Você está na página 1de 2

Introdução

A gestão escolar democrática é um ponto chave para o


desenvolvimento de um sistema educacional que eleve a educação a um nível
significativo da formação humana no sentido de indivíduos cidadãos com uma
sensibilidade de inclusão e avanço em fatores de uma sociedade mais reflexiva
sobre a importância do conhecimento para promover o bem comum.

Considerando a importância desse debate para a melhoria da


qualidade do ensino voltada a uma nova cultura organizacional, onde em
conjunto podemos lidar com os problemas do dia a dia da escola, vemos como
fundamental uma gestão educacional democrática, que valoriza a participação
de todos.

Desenvolvimento

É importante verificar todo o período até chegarmos na conclusão que


é possível e melhor uma gestão democrática, participativa que uma gestão
centralizadora autoritária que enfatiza um retrocesso em valores mais humanos
e não olhando para os alunos como mão de obra para mercado ou mera
mercadoria, mas como pessoas, sujeitos históricos que estão construindo a
sociedade em conjunto com o meio que os cercas.

As escolas precisam possibilitar uma cultura que favoreça uma


abertura para a realização de experiências inovadoras, ousadas, desafiadoras
com um cuidado voltado para a pessoa como cidadão que vai construir um
mundo melhor e para isso a contribuição de todos de forma democrática é
importante para realizar o desenvolvimento dessa cultura.

A gestão democrática tem papel fundamental para dar corpo e


coordenar esse novo projeto de escola com uma nova cultura de diálogo e
participação efetiva da comunidade escolar cumprindo uma vinculação com o
papel social da escola frente a esse mundo desigual para nossos jovens e
sociedade em geral.

Quanto mais descentralizado o poder dado a algumas pessoas pelo


Estado ou iniciativa privada mais vai ser articulado o desenvolvimento coletivo,
participativo da escola mesmo que isso implique numa autonomia incomum ao
modelo vigente podemos aliar essa autonomia com as bases curriculares
comuns introduzindo novas concepções pedagógicas atendendo as
solicitações da comunidade criando junto um campo de responsabilidade por
parte de todos no ambiente democrático participativo.

Conclusão

O papel da administração na gestão educacional tem como importância


e preocupação construir uma cultura democrática e responsável pelo melhor
andamento do ensino aprendizagem na busca de um modelo consciente que
busca a com preensão e transformação da realidade transformando o mundo
num lugar melhor para viver graças ao conhecimento construído na escola a
partir dessas práticas democráticas e organizadas.