Você está na página 1de 29

https://pt.slideshare.

net/naysataboada/aula-fala-e-escrita-cap-1
https://slideplayer.com.br/slide/1796659/
1. Que relações podemos estabelecer entre a linguagem oral
(oralidade) e a linguagem escrita?

2. Qual o impacto do “domínio” da escrita na vida de um indivíduo,


de acordo com o senso comum?

3. Podemos dizer que a escrita é mais importante que a oralidade?


4. É possível dizer que a escrita é descontextualizada?

5. É possível afirmar que a escrita é o espelho da oralidade, ou seja,


uma cópia idêntica?

6. No âmbito dos estudos acadêmicos, quais os possíveis impactos da


compreensão dos limites das potencialidades da oralidade e da
escrita?
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Antes de iniciarmos nossa discussão é importante saber


que:

Quando produzimos um texto, mesmo sem pensar muito nisso, nós o


organizamos de acordo com a finalidade que ele terá.

É fácil notar, por exemplo, que quem produziu o texto 01 tinha em mente
uma finalidade comunicativa diferente de quem produziu o texto 02.

Além disso, os textos foram produzidos e veiculados em situações e


contextos distintos: o texto 01 foi extraído de um jornal, ao passo que o
texto 02 foi veiculado originalmente, num livro de receitas.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Finalidade comunicativa: É aquilo que


você quer comunicar, é o objetivo que
você, o jornalista, por exemplo, tem de
informar quando escreve a página da
notícia.

As situações e o contexto de produção se


referem a quem produz o quê? Em que época?
Para quem ler? Em que veículo vai circular (jornal,
revista, livro etc)? Em que momento vai ser lido?
Todas essas questões influenciam naquilo que é
produzido.

Justamente essas distintas finalidades


comunicativas, situações e contextos de
produção fazem com que os dois textos
que vimos sejam diferentes.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Modos de organização dos gêneros do texto


Dizemos que o contexto, o mundo social em que vivemos, determina os nossos
modos de usar a linguagem verbal. contexto

Os textos têm características próprias, que são um produto de um


contexto que vai além da linguagem verbal.

Assim, quando alguém se predispõe a contar uma piada,


espera-se que seja engraçada e que se possa rir dela. Quando
compramos uma revista , queremos encontrar aquilo que
nela fomos procurar. Portanto, o que se quer comunicar
determina como vamos comunicar, isto é, o tipo de texto.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Reconhecemos muito bem as características dos gêneros de textos aprendidos na


nossa convivência social ou na escola. Sabemos também como cada um funciona
socialmente. E isso nos faz viver bem no nosso entorno social. Assim...

Não entramos num consultório CONSULTÓRIO


médico e esperamos que o médico
passe uma receita de bolo.
MÉDICO

LIVRO DE RECEITAS DE BOLOS Da mesma forma como não


procuramos num livro de receitas
de bolo, uma receita médica.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.
Texto 03
-Alô? Quem está falando?
-Aqui é Jr, deseja falar com quem? (D12 – D13) 1- Vocês
-É da casa da Maria? identificam esse gênero de
-Não! texto? Qual sua função na
-Desculpe então. sociedade?

Texto 04
Ca-cun-da sf. 1- Bras. Costas(1). 2- (D12 – D13) 2- Conhecem
Corcunda (1) esse gênero? Onde vocês o
(Miniaurélio Século XXI Escolar, 2001, p.117)
encontram? Para que é
Texto 05 usado?
Cidadezinha qualquer
Casas entre bananeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar.
Um homem vai devagar. (D12)3- Identificam o gênero
Um cachorro vai devagar. do texto ao lado?
Devagar... As janelas olham.
Eta vida besta, meu Deus.
(ANDRADE, Carlos Drummond de. Alguma Poesia. In:
Poesia completa, Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002,
p.23).
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Nas três perguntas realizadas anteriormente


vocês perceberam que a palavra gênero esteve
presente?

Pois bem, isso aconteceu porque sempre que usamos a


língua é por meio de algum gênero, quer seja falando ou
escrevendo.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.
RECEITA
TELEFONEMA NO
CULINÁRIA TÌ C
A IA
U TA
CAR
L BULA
A
Todas as realizações linguísticas se fazem com o uso
dos gêneros. Tivemos exemplos da conversa
A
V telefônica, do poema e do verbete de dicionário. Na
I
verdade, atualmente são quase incontáveis os
S
O gêneros que circulam na sociedade.

E-MAI
L
N DA V ITE REGRA DE
A EGE CO N
POEM L JOGO

BILHETE
TIRINHA SEMINÁRIO
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Cada gênero de texto possui especificidades que os

diferenciam dos demais, apesar das semelhanças entre

alguns. Prova disso é o fato de reconhecermos e

diferenciarmos quase que imediatamente um bilhete de

um e-mail.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Os gêneros de texto nascem das necessidades sociais com o

uso da língua para comunicação. Um exemplo disso são os

novos gêneros que surgiram após o aparecimento da internet

(e-mail, blog, facebook, chat etc).


Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

O estudioso e filósofo russo Mikhail Bakhtin, definiu os gêneros que


usamos no nosso cotidiano como,

“tipos relativamente estáveis de enunciados”,

elaborados pelas mais diversas esferas da atividade

da humana.

(BAKHTIN, 2000, p.279)


Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Facilitando o que disse o estudioso...

Os gêneros de textos são considerados estáveis, pois eles caem

em desuso e a cada dia vão surgindo novos para atender às

necessidades comunicativas das pessoas.


Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Saber hoje se portar bem


Na atualidade cada vez mais
numa entrevista, digitar /
exige-se o domínio dos gêneros.
produzir uma carta
Isso significa que a inclusão social
argumentativa, compreender
depende, em parte, desse
um manual de instruções,
domínio. Desse modo, é
uma bula, uma receita
importante saber como os
culinária, uma anedota,
gêneros de textos se organizam,
elaborar resumos, resenhas,
bem como quais são as
palestras e debates etc são
características específicas da
necessidades essenciais para
maioria dos gêneros com os quais
nos sentirmos integrados
temos maior contato.
socialmente.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Os gêneros textuais se organizam com base na composição, no


estilo e no tema; por sua vez, podem ser classificados em
primários e secundários, podendo ser orais e escritos, vejamos

Gêneros primários e secundários

Primários: são os gêneros mais simples, mais espontâneos principalmente


orais, como por exemplo: uma conversa entre familiares, um bate-papo com
amigos etc
Secundários: são gêneros mais complexos, aparecem principalmente na
modalidade escrita, por exemplo: artigo científico, documentos oficiais.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Gêneros orais e escritos

Orais: se realizam através da fala, por isso são


mais espontâneos. Devemos observar que há
gêneros escritos que se realizam oralmente. Ex:
ladainhas, novenas etc.

Escritos: se materializam em textos escritos. Da


mesma forma que acontece com os gêneros orais,
há aqueles que são escritos, porém se realizam na
oralidade. Ex: Os telejornais.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Características específicas dos gêneros


do textos

Os gêneros do textos se compõem de acordo com

características composicionais, estilísticas e

temáticas.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Considerando as características composicionais, estilísticas e temáticas,


podemos dizer que os gêneros se compõem de uma determinada forma, têm seu
próprio estilo, bem como seu tema.

Exemplificando tudo isso, poderíamos pegar o gênero de texto carta e dizer: toda
carta apresenta uma composição específica que a diferencia de um bilhete,
digamos: A carta possui local e data, vocativo, corpo do texto, despedidas e
assinatura (característica composicional); o estilo da carta pode ser uma carta de
amor, de reclamação, em linguagem culta, informal (característica estilística),
envolvendo as nossas escolhas linguísticas; o tema pode ser sobre saudade, uma
cobrança indevida, uma viagem realizada etc (característica temática), conforme
seus destinatários.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

O conteúdo temático: refere-se aos traços que marcam a função

social do gênero nas situações de uso. É o que define para que ele

serve, quem são seus destinatários preferenciais, seu tipo de

conteúdo básico.
(Abril Coleções, 2011, p. 13)
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

A construção composicional (ou estrutura) : é como o gênero se

estrutura, como é seu acabamento. Na estrutura indicam-se como

são as bases, os alicerces que sustentam o gênero em questão.

(Abril Coleções, 2011, p. 13)


Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

O estilo : são as marcas linguísticas próprias do gênero. Alguns usos

sintáticos, escolhas lexicais mais comuns no uso do gênero dado.

(Abril Coleções, 2011, p.13)


Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

No consultório, o paciente recebe a notícia de


que tem apenas mais três minutos de vida e
pergunta, desesperado:
- Doutor, o que o senhor pode fazer por
Para uma melhor
mim???
compreensão do que vimos até E o médico responde:
-Um Miojo.
então, tomemos como exemplo
(Texto acima disponível em http://risada.com/risada/piadas/272/exemplo-
a leitura e análise da piada ao de-piada-sem-graca/ em 23/07/2015).

lado:

Compõe-se de uma narrativa breve;


Tem como objetivo nos fazer rir;
Usou verbos no presente; linguagem de fácil compreensão;
Tratou de um paciente às vésperas da morte;
Circula em jornais, revistas, livros etc.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

SEQUENCIAS TEXTUAIS

NARRATIVA INJUNTIVA

DESCRITIVA EXPOSITIVA

ARGUMENTATIVA
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Gêneros de texto predominantes nas sequências textuais


Narrativa: tipo textual predominante em gêneros como crônica, romance, fábula, piada, novela,
conto de fadas etc.

Descritiva: tipo textual predominante em gêneros como retrato, anúncio classificado, lista de
ingredientes de uma receita, guias turísticos, listas de compras, legenda, cardápio, entre outros.

Argumentativa: tipo textual predominante em gêneros como manifesto, sermão, ensaio, editorial
de um jornal, crítica, monografia, redações dissertativas, tese de doutorado etc.

Expositiva: tipo textual predominante em gêneros como aulas expositivas, conferências, capítulo
de livro didático, verbetes de dicionários, enciclopédias, entre outros.

Injuntiva: tipo textual predominante em gêneros como horóscopo, propaganda, bula, receita
culinária,  manual de instruções de um aparelho, livros de autoajuda etc.
Língua Portuguesa, 8º Ano, Modos de organização, sequência e
apresentação que caracterizam os diferentes gêneros do texto.

Sequência narrativa é marcada pela temporalidade; como seu material é o fato e a ação, a progressão temporal é
essencial para seu desenrolar, ou seja, desenvolve-se necessariamente numa linha e num determinado espaço.

Sequência descritiva: nesse tipo de sequência, marcada pela  espacialidade, não há sucessão de acontecimentos no
tempo,mas sim a apresentação de uma imagem que busca reproduzir o estado do ser descrito, em um determinado
momento.

Sequência argumentativa: é aquela em que se faz a defesa de um ponto de vista, de uma ideia, ou em que se
questiona algum fato. Intenta-se persuadir o leitor ou ouvinte, fundamentando o que se diz com argumentos de
acordo com o assunto ou tema, a situação ou o contexto e o interlocutor; Caracteriza-se pela progressão lógica de
ideias e requer uma linguagem mais sóbria, objetiva, denotativa.

Sequência explicativa ou expositiva: intenta explicar dar informações a respeito de alguma coisa. O objetivo é fazer
com que o interlocutor/ adquira um saber, um conhecimento que até então não tinha. É fundamental destacar que,
nos textos explicativos, não se faz defesa de uma ideia, de um ponto de vista, - características básicas do texto
argumentativo. Os textos explicativos tratam da identificação de fenômenos, de conceitos, de definições.

Sequência injuntiva ou instrucional:a marca fundamental da sequência injuntiva ou instrucional é o verbo no


imperativo ( injuntivo é sinônimo de "obrigatório", "imperativo"), ou outras formas que indicam ordem, orientação.
Lembre-se de que o texto injuntivo é aquele no qual predomina a função conativa/apelativa, e tenta convencer o
receptor (quem ouve) a atender a vontade do emissor(quem fala).