Você está na página 1de 68
Material elaborado por: AGCO Service
Material elaborado por: AGCO Service

Material elaborado por: AGCO Service

Para entrar no acesso ao Modo de Controle de Pulverização, selecione a opção 1 FIG.
Para entrar no acesso ao Modo de
Controle de Pulverização, selecione a
opção 1
FIG. 1
2
3
Neste modo, as opções disponíveis são:
2.
GPS
4
3.
Piloto Automático
4.
Controle Automático de
Seção
5
6.
Pulverização
7.
Sem Função
8.
Aplicação em Taxa Variável
Os itens número 5 representam as setas
de navegação das tels
6
Para habilitar a opção de Controle de
9
7
Pulverização, indicado pelo número 6,
utiliza a opção 9 para habilitar ou
desabilitar
8
5
FIG. 2
10 Para entrar no acesso das Configurações, selecione a opção de número 10 FIG. 3
10
Para entrar no acesso das
Configurações, selecione a opção de
número 10
FIG. 3
1 Selecione a opção de Carregar Perfil de Pulverizador, através do item 1   FIG.
1
1
1

Selecione a opção de Carregar Perfil de Pulverizador, através do item 1

 

FIG. 4

 
6 7 8 FIG. 5
6
6
7
7
8
8

FIG. 5

As opções a seguir serão exibidas:

2
2

2. Adicionar perfil

3. Excluir perfil

3
3

4. Importar perfil

5. Exportar perfil

4
4
5
5

6. Setas de navegaçãopara seleção dos itens

A opção número 8 memoriza as opções escolhidas e volta para a tela exibida na

figura 4. A opção número 7 retorna para a tela exibida na figura 4, sem salvar alterações.

1 3 Durante o trabalho, pode-se visualizar um painel de controle de pulverização na tela
1 3 Durante o trabalho, pode-se visualizar um painel de controle de pulverização na tela
1
1
3
3

Durante o trabalho, pode-se visualizar um painel de controle de pulverização na tela principal do piloto automático.

Neste painel, visualiza-se as seguintes informações: 1. Pressão de trabalho 2. Volume restante no tanque

Neste painel, visualiza-se as seguintes informações:

1. Pressão de trabalho

2. Volume restante no tanque de produto

3. Velocidade de deslocamento

2
2
4
4

4. Taxa de aplicação

A visualização deste painel de controle pode ser feita conforme próxima descrição.

 

FIG. 6

1
1
1

Selecione a opção de Configuração do Painel de Controle de Pulverização, através do item 1

 

FIG. 7

A exibição do painel de pulverização pode ser configurada em 3 modos, através do acionamento
A
exibição do painel de pulverização
pode ser configurada em 3 modos,
através do acionamento do item 2:
2
 Oculto: o painel fica desabilitado
na tela de piloto automático
3
 Cíclico: o painel aparece na tela de
piloto automático de tempo em
tempo, de acordo com um período
a ser definido na opção de número
3
4
 Sempre Visível: o painel fica
visível o tempo todo na tela do
piloto automático
O
item número 4 habilita a exibição da
FIG. 8
informação da vazão no painel de
pulverização
A
flecha verde memoriza a opção
escolhida. O X vermelho sai da opção
selecionada
FIG. 9 1 Selecione a opção de Configuração do Tanque, através do item 1 2
FIG. 9 1 Selecione a opção de Configuração do Tanque, através do item 1 2

FIG. 9

1
1

Selecione a opção de Configuração do Tanque, através do item 1

2 3
2
3
4 5
4
5
de Configuração do Tanque, através do item 1 2 3 4 5 FIG. 10 As opções

FIG. 10

As opções a seguir serão exibidas:

2.

3.

4.

5.

Capacidade do tanque:

operador informa o volume total do tanque

Volume real no tanque:

operador informa a quantidade restante de produto que ainda está no tanque. Pode ser feita verificação visual pelo indicador de nível externo do tanque

Adição de volume no tanque:

operador informa quantidade de produto adicionada no tanque no caso de um reabastecimento parcial

Encher o tanque: operador informa uma carga completa no tanque

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração do tanque e retorna para a tela da figura 9.

6 Ao selecionar qualquer um dos itens exibidos na figura 10, a modificação do valor
6
Ao selecionar qualquer um dos itens
exibidos na figura 10, a modificação do
valor pode ser feita setas através das
7
setas da opção 6, ou pelo teclado
numérico da opção 7.
A flecha verde memoriza a opção
escolhida. O X vermelho sai da opção
selecionada
FIG. 11
FIG. 12 1 FIG. 13 2 FIG. 14 Selecione a opção de Configuração das Seções
FIG. 12 1

FIG. 12

1
1
FIG. 13
FIG. 13

FIG. 13

2
2

FIG. 14

Selecione a opção de Configuração das Seções de Barra, através do item 1.

Este ajuste deverá ser feito através da

configuração do Controle Automático

de Seção

 

Ao selecionar a opção 1 da figura 12, terminal irá apresentar um “passo a passo” da configuração. Utilize as setas amarelas nos cantos inferiores da página para navegação.

Utilize o numeral do item 2 para informar o número de seções.

A flecha verde memoriza a opção escolhida. O X vermelho sai da opção selecionada

 
  7 Após o passo 3, configure a largura de cada seção de barra. O operador
7
7

Após o passo 3, configure a largura de cada seção de barra. O operador pode ajustar a largura das seções, através das setas da opção 7, ou pelo teclado

6
6
8
8

numérico da opção 8 As setas do número 6 permitem ao operador selecionar a seção a ser ajustada (de 1 a 5 ou 1 a 7)

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

FIG. 15

2
2
2   Após o passo 4, configure a velocidade de baixa pressão. Esta velocidade será
 

Após o passo 4, configure a velocidade de baixa pressão. Esta velocidade será

o

mínimo para garantir a pressão de

pulverização. Abaixo desta velocidade,

a

pulverização será desligada

(desativação do botão master). Utilize o numeral do item 2 para

informar o número de seções.

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

 

selecionada

 

FIG. 16

 
  7 Após o passo 5, configure a velocidade de desligamento de cada seção de barra.
7
7

Após o passo 5, configure a velocidade de desligamento de cada seção de barra. O operador pode ajustar a velocidade através das setas da opção

6
6
8
8

7,

ou pelo teclado numérico da opção 8

As setas do número 6 permitem ao operador selecionar a seção a ser ajustada (de 1 a 5 ou 1 a 7)

   

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

FIG. 17

7 8 6 FIG. 18 Após o passo 6, configure o número de bicos de
7 8 6
7
8
6

FIG. 18

Após o passo 6, configure o número de bicos de cada seção de barra. O operador pode ajustar a quantidade através das setas da opção 7, ou pelo

teclado numérico da opção 8 As setas do número 6 permitem ao operador selecionar a seção a ser ajustada (de 1 a 5 ou 1 a 7)

A flecha verde memoriza a opção escolhida. O X vermelho sai da opção selecionada

opção escolhida. O X vermelho sai da opção selecionada Ao final da configuração, o sistema exibe

Ao final da configuração, o sistema exibe a tela de conclusão.

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração do tanque e retorna para a tela da figura 9.

FIG. 19

1 Selecione a opção de Configuração do Controlador de Pulveriação, através do item 1  
1
1
1

Selecione a opção de Configuração do Controlador de Pulveriação, através do item 1

 

FIG. 20

Ao selecionar a opção 1 da figura 20, terminal irá apresentar um “passo a passo”
Ao selecionar a opção 1 da figura 20, terminal irá apresentar um “passo a passo”

Ao selecionar a opção 1 da figura 20, terminal irá apresentar um “passo a passo” da configuração. Utilize as setas amarelas nos cantos inferiores da página para navegação.

 

FIG. 21

 
FIG. 22

FIG. 22

Após o passo 2, as opções a seguir serão exibidas:

2
2

2.

Tipo de Controlador: configure “ingresso de ECU”

3
3
4
4

3.

Número de Interruptores:

operador informa a quantidade (5 ou 7) de interruptores responsáveis por ligar as seções de barra.

4.

Chave Master: configure “ingresso de ECU”

 

A flecha verde memoriza a opção escolhida. O X vermelho sai da opção selecionada

 

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai

da tela de configuração do tanque e segue o “passo a passo”.

de configuração do tanque e segue o “passo a passo”. 7 8 6 9 FIG. 23
7 8 6 9
7
8
6
9

FIG. 23

Após o passo 3, os interruptores de

cada seção de barra. O operador pode selecionar para 7 interruptores, qual seção será ativada, através das setas da opção 7, ou pelo teclado numérico da

opção 8

As setas do número 6 permitem ao operador selecionar o interruptor a ser a ser vinculado com a seção (de 1 a 5 ou 1 a 7)

A opção 9 é o reset para a configuração

default

A flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

1 Selecione a opção de Configuração do da Velocidade, através do item 1   FIG.
1
1
1

Selecione a opção de Configuração do da Velocidade, através do item 1

 

FIG. 24

 
7
7
7

As opções a seguir serão exibidas:

2
2
3
3
 

2.

Origem do sinal de velocidade:

 

selecionar a opção GPS. Existe ainda o modo manual, onde o operador pode simular uma velocidade de deslocamento mesmo com a máquina parada, para fins de testes e calibrações

Fator de roda: não se utiliza na opção GPS

4
4
 

3.

5
5

4.

Calibração do sensor de roda:

 

não se utiliza na opção GPS

   

5.

Ajuste da velocidade manual:

 

FIG. 25

 

simulador de velocidade para fins de calibrações e testes. Fica ativo somente quando a origem do sinal selecionada é manual

 

A

seleção das opções é feita através das

setas da opção 7

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

1 Selecione a opção de Configuração do Sensor de Pressão, através do item 1 FIG.
1
1
1 Selecione a opção de Configuração do Sensor de Pressão, através do item 1

Selecione a opção de Configuração do Sensor de Pressão, através do item 1

FIG. 26

2
2
2 As opções a seguir serão exibidas:

As opções a seguir serão exibidas:

3
3

2.

Tipo de sensor de pressão:

selecionar a opção tensão

4
4
5
5

3.

Calibração do sensor de pressão: calibrar a pressão de acordo com o manômetro de operação do console

4.

Seleção da unidade de pressão:

 

selecionar a opção bar

FIG. 27

FIG. 27

5.

Próxima Tela: muda a tela para a próxima, ou anterior

6
6

6.

Habilitação do controle de pressão: deixar sempre desabilitado

7.

Funções não utilizadas no pulverizador

7
7

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração do tanque e retorna para a tela da figura 26

1 Selecione a opção de Configuração do Fluxômetro, através do item 1 FIG. 28 2
1
1
1 Selecione a opção de Configuração do Fluxômetro, através do item 1

Selecione a opção de Configuração do Fluxômetro, através do item 1

FIG. 28

2
2
3
3
2 3 As opções a seguir serão exibidas:

As opções a seguir serão exibidas:

2.

Calibração do fluxômetro:

deve ser feita a calibração, caso

o

fluxômetro não tenha seu

4
4

3.

fator marcado na etiqueta da peça.

Fator da calibração do fluxômetro: colocar o valor da etiqueta do fluxômetro, dividido por 10.

5
5
6
6

4.

Vazão mínima:

colocar valor 0

5.

Vazão mínima por bico:informar o valor de vazão da tabela do bico

6. Próxima tela: muda a tela para

6.

Próxima tela: muda a tela para

 

a

próxima, ou anterior

7
7

7.

Tipo de válvula de controle :

selecionar proporcional

8.

Sem Função

 
8
8

9.

Função não utilizada no pulverizador

10.

9
9
10
10

Função não utilizada no pulverizador

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração do tanque e retorna para a tela da figura 28

FIG. 29

FIG. 29
1 Selecione a opção de Ajuste da Taxa de Aplicação, através do item 1  
1
1
1

Selecione a opção de Ajuste da Taxa de Aplicação, através do item 1

 

FIG. 30

 
    As opções a seguir serão exibidas:
 

As opções a seguir serão exibidas:

2
2
3
3
7
7
 

2.

Taxa de Vazão # 1: o operador pode ajustar a primeira taxa a ser utilizada

8
8

3.

Taxa de Vazão # 2: o operador

pode ajustar a segunda taxa a ser utilizada

4
4

4.

Incremento: o operador pode ajustar o valor do incremento que pode ser feito na taxa, na tela de operação

O

operador pode ajustar os valores

FIG. 31

através das setas da opção 7, ou pelo teclado numérico da opção 8

 

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração do tanque e retorna para a tela da figura 30.

1 2 FIG. 32 3 4 5 6 7 1. Setas para alteração na taxa
1 2
1
2
1 2 FIG. 32 3 4 5 6 7 1. Setas para alteração na taxa de

FIG. 32

3 4
3
4
5
5
6 7
6
7

1. Setas para alteração na taxa de aplicação (conforme configurado o incremento na figura 31, item 4)

2. Seleção das taxas de aplicação pré-configuradas (conforme configurado o incremento na figura 31, itens 2 e 3)

3. Sem função

4. Informações da operação

itens 2 e 3) 3. Sem função 4. Informações da operação 5. Acionamento do controle da
itens 2 e 3) 3. Sem função 4. Informações da operação 5. Acionamento do controle da

5. Acionamento do controle da pulverização em modo automático

do controle da pulverização em modo automático ou manual  Modo Automático : A válvula PWM

ou manual

Modo Automático : A válvula PWM controladora da pulverização ajusta a vazão da bomba de produto automaticamente para trabalhar com as taxas pré-programadas, mantendo- as de acordo com a velocidade de deslocamento da máquina, a vazão lida pelo fluxômetro e o número de seções ligadas

lida pelo fluxômetro e o número de seções ligadas  Modo Manual : A válvula PWM

Modo Manual

: A válvula PWM controladora da pulverização irá operar com um

parâmetro fixo para a bomba de produto, sem trabalhar com taxas pré-programadas, ajustando a taxa de aplicação de forma manual

6. Status do master de pulverização (vermelho desligado / verde ligado)

7. Configurações (mesma função do item 1, na figura 3)

Capacidade Taxa pré-programada do tanque de produto Volume restante de produto no Taxa real tanque
Capacidade
Taxa pré-programada
do tanque de
produto
Volume
restante de
produto no
Taxa real
tanque
FIG. 33
FIG. 34
Velocidade
Pressão de aplicação
Vazão instantânea
FIG. 35

PROCEDIMENTO DE TRABALHO – TOPCON GX-45

SISTEMA DE PULVERIZAÇÃO

Configuração

1. Configuração do painel de pulverização: configure o painel de pulverização para que seja sempre visível, e que mostre a vazão.

2. Configuração do tanque: configure o volume total do tanque (3000 L). Posteriormente informe qual o volume atual no tanque. Depois, adicione mais 5 L.

3. Configuração das seções de barra:

Passo 2 - configure o número de seções de barras existentes no pulverizador (5 ou 7).

Passo 3 - informe a largura de cada seção de barra.

Passo 4 - configure a velocidade mínima antes do fechamento das seções.

Passo 5 – configure a velocidade mínima para cada seção

Passo 6 – configure o número de bicos existente em cada seção de barras

4. Configuração do controlador de pulverização:

Passo 2 - configure o “Tipo de Controlador”: ingresso de ECU; informe o número de teclas ou chaves que controlam as seções de barra; configure a “Chave Principal”: ingresso de ECU

Passo 3 - determine as teclas ou chaves para cada seção de barra

5. Configuração do sensor de velocidade: configure a “Fonte de Velocidade”: GPS para situações de pulverização; Manual para situações de calibração. Posteriormente, caso a opção Manual tenha sido selecionada, informe a velocidade “fictícia”. A opção “Fator de Roda” ficará desabilitada

6.

Configuração do sensor de pressão: configure a opção “Tipo de Sensor”: TensãoI. Selecione a “Unidade de Pressão”: bar. Por fim, selecione a opção “Controle de Pressão”: Desabilitado

7. Configuração do fluxômetro: configure o “Fator de Calibração”: insira o valor marcado na etiqueta, dividido por 10. Depois, ajuste o “Fluxo Mínimo” para zero. Próxima configuração é a de “Fluxo Mínimo por Bico”: insira o valor da vazão dos bicos, conforme tabela do fabricante. Finalmente, configure o “Tipo de Válvula de Controle”: Proporcional

8. Configuração da taxa de aplicação: configure as duas taxas de aplicação disponíveis e o valor do incremento.

Material elaborado por: AGCO Service
Material elaborado por: AGCO Service

Material elaborado por: AGCO Service

Para entrar no acesso ao Modo de Controle Automático de Seção, selecione a opção 1
Para entrar no acesso ao Modo de Controle Automático de Seção, selecione a opção 1

Para entrar no acesso ao Modo de Controle Automático de Seção, selecione a opção 1

FIG. 1

Selecione a opção Controle Automático de Seção, indicado pelo número 2

Selecione a opção Controle Automático de Seção, indicado pelo número 2

Para habilitar a opção Controle Automático de Seção, indicado pelo número 2 – esta estará habilitada quando a letra aparecer em um quadrado verde

FIG. 2

Para entrar no acesso das Configurações, selecione a opção de número 1

Para entrar no acesso das Configurações, selecione a opção de número 1

FIG. 3

Selecione a opção de Configuração de Controle Automático de Seção , indicado pelo número 1
Selecione a opção de Configuração de Controle Automático de Seção , indicado pelo número 1

Selecione a opção de Configuração de Controle Automático de Seção , indicado pelo número 1

FIG. 4

As opções a seguir serão exibidas:

As opções a seguir serão exibidas:

 

2.

Modo de Controle

5.

Espaçamento Entre Passadas

9.

Aplicação em Área Controlada (Contorno)

A

opção número 12 memoriza

 

as

opções escolhidas e volta

FIG. 5

para a tela exibida na figura 4

FIG. 6

FIG. 6

Ao selecionar a opção 2 da figura 5 (Modo de Controle), o operador pode ajustar as seguintes opções através das setas representadas pelo número

3:

Evitar espaçamento entre passadas: ao evitar o espaçamento entre passadas, o controlador de pulverização tolera uma sobreposição de pulverização, na qual seu tamanho pode ser ajustado. Isto visa evitar espaços não aplicados na operação Evitar sobreposição entre passadas: desliga

imediatamente a seção assim que a barra passa sobre uma área já pulverizada. A seção é ligada somente quando ela está fora de uma área já pulverizada

A opção número confirma a seleção do item

pulverizada A opção número confirma a seleção do item Ao selecionar a opção 5 da figura
pulverizada A opção número confirma a seleção do item Ao selecionar a opção 5 da figura
pulverizada A opção número confirma a seleção do item Ao selecionar a opção 5 da figura

Ao selecionar a opção 5 da figura 5 (Espaçamento Entre Passadas), caso tenha selecionado a opção Evitar Espaçamento Entre Passadas, o operador pode ajustar o espaçamento mínimo entre passadas, através das setas representadas pelo número 6, ou pelo teclado numérico da opção 7. Este ajuste irá determinar o tamanho do espaçamento mínimo que o controlador não deverá ignorar.O valor zero fará com que nenhum espaço fique sem aplicação – para isso, haverá uma sobreposição maior na aplicação. O valor de 50 cm (ou 0,5 m) constitui um valor médio adequado, onde ocorrerá sobreposição de aplicação, porém não será demasiada. Valores acima de 80 cm começam a apresentar áreas não pintadas no mapa, indicando falhas na pulverização.

A unidade de medida está ajustada para centímetros

FIG. 7

Ao selecionar a opção 9 da figura 5, o operador pode ajustar a função de

Ao selecionar a opção 9 da figura 5, o operador pode ajustar a função de Aplicação em Área Controlada (Contorno). Caso esteja habilitada, o pulverizador não fará aplicação fora da área determinada. Se desligada a função, o pulverizador aplica normalmente fora desta área. A habilitação e desabilitação são feitas pelas setas da opção 10. A confirmação da seleção é feita pela opção 11

FIG. 8

FIG. 9

FIG. 9

A

opção número 12 memoriza

as

opções escolhidas e volta

para a tela exibida na figura 4

Selecione a opção de Configuração de Seções , indicado pelo número 1 FIG. 10 As
Selecione a opção de Configuração de Seções , indicado pelo número 1

Selecione a opção de Configuração de Seções , indicado pelo número 1

FIG. 10

As opções a seguir serão exibidas:

As opções a seguir serão exibidas:

 

2.

Número de Seções

5.

Largura de Seções

A

opção número 10 memoriza as

opções escolhidas e volta para a tela

exibida na figura 10

FIG. 11

FIG. 12

FIG. 12

Ao selecionar a opção 2 da figura 11 (Número de Seções), o operador pode selecionar as 5 ou 7 seções, através das setas da opção 3

A

confirmação da seleção é feita pela

opção 4

 
 
Ao selecionar a opção 5 da figura 11 ( Largura de Seções ), o operador

Ao selecionar a opção 5 da figura 11 (Largura de Seções), o operador pode ajustar a largura das seções, através das setas da opção 7, ou pelo teclado numérico da opção 8 As setas do número 6 permitem ao operador selecionar a seção a ser ajustada (de 1 a 5 ou 1 a 7)

A

confirmação da seleção é feita pela

opção 9

FIG. 13

FIG. 14

FIG. 14

A

opção número 10 memoriza as

opções escolhidas e volta para a tela

exibida na figura 10

Selecione a opção de Configuração de Tipo de Controlador , indicado pelo número 1 FIG.
Selecione a opção de Configuração de Tipo de Controlador , indicado pelo número 1

Selecione a opção de Configuração de Tipo de Controlador , indicado pelo número 1

FIG. 15

As opções a seguir serão exibidas:

As opções a seguir serão exibidas:

 

2.

Retardo ao Ligar: tempo entre o acionamento para ligar uma seção de barra e a saída do produto pelo bico de aplicação

5.

Retardo ao Desligar: tempo entre desligamento de uma seção de barra e o corte do produto pelo bico de aplicação

 

8.

Tipo de Controlador

FIG. 16

A

opção número 11 memoriza as

opções escolhidas e volta para a tela

exibida na figura 15

FIG. 17

FIG. 17

Ao selecionar a opção 2 da figura 16 (Retardo ao Ligar), o operador pode ajustar o atraso desejado ao ligar uma seção de barra, através das setas da opção de número 3

A

confirmação da seleção é feita pela

opção 4

 
 
FIG. 18

FIG. 18

Ao selecionar a opção 5 da figura 16 (Retardo ao Desligar), o operador pode ajustar o atraso desejado ao desligar uma seção de barra, através das setas da opção de número 6

A

confirmação da seleção é feita pela

opção 7

FIG. 19

FIG. 19

Ao selecionar a opção 8 da figura 16 (Tipo de Controlador), o operador deve selecionar o tipo de controlador utilizado no pulverizador, neste caso, a opção ECU inputs, através das setas da opção de número 9

A

confirmação da seleção é feita pela

opção 10

FIG. 20

FIG. 20

A

opção número 11 memoriza as

opções escolhidas e volta para a tela

exibida na figura 3

PROCEDIMENTO DE TRABALHO – TOPCON GX-45

SISTEMA DE CONTROLE AUTOMÁTICO DE SEÇÃO

Configuração

1. Configuração do controle automático de seção: configure o “Modo de Controle”: Avoid Gaps (Evitar Falhas). Posteriormente informe o “Espaçamento entre Passadas”: zero. Por fim, configure a “Aplicação em Área Controlada”: Enable (Ativado)

2. Configuração das seções de barra: configure o número de seções (5 ou 7). Posteriormente insira o tamanho de cada seção de barra

3. Configuração do controlador de pulverização: configure o tempo de retardo ao ligar. Depois, configure o tempo de retardo ao desligar. Posteriormente, configure o “Tipo de Controlador”: ECU inputs

Material elaborado por: AGCO Service
Material elaborado por: AGCO Service
Material elaborado por: AGCO Service

Material elaborado por: AGCO Service

FIG. 4 Para entrar no acesso ao Modo de Configuração do Terminal e Máquina ,
FIG. 4 Para entrar no acesso ao Modo de Configuração do Terminal e Máquina ,

FIG. 4

Para entrar no acesso ao Modo de Configuração do Terminal e Máquina, selecione a opção 1

1
1
do Terminal e Máquina , selecione a opção 1 1 a . c . b 1

a.

c.

b1.

b2.

b3.

b4.

b5.

b6.

b7.

Acesso a tela de trabalho da direção Configuração do GPS Ajuste da distância visível a frente Configuração de unidade e tempo Configuração de idioma Configuração das barras Configuração da posição da antena GPS Configuração da barra de luzes Configuração de cobertura manual ou automática

FIG. 5

Ao clicar na opção b1 da figura 5 o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b1 da figura 5 o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b1 da figura 5 o
operador tem acesso à tela de
configuração.
1. Teclado de números
2. 2 ao ser clicado 2 vezes apaga o
número.
3. 3 apaga último número
digitado
4. 4 insere a vírgula para números
decimais
5. Cancela o valor ajustado e
retorna para a tela da figura 4
6. Confirma o valor ajustado e
retorna para a tela da figura 4
FIG. 6
Esta função permite que a antena do
pulverizador se localize a uma
distância à frente da máquina,
facilitando a visualização das linhas de
trabalho. Esta função é utilizada
quando da utilização da barra de luzes.
Ao clicar na opção b2 da figura 4, o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b2 da figura 4, o
operador tem acesso à tela de
configuração.
1.
Ajuste de Horas
2.
Ajuste de Minutos
4.
Unidade de medição: selecionar
métrico
5.
Modo de exibição 12h ou 24 h
6.
Modo de visualização da data:
selecionar a opção que mostra dia /
mês / ano
7. Modo de visualização da latitude
e longitude
FIG. 7
Após todos os itens configurados, a
flecha verde com uma seta branca
(item 8) sai da tela de configuração da
unidade e tempo e retorna para a tela
da figura 4.
Ao clicar na opção b3 da figura 4, o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b3 da figura 4, o
operador tem acesso à tela de seleção
do idioma.
seleção do idioma pode ser feita
através das setas da opção 1.
a
A flecha verde memoriza a opção
escolhida e retorna para a tela da figura
4. O X vermelho sai da tela, sem fazer
a
memorização
FIG. 8
FIG. 9 1 3 2 Medida Valor (metros) A 24,00 ou 28,00 m B 0,25
FIG. 9 1 3 2 Medida Valor (metros) A 24,00 ou 28,00 m B 0,25
FIG. 9 1 3 2 Medida Valor (metros) A 24,00 ou 28,00 m B 0,25

FIG. 9

1 3 2
1
3
2

Medida

Valor (metros)

A

24,00 ou 28,00 m

B

0,25 m

C

1,00 m

D

0,00 m

Ao clicar na opção b4 da figura 4, o operador tem acesso à tela de configuração.

1. Criar nova configuração

2. Selecionar uma configuração armazenada

3. Largura de barra (A)

4. Largura de sobreposição (B)

5. Distância da barra até o eixo

traseiro (C)

6. Deslocamento da barra em relação ao centro do pulverizador (D)

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca sai da tela de configuração da máquina e retorna para a tela da figura 4. Se a máquina for pulverizar com as ponteiras recolhidas, a configuração da largura de barra (A) deve ser modificada, para o correto cálculo da distância das linhas do piloto automático. A sobreposição entre passadas deve ser configurada como 25 cm (B), para que haja sobreposição dos leques do último bico de pulverização entre uma passada e outra

3 3 4 3 5 3 6 3 8 3 9 1 2   Ao
3 3 4 3 5 3 6 3 8 3 9 1 2
3
3
3 4
3
4
3 5
3
5
3 6
3
6
3 8
3
8
3 9
3
9
1
1
2
2
 

Ao clicar na opção b5 da figura 4, o

operador tem acesso à tela de configuração.

1. Criar nova configuração

2. Selecionar uma configuração armazenada

3. Distância entre eixos (A)

3 7
3
7
 

4. Sem Função.

5. Deslocamento da antena em relação ao centro do pulverizador(C)

6. Distância da antena até o eixo traseiro(D)

 
  7. Altura da antena em relação ao solo (E)
  7. Altura da antena em relação ao solo (E)

7. Altura da antena em relação ao solo (E)

8. Distância do eixo traseiro até o solo – Raio do pneu (F)

9. Sem Função

 

FIG. 10

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca (item 8) sai da tela de configuração da antena e retorna para a tela da figura 4

 

Medida

Valor (metros)

 

A

5,50 m

C

0,00 m

D

Medir ao instalar a antena

E

4,00 m

F

0,50 m

FIG. 11 Ao clicar na opção b6 da figura 4, o operador tem acesso à
FIG. 11 Ao clicar na opção b6 da figura 4, o operador tem acesso à
FIG. 11 Ao clicar na opção b6 da figura 4, o operador tem acesso à

FIG. 11

Ao clicar na opção b6 da figura 4, o operador tem acesso à tela de configuração.

1. Configuração do espaçamento entre luzes

2. Configuração do modo de trabalho dos LEDs

3. Configuração do suporte da barra de luzes

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca (item 4) sai da tela de configuração e retorna para a tela da figura 4

da tela de configuração e retorna para a tela da figura 4 6 7 Ao selecionar
6 7
6
7
de configuração e retorna para a tela da figura 4 6 7 Ao selecionar o item

Ao selecionar o item 1 da figura 10, a modificação do valor pode ser feita setas através das setas da opção 6, ou pelo teclado numérico da opção 7.

Se o teclado for utilizado, será exibida a tela da próxima figura. Utilize as funções de 1 a 5 para digitar o espaçamento, conforme a descrição da figura 5.

A flecha verde memoriza a opção escolhida. O X vermelho sai da opção selecionada

FIG. 12

6 Ao selecionar o item 2 da figura 10, a modificação da opção pode ser
6
6

Ao selecionar o item 2 da figura 10, a modificação da opção pode ser feita setas através das setas da opção 6. 2 Opções podem ser selecionadas, e estão exibidas abaixo da figura 12

 

A

flecha verde memoriza a opção

FIG. 13

escolhida. O X vermelho sai da opção

selecionada

Dirigir de: a medida que o pulverizador se afasta da linha de referência para um lado, os LEDs do lado oposto acendem indicando a necessidade de voltar para a linha.

Dirigir para: a medida que o pulverizador se afasta da linha de referência para um lado, os LEDs do mesmo lado acendem, indicando o quanto a máquina está se afastando da linha.

6  
6
6
 

Ao selecionar o item 3 da figura 10, a modificação da opção pode ser feita setas através das setas da opção 6. 2 Opções podem ser selecionadas, e estão exibidas abaixo da figura 13

A

flecha verde memoriza a opção

 

escolhida. O X vermelho sai da opção

FIG. 14

selecionada

Na Console: barra de luz montada junto ao terminal

Remoto: barra de luz montada separada do terminal, em outro ponto da máquina

Sem Barra de Luzes: quando não houver barra de luzes instalada

Ao clicar na opção b7 da figura 4, o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b7 da figura 4, o operador tem acesso à tela de
Ao clicar na opção b7 da figura 4, o
operador tem acesso à tela de
configuração. As opções de trabalho
estão exibidas abaixo da figura 14
1. Configuração do acionamento
manual ou chaveado
FIG. 15
Após todos os itens configurados, a
flecha verde com uma seta branca
(item 2) sai da tela de configuração do
tanque e retorna para a tela da figura 4
 Manual: marcador de cobertura é ligado e desligado
manualmente pelo operador, na tela de operação
 Chaveado: marcador de cobertura é ligado e desligado
automaticamente, quando a pulverização está ocorrendo, ou
não
FIG. 16 Ao clicar na opção c da figura 4, o operador tem acesso à
FIG. 16 Ao clicar na opção c da figura 4, o operador tem acesso à

FIG. 16

Ao clicar na opção c da figura 4, o operador tem acesso à tela de configuração. Uma série de informações do GPS são exibidas na tela central.

Os itens de configuração são:

c1. Configuração da porta serial e taxa de transmissão c2. Informações do GPS c3. Configuração do receptor GPS c4. Configuração do sistema de correção

receptor GPS c4. Configuração do sistema de correção FIG. 17 Ao selecionar o item c1 da
receptor GPS c4. Configuração do sistema de correção FIG. 17 Ao selecionar o item c1 da

FIG. 17

Ao selecionar o item c1 da figura 15, apresenta-se a tela com as seguintes opções:

1. Configuração da taxa de transmissão:

Antena AGE-1 (barra de luzes):

selecione 19200

Antena AGI-3 (piloto automático): selecione 115200

A seleção da opção deve ser feita setas através das setas da opção 2

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca (item 4) memoriza a opção selecionada e retorna para a tela anterior

Ao selecionar o item c2 da figura 15, apresentam-se as informações do GPS:

Ao selecionar o item c2 da figura 15, apresentam-se as informações do GPS:

 

Número de satélites detectados

Freqüência de correção

Sinal HDOP – quanto menor o número, maior a precisão da leitura da antena – este sinal deve estar abaixo de 2 para que o GPS esteja funcional

Após todos os itens configurados, a flecha verde com uma seta branca memoriza a opção selecionada e retorna para a tela da figura 15

FIG. 18

Ao selecionar o item c3 da figura 15, apresentam-se as opções de receptores GPS (antenas):

Ao selecionar o item c3 da figura 15, apresentam-se as opções de receptores GPS (antenas):

 

AGE-1: para sistema de barra de luz

AGI-3: para sistemas de piloto automático

A

seleção da opção deve ser feita setas

através das setas da opção 1

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida e volta para a tela da figura

 

15.

O X vermelho cancela e volta para

FIG. 19

a

tela da figura 15

6 Ao selecionar o item c4 da figura 15, apresentam-se a lista de possíveis correções
6
6

Ao selecionar o item c4 da figura 15, apresentam-se a lista de possíveis correções de sinal. Estas correções são contratadas pelo proprietário da máquina. Selecione a correção utilizada em sua área.

A

seleção da opção deve ser feita setas

através das setas da opção 6

A

flecha verde memoriza a opção

escolhida e volta para a tela da figura

15.

O X vermelho cancela e volta para

 

a

tela da figura 15

FIG. 20

1 Para entrar no acesso ao Modo de Abertura de Trabalhos , selecione a opção
1 Para entrar no acesso ao Modo de Abertura de Trabalhos , selecione a opção
1
1

Para entrar no acesso ao Modo de Abertura de Trabalhos, selecione a opção 1

FIG. 21

2 Neste modo, as opções disponíveis são:
2
2

Neste modo, as opções disponíveis são:

3
3

2. Criar relatório de cobertura

(exportação para pendrive)

3. Selecionar Trabalho

4
4

4. Apagar informações de

trabalho

5. Selecionar bordadura

5
5

6. Informações e adição de notas

6
6

FIG. 22

2 Ao selecionar a opção número 3, apresenta-se as seguintes opções: 6 2. Adicionar trabalho
2
Ao selecionar a opção número 3,
apresenta-se as seguintes opções:
6
2. Adicionar trabalho
3
3. Editar trabalho (não ativo)
4. Excluir trabalho
5. Importar trabalho
4
6. Setas de navegaçã opara
seleção dos itens
7
5
A opção número 8 memoriza as opções
escolhidas e volta para a tela exibida na
8
FIG. 23
figura 21. A opção número 7 retorna
para a tela exibida na figura 3, sem
salvar alterações.
1 Para entrar no acesso ao Modo de Seleção de Bordaduras , selecione a opção
1
1
1

Para entrar no acesso ao Modo de Seleção de Bordaduras, selecione a opção 1

FIG. 24

2 3 4 5 6
2
3
4
5
6
9
9
10
10
7
7
8
8

Ao selecionar a opção número 3, apresenta-se as seguintes opções:

2.

3.

4.

5.

6.

9.

10.

Adicionar bordadura

Editar bordadura (não ativa)

Excluir bordadura

Importar bordadura

Posicionamento da linha de referência

Setas de navegaçã opara seleção dos itens

A

opção número 8 memoriza as

opções escolhidas e volta para a tela exibida na figura 23. A opção número

FIG. 25

7 retorna para a tela exibida na figura

3,

sem salvar alterações.

FIG. 26 Utilize a opção número 7 para ir para a tela de operação do

FIG. 26

Utilize a opção número 7 para ir para a tela de operação do piloto automático

Ao selecionar uma bordadura, ela irá ser exibida, vinculada a um trabalho previamente selecionado. Quando um trabalho é aberto, a

é

divisa

automaticamente carregada. É necessário verificar se o trabalho será realizado nesta divisa, ou se deve ser criada ou carregada

outra divisa.

divisa, ou se deve ser criada ou carregada outra divisa. anterior 8 FIG. 27 Caso a

anterior

8
8

FIG. 27

Caso a bordadura selecionada seja uma nova, criada pelo operador, este deverá definir a nova área. Para isto, a opção de número marca o ponto de início da área a ser definida.

A medida que o veículo se desloca, a linha da bordadura começa a aparecer na tela.

11
11

FIG. 28

Durante a gravação da bordadura, quando a máquina estiver chegando próximo ao ponto de partida, o desenho da opção 8 da figura 26 muda, ficando conforme o item 11 da figura ao lado.

Ao clicar na opção 11, o terminal fecha a área automaticamente.

12
12
12 FIG. 29 Após fechar a bordadura, o desenho da opção 12 aparece no lugar do

FIG. 29

Após fechar a bordadura, o desenho da opção 12

aparece no lugar do desenho da opção 11 da figura

27.

Clique no item 12 para salvar e memorizar a bordadura criada.

Ao salvar a bordadura, o sistema perguntará ao operador se este deseja criar nova bordadura ou não. Selecione a opção desejada. Se uma nova bordadura for criada, repita o procedimento. Se não, selecione um trabalho e comece a operação.

Se não, selecione um trabalho e comece a operação. FIG. 30 O sistema de piloto automático

FIG. 30

não, selecione um trabalho e comece a operação. FIG. 30 O sistema de piloto automático permite

O sistema de piloto automático permite que o operador mude a posição de referência da máquina, na hora de marcar o contorno da bordadura. Através do item 1, o operador pode determinar uma distância do centro da máquina para tomar como referência.

Esta distância é informada em metros. Números negativos deslocam a linha para o lado esquerdo da máquina,

números positivos (sem sinal) deslocam a linha para o lado direito da máquina. FIG. 31
números positivos (sem sinal) deslocam a linha para o lado direito da máquina.
FIG. 31
Esta distância é informada em metros. Números negativos deslocam a linha para o lado esquerdo da máquina,
números positivos (sem sinal) deslocam a linha para o lado direito da máquina.
1 6 2 3 7 8 4 9 5 10 FIG. 32 1. Acesso ao
1 6 2 3 7 8 4 9 5 10 FIG. 32 1. Acesso ao
1 6 2 3 7 8 4 9 5 10
1
6
2
3
7
8
4
9
5
10

FIG. 32

1. Acesso ao menu principal (fig. 2)

2. Acesso às funções de pulverização

3. Criação e gravação de bordaduras

4. Criação de linhas para o piloto automático

5. Marcação dos pontos A e B das linhas

6. Zoom

7. Modo de visualização

8. Indicação da master de pulverização ligada (símbolo verde) ou desligada (símbolo vermelho)

9. Acionamento e desligamento do piloto automático

10. Painel de visualização da pulverização

Ao selecionar o item 4 da figura 31, apresentam-se as opções linhas A A. Linhas
Ao selecionar o item 4 da figura 31,
apresentam-se as opções linhas
A
A. Linhas AB
B
B. Curvas idênticas (esta opção
só está disponível para o
System 150 – piloto
automático)
C. Curvas adaptativas
C
D. Pivô
A
flecha verde memoriza a opção
D
escolhida e abre a tela para nomear e
salvar a nova curva. O X vermelho
cancela e volta para a tela da figura 31
FIG. 33
Após a seleção do tipo de curva,
2
6
apresenta-se a tela ao lado, com as
seguintes opções:
3
2. Adicionar linha
3. Editar linha (não ativa)
4
4. Excluir linha
5. Importar linha
7
5
6. Setas de navegação para
seleção dos itens
8
A
opção número 8 memoriza as
FIG. 34
opções escolhidas e volta para a tela
exibida na figura 31. A opção número
7 retorna para a tela exibida na figura
31, sem salvar alterações.
9 Para começar a gravação da linha, clique na opção 9 da figura ao lado,
9
Para começar a gravação da linha,
clique na opção 9 da figura ao lado,
para marcar o ponto de partida da
curva (ponto A). Após determinar o
ponto A desloque a máquina até
definir totalmente o desenho da curva,
clique novamente no item 9 para
determinar o último ponto da linha
(ponto B).
Note que ao determinar o ponto A, a
figura muda o desenho da letra “A”
para letra “B”, aguardando a definição
do último ponto da linha.
FIG. 35

PROCEDIMENTO DE TRABALHO – TOPCON GX-45

SISTEMA DE PULVERIZAÇÃO

Início de Operação

1. Criação (abertura) de trabalho: abra um trabalho para começar a operação. Não será possível iniciar um trabalho, caso o sistema de pulverização não capte sinal GPS. Ao abrir um novo trabalho, o controle da pulverização automaticamente fica ajustado para modo manual. Altere este controle da pulverização para o modo automático, na tela de trabalho de pulverização.

2. Criação de bordadura (divisa): para cada trabalho, pode-se carregar uma bordadura existente ou criar uma nova. Para o trabalho criado anteriormente, crie uma nova bordadura.

3. Criação de linha: para cada trabalho, pode-se carregar uma linha existente ou criar uma nova. Para o trabalho criado anteriormente, crie uma nova linha (AB, ou idênticas ou pivô).

4. Após a abertura do novo trabalho, criação da nova bordadura e da nova linha inicie o trabalho e observe o corte de seção, quando a barra passa por cima de uma área já pulverizada, ou o desligamento das seções quando a máquina sai do limite da bordadura carregada no trabalho aberto.

Material elaborado por: AGCO Service
Material elaborado por: AGCO Service

Material elaborado por: AGCO Service

Para entrar no acesso ao Modo de Piloto Automático, selecione a opção 1 FIG. 1
Para entrar no acesso ao Modo de
Piloto Automático, selecione a opção
1
FIG. 1
2
3
Neste modo, as opções disponíveis são:
2.
GPS
4
3.
Piloto Automático
4.
Controle Automático de
Seção
5
6.
Pulverização
7.
Sem Função
8.
Sem Função
Os itens número 5 representam as setas
de navegação das telas
6
Para habilitar a opção Piloto
9
7
Automático, indicado pelo número 3,
utiliza a opção 9 para habilitar (cor
verde) ou desabilitar (cor vermelha)
8
5
FIG. 2
FIG. 3

FIG. 3

10
10

Para entrar no acesso das

Configurações, selecione a opção de número 10 após habilitar a função

 
Após selecionar o ícone da figura 3, insira a senha de acesso às configurações e

Após selecionar o ícone da figura 3, insira a senha de acesso às configurações e confirme clicando no ícone número 1 da figura ao lado

FIG. 4

1 4 2 5 6 3 7 8 1 . Criar perfil de piloto automático
1 4 2 5 6 3 7 8
1
4
2
5
6
3
7
8

1. Criar perfil de piloto automático

2. Configuração da agressividade do piloto automático

3. Configuração do ângulo máximo de esterçamento

4. Calibração do sensor de ângulo de roda

5. Calibração da bússola da antena

6. Calibração do desvio de montagem da antena

7. Testes de validação

8. Sair da tela de calibração

Fig. 5

FIG. 6 Para entrar no acesso ao Perfil de Piloto Automático , selecione a opção
FIG. 6 Para entrar no acesso ao Perfil de Piloto Automático , selecione a opção
FIG. 6 Para entrar no acesso ao Perfil de Piloto Automático , selecione a opção
FIG. 6 Para entrar no acesso ao Perfil de Piloto Automático , selecione a opção
FIG. 6

FIG. 6

Para entrar no acesso ao Perfil de

Piloto Automático, selecione a opção

1

Neste modo, pode-se criar um perfil de piloto automático, que grava as configurações e parâmetros

Neste modo, pode-se criar um perfil de piloto automático, que grava as configurações e parâmetros de calibração

Pode-se também selecionar um perfil já existente através das flechas 2 que permitem a navegação na lista.

Para confirmar a seleção do Perfil de Piloto Automático, utilize a opção 3 (cor verde) ou cancelar no X (cor vermelha)

FIG. 7

FIG. 6 Para entrar no acesso ao Menu de Configuração da Agressividade , selecione a
FIG. 6 Para entrar no acesso ao Menu de Configuração da Agressividade , selecione a
FIG. 6 Para entrar no acesso ao Menu de Configuração da Agressividade , selecione a

FIG. 6

Para entrar no acesso ao Menu de Configuração da Agressividade, selecione a opção 1

2
2

Nesta configuração, é possível fazer os seguintes ajustes de agressividade:

1. Agressividade na Linha: ajusta a velocidade e precisão que o piloto automático irá utilizar para manter-se na linha do piloto automático, depois de já te-la encontrado. O ajuste mais apropriado é aquele que mantém o pulverizador na linha, sem haver muita oscilação das rodas.

2. Agressividade na aproximação: ajusta a velocidade com que o pulverizador tentará entrar na linha do piloto automático. Quanto maior o número, mais agressivos serão os movimentos no momento em que a máquina tenta se estabilizar nesta linha.

FIG. 7

Pode-se aumentar os números através das flechas 2 . Para confirmar a seleção do Perfil
Pode-se aumentar os números através
das flechas 2 .
Para confirmar a seleção do Perfil de
Piloto Automático, utilize as opções 3
– confirmar no V (cor verde) ou
cancelar no X (cor vermelha)
FIG. 8
FIG. 9 Para entrar no acesso ao Menu de Configuração do Ângulo Máximo de Esterçamento
FIG. 9 Para entrar no acesso ao Menu de Configuração do Ângulo Máximo de Esterçamento

FIG. 9

Para entrar no acesso ao Menu de Configuração do Ângulo Máximo de Esterçamento, selecione a opção 1

do Ângulo Máximo de Esterçamento , selecione a opção 1 FIG. 10 Informe esterçamento numérico. o

FIG. 10

Informe

esterçamento

numérico.

o

ângulo

através

máximo

do

de

teclado

Para confirmar a seleção do Perfil de Piloto Automático, utilize as opções 3 – confirmar no V (cor verde) ou cancelar no X (cor vermelha)

Para entrar no acesso ao Menu de Calibração do Sensor de Ângulo de Roda, selecione
Para entrar no acesso ao Menu de Calibração do Sensor de Ângulo de Roda, selecione
Para entrar no acesso ao Menu de
Calibração do Sensor de Ângulo de
Roda, selecione a opção 1
Será exibido um passo a passo na tela,
que deve ser executado para
conclusão da calibração
FIG. 11
deve ser executado para conclusão da calibração FIG. 11 Para entrar no acesso ao Menu de
deve ser executado para conclusão da calibração FIG. 11 Para entrar no acesso ao Menu de
Para entrar no acesso ao Menu de Calibração da Bússola, selecione a opção 1 Será
Para entrar no acesso ao Menu de
Calibração da Bússola, selecione a
opção 1
Será exibido um passo a passo na tela,
que deve ser executado para
conclusão da calibração
FIG. 12
Para entrar no acesso ao Menu de Calibração do Desvio de Montagem da Antena, selecione
Para entrar no acesso ao Menu de Calibração do Desvio de Montagem da Antena, selecione
Para entrar no acesso ao Menu de
Calibração do Desvio de Montagem
da Antena, selecione a opção 1
Será exibido um passo a passo na
tela, que deve ser executado para
conclusão da calibração.
Nesta calibração, o controlador do
piloto automático solicitará a
marcação do ponto A de uma linha,
marcará automaticamente o ponto B,
e solicitará ao operador que desloque
a máquina na linha com o piloto
automático ligado.
FIG. 13
Deve ser observado nesta calibração,
que a velocidade de deslocamento da
máquina não deve exceder 2,5 km/h