Você está na página 1de 5

INTRODUÇÃO

Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Educação Física e a pedido da professora
Susana, um trabalho de carácter obrigatório exposto aos alunos que frequentam o 11ºano.

Primeiramente, comecei por recolher bibliografia essencial e significativa sobre o assunto da


aptidão física.

Após a recolha, seleção e análise da bibliografia redigi o trabalho a seguir apresentado.

Este trabalho apresenta uma pequena introdução aos temas da atividade física, saúde e aptidão
física, posteriormente relacionarei a aptidão física com a saúde e com a performance.

Espero que este trabalho seja apelativo e informativo, e espero assim explicar e tratar o melhor
possível este tema controverso.
Conceitos básicos para a compreensão do trabalho

O que é a atividade física?

Atividade física e desporto são conceitos diferentes embora parecidos: o primeiro é mais
abrangente que o segundo.

Pode-se considerar como atividade física tudo aquilo que implique movimento, força ou
manutenção da postura corporal contra a gravidade e se traduza num consumo de energia. Este
conceito é muito abrangente e mostra que o espectro da atividade física é muito vasto, quer em
termos do tipo desta, quer da sua intensidade. Logo, pode-se praticar atividade física sem se
praticar desporto. Como costumamos afirmar: "ser desportista é uma opção; ser ativo é uma
necessidade".

O conceito de desporto já implica regras, jogo, competição, mesmo que seja só de lazer ou
recreação. Com exceção daqueles desportos em que não se pratica atividade física, como o
xadrez, o bridge, etc., pode-se dizer que todos os desportos implicam atividade física, mas nem
toda a atividade física implica a prática de desporto.

O que é o Desporto?

Desporto é uma atividade física sujeita a determinados regulamentos e que geralmente visa a
competição entre praticantes.

O que é a saúde?

A saúde é uma condição em que um indivíduo ou grupo de indivíduos é capaz de realizar as suas
aspirações, satisfazer as suas necessidades e mudar ou enfrentar o ambiente. A saúde é um
recurso para a vida diária, e não um objetivo de vida; é um conceito positivo, enfatizando recursos
sociais e pessoais, tanto quanto as aptidões físicas. É um estado caracterizado pela integridade
anatómica, fisiológica e psicológica; pela capacidade de desempenhar pessoalmente funções
familiares, profissionais e sociais; pela habilidade para tratar com tensões físicas, biológicas,
psicológicas ou sociais com um sentimento de bem-estar e livre do risco de doença ou morte
extemporânea. É um estado de equilíbrio entre os seres humanos e o meio físico, biológico e
social, compatível com plena atividade funcional.
O que é a aptidão física?

A aptidão física é a capacidade de realizar as atividades quotidianas com serenidade e menor


esforço.

Existem duas abordagens, uma é a aptidão física relacionada à saúde e a outra é a relacionada à
performance desportiva.

A primeira refere-se à condição física nas capacidades que estão profundamente relacionadas
com a saúde e à qualidade de vida das pessoas sendo a flexibilidade, a resistência, aeróbia, a força
e composição corporal.

E a segunda refere-se à aptidão para o desempenho em atividades desportivas que associam,


além das capacidades acima citadas, a agilidade, velocidade, equilíbrio postural e coordenação
motora

A aptidão para performance tem uma interferência das questões genéticas, já na aptidão para à
saúde, os componentes podem ser melhorados mais facilmente, ou seja, nós temos uma maior
interferência.

Aptidão Física Relacionada à Saúde

. Possibilitam mais energia para o trabalho e o lazer, propiciando menor risco de doenças crónico-
degenerativas

Aptidão Física Relacionada à Performance


. Abrange componentes necessários para uma performance máxima no trabalho ou nos
desportos.
Resumindo…

Benefícios da atividade física

Praticar exercícios físicos regularmente é uma prática que, além de saudável, traz diversos
benefícios:

. Melhora o funcionamento e a resistência cardiovascular, já que um coração mais forte precisa


trabalhar com menor intensidade para desempenhar sua função, o que previne enfartes e
derrames, entre outras patologias associadas ao coração.

. O exercício físico melhora a circulação sanguínea, o que previne patologias como tromboses,
varizes e acúmulo de substâncias na parede dos vasos.

. Aumenta o colesterol "bom", o HDL, que ajuda a reduzir o colesterol total, desobstruir vasos e
prevenir novos "entupimentos".

. Diminui a pressão arterial.

. Melhora a função respiratória e, por isso, a disposição para as atividades diárias.

. Ajuda a aliviar o stress.

. Proporciona maior força e flexibilidade dos músculos, ao mesmo tempo que queima gordura.

Seguidamente, é apresentada a Pirâmide de atividade física com as atividades que devemos fazer
regularmente, estando na base aquelas que temos de adotar com mais frequência e assim
sucessivamente.
Vantagens da atividade física regular

. Reduz o risco de morte prematura;

. Reduz o risco de morte por doenças cardíacas ou AVC, que são responsáveis por 30% de todas
as causas de morte;

. Reduz o risco de vir a desenvolver doenças cardíacas, cancro do cólon e diabetes tipo 2;

. Ajuda a prevenir/reduzir a hipertensão, que afecta 20% da população adulta mundial;

. Ajuda a controlar o peso e diminui o risco de se tornar obeso;

. Ajuda a prevenir/reduzir a osteoporose, reduzindo o risco de fratura do colo do fémur nas


mulheres;

. Reduz o risco de desenvolver dores lombares e pode ajudar o tratamento de situações


dolorosas, nomeadamente dores lombares e dores nos joelhos;

. Ajuda o crescimento e manutenção de ossos, músculos e articulações saudáveis;

. Promove o bem-estar psicológico, reduz o stress, ansiedade e depressão;

. Ajuda a prevenir e controlar comportamentos de risco, especialmente em crianças e


adolescentes.

O doping no Desporto

O doping (ou dopagem) não é mais que um termo inglês que denomina o uso de drogas ou
substâncias que acumulam as capacidades físicas de atletas desportivos. O doping pode também
ser ponderado o uso de certas técnicas ou métodos que alteram o estado físico do desportista
para aumentar o seu rendimento desportivo (não devemos, no entanto, confundir doping com
treino físico rigoroso). Também é considerado doping o uso de substâncias que camuflam outras
substâncias dopantes, como é o caso dos diuréticos.

A prática de doping pode adotar muitas formas e existem inúmeras maneiras de aumentar as
várias capacidades físicas humanas, dependendo do desporto em causa. Para quem não sabe,
hoje em dia já existem práticas de dopagem para desportos como o xadrez e outros desportos
mentalmente muito exigentes.

Quais são então as várias práticas de doping?

Doping: Drogas

De entre todas as drogas e substâncias dopantes que encontrámos podemos dividi-las em vários
grupos e classes, sendo estes:
- Esteróides anabolizantes
- Estimulantes
- Analgésicos
- Beta-bloqueantes
- Hormonas peptídicas
- Agentes mascarantes
- Beta-agonistas

Conclusão

Este trabalho foi realizado com empenho e penso que cumpri os objetivos impostos.

No inicio deste trabalho deparei-me com imensas dúvidas, que foram ultrapassadas á medida
que encontrava informação, informação essa muito escassa e não aprofundada.

Como comentários finais, gostaria de acrescentar que gostei de realizar este relatório pois adquiri
muita informação nova sobre um dos temas mais importantes da atualidade, pois muitas pessoas
não têm esta perceção da atividade física/Aptidão.

Bibliografia

http://www.danone.com.br/activia/img/img-piramideAtividades.jpg

http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/actividade+fisica/bene
ficios+actividade.htm

http://pt.shvoong.com/exact-sciences/1759238-aptid%C3%A3o-f%C3% ADsica-capacidades-
motoras/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sa%C3%BAde

http://gabinetesaude.com.sapo.pt/Fitnessgram_ficheiros/image010.gif

http://mistrismis.files.wordpress.com/2008/06/crianca_actfisica.gif

http://en.wikipedia.org/wiki/Doping_(sport)