P. 1
Trabalho comportamento organizacional

Trabalho comportamento organizacional

|Views: 1.198|Likes:
Publicado porGuidione

More info:

Published by: Guidione on Apr 12, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/29/2013

pdf

text

original

Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM

índice
índice........................................................................................................1 1.INTRODUÇÃO.........................................................................................2 1.2 Objectivos...........................................................................................3 1.2.1 Objectivo Geral..........................................................................3 1.2.2 Objectivo Específico..................................................................3 1.3 Metodologias utilizadas......................................................................3 A pesquisa bibliográfica.........................................................................3 2. REVISAO LITERARIA..............................................................................5 3. APRESENTACAO DE RESULTADOS........................................................8 4.Conclusão............................................................................................13 5. Bibliografia.........................................................................................14

Universidade Eduardo Mondlane - ESHTI, 3º Ano,

I Grupo

Page 1

Os atributos que interferem no processo de ensino e pesquisa do discente são pouco evidenciados e expressam muitas vezes. I Grupo Page 2 . nas duas partes seguintes. o sistema de ensino e aprendizagem tem apresentado. com método qualitativo. para a colecta de dados. A pesquisa caracterizou-se como teórico-empírica. sendo de natureza exploratória. ao longo do tempo.INTRODUÇÃO Com a introdução do curso de gestão pós laboral na Escola Superior de Hotelaria e turismo de Inhambane em 2008. com método quantitativo.ESHTI. uma evolução favorável no que se refere à qualificação de estudantes deste curso. Com este entendimento.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 1. em sua primeira parte. Universidade Eduardo Mondlane . o grupo realizou esta pesquisa que teve o objectivo de estudar o grau de satisfação dos estudantes do terceiro ano do curso de gestão pós laboral. Nas três partes. 3º Ano. e descritiva. se adoptou um questionário estruturado. igualmente importantes quando se trata de avaliação. aspectos intangíveis do ambiente estudantil.

ESHTI. Segundo Schulter (2003:107) consistem em uma conversa sem restrições entre o pesquisador e o entrevistado sobre temas relacionados com o objectivo de estudo. com o objectivo de permitir o reforço paralelo na análise de suas pesquisas ou manipulação de suas informações.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 1.3 Metodologias utilizadas A pesquisa bibliográfica Em que se objectiva conhecer conceitos e teorias. a pesquisa bibliográfica tem por finalidade colocar o pesquisador com o que já foi anteriormente escrito sobre determinado tema. Conforme Marconi e Lakatos (2001).2 Objectivo Específico  Avaliar o grau de satisfação dos estudantes do terceiro ano do curso de gestão.  Realizar uma avaliação da performance da Faculdade sob a óptica do estudante deste curso 1.2.2 Objectivos 1.  Identificar os diferentes aspectos que concorrem para a satisfação dos estudantes.2. Universidade Eduardo Mondlane .1 Objectivo Geral Fazer um estudo sobre a satisfação dos estudantes do terceiro ano do curso de gestão pós laboral na Escola superior de Hotelaria e turismo de Inhambane 1. A pesquisa Virtual Consistiu na consulta aos diversos sites da Internet Entrevista Consistiu nas conversas semi-estruturadas através de formulação de questões abertas aos diferentes comerciantes que praticam no comércio. 3º Ano. apresentando argumentos favoráveis ou não favoráveis ao tema em questão. I Grupo Page 3 .

C)Método auto relato Este método consistiu na elaboração de um questionário no qual os estudantes foram inquiridos e das respostas dadas foram retiradas as devidas conclusões Universidade Eduardo Mondlane .ESHTI. Para além destas metodologias foram usados os métodos Métodos de Pesquisa O presente estudo foi possível. b)Método estatístico Para este caso foi feito um levantamento de dados e depois apurados os devidos resultados. 3º Ano. I Grupo Page 4 . o grupo centrou as suas atenções na observação das atitudes dos estudantes em questão e de uma forma repetitiva o mesmo foi feito com os docentes de algumas cadeiras. através do uso das seguintes técnicas: a)Método de Observação Segundo este método.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM Recolha de dados por meio de inquérito.

Nuttin entende como sendo um factor interno que desencadeia. Motivo . através da avaliação da performance da escola a partir do ponto de vista do estudante Satisfação "é mais consistente com as visões existentes na psicologia económica. 1981. REVISAO LITERARIA Pesquisa de satisfação de estudantes é um sistema de administração de informações que continuamente capta a voz do estudante. Wärneryd. 1988).ESHTI. Wärneryd. assim como experiências do passado são integrados e elaborados numa visão de conjuntos. 3º Ano. de um modo favorável ou desfavorável quando confrontado com um objecto correcto. Percepção:È um fenómeno complexo. em que a satisfação é igualada com a noção subjectiva de bem-estar (Van Raaij. através do qual o mundo exterior é apreendido e interpretado como sentido ordenado em totalidade. I Grupo Page 5 . 1988) Satisfação na vertente económica.na óptica do J.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 2. a satisfação é mais atraente. Estímulos presentes. O fenómeno básico que indica a existência de um estado de motivação é a elevação geral do nivel de actividade Universidade Eduardo Mondlane . Oppeneim (1993) define como resposta emotiva perante determinado objecto social. Anderson define Atitude como sendo uma emoção moderada que predispõe o indivíduo para responder consistentemente. Do um ponto-de-vista mais aplicado ou gerencial. Anderson e Fornell. Segundo Buher Charlote. porque fornece uma indicação clara (e fundamental) da performance actual e de longo prazo de uma empresa ou mercado (Van Raaij. 1995). vai além da utilidade económica esperada e em comparação a utilidade do consumo pós-compra" (Johnson. 1981. dirige e integra o comportamento de um ser.

que é realizada de acordo com experiências repetidas nessa mesma situação. ou aprendizagem esta votada ao insucesso. valores e objectivos. ou no estudo temporário do sujeito». Thayer 1983).Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM Segundo Bastos Keller citado por Elisabeth Teixeira Atenção é um exercício que se fundamenta nos princípios de concentração intermitência e interesse. Pode ser definida ainda como uma mudança relativamente permanente no comportamento. de maturação. Segundo Buher Charlote Memorizar é reter a forma significativa de um conteúdo inteligível. 1981. necessidades. clausen 1981) Os homens jovens de nível universitário são especialmente propensos a si sentirem satisfeitos ( clause. È vital para a memória porque adequada e selectiva atenção é dada ao que tem de ser aprendido. Qualquer um dos Universidade Eduardo Mondlane . ATENSÃO é o processo de seleccionar informação para futuro processamento. Segundo Buher Charlote Decorar é reter a forma material e não o conteúdo inteligível de determinado conhecimento. CONTRIBUIÇÕES PESSOAIS PARA A SATISFAÇÃO NOS ESTUDOS Em qualquer situação de estudos. OBSTÁCULOS Á SATISFAÇÃO NOS ESTUDOS. I Grupo Page 6 . 3º Ano. as pessoas trazem consigo o próprio e exclusivo padrão e habilidades. APRENDISAGEM Hilgard e Rower (1975:17) «aprendizagem refere se a mudanças de comportamento do sujeito face a dada situação. na sequência da prática ou de uma sequência de qualquer tipo.ESHTI. porem á rumor (campbell. ou seja reter a sua compressão. Os níveis de satisfação nos estudos são altos por parte da maioria dos estudantes da turma do 3º ano (mais de 70% de amostras colhidas representativas). 1981. fazendo com que a mudança de comportamento não passe ser explicadas com base nas tendências de resposta inatas.

( Eichom et al 1981) Presumindo que a compatibilidade seja rasuavel. A capacidade de percepção deste grupo difere se de de pessoa para pessoa.ESHTI. indica que as satisfações nos estudos estão ligadas a características específicas. Em contra partida as mulheres mostram se mais activas. Universidade Eduardo Mondlane . Num total de 36 estudantes 32 são assalariados e apenas 4 são dependentes. 3º Ano. Chamo e Remane. A satisfação nos estudos esta positivamente correlacionado com o grau em que as aulas reflectem os interesses pessoais e que possa permitir o uso de aptidões para desenvolver cada vez mais a sua capacidade.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM estudantes que estejam em uma situação de enorme descompasso tende a se sentir infeliz e contrariada. Os homens que conseguem chegar ao sucesso não estavam necessariamente contentes com a própria vida. Verificou se ainda que apesar das mulheres terem mais tarefas caseiras elas procuram compensar o tempo. Encontra partida os homens perdem tempo em pensar que eles são homens e que as suas influencias extra escolares poderão afectar positivamente na vida académica. ou seja tem um desafio e interesses de ascender determinados cargos assim como promoções no sector de trabalho. I Grupo Page 7 . ha determinadas características pessoais que tomam alguns indivíduos particularmente propensos a encontrar satisfação nos estudos? O estudo efectuado por Chiveva. Os homens tendem a ser mais fracos na percepção dos factos.

3º Ano. Comportamento dos Estudantes O comportamento dos estudantes na sala de aulas depende da sua motivação face aos factores tanto externo como internos. Universidade Eduardo Mondlane . Definiu-se essa população de forma intencional. de conveniência. Da mesma forma que em empresas existem diferentes teorias que discutem o comportamento das pessoas dentro de uma organização. não .probabilística.1 Amostra A população de pesquisa foi composta por estudantes do terceiro ano do curso de gestão pós laboral segundo semestre 2010 da UEM-ESHTI. APRESENTACAO DE RESULTADOS 3. I Grupo Page 8 . sendo o estudo considerado inferencial e realizado na única turma desta escola.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 3. Idades 24 2 2 3 2 3 3 3 2 3 3 3 2 2 2 2 2 3 6 9 7 4 7 8 3 5 2 2 9 3 5 4 4 5 8 3 3 2 4 2 3 2 4 3 3 2 2 4 3 3 29 29 41 1 0 5 2 4 7 5 2 3 0 5 4 9 2 2 43 33 29 55 32 41 26 29 31 38 Rol das Idades 23 24 24 24 24 24 24 25 25 25 25 25 25 26 26 29 29 29 29 30 30 31 31 32 32 32 32 32 33 33 33 37 37 37 38 38 38 39 41 41 42 42 43 49 55 Media das Idades = = = 32 Conforme o exposto acima a idade media da turma do terceiro ano do curso de gestão pós laboral é de 32 anos.ESHTI.

preparação para o ingresso no mundo do trabalho e para a vida profissional (2 itens). Engloba as condições para o desenvolvimento da carreira do estudante. qualidade das refeições. uso do tempo livre). as competências e vontade de ajudar dos funcionários e administradores. método de ensino e tarefas requeridas. carreira.  Estudo/curso. possibilidade de promoção do desenvolvimento integral (5 itens). foram apresentados os Universidade Eduardo Mondlane . actividades e características inerentes à organização do curso. interpessoal. políticas e procedimentos que afectam as actividades e progressos dos estudantes (escolha de matérias.  Procedimento Após a obtenção de autorização por parte da instituição que sediaria a colecta. I Grupo Page 9 . clima do campus.ESHTI. a qualidade da relação informal com os professores e colegas do curso que frequenta e de outros cursos (4 itens).  Pessoal. Envolve a satisfação com o investimento na própria formação. Diz respeito à infra-estrutura. equipamentos. 3º Ano. conforme descrição a seguir. Abrange a qualidade das relações estabelecidas com os membros do contexto universitário e fora dele. biblioteca. estudo/curso e institucional. competência e vontade de ajudar dos professores e colegas.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM Procurando incluir aspectos importantes para a compreensão de como os estudantes percebem sua satisfação em relação à experiência académica.  Carreira. laboratórios (16 itens). limpeza e conforto das instalações. segurança. reconhecimento por parte do professor que indica a aceitação do estudante como um indivíduo de valor. pertinência da disciplina para a formação (13 itens).  Institucional. serviços disponíveis na instituição. adequação do currículo.  Interpessoal. Refere-se à satisfação com o curso. actividades extracurriculares. Foram consideradas cinco dimensões conceituais: pessoal.

3º Ano. Participação dos estudantes De acordo com a técnica de observação aplicada no trabalho. o grupo constata que cerca de 6 mulheres num total de 20 e 15 Homens num total de 26. ligeiras perdas tendem a aparecer em todas as áreas apôs os 60 anos de idade ( Troll 1982) embora algumas habilidades intelectuais quase sempre deteriorem outras tendem a persistir ou até mesmo a se expandir.6 7 9 Quais as condições que se revelam incomodas para os Estudantes? Nível Muito Alto ou Muito baixote tensão Universidade Eduardo Mondlane .0 0 0 4 6 8 . participam contribuindo regularmente com suas ideias e questões colocadas sobre assuntos leccionados no decurso das aulas. CAPACIDADES INTELECTUAIS Estudos efectuados mostram que nas actuais gerações. Questionados o porque da fraca participação. devido ao facto de muitos deles ou quase todos são trabalhadores e que durante o dia estão no exercício das suas actividades profissionais e que não tem tido tempo para se quer realizar os trabalhos de casa. com maior frequência de alunos.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM objectivos do trabalho aos estudantes e obtida a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido de cada participante.ESHTI. estes alegam a falta de tempo para investigar ou mesmo para repetir a matéria dada. Sx eo P r ip n s N op rtic a tes a tic a te a a ip n M su o a c lin 1 5 1 1 Fmn o e e in 6 1 4 T ta o l 2 1 2 5 T ta o l %d sp r ip n s o a tic a te 2 6 5 . Bom nível educacional e renda confortável estão ambas ligadas a manutenção da capacidade intelectuais relativamente altas ( Neugarten 1975) . I Grupo Page 10 .6 7 9 2 0 3 . Foi realizada uma aplicação colectiva do material durante uma aula do curso.

Está associado a mesmos resultados desagradáveis. ansiedade. indisponibilidade dos discentes tempo de investigação. Piotrkowsti e Stark 1985).ESHTI. e french et al 1982. Para melhor análise do tema em estudo o grupo estabeleceu os seguintes aspectos: a) Satisfação no aproveitamento Relativamente a este ponto o grupo notou que existem duas alas de satisfação sendo uma que atinge a satisfação com notas tangenciais (10-12) no aproveitamento maioritariamente composta por estudantes com menor nível de participação nas aulas e a outra ala que sente se satisfeita com aproveitamento que parte de 14 para cima. 3º Ano. docentes não qualificados. carga excessiva das matérias. constituída maioritariamente pelos que intervêm activamente nas aulas b) Satisfação na forma de transmissão dos conteúdos Neste aspecto os estudantes quase são unânimes em afirmar que a maior parte de docentes abordam os temas com discernimento. problemas de saúde. c) Satisfação pelo ingresso na UEM Muitos estudantes manifestaram o sentimento de muita satisfação pelo facto de terem ingressado na faculdade Universidade Eduardo Mondlane . falta de fontes na biblioteca. Satisfação dos estudantes Muitos estudantes alegam estar razoavelmente satisfeitos tendo em conta que são estudantes pioneiros e que são tomados como cobaias ou mesmo “rebenta minas”. consultas. supervisão inadequada por parte da direcção. Kas 1978.. reprovações. sentimento de inadequação nos estudos. clareza e de forma compreensível. I Grupo Page 11 . etc. isto por um lado e por outro que os outros docentes precisam ainda de alguma capacitação pedagógica.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM O alto nível de tensão nos estudos prove de uma variedade de fontes. como filhos em depressão. fraco treinamento. (chemers et al . 1985. altas taxas de absentismo e problemas nos sectores de trabalho. O nível muito baixo de tensão nos estudos tem haver com tédio. ausências injustas. O alto nível de tensão está ligado a depressão.

3º Ano. Matriz de SWOT ou FOFA O ortu id es p n ad Fortalecer a cu ra para resu ltu ltados.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM da Universidade Eduardo Mondlane e principalmente por estarem a frequentar o curso de gestão pós laboral d) Satisfação pela disponibilidade de material didáctico Neste aspecto. in ação e atu ov ação sistêm ica A eacas m n ecessidade os m ateriais de div ersificar e au en m tar q e u d a q e u F aq esas r u Preocu ação p com o In divid al. a disponibilidade do material didáctico ‘e um factor que preocupa muito os estudantes. pois a biblioteca não apresenta muita diversidade de obras. Portanto segundo estes o material disponível e para os cursos de turismo. o que mesmo assim eles procuram adequar a sua realidade como futuros gestores de empresas Ora vejamos o exemplo. q e verifica as áreas dtrab pamcomos estu an estu an u ad o u o cam u e serviços p d o ara tes d te F cas or a qu alidade docen te A u sseg rar o desen olv en v im to especialistas da área a fim abordam dos tem as com discern en im to. u ap recia o n ível d e com rom p isso in stitu ição e d os p rofission ais alh s Q alid e d serviço. I Grupo Page 12 .ESHTI. Há que dizer ainda que a satisfação dos estudantes e posta em causa quando surgem valores que não estavam previstos. clarez e de form com a a preen el sív de Fortalecer a com n u icação in cion stitu al como pú blico de in teresse ex eriên p cias q e u prom ovem u m In sificar ten e am pliar parcerias sen so d org lh e u o e d perten e cer à com n ad acad ap u id ue q eêm ica o n n issoais e in acione dos profissionais que trabalhamc acionda instituição ais tern Preocu ação como In p divid al. Segundo os estudantes entrevistados alguns docentes por não ter esta componente humilham o estudante quando a participação deste for de alguma forma não plausível. u recia ível d com rom e p Universidade Eduardo Mondlane .

dedicação. Entretanto. na faixa etária de 25 a 35 anos. 3º Ano.ESHTI. parcialmente. entre os atributos citados. como qualidade. que os eventos causadores de maior satisfação. estando.Conclusão Constatou-se. estão relacionados ao corpo docente. No que tange à análise das expectativas dos estudantes quanto à qualidade geral do curso.Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 4. com média de idade aproximada de 32 anos Universidade Eduardo Mondlane . a incapacidade para ministrar aulas e a falta de metodologia de ensino. estes concordaram. I Grupo Page 13 . empenho e preocupação com os alunos. igualmente. verificou-se a predominância do sexo masculino. Em referência à caracterização dos respondentes. os docentes também foram mencionados como causadores dos eventos de insatisfação. que o curso superou as expectativas que tinham sobre ele.

microeconomia-Teoria questões e aplicações. 1981 SAMUELSON. I Grupo Page 14 .gov. fundação Calouste Gulbenkian 16a edição. 1996 ANAMARIA e OSORIO. Lisboa Universidade Eduardo Mondlane .. McGraw Hill.icap.com consulta efectuada em 28/09/2010 ás 13.ESHTI. 1982 MILLER. Ximena Andrade e Conceicao. .winkpedia.2 edicao.45 www. Ideologias y metodos in economia. Blume Ediciones. R.pt/assaraiva consulta efectuada em 27/09/2010 ás 11.ipp.. 3º Ano. Contesto de Mudancas em Mocambique.ine.Teoria microeconomica KATOUZIAN.. Bibliografia ALVAREZ. H. 2001 www. Economia.mz consulta efectuada em 28/09/2010 ás 14.45 BILAS.R. Manuel Dias Aspectos psicologicos..Comportamento Organizacional I: Satisfação dos estudantes Curso de Gestão UEM 5. Madride. Maputo.36 www. P.SP. .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->