Você está na página 1de 14

VIGÊNCIA, EFICÁCIA E

APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA
2. Conceito: insere-se no plano dos
atos jurídicos como a existência e a
validade da lei, decorrentes de
legítima produção formal e
material.
3. É aquela que é suscetível de
aplicação, desde que se façam
presentes os fatos que
correspondam à sua hipótese de
incidência. (Luciano Amaro).
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA NO TEMPO
2. 45 dias após a publicação – art. 1º
LICC
3. Ninguém pode se escusar de cumprir
a lei alegando o seu
desconhecimento – art. 3º LICC
4. A própria lei pode trazer no seu texto
a data do inicio de sua vigência

GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VACATIO LEGIS – espaço entre a
publicação da lei e sua vigência – a
lei existe, tem validade, mas não
pode produzir efeitos.
 A maior parte das leis tributárias têm
coincidentes a data da publicação e
a da vigência.

GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA NO TEMPO
2. Pode ser estabelecido prazo
determinado: CPMF
3. A Lei posterior revoga a anterior se
for incompatível, se declarar
expressamente ou se regular
inteiramente a matéria.
4. Não há efeito repristinatório
5. Vacatio legis
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 EIFICÁCIA – dependerá de
normatização especifica – principio
da anterioridade.
 Exemplo:

Lei Y aumenta o ISS em 15 de abril de


2009.
- publicação: 15.04.09
- Vigência: 15.04.09
- Eficácia: 01.01.2010
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA NO TEMPO
2. Art. 103 do CTN – salvo disposição
em contrário, entram em vigor:
I – os atos administrativos – na data de
sua publicação
II – as decisões – 30 dias após a
publicação
III – os convênios – na data nele
prevista
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA NO ESPAÇO: Princípio da
Territorialidade
2. Só deve vigorar no respectivo
território
3. Deve ser levado em consideração o
local onde se verifica a ocorrência
do fato gerador

GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 Princípio da Extraterritorialidade
2. Elementos de conexão nos Impostos
sobre o rendimento e o capital: o da
fonte – prevalece o país onde se obtém
os rendimentos; e o da residência – onde
reside o titular
3. Esta situação é geradora de conflitos: é
necessário a celebração de acordos
internacionais para evitar dupla
tributação
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 Art. 102. A legislação tributária dos
Estados, do Distrito Federal e dos
Municipios vigora, no país, fora dos
respectivos territórios, nos limites
em que lhe reconheçam
extraterritorialidade os convênios de
que participem ou de que disponham
esta ou outras leis de normas gerais
expedidas pela União.
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 VIGÊNCIA NO ESPAÇO
IR: prevalece o principio da fonte e da
universalidade – art. 153, § 2º - aplica-se
a legislação do país onde se obtém a
renda produzida - excepciona o principio
da territorialidade
ICMS: é devidos nas operações que se
iniciem no exterior ou serviços prestados
no exterior: art. 155, II e § 2º,IX, a
ISS: Art. 3º da Lei 116\03

GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
2. O fato gerador só passa a ter
nascimento e permitindo a sua
exigibilidade: se a lei contiver todos
os seus elementos
3. Aplicação da lei no espaço e no
tempo
4. Implica concretizar o desiderato
normativo, resultante da vontade
do legislador
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 Vigência – validade formal das
normas jurídicas
 Aplicação – uso efetivo das normas
juridicas
 Principio da irretroatividade: uma lei
só se aplica aos fatos que ocorrerão
após sua vigência, exceto as leis de
efeito retroativo – lei que veicula
multa mais benefica.
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 FATOS FUTUROS E PENDENTES
2. Fatos geradores instantâneo: ocorre
em determinado momento e nasce
a obrigação em cada oportunidade
em que verificadoss os fatos
3. Fatos geradores períodicos:
situaçoes que se protraem no
tempo e se completa em um
determinado período.
GEILSA A ALMEIDA
VIGÊNCIA, EFICÁCIA E
APLICAÇÃO DA LEGISLAÇÃO
TRIBUTÁRIA
 Fatos geradores pendentes – art. 105 –
fatos que se iniciam na vigência de uma
legislação e se completam na vigência de
outra.
 Retroatividade da lei tributária:
- Leis interpretativas
- Lei mais benéfica
- Legislação que institua novos critérios de
apuração ou processos de fiscalização,
que amplie poderes de investigação das
autoridades administrativas
- Que outorgue ao crédito privilégios ou
garantias
GEILSA A ALMEIDA