Você está na página 1de 1

1

Curso: FARMÁCIA AULA


Disciplina: CQPFC (C.Q. microbiológico) 1
Instituto de Titulo da Aula: Determinação do número de
Ciências da microrganismos em amostras de produtos não estéreis 27/05/11
Saúde (xarope de iodeto de potássio) utilizando método de
semeadura em profundidade ou “Pour Plate”.
OBJETIVO: ensinar ao aluno como executar uma das técnicas convencionais de
teste de limites microbianos (TLM) mais utilizadas em laboratórios de Controle
de Qualidade Microbiológico de produtos farmacêuticos não estéreis, cosméticos
e matérias primas relacionadas.
PROCEDIMENTO:
A) Preparação da amostra e diluições seriadas decimais:
1. Transferir 10mL da amostra para balão contendo 90mL de SF (dil. 10-1).
2. Homogeneizar e fazer mais duas diluições decimais subsequentes, pipetando
10mL para 90 ml de solução fisiológica contida em erleymeyers de 250mL
(dil.10-2 e dil. 10-3) .
OBS: todas as 3 diluições já contem substância inativante do conservante
presente no produto testado (sob concentração previamente validada)
B) Semeadura em profundidade:
1. Transferir 3 alíquotas de 1 mL de cada diluição preparada anteriormente (10-1,
10-2 e 10-3) para 3 placas de petri de 100 x 30mm.
2. Adicionar cerca de 15 mL de meio ágar caseína soja (TSA) fundido (T°C de ≅
45°C) e homogeneizar DELICADAMENTE em movimentos circulares.
3. Aguardar a solidificação do meio de cultura e adicionar cerca de 5mL para
formar camada extra de meio de cultura (overlay).
4. Aguardar solidificação e incubar (na posição invertida) em estufa a 35 ± 2°C
por 24 a 48 horas.
5. Após esse período, retirar as placas da estufa .
6. Utilizando o contador de colônias, contar o número de colônias desenvolvidas.
7. Calcular o número de microrganismos presentes na amostra analisada
utilizando diluição adequada (conforme explanado em aula teórica).
Reportar o resultado em no de UFC/mL de amostra.
8. DESCARTE
Caso seja necessário o descarte de alguma das substâncias utilizadas na aula,
recolher em frascos coletivos, separadamente, com rótulos em que constem o
nome de cada uma, para que os responsáveis pelo laboratório providenciem
encaminhamento adequado (não devem ser jogados na pia ou lixo). Materiais
contaminados devem ser descontaminados antes de proceder ao seu
encaminhamento e descarte adequados.

Roteiro de Aula Prática Controle Microbiológico 2011 UNIP

Interesses relacionados