Você está na página 1de 4

Paternidade

Deus é nosso Pai antes de qualquer outra coisa. Temos que deixar que essa informação se
torne revelação na nossa vida, pois quando a paternidade é real em nós, passamos a nos ver e agir de
forma diferente.
Quando não conhecemos Deus como nosso Pai, temos deformações no nosso caráter, emoções
e uma vida incompleta.

Algumas facetas da Paternidade de Deus:

1. Deus o primeiro Pai de família do universo.


Deus cria Adão e Eva como sua família, para relacionamento. Algumas características de Deus
como nosso Pai:

- Pai Criador (1 Coríntios 8:6/Gênesis 1:7).


Deus criou todo o universo e nos criou, não só apenas nosso corpo físico, mas nossa alma e
espírito, todos somos únicos feitos por Ele e para Ele!

- Pai Afirmador (Salmo 139: 13-17).


Davi escreve de um ponto de vista de um homem que é afirmado por Deus

- Pai Provedor (Lucas 11/Mateus 6:25-33).


Nos dá segurança e supre nossas necessidades, mas isso não significa que não precisamos
fazer a nossa parte. Deus é um bom Pai e quer nos dar o melhor!
Também é um Pai que nos prove amor (Isaías 43: 1-5) e está conosco em todos os momentos.

2. Pai Amoroso que corrige (Provérbios 3:11-12/Hebreus 12:7-8/Jó 5: 17-18).


Corrigir é um ato de amor, quando somos corrigidos, somos trazidos ao nosso plano original,
Deus corrige quem se relaciona com Ele, pois quando nos relacionamos, sabemos que a correção vem
por amor.
Se rejeitamos a correção de Deus, nos tornamos filhos ilegítimos, mas quando obedecemos,
construímos uma ponte de relacionamento com Ele.

3. Pai Pródigo: (Lucas 15:11-24).


Aqui vemos uma quebra de paradigmas, onde um Pai deixa sua posição para correr até o filho
que volta para casa, naquela época um homem jamais corria na direção de alguém porque era
humilhante, mas naquele momento o Pai não se importou.
Deus fez isso por nós, Ele deixou seu trono para morrer por nós aqui na terra, para nos alcançar
como filhos.

4. Deus o Pai que quer uma família e não um exército (Efésios 4:2-6).
Temos que nos ver como família de Deus e não como exército, Deus está preocupado com
quem nós somos e não com o que podemos fazer.

Avivamento acontece em um ambiente de família (Salmos 127: 3-4)


Precisamos enxergar as pessoas que cuidamos como filhos. Precisamos liderar com o coração,
pois dessa forma criamos plataformas para que eles sejam quem eles são e para irem além do que nós
fomos.

1. Revisão
1. Qual é a importância de termos a revelação da Paternidade de Deus nas nossas vidas?

2. Quais as principais revelações que essa aula te trouxe?

2. Reflexão

1. Analisando sua vida, você tem de fato a revelação da paternidade de Deus?

2. Quais das diferentes facetas da paternidade de Deus você mais precisa ter revelação na sua
vida?

3. Quais deformações no seu caráter e emoções você nota por falta da revelação da paternidade
de Deus na sua vida?

4. Como você age diante das correções? Porquê?


3. Aplicação Prática
1. Quais são os passos práticos que você pode fazer hoje para mudar a forma que você enxerga e
ser ver mais como filho de Deus?

2. Quais passos práticos você consegue tomar para ter a revelação de diferentes facetas de Deus?

3. No seu tempo de oração, peça para Deus revelar uma nova faceta da paternidade dEle para
você, como foi sua experiência?

4. Criando a Cultura
1. Como você pode criar um estilo de vida de se ver como filho todos os dias?

2. Como você pode criar um ambiente onde as pessoas passarão a se enxergar mais como filhos?