Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO – UNIVASF

PRÓ-REITORIA DE ENSINO – PROEN

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO DE MONITORIA

PETROLINA - PE
2019
Projeto: No do Projeto:
Monitoria em Histologia Animal 21177

Disciplina(s): Código/Turma:
Histologia e Embriologia Veterinária I VETR0006/
Medicina
Veterinária
Curso(s) atendido(s):
Medicina Veterinária

Professor Coordenador: Colegiado:


Drª Maria Helena Tavares de Matos CMVET

Professor(es) orientador(es):
Drª Maria Helena Tavares de Matos

Monitor(es) bolsista(s): Curso:


Luana Ribeiro Pinheiro Medicina
Veterinária
Monitor(es) voluntário(s): Curso:
Allan Felipe Santana Nunes Medicina
Luanna Mendes Souza Veterinária
Zootecnia
Período de abrangência do relatório: 2019.1
1. INTRODUÇÃO

A histologia engloba o estudo estrutural e funcional dos tecidos, não apenas do


ponto de vista microscópico, mas também de células, órgãos e do sistema orgânico
(GARTNER, 2017). Além disso, ainda pode ser correlacionada com outras disciplinas
como biologia e patologia (KIERSZENBAUM, 2016). Por isso é de suma importância um
aprendizado satisfatório dos discentes na disciplina.
O projeto de monitoria objetiva facilitar o processo de aprendizagem, mantendo os
monitores disponíveis para esclarecimento de dúvidas e desenvolvendo mecanismos que
geram interesse e um melhor desempenho dos alunos.

Os conteúdos ministrados foram:


 Citologia;
 Preparação de tecidos para avaliação microscópica;
 Tecido Epitelial de Revestimento;
 Tecido Epitelial Glandular;
 Tecido Conjuntivo;
 Tecido Adiposo;
 Tecido Cartilaginoso;
 Tecido Ósseo;
 Tecido Muscular;
 Tecido Nervoso;
 Introdução à embriologia;
 Tecido Sanguíneo.

Na disciplina, foram ministradas atividades teóricas e práticas. A teoria era realizada


em sala de aula com auxílio de slides e quadro branco. Já a prática era realizada no
Laboratório de Biologia Celular, Citologia e Histologia. Com auxílio de uma projeção do
microscópio, havia uma explanação do conteúdo e, posteriormente, os discentes eram
agrupados nos microscópios, onde procuravam e identificavam as características
histológicas das lâminas. As avaliações teóricas da disciplina eram através de provas
contendo questões discursivas e objetivas, já as avaliações práticas eram por meio da
identificação visual dos tecidos e seus componentes no microscópio.
Foram atendidos no curso de Medicina Veterinária 48 discentes, sendo estes
distribuídos em duas subturmas (VA ou VB) pelo sistema integrado de gestão acadêmica
de acordo com a disponibilidade do docente e quantidade de estudantes.

2. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

 Monitorias;
 Simulados;
 Tira dúvidas;
 Organização do laminário;
 Organização do laboratório;
 Revisão do conteúdo da disciplina;

3. METODOLOGIA UTILIZADA NAS ATIVIDADES

Todas as atividades foram realizadas no Laboratório de Biologia Celular,


Citologia e Histologia, da Universidade Federal do Vale do São Francisco
(UNIVASF).

 Monitorias: Consistia na revisão dos conteúdos teórico-práticos


abordados em aulas anteriores, visando facilitar o reconhecimento dos
tecidos e suas características morfológicas. De início, as lâminas
histológicas eram colocadas nos microscópios e havia uma explanação
geral do conteúdo. Após isso, os discentes ficavam à vontade para o uso
dos microscópios e eventuais dúvidas eram sanadas.
 Simulados: Consistia no preparo dos discentes para as provas práticas
através de simulações. Em dez microscópios eram colocadas lâminas
histológicas dos respectivos assuntos e os discentes possuíam um minuto
para identificar o que se apontava, após o término era atribuído uma
pontuação de 0 a 10 pontos.
 Tira Dúvidas: Consistia em momentos em que os monitores ficavam à
disposição dos discentes para sanar quaisquer tipos de dúvidas. Em
determinados momentos os monitores se encontravam no laboratório ou
disponíveis em plataformas virtuais.
 Organização do Laminário: Consistia no rearranjo das lâminas
histológicas em seus respectivos locais. Após o uso em aulas práticas,
era possível a desordem das lâminas dificultando a localização em aulas
futuras.
 Organização do Laboratório: Consistia na organização do laboratório
após cada término de aula ou monitoria. Os monitores recolhiam objetos
das bancadas e organizavam os microscópios, tirando-os da tomada e os
cobrindo com capas para evitar sujidades que pudessem gerar danos ou
poluir os aparelhos. Além disso, ainda eram reorganizados todos os
bancos do laboratório.
 Revisão do conteúdo da disciplina: Consistia no uso de um horário
reservado para revisar conteúdos ministrados com leitura de artigos, livros
e resumos, além do auxílio de vídeo aulas para assim, haver um repasse
dos conteúdos com maior segurança e clareza aos discentes.

4. RESULTADOS OBTIDOS

Na disciplina Histologia e Embriologia Veterinária (VET0006), do curso de


Medicina Veterinária, em 2019.1, matricularam-se 48 alunos, dos quais 47
cursaram a disciplina até o final. Destes, 41 foram aprovados por média e 45
foram atendidos pelas monitorias, conforme gráfico 2.
O monitor foi avaliado pelos discentes no quesito didática, conhecimento e
disponibilidade, representado no gráfico 1.
Gráfico 1. Resultados da avaliação do monitor voluntario Allan Nunes pelos
discentes do curso de Medicina Veterinária.

Avaliação do monitor Allan Nunes pelos discentes

50 45 45 45
42
40
29
30
22
20 15
9
10 7 7
2
0 0 1 1 0 0 0
0
Péssimo Regular Bom Muito bom Excelente Total

Didática Conhecimento dos assuntos Disponibilidade

Gráfico 2. Relação de alunos atendidos pela monitoria que obtiveram


aprovação.

Visão geral da disciplina


50 48
48 47
46 45 45
44
42
40
38
36
34
32
30
Total de alunos Alunos aprovados Alunos atendidos Alunos aprovados
pela monitoria atendidos pela
monitoria

5. COMENTÁRIOS FINAIS

A monitoria promoveu aos monitores maior conhecimento técnico e


científico de técnicas histológicas, assim como dos conteúdos da disciplina.
Trazendo um maior aproveitamento intelectual dos alunos e do rendimento da
turma. A experiência ainda permite um avanço na oratória e reduz a timidez para
um melhor aproveitamento do mercado de trabalho e da formação acadêmica.

6. REFERÊNCIAS

GARTNER, L.P; HIATT, J.L. Tratado de Histologia em cores. 4,ed. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2017.
KIERSZENBAUM, A.L; TRES, L.L. Histologia e Biologia Celular. 4,ed. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2016.

Petrolina, ____ de _____________ de ______

Monitor Professor(a) orientador(a) Professor(a) coordenador(a)


(assinatura) (assinatura e carimbo) (assinatura e carimbo)