Você está na página 1de 6

Alfabeto Pictográfico

Aproximadamente ao ano 4.000 a.C. na


Mesopotâmia, surge o primeiro alfabeto a que
temos conhecimento; através de desenhos
simplificados “pictogramas” expressavam suas
realidades.
Escrita Cuneiforme

Entre 3250 e 1950 a.C. através dos sumérios surge a escrita


cuneiforme; gravavam figuras sobre tábuas de argila utilizando-se de
estilete. Grandes movimentos políticos e religiosos. Templos
Politeístas. Os sumérios foram dominados pelos acadianos por volta
de 2300 a.C. Em 2050 recuperam sua autonomia. Contudo,
novamente perdem a soberania para o povo semita do norte
“amoritas”. Parte é conquistada por povos originários da Pérsia
“elamitas”.
Escrita Hieroglífica
Com as cidades-estados, ao longo do rio Nilo, habitadas por tribos nômades,
têm início a civilização egípcia. Isto, próximo aos anos 3.200 a.C. – Povo
politeísta. Acreditam no retorno da energia vital após a morte. Dessa forma,
desenvolvem o processo de mumificação de corpos. Contudo, privilegiam os
faraós “líderes vitalícios” e seus familiares. Gozavam do direito á mumificação
também, alguns líderes prestigiados pelo faraó. Com ideogramas figurativos
dão início a escrita hieroglífica. Os persas os dominam em 525 a.C, pondo fim
a independência egípcia. Em 30 a.C. passa a integrar o Império Romano, antes
porém, por volta de 322 a.C. integrara o império Macedônio
Origem do Alfabeto Latino
O alfabeto latino se origina de uma versão de um sistema de escrita
modificado pelos gregos, anteriormente criado pelos fenícios; - povo
semita de origem da costa norte do mar Vermelho –atual Líbano.
Utilizam a mesma forma egípcia de organização em cidades-estados,
porém, com a evolução de “independentes” entre si, sob administração
geral de um único Rei. Este, indicado pelas famílias poderosas. Algumas
destas cidades-estados foram: Ugarit, Biblos, Sídon e Tiro. Os fenícios
adotavam vários Deuses, politeístas; utilizavam-se de cultos com
sacrifícios humanos. Dão início às primeiras navegações, colonizando a
costa mediterrânea. A hegemonia fenícia é detida quando de sua
conquista pelos romanos. Tudo isto, entre 3000 e 146 a.C.
Literatura, Filosofia, Dramaturgia e Poesia

Foram desenvolvidos pólos gregos em filosofia, dramaturgia e poesia,


ao lado da sistematização da história, artes plásticas, arquitetura e
narrativas mitológicas como a Teogonia, principal fonte de origem sobre
deuses. Ainda, com o surgimento das cidades-estados (polis) – cidades
politicamente ativas no século VIII a.C. é organizada a primeira
Olimpíada na cidade de Olímpia. Das cidades políticas gregas,
destacaram-se: Atenas “democrática e comercial” e Esparta “oligárquica
e agrícola”. Utilizavam-se de mão de obra escrava em todos os setores
da economia, sustentada sobretudo pelo comércio marítimo. Os
principais cultivos eram: oliveiras, videiras e trigo. Nessa mesma época,
2000 a.C. - chegam a Canaã “Palestina” – Terra Prometida por Deus, os
judeus, liderados por Abraão, dando-se início a civilização hebraica,
criando a primeira religião monoteísta “judaísmo”. São os precursores da
Literatura, através da Bíblia e do Talmude.