Você está na página 1de 2

Azevedo Advocacia e Consultoria

Jurídica

EXCELENTÍSSIMA SENHORA JUIZA DE DIREITO DA 2ª VARA CRIMINAL


DA COMARCA DE NOSSA SENHORA DO SOCORRO/SE.

FÁBIO DOS SANTOS, brasileiro, maior e capaz, solteiro,


carroceiro, popularmente conhecido como “Bujão”, portador do RG nº.
1.258.278 SSP/SE e do CPF nº. 444.555.666.-77, filho de Antônio Rodrigues
dos Santos e Rivanda dos Santos, residente e domiciliado no Povoado Volta da
Pedra, Taiçoca de Fora, CEP nº. 49160-000, Nossa Senhora do Socorro/SE,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, por conduto do
seu advogado que esta subscreve – procuração em anexo – com endereço
profissional, onde recebe citações/intimações, situado na Rua Dom Bosco, nº
383, Bairro Cirurgia, CEP nº. 49055-230, Aracaju/SE, requerer:

RELAXAMENTO DE PRISÃO
com fulcro no artigo 5º, inciso LXV da Constituição Federal, pelos fatos que
passa a expor:

1) O requerente encontra-se preso em flagrante delito desde a


data de 20 de abril de 2005, acusado de ter cometido o delito descrito no artigo
155, caput c/c artigo 14, inciso II do Código Penal;

2) O requerente encontra-se custodiado na 5ª Delegacia


Metropolitana da Capital, há mais de 3 (três) anos.

3) Que a prisão é ilegal, posto que não fora enviado comunicação


à Defensoria Pública, conforme se depreende nos autos. Documento este
imprescindível para a formalização do auto de prisão em flagrante, deixando a
mesma viciada, porque constitui uma ilegalidade, vez que a Constituição
Federal determina que a prisão ilegal deve ser imediatamente relaxada.

1
Azevedo Advocacia e Consultoria
Jurídica

4) O requerente, conforme se constata nos autos do processo em


epígrafe, tem bons antecedentes e é primário. Ademais, possui residência fixa.

5) Outrossim, não subsistem os motivos autorizadores da prisão


preventiva previstos no artigo 312 do Código de Processo Penal.

Ex positis, a Defesa requer o relaxamento da prisão de FÁBIO


DOS SANTOS, com a expedição do Alvará de soltura, por ser medida de
inteira justiça.

Termos em que,
Aguarda deferimento.

Nossa Senhora do Socorro/SE, 14 de novembro de 2008.

Bel. ALEXSANDRO AZEVEDO GUIMARÃES


OAB/SE 000.00