Você está na página 1de 2

SICAPEN

FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM
AULA: TEORIA DAS NECESSIDADES HUMANAS BÁSICAS
DEFINIÇÃO DA TEORIA

TEORIA DAS NECESSIDADES HUMANAS BÁSICAS

A teoria se apóia e engloba leis que regem os fenômenos universais. Fundamenta-se na teoria de Necessidades
Humanas Básicas de Maslow e Mohana.

Homeostase ou Homeodinâmica: todo o universo se mantém por processos de equilíbrio dinâmico entre os seus seres.

Adaptação: todos os seres do universo interagem com seu meio externo buscando sempre formas de ajustamento para
se manter em equilíbrio.

Holismo: o universo é um todo, o ser humano é um todo, a célula é um todo, esse todo não é mera soma das partes
constituintes de cada um.

Assistir em enfermagem: é fazer pelo ser humano aquilo que ele não pode fazer por si mesmo. É ajudar e auxiliar
quando parcialmente impossibilitado de se autocuidar. Orientar e ensinar, supervisionar e encaminhar a outros
profissionais.

Necessidades Humanas Básicas – São estados de tensões, conscientes ou inconscientes, resultantes dos desequilíbrios
homeodinâmicos dos fenômenos vitais. Em estado de equilíbrio dinâmico, as necessidades não se manifestam. As
necessidades são universais, portanto comum a todos os seres humanos, o que varia de um indivíduo para outro é a sua
manifestação e a maneira de satisfaze-la ou atende-la.

Podem ocorrer alterações durante a assistência de enfermagem nas necessidades humanas básicas, portanto a mesma é
considerado ente concreto da ciência de enfermagem.
Necessidades Humanas Básicas (Wanda de Aguiar Horta)
Oxigênio: Necessidade básica da sobrevivência, a carência de oxigênio impossibilita o funcionamento celular;

Manutenção da temperatura: o ser humano é homotérmico e não suporta temperaturas altas ou baixas (> 37,3ºC ou
<36ºC), afetando os sistemas do organismo, podendo ser fatal a sua sobrevivência;

Nutrição: Os nutrientes fornecidos pela adequada ingestão de alimentos são os materiais de construção, manutenção e
equilíbrio do corpo humano;

Hídrica: a água é necessária à formação de todos os líquidos corporais, além de garantir as reações químicas que
garantem o equilíbrio, as funções e a vida;

Eliminação: o organismo necessita eliminar sunstâncias indesejáveis ou presentes em quantidades excessivas, que são
nocivas à saúde, se permanecerem;

Repouso e Sono: o corpo e a mente precisam repousar, para ter tempo de restaurar as forças e ficar livre dos estresses
físicos ementais;

Evitar a dor: a presença da dor interfere no bem-estar do indivíduo, desorganizando sua capacidade de se alimentar,
dormir ou de desempenhar suas atividades;

Sexo e Sexualidade: reprodução humana, fonte de prazer imediato ou contínuo, alívio de tensões, aumento da auto-
estima e satisfação das necessidades de amor e gregárias;

Estimulação: estimular os sentidos humanos, além do posicionamento, equilíbrio, atividade muscular e movimentação
do corpo, promovem a interação entre a pessoa e o meio em geral;

Segurança, Amor e Gregária: Essas necessidades emergem quando as necessidades fisiológicas são satisfeitas,
somando-se às atitudes dos cuidadores que estabeleçam a confiança, estabilidade, respeito, inclusão, atenão e
humanização;
Espiritualidade: geralmente é diante de crises que os clientes tomam consciência desta necessidade estar afetada; suas
crenças afetarão diretamente no seu restabelecimento e sua aquisição à terapêutica.

Auto-Estima: a auto-estima do próprio cuidador é muito observada peloa clientes, e pode resultar numa
autovalorização, elevando a auto-estima deles e promovendo o equilíbrio dos conflitos internos e agentes estressantes;

Auto´Realização: essa necessidade é muito importante porque sua expressão é uma busca universal, e seu
impedimento leva a sérias dificuldades para a vida das pessoas.

IMPORTANTE:
"É de suma importância que o enfermeiro atende o máximo para todas essas necessidades humanas básicas que, além
de promover a satisfação dos clientes neste reconhecimento, facilita um cuidado sitematizado e humanizado de fato."
6-Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda Horta: Baseia-se na teoria de N.H.B, de Maslow . Essa
teoria é considerada o ponto alto de seu trabalho e a síntese da todas as suas pesquisas. Duas questões fundamentais
permeiam o trabalho de Wanda Horta.
A primeira, a quem serve a enfermagem? Respondida finalmente em sua teoria como uma afirmação: "a
enfermagem é um serviço prestado ao ser humano", e a segunda, com que se ocupa a enfermagem? Respondida então
que "a enfermagem é parte integrante da equipe de saúde e como tal se ocupa em manter o equilíbrio dinâmico,
prevenir desequilíbrios e reverter desequilíbrios em equilíbrio do ser humano".
Wanda Horta em seu conceito de Enfermagem : "Enfermagem é ciência e a arte de assistir o ser humano no
atendimento de suas necessidades básicas, de torná-lo independente desta assistência através da educação; de
recuperar, manter e promover sua saúde, contando para isso com a colaboração de outros grupos profissionais".
NECESSIDADES PSICOBIOLÓGICAS: Oxigenação; Hidratação; Nutrição; Eliminação; Sono e repouso;
Exercícios e atividades físicas; Sexualidade; Abrigo; Mecânica corporal; Integridade cutâneo-mucosa; Integridade
física; Regulação: térmica, hormonal, neurológica, hidrossalina, eletrolítica, imunológica, crescimento celular,
vascular; Locomoção; Percepção: olfativa, visual, auditiva, tátil, gustativa, dolorosa; Ambiente; Terapêutica
NECESSIDADES PSICOSSOCIAS: Segurança; Amor; Liberdade; Comunicação; Criatividade;
Aprendizagem (educação à saúde); Recreação; Lazer; Espaço; Orientação no tempo e espaço; Aceitação; Auto-
realização; Auto-estima; Participação; Auto-imagem; Atenção;
Necessidades psicoespirituais: Religiosa ou teológica, ética ou de filosofia de vida.;