Você está na página 1de 6

Mapa de Posicionamento

The Body Shop

Atributo Nota

Sortimento 8

Distribuição 6

Comunicação 7

Grau de Inovação 10

Marca 8

Sustentabilidade 10
Natura

Atributo Nota

Sortimento 10

Distribuição 10

Comunicação 10

Grau de Inovação 10

Marca 10

Sustentabilidade 10

Boticário

Atributo Nota

Sortimento 9

Distribuição 7

Comunicação 9

Grau de Inovação 9

Marca 9
Sustentabilidade 8

Avon

Atributo Nota

Sortimento 9

Distribuição 10

Comunicação 6

Grau de Inovação 8

Marca 8

Sustentabilidade 5

Empório Body Store

Atributo Nota

Sortimento 7

Distribuição 3

Comunicação 2

Grau de Inovação 9

Marca 5

Sustentabilidade 10
Casa Granado

Atributo Nota

Sortimento 7

Distribuição 6

Comunicação 2

Grau de Inovação 5

Marca 6

Sustentabilidade 10

L´Occitane

Atributo Nota

Sortimento 7

Distribuição 7

Comunicação 5

Grau de Inovação 9

Marca 9

Sustentabilidade 10
Análise

Analisando o mapa de posicionamento percebemos que as concorrentes


da The Body Shop no Brasil, já estão fortemente estabelecidos no mercado e
possuem um posicionamento muito semelhante ao dela. O grau de inovação e a
sustentabilidade, que são atributos que fazem da Body Shop uma empresa
pioneira e destaque no mercado cosmético internacional, aqui no Brasil não
trazem diferencial, já que as grandes marcas nacionais: Natura e Boticário, já
carregam esse conceito há muito tempo.

Além disso, a marca também sofrerá com a distribuição porque a venda


direta ainda é muito popular no Brasil, ela é o segundo canal de venda mais
importante, ficando somente atrás dos hipermercados e supermercados. E
levando em consideração que a Body Shop se introduza no Brasil apenas nos
principais polos: São Paulo e Rio de Janeiro, ela deverá investir bastante nas
vendas pela internet, pois segundo Euromonitor, no Brasil os únicos canais de
venda que apresentaram crescimento entre 2005-2010 são: Vendas Diretas e
Vendas Online. . A distribuição também pode ser impactada se a marca não
instalar uma fábrica e um grande centro de distribuição no país, tendo assim que
importar os produtos e, consequentemente, não possuindo um preço competitivo
em relação á concorrência.

Quanto ao sortimento, é importante que a marca entenda o consumidor


brasileiro. O Brasil é o país da diversidade e isso deve ser levado em
consideração quando a Body Shop se instalar no país, é importante desenvolver
produtos de nicho (exemplo: voltados para mulheres de pele negra, de cabelos
crespos ou cacheados e muitos outros).

E para se aproximar ao público brasileiro e conseguir se destacar, é vital


que a marca consiga uma identidade forte no país para conseguir competir no
mercado. Nós sabemos que no exterior a marca é distinta em todos os países
que atua por possuir valores fortes e uma comunicação voltada para a
conscientização destes valores, e também por ser pioneira em sustentabilidade.
Porém, como já falamos aqui, no Brasil essa distinção não vai ser única por
consequência do posicionamento muito semelhante de seus concorrentes.
Acreditamos então, que os esforços de comunicação da marca para se introduzir
neste mercado devam ser muito fortes, a marca deve se aproximar muito do
consumidor e fazer com que seus valores e sua identidade consiga criar
diferenciação.

O grupo acredita que para a marca conseguir competir no mercado


brasileiro, o investimento em distribuição (vendas online) comunicação e
sortimento sejam essenciais. E apesar do mercado estar maduro, ainda há muito
espaço para produtos de nicho, por isso, também é essencial que a marca
entenda as necessidades do consumidor brasileiro e as lacunas existentes no
mercado.