevava a eficiência do operário. Teoria Clássica e Burocracia 3/8 Retorno > > > http://www. conforto geral. • Instrumentos e equipamentos especiais para cargos específicos – transportadoras e contadores. iluminação. Em 1911. Portanto.

I. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap. a improvisação e a atuação empírico-prática.Execução • Princípio da Exceção Princípio de Planejamento O trabalho deve ser desenvolvido com base em métodos baseados em procedimentos científicos. comunicação.Preparo . em cada homem e no conjunto deles.Comunicação Social / Relações Públicas Prof.2 Princípios da Administração Científica • Planejamento . 1. segurança. FAAP .(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. em coerência com a idéia de que a redução das atividades que cada cargo deve executar permite atingir alta eficiência funcional. sistemas de informação.pro.sobre toda a empresa. máquinas. matériasprimas e componentes. Atualmente ao verificar os níveis de autoridade funcional representados pelas áreas especialistas . O objetivo da padronização é reduzir a variabilidade e as exceções que complicam os processos de trabalho.htm trabalho. Supervisão Funcional Supervisão Funcional é a existência de diversos supervisores. finanças. equipamentos. por exemplo . ferramentas e instrumentos de trabalho.Controle .br . constata-se que a Administração Científica contribuiu para orientar uma solução para a crescente complexidade das empresas.joaoluiz. cada qual especializado em determinada área e que tem autoridade funcional (relativa somente à sua especialidade) sobre equipes subordinadas em comum a outros supervisores.recursos humanos. substituindo o critério individual do operário.br/AdmRP1. Planejar o método de trabalho a ser desenvolvido é estabelecer antecipadamente os procedimentos a serem executados e os resultados que deverão ser atingidos. Teoria Clássica e Burocracia 4/8 Retorno > > > http://www. Supervisor de Produção Supervisor de Manutenção Supervisor de Qualidade Equipe A Equipe B Equipe C Equipe D Figura 1 Supervisão Funcional de Taylor A aplicação da divisão do trabalho e da especialização nos cargos de supervisão e chefia fica caracterizada pela adoção da Supervisão Funcional.

delegando-se aos subordinados as rotinas que envolvem as decisões mais freqüentes.(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. Preparar. as máquinas e equipamentos de produção. Esta orientação demonstra a necessidade da identificação e correção adequada dos desvios positivos ou negativos em relação aos padrões determinados. Princípio da Exceção O Princípio da Exceção representa um controle operacional que tem por base a verificação das exceções ou os desvios dos padrões normais. Dessa forma. é a comparação entre o previsto e o real.htm Princípio de Preparo Os trabalhadores devem ser selecionados cientificamente de acordo com suas aptidões e prepará-los e treiná-los de acordo com o método planejado.joaoluiz. os superiores devem agir criteriosamente e decidir de forma ágil sobre os problemas mais importantes. com a finalidade de assegurar que os trabalhos sejam desenvolvidos de forma bem mais disciplinada. bem como o arranjo físico e a disposição das ferramentas e materiais.Comunicação Social / Relações Públicas Prof. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap.br . Princípio da Execução Distribuir claramente as atribuições e as responsabilidades.br/AdmRP1. FAAP . Princípio do Controle Acompanhar o trabalho para verificar se o que está sendo executado atende as normas e os planos previstos. também.pro. Teoria Clássica e Burocracia 5/8 Retorno > > > http://www.

• • • • • Prever . "um lugar para cada pessoa e cada pessoa em seu lugar”.verificar o atendimento às ordens e regras estabelecidas.reunir.deve prevalecer o interesse da empresa sobre o interesse de seus participantes.Fayol Henri Fayol (1841 . unificar e harmonizar toda atividade e esforço. Comando . Comandar. Administrativas: Prever. organizar. balanços.aplicam-se a cada uma das funções anteriores. buscar o equilíbrio.criar uma estrutura humana e material para realizar o empreendimento.manter o pessoal em atividade em toda a empresa.igualdade. Organizar. Unidade de Direção . coordenar e controlar. satisfazer à empresa e ao funcionário. Subordinação do Interesse Particular ao Interesse Geral . a melhor utilização de todo o pessoal. Coordenação . atividade.direito de mandar e poder de se fazer obedecer FAAP . comandar.joaoluiz.obediência.Espírito de Equipe. Organizar .no limite favorável à empresa.um funcionário deve ter somente um chefe. Iniciativa . engenheiro francês. Controlar .mesmos objetivos. respeito. a série de chefes. Coordenar.2 Princípios Gerais da Administração Disciplina .br/AdmRP1. Centralização .visualizar o futuro e traçar um plano de ação.Comunicação Social / Relações Públicas Prof. União do Pessoal . Cadeia Escalar . "combinação de benevolência com a justiça”.htm 2 Teoria Clássica . João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap.br . Autoridade e Responsabilidade . Remuneração do Pessoal . registros. Equidade .material e social.pro.eqüitativa.tempo para conhecer a função e desempenhá-la bem. união. sistematizou e divulgou os princípios relativos ao processo administrativo e ao papel dos gerentes em termos das funções administrativas: prever. harmonia.possibilitar propor.hierarquia. Ordem . 2. 1 Funções Básicas da Empresa Técnicas: produção de bens ou serviços Comerciais: compra. Controle . Estabilidade do Pessoal . recompensar o esforço útil. Financeiras: procura e gerência de capitais Segurança: proteção bens e pessoas Contábeis: inventários. de forma a coordenar e sincronizar as demais funções. Teoria Clássica e Burocracia 6/8 Retorno > > > http://www.(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. Unidade de Comando .1925). assiduidade. planejar e executar atividades. Divisão do Trabalho – especialização. 2. venda e permutas.

Despersonalização do relacionamento. Racionalidade. (Max Weber) 3.3 Vantagens x Desvantagens Internalização das normas. Autoridade é a probabilidade de haver obediência dentro de um grupo determinado. Exibição de sinais de autoridade. a capacidade pessoal. Redução do atrito entre as pessoas. Dificuldades com clientes. Favorecimento da moralidade e dificulta a corrupção. técnica. Superconformidade. a autoridade proporciona o poder. Confiabilidade.joaoluiz. Uniformidade de rotinas e procedimentos. precisão.br/AdmRP1. Existem benefícios sob o prisma das pessoas.(3) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. a probabilidade de impor a própria vontade em uma relação social. Teoria Clássica e Burocracia 7/8 Retorno > > > http://www. nomeação. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap. FAAP . Autoridade. Excesso de formalismo e papelório.eleição.htm 3 Teoria da Burocracia 3.pro.4 Poder. Dominação: é uma relação de poder na qual o dominador acredita ter o direito de exercer o poder e o dominado acredita ser sua obrigação obedecer as ordens. poder nem sempre significa ter autoridade. agilidade. autoridade depende da legitimidade . A autoridade é legítima quando é aceita.2 Características da Burocracia Profissionalização dos participantes Completa previsibilidade do funcionamento Especialização da administração que é separada da propriedade Competência técnica e meritocracia Caráter Legal das normas e regulamentos Caráter formal das comunicações Caráter racional e divisão do trabalho Impessoalidade nas relações Hierarquia de autoridade Rotinas e procedimentos estandardizados 3. designação. mesmo contra alguma forma de resistência. >> > Previsibilidade do funcionamento > > Imprevisibilidade do funcionamento da organização 3.1 Conceito Burocracia é uma forma de organização humana que se baseia na racionalidade = garantir a máxima eficiência possível no alcance dos objetivos. Resistência a mudanças. para exercer influência sobre outras pessoas. ter autoridade é ter poder. Dominação Poder: significa o potencial.br . A autoridade que proporciona o poder leva à dominação.Comunicação Social / Relações Públicas Prof.

que demonstra ou os seguidores acreditam que ele tenha qualidades que o tornam admirado líder político. cria "especialistas" aos regulamentos em normas. líder sindical. João Luiz Grandisoli jlgrandisoli@faap. Teoria Clássica e Burocracia 8/8 Retorno > > > http://www. LEGAL. 4. RACIONAL OU BUROCRÁTICA seguidores acreditam no direito de dar ordens que a autoridade tem. despotismo real. autoridade está na própria pessoa do líder. capitães da indústria. Resistência a mudanças Rotinas.br/AdmRP1. tamanho da mesa. previsibilidade: funcionário acostumado. Despersonalização do Impessoalidade. padrões. tamanho da sala. conforme as normas aceitas e limitadoras – empresas. lugar reservado para estacionar o carro.joaoluiz. Exagerado apego às normas e Normas e regulamentos passam de meios a objetivos. 5. Disfunções da Burocracia 1.br . banheiro privativo.pro. líder revolucionário.5 CARISMA . refeitório separado e melhor. excesso de formalismo e de papéis. tédio. secretárias. estável. que são conhecidas pelo títulos relacionamento dos cargos e não pelos seus nomes. a mudança rompe esse estado e traz resistência que pode ser passiva e quieta como também agressiva. enfatiza os cargos e não pessoas. chefe do clã. FAAP . 3.devoção ao líder. seguro.(4) Administração I – Escola Clássica Administração Científica. quanto mais forte a autoridade (centralização da centralização menor a procura por autoridade) alternativas diferentes. 2. conforme usos e costumes autoridade familiar.htm 3. Rígida hierarquização da Decide pelo cargo que ocupa e não pelo domínio do assunto. Bases para a autoridade legítima TRADIÇÃO seguidores acreditam no direito de comando do líder.Comunicação Social / Relações Públicas Prof. Sinais de autoridade ou de poder Símbolos ou sinais de autoridade: uniforme.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful