Você está na página 1de 2

Pesquisa descritiva, exploratória e explicativa

https://www.diferenca.com/pesquisa-descritiva-exploratoria-e-explicativa/

Por Thaís Stein

Qual a diferença entre pesquisa descritiva, exploratória e explicativa?


A principal diferença entre esses tipos de pesquisa se dá no objetivo final de cada uma delas.
Na pesquisa exploratória o objetivo é conhecer melhor um determinado tema, na pesquisa
descritiva se busca um aprofundamento no tema, enquanto a explicativa procura conectar as
ideias para compreender causas e efeitos.
Pesquisa exploratória Pesquisa descritiva Pesquisa explicativa
A pesquisa exploratória
procura explorar um A pesquisa explicativa é uma
problema para fornecer A pesquisa descritiva visa tentativa de conectar as
informações para uma descrever algo. Para isso, fazem ideias para compreender as
investigação mais precisa. uma análise minuciosa e causas e efeitos de
Definição
Elas visam uma maior descritiva do objeto de estudo. determinado fenômeno.
aproximação com o tema, Essa pesquisa não pode ter É onde pesquisadores tentam
que pode ser construído com interferência do pesquisador. explicar o que está
base em hipóteses ou acontecendo.
intuições.
Descoberta de ideias e Descrever características e Compreender causas e
Objetivo
pensamentos. funções. efeitos.
Processo Não-estruturado Estruturado Estruturado
Dados Qualitativo Quantitativo Quantitativo
Pesquisas bibliográficas e Investe-se na coleta e no
Coleta de estudos de caso são muito levantamento de dados Calcada em métodos
dados utilizados nas pesquisas qualitativos, mas, principalmente, experimentais.
exploratórias. quantitativos.

Pesquisa exploratória
Como o nome indica, o principal objetivo da pesquisa exploratória é explorar um problema para
fornecer informações para uma investigação mais precisa. Ela se concentra na descoberta de
ideias e pensamentos.
Costuma ser a pesquisa inicial em uma ideia hipotética ou teórica. É aqui que um pesquisador tem
uma ideia ou observou algo e procura entender mais sobre isso.
A pesquisa exploratória é uma tentativa de estabelecer as bases que levarão a estudos futuros, ou
determinar se o que está sendo observado pode ser explicado por uma teoria atualmente
existente.
Na maioria das vezes, pesquisas exploratórias constituem a base inicial para futuras pesquisas.
Pesquisas exploratórias podem surgir em duas grandes formas: um novo tópico ou um novo
ângulo.
Um novo tópico é uma nova ideia ou teoria a ser explorada, já os novos ângulos podem vir de
novas formas de olhar para as coisas, seja por uma perspectiva teórica ou uma nova maneira de
medir dados.
Nesse tipo de pesquisa, a informação necessária é vagamente definida e o processo de pesquisa é
flexível e desestruturado.
Pesquisa descritiva
Uma vez estabelecida a base, o campo recém-explorado precisa de mais informações. O próximo
passo é a pesquisa descritiva, definida como tentativas de explorar e explicar ao fornecer
informações adicionais sobre um assunto.
É aí que a pesquisa tenta descrever o que está acontecendo com mais detalhes, preenchendo as
partes em falta e expandindo nossa compreensão.
A principal ideia por trás do uso desse tipo de pesquisa é definir melhor uma opinião, atitude ou
comportamento de um grupo de pessoas em determinado assunto.
Nela se coleta o máximo de informação for possível, em vez de fazer suposições ou modelos
elaborados para prever o futuro.
Ao contrário da pesquisa exploratória, a pesquisa descritiva é pré-planejada e estruturada para
que a informação coletada possa ser estatisticamente inferida em uma população.
Pesquisa Explicativa
Começamos a explorar algo novo com pesquisas exploratórias. Em seguida, realizamos pesquisas
descritivas para aumentar seu conhecimento no assunto. Depois é necessário explicar.
A pesquisa explicativa é uma tentativa de conectar as ideias para compreender as causas e efeitos
de determinado fenômeno. É onde pesquisadores tentam explicar o que está acontecendo.
Isso se opõe ao estilo observacional da pesquisa descritiva, porque tenta decifrar se uma relação é
causal através da experimentação.
A pesquisa exploratória analisa a forma como as coisas se juntam e interagem. Ela não ocorre até
que haja entendimento suficiente para começar a prever o que virá em seguida com certa
precisão.
No final, esse tipo de pesquisa tem dois objetivos: Entender quais variáveis são a causa e quais
variáveis são o efeito, e determinar a natureza da relação entre as variáveis e o efeito previsto.
Assim como a pesquisa descritiva, a pesquisa exploratória é de natureza quantitativa, bem como
pré-planejada e estruturada. Por esse motivo, também é considerada uma pesquisa conclusiva.