Você está na página 1de 7

Lírica camoniana

Contextualização
Lírica camoniana: contextualização

O século XVI, período em a lírica de


Camões foi produzida, foi uma época
em que ocorreu uma grande viragem
no pensamento humano. Essa mudança
é caracterizada por três conceitos que
devem ser tidos em conta sempre que
se estuda qualquer tema cultural desse
século e que se encontram
intimamente ligados: o Renascimento, Luís de Camões

o Humanismo e o Classicismo.
Lírica camoniana: contextualização

Renascimento
 O Renascimento foi um movimento que surgiu o século XIV, na Itália, e que
se estendeu por toda a Europa, até ao século XVI, marcando a transição da
Idade Média para a Idade Moderna.

 Foi uma época de renovação científica, literária e artística, fundada no


desejo de fazer «renascer» a Antiguidade Clássica, retomando os seus
valores e seguindo os seus modelos.

 Trata-se de uma época em que o homem manifesta interesse pelo estudo


científico do mundo, com base na razão e na experiência, à semelhança do
que faziam os Antigos.
Lírica camoniana: contextualização

Renascimento

 Em Portugal, a grande contribuição


para o Renascimento foram os
Descobrimentos, que permitiram o
contacto com novos lugares e novas
culturas, suscitando o interesse pela
busca do conhecimento através da
Padrão dos Descobrimentos (pormenor)
observação e da experiência, em Lisboa

detrimento do saber adquirido nos


livros.
Lírica camoniana: contextualização

Renasciment
o
 Nesta época, o lugar de Deus na
conceção do mundo sofre alterações.
 Passa-se da mentalidade teocêntrica
(em vigor na Idade Média), segundo a
qual Deus é o centro do universo, para
uma mentalidade antropocêntrica, isto
é, que coloca o Homem no centro das
preocupações.
 Renasce, assim, a confiança nas
capacidades e no valor Homem. O Homem Vitruviano, de Leonardo Da Vinci
(1492)
Lírica camoniana: contextualização

Humanismo
 Ligado ao Renascimento, e uma das suas causas, o Humanismo é um
movimento que se caracteriza pela redescoberta e renovação do
culto das línguas, das literaturas e do pensamento da Antiguidade
Clássica.
 Para os humanistas do Renascimento, o Homem é o responsável
pelas suas ações, bem como pela criação e desenvolvimento dos
valores morais. Trata-se, portanto, de uma doutrina centrada nos
princípios e nos interesses do ser humano, sobrepondo-os aos
valores religiosos ou transcendentais.
Lírica camoniana: contextualização

Classicismo
Movimento cultural que abrangeu os séculos XVI, XVII e XVIII
(períodos do Renascimento, do Barroco e do Neoclassicismo).

Baseia-se na imitação dos clássicos, ainda que esse entusiasmo


pela cultura greco-latina seja condicionado pela mentalidade e estilo de
vida próprios de cada século.

Caraterísticas do Classicismo:

•o predomínio da razão sobre o sentimento;


•o antropocentrismo;
•o cultivo da cultura greco-romana;
•a busca da perfeição formal;
•a influência do pensamento humanista.