Você está na página 1de 4

As Novas Tecnologias e a Educação Musical

Daniel Gohn

É impossível permanecer imune a esta forma artística que, ao longo
dos séculos, vem diversificando-se e expandindo-se, infiltrando-se e
conquistando espaços, sempre evoluindo através da troca de influências e
de misturas entre seus estilos.

Mas para identificar e apreciar essa música onipresente é preciso
sensibilidade, algo inerente à todo ser humano mas que nem sempre se
mostra na superfície do comportamento. Portanto educar musicalmente é,
acima de tudo, desenvolver a percepção e criar condições para uma relação
frutífera com os sons da vida.

a teoria faz parte da educação, proporcionando estruturas
importantes que sustentam a base para um melhor entendimento da
realidade prática, assim como o estudo histórico ajuda a entender os
caminhos trilhados até o momento presente.

Educação Formal e Não Formal
O uso de novas tecnologias pode estabelecer um novo padrão no
ensino musical, tanto no formal quanto no não formal. A tecnologia pode
agir como elemento de conexão entre assuntos diversos, juntando a prática
e a teoria e consolidando a educação musical de maneira a agradar
professores e alunos. O acesso à informação fica facilitado e há a
possibilidade de criar uma nova consciência musical, onde não exista
radicalismo ou aversão contra nenhuma área do conhecimento.

Quem são os alunos?
Dentre aqueles que têm a oportunidade de acessar a informação,
encontramos três grupos principais nos quais devemos nos concentrar. O
primeiro deles é de crianças, que estão tendo seu primeiro contato com a
música – o que pode despertar um interesse que irá perdurar pela vida
inteira. O segundo é dos estudiosos da música propriamente ditos,
instrumentistas ou teóricos acadêmicos que refletem sobre o universo

não envolvida diretamente com a produção da música . Importância da gravação de áudio X perda da interpretação musical ao vivo Em 1981 a MTV – Music Television – foi fundada nos Estados Unidos. Seexiste um texto sobre a vida do instrumentista. queremos também ver seu rosto. popular ou erudito. A facilitação da transmissão de informações. mostrar onde está a informação e como ela pode ser utilizada. avaliando. Atualmente. A missão do educador é indicar os caminhos a serem percorridos. e ali o professor têm um papel importante incentivando. qualquer seja o estilo em análise. As Novas Tecnologias Provavelmente o primeiro efeito da tecnologia na música foi o aperfeiçoamento dos instrumentos. ou uma gravação de sua mais importante performance. ou talvez saber que tipo de vestimenta usa para identificar à qual tribo ele pertence. através da melhoria técnica dos luthiers – nome dado aos fabricantes artesanais de instrumentos – e experimentações com a acústica. Certas áreas do estudo da técnica musical exigem repetições mecânicas contínuas. a tecnologia também representa um importante personagem nos processos de educação musical. há a necessidade do som estar acompanhado da imagem. principalmente através da possibilidade de gravar o som e . e reportando progressos. marcando uma nova etapa da música popular que elevou ao expoente máximo a importância da imagem do artista.musical. mas que a aprecia e gostaria de aprender mais a respeito. As Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Musical Assim como em todos os outros aspectos anteriormente mencionados. O terceiro grupo é da população em geral.

ou estilos de música. A utilização da tecnologia pode juntar elementos da educação formal com outros da não formal. de educadores. beneficiando tanto o aspecto prático dos meios não formais quanto a teoria mais generalizada presente nos meios acadêmicos. com atividades e testes em vários níveis. o caso da viabilização de cursos à distância. Conclusão São inúmeras as vantagens para a educação musical. quando aulas especiais foram registradas em vídeo pelos proprietários Rob Wallis e Paul Siegel. e em 1983 o primeiro vídeo foi comercialmente produzido. Esse é. de músicos profissionais. marcou um novo período em que o acesso à música é extremamente simples. seja ele infantil. instrumentos. A partir de então a vídeo-aula iria especializar-se em diferentes formatos. sendo que alguma delas quase não foram colocadas em prática. e sites especializadas em determinados artistas. e como seu slogan diz ela "definiu os padrões" que hoje são seguidos por todos os seus competidores. Vídeo-aula foi o nome popular que estabeleceu-se para os vídeos comerciais voltados ao ensino da música. destinados a públicos específicos entre os estudantes de música. o gigantesco volume de material disponibilizado inclui páginas de referência. Existem aquelas destinados a educadores. Uma das produtoras reconhecidas como pioneira nesse mercado é a empresa americana DCI Music Video.repassá-lo por meios de comunicação de massa. e outras com a intenção de atingir diretamente o aluno. por exemplo. ou aberto à população em geral. O produto dessa experiência tornou-se disponível para encomendas pelo correio e teve enorme aceitação. a maior contribuição do computador à educação musical ocorre quando surge a Internet. É fundamental entender à qual grupo se dirige a informação. Sendo uma rede de redes. . com sugestões para o planejamento de aulas. A companhia surgiu de uma escola de música em Nova York chamada Drummers Collective. Entretanto.

Uma fatia majoritária dos músicos modernos lida com a tecnologia de maneira direta. aplicando-a como parte de sua rotina de trabalho. Atualmente entender de equipamentos eletrônicos é requisito básico e essencial. e aquele que não adaptar-se a essa nova realidade ficará excluído do circuito principal .