P. 1
Manual de remédios caseiros da vovó 02

Manual de remédios caseiros da vovó 02

5.0

|Views: 80.505|Likes:
Publicado porEncarteReceitas

More info:

Published by: EncarteReceitas on Mar 14, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/31/2013

pdf

text

original

Receitas

 

ENXAQUECA

 

1. Enxaqueca Matinal: ferver a casca da laranja (+- 5cm) por 5 minutos e tomar o chá.

2. Enxaqueca à tarde: geralmente é causada por problemas digestivos - tomar chá de boldo.

3. Enxaqueca de ressaca e sonolência: pela manhã bater levemente uma fatia de melancia com semente, coar e tomar este suco.

4. Dor de Cabeça: colocar os pés por 1 minuto imersos em água super gelada.

 

STRESS

 

1 / 68

Receitas

1. Comer 1 maçã por dia, sempre no café da manhã ou no lanche da tarde, nunca após as refeições (também combate asma e rouquidão).

2. Fazer chá da casca da maçã e tomar antes de dormir.

3. Caminhar de 5 a 15 minutos diariamente descalço na terra ou na grama.

4. Nas dermatites seborréias/caspas causadas pelo stress, esfregar por 2 minutos o couro cabeludo com sementes de tomate e lavar em seguida com água fria (ou o mais fria possível).

 

GRIPES / PNEUMONIA

 

1. Assar bananas em forno convencional, pulverizar com canela em pó e comer à vontade pela manhã.

2. A casca da banana também é utilizada para remover verrugas, para cicatrizar queimaduras de até 3º grau e para rachaduras nos pés - raspar a parte interna da casca, colocar sobre o local e cobrir com band aid ou uma faixa.

 

INFECÇÃO DE GARGANTA

2 / 68

Receitas

 

1. Fazer gargarejo com suco de abacaxi com uma pitada de sal.

2. Comer sempre que possível, rodelas de abacaxi à noite (como sobremesa do jantar).

 

AFTA

 

1. Mastigar folhas do olho da mangueira por alguns segundos e descartar.

 

GASTRITE / ÚLCERA

 

1. Liquidificar 1 batata grande (ou 2 médias) e tomar 1 copo pequeno deste "leite" 30 minutos antes do café da manhã e 30 minutos antes do jantar.

3 / 68

Receitas

2. Gastrite: tratar por 2 semanas.

3. Úlcera: tratar por 1 mês.

 

AZIA

 

1. Mastigar pedaços de batata crua e engolir o suco.

 

FURÚNCULOS E HEMORRAGIAS

 

1. Colocar rodela de cebola crua sob o local do furúnculo e enfaixar ou colocar esparadrapo deixar de um dia para o outro. O furúnculo sairá completamente e vai ficar um buraco no local que fechará em alguns minutos após a remoção da bandagem.

2. Nos cortes, esfregar pedaço de cebola crua no local várias vezes.

4 / 68

Receitas

3. Nas hemorragias nasais, cheirar profundamente um pedaço de cebola crua.

 

COLESTEROL ELEVADO

 

1. Cortar uma berinjela grande em fatias finas (com casca) e colocar de molho em 1 litro de água - colocar na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte remova as rodelas de berinjela e acrescente o suco de 2 limões e beba este litro ao longo do dia.

2. Cuidado, esta receita usada por mais de 15 dias causa emagrecimento acelerado, não ultrapasse 60 dias de uso contínuo.

 

DIABETE

 

1. Fazer um chá de 80 gramas da raiz da urtiga em 1 litro de água por dia.

 

5 / 68

Receitas

ARTROSE

 

1. Fazer chá das folhas do sabugueiro.

 

SARAMPO

 

1. Fazer chá das flores do sabugueiro.

 

HIPERTENSÃO

 

1. Pegar 3 dentes de alho à noite, esmagar, colocar em uma xícara com água e com o suco de 1 limão, tomar pela manhã e completar os mesmos dentes esmagados com água e limão novamente, tomar à noite e repetir a receita com outros 3 dentes de alho para o dia seguinte, ou seja cada 3 dentes são usados para tomar o remédio 2 vezes.

6 / 68

Receitas

 

PRESSÃO BAIXA

 

1. Bater no liquidificador 1 pepino caipira, coar e tomar 1 cálice.

 

MÁ CIRCULAÇÃO

 

1. Imergir os pés em água quente por 4 minutos e em seguida colocar em água fria por 1 minuto e voltar para a água quente e fria sucessivamente.

 

MARCAS DE ESPINHAS / RUGAS NO ROSTO

 

1 .Fazer uma mistura de argila, suco de cenoura, mel e confrei e aplicar uma camada desta

7 / 68

Receitas

pasta de aproximadamente 1 cm no rosto por uns 40 minutos.

 

METABOLISMO BAIXO

 

1. Tomar cápsulas de pimenta caiena (farmácia de homeopatia); - ajuda no emagrecimento.

 

FIBROMIALGIA E RELAXANTE MUSCULAR

 

1. Mastigar a casca seca da laranja.

 

DOR NO OMBRO

 

8 / 68

Receitas

1. Ralar o caroço de um abacate, colocar no álcool por uns 10 dias e massagear o local.

 

DICAS GERAIS

 

1. Tome no mínimo 3 litros de água por dia.

2. Tome banhos o mais frio possível.

3. As receitas dadas devem sempre ser feitas com frutas, verduras, legumes etc., frescos, nunca de garrafa ou congelados.

4. Não prepare as receitas em microondas.

5. Não adicione açúcar em nenhuma das receitas e tente diminuir o consumo deste produto ao mínimo possível na dieta regular.

6. A casca da laranja é um excelente analgésico.

 

9 / 68

Receitas

QUEIMADURAS  / COLAGENO NATURAL

 

Na hora da queimadura, seja lá a extensão que for, a primeira providência é colocar a parte afetada debaixo de água fria corrente até que o calor diminuía e pare de queimar muitas camadas de pele. Depois, passar clara de ovo, levemente batida, só para que ela seja mais fácil de aplicar.

Recentemente, enfrentando situação em que houve queimadura de uma grande parte da mão por água fervente, colocou-se então a mão em baixo da torneira, bastante tempo, para tirar aquele calor inicial, porque a dor era violenta. Então abriu-se 2 ovos, separou-se as claras, bateu um pouco e colou-se na mão queimada.

Estava tão queimada a mão, que assim que se colocava a clara em cima secava e ficava uma película que depois ficou sabendo que era colágeno natural. Ficou-se pelo menos uma hora colocando camadas de claras na mão.

À tarde, não havia mais dor alguma, e no dia seguinte apenas a marca vermelha arroxeada onde havia queimado. Pensou que ficaria com uma cicatriz horrível, mas para sua surpresa, depois de 10 dias não há nenhuma marca do acontecido, nada .... Nem a cor da pele mudou, aquela parte queimada foi totalmente recuperada pelo colágeno existente na clara dos ovos, que na verdade é uma placenta cheia de vitaminas.  

FÍGADO E VESÍCULA, PARA AUMENTAR A BILE       Receita 1: Colocar 3 xícaras de água fervente, sem cloro, para infusão, e nelas colocar: 10 g de Alcachofra (Cynara scolimus; 20 g de Dente-de-leão (Taraxacum officinalis), 20g de Boldo-do-chile, 10 g de Alecrim (Rosmarinus officinalis), 30 g de Hortelã (Mentha spp),. Tomar 1 xícara, 3 vezes ao dia, antes das refeições. (Dr. Degmar Ferro).      

10 / 68

Receitas

Receita 2: HEPATOPROTETORA 1-Alcachofra (Cynara scolimus), 10 gr 2-Dente-de-leão: 20 gr 3-Boldo-do-chile: 20 gr 4-Alecrim (Rosmarinus officinalis): 10 gr 5-Hortelã (Mentha spp): 30 gr 6-3 xícaras de água fervente (mineral), para infusão tomar 1 xicara 3 vezes ao dia, antes das refeições.   

 

ÁCIDO ÚRICO (ABAIXA TAXAS ALTAS)       Receita 1: Dieta para casos especiais : consumir grandes quantidades de alcachofra com banana-prata, melancia e agrião, por 3 dias em alimentação exclusiva, comendo-os como alimentos normais durante todo o dia para aplacar a fome. Como esta dieta é fortemente diurética, acompanhá-la com grandes quantidades de líquidos, principalmente sucos naturais de frutas diversas.       Receita 2: Bater no caule do sabugueiro (arbusto) com um martelo para soltar sua casca. Tomar 200 gramas desta casca que se soltou e ferver em 1 litro de água por 5 minutos. Esfriar, coar e tomar 4 xícaras de chá por dia . Também ajuda no cálculo renal. 

 

AFECÇÕES DA GARGANTA       Receita 1: Receita=10 litros água. 30 favas de Sucupira branca, 20 folhas de Tanchagem, 30 folhas de Amora, 4 Kg de açúcar cristal, 1/2 Litro de mel, 1 tubo de Ungüento, 0,5 % de própolis. Tomar via oral. (Dirceu Abdalla)       Receita 2: Para uso em gargarejo: Modo de fazer: Pegar as favas de Sucupira quebrando-se as hastes laterais para ficar as sementes. Em seguida enrolar uma a uma em camada fina de algodão de farmácia. A seguir colocar em um almofariz de bronze e socar (ou com martelo) uma a uma até ficar bem pulverizado para o óleo embeber o algodão (este algodão farmacêutico e portanto estéril, devidamente embebido do óleo da sucupira, poderá ser usado diretamente na fervura, e depois retirado da formulação com filtragem adequada). As favas devem ser sadias sem furos de brocas. Pode-se seguir o mesmo processo da fórmula de Bronquite. Modo de Usar : crianças de 0,6 a 1 ano = 1 colher de café 3X/dia; de 1,5 a 9 anos = 1 colher de chá 3X/dia; > 10 anos = 1 colher de sopa 3X/dia. Em todos os casos evitar o uso de bebidas geladas. Tratamento = 30 dias. Aliar o tratamento com Jaragua EB. No caso de diabéticos, retirar o açúcar e o mel, colocando-se no lugar 2% de própulis e 2% de Benzoato de

11 / 68

Receitas

Na (como consevante); ou para seu uso em gargarejo, Wilmar indica, colocar-se as bolotas de algodão embebido com óleo extraido, na fervura, por aproximadamente 15 minutos, filtrar em filtro de papel e usar o filtrado para gargarejo, com 15-20 ml, depois das refeições, após escovação de dentes.   

 

ALCOOLISMO (AUXILIA NA SÍNDROME DA FALTA DO ÁLCOOL)       Receita 1: Uso interno : tomar 2 cápsulas de Passiflora, e 1 cápsula de Teiú, 3 vezes ao dia. O Teiú em doses elevadas pode provocar vômitos. Durante o tratamento, evitar excitantes tais como café, chá mate, refrigerantes dieta ( pois contem cafeína ) , chocolate, condimentos fortes, frituras gorduras em excesso, etc.       Receita 2: Usar muitas frutas, verduras, legumes ( principalmente couve , que pode ser fornecida na forma de suco, chá, ou outra forma bem aceita, principalmente quando feito com o talo ). Recomenda-se alimentar-se com algumas azeitonas pretas, pois as mesmas ativam as funções normais do fígado e atuam como coadjuvante no tratamento. Fazer uso abundante de melancia. O suco das folhas do repolho também é altamente benéfico, podendo-se tomar 1 colher de sopa de hora em hora durante o dia.       Receita 3: Tal tratamento deve ser acompanhado de um apoio geral e incondicional de todos os membros da família, os quais devem se envolver com o paciente e ajudá-lo com seu apoio moral, físico e também , espiritual. Tudo ficará muito mais eficiente, se o tratamento for acompanhado de uma revisão do passado do paciente, procurando-se as causas prováveis do seu hábito, que após identificadas devem ser corajosamente enfrentadas, equacionas, e resolvidas. Deve-se estimular o paciente a desenvolver sua religiosidade, para que possa encontrar nas coisas do espírito, a força para mudar de vida.     

 

AMARELÃO (ATUA NA VERMINOSE)       Receita 1: 1 pé de picão preto (planta toda); 1 pé de quebra pedra,; 4 folhas de limeira; 1 raiz de salsa, 1 folha de funcho; 1 litro de água. Ferver durante 5 minutos e coar. Tomar como água durante 10 dias.   

12 / 68

Receitas

 

AMEBÍASE (FUNCIONA COMO VERMÍFUGO PARA AMEBA)       Receita 1: 1 litro de vinho branco seco; 10 gramas de pó de raiz de ipecauanha; deixar 15 dias e coar; tomar 1 cálice entre as refeições.   

 

AMIGDALITE (DORES DE GARGANTA)       Receita 1: 8 folhas de canela; 30 gr de camomila; 2 galhos de hortelã; 1 galho de romã; 3 galhos de sálvia; 8 folhas de tansagem; 1 punhado de pétalas de rosa. Ferver em 1 litro de água durante 3 minutos. Tomar 3 vezes ao dia um copo, e fazer gargarejo

 

ANEMIA (AGE COMO FORTIFICANTE)       Receita 1: 1 parte de folhas frescas de espinafre; 1 parte de vinho branco de boa qualidade. Socar bem o espinafre e misturar ao vinho. Deixar em repouso por 15 dias e coar. Dose : 3 colheres de chá ou sopa ( dependendo do porte ) ao dia.   

 

ANEMIA (MULTIFARELADO, ATUA COMO COMPLEMENTO NUTRICIONAL)       Receita 1: Folha de mandioca desidratada por 3 dias para eliminação do KCN (cianureto de K, composto natural muito tóxico). Nas demais, desidratar normalmente até que estejam secas mas que mantenham sua cor verde para não haver perdas dos princípios ativos. Usar separadamente: folhas de mandioca; batata-doce; abóbora; beterraba. Secar muito bem as cascas de ovos. Moer todos os ingredientes isoladamente de maneira bem fina. Após moer e

13 / 68

Receitas

peneirar os componentes, misturar todos os ingredientes em partes iguais . Dosagem de uso em geral: uma colher de café do multifarelado, calculado por indivíduo independente do peso, a ser fornecido misturado à um alimento (ex.: arroz, feijão, sopa, etc.) como se fosse um tempero normal, como condimento.       Receita 2: Modo de fazer : após a secagem, triturar os produtos muito finamente em um liquidificador. Misturar todos os produtos em partes iguais usando o liquidificador para homogeneizar a mistura. Dose: misturar uma colher de café com o alimento no estado sólido ou líquido (grãos ou sopas), no almoço e no jantar; no mínimo por 30 dias seguidos. Dependendo do estado nutricional e das necessidades das pessoas (exemplo: idosos, doentes e crianças) pode ser fornecido por tempo mais prolongado, normalmente. 

 

ANEMIA; ABÓBORA AJUDA DIMINUIR       Receita 1: Abóbora no combate à anemia, Um estudo desenvolvido na Embrapa Hortaliças, em Brasília (DF), apresentou os brotos de abóbora como boa fonte alternativa de ferro, no tratamento da anemia ferropriva, enfermidade que afeta mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo. Os teores desse nutriente foram avaliados em plantas aos 40, 47 e 54 dias após o transplantio. O estudo, realizado por pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, verificou que o teor mínimo de ferro estimado em 100 gramas de matéria seca de brotos foi de 18,01 miligramas. Uma pessoa em condições normais de saúde necessita de uma dose diária de 15 miligramas de ferro. Segundo o pesquisador Antônio Francisco de Souza, a deficiência de ferro no organismo humano está relacionada com a anemia ferropriva, que afeta mais de um bilhão de pessoas no mundo, principalmente mulheres em idade fértil e crianças em idade pré-escolar. Para o pesquisador, o consumo de brotos de abóbora pode ser uma boa alternativa para a segurança alimentar no Brasil. “As abóboras são hortaliças de significativo valor nutricional e socioeconômico nas diferentes regiões brasileiras. Elas se destacam por sua riqueza em pró-vitamina A, que pode ser convertida em vitamina A pelo organismo humano, e ainda possui expressivo conteúdo de fósforo e cálcio”, afirma o pesquisador ao ressaltar que esta hortaliça pode ser cultivada em quase todas as regiões do País. Souza afirma ainda que a ponta mais tenra de ramas da planta de abóbora é conhecida popularmente por cambuquira, tradicionalmente consumida nas regiões Sudeste e Centro-Oeste. Segundo o pesquisador da Embrapa Hortaliças, esses brotos de abóbora cozidos podem ser elaborados sob a forma de salada ou sopa. Ele informa ainda que a coleta dos brotos não impede a produção dos frutos de abóbora, uma vez que o volume de brotos retirados representa um percentual pouco significativo em relação ao total de massa fresca durante o ciclo produtivo da cultura. No entanto, o pesquisador alerta para a importância de respeitar o período de carência de aplicação de defensivos agrícolas para preservar a qualidade dos brotos e evitar a possibilidade de intoxicação por agrotóxicos.

14 / 68

Receitas

 

AUMENTAR DEFESAS NATURAIS       Receita 1: COMPOTA DE FRUTAS (Defesas) Ingredientes: 01 ½ xícara de suco de maçã 01 xícara de água ½ xícara de açúcar cristal ½ xícara de açúcar mascavo ½ xícara de damascos secos, lavados e deixados e molho em água por 20 minutos ½ xícara de passas 01 pedaço de canela em pau 01 pitada de cravo em pó 01 pitada de gengibre em pó 01 pitada de noz moscada 01 maçã descascada e picada em pedaços grandes 01 pêra descascada e picadas em pedaços grandes 02 xícaras de abacaxi picado Modo de fazer: Numa panela grande coloque o suco de maçã, a água, os dois tipos de açúcar, o damasco, as passas, a canela e os condimentos. Aqueça, misturando bem para dissolver o açúcar e diminua o fogo em seguida. Deixe ferver por 5 a 7 minutos, até que os damascos estejam macios. Adicione os pedaços de maçã, pêra e abacaxi, deixando ferver por mais cinco minutos ou até que todas as frutas estejam macias. Retire do fogo, tampe e deixe esfriar. Para servir, acompanhe com chantili ou sorvete. Serve 04. (Guia Culinário com Alimentos Funcionais, receitas preventivas e terapêuticas)

 

BICHO-GEOGRÁFICO (COMBATE O)       Receita 1: Amassar 1 colher de sopa de erva-de-santa-maria até formar papa com 1 xícara de vinagre, colocar em 0,5 litro d água sem cloro. Usar na forma de cataplasma 3 vezes ao dia por sobre o "caminho "característico por sob a pele. 

 

BOCA; VISÃO; PELE       Receita 1: ABACAXI CARAMELIZADO COM CREME DE RICOTA (Boca; Visão; Pele) Ingredientes: 06 Fatias de abacaxi 02 1/2 Xícaras de ricota amassada 01 Gema 1/2 Xícara de leite condensado 02 Colheres de sopa de manteiga 03 Colheres de sopa de uva passa 1 1/2 Xícara de açúcar 1/2 Xícara de suco de laranja Modo de fazer: Misture a ricota com a gema e

15 / 68

Receitas

transfira para uma panela. Junte o leite condensado, a manteiga, leve ao fogo e cozinhe em fogo baixo por 10 minutos sem parar de mexer, até formar um creme. Acrescente as uvas passas e deixe esfriar. Em outra panela, coloque o açúcar e cozinhe em fogo baixo mexendo sempre. Assim que ficar cremoso, junto o suco de laranja e deixe cozinhar um pouco até formar uma calda um pouco encorpada. Envolva as fatias de abacaxi na calda e disponha-as em pratos individuais. Coloque o creme de ricota e regue com um pouco de calda. Sirva imediatamente. Serve 06. Fonte: Guia Culinário com Alimentos Funcionais - 101 receitas preventivas e terapêuticas - de Hércules Menezes & Eveline Bertola.       Receita 2: ABOBRINHAS RECHEADAS (Boca; Visão; Pele) Ingredientes: 12 Abobrinhas retas e uniformes sal a gosto 1/4 de xícara de água fervente 01 tablete de caldo de carne (opcional) 1/2 xícara de arroz lavado e escorrido 300 gramas de carne moída 01 pitada de pimenta 200 gramas de músculo cortado em cubinhos e refogado em 01 colher de azeite 10 folhas de hortelã frescas e picadas água para cozinhar as abobrinhas Modo de fazer: Lave as abobrinhas, seque e, com uma faca afiada, corte a ponta do lado do talo como se fosse uma tampa. Com um furador especial, retire todo o miolo das abobrinhas, tomando o cuidado para não furá-las e reserve. Coloque as abobrinhas numa tigela, cubra com água, tempere com sal a gosto e deixe de molho por cerca de 30 minutos. Enquanto isso prepare o recheio: numa tigela, coloque a água fervente, junte o tablete de caldo de carne e misture até dissolver. Acrescente o arroz e a carne moída, tempere com pimenta e sal a gosto, se achar necessário e misture bem. Retire as abobrinhas da água, escorra bem e, sem apertar, recheie com a mistura de arroz e carne moída preparada, deixando de folga mais ou menos 2 cm na ponta para o arroz se expandir durante o cozimento. Cubra o fundo de uma panela larga com miolo das abobrinhas reservadas e os cubinhos de músculo. Por cima, distribua as abobrinhas recheadas e polvilhe com a hortelã fresca picada. Com cuidado, despeje a água na panela até cobrir inteiramente as abobrinhas, leve ao fogo brando e cozinhe, com a panela parcialmente tampada, por cerca de 20 minutos ou até as abobrinhas ficarem macias, mas ainda crocantes. Retire do fogo, passe para uma travessa funda e sirva quente.

 

BRÔNQUIOS (XAROPE DE 12 ERVAS)       Receita 1: Assa-peixe, Guaco, eucalipto citriodora, pulmonária, sálvia, erva cidreira, alecrim, tanchagem, flor de mamão, folhas novas de ameixa, funcho e hortelã. Fazer uma infusão das ervas acima. Tampar e deixar descansar por 1/2 hora. Coar. Para cada litro do chá, colocar 0,5 kg de açúcar mascavo cristal. Ferver até dar ponto de xarope. Conservar em geladeira. Dose : 4 colheres ao dia. 

 

16 / 68

Receitas

BRONQUITE    Receita 1: 1 garrafa de cachaça. 1 lasca de angico. 3 pontas de ramo de macela. Misturar tudo, guardar em lugar escuro por 3 dias. Tomar 3 colheres de sopa ao dia.       Receita 2: 0,5 kg de frutas de gravatá; 1 litro de água; 1 garrafa de vinho branco; 0,5 kg de açúcar; 1 punhado de cravo e canela. Partir as frutas e colocar para cozinhar. Coar, acrescentar o vinho e o açúcar com o cravo e canela. Ferver até o ponto de xarope. Coar novamente. Dose : 3 colheres ao dia. 

 

Bronquite (xarope 1 e 2)       Receita 1: Uma receita de 10 litros de água. Medida padrão = 2 litros. 2 medidas de Guaco; 20 folhas de Assa peixe; 1 medida de Hortelã; 2 medidas de Agrião; 20 folhas Tanchagem; 1/2 litro de mel; 0,5 % de tintura de Própolis; 1 tubo de Ungüento; 4Kg de açúcar cristal. Usando-se Erva-macaé (Rubim ou Isopo): preparar o infuso com 1 colher de sopa de folhas e flores frescas picadas em 1 xícara de chá de água sem cloro fervente. Tomar 1 xícara de 8 em 8 horas.       Receita 2: Modo de fazer : lavar bem as folhas, picá-las finamente ( como couve), colocando as plantas separadas em vasilhas próprias. Ao iniciar o trabalho, a 1* preocupação é saber quantas receitas pretende fazer. Como exemplo=100litros água. Assim basta multiplicar a fórmula por 10. Em primeiro lugar, colocar a água à ferver e paralelamente preparar as plantas. Quando a fervura atingir seu ponto máximo, colocar todas as plantas de uma só vez. Aguardar 8 minutos com vasilhame tampado. Deixar resfriando fechado de um dia para outro sem abrir. No outro dia, destampar, coar as ervas, prensar a massa. Os panos de algodão devem ser lavados assim como os outros utensílios com sabão de coco. Assepsia com álcool. Depois de coado, colocar o açúcar e mel, o própolis, e a pomada. Misturar bastante. Coar outra vez e medir o resultado final. Sobre este volume calcular 1,5 % de Benzoato de Na e misturar bem. Para usar a pomada, misturá-la com água em pré-fervura em pequenas quantidade ( 1/2 copo p/ 8 tubos ). Tratamento = 6 meses. Não tomar bebidas geladas.       Receita 3: 600 gr de mel; 600 gr de açúcar; 1 garrafa de suco de limão; 1 garrafa de cachaça de boa qualidade, 1 garrafa de água; 30 gr de cada planta seca e triturada a seguir : sálvia, Manjerona, folhas do broto bem novo do pessegueiro; casquinhas de seis limões ( fazer uma trouxinha ). Juntar os ingredientes, menos o mel e a água. Deixar ferver um pouco e depois coar. Acrescentar meia garrafa de água a cada meia hora. Ferver mais um pouco. Ao final acrescentar o mel. Tomar 3 colheres ao dia.

17 / 68

Receitas

 

Bronquite (xarope 3 e 4)       Receita 1: 3 cabeças de alho ( médias ); 3 cabeças de cebola; 0,5 kg de mel; suco de 3 limões. Bater no liquidificador; guardar em vidro bem fechado; tomar 4 colheres ao dia para adultos e 2 colheres ao dia para crianças.       Receita 2: 1 maço de brotos de embaúba ( caxeta ou banana-de-macaco ); 0,5 kg de açúcar preto; canela, noz-moscada, erva doce; 3 colheres de manteiga; 0,5 litro de água; 100 gr de mel. Picar os brotos de embaúba, queimar no açúcar; mexer continuamente. Colocar água e os temperos e deixar ferver por 1/2 hora. Coar e colocar na geladeira. Tomar 3 vezes ao dia : crianças : 1 colher de chá e adultos : 1 colher de sopa.   

 

Usar a planta Erva-de-santa-maria, planta toda, inclusive raiz, colhida no início do florescimento, batida no liquidificador (usando um mínimo de álcool), com uma pitada de sal de cozinha, coar e aplicar no local dolorido na forma de massagem, durante 10 minutos, 3 vezes ao dia.

 

CAFÉ E CHÁ VERDE: PREVINIR DIABETE       Receita 1: Chá verde e café podem ajudar a prevenir diabetes - Consumir chá verde e café poderia ajudar a prevenir o diabetes do tipo 2 nas mulheres e nos homens que estão acima do peso, segundo um estudo feito por cientistas japoneses. Eles acompanharam, durante um período de cinco anos, 17.413 homens e mulheres com idades entre 40 e 65 anos e que não eram diabéticos no início. No final, 231 homens e 213 mulheres haviam desenvolvido a doença. Os resultados mostraram que as pessoas que mantinham o hábito de tomar pelo menos seis xícaras de chá verde por dia apresentaram 33% menos risco de desenvolver diabetes do tipo 2, em comparação com os que não tomavam o chá. Os adeptos do café, com pelo menos três xícaras por dia, reduziram em 42% o risco de diabetes com relação aos que

18 / 68

Receitas

não tomam café. O efeito foi sempre mais marcante para as mulheres e para os homens acima do peso. Os resultados desse estudo - feito por cientistas da Universidade de Osaka e publicado na revista americana "Anais de Medicina Interna" - repetiram conclusões de pesquisas anteriores feitas na Europa e nos Estados Unidos, mostrando que pessoas que tomam ao menos sete xícaras de café por dia reduzem de 29% a 52% os riscos de desenvolver diabetes do tipo 2 em comparação com os que bebem menos ou não bebem café. Os autores do estudo acreditam que o efeito protetor do chá verde e do café são devidos à cafeína, o que deverá ser ainda comprovado em novos estudos. (melhor: chá verde superextra)   

 

CAFÉ E PROBLEMAS CARDÍACOS       Receita 1: Estudo garante que café não causa problemas cardíacos,No entanto, o estudo adverte que o café está geralmente associado ao tabaco e ao álcool, o que eleva o risco de doenças cardiovasculares. A pesquisa, que examinou 128 mil homens e mulheres ao longo de 20 anos, não encontrou uma vinculação direta entre doenças cardíacas e a quantidade de cafeína consumida. "O estudo demonstra que não existe uma associação entre o café filtrado e as doenças coronárias", disse Esther López-García, da Faculdade de Medicina da Universidade Autônoma de Madri, que participou da pesquisa com cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Harvard. "A ausência de efeito é uma boa notícia, porque o café é uma das bebidas de maior consumo no mundo", acrescentou. No entanto, Rob van Dam, da Escola de Saúde Pública de Harvard, não descarta que haja problemas de saúde para algumas pessoas que bebam muito café. "Não podemos excluir uma relação entre o consumo de café e o risco de problemas cardíacos em pequenos grupos", admitiu. Um estudo divulgado em março pelo "Journal of the American Medical Association" revelou que há pessoas com uma versão "lenta" de uma enzima hepática que correm maior risco de transtornos cardíacos se beberem muito café, em comparação com as que têm um metabolismo "rápido". Os cientistas determinaram que mais da metade das mulheres e 30% dos homens que tomavam seis ou mais xícaras de café por dia também fumavam, bebiam álcool e usavam aspirina. Além disso, era menos provável que bebessem chá, fizessem exercícios ou utilizassem suplementos vitamínicos.

 

CAFÉ: BOM PARA SAÚDE EM GERAL      

19 / 68

Receitas

Receita 1: Aceita um cafezinho? Já é bastante difundida, inclusive entre os médicos, que a influência do café sobre a saúde é positiva. Mais do que simples opiniões, estudos científicos comprovam tratar-se de uma bebida funcional e nutracêutica, ou seja, que agrega propriedades nutricionais e farmacêuticas. Pesquisas científicas recentes indicam que o café melhora a memória, auxiliando no aprendizado, reduz o risco de cirrose hepática e de diabetes, previne cálculo da vesícula e doenças neuro-degenerativas como Parkinson ou Alzheimer. De acordo com o dr. Darcy Roberto Lima, Ph.D. em Medicina e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o café também protege contra alguns tipos de câncer, ajuda na prevenção de cáries, protege o sistema cardiovascular. "Atletas profissionais também se beneficiam do café quando bem orientados, pois aumenta a performance durante o exercício prolongado de forma significativa". Além destes benefícios, dr. Darcy, que é um dos mais importantes pesquisadores do café como alimento medicinal, aponta que as substâncias químicas da bebida ajudam na prevenção de doenças como a depressão, minimizando até as chances de as pessoas recorrerem ao tabagismo, alcoolismo, drogas. CAFÉ COM MODERAÇÃO O café é composto basicamente por cafeína, certo? Errado. Ele possui no máximo 2,5% de cafeína. "As demais substâncias que o compõem são talvez mais importantes que a cafeína para o organismo. Além de uma grande variedade de minerais como potássio, magnésio, cálcio, ferro ou zinco, são encontrados nos grãos aminoácidos, lipídeos, açúcares, vitamina B3 e os polifenóis antioxidantes conhecidos como ácidos clorogênicos, entre outros", explica o dr. Darcy. Mesmo sendo um produto totalmente natural, o café deve ser tomado com moderação. Em média, adultos toleram bem até quatro xícaras grandes. Mas esta dosagem pode variar, pois algumas pessoas são mais sensíveis. Se o consumo for exagerado, sintomas como ansiedade, tremores, insônia e até mesmo quadros de pânico poderão ser notados. À noite, por prejudicar o sono da maioria das pessoas, não é recomendado. Mas o café pode ser um fator de segurança para motoristas, pois a sonolência causa mais acidentes que o consumo de álcool e estes problemas podem ser controlados pelo café. O médico recomenda "Se dirigir, só beba café". Por interferir negativamente em algumas doenças como gastrite, doença do refluxo, úlcera, transtornos psiquiátricos ou hipertensão arterial, é sempre recomendado que portadores de qualquer problema de saúde consultem seu médico particular sobre o consumo de café. CAFÉ NO LANCHE DA ESCOLA? E por que não? A simples falta de informação faz com que alguns pais privem os filhos do café, mas ofereçam, em abundância, refrigerantes e sucos artificiais, prejudicando a dentição e levando cada vez mais crianças à obesidade. Muitas nem imaginam que o café estimula o sistema de vigília, atenção e concentração, ajudando inclusive no aprendizado escolar. O café pode e deve ser oferecido às crianças pela manhã e também na merenda escolar e no lanche da tarde. O consumo diário e moderado torna o cérebro mais atento e capaz para as atividades intelectuais, estimulando a memória, atenção e concentração. É recomendado que as crianças não tomem mais do que duas xícaras grandes de café por dia, e de preferência, que seja servido misturado ao leite. CAFÉ PARA MÉDICOS Prova da importância do assunto, um canal de programação exclusivamente científica, voltada para médicos, a TV IP Conexão Médica, possui em sua grade um programa chamado Café e Saúde. Em episódios mensais, são abordados aspectos história, composição química, atuação no coração e cérebro, o consumo durante a gestação e amamentação, além de sua influência em doenças como depressão, obesidade e distúrbios do sono, entre outros pontos.   

20 / 68

Receitas

 

CAFÉ: PROTETOR DO FÍGADO       Receita 1: Café protege o fígado contra cirrose e câncer, diz estudo; Uma xícara de café por dia contribui para proteger o fígado contra doenças graves como a cirrose e o câncer, especialmente quando a causa delas é o consumo excessivo de álcool, segundo um estudo do instituto italiano Mario Negri. Os resultados da pesquisa foram detalhados durante um congresso sobre doenças hepáticas realizado hoje em Roma. E o café provou ter propriedades benéficas se for consumido em doses adequadas. O especialista em gastroenterologia Adolfo Francesco Attili, da Universidade La Sapienza, ressaltou a importância dos resultados porque "podem levar à descoberta de moléculas protetoras contidas no café, provavelmente antioxidantes", mas lembrou que o excesso delas pode causar problemas como taquicardia e insônia. Já Alessandra Tavani, do Instituto Mario Negri, uma das autoras do estudo, explicou que quanto maior o consumo de café, menor a presença da enzima gama-glutamil transpeptidase (GGT), também chamada de transferase, que é um dos indicadores da cirrose. O café também reduz a presença de outra enzima que mede os danos hepáticos, a alanina transaminase (ALT), afirmou Tavani. Ela acrescentou que vários estudos demonstram que, entre os consumidores de álcool, aqueles que bebem quatro ou mais xícaras de café por dia têm um risco de cirrose cinco vezes menor que aqueles que não tomam café. O risco de morte por cirrose se reduz em 30% nos pacientes que consomem muito café. O mesmo acontece com o hepatocarcinoma, a forma mais freqüente de câncer de fígado. Diversos testes realizados nos últimos anos indicam que o consumo de café reduz o risco de desenvolver este tipo de tumor, segundo Tavani. A chave estaria na própria cafeína e nos numerosos antioxidantes presentes na bebida, como o magnésio e o ácido cloro gênico, embora os pesquisadores achem que poderia haver outras moléculas protetoras ainda a serem identificadas. Apesar de tudo, os analistas insistiram na necessidade de não abusar do cafezinho. Eles admitem que as substâncias benéficas poderiam ser usadas como base para novos remédios e tratamentos.

 

CAIAPORA: USO NUTRITIVO DA MORANGA       Receita 1: Caipora - O sabor da moranga Caipora Ingredientes: 1 moranga média 300g de galinha caipira cozida e desfiada 1 cebola média picada 2 colheres (sopa) de cheiro-verde (feito com coentro e cebolinha) 2 dentes de alho triturado 2 copos de requeijão cremoso ½ pimentão picado sal e pimenta a gosto pimenta de cheiro Modo de Preparo: Lave a moranga por fora com sabão. Abra uma tampa com uma faca e reserve-a. Retire as sementes, sem extrair a polpa. Coloque em uma panela com água, suficiente para cobrir a moranga, e caldo

21 / 68

Receitas

de galinha. Coloque a tampa na mesma panela e deixe cozinhando por cerca de 30 minutos, até o ponto em que a moranga pode ser perfurada com um garfo. Para o recheio, inicie dourando o alho e acrescente a pimenta do reino e o sal (a gosto). Adicione a cebola, a pimenta de cheiro e o pimentão. Em seguida, após refogar os ingredientes, adicione a galinha e deixe penetrar o tempero no cozimento. Retire a moranga da panela, preencha o interior com uma camada de requeijão. Cubra com a galinha desfiada e acrescente o resto do requeijão. Tampe a moranga e, com um guardanapo, besunte o lado de fora com óleo para dourar. Leve ao forno por 15 minutos, ou até derreter o requeijão. Sirva quente. Porção para 4 pessoas.  

 

CALMANTE       Receita 1: 20 gr de camomila; 50 ml de álcool de cereais; 10 gr de mel. Deixar em maceração (repouso em frascos escuro, agitando-se uma vez por dia) por 15 dias e depois filtrar. Tomar 3 colheres durante o dia, e uma, 40 minutos antes de deitar.       Receita 2: Água de melissa : 1 colher de cravo da Índia. 2 colheres de melissa fresca ou seca. 1 limão em casca ( ralado ) . 2 noz-moscada raladas. 3 pedaços de canela em pau. 1 colher de semente de endro. Colocar em meio litro de água. Fogo brando até ferver e desligar o fogo. Deixar esfriar e colocar meio litro de álcool de cereais. Num vidro escuro deixar ao sol durante 1 mês. Mexer diariamente. Coar. Tomar 1 colher diluída numa xícara de água, após as refeições e antes de deitar. 

 

CÂNCER (AUXILIAR TRATAMENTO GENÉRICO)       Receita 1: 1 pedaço de 10 centímetros de galho de samambaia. 1 pedaço de raiz de Taiuiá, 1 pedaço de casca de cancerosa, 1 pedaço de raiz de mussurum, 1 punhado de folhas de mussurum, 1 pedaço de gengibre. Colocar em um vidro escuro e acrescentar uma garrafa de aguardente, ou vinho branco, de boa qualidade. Deixar durante 10 dias para curtir e depois utilizar. Tomar 3 vezes ao dia entre as refeições.       Receita 2: Informação: Ciguesi(19)3278 4675 (Prof. Dr. Valter Accorsi-ESALQ-USP). Cortar a ponta de um galho diariamente da Aveloz (Euphorbia tirucali Mill), e deixar escorrer a dose proposta do leite (látex) em um copo de água (mineral ou sem cloro) gelada, suco de laranja, água de coco, etc., e mexer rapidamente com uma colher. Maneira de tomar (dose diária ou

22 / 68

Receitas

posologia):a)1a-semana: uma gota da planta em um copo; b)2a-semana: duas gotas por copo; c)3a-semana: três gotas; d)4a-semana: duas gotas; e)5a-semana:uma gota; e)6a-semana: não tomar nada (fazer uma pausa temporária no tratamento). Na sétima semana, reiniciar o tratamento da mesma maneira já feita, até a cura completa. Observações: 1-Preparar todos os dias e não reutilizar as sobras do fim do dia; 2-Conservar a mistura na geladeira durante o dia; 3-Dose para uso: tomar uma colher de sopa, três vezes ao dia; 4-A mistura pode ser usada também em gargarejo usando uma gota do Avelos por copo de água sem cloro, para quem tem câncer na boca ou garganta; 5-tomar o máximo cuidado com os olhos no manuseio da planta. Caso o preparado atinja os olhos, procurar um médico oftalmologista imediatamente. Adicional, caso sinta alguma sensação desagradável no estômago, pode-se tomar um protetor gástrico natural, tipo Espinheira-santa (Maytenus ilicifolia) ou Bardana (Artium minus Bernh), ou Alcachofra.       Receita 3: Estudos recentes do virologista francês Luc Montagnier (descobridor do vírus da AIDS-HIV), no Instituto Pasteur, endossa os efeitos benéficos dos suplementos antioxidantes para compensar os danos da produção de radicais livres no nosso organismo, causados pela geração de reações de oxidação. Plantas a serem consumidas como antioxidante comprovados: 1-Café, 1 xícara após as refeições, com máximo ideal de 6 xícaras/dia; 2-Alho, como condimento, o mais próximo possível da crua; e 1 "dente" cortado em 3 pedaços, em meio copo de água mineral (sem cloro), passando a noite em maceração, tomado na manhã seguinte em jejum; 3-Acerola, frutos amarelos ou amarelo-avermelhados, congelados, dose: 3/5 frutos/dia; 4-Castanha-do-pará, 1 a 2 frutos/dia, mastigados bem até transformarem-se em "papa" para serem engolidos; 5-Pariparoba (Pothomorphe umbellata), folhas ou entrecasca, infusão, decocto; 6-Fava-dánta (Dimorphandra gardneriana), raiz e entrecasca; 7-Tamarindo, frutos, suco; 8-Rabanete, in natura, saladas, suco.   

RECEITA ESPECIAL CANCER EM GERAL

Chás de folhas de graviola, ervas uxi amarelo, unha de gato e rama poty, e semente de gengiroba levemente torrada na alimentação com castanha de baru (Victor Souza). 

 

CÂNCER: AUXILIAR TRATAMENTO       Receita 1: Bolo Anjo Marmorizado com cobertura de pêssego (Câncer) Ingredientes: 01 caixa de mistura para bolo pronto 05 colheres de sopa de cacau em pó 02 xícara de iogurte natural 2/3 xícara de leite desnatado 06 xícara de pêssego picado, com suco xarope Modo de fazer:

23 / 68

Receitas

Pré aqueça o forno a 220ºC. Prepare o bolo de acordo com a embalagem. Meça 3-4 xícara e coloque em tigela separada. Adicione o cacau em pó no restante da massa, mexendo levemente. Coloque a massa com cacau em uma assadeira sem ser untada. Gentilmente, coloque massa de baunilha em cima. Corte com uma faca a massa para marmorizar-la. Asse por 35-40 minutos ou até o topo estar firme e não parecer seco. Deixe esfriar por 1 ½ hora. Cuidadosamente, retire o bolo da assadeira com uma faca. Mexa o iogurte com o leite até ficar macio. Escorra os pêssegos. Corte o bolo em 12 pedaços. Coloque 3-4 colheres de sopa de iogurte sobre cada pedaço de bolo e cubra com ½ xícara de pêssegos. Serve 12 pedaços.

 

CANJA DE GALINHA: PARA GRIPES E RESFRIADOS       Receita 1: Gripe? Resfriado? O remédio é canja de galinha (ou frango) Publicação: 11/01/2005 11:48 Como é inverno no Hemisfério Norte, as condições são propícias para o aparecimento de surtos de gripe e resfriados. Tanto, que autoridades de saúde de alguns países desenvolvem planos especiais para a Estação, grande parte temendo a ocorrência de uma epidemia que poderia ser causada, até, pelo vírus da Influenza Aviária. Independente, porém, das medidas oficiais, o que corre à solta nos meios de comunicação de EUA, Canadá e Europa, principalmente, são as receitas caseiras. Uma delas, por exemplo, levanta a possibilidade de o indivíduo livrar-se das gripes no decorrer do ano (difícil) pela adoção de diferentes recursos: tomando suco de laranja em grandes quantidades, dormindo “até não poder mais” ou, então, “pedindo à mamãe (melhor ainda se for à vovó) que prepare aquela antiga receita de canja de galinha”. Há quem afirme existir muita ciência por detrás desse “remédio ancestral”. É o caso da Dra. Elena Valor, do Centro Médico Regional de Kendall, na Flórida (EUA), que recomenda o prato a todos os seus pacientes porque, entre outras ações benéficas, “o vapor da canja ajuda a fluidificar as secreções e a liberar as vias respiratórias superiores”. “Quando uma pessoa está afetada pela gripe, qualquer prato quente a faz se sentir melhor”, diz a nutricionista Claudia Gonzáles. “Mas o bom da canja de galinha é que ela tem muitos nutrientes, ideais na recuperação do indivíduo”. Porém, o grande dado científico em torno dos benefícios da canja é o de que as galinhas (por extensão, também os frangos) possuem um aminoácido com grande efeito antiinflamatório. Ou seja: vovó sempre esteve certa ao afirmar que “um bom caldo de galinha e cama são o melhor remédio”. Quem confirmou o poder antiinflamatório da canja de galinha foi o pneumologista Stephen Renard, do Centro Médico da Universidade de Nebraska (EUA). Ele, inclusive, testou 13 diferentes receitas de canja, chegando à conclusão de que a mais eficiente era a receita de uma vovó lituana: sua canja reduziu sensivelmente a inflamação das vias aéreas e reforçou o sistema imunitário corporal na luta contra a gripe. Exagero? Não parece. Porque, alguns anos atrás, pesquisadores israelenses pleitearam à OMS – Organização Mundial de Saúde que caracterizasse a canja de galinha como “medicamento indispensável”. O pleito – seria revelado depois – não passou de uma brincadeira. Mas a Dra. Jenni Tsafrir (Universidade de Tel Aviv), pesquisadora que participou da “brincadeira”, afirmou que a canja realmente preenche todos os critérios estabelecidos pela OMS para definir o que

24 / 68

Receitas

seja um “medicamento essencial”. Dentro desse espírito, foi elaborado e apresentado um trabalho técnico-cientifico no qual se concluía que, “a despeito da ausência de evidências estatísticas significativas, a canja de galinha integra o arsenal de tradicionais remédios eficientes. Respondendo à questão inicial (é um medicamento ou não?), o que se pode dizer é que a canja de galinha... é fundamental”.

 

  CARDIOPATIAS (AFECÇÕES DO CORAÇÃO)       Receita 1: Seguir receita hipertensão arterial: 1-Chá tipo tisana: colocar 1 litro de água sem cloro à ferver. Após entrar em ebulição, colocar 2 colheres de sopa de alpiste (ventilado para tirar impurezas ), e duas folhas de chuchu médias. Abafar e deixar ferver por 5 minutos. Coar, esfriar e tomar 1/2 copo ( + - 100 ml ) 3 vezes ao dia. Usar chá de hortelã com limão 3 vezes ao dia. 2- Usar Embaúba: folhas em decocto (folhas secas caídas ao chão), fervendo-se por 10 minutos, 2 folhas secas e moídas (20g), em 1/2 litro de água sem cloro, depois de pronto deve ser mantido em geladeira e tomar 1 xícara de chá 3 vezes ao dia, para hipertensão. Fazer uso constante de azeite de oliva no tempero das saladas. Evitar rigorosamente toda e qualquer forma de estresse, treinando formas de relaxamento para contornar tais situações . Fazer meditações 2 vezes ao dia, quebrando as tensões do dia. Fazer uso de aveia finamente moída ( Oat bran ) com leite desnatado. 

 

CATAPLASMA DE ARGILA - USO GERAL       Receita 1: Encontrar uma argila bem homogenia e com mínimo de areia e matéria orgânica ( monturo de formigueiro ). Escolher local descontaminado de agrotóxicos ou impurezas ( esgoto, chiqueiro, etc. ) . Secar e peneirar. Misturar a argila com água vagarosamente, até adquirir a consistência de papa. Espalhar uma camada de argila de 1 ou 2 cm de espessura em uma faixa de pano natural ( algodão ou fralda de nenê ). A cama deve estar forrada com plástico e lençol. Colocar o cataplasma por sobre o local inflamado, ou na região do órgão doente. Agasalhar o paciente principalmente nos pés. Esta aplicação deve durar aproximadamente 2 horas. A água a ser usa deve ser livre de cloro e pode estar aquecida. 

25 / 68

Receitas

 

CATARRO INTESTINAL       Receita 1: 1 colher e meia de raiz de ruibarbo, bem picada; 1 litro de vinho branco seco; deixar 10 dias e coar. Tomar 3 vezes ao dia entre as refeições.   

 

CICATRIZANTE E ANTIINFLAMATÓRIO       Receita 1: Pomada de Calêndula : 1/2 kg de banha sem sal. 100 gramas de cera de abelha. 200 gramas de Calêndula ( verde) ou 100 gramas ( seca ). Fritar bem e cuidar para não torrar. Acrescentar 300 ml de óleo de oliva. Agitar constantemente. Colocar no pote ainda quente. Pode também ser usado em cortes e nas alergias. 

 

RECEITA DE PRATOS OTIMOS PARA QUEM TEM PROBLEMAS DE CIRCULAÇÃO    Receita 1: CARNE COM LEGUMES (CIRCULAÇÃO) Ingredientes: 800 g de contra filé picados em cubos 01 cebola grande 01 dente de alho 03 colheres de sopa de azeite de oliva 03 ramos de tomilho 01 colher sopa de farinha de trigo 1 ½ copo de vinho branco seco 1 ½ copo de caldo de carne 01 pimentão vermelho 01 pimentão amarelo 0 8 batatas médias sal, pimenta do reino Modo de fazer: Descasque a cebola e o alho e pique em pedaços não muito pequenos. Em uma panela, aqueça o azeite, junte a carne e deixe dourar em fogo alto por 4 a 5 minutos, mexendo com uma colher de pau. Quando a carne estiver dourada de modo uniforme, acrescente o tempero preparado, os raminhos de tomilho e refogue por alguns instantes. Polvilhe tudo com farinha, mexa bem para que não forme grumos e regue com vinho. Dilua com o caldo de carne o molho que se formou, acerte o sal e a pimenta do reino e leve ao fogo. Ferver e em seguida, tampe a panela, reduza o fogo ao mínimo e deixe cozinhar por cerca de 1 hora, mexendo de vez em quando. Enquanto isso, limpe os pimentões, retirando as sementes e as nevuras e corte-os em pedaços pequenos. Descasque as batatas e corte-as em pedacinhos. Após o tempo indicado, junte os legumes preparados à carne, misture bem e acerte o sal e a pimenta do reino. Tampe a panela e cozinhe por mais 30 minutos ou até que as batatas fiquem tenras. Deixe o molho apurar e sirva. Serve 06.    

26 / 68

Receitas

   Receita 2: BERINGELA RECHEADA (Circulação) Ingredientes: 01 beringela grande 02 xícaras de chá de água Sal a gosto Recheio 02 colher de sopa de cebola picada 02 colher de sopa de margarina vegetal light 1/2 xícara chá de migalhas de pão integral 03 filés de sardinha 1/2 pimentão verde picado 01 lata de milho verde escorrido Sal a gosto Queijo ralado para polvilhar Modo de fazer: Corte a beringela ao meio no sentido do comprimento. Leve-a ao fogo numa panela com água e sal. Deixe cozinhar por 20 minutos ou até que a polpa amoleça demais. Tire da panela cuidadosamente e reserve. Em uma panela, doure a cebola na margarina vegetal light, junte as migalhas de pão, o sal, o pimentão, a sardinha, e a polpa da beringela. Misture bem, deixe refogar por 2 minutos. Recheie as duas metades da beringela com essa mistura. Coloque-as em refratário, polvilhe queijo ralado e leve ao forno médio aquecido a 180º C por 20 minutos para gratinar. Serve 02.

 

CISTO DE OVÁRIO       Receita 1: Misturar em partes iguais material seco das seguintes plantas : Calêndula, tansagem, camomila, cavalinha, bardana ( raíz ). Colocar duas colheres de sopa da mistura para cada meio litro de água em fervura. Ferver 5 minutos, abafar, coar. Na ausência de algumas delas pode-se tomar chá de 2 a 3 delas. Tomar meio litro diariamente. No início do tratamento, comer durante dois dias somente melão. Comer um pedaço a cada 2 horas. Ao sair da dieta comer apenas comidas leves. 

 

COBREIRO (AUXILIA NO)       Receita 1: 6 folhas de Guaco; 6 folhas de guiné; 6 folhas de maracujá; 6 folhas de trapueraba; 3 colheres de banha; 3 colheres de azeite de oliva. Fritar tudo e coar. passar 3 vezes ao dia no local.   

 

27 / 68

Receitas

COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES ALTOS       Receita 1: Preparados domésticos : a) Bater metade de um mamão papaya com 200 ml de água de coco no liquidificador. Tomar em jejum durante duas semanas. b) Colocar 50 grãos de Urucum ( colorau ) em 1 litro de água. Ferver apenas 2 minutos. Esfriar, coar, tomar 1/2 copo (+ - 100 ml), 3 vezes ao dia, durante 30 dias. Avaliar a diminuição das taxas com exame laboratoriais para avaliar a necessidade de continuar o tratamento.       Receita 2: Tomar 1 cápsula de: ômega-3 e de óleo de alho nas refeições. Cortar margarinas, manteigas, carne vermelha, frituras, refrigerantes, doces, massas, topos os tipos de gorduras, chocolates, etc. Usar farelo de aveia finamente moído (oat bran) com leite desnatado 2 vezes ao dia. Nutracêutica (Ferro e Camilo), PREFERIR: leite desnatado, coalhada, queijo branco, ricota, iogurte, carnes magras (alcatra, lagarto, patinho, frango sem pele sempre assadas, ensopadas ou grelhadas), peixes (atum, sardinha fresca, pescada), frtas (exceto as citada para evitar), sempre com estômago vazio, soja e derivados, picolé de frutas, barra de cereais, gelatina, suco de frutas recomendadas, gelatina, aveia, pão integral, batata cozida, azeite de oliva extra-virgem, alho, cebola, beringela, verduras frescas, legumes frescos, legumes refogados, arroz integral, arroz parboilizado, feijões, lentilhas, ervilhas, grão de bico. Cozinhar se possível com óleo de canola, girassol ou milho e não reutiliza-lo. EVITAR: frutos do mar, miudos em geral, embutidos )bacon, salsicha, salame, presunto, mortandela linguiça, patês enlatados), torresmo, carne gordurosa, frituras em geral, ovos em geral, maionese, pão-de-queijo, massas com ovos, leite integral, queijos amarelos, queijos cremosos, manteiga, frutas oleaginosas (côco, caqui, fruta-do-conde, tamarindo), bolos em geral, tortas em geral, doces caseiros, doces confeitados, roscas de frutas, pão doce, bolacha recheada, pudins, creme de leite, leite condensado, frutas em calda, sorvete com leite, chocolate, refrigerantes mesmo diet. Fazer alguma atividade física (mesmo cminhar com marcha leve), 3 vezes por semana, por volta de 50 minutos, mas com prazer.       Receita 3: O paciente deve conceitisar-se de que a cura estará muito ligada a uma profunda reforma íntima, sendo um bom tratamento espiritual, ótimo aliado ao tratamento fitoterápico, fazendo-se para tanto uma verdadeira reforma pessoal, com um profundo mergulho no nosso "porão íntimo", com reformas de pensamentos e conceitos. Deve-se lutar por eliminar toda e qualquer forma de estresse e angústia.     

 

COLÍRIO HOMEOPÁTICO       Receita 1: Usar uma seringa de 5 ml para medir 3 ml de água destilada, 3 ml de soro fisiológico e 3 gotas de suco fresco de limão coado em uma gaze. Colocar num frasco conta-gotas assepticamente limpo, agitar e manter na geladeira. Pingar várias vezes ao dia, uma gota. Validade: 24 horas.   

28 / 68

Receitas

 

COLITE (INFLAMAÇÃO)       Receita 1: Em três litros de água sem cloro, ferver por meia hora: 25 g de cevada em grão; 20 g de aveia; 25 g de arroz; 20 g de trigo; 20 g de farelo . Todos os ingredientes devem ser esmagados um pouco antes de serem colocados na água. O líquido pós fervura deve ser filtrado em um guardanapo, e quando morno, tomar 4 xícaras de chá por dia       Receita 2: Ferver por meia hora, em meio litro de água sem cloro, 2 colheres de chá de cevada lavada, 1 colher de raiz de alcaçuz-européia, cortada em pedaços muito pequenos. Coar o decocto, e quando morna consumir, na dose de duas xícaras de café ao dia.

 

COMO REDUZIR RESÍDUOS DE AGROTÓXICOS       Receita 1: A principal razão para se apoiar a agricultura orgânica certificada é o fato de os agricultores utilizarem menos recursos naturais não renováveis. Com isso, eles protegem a atividade biológica natural e criam um mínimo impacto ambiental. Quanto aos valores nutritivo e toxicológico a professora afirma que os alimento orgânicos têm se mostrado superiores aos convencionais. A comprovação desses valores ainda é um campo pouco explorado. E, mesmo não sendo unâmimes na superioridade nutricional dos alimento orgânicos, as pesquisas revelam que é urgente a necessidade de previnir-se de produtos químicos potencialmente perigosos à sa© úde. Mas, apesar da produção crescente, os alimento orgânicos ainda não estão presentes em todo os mercados. Por isso, o engenheiro agrônomo Moacir Darolt, do Iapar, e que pertence à Associação de Consumidores de Produtos Orgânicos do Paraná elaborou uma cartilha: um guia para o consumidor inteligente que traz algumas dicas de como reduzir resíduos de agrotóxicos nos alimentos convencionais. * Dê preferência para compra de frutas e verduras da época. Fora da estação adequada é quase certo que uma fruta, verdura ou legume tenha recebido cargas maiores de agrotóxicos; * Como ainda existe pouca fruta produzida organicamente, procure sempre descascar as frutas, em especial os pêssegos e maçãs. Alguns resíduos de agrotóxicos repousam nas cascas; * Lave bem as frutas e verduras em água corrente durante pelo menos 1 minuto ou coloque-as numa solução de 1 litro de água com 4 colheres de vinagre, durante 20 minutos; * Retire folhas externas da verduras que, em geral, concentram mais agrotóxicos; Diversifique nas hortaliças e frutas. Além de proporcionar uma boa mistura de nutrientes, isso reduz a chance de exposição de um mesmo agrotóxico empregado pelo agricultor; * Dê preferência aos produtos nacionais e de sua região. Alimentos

29 / 68

Receitas

que percorrem longas distâncias, como os importados, normalmente são pulverizados pós-colheita e possuem um alto nível de contaminação por agrotóxicos.       Receita 2: Depositar os alimentos em bacia com água e duas colheres de cal (CaO-cal virgem ou hidratada) para cada 5 litros de água, e força-los a mergulhar na calda por durante 20 minutos, usando uma peneira com peso por sobre eles.

 

CORRIMENTO VAGINAL (COM POSSÍVEL INFECÇÃO)       Receita 1: Depois de avaliar corretamente com diagnóstico médico, como coadjuvante (auxiliar) de tratamento, colocar na vagina um absorvente interno tipo " OB", e em seguida com auxílio de uma seringa ou pêra, colocar 5 cm3 de um extrato de ipê-roxo , feito pelo decocto de 3 colheres de sopa de entrecasca moída em um copo de água sem cloro. Fazer isto preferencialmente á noite. 

 

CREME FACIAL E PARA AS MÃOS CASEIRO       Receita 1: Como creme amaciante para face e mãos : amasse em um pilão até ter consistência de creme : 1/4 de polpa do fruto maduro de abacate, mais 1 colher de sopa de mel .Aplique na face ou nas mãos fazendo movimentos circulares, até se obter uma boa camada . Deixe atuar na forma de máscara por 40 minutos. Enxaguar com água fria. Pode ser usado 1 vez por semana.       Receita 2: Em um pilão, colocar 2 colheres de sopa de abacaxi ( inteiro ) picado, 2 colheres de sopa de farinha de arroz e 1 colher de sopa de farinha de trigo. Amassar bem até atingir uma consistência homogênea de uma pasta. Lavar o rosto e aplicar a pasta, evitando a região dos olhos. Deixar ficar por 20minutos e retirar com água morna. Pode ser aplicado de manhã e a noite. Repetir a aplicação 2 vezes por semana. 

 

30 / 68

Receitas

DIABETE I (DEPENDENTE DE INSULINA)       Receita 1: Cozinhar 150 gramas de milho amarelo em 3 1/2 litros de água filtrada sem cloro, na panela de pressão, durante 3 a 4 horas, e em seguida, bater no liquidificador. Completar com água fervente até 2 litros, caso a quantidade final não chegue a isto. Beber um copo ou mais desse creme cada vez que sentir fome ou sede, não ingerindo outro tipo de alimento por vários dias. Recomenda-se que esse processo seja acompanhado de profissional competente, para avaliar a evolução através de exames clínicos e laboratoriais. 

 

DIABETE II NÃO DEPENDENTE       Receita 1: ALHOS VERDES (Diabetes) Ingredientes: 01 colher de azeite de oliva extra virgem 01 alho poró pequeno (somente a parte branca), fatiado (3/4 xícara) Cebolinha verde, com a parte branca e a verde (1/2 xícara) 02 dentes de alho grandes amassados (01 colher sopa) 03 xícaras de couve cortada 03 xícaras de brócolis cortados 02 xícaras de pimentão cortados em tirinhas 03 xícaras de espinafre fresco 01 xícara de calda de galinha sal e pimenta fresca Modo de fazer: Aqueça o azeite em uma frigideira não aderente a uma temperatura média - alta. Adicione o nabo, a cebolinha e o alho. Doure até o alho poró estar claro, cerca de 04 minutos. Adicione a couve, o brócolis e o pimentão, mexendo até estarem murchos. Misture o espinafre, adicione o caldo de galinha e cozinhe em fogo lento até as folhas estarem macias, por cerca de 15 minutos, mexendo ocasionalmente e temperando com sal e pimenta. Serve como um vegetal, sobre macarrão ou polenta. Serve 04.       Receita 2: Bacalhau ao forno (Diabetes) Ingredientes: ½ kilo de bacalhau 02 cebolas grandes 250 g de batatas cozidas 04 ovos cozidos 0 2 pimentões verdes picados 12 azeitonas pretas 04 tomates cortados em fatias Modo de fazer: Tire a pele de bacalhau, lave, deixe de molho durante a noite. Na hora de preparar, corte em pedaços e leve ao fogo até ferver. Teste o sal. Se necessário, troque novamente a água e cozinhe, em fogo brando até amaciar. Cozinhe as batatas na mesma água, para dar maior sabor. Arrume o refratário, em camadas: as batatas (em fatias), as cebolas, os pimentões, os tomates e os pedaços de bacalhau. Decore com ovos cozidos e azeitonas. Regue com bastante azeite. Leve ao forno 150º C por aproximadamente 20 minutos. Sirva com arroz branco. Serve 04.

 

DIARRÉIA   

31 / 68

Receitas

   Receita 1: Coloque 2 colheres de sopa de folhas trituradas, 2 colheres de sopa de folhas de goiabeira picadas e 2 colheres sopa de pitangueira picadas, em 2 copos de água em fervura. Ferver por 10 minutos, esfriar, coar. Tomar 1/2 copo após cada evacuação. Além deste chá, tomar também à vontade soro caseiro preparado com água, sal e açúcar, da seguinte forma: 1 litro de água não clorada fervida; 8 colheres de chá de açúcar escuro (mascavo ou rapadura) ou mel e 1/2 colher de chá de sal .   

 

DIETA POBRE EM COLESTEROL E GORDURA SATURADA       Receita 1: PREFERIR: leite desnatado; coalhada; queijo branco; ricota; iogurte; carnes magras (alcatra, lagarto, patinho, chester, frango sem pele, sempre assadas, ensopadas ou grelhadas); peixes (atum, sardinha fresca, pescada); frutas (todas exceto as oleaginosas citadas no item Evitar); (frutas sempre com o estômago vazio nos intervalos das refeições como uma alimentação intercalar, ajudando na saciedade e a emagrecer); soja e derivados em diversas formas mas sempre deixando-a em repouso desde a véspera em agua (que deverá ser usada no preparo da comida) para efeito de AUMENTAR digestibilidade; cosinhar se possível com óleo de canola, girassol ou milho e não reutiliza-lo; picolé de frutas; barra de cereais; gelatina; suco de frutas; aveia (se possível bem fina); pão integral; batata cozida; azeite de oliva extra-virgem; alho, cebola; berinjela; verduras frescas, legumes frescos (ambos [e as frutas de consumo com casca] se de origem não segura, deixar mergulhados em uma bacia com água por 30 minutos, na qual se colocou 1 colher de sopa para cada 5 litros de água, de cal de pintura (agitar bem até formar uma calda esbranquiçada), e forçadas a mergulhar por uma peneira, para decompor defensivos da família dos organofosforados[mais comuns]; arroz integral; arroz parboilizado; feijões (leguminosas); lentilhas; ervilhas; grão de bico.       Receita 2: EVITAR: frutos do mar; miudos em geral; embutidos (bacon, salsicha, salame, presunto, mortandela, linguiça, torresmo, patês enlatados); carne gordurosa; frituras em geral; ovos em geral; maionese; pão-de-queijo; massas com ovos; leite integral; queijos amarelos; queijos cremosos; manteiga; frutas oleaginosas (côco; caqui; fruta-do-conde; abacate; tamarindo); bolos em geral; tortas em geral; doces caseiros; doces confeitados; rosca de frutas; pão doce; bolacha recheada; pudins; creme de leite; leite condensado; frutas em calda; sorvete com leite; refrigerantes (mesmo diet); açúcar refinado, excesso de sal (limite 1 colher de café/dia) café (mais do que seis chícaras de café/dia); fazer alguma atividade física, mas com prazer e por prazo compatível com as possibilidades pessoais, devidamente orientado por profissional do ramo.          

32 / 68

Receitas

DISPEPSIA, AZIA       Receita 1: 1 litro de vinho branco de boa qualidade; 100 gr de cardo santo; deixar por 15 dias em repouso, coar e acrescentar 50 gr de mel de abelha. Tomar após as refeições.       Receita 2: Usar : 4 folhas de anis; 1 pedaço pequeno de gengibre; 4 folhas de tansagem; 4 galhos de amora do mato; colocar em 1 litro de água. Ferver por alguns minutos ( 3 a 5 ). Esfriar e coar. Tomar 3 vezes ao dia, meio copo.   

 

DOR DE OUVIDO       Receita 1: Uso externo : 80 ml de óleo de linhaça ou de oliva; 20 gr de própolis em pó . Ferver por duas horas em banho maria. Deixar em repouso 2 dias e filtrar. Pingar 1 gota no ouvido. 

 

DORES MUSCULARES GENÉRICAS     Receita 1: Misturar, 25 gr de malva; 15 gr de sálvia; 15 gr de alecrim; 15 gr de eucalipto citriodora; em 1 litro de vinho branco de boa qualidade. Deixar 1 mês em repouso, de preferência no escuro e em lugar fresco, agitar a cada 3 dias, coar e acrescentar 50 gr de mel. Dose: 4 colheres de chá ao dia.       Receita 2: Misturar, 2 caroços de abacate ralados; 2 vidros de bálsamo branco, 200 gr de sal amoníaco; 1 litro de álcool de cereais; 30 gr de cada planta seguinte, secas e trituradas finamente: espada-de-são-jorge; chapéu-de-couro; nó-de-pinho, mastruz; carqueja, guiné (raíz); louro; chorão (casca). Misturar tudo, tampar bem e enterrar durante uma semana.       Receita 3: Castanha de baru

 

33 / 68

Receitas

DORES MUSCULARES LEVES       Receita 1: Diluir uma colher de sopa de óleo essencial de Alecrim em uma xícara de azeite de oliva. O líquido deve ser esfregado delicadamente nas partes doloridas do corpo.       Receita 2: castanha de baru.

 

EMAGRECEDOR (AUXILIA EM REGIMES DE OBESIDADE)       Receita 1: Misturar, 2 colheres de folhas (todas devem ser frescas) de guanxuma-branca; 2 colheres de guanxuma-preta; 2 colheres de gervão; 2 colheres de dente-de-leão . Bater no liquidificador e espremer em um pano retirando o suco da ervas. Torrar a farinha de trigo e misturar com o suco das ervas. Fazer comprimidos . Colocar para secar. Tomar um comprimido em jejum e 10 minutos antes das refeições .       Receita 2: Regime de emagrecimento: manhã) algumas folhas de hortelã batidas com beringela, abacaxi ou laranja, a seguir uma fruta; b) 9 horas: chá de hortelã com adoçante, torrada ou pão françês-50g (sem miolo), c)almoço: 2 colheres de arroz, 1 de feijão, salada à vontade com tempero verde, 1 bife gelado de peito de frango, sem pele; d)15 horas: chá de hortelã ou suco limão adoçado com Stevia e 1 torrada; e)jantar: igual ao almoço; e) 21/22 horas: frutas

Emagrecimento (IMC, SJ Rio Preto, Inst. Molestias Cardiovasculares)       Receita 1: Café da manhã: 1 copo de leite ou 1 copo de iogurte ou 1 fatia de queijo fresco ou 1 polenguinho light ou 1 fatia de ricota (a escolher). 2 fatias de peito de perú ou presunto magro -1 colher de sobremesa requeijão light ou creme chease (Philadelphia) -2 bolachas água e sal ou 1 pão francês sem miolo ou 2 torradas ou 2 bolachas maizena ou 1 fatia de pão integral -chá ou café a vontade (com limites) com adoçante.       Receita 2: Lanche no intervalo da manhã: -1 copo de suco 9com adoçante) ou 1 fatia de fruta ou 1 iogurte light -1 barra de cereal light ou 2 bolachas água e sal ou 2 bolachas maizena ALMOÇO: -4colheres de sopa de arroz com 4 colheres de feijão, lentilhas, grão de bico ou ervilhas ou 1 porção macarrão ao sugo ou 1batata grande cosida ou asada, verduras de folhas à vontade (acelga, alface, agrião, almeirão, escarola, espinafre, repolho, rabanete, couve, couve-flor, brócolis, etc.) -legumes à vontade (tomate, cebola, pimentão, cenoura, chuchu, berinjela pepino, palmito, abobrinha, quiabo, vagem, milho, aipo, aspargo, nabo, brotos, etc.)

34 / 68

Receitas

--carnes (sempre assada cozida ou grelhada) 1 bife vaca magro (patinho, alcatra, lagarto, contra-filá, filé-mignon) ou 1 filé frango sem pele ou 1 fil´s peixe ou meia lata de atum em água. -SOBREMESA: gelatina diet ou 1 copo suco com adoçante. LANCHE: idem JANTAR: idem almoço ou sopa de legumes ou diet shake ou frutas ou salada de frutas CEIA: 1 copo de leite desnatado quente com adoçante. 

 

ENXAQUECA       Receita 1: Colocar uma colher de chá de guaraná em pó em uma xícara de água fervente. Amornar e beber após o café da manhã.       Receita 2: Água de melissa : 1 colher de cravo da Índia. 2 colheres de melissa fresca ou seca. 1 limão em casca ( ralado ) . 2 noz-moscada raladas. 3 pedaços de canela em pau. 1 colher de semente de endro. Colocar em meio litro de água. Fogo brando até ferver e desligar o fogo. Deixar esfriar e colocar meio litro de álcool de cereais. Num vidro escuro deixar ao sol durante 1 mês. Mexer diariamente. Coar. Tomar 1 colher diluída numa xícara de água, de manhã em jejum, antes das refeições e antes de deitar, ou quando se fizer necessário. 

 

ESCARAS DE DECÚBITO (FERIDAS POR POSIÇÃO PERMANENTE)       Receita 1: Em 1 xícara de chá colocar 2 colheres de sopa de sumidades floridas secas e moídas de alfazema e colocar óleo de cozinha. Levar ao fogo em banho-maria por 1 hora. Esperar amornar e coar. Aplicar nos locais afetados com chumaço de algodão , 2 a 3 vezes ao dia.       Receita 2: creme krenakore

 

ESPORÃO DO CALCÂNEO   

35 / 68

Receitas

   Receita 1: PREPARO: 2 litros de alcool a 40C; 10 GRAMAS DE MANACA; 10 GRAMAS DE SENE; 10 GRAMAS DE ALÓE (Babosa); 10 GRAMAS DE MIRRA; 10 GRAMAS DE CÂNFORA; 10 GRAMAS DE RUIBARBO; 10 GRAMAS DE ANGÉLICA; 5 GRAMAS DE PANACÉIA; E 2 GRAMAS DE AÇAFRÃO DO MATO. COLOQUE TODOS ESTES INGRIDIENTES NUM GARRAFÃO ESCURO E DEIXE NO SOL POR 14 DIAS, AGITANDO-O UMA VEZ POR DIA. PASSADO ESTE TEMPO, COE O PRODUTO NUM PANO E GUARDE NUM LITRO TAMBEM ESCURO, BEM TAPADO. MODO DE USAR: TODAS AS NOITES AO DEITAR MASSAGEIE O CALCANHAR COM O LIQUIDO, E ENROLE UMA FLANELA NO CALCANHAR ,VISTA UMA MEIA E DEPOIS COLOQUE O PÉ NUM SACO PLASTICO AMARRANDO-O LEVEMENTE NA PERNA. É PRECISO FICAR BEM ABAFADO. FAÇA O TRATAMENTO POR ALGUNS DIAS ATÉ A DORES DESAPARECEREM POR COMPLETO. NO DIA SEGUINTE PODE RETIRAR TUDO E LEVAR VIDA NORMAL. É COMUM O CALCANHAR FICAR UM POUCO AMARELO, MAS LOGO DESAPARECE.

 

FEBRES (AJUDA ABAIXAR AS)       Receita 1: 25 gr de malva; 15 gr de sálvia; 15 gr de alecrim; 15 gr de eucalipto citriodora; 1 litro de vinho branco de boa qualidade. Deixar 1 mês em repouso, coar e acrescentar 50 gr de mel. Dose : 4 colheres de chá ao dia. 

 

FERIDAS EM GERAL       Receita 1: 0,5 kg de banha sem sal; 100 gr de cera de abelha; 20a 30 gr de cada planta seca e triturada: tansagem, erva-macaé (santos-filhos), terramicina (Acônito-do-mato - Alternanthera brasiliana), trapoeraba, malva, sálvia. Misturar tudo e fritar bem, cuidando para não queimar. Coar e acrescentar 250 ml de óleo de oliva. Agitar continuamente. Colocar no pote ainda quente. Aplicar no local 4 vezes ao dia em camadas finas e delicadamente.       Receita 2: creme krenakore  e extrato de ervas indigenas krenakore

 

36 / 68

Receitas

FERMENTAÇÃO E PUTREFAÇÃO INTESTINAL       Receita 1: 0,5 litro de vinho branco ; 150 gr de cebola; deixar 15 dias em repouso e acrescentar 50 gramas de mel . Dose : 4 colheres de sopa ao dia. 

 

FÍGADO E VESÍCULA BILIAR - PATOLOGIAS -(NUTRACÊUTICA)       Receita 1: Segundo Dr. Degmar: evitar alimentos gordurosos e álcool principalmente; fazer jejuns matutinos e suspender alimentos animais até melhora do quadro é uma recomendação útil dada pelos médicos naturalistas; nada de fumo, café ou chocolate; dieta rica em fibras vegetais é fundmental; consumo de muita água. HOMEOPATIA: Sepia, Nux vomica, Lycopodium, Berberis, Solidago, Chelidonium, Phosphorus, Sulphur, etc. Dieta hipocalórica, fracionada, rica em carbohidratos complexos [principalmente fruta integrais e legumes} Evitar refinados e conservantes.       Receita 2: ORTOMOLECULAR: L-carnitina: pois facilita a metabolização de ácidos graxos no fígado - dose de 500 mg 2 vezes ao dia. Metionina - fonte de exofre, e importante nos quadros de colestase e na inativação dos estrógenos em excesso; efeito protetor da glutationa - dose de 100-200 mg 3 vezes ao dia. Colina, cujas fontes principais são lecitina da soja, gema de ovo, grãos - dose de 1 g/dia. Vitaminas C e E. Minerais [zinco, selênio, enxôfre]. Extratos hepáticos líquidos -dose de 500 mg 3 vezes ao dia. Silimarina - dose de 100 mg 3 vezes ao dia. Cinarina - dose de 500 mg/dia. Curcumina - dose de 300 mg/dia.       Receita 3: Orientação geral: exercícios respiratórios para equilibrar plexo nervoso solar. Corrigir horas de sono. Exercícios intensivos. Suspender hormônios esteroidais e outras drogas de uso crônico que possam ser hepatotóxicas. sempre com indicaçã e acompanhamento médico.Repouso relativo, sem esforços pesados. Evitar situações de ira ou mágoa, pois abe-se que o humor interfere profundamente na recuperação hepática.     

 

FISSURAS GERAIS NO CORPO (RANHURAS E PARTIMENTOS)      

37 / 68

Receitas

Receita 1: Receitas específica para fissuras no calcâneo, dado por Dr. Degmar Ferro: ALactato de amôneo:12%; Óleo de semente de uva: 5%; Cetoconazol: 2%; Uréia: 15%; Ácido salicílico: 4%; Crème hidratante: qsp (quantidade par completar) 50 g. Passar no local toda noite ao deitar e pela manhã. B- glicerina líquida: 30 mL; água oxigenada 20 volumes: 30 mL; Ácido salicílico : 5%. Passar no local afetado toda noite ao deitar.       Receita 2: extrato de ervas indigenas krenakore e creme krenakore

 

FLORAIS DE BACH PHARMOPATIA       Receita 1: OAK- para os fortes e corajosos sem força momentânea para lutar. Com cansaço de trabalhar. OLIVE: para os esgotados (estafados), física ou mentalmente. Para os períodos de sobrecarga contínua. Na execução de projetos por longo tempo. Mães com filhos pequenos. PINE: para os que tem complexo de culpa, mesmo pelos erros dos outros; para os que vivem se desculpando pelos seus atos. RED CHESTNUT: para os aflitos com o bem-estar dos outros. Tem medo de acidentes quando os familiares estão distantes. Tem preocupação excessiva (angustiante) com a saúde dos mesmos. ROCK ROSE: para os que sentem PÂNICO, que nada mais é do que "Medo Extremo Súbito". Tem pesadelos que despertam.       Receita 2: ROCK WATER: para os perfeccionistas que reprimem suas necessidades corporais e emoções fundamentais. Sofrem de rigidez física. SCLERANTUS: aos que não conseguem se decidir diante de fatos comuns, tendo então, temperamento inconstante. Costumam ter tonturas ou enxaquecas. Em PMD. STAR OF BETHLEHEM: para evitar as sequelas dos choques emocionais (traumas). SWEET CHESTNUT: para os que tem angústia extrema e sensação de estarem totalmente isolados. Superam fortes penas pessoais. Vivem em grave estado de ansiedade. VERVIN: para os entusiastas, fanáticos, perfeccionistas, que se atolam com facilidade nos serviços diários. Apresentam ansiedade que leva à insônia. VINE: para os inflexíveis, autocratas, arrogantes, tirânicos. WALNUT: para as fases de mudanças na vida, tais como: menopausa, puberdade, divórcio, mudança de residência, cidade ou emprego.       Receita 3: WATER VIOLET: para os de personalidade muito marcante. Provam sua superioridade e querem sempre estar só. WHITE CHESTNUT: para os que estão com pensamentos persistentes e indesejados (com idéia fixa). Preocupam-se por antecipação. Apresentam ansiedade que gera insônia. WILD OAT: para os que não tem objetivos determinados. Ótimo para os jovens arredios ou apáticos. WILD ROSE: para os resignados, apáticos, caídos em desânimo; para os que "não conseguem dar a volta por cima" após um problema. WILLOW: para os ressentidos, rancorosos, amargurados, com intensa raiva no coração. RESCUE: para confortar, acalmar EM EMERGÊNCIAS FÍSICAS E MENTAIS. Reduz a angústia e a espectativa negativa diante de uma provação esperada. 

38 / 68

Receitas

receita 4: AGRIMONY: para os que disfarçam suas preocupações atrás de uma aprência alegre. Negam para si mesmo suas ansiedades. ASPEN: medo e apreensão sem motivo conhecido ou medo do desconhecido. Tem tremores, calafrios, etc. BEECH: intolerãncia e crítica com os "maneirismos" dos outros. Irrita-se facilmente. CENTAURY: para pessoas com pouca determinação, facilmente exploradas. Não sabem dizer um não com medo de magoar os outros. São muito disponíveis. CERATO: para os que duvidam do seu próprio julgamento e sempre procuram conselhos (inseguras e exitantes) CHERRY PLUM: perda de controle e/ou da razão. Pensamentos irracionais. Segue seus impulsos. CHESTNUT:não aprendem pelas experiências da vida, repetem comumente seus erros. Não crescem psicologicamente. CHICORY: pessoas possessivas super protetor, especialmente com entes amados (comumente filhos). Muito apegado. CLEMATIS: pessoas desatentas, sonhadores, distraidos, vivem "no mundo da lua". Esqueçem facilmente das coisas a serem feitas. Tem naturalmente tendências artísticas. CRAB APPLE: para os que reagem à menor desordem em sua vida (faz "tempestade em copo de água"). Funciona como um depurativo físico e mental (cabeça cheia). Indicado para fases de excesso de preocupações ou estados de baixa estima. ELM: para os que se sentem sobrecarregados com responsabilidades (mesmo momentânea). Ajuda a delegar responsabilidade. Uso temporário. GENTIAN: para os desanimados, deprimidos por algum acontecimento. Retivo. Para superar barreiras. Negativista (passado em touro). GORSE: para pessoas pessimistas, derrotistas, desesperançosas. Angústia e/ou depressão extrema. Não vê saída para sua vida... HEATHER: para pessoas falantes de seus próprios problemas pessoais. Tem carência afetiva HOLLY: é o remédio da amortização. Para raiva, ciúmes, desconfiança, inveja, estinto vingativo, etc. Ajuda a encontrar o caminho emocional equlibrado. HONEYSCKLE: para pessoas que vivem e se apegam ao passado. Não vivem o presente. HORNEYBEAN: para os que se sentem cansados, mas que realizam contudo suas tarefas diárias. Melhora a preguiça matinal. Devolve a iniciativa necessária para uma vida normal. IMPATIENS: para os de temperamento irritadiço e impacientes. Os que comem muito rápido. Não aceitam facilmente o rítmo de vida dos outros. LARCH: para as pessoas com falta de autoconfiança, que se sentem inseguras ou inferiorizadas e temem o fracasso de suas atitudes. Bom para período de provas ou exames. (associar com CLEMATIS, MIMULUS, RESCUE). MIMULUS: medo de coisas conhecidas, timidez. Ruborizam com facilidade. MUSTARD: para pessoas com depressões periódicas, sem causa conhecida. Fases de mau humor. Tristeza sem causa aparente.   

 

FONTE DE FERRO (AJUDA NAS ANEMIAS)       Receita 1: 2 litros de vinho (preferencialmente branco); 1 litro de água; 15 gr de canela (3 pedaços); 15 cravos; 3 copos de açúcar cristal; 3 copos de mel; 10 cm de cipó-mil- homens; 30 gramas secas e trituradas das seguintes plantas: hortelã, capim cidreira, cardo santo,

39 / 68

Receitas

moranguinho (folhas), urtigão, artemísia, maracujá, melissa; duas maçãs raladas. Ferver numa panela de ferro por 5 minutos todas as plantas e deixar descansar por 10 minutos. Coar, colocar o vinho e o açúcar. Ferver até dar ponto de xarope. Quando estiver frio, colocar o mel e misturar bem. Tomar 1 colher 3 vezes ao dia, 15 minutos antes das refeições. 

 

FORTIFICANTE ESTOMACAL (AUXILIA NAS DIGESTÕES DIFÍCEIS)       Receita 1: Usar 1 folha fresca de couve de tamanho médio, suco de um limão pequeno, 1 colher de sopa de melado de cana, 1 copo de água mineral. Bater todos os ingredientes em um liquidificador obtendo um suco bem homogêneo. Tomar o suco , coado ou não, pela manhã, em jejum, e alimentar-se apenas uma hora depois.       Receita 2: 1 litro de branco de boa qualidade; 100 gr de cardo santo; deixar por 15 dias em repouso, coar e acrescentar 50 gr de mel de abelha. Tomar após as refeições. 

 

FORTIFICANTE GERAL (NAS FRAQUEZAS GERAIS)       Receita 1: 0,5 kg de frutas de gravatá; 1 litro de água; 1 garrafa de vinho branco; 0,5 kg de açúcar; 1 punhado de cravo e canela. Partir as frutas e colocar para cozinhar. Coar, acrescentar o vinho e o açúcar com o cravo e canela. Ferver até o ponto de xarope. Coar novamente. Dose : 3 colheres ao dia.       Receita 2: 800 gr de açúcar; 1 noz-moscada ralada; 5 folhas de eucalipto citriodora; 1 litro de água; 1 garrafa de cerveja preta. Ferver durante 5 minutos a água com a noz-moscada e o eucalipto. Acrescentar o açúcar e ferver até o ponto de xarope. Misturar uma garrafa de cerveja preta. Ferver um pouco mais. Esfriar e conservar em geladeira. Dose : 3 a 4 colheres ao dia. 

 

Fortificante natural: AÇAÍ   

40 / 68

Receitas

   Receita 1: O açaí precisa ser processado rapidamente, em virtude da sua fermentação - ele não resiste a mais de 24 horas, mesmo quando refrigerado. Veja como utilizar a polpa congelada: 1. Ela deve ser mantida em freezer à temperatura de -18ºC. 2. Cerca de uma hora antes do preparo, retire a quantidade desejada do freezer, transfira para uma vasilha e deixe "perder o gelo" à temperatura ambiente. 3. Assim que a polpa começar a "sangrar", envolva-a com um pano limpo e, com um martelo (de carne), dê leves e sucessivas batidas para quebrar a pedra. Cuidado para não rasgar a embalagem plástica nessa etapa. 4. Após a polpa ter se esfarelado, coloque-a no liqüidificador e bata, adicionando xarope de guaraná até a proporção de 20%. 5. Banana é a mais comum das frutas para se misturar ao açaí, seguida por morango, mamão e maracujá. Cada um pode usar a imaginação e gosto para fazer suas receitas personalizadas.

 

GASES INTESTINAIS DA CRIANÇA       Receita 1: 3 colheres de sopa rasa de flor de camomila; 150 ml de óleo de oliva; Mexer 2 horas em fogo brando. Friccionar no local .   

 

GASTRITES E ÚLCERAS       Receita 1: Eliminar da dieta : café, chocolate, refrigerantes (mesmo diet pois contém cafeina), carnes vermelhas, bebidas alcoólicas, frutas e hortaliças ácidas. Fazer uso constante e em boas quantidades de: couve, mamão, melão, maçã, banana-prata. Comer todos os alimentos bem cozidos, não ficando mais do que 2 horas seguidas sem se alimentar (para não aumentar concentração de suco gástrico no estômago, pois o aumento do ácido clorídrico muda o pH e a bactéria Hellicobacter pillori pode agir) .       Receita 2: 1 litro de vinho branco de boa qualidade; 100 gr de cardo-santo; deixar por 15 dias em repouso, coar e acrescentar 50 gr de mel de abelha. Tomar após as refeições.   

 

41 / 68

Receitas

GRIPE E RESFRIADO       Receita 1: Usar uma mistura de 70% de Alho e 30% de Própulis (ver receita para sua produção). O alho deve ser socado no pilão de madeira apenas na hora em que a água já esteja em ebulição, pois os componentes do alho são muito voláteis e se perdem com muita facilidade       Receita 2: 25 gr de malva; 15 gr de sálvia; 15 gr de alecrim; 15 gr de eucalipto citriodora; 1 litro de vinho branco de boa qualidade. Deixar 1 mês em repouso, coar e acrescentar 50 gr de mel. Dose : 4 colheres de chá ao dia. ----- Cravo-da-Índia: colocar 1 botão floral, 1 colher de sobremesa de casca de laranja fatiada, e 1 pedaço pequeno de canela em 1 xícara de chá de vinho tinto em fervura. Desligue o fogo e deixar em repouso por 20minutos. Coar adoçar com mel e tomar de preferência à noite, ficando em repouso.       Receita 3: Bater no liquidificador, 1 limão inteiro, 1 copo de água, 3 rodelas de gengibre, 1 colher de sopa de mel. Coar, e beber com o estômago não vazio. Repetir duas a três vezes ao dia.     

 

HEMORRAGIA INTERNA       Receita 1: Em hemorragia interna, devemos associar a Cavalinha com a Milirramas, 50% de cada. Se a hemorragia for vaginal, devemos associar a fórmula Útero-ovário, com cavalinha e milirramas, usando-se 33% de cada. Estas plantas individualmente, deve-se usar na forma de extrato-bruto, seguindo-se as especificações de dose individual de cada uma, e deve-se tomar o cuidado de ingeri-las separadamente, com intervalo entre elas de 10 a 15 minutos, de preferência em jejum e em "estado de fome" (minutos antes das refeições ). 

 

HEMORRÓIDA EXTERNA       Receita 1: 1 garrafa de pinga de alambique. 3 pedaços médios de nó de pinho picados. 1 colher de sopa rasa de cada erva bem picada : erva-de-bicho, eucalipto e erva macaé. Deixar dois dias em maceração. Tomar 1 colher de sopa em jejum.   

42 / 68

Receitas

   Receita 2: 1/2 kg de banha sem sal. 100 gramas de cera de abelha. 50 gramas das seguintes ervas : erva de bicho, erva macaé ( santos filhos ), e tansagem. Cortar ou triturar as ervas. Fritar bem e cuidado para não torrar. Coar e acrescentar 300 ml de óleo de oliva. Agitar continuamente. Colocar no pote ainda quente. Passar no local após um banho, de assento frio.       Receita 3: Tomar banho de assento frio por 15 minutos e aplicar a pomada de própolis, segundo receita : 70 gr de cera de abelha; 200 ml de óleo de oliva; 500 gr de lanolina; 70 gr de tintura de própolis; 45 gr de própolis oleosa; 15 gr de pó de própolis ( deixar na geladeira , esfarelar ); ( 400 g de banha substitui a lanolina, neste caso leva mais 170 g de cera de abelha ). Ferver tudo em banho maria por 5 minutos.   

 

HEPATITE A       Receita 1: Em 5 litros de água mineral, colocar uma colher de sopa de ervas bem picadas, das seguintes ervas : alcachofra ( folhas ), alfazema, azedinha, cabelo de milho, carqueja, cipó mil-homens, dente de leão, erva cidreira, erva tostão, hortelã, guanxuma, jurubeba, losna, macela, pariparoba, raíz de picão preto, raiz de salsa, folhas de losna, folhas de ameixa, rosa vermelha e espinafre. Deixar ferver por cinco minutos e repousar por mais cinco minutos. Coar e acrescentar um copo de açúcar cristal ou mascavo para cada litro de chá. Ferver até o ponto de xarope. Tomar três colheres ao dia antes das refeições. Caso não se tenha todos os ingredientes, pode-se fazer com os existentes, mas não substituir alguma planta indicada por outra, pois esta atitude pode alterar o sinergismo que pode estar ocorrendo na mistura proposta

 

HIPERTENSÃO (AJUDA NORMALIZAR)       Receita 1: 1-Chá tipo tisana: colocar 1 litro de água sem cloro à ferver. Após entrar em ebulição, colocar 2 colheres de sopa de alpiste (ventilado para tirar impurezas ), e duas folhas de chuchu médias. Abafar e deixar ferver por 5 minutos. Coar, esfriar e tomar 1/2 copo ( + 100 ml ) 3 vezes ao dia. Usar chá de hortelã com limão 3 vezes ao dia. 2- Usar Embaúba: folhas em decocto (folhas secas caídas ao chão), fervendo-se por 10 minutos, 2 folhas secas e

43 / 68

Receitas

moídas (20g), em 1/2 litro de água sem cloro, depois de pronto deve ser mantido em geladeira e tomar 1 xícara de chá 3 vezes ao dia, para hipertensão.       Receita 2: Tomar nas refeições 1 capsula de óleo omega-3 e uma capsula de alho de 500 mg. Trocar o sal de cozinha ( cloreto de sódio ) por mistura de 80% de cloreto de potássio . Beber 100 ml de vinho tinto de boa qualidade nas refeições.       Receita 3: De preferência usar regime de obesidade ( ver receita ) até estar com massa corpórea adequada.. Fazer longas caminhadas, no mínimo 4 vezes por semana, evitando-se os períodos matinais ( quando as pressões naturalmente estão mais altas ). Cortar café, bebidas alcoólicas, refrigerantes ( mesmo diet pois contem cafeina ), carne vermelha, cigarro. Tomar rigorosas medidas anti-estresse, evitando tudo o que provoca estados ansiosos e tensos. Treinar técnicas de relaxamento para contornar os períodos tensos no dia a dia.     

 

ICTERÍCIA (AJUDA NOS SINTOMAS)       Receita 1: 1 pé de picão preto ( planta toda ); 1 pé de quebra pedra,; 4 folhas de limeira; 1 raiz de salsa, 1 folha de funcho; 1 litro de água. Ferver durante 5 minutos e coar. Tomar como água durante 10 dias. 

 

INCHAÇO DAS ARTICULAÇÕES       Receita 1: Usar uma planta de guiné : lavar bem as raízes cortando-as bem picadas. Colocar quatro colheres de sopa destas raízes em um vidro de boca larga, junto com uma xícara de café de água mineral e outra de álcool . Deixar macerar por 3 dias; em seguida passar sobre as juntas inchadas e doloridas. 

 

INFECÇÃO NÃO GRAVE   

44 / 68

Receitas

   Receita 1: 1,5 litros de água mineral ou sem cloro. 1 colher de sopa ( cheia se for planta verde, rasa se for planta seca ) das seguintes ervas : erva açoita cavalo, artemísia, camomila, cipó mil-homens, Calêndula, cavalinha, canela, noz moscada ralada, hortelã, malva, sementes de Urucum, tansagem. Deixar ferver cinco minutos, descansar por mais 10 minutos. Coar e acrescentar um copo de açúcar cristal e ferver por mais 10 minutos. Guardar em geladeira e acrescentar suco de dois limões. Tomar 3 colheres ao dia antes das refeições.       Receita 2: ervas em chá de uxi amarelo com unha de gato.

 

Em casos agudos: usar sementes de Quiabo (Hibiscus sculentus), na dose de uma colher de sopa de sementes para um copo de água sem cloro (mineral), batido no liquidificador, coado, 3 vezes ao dia. O uso de água em grandes quantidades é indispensável no processo de desintoxicação.

 

MÁSCARA FACIAL E CHÁS PARA ABAIXAR A TENSÃO EMOCIONAL      Receita 1: Usar 1/2 cenoura, 1 colher de sopa de leite e 1 kiwi. Sem tirar a casca, bata a cenoura e o kiwi no liquidificador até formar uma pasta grossa. Colocar a mistura numa vasilha de louça. Acrescente o leite frio e mexa até ficar com uma consistência uniforme. Aplique sobre a pele limpa. Deixe agir por 20 minutos. Usar sempre que se sentir tensa. Para retirar use água morna.       Receita 2: Chá para uso interno. Duas colheres de sopa de camomila (seca, moída); três anises (frutos da planta anil) (frutos secos) estrelados; três colheres de sopa de melissa; seis xícaras de água mineral fervente. Preparo: cubra as ervas com água mineral (pois não tem cloro) fervente. Quando esfriar, coar e tomar 3 a 4 xícaras ao dia.   

 

45 / 68

Receitas

MÁSCARA FACIAL-1       Receita 1: Usar 4 morangos, 1 colher de sopa de iogurte natural e 1 colher de sobremesa de mel. Amasse os morangos com um garfo e misture os outros ingredientes. Aplique a máscara sobre a pele e deixe por uma hora e meia. Retire com água fria. Usar meia xícara de amoras maduras (potássio) e uma porção de leite que cubra as frutas. Cozinhe as amoras no leite por 10 minutos e deixe esfriar. Cubra o rosto com uma gaze e sobreponha a papa de amoras protegendo a região dos olhos. Retire com água fria após 15 minutos.       Receita 2: Para eliminar as toxinas e repor as vitaminas. Usar 2 colheres de sopa de iogurte natural, 1 fatia pequena de mamão, 1 colher de sopa cheia de mel. Bata o mamão com a casca no liquidificador até formar uma pasta grossa . Coloque numa vasilha de louça e acrescente o iogurte e o mel , mexendo bem até ficar uma mistura homogênea. Passe a máscara no rosto e deixe agir 20 minutos. Retire com água fria. Usar uma vez por semana.       Receita 3: Para nutrir e prevenir o ressecamento; Usar 1 fatia pequena de mamão, 1 colher de sopa de iogurte natural, 2 rodelas banana, 1 colher de sopa de mel e 1 clara de ovo. Amassar bem o mamão e a banana, e em seguida adicionar o iogurte e o mel. Aplicar a mistura sobre apele. Por cima da máscara espalhe a clara de ovo. A clara além de rica em proteínas ajuda a intensificar a ação dos princípios ativos das frutas. Deixe a máscara agir por uma hora e meia e retire com água fria. Usar 3 vezes por semana.   

 

MÁSCARA FACIAL-2       Receita 1: Máscara para limpar a pele Publicação: 01/04/2003 15:33 Ingredientes: 2 colheres (sopa) de óleo de cavalinha, 1 colher (sopa) de tintura-mãe de cavalinha, 1 xícara de decoto (cozimento) de cavalinha, 1 colher (chá) de mel, 10 colheres (chá) de argila, 5 gotas de essência de hortelã. Como fazer: Colocar em um recipiente o decoto da cavalinha, a argila, o mel, a tintura e o óleo de cavalinha, mexendo até dar o ponto. Quando a máscara estiver com consistência pastosa, acrescentar a essência de hortelã, que tonifica e enrijece.

 

MENOPAUSA (AJUDA NOS SINTOMAS)       Receita 1: 2 garrafas de vinho branco de boa qualidade. 1 colher de sopa rasa de cada uma

46 / 68

Receitas

destas plantas : agoniada, erva cidreira, açoita cavalo, Calêndula, maracujá, erva moura, margarida branca, parreirinha do mato, parreira, trapoeraba, sálvia, paripapora, mentruz, louro, erva tostão, hortelã, melissa. Deixar em repouso no escuro quatro dias e depois filtrar. Tomar duas colheres de sopa em jejum e duas à noite durante 3 meses.       Receita 2: Tomar chá feito com folhas de Amora-brava (Rubus brasiliensis), na dose básica de 1 colher de sopa de material seco e picado, para 0,5 litros de água mineral (sem cloro) fervente , e tomadas na dose de 4-6 colheres de sopa ao dia. Pode ser usado também com sucesso, cápsulas do pó da planta, na dose de 2 cps/dia.   

 

MENSTRUAÇÃO DIFÍCIL       Receita 1: 4 colheres de sopa rasa de flor de camomila; 1 litro de vinho branco de boa qualidade. Deixar em repouso por 8 dias e coar. Dose : 2 cálices ao dia . Iniciar uma semana antes. 

 

NERVO CIÁTICO (ALIVIA AS DORES)       Receita 1: Camomila ( Matricaria camomila ) : parte a ser usada : flores . Coloque 1 colher de sopa de flores secas em 1 xícara de café de óleo de cozinha ( ou azeite de oliva ). Leve ao fogo em banho-maria por 3 horas. Coar e espremer resíduo. No óleo assim preparado, adicione 1 pedra de cânfora e esperar dissolver completamente. Faça massagens suaves em lugares doloridos, 2 a 3 vezes ao dia, e depois cubra com flanela para manter o calor.       Receita 2: B) Couve ( Brassica oleracica var. acephala ) ; parte a ser usada : folha frescas muito bem lavadas. Modo de usar : em uma panela com água em fervura, coloque uma peneira de modo que a mesma não toque na água e sobre a peneira um pano e 1 punhado de folhas fatiadas. Manter em fervura para absorver os vapores quentes. Ainda morno , aplique o pano com as folhas nas partes afetadas e cubra com outro pano. Deixe agir por 2 horas ou durante a noite toda.       Receita 3: C ) Eucalipto ( Eucalyptus globulus ); parte a ser usada : folha e fruto. Método de preparo : em um pilão coloque 2 colheres de sopa de folhas frescas fatiadas. Amasse bem e estenda sobre um pano. Aplique na forma de cataplasma sobre a parte afetada, 2 vezes ao dia.

47 / 68

Receitas

D ) Arnica ( Arnica montana ); parte a ser usada : planta toda . Preparo : tomar 100 g da planta seca e moída, e colocar em 1 litro de água fervendo. Tampar bem e deixar 5 minutos em fervura. Apagar o fogo, esfriar, coar ( espremer a massa ) e medir o volume obtido. Sobre este volume colocar 3 % de álcool de cereais, e agitar bem. Tomar 1 colher de sopa , 3 vezes ao dia.     

 

NERVOSISMO, INSÔNIA       Receita 1: Água de melissa : 1 colher de cravo da Índia. 2 colheres de melissa fresca ou seca. 1 limão em casca ( ralado ) . 2 noz-moscada raladas. 3 pedaços de canela em pau. 1 colher de semente de endro. Colocar em meio litro de água. Fogo brando até ferver e desligar o fogo. Deixar esfriar e colocar meio litro de álcool de cereais. Num vidro escuro deixar ao sol durante 1 mês. Mexer diariamente. Coar. Tomar 1 colher diluída numa xícara de água, após as refeições e antes de deitar.

 

NUTRIÇÃO DE PROTEINA: PÃO VERDE DE ORA-PRO-NOBIS       Receita 1: Materiais: -50 gr de fermento para pão -1/2 cop de água morna -1/2 copo de água fria -2 colheres de sopa de manteiga -2 ovos inteiros -1 colher de sopa rasa de açúcar -1 colher de sobremesa de sal --500 gr da farinha de trigo (+ -) -100 gr de folhas de ora-pro-nobis       Receita 2: Preparo -dissolver o fermento com açúcar na água morna -misturar ovos, manteiga e sal -colocar as folhas de ora-pro-nobis no liquidificador com água fria e bater bem até formar um suco -misturar todos estes ingredientes -adicionar farinha e misturar até que a massa começe a soltar das mãos -sovar bem a massa e deixar descansar até que dobre de volume (efeito da fermentação) -dividir a massa em dois pães e colocar novamente para crescer -levar os pães para assar em forno já aquecido. 

 

48 / 68

Receitas

ÓLEO DE MASSAGEM (COMO SE FAZ)      Receita 1: 40 ml de óleo de oliva; 40 ml de óleo de linhaça; 20 ml de óleo de cânfora (duas pedras de cânfora e 100 ml de óleo de linhaça). Deixar em repouso 8 dias e filtrar. 

 

OSTEOPOROSE       Receita 1: SALADA DE ABACATE E CAMARÃO (Osteoporose) Ingredientes: 3 abacates sem casca e cortados em cubos 1 xícara de camarão cozido 2 cebolas fatiadas 1 colher sopa de óleo de oliva 1 pé de alface romana 2 colher sopa de coentro fresco e cortado 2 colher sopa de suco de limão 1 dente de alho amassado Modo de fazer: Em uma tigela grande, misture o abacate, o camarão, a cebolinha verde e o coentro. Em uma vasilha, misture junto o suco de limão, o óleo e o alho. Borrife sobre a mistura de abacate e mexa bem.Separe a alface em folhas individuais. Arrume em um prato de salada, coloque a mistura de abacate e sirva a temperatura ambiente. Serve 6 porções.       Receita 2: Espaguete com Atum (Osteoporose) Ingredientes: 02 colher sopa de azeite 01 cebola picada 2 1/2 xícara de molho de tomate 1/2 kg de espaguete 01 lata de atum sólido em conserva 01 colher de sopa de azeite 01 ramo de manjericão fresco Modo de fazer: Aqueça o óleo e frite a cebola. Adicione o molho de tomate, refogue rapidamente, tampe a panela e cozinhe em fogo lento por 8 minutos. Coloque o espaguete para cozinhar em uma panela grande com água fervendo. Junte 1 colher de sal e dê uma misturada de leve com o garfo grande para não grudar. Quando a água voltar a ferver, deixe aproximadamente 8 minutos (o macarrão deve estar no ponto). Abra a lata de atum, separe os pedaços menores e adicione ao molho ainda no fogo, cozinhando no fogo baixo por 2 minutos. Escorra o espaguete, dissolva para a panela vazia e regue com 1 colher de sopa de azeite. Misture cuidadosamente para que o azeite se espalhe por todo o espaguete. Coloque em uma travessa grande ou divida igualmente em 6 pratos. Regue com o molho e decore com folhinhas de manjericão. Serve 06.       Receita 3: LASANHA DE TOFU (Osteoporose) Ingredientes: 450 g de lasanha 5 tomates na forma de purê 2 colher de chá de manjeiricão seco 1/2 colher chá de alho em pó 1/2 colher de chá de oregano 240 g de queijo mussarela fatiado 200 g de cogumelos cortados ao meio 1/4 xícara de salsa fresca picada 1 xícara de tofu amassado 1/4 xícara de queijo parmesão ralado 3 dentes de alho amassados 450 g de queijo cottage sem gordura 200 g de coração de alcachofra sem salmora cortados 200 g de espinafre Modo de fazer: Cozinhe no vapor ou descongele o espinafre e deixe de lado. Cozinhe a lasanha de acordo com a embalagem. Quando pronta, escorra, lave com água fria e deixe de lado. Misture o tofu, o alho amassado, o queijo cottage e 1 colher sopa de queijo parmesão. Em uma tigela separada, misture o cogumelo, a salsa, o espinafre e o coração de alcachofra. Misture o purê de tomate, o

49 / 68

Receitas

manjericão, o alho em pó e o oregano. Borrife uma fina camada desta mistura de vegetais, queijo mussarela e a mistura de tofu. Coloque outra camada de molho, seguida de outra massa. Continue a construir camadas, reservando molho de tomate suficiente para cobrir a última camada de massa. Borrife com 3 colheres sopa de queijo parmesão. Asse em forno quente por cerca de 40 minutos. Deixe esfriar um pouco antes de servir. Serve 6 a 8.      

 

OSTEOPOROSE - 2       Receita 1: PEIXE AO MOLHO AGRIDOCE (Osteoporose) Ingredientes: 1 peixe vermelho pesando cerca de 1 Kg 1/4 pepino médio sem casca 1/2 pimentão vermelho sem sementes 1 colher de óleo de canola 1 colher chá de gengibre bem picado 1 colher de alho bem picado 1 colher sopa de cebola bem picada 1/4 de pimenta dedo de moça pequena sem sementes 3 colher sopa de suco de abacaxi 2 colher sopa de polpa de tomate bem amassada 1/2 xícara de caldo de peixe 1 colher chá de maisena dissolvida em 2 colher sopa de água 1 colher de sopa de vinagre de vinho branco sal e pimenta do reino a gosto 1 folha de alga seca 1 colher sopa de cebolinha verde bem picada Modo de fazer: Com uma faca afiada, retire as escamas e as víceras do peixe. Corte o peixe em tiras, no sentido da largura e em seguida corte cada tira em quadrados de 4 cm de lado. Reserve. Corte o pepino em fatias finas no sentido do comprimento e em seguida corte cada fatia finas e em seguida corte cada fatia em tirinhas finas. Corte os pimentões em tirinhas também. Numa panela, coloque o óleo, leve ao fogo alto e deixe aquecer. Junte os pimentões, o pepino, o gengibre, o alho, a cebola e o pedaço de pimenta, fritando e mexendo por 1 minuto. Acrescente o suco de abacaxi, a polpa de tomate e o caldo de peixe à panela, misturando com uma colher e deixando cozinhar em fogo baixo por 2 minutos. Junte a maisena dissolvida na água mexendo sem parar e deixe o molho engrossar. Retire o pedaço de pimenta da panela, junte o vinagre, tempere com sal e pimenta do reino a gosto, passe para uma tigela e reserve. Lave a panela, encha o fundo com água. Coloque uma peneira sobre a panela, leve ao fogo alto e deixe ferver. Distribua os pedaços de peixe sobre a peneira. Tampe e cozinhe no vapor por 5 minutos ou até o peixe ficar macio. Retire o peixe do fogo, passe para um prato de servir, despeje o molho agridoce por cima, polvilhe com cebolinha verde e leve imediatamente à mesa. Serve 4.        Receita 2: MOUSSE DE SALMÃO (Osteoporose) Ingredientes: 1/2 pepino sem casca e sementes cortado pequeno 250g de salmão defumado 300 g de queijo tipo cottage 1 1/2 x de creme de leite ligth caldo de 1/2 limão sal e pimenta do reino 2 colher chá de estragão picado 1 envelope de gelatina sem sabor Modo de fazer: Corte o pepino ao meio. Tire a casca e as sementes e deixe descansar por 30 minutos. Enquanto isso, tire a pele e as espinhas do salmão e amasse bem com um garfo. Passe o queijo tipo cottage numa peneira e junte o salmão. Acrescente o creme de leite. Escorra o pepino numa peneira. Seque, usando papel absorvente, e misture o salmão. Junte o suco de limão e teste o sal. Tempere, se necessário e misture a pimenta e o estragão picado. Coloque 3 colheres sopa de água fria numa vasilha e

50 / 68

Receitas

polvilhe a gelatina na superfície. Deixe descansar por 1 minuto. Leve ao fogo brando, mexa até dissolver bem a gelatina e jogue a mistura de salmão. Ponha a mistura em 6 vasilhas pequenas e untadas. Gele por 1 ou 2 horas até assentar. Desenforme a mousse sobre pratos individuais e guarneça com fatias de pepino em conserva, folhas verdes e fatias de limão. Sirva com torradas. Serve 6.        Receita 3: TORTA DE SARDINHA (Osteoporose) Ingredientes: Massa: 51/3 xícaras de farinha de trigo 1 ¾ xícaras de água 1 colher de sopa de sal 1 colher de azeite de oliva Recheio: 5 colheres de azeite de oliva 3 cebolas médias picadas 2 dentes de alho médios picados 1 pimentão verde picado 1 colher de sopa de salsa picada 1 folha de louro 1 colher de chá de pimenta do reino em pó. sal a gosto farinha de trigo para polvilhar manteiga para untar 600 gramas de sardinha frescas. limpas e sem espinhas temperadas com sal 1 ovo para pincelar Modo de fazer: Coloque a farinha de trigo. a água. o fermento em pó . sal e o azeite de oliva numa tigela grande. Com as mãos. trabalhe bem os ingredientes. até obter uma massa lisa e homogênea. Deixa a massa descansar por 1 hora em local protegido. Enquanto isso prepare o recheio: numa panela coloque 4 colheres de sopa de azeite de oliva. junte as cebolas. o alho. o pimentão e a salsa picados e a folha de louro. Leve ao fogo forte e frite até ficarem dourados. Tempere com pimenta do reino e sal a gosto. e cozinhe por alguns minutos. Retire do fogo e deixe esfriar. Pré aqueça o forno em temperatura média.( 180ºC).Polvilhe uma superfície de trabalho com farinha de trigo. Divida a massa em 2 partes iguais e coloque em uma superfície enfarinhada.Com um rolo abra cada superfície da massa até ficar com 0.5 cm de espessura. Unte com manteiga uma travessa com uma metade da massa. Despeje o recheio na travessa e. por cima. disponha as sardinhas uma do lado da outra. Cubra com a metade restante da massa e una as bordas apertando com as pontas dos dedos para fechar bem. Pincele e asse por cerca de 1 hora ou até a superfície ficar dourada. Retire do forno. regue com uma colher de sopa restante de azeite de oliva e sirva em seguida. Serve 6 .      

 

OSTEOPOROSE - 3       Receita 1: COOKIES PICANTES COM MOLHO DE MAÇÃ (Osteoporose) Ingredientes: 1/3 xícara de margarina 1/2 xícara de açúcar cristal 1 1/2 xícara de molho de maçã 1 colher chá de baunilha 2 xícara de farinha de trigo integral 1 colher de chá de canela 1 colher de noz moscada 1/2 colher de chá de cravo em pó 1 colher chá de fermento em pó 1/2 colher de chá de bicarbonato 1 ovo cobertura: 1 colher sopa de açúcar cristal 1/4 colher chá de canela Modo de fazer: Pré aqueça o forno a 220 ºC. Usando uma batedeira, bata a margarina e o açúcar até formar creme; adicione o molho de maçã, a baunilha a e o ovo e bata bem. Adicione a farinha, a canela, a noz moscada, o cravo, o fermento e o bicarbonato; mexa bem. Despeje em colheradas dentro de forminhas untadas com óleo vegetal. Asse por 15-20 minutos ou até estarem marrons. Misture o açúcar e a canela para a cobertura; borrifando sobre o cookies ainda quentes. Deixe esfriar sobre prateleiras. Faz 36 cookies médios. 

51 / 68

Receitas

   Receita 2: Pêssegos Crocantes (Osteoporose) Ingredientes: Para a cobertura 3/4 xícara de farinha de trigo integral 1/4 xícara de manteiga 1/4 xícara de açúcar mascavo 125 g de granola Para os pêssegos 1 lata de pêssegos em calda 1/4 xícara de açúcar creme chantili light (opcional) Modo de fazer: Pré aqueça o forno a 170º C. Em uma tigela. Peinere a farinha de trigo, adicione a manteiga e esfarele com os dedos, até que fique com aparência de farelo de pão. Junte o açúcar e a granola. Arrume os pêssegos no fundo de um refratário e polvilhe com açúcar. Espalhe toda a mistura de granola sobre as frutas e pressione levemente. Leve ao forno por 50 a 60 minutos até que os pêssegos estejam macios, quentes e a cobertura dourada. Sirva quente. Serve 4.        Receita 3: SALADAS DE BROTOS E QUEIJOS (Osteoporose) Ingredientes: 2 maçãs cortadas em cubos 1 ½ xícara de cenouras ralada 1 xícara de pimentão verde cortado em tiras 1 xícara de pepino cortado fino 1 xícara de grão de bico cozido 1 colher sopa de maionese 1 xícara de broto de alfafa 2/3 xícara de queijo Cheddar light ¼ xícara de uva passa 3 colher sopa de vinagre de maçã 2 colher sopa de óleo de canola ¼ colher chá de tomilho ¼ colher chá de orégano Modo de fazer: Em uma tigela grande, misture da maçã, a cenoura, o pimentão, o pepino, o grão de bico, o broto de alfafa, o queijo e a uva passa. Em uma xícara, misture o vinagre, o óleo, a maionese, o tomilho e o oregano. Borrife sobre a salada e mexa. Serve 4.

 

OSTEOPOROSE - 4       Receita 1: TORTA DE FRUTAS FRESCAS (Osteoporose) Ingredientes: 1 forma para torta Recheio: 240 g de queijos cottage ou ricota ¼ xícara de açúcar granulado casca ralada e suco de 1 limão Cobertura: 3 xícaras de morangos ao meio 1 colher sopa de geléia de groselha (opcional) Recheio: Em uma batedeira, misture a ricota, o açúcar, a casca de limão e o suco. Bata até ficar cremoso. Cobertura Arrume os morangos sobre o recheio. Pincele os morangos com a geléia (se usar). Leve ao refrigerador por 8 horas e sirva. Massa: 2/3 xícara de farinha de trigo 1 pitada de sal 2 colher sopa de margarina ou manteiga 5 colher chá de água fria Modo de fazer: Em uma tigela, misture a farinha com o sal. Com os dedos, misture a margarina à mistura até estar esfarelada. Borrife com água fria, virando de um lado a outro para misturar. Junte a massa e forme uma bola. Embrulhe com um plástico e coloque na geladeira por pelo menos 1 hora e até 24 horas. Em uma superfície enfarinhada, abra a massa com um rolo e coloque em uma forma para a torta. Apare e canele as bordas. Para assar a massa antes de colocar o recheio e previnir que os lados se tornem torrados, coloque sobre a massa uma folha de papel manteiga e sobre ele arroz ou feijão. Asse em forno a 220º C por 10 minutos. Retire os feijões e o papel. Asse por mais 6 a 8 minutos ou até se tornar dourado. Deixe esfriar antes de rechear. Serve 8.

52 / 68

Receitas

 

OVO: NOVAS NOÇÕES PARA DIETA SAUDÁVEL       Receita 1: O Valor Nutricional do Ovo no Mercado.existe pelo uma dúzia de boas razões pelas quais as pessoas devem comer ovos, entre elas : são versáteis, têm proteína de alta qualidade, economicamente acessíveis, são densos em nutrientes, têm ácidos graxos essenciais, são deliciosos, convenientes, ricos em luteína, satisfazem, são ricos em colina, são simples de fazer e uma ótima refeição. A nova imagem dos ovos proporciona aos comerciantes um mundo de possibilidades. Desde que a American Heart Association pronunciou que : "Não há mais uma recomendação específica sobre o número de gemas de ovos que uma pessoa pode consumir em uma semana”, a imagem e as expectativas sobre os ovos mudaram enormemente. Os ovos oferecem, agora, uma vida inteira de bens pra a saúde, desde o bebê no útero e até os idosos. A nova imagem dos ovos mudou do mau colesterol para as muitas contribuições positivas que os ovos fazem para o valor nutricional de uma dieta saudável. Entre os principais temas positivos discutidos no Primeiro Simpósio Científico Internacional de Ovos e Saúde Humana, esta a hipótese de Barker de que o baixo peso no nascimento está associado com as doenças crônicas (diabetes, obesidade, hipertensão, CVD) mais tarde na vida. O baixo consumo de laticínios e proteína animal, pela mãe, no fim da gravidez, está associado com o peso mais baixo do bebê ao nascimento. McNamara lembra às mães grávidas que os "ovos são bons para seus óvulos". Ele quis dizer que uma alimentação correta durante a gravidez pode baixar significativamente o custo de cuidados com a saúde mais tarde na vida. Os ovos são excelentes para crianças em fase de crescimento. Fornecem uma variedade nutricional protéica para o crescimento, ajudam a equilibrar a entrada e consumo de calorias e têm demonstrado também ser muito importantes no café da manhã, proporcionando uma bom desempenho na escola. Uma proteína de alta qualidade é essencial para o crescimento muscular em resposta a exercícios e para prevenir a sarcopenia (perda da massa muscular relacionada à idade), quando pessoas mais velhas necessitam de proteína de alta qualidade e de baixa gordura. A aceitação, pela comunidade científica, do papel desempenhado pela dieta de alta proteína e boa saúde está aumentando. A pesquisa mostrou resultados positivos com baixo carboidrato em dietas de alta proteína. Milhões de livros têm sido vendidos mostrando os benefícios da perda de peso com as dietas de alta proteína e há uma consciência maior sobre a diferença entre alimentos de alta gordura e alta proteína. Os ovos têm elevados níveis de proteína e baixos níveis de gordura saturada, podem desempenhar um papel importante na perda e manutenção do peso por ter baixas calorias, por ser denso em nutriente e por proporcionar uma sensação de satisfação. Uma dieta moderada de proteína não somente proporciona um melhor controle do peso , mas também ajuda a controlar açúcar no sangue, trigliceredes bem como os níveis de colesterol HDL. Com relação a pessoas idosas, elas necessitam de mais proteína /kg do que os adultos mais jovens e o ovo faz isto. Os ovos são a mais barata fonte de proteína de alta qualidade. São também fáceis de cozinhar, mastigar e digerir. Alimentos densos em nutrientes são importantes porque diminuem o consumo de calorias. Para manutenção dos músculos é necessária uma dieta rica em proteína animal. Infelizmente, o consumo de proteína do ovo é baixo nos países em desenvolvimento. Na América do Sul entretanto, há um espaço para aumentar o consumo de

53 / 68

Receitas

proteína do ovo, porque o nível de consumo é relativamente baixo. O pensamento científico predominante mudou de remover ingredientes negativos do ovo (tais quais colesterol, a gordura, o sal) de um ovo para aperfeiçoá-los com positivos (como anti-oxidantes, vitaminas, cálcio). A colina é um nutriente essencial e há uma maior necessidade dela durante a gravidez e lactação. Suplementos de colina ajudam no crescimento de novos neurônios, na formação de centros da memória, reduz a morte programada das células e altera os fatores do crescimento de nervos e calretinina. Ovos são uma fonte excelente de colina dietética. Os ovos são um alimento funcional pela presença de compostos fisiologicamente ativos que fornecem benefícios para a saúde além da nutrição básica. Estão incluídos os carotenóides, hidrólise de colágeno, a fibra dietética, ácidos graxos, fito-químicos, fenóis, esteróis de planta, proteína de soja, fitoestrogênio e flavonóides. Uma ampla linha de ovos especiais já está disponível, incluindo ovos enriquecidos com ácidos graxos e omega-3 , enriquecidos com luteína e alta vitamima E, os orgânicos, vegetariano, GM-free e ovos naturais. Grandes consumos de luteína e zeaxantina são relacionados a um menor risco da degeneração relativa a idade (AMD). Comer ovos aumenta níveis do plasma da luteína e o zeaxantina e a densidade de pigmentação macular. Os dados do Beaver Dam Eye Study indicaram que o consumo de ovos esteve inversamente associado ao risco de catarata em pessoas mais jovens que 65 anos quando o estudo começou. A luteína age como anti-oxidante / anti-inflamatório. O alto consumo de luteína tem reduzido a arteriosclerose em testes em animais. De acordo com McNamara, a luteína também reduz o risco de doença do coração e o conteúdo de luteina no ovo pode ser aumentado através da ração, criando o que é conhecido como ovo planejado. Os ovos podem fornecer uma fonte de proteínas de combate a doenças. De fato, há aplicações na biotecnologia para introduzir genes específicos em galinhas para a produção de proteínas específicas no ovo. Por muitos anos os ovos foram uma importante fonte de anticorpos para pesquisa. Os ovos imunes foram elaborados para conter compostos biológicos que tinham propriedades imunoregulatórias e anti-inflamatórias. O mercado de animais de estimação oferece um considerável potencial para os ovos. O Purina Pup Chow anunciou que continha em seu produto uma proteína do ovo. O ovo é considerado assim um alimento saudável para cães e gatos. Há 135 milhões de animais de estimação nos EUA. Se seus proprietários lhes dessem um ovo ao dia , isto equivaleria a 137 milhões de caixas de ovos no ano. Ha um grande número de opções para desenvolvimento de produtos especializados do ovo através do acréscimo de nutrientes adicionais à ração ou diretamente no produto. O ovo é uma matriz ideal para nutrientes liposolúveis proporcionando aumento da biodisponibilidade. Há mais boas notícias sobre ovos. Alimentando crianças com gema de ovo até seis meses de idade, proporcionamos uma fonte valiosa de ferro. Adolescentes que comem ovos regularmente têm menor probabilidade em sua vida de desenvolver mais tarde o câncer de mama enquanto a ingestão de ovos também foi relacionada a redução de risco de derrame. 

 

OXIÚROS (ATUA COMO VERMÍFUGO ESPECÍFICO)      

54 / 68

Receitas

Receita 1: 1 litro de vinho branco de boa qualidade; 300 gr de cebola; deixar macerar por 5 dias, coar e acrescentar 100 g de mel. Tomar 1 copo em jejum. 

 

PELE (CREME PARA USOS DIVERSOS)       Receita 1: Como antibiótico de lesões na pele, principalmente para Stafilococcus: uasr as plantas: Pororoca, mais Guiné. Como antifungos e bactérias genéricas da pele: Bardana, batata-de-purga, Capuchinha, carobinha, Cavalinha, Erva-de-bugre, Fedegoso, Japecanga, Milirramas, Melão-de-são caetano, Sabugueiro, salsaparrilha, Sete-sangrias, Taiuiá, Trapueraba, Velame, Mangerioba-grande, (Senna alata).       Receita 2: Nas afecções cutâneas: Espinheira-santa; neen (aplicação apenas cutânea); Craxerú-do-amazonas; Picão-preto. Nas secreções e pruridos da pele: Tanchagem; Calêndula.       Receita 3: creme krenakore: gordura de anaconda, gordura de lagarto selvagem manix,(gorduras extraidas no momento em que a cobra e o lagarto trocam as peles) extratos de ervas indigenas: caule poty, rama potyguar, batecoo, baele, la portee, retemboa, tatugua'ssu, tatulion, diahanoma. Fonte: TRIBO INDIGENA POTY-KRENAKORE DESERTO DE ATACAMA ( potyra_krenakore@orangemail.es )

 

POMADA DE PROPOLIS       Receita 1: 70 gr de cera de abelha; 200 ml de óleo de oliva; 500 gr de lanolina; 70 gr de tintura e própolis; 45 gr de própolis oleosa; 15 gr de pó de própolis ( deixar na geladeira , esfarelar ); ( 400 g de banha substitui a lanolina, neste caso leva mais 170 g de cera de abelha ). Ferver tudo em banho maria por 5 minutos. Este material servirá de base química para dissolver inúmeros extratos vegetais com finalidades fitoterápicas diversas. 

 

55 / 68

Receitas

PREVENÇÃO DE DOENÇAS COM A DIETA ESPECIAL       Receita 1: Alimentos que são verdadeiros medicamentos; Nutricionistas alertam para a importância de uma alimentação saudável no combate de diversas doenças e do envelhecimento precoce. Estimativas feitas pelo Instituto Nacional do Câncer mostram que um terço dos casos de câncer estão relacionados a dietas inadequadas. Pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos revela também que o hábito de comer vegetais ricos em vitamina C diminui em 13% o risco de enfartes. Ingerir diariamente alimentos ricos em substâncias antioxidantes, como cenoura, espinafre, couve-flor, frutas cítricas e mamão, é, de acordo com Marilane Dionísio, coordenadora de nutrição do Hospital Barra DOr, no Rio de Janeiro, uma ótima dica para manter a saúde em dia e espantar o envelhecimento precoce. "Esses alimentos inibem e retardam o efeito degenerativo dos radicais livres, grandes vilões do organismo", diz. Segundo a especialista, em excesso, os radicais livres podem acelerar o envelhecimento, além de favorecer o surgimento de enfermidades como o câncer, catarata, osteoporose, anemia, infarto, diabetes, doenças neurológicas e cardiovasculares, entre outras. Alguns fatores externos, como a poluição, fumo, álcool, sol em demasia, distúrbios do sono, estresse, drogas, alterações constantes do peso e excesso de atividade física, contribuem para o aumento de radicais livres e causam alterações na aparência da pele. "Para minimizar os efeitos maléficos dessas substâncias no organismo, é essencial ter uma alimentação equilibrada e rica em vegetais, leguminosas, cereais e hortaliças; caminhar diariamente; evitar longas exposições ao sol; eliminar o fumo; restringir o uso de álcool; e evitar o estresse físico e mental", enumera a Dra. Marilane. Além das complicações causadas por fatores externos e estilos de vida inadequados, outro motivo de preocupação para as nutricionistas é a alimentação pobre em vitaminas, proteínas, minerais e fibras e com altos teores de gordura feita por um grande número de pessoas, em especial crianças e adolescentes. "Para revertemos esse quadro, é necessário que a população mude seus hábitos alimentares e reflita sobre a sábia frase dita por Hipócrates há cerca de 2500 anos atrás: "Let food be the medicine and medicine be the food", que, resumidamente, quer dizer: "faça do alimento o seu medicamento". Alimentos do Bem - Vitamina C: Desempenha importante papel na proteção do organismo contra as infecções e é um poderoso antioxidante neutralizador dos radicais livres. Auxilia também na absorção intestinal do ferro, reforça o sistema imunológico e auxilia na redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol. A vitamina C também participa no metabolismo do cálcio, sendo ainda importante na saúde das gengivas e dentes. É encontrada em grande quantidade nas frutas cítricas e vegetais verde escuros (laranja, limão, lima, acerola, caju, kiwi, morango, couve, brócolis, tomate, etc). - Vitamina E: É um potente antioxidante, revitalizando as células e tecidos orgânicos, além de contribuir na redução da hipertensão arterial e dos níveis colesterol. Protege os pulmões de agentes poluentes, potencializa o sistema imunológico e previne distúrbios do sistema reprodutor masculino e feminino e do aparelho visual. É encontrada principalmente no germe de trigo (fonte mais importante), óleos de soja, arroz, algodão, milho, girassol, amêndoas, nozes, castanha do Pará, gema de ovo, vegetais folhosos e legumes. - Beta-caroteno: Estudos pioneiros indicam que o beta­caroteno ajuda no combate de distúrbios dermatológicos, reforçando, ainda, o sistema imunológico e cardiovascular. É encontrado em vegetais verde-escuros e amarelo-alaranjados. - Selênio: É um mineral essencial que, em conjunto com

56 / 68

Receitas

a vitamina E, atua como antioxidante, protegendo as membranas celulares e preservando a elasticidade dos tecidos. No combate aos radicais livres, retarda os processos de envelhecimento da pele e atua contra lesões oxidativas. Age também no sistema imunológico, contra agentes infecciosos e tumorais, bem como protege o sistema cardiovascular, mantendo a atividade antioxidante do organismo em níveis normais e restringindo a carga de metais pesados tóxicos. Encontra-se nos brócolis, cogumelos, couves, pepinos, cebolas, rabanetes, peixes, levedura.

 

PSORÍASE (AJUDA NOS SINTOMAS)       Receita 1: Uso interno : tomar 1 cápsula de erva-lagarto, 3 a 4 vezes ao dia, ou do composto Psoríase, 15 minutos antes das refeições, "em estado de fome ". Uso externo: aplicar por sobre as manchas, finas camadas de Ungüento Eurípedes, pelo menos 2 vezes ao dia, ou, socar em um pilão, 2 colheres de sopa de frutos picados de abacaxi, com 1 colher de farinha de trigo. Amassar bem. Aplicar esta pasta nas partes afetadas do corpo, deixando 15 minutos. Após este tempo, lavar normalmente. Aplicar depois um creme de erva-lagarto ou confrei. Erva-lagarto contem: óleos essenciais, tanino, resina, anticianosídeo e saponina. Uso interno: associar este tratamento com um depurativo de sangue, natural e fitoterápico.       Receita 2: Adotar durante o tratamento, um regime alimentar leve, eliminando o consumo de gorduras, frituras, carnes, excitantes tais como : café, chá preto, chocolate, refrigerantes ( mesmo diet pois contem cafeina ). Evitar o sol durante o tratamento. Não é recomendado neste caso , o uso de compostos halopáticos juntamente com os fitoterápicos. Os compostos fitoterápicos devem ser tomados separadamente, com espaçamento de 10 minutos entre eles, sempre antes das refeições, e " em estado de fome ", ou seja com as peptinas extratoras do sistema digestivo, estimuladas.       Receita 3: Por ser uma doença com componente emocional, fazer o tratamento, juntamente com um acompanhamento espiritual, procurando da melhor maneira possível , " explorar o nosso porão espiritual ", fazendo com que nossas angústias e desequilíbrios aflorem, sejam avaliadas corretamente, e aceitas e/ou resolvidas. Meditação, relaxamento, comportamento resoluto e determinado diante da vida, são grandes auxiliares na cura desta doença. Determinação na vontade de curar-se, permitindo que os componentes das plantas equilibrem nosso organismo novamente.   

Receita 4: Creme / pomada krenakore e extratos de ervas indigenas krenakore.

57 / 68

Receitas

 

QUEDA DE CABELO       Receita 1: Tratamento contra queda de cabelos Ingredientes: um maço de agrião, um maço de capuchinha, sumo de 3 folhas de bálsamo, 2 colheres (sopa) de própolis, 4 colheres (sopa) de caulim (argila branca medicinal), 2 colheres (sopa) de condicionador (opcional), 1 copo dágua. Como fazer: Bater tudo no liquidificador, até formar uma pasta. Colocar no cabelo e deixar agir por uma ou duas horas. Condicionador Ingredientes: sumo de 5 folhas de babosa, mel, base concentrada para condicionador, óleo de alecrim. Como fazer: Abrir a folha da babosa e retirar o sumo, sem deixar que partes da casca se misturem a ele. Colocá-lo em uma panela, acrescentando uma parte igual de água. Para cada 7 partes de água com babosa bem filtrada, adicionar 1 parte de base de condicionador. Deixar o conteúdo em fogo baixo até que fique homogêneo. A seguir, retirá-lo do fogo, mexendo até resfriar e, então, misturá-lo com 2 partes de mel e óleo de alecrim.

Receita 2: Shampoo krenakore quedas.

 

QUEIMADURAS       Receita 1: Banana (Musa paradisiaca), flor, usar sumo da flor cortada e aplicar sobre local afetado cobrindo toda lesão (guardar o saldo do sumo em geladeira), deixar secar, proteger a lesão com gaze ou pano bem fino e permeável. Nos primeiros 3 dias conforme as placas endurecidas forem rachando, preencher novamente com o sumo indicado; após 5-7 dias a placa toda se deslocará e a pele estará totalmente cicatrizada e com pouca cicatriz; observar para que se use roupas mais velhas durante o tratamento pois as manchas nos tecidos são difíceis de tirar.

 

QUEIMADURAS, ÚLCERA VARICOSA   

58 / 68

Receitas

   Receita 1: 2 garrafas de vinho branco de boa qualidade. 1/2 kg de manteiga sem sal. 100 gramas de cera de abelha. 400 ml de óleo de linhaça fervido. Colocar em panela de ferro ou vidro, o vinho, a cera, a manteiga. Ferver por duas horas em fogo brando. Retirar a espuma que se forma ( esta espuma acrescida de óleo de linhaça, serve para rachaduras nos pés e mãos ) . Quando o líquido ficar transparente, retirar do fogo e acrescentar o óleo de linhaça. Colocar no pote ainda quente.       Receita 2: Uso externo : 80 ml de óleo de linhaça ou de oliva; 20 gr de própolis em pó . Ferver por duas horas em banho maria. Deixar em repouso 2 dias e filtrar.       Receita 3: Esfriar a parte queimada e aplicar a pomada conforme receita :70 gr de cera de abelha; 200 ml de óleo de oliva; 500 gr de lanolina; 70 gr de tintura e própolis; 45 gr de própolis oleosa; 15 gr de pó de própolis ( deixar na geladeira , esfarelar ); ( 400 g de banha substitui a lanolina, neste caso leva mais 170 g de cera de abelha ). Ferver tudo em banho maria por 5 minutos.   

 

RACHADURA DA PELE (ALIVIA EFEITOS)       Receita 1: 100 ml de óleo de linhaça. 50 ml de glicerina. 20 gr de mel de abelha. Ferver em banho maria até completa dissolução. Retirar do fogo. Mexer continuamente até ficar cremosa.       Receita 2: 3 colheres de sopa rasa de flor de camomila; 150 ml de óleo de oliva; Mexer 2 horas em fogo brando. Friccionar no local . Também pode ser usado para reumatismo (dores reumáticas) e gases de criança, em aplicações externas. 

 

REUMATISMO (AJUDA SINTOMAS)       Receita 1: Uso externo :3 colheres de sopa rasa de flor de camomila; 150 ml de óleo de oliva; Mexer 2 horas em fogo brando. Friccionar no local .       Receita 2: 2 caroços de abacate ralados ; 2 vidros de bálsamo branco, 200 gr de sal amoníaco; 1 litro de álcool de cereais; 30 gr de cada planta seguinte, secas e trituradas

59 / 68

Receitas

finamente : espada de são Jorge; chapéu de couro; nó de pinho, mastruz; carqueja, guiné ( raíz ); louro; chorão ( casca ). Misturar tudo, tampar bem e enterrar durante uma semana.       Receita 3: Misturar 100 g da seguinte pomada : 70 gr de cera de abelha; 200 ml de óleo de oliva; 500 gr de lanolina; 70 gr de tintura e própolis; 45 gr de própolis oleosa; 15 gr de pó de própolis ( deixar na geladeira , esfarelar ); ( 400 g de banha substitui a lanolina, neste caso leva mais 170 g de cera de abelha ); ferver tudo em banho maria por 5 minutos , com 200 g de pedra de cânfora. Também serve contra dores e picadas de mosquito.   

Receita 4: castanha de baru

 

REVITALIZANTE DA PELE       Receita 1: Socar em um pilão, 3 colheres de sopa de grãos de romã maduras; coar, e juntar um copo de gema de ovo e uma colher de sopa de mel, mexer bem e usar no rosto como máscara revitalizante 1 a 2 vezes ao dia, ( manhã e noite ).       Receita 2: Tomar uma folha média de babosa, corta-las em pedaços, queima-las levemente no fogo, retirar sua mucilagem interna, colocar em um almofariz, juntar duas colheres de sopa de açúcar cristal, fazer um creme, misturando bem. Aplicar no rosto e nas mãos ( principalmente quando as mesmas estão sempre úmidas ). É muito bom também para queimaduras de sol e fogo.       Receita 3: 3 colheres de sopa rasa de flor de camomila; 100 ml de óleo de oliva . Deixar 30 dias em embalagem escura ao sol. Filtrar. Bom para pele seca, limpeza de pele, dermatite, assadura de nenê, massagem, reumatismo. Para cabelo seco, aplicar 1 hora antes de lavar.   

Receita 4: creme krenakore

 

SEBORRÉIA E QUEDA DE CABELOS   

60 / 68

Receitas

   Receita 1: - casca de quina .... 25 g; óleo de rícino ... 25 mL; rum ... 20 mL; álcool absoluto ... 100 mL; água de colônia ... 100mL . Deixar a casca de quina de molho no álcool durante três dias e coar em seguida. Adicionar os demais ingredientes e aplicar no couro cabeludo, duas vezes por semana. Lavar com um xampu alcalino ( Trindade e Sartório - 1999 )       Receita 2: Xampu anti-queda : tintura de raízes de bardana : 3 ml; tintura de aroeira salsa : 3 ml; extrato de glicólico de alecrim : 3 ml ; xampu-base comum q.s.p. 100 ml . Adicionar o extrato glicólico de alecrim à base de xampu e misturar bem. O alecrim estimula o crescimento capilar. Em seguida, acrescentar as tinturas de bardana e de aroeira-salsa. A bardana é antiséptica e controla a seborréia e a aroeira-salsa é estimulante do crescimento. Quando estiver bem homogêneo, enfrascar o xampu em um recipiente esterilizado . Este xampu é indicado para cabelos normais ou oleosos. Validade de 6 meses.       Receita 3: shampoo krenakore

 

SINUSITE (AJUDA SINTOMAS)       Receita 1: Uso externo : 80 ml de óleo de linhaça ou de oliva com 20 gr de própulis em pó . Ferver pôr duas horas em banho-maria. Deixar em repouso 2 dias e filtrar. Aplicar em forma de emplasto usando fraldas, em cima dos locais doloridos na face ou na testa e manter o máximo de tempo possível (se possível passar a noite).       Receita 2: Alexandros Spyros Botsaris, estudioso da Tradicional Medicina Chinesa, fez uma feliz adaptação de uma receita consagrada como fórmula magistral na medicina chinesa denominada XIN YI SAN , para ser administrada em decocção, 2 vezes ao dia:1Magnólia-japonesa (Magnolia liliflora, folha)--6-9 g.;2-carrapicho-bravo (Xanthium cavalinesi, fruto)-6-9 g;3- gengibre fresco (Zengiber officinale, rizoma)-3-6g; 4-Guaco (Mikania glomerata, folha)-5-10g; 5-angélica (Angelica archangelica, raiz)-3-6g; 6- Alecrim-do-campo (Lantana microphyla, flores e folhas)-3-6 g; 7- capim-limão (Cymbopogun citratus, planta toda)-3-6 g; 8flor de sabugueiro (Sambucus nigra, flores)-3-6 g; 9-folhas de eucalipto (Eucaliptus globulus, folhas)-2-4 g; 10-alcaçuz (Glycyrrhiza glabra -raiz)-3-6 g;       Receita 3: O mesmo autor recomenda para uso local, a inalação dos vapores de um decocto, feito com a seguinte fórmula, pôr 10-15 minutos, 2-3 vezes ao dia. 1-folhas de eucalipto (Eucaliptus globulus)-5-10 g; 2-hortelã (Mentha piperita, planta toda)-4-8 g; 3-buchinha-do-norte (Luffa opperculata- fruto)-1/4 do fruto. Colocar água fervente sobre a fórmula citada, numa vasilha ou copo (de preferência de porcelana, vidro ou barro, nunca de alumínio ou cobre). Em seguida, usando um pano ou guardanapo para conduzir os vapores para as narinas, aspirar 2 ou 3 vezes, descansando, e voltando a aspirar os vapores, sempre pelo nariz.  

61 / 68

Receitas

 

SOLITÁRIA (TAENIA SOLIUM) (VERMÍFUGO ESPECÍFICO)       Receita 1: Cozinhar a casca da raiz da romã, usando-se 50 gramas em um litro de água, até reduzir-se a metade do volume . Tomar em jejum, três porções, com intervalos de meia hora entre as doses. Pode provocar náuseas e vômitos mas é muito eficaz. No dia anterior deve-se adotar dieta exclusiva de leite. Uma ou duas horas após a terceira dose deve-se tomar um purgante. Deve-se permanecer deitado com os olhos fechados pois pode ocorrer vertigens. Umas quatro horas depois a tênia é expulsa. Se não alcançar resultado esperado, repete-se tratamento dois meses depois. 

 

SUPERFARINHA (FONTE DE FERRO PARA ANEMIA)       Receita 1: Fonte: Dr. José Alfredo Gomes Áreas, USP. Transformar o pulmão bovino seco em uma farinha bem fina. Mistura-la à farinha de milho e à farinha de grão-de-bico. Seu uso deve ser feito na mesma receita que se usa para fazer biscoitos e salgadinhos, aromatizando o biscoito usando sabores de cebola, bacon, morango, sem adicionar gordura. (nutriocionista Suzana Camacho, USP). Os biscoitos e salgadinhos foram testados em 260 crianças de creches úblicas no Piauí, provocando uma queda de anemia de 65% para 11%. A aprovação foi muito alta. Por ser a maior fonte de ferro conhecida presta-se para atuar nas anemias e reverter quadros preocupantes por um custo baixo. O próximo passo será introduzir Vit A na mistura para crianças portadoras de HIV, para que as mesmas tenham suas deficiências de ferro e vitamina A corrigidas para suportarem melhor à terapia a que são submetidas. (24/10/2006) Melhores dados Depto de Nutrição da USP. 

 

TÔNICO CAPILAR (AJUDA QUEDA CABELO)       Receita 1: Um punhado de casca de cebola, igual quantidade de camomila. Ferver em um copo de água durante 5 minutos. Coar, e após lavar a cabeça, friccionar de leve o couro

62 / 68

Receitas

cabeludo.       Receita 2: Aplicar a mucelagem da folha da babosa, friccionado-a bem no couro cabeludo. Deve-se lavar bem a cabeça antes da aplicação e meia hora após. Para retirar a mucilagem, picar bem as folhas depois de queima-las levemente no fogo.       Receita 3: champu e condicionador krenakore tonificante

 

TÔNICO ESTOMACAL       Receita 1: Prepare um suco com os seguintes ingredientes: 1/4 de gengibre em fatias finas. 1/2 punhado de folhas frescas de hortelã pimenta ou hortelã verde. 1/2 funcho pequeno. 2 maçãs cortadas em quatro. (Drs. Murray, Birdsall, Pizzorno, Reilly. Como prevenir e tratar o câncer com Medicina Natural. 2005)       Receita 2: O chá de gengibre pode ser feito adicionando-se gengibre fresco à água quente e deixando em infusão de seis a oito minutos. Quanto mais tempo, mais forte o sabor. Algumas gotas de limão e uma colher de sopa de mel podem ser acrescentados se desejado. (Drs. Murray, Birdsall, Pizzorno, Reilly. Como prevenir e tratar o câncer com Medicina Natural. 2005) 

 

TORCICOLO (ALIVIA DORES DO) POMADA      Receita 1: Fazer a pomada segundo a 70 gr de cera de abelha; 200 ml de óleo de oliva; 500 gr de lanolina; 70 gr de tintura e própolis; 45 gr de própolis oleosa; 15 gr de pó de própolis ( deixar na geladeira e esfarelar ); ( 400 g de banha substitui a lanolina, neste caso leva mais 170 g de cera de abelha ). Ferver tudo em banho maria por 5 minutos. Misturar 100 g desta pomada com 200 g de pedra de cânfora . 

 

63 / 68

Receitas

TOSSE, BRONQUITE, TRAQUEÍTE, LARINGITE       Receita 1: Coloca-se um punhado de flores de mamão macho com mel em uma vasilha . Deita-se por cima um copo de água fervendo. Tapa-se bem . Deixa-se esfriar e toma-se colheres de chá de hora em hora. Pode ser usado nas crianças.       Receita 2: Uso externo : 80 ml de óleo de linhaça ou de oliva; 20 gr de própolis em pó . Ferver por duas horas em banho maria. Deixar em repouso 2 dias e filtrar. Aplicar no local levemente.       Receita 3: 400 g de infusão de eucalipto citriodora ( duas colheres de eucalipto , 400 ml de água, ferver 3 minutos ), misturar com 300 g de mel, 50 g de própolis hidroalcoólica. Tomar 3 colheres ao dia. 

 

TOSSES REBELDES (AJUDA SINTOMAS)       Receita 1: Faz-se um orifício em um coco verde, e nele coloca-se mel ou melaço. Tapa-se e coloca-se no fogo lento até que a polpa se dissolva. Toma-se um acolherada de três em três horas. Toma-se um fruto de gravatá amarelo, em uma xícara de chá de água fervente sem cloro, durante 5 minutos, após amassar os pedaços do fruto e coar, adicionar ao coado 2 xícaras de café de açúcar cristal, retornando ao fogo até dissolver bem o açúcar; tomar 1 colher de sopa , 2-3 vezes ao dia para adultos.       Receita 2: Cortam-se rodelas de figo-da-Índia ( após serem pelados com garfo e faca para retirar todos os espinhos), e coloca-se em uma vasilha. Cobre-se as rodelas com açúcar ( melhor mascavo ) e deixa-se repousar por uma noite no relento . Pela manhã, coa-se para retirar as sementes e toma-se às colheradas durante o dia. Da mesma forma, pode-se proceder com as folhas ( artículos ), que se fendem ao meio e recobre-se com açúcar. Bom até para coqueluche.       Receita 3: Colher 3 folhas verdes de manjericão, colocar em um copo de água fervendo. Abafar por 5 minutos e juntar uma colher de sopa de mel. Mexer bem e beber duas xícaras de café por dia. 

 

64 / 68

Receitas

TRATAMENTO DE PELE DO ROSTO       Receita 1: Pegar 3 colheres de sopa da muscilagem da babosa (raspe a gelatina de dentro das folhas), 3 colheres de sopa de mil-ramas, 3 colheres de sopa de Calêndula, uma xícara de água fervente. Coloque as ervas na água fervente. Quando a água amornar, coloque o chá sem coar no liquidificador e vá acrescentando aveia até ficar na consistência de creme. Aplique no rosto e deixe 30 minutos a 1 hora. Retire e lave o rosto com água fria.       Receita 2: Usar farinha de aveia, 1 gema de ovo, 1 colher de sobremesa de mel e 1 pedaço pequeno (50g) de abacate. Amassar bem o abacate com um garfo. Acrescente a gema e o mel. Aos poucos adicione a farinha de aveia, para engrossar e ficar uma mistura mais consistente e homogênea, na forma de uma papa. Aplique uma camada generosa sobre a pele e deixe agir por uma hora e meia. Depois lave o rosto com água fria. Usar 3 vezes por semana.       Receita 3: A laranja tem ação cicatrizante, mas sempre que aplicar suco de laranja na pele, lave muito bem a pele antes de tomar sol. Use uma laranja e 1/2 litro de água. Coloque para ferver, tampe e deixe repousar. Coe e depois de frio, guarde em um vidro. Use todos os dias embebendo um chumaço de algodão para limpar a pele.   

 

USO DO MINERAL DOLOMITA NA OSTEOPROSE E BURSITE       Receita 1: O cálcio é melhor absorvido quando em conjunto com o magnésio, quando na proporção certa. A absorção do cálcio pelo organismo é um processo muito delicado, envolvendo uma metabolização da vitamina D, no fígado e nos rins, além de outros fatores. Esta metabolização cria o calcitriol 1,25 (OH)2 D3, que é o metabólito ativo da vitamina D, responsável pela retenção do cálcio no corpo. Se houver aumento de calcitriol no sangue e nos ossos, haverá uma rápida calcificação e um aumento da massa óssea, que pode ser constatado por meio de uma densiometria óssea. O calciotriol pode ser medido nos sangue e nos ossos. O Instituto Weizmann constatou que o consumo do material dolomítico (material analisado: Gran-White-GW, Israel), aumentou a dosagem de calcitriol no sangue sem ter que ingerir a própria vitamina D. Os tratamentos com hormônios para aumento da massa ósseo trazem efeitos colaterais sérios. O GW produziu um aumento de massa óssea num período de 8 meses em média, sem o uso de qualquer outro medicamento. O uso do GW trouxe efeitos de analgesia, desinflamatório e cicatrizante, atuando em todo sistema imunológico, eliminando o excesso de cálcio que provoca a bursite, e suprindo sua falta (osteoporose).       

65 / 68

Receitas

   

VERMINOSE (ATUA COMO VERMÍFUGO GENÉRICO)       Receita 1: 9 dentes de alho. 1 colher de sopa rasa de erva de santa maria. 1 colher de sopa de hortelã. 40 sementes de limão secas e amassadas. 1 colher de flor de mamão. 1 colher de babosa. 9 sementes de abóbora. Colocar tudo numa garrafa de vinho branco de boa qualidade. Deixar 8 dias mexendo diariamente. Coar. Crianças : tomar uma colher de sopa ( de chá se for bem pequena ) em jejum por 3 dias; parar 3 dias e repetir. Adultos: tomar uma xícara de café em igual posologia.       Receita 2: 1 litro de vinho branco seco; 10 gr de pó de raíz de ipecauanha; deixar 15 dias e coar; tomar 1 cálice entre as refeições.       Receita 3: Geléia : 4 bananas maduras com casca; 4 colheres de sopa de erva de santa maria; 4 colheres de hortelã; 1 copo e meio de açúcar mascavo ou cristal. Bater no liquidificador com um pouco de água. Levar ao fogo até o ponto de geléia. Uso : 1 colher ao dia em jejum, durante 3 dias. Parar 7 dias e recomeçar. Repetir o tratamento depois de algum tempo.     

 

VINHO AFRODISÍACO       Receita 1: 1 litro de vinho branco tipo vermouth; 80 gr de sálvia seca ou o dobro da planta verde . Deixar em repouso por 15 dias e coar. Tomar 1 colher de sopa após o almoço e o jantar.   

 

VINHO MEDICINAL DE ALHO       Receita 1: 15 dias de alho amassados, 250 ml de vinho branco. Deixar em repouso 3 dias. Dose : 6 a 8 colheres de chá ao dia. 

66 / 68

Receitas

 

VINHO PARA ENGORDAR       Receita 1: 1 litro de vinho branco de boa qualidade; 200 gr de cardo santo; deixar em repouso por 7 dias. Dose : um copo antes do almoço e do jantar. 

 

VINHO PARA ÚTERO INFLAMADO       Receita 1: 2 folhas de língua de vaca; 6 folhas de alfavaca; 5 folhas de tansagem; 12 folhas de sálvia; 1 litro de vinho tinto; 1 xícara de açúcar; Ferver tudo junto por 5 minutos e coar. Tomar 3 colheres de sopa, 3 vezes ao dia. 

 

XAROPE DAS VIAS RESPIRATÓRIAS, CRISE DE ASMA, TOSSE       Receita 1: Como xarope para vias respiratórias, tosse, crises de asma , ( ver uso principal ) : Fazer um cozimento com um punhado das folhas secas de chambá em 100 ml de água. Assim que sentir o cheiro de cumarina, para-se a fervura e junta-se um punhado de Poejo ou hortelã japonesa, cobre-se para corar e deixa-se esfriar. Em separado prepara-se um xarope aquecendo-se 30 folhas frescas de mavarisco e 350 gr de açúcar, arrumados em camadas, sem colocar água, com cuidado para evitar queimar. Junta-se o xarope com o cozimento do chambá e coa-se para um frasco previamente esterilizado. Usa-se o xarope até um mês após feito quando mantido em geladeira. Dose : toma-se 1 a 2 colheres de sopa, 3 vezes ao dia . Crianças usar a metade da dose.   

 

XAROPE DAS VIAS RESPIRATÓRIAS, CRISE DE ASMA, TOSSE   

67 / 68

Receitas

   Receita 1: Como xarope para vias respiratórias, tosse, crises de asma , ( ver uso principal ) : Fazer um cozimento com um punhado das folhas secas de chambá em 100 ml de água. Assim que sentir o cheiro de cumarina, para-se a fervura e junta-se um punhado de Poejo ou hortelã japonesa, cobre-se para corar e deixa-se esfriar. Em separado prepara-se um xarope aquecendo-se 30 folhas frescas de mavarisco e 350 gr de açúcar, arrumados em camadas, sem colocar água, com cuidado para evitar queimar. Junta-se o xarope com o cozimento do chambá e coa-se para um frasco previamente esterilizado. Usa-se o xarope até um mês depois de feito quando mantido em geladeira. Dose : toma-se 1 a 2 colheres de sopa, 3 vezes ao dia . Crianças usar a metade da dose.  

Fonte: www.terapeutanaturalista.com.br    

68 / 68

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->