Você está na página 1de 14

24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

NOW TRENDING: POR QUE TIRAR A CERTIFIC...

HOME EVENTOS CARREIRA

ESTIMATIVA DE 3 PONTOS, Popular Recent

UM PONTO FORTE Estimativa de


Cleber Roberto dos Santos | 01/03/2015 | Planejamento | 18 Comments 3 pontos, um
ponto forte
March 1, 2015

Rush – Método
ágil de

gerenciamento de
projetos priorizando prazo
December 12, 2014

Plano de
carreira do
gerente de
projetos
January 8, 2015

Este artigo aborda uma  consolidada técnica para melhorar a


Plano de
assertividade das estimativas em projetos  e que possibilita o
projeto na
mapeamento de informações importantes, como riscos e respectivos
dose certa
tratamentos, durante sua execução: a estimativa de 3 pontos. January 22, 2015

Durante o ciclo de vida de gerenciamento de projetos inevitavelmente o


gerente de projetos irá  realizar estimativas, as quais são essenciais Por que tirar a
certificação
para  um bom gerenciamento de projetos, dado que as linhas de base
PMP?
de custo e prazo (por exemplo) são extraídas delas  e serão utilizadas November 30,
durante todo o projeto. Em dados do PMSurvey de 2013,  das 10 2014
principais causas de falhas em projetos, 5 estão relacionadas à
problemas de estimativas.  Deste modo, um bom plano de Next »

gerenciamento de projetos depende de boas estimativas. Além disso, as


partes interessadas frequentemente determinam sucesso em projeto
frente a assertividade no cumprimento do cronograma e orçamento de CATEGORIES
projetos. Nos próximos parágrafos será demonstrado passo-a-passo da Carreira
famosa estimativa de 3 pontos em conjunto com a análise PERT, e para Certificação PMP
tal, serão abordados métodos de execução, fundamentação estatística, Eventos
aplicabilidade e algumas vantagens de sua utilização.
Metodologias Ágeis
Planejamento

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 1/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Embora a mesma técnica possa ser utilizada para estimativas de custos, PMI
para fins de contextualização e exemplificação, os assuntos abordados
durante o artigo estão focados nas estimativas de tempo. TAGS
PREPARAÇÃO Caminho Crítico carreira

certificação PMP
Para iniciar as estimativas, independente da metodologia de
gerenciamento de projetos adotado, a equipe de projetos precisa ter Estimativa de três pontos

em mãos o escopo que será trabalhado. Seguindo as boas práticas do Estimativas eventos
planejamento tradicional do PMBOK, este escopo será decomposto em gerenciamento de projetos
pacotes de trabalhos que estruturados formarão a EAP – Estrutura
gerenciamento ágil de
Analítica do Projetos (ou WBS). Continuando o processo de
projetos
decomposição, com base na EAP, executa-se o processo de Definir as
gerente de projetos
Atividades, que por sua vez, possui como saída principal a lista de
atividades. metodologia

metodologias ágeis PERT


Com uma lista do que deve ser feito em mãos, seja uma lista de
atividades decompostas de uma EAP ou um backlog de entregas planejamento
oriundos de outra técnica que esteja sendo executada, o gerente de plano de gerenciamento do
projetos precisa realizar  estimativas de cada uma destas atividades ou projeto
pacotes. Estas estimativas serão entradas para o famoso e esperado PMBOK pmi pmp
cronograma do projeto. Mas como estimar?
pulse of the profession
O guia PMBOK lista algumas ferramentas para o processo de Estimar a Riscos Rush salário pmp
Duração das Atividades, tais quais: opinião especializada, estimativa
Scrum talent triangle
análoga, estimativa paramétrica, análise de reservas, técnicas de
tomada de decisão em grupo e, a estimativa de 3 pontos foco deste
artigo. REVISTA MUNDO PM
ESTIMATIVA DE 3 PONTOS
AUTOR
A estimativa  de 3 pontos é uma técnica que permite aperfeiçoar as
estimativas considerando as incertezas e riscos. É um conceito que Cleber Roberto dos Santos
origina-se da Técnica de Revisão e Avaliação de Programa (PERT).
Cleber Roberto dos
  Conforme o próprio nome sugere, nesta estimativa, três valores são Santos
produzidos inicialmente para cada atividade, baseados no
Head of Projects | PMO
conhecimento e experiência da equipe de projeto:
Executive | Portfolio, Program
and Project Manager | Agile
O – Estimativa Otimista Coach.
M – Estimativa Mais Provável
P – Estimativa Pessimista Especialista em modelos
tradicionais, ágeis e híbridos
Em posse destas três variáveis é possível efetuar a estimativa PERT de gerenciamento de
projetos, com grande
(Program Evaluation Review Technique) da atividade, onde:
experiência em liderança de
iniciativas de aculturamento
de modelos de gestão e
transformação organizacional,

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 2/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

incluindo treinamento de
gestores e equipes de
desenvolvimento de software.

Profissional atuante em
estruturação e gerenciamento
de escritório de projetos
Perceba que a fórmula dá-se por uma média ponderada com peso 4
(PMO) em grandes
para estimativa mais provável, ou seja, a fórmula considera relevante a
organizações, gerenciamento
informação mais provável oriunda da experiência ou outra técnica, mas de projetos, programas e
não despreza os demais valores. Os embasamento  estatísticos da portfólio e aculturamento
fórmula será abordado novamente neste artigo. para adoção de técnicas
aderentes a cultura e
Mesmo em posse da estimativa mais provável, elemento com maior estratégia organizacional:
peso na média ponderada, existem duas outras informações muito tradicionais, ágeis ou
importantes a serem consideradas, as estimativas Otimista e Pessimista, híbridas.
as quais podem estar muito afastadas da média calculada. Para medir
Mestrado em administração
como os elementos estão espalhados em volta da média existem duas
de empresas, graduação em
outras medidas estatísticas: variância e desvio padrão.
Ciências da Computação e
Variância:  em linhas gerais e simplificadas, na teoria da probabilidade, MBA em Gerenciamento de
Projetos.
é uma medida que indica o quão longe os valores se encontram de um
valor esperado. A fórmula para calcular a variância de cada atividade  se
Certificados:
estabelece por: PMP - Project Management
Professional - PMI
PSM - Professional Scrum
Master - Scrum.org
ASF - Agile Scrum Foundations
- EXIN
SA - Scaled Agile Framework
Desvio Padrão: o desvio padrão por sua vez, serve para medir o quanto (SAFe) Agilist -Scaled Agile
de variação ou dispersão existem em relação a média, e sua forma se Academy
estabelece pela raiz quadrada da variância de cada atividade, segue:

Exemplo: para pintar as paredes de um cômodo um pintor experiente


estima que leva 3 dias. Detalhando um pouco mais a estimativa do
pintor você consegue estimar um prazo otimista de 2 dias  e um prazo
pessimista de 5 dias. Mais a frente neste artigo serão abordadas outras
informações valiosíssimas que podem ser extraídas neste
mesmo exemplo. Qual a estimativa da atividade?

O = 16 horas; M = 24 horas; e P=40 horas.

Estimativa:

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 3/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

PERT = (16 + 4*24 + 40) / 6

PERT = 152/6

PERT = 25,3 horas (3,1 dias de 8 horas de trabalho).

Desvio Padrão:

Desvio Padrão = (40-16)/6

Desvio Padrão = 4 horas (0,5 dias de 8 horas de trabalho).

ESTIMAR A DURAÇÃO DO PROJETO


Em posse das estimativas de cada uma das atividades do cronograma é
possível estimar a duração do projeto. Para tal, outros conceitos
estatísticos são utilizados. O desvio padrão total de uma população, ou
seja, do projeto,   se estabelece pela raiz quadrada da soma das
variâncias de cada elemento da mesma, ou seja:

Em linhas gerais no projeto isto acontece da seguinte forma:

1. determina-se o caminho crítico do projeto (ver caminho crítico);


2. determina-se a estimativa PERT de cada uma das atividades, com
base nas estimativas Otimista,Mais Provável e Pessimista;
3. calcula-se a variância de cada atividade;
4. calcula-se o desvio padrão do projeto que será a raiz quadrada da
soma das variâncias das atividades;
5. a duração do projeto será a soma das estimativas PERT (2) mais o
desvio padrão do projeto (4).

Exemplo: Na tabela o gerente de projetos selecionou as atividades que


compõem o caminho crítico de um projeto, bem como suas respectivas
estimativas Otimistas, Mas Prováveis e Pessimistas. Agora o mesmo
quer estimar a duração do projeto:

Na tabela com base nas estimativas (O, M e P) é possível calcular:

Além disso, conforme citado anteriormente, é possível calcular a


estimativa do projeto, e para tal, calcula-se a soma das estimativas PERT
pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 4/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

do caminho crítico acrescida da raiz quadrada da soma das variâncias,


ou seja:

Sendo a Soma PERT igual a 101,3 e a a Raiz da Soma Variância igual a


8,9 (raiz quadrada de 79,1), a duração do projeto com 1 desvio padrão
é:

101,3 horas +/- 8,9

Ou

O projeto durará de 11,5 dias a 13,9 dias 

ASSERTIVIDADE DAS ESTIMATIVAS
Em termos estatísticos  as três variáveis disponíveis (otimista, mais
provável e pessimista) correspondem  a uma distribuição triangular.
Conforme citado anteriormente, a fórmula da estimativa PERT dá-se por
uma média ponderada com peso 4 para estimativa mais provável. Esta
equação  se explica no conceito estatístico da distribuição beta, o qual
não será detalhado neste artigo, mas em síntese permite transpor a
Distribuição Triangular  (contínua) em uma Distribuição Normal.

Os conceitos estatísticos citados no parágrafo anterior fundamentam os


procedimentos citados a seguir, os quais podem ser ferramentas
importantes para extração do nível de precisão das estimativas
apresentadas.

O gráfico a seguir representa a Distribuição Normal ou Curva de Gauss,


onde são  apresentados a média (µ) como ponto central e os desvios
padrão (σ).

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 5/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Em linhas gerais uma estimativa +/- 1 desvio cobre 68,2% da


distribuição, em outras palavras, a estimativa teria 68,2% de chances de
acerto, ou seja:

PERT +/-   1 Desvio Padrão possui aproximadamente 68,2% de


assertividade;
PERT +/- 2 Desvios Padrão possui aproximadamente 95,4% de
assertividade;
PERT +/- 3 Desvios Padrão possui aproximadamente 99,6% de
assertividade;

Exemplo: com base nos mesmos dados da tabela do exemplo anterior


o gerente de projetos irá levar para decisão na próxima reunião uma
estimativas acrecidas de 1, 2 e 3 desvios padrão. Quais estimativas
serão apresentadas (a soma PERT = 101,3 e o Desvio Padrão Total = 8,9):

PERT +/-   1   Desvio Padrão: o projeto demandará de 92,4 a 110,2


horas com aproximadamente 68,2% de assertividade da estimativa

PERT +/-  2  Desvios Padrão: o projeto demandará de 83,5 a 119,1


horas com aproximadamente 95,4% de assertividade da estimativa

PERT +/-   3   Desvios Padrão: o projeto demandará de 74,6  a


128  horas  com aproximadamente 99,6% de assertividade da
estimativa.

Além dessas estimativas é bastante comum encontrar em sistemas


a estimativa de 90%, a qual da-se por.

PERT +/-   1,645   Desvios Padrão: o projeto demandará de 86,6  a


115,9  horas  com aproximadamente 90% de assertividade da
estimativa.

Caberá às partes interessadas mais influentes, muitas vezes o


patrocinador, mediante a aceitação a risco por exemplo, definir junto ao

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 6/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

gerente de projetos qual das estimativas será utilizada

Percebam que a estimativa com a maior assertividade (99,6%), no pior


caso (128 horas), ainda possui prazo menor que a soma das estimativas
pessimistas de cada atividade, que seria 168. Além disso, durante o
processo de estimativas, entre a estimativa Pessimista e Otimista de
uma atividade muitas informações podem ser extraídas, tais como
modelo de trabalho  e principalmente  riscos, conforme exemplo que
segue:

Exemplo:  em nosso primeiro exemplo para pintar as paredes  de um


cômodo  um pintor experiente passou as seguintes estimativas:
Otimista 16 horas,  Mais Provável 24 horas e Pessimista 40 horas. Segue
algumas informações importantes que podem ser coletadas caso o
pintor seja indagado sobre as diferenças entre as estimativas:

O pintor com um ajudante consegue finalizar a pintura do cômodo


em 16 horas. O pintor custa R$ 100 e o ajudante R$ 20. Com isso a
soma total do pintor mais o ajudante, além de diminuir o prazo,
diminuiria o custo total da atividade de R$ 2400 (24 horas de R$100)
para R$ 1920 (16 horas de R$ 100 + 16 horas de R$ 20);

Caso chova haverá problema com a secagem da tinta, o que, no


pior caso, levará a atividade para 40 horas. Existe um tipo de tinta
de secagem rápida que costuma ser 10% mais cara e eliminaria este
problema. Outra alternativa no mercado é uma máquina  que
colocada no ambiente acelera o processo de secagem, a qual possui
o aluguel diário fixado em R$50 e levaria a atividade para um prazo
máximo de 32 horas. Neste caso, em uma conversa rápida,
conseguimos extrair um risco e alternativas para mitigação e
eliminação do mesmo.

CONCLUSÃO

Embora os conceitos abordados neste artigo não sejam nada novos,


parecem não estarem tão difundidos ou são negligenciados pelos
gestores de projetos. Frenquentemente, muitas vezes pressionados a
ter uma data em mãos, os gestores se trancam em uma sala com os
colaboradores da equipe, pegunta quanto tempo leva +/- para fazer
cada atividade, “joga” em algum software de gestão de cronograma, vê a
data que dá e vai para a reunião da manhã do dia seguinte com a “linha
de base de cronograma” em mãos, a qual futuramente se tornará a
“corda de enforcamento” do mesmo. O mais delicado é saber que esse
não é o pior dos mundos, existem diversos projetos que são “tocados”,
pois me recuso a citar gerenciados, sem nem um mínimo de estimativas
de escopo, prazo e custo.

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 7/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Realizar boas estimativas, desenvolver  cronograma, elaborar


orçamento, conciliar aspectos de riscos e alinhar expectativas sobre tais
com as partes interessadas do projeto, está para o gerente de projetos,
como separar ingredientes para um cozinheiro, decolar para um piloto
de avião, manusear um bisturi para um cirurgião etc, ou seja, não saber
executar estas atividades   impossibilita o desempenho da profissão,
pois certamente terminará em “tragédia”.

A estimativa de 3 pontos aliada a análise PERT apresentada neste artigo


é uma ferramenta poderosa para estimar projetos, até mesmo em suas
fases mais iniciais quando existem  várias lacunas no detalhamento de
escopo. Ela possibilita maior aproximação e entendimento do gerente
de projetos sobre o contexto de cada atividade durante a fase de
planejamento, onde será possível a extração de informações bastante
relevantes  para o projeto, aqui já citadas.    Além disso, a utilização de
procedimentos matematicamente fundamentados, além de melhorar a
assertividade dos resultados das fase de execução, na grande maioria
dos casos, maximizam a confiabilidade e facilitam a apresentação dos
números  obtidos para defesa à alta direção nas fases de iniciação  e
planejamento.

REFERENCIA
Site PM SURVEY, A global initiative of PMI Chapters. Report Survey
General – 2013. Disponível em:
http://www.pmsurvey.org/

SANCHES, Leme Alexandre; FERNANDES, Natália Tafuri, Pert/Cpm


Probabilístico Utilizando a Simulação de Monte Carlo, 2013, FATEC
Bragança Paulista;

Site AGILE-CODE, Easy  estiomation with Three-point estimation


technique,
http://www.agile-code.com/blog/easy-task-estimation-with-three-point-
estimation-technique/

Cleber Roberto dos Santos

Cleber Roberto dos Santos Head of Projects | PMO Executive |


Portfolio, Program and Project
Manager | Agile Coach.

Especialista em modelos tradicionais, ágeis e híbridos de


gerenciamento de projetos, com grande experiência em liderança de
iniciativas de aculturamento de modelos de gestão e transformação
organizacional, incluindo treinamento de gestores e equipes de
desenvolvimento de software.

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 8/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Profissional atuante em estruturação e gerenciamento de escritório


de projetos (PMO) em grandes organizações, gerenciamento de
projetos, programas e portfólio e aculturamento para adoção de
técnicas aderentes a cultura e estratégia organizacional: tradicionais,
ágeis ou híbridas.

Mestrado em administração de empresas, graduação em Ciências da


Computação e MBA em Gerenciamento de Projetos.

Certificados:
PMP - Project Management Professional - PMI
PSM - Professional Scrum Master - Scrum.org
ASF - Agile Scrum Foundations - EXIN
SA - Scaled Agile Framework (SAFe) Agilist -Scaled Agile Academy

Tags: Caminho Crítico, Estimativa de três pontos, Estimativas,


gerenciamento de projetos, PERT, planejamento, PMBOK, Riscos

RELATED POSTS
PLANO DE PROJETO
NA DOSE CERTA
9 Comments | Jan 22, 2015

18 COMMENTS

Eduardo 26/04/2016

Bem interessante, e claro, apenas gostaria de salientar que quando


você informa Desvio Padrão Total = 8,9 na verdade essa é a variança
e não o desvio padrão

(Autor) Cleber Roberto dos Santos 26/04/2016

Olá Eduardo,

Antes de mais nada MUITO obrigado pela visita e pelo comentário.

Perceba que o valor em questão (8,9) é a raiz quadrada da soma da


variância das atividades (79,1) e deste modo o Desvio Padrão Total
do projeto.

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 9/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Na seção “Estimar a duração do projeto” citei o passo a passo para


chegar nesse número. Contudo, visando maior esclarecimento de
eventuais dúvidas, segue uma abordagem diferente, com um trecho
do famoso livro da Rita Mulcahy, pag.192:

“…em seguida desvio padrão do projeto. Não é possível


simplesmente somar os desvios padrão de cada atividade do
caminho crítico. Em vez disso, você deve calcular as variâncias de
cada atividade do caminho crítico, somá-las e, em seguida tirar a
raiz quadrada da soma das variâncias das atividades.”

Espero ter ajudado!

Rafael T 21/04/2017

Excelente artigo. Muito didático, muito bem explicado.


Muito obrigado!

Cleber Roberto dos Santos 25/04/2017

Rafael muito obrigado pela visita e pelo comentário.

Professor Jirrê 01/05/2017

Muito bom o artigo. Uma pergunta, que rogo responder para o e-


mail logística.setup@gmail.com
Porque, no cálculo do tempo esperado divide-se por 6 e porque o
tempo mais provável é multiplicado por 4?

Cleber Roberto dos Santos 08/05/2017

Profº Obrigado pela visita.


Conforme solicitado enviei a resposta para o seu e-mail com o link
que detalha bastante a resposta de sua questão.

Em suma, a multiplicação por 4 origina-se na decomposição da


fórmula de uma distribuição Beta com premissas assumidas pelo
PERT.
Abaixo o link das explicação aos demais. Espero ter ajudado:

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 10/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

http://www.deepfriedbrainproject.com/2010/07/magical-formula-
of-pert.html

Obrigado pela colaboração!

Professor Jirrê 08/05/2017

Muitíssimo grato

nanoo 03/09/2017

It is the best time to make a few plans for


the future and it’s time to be happy. I’ve learn this
submit and if I may just I wish to counsel you few fascinating things
or
suggestions. Perhaps you can write next articles relating
to this article. I wish to read even more things approximately it!

dog breed 16/11/2017

My brother suggested I might like this blog. He was


totally right. This put up truly made my day. You can not consider
just how so much time
I had spent for this information! Thanks!

Cleber Roberto dos Santos 16/11/2017

Hi Elsa,

Thank you for your visit and feedback.


It’s very good to know that you liked it.
After some tasks related to my Master Degree, I can come back to
my personal projects and keep this blog updated again.

I hope your visit here.

Cleber Roberto dos Santos 16/11/2017

Hi my new friend,

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 11/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

I’m very happy that its help you.


I was very busy with other activities and now I’m commimg back to
update this blog. Comments like yours helps a lot for this restart.

I hope your visit again.

Fernando Feu 01/04/2018

Ótimo texto é muito bem explicado!

Chowk 15/08/2018

After looking into a few of the blog posts on your blog, I really
appreciate your technique of writing a
blog. I added it to my bookmark website list and will be checking
back soon. Please visit my website too and tell me
how you feel.

minecraft 04/09/2018

I believe that is among the most important info for me.


And i am satisfied studying your article.
However wanna statement on few normal things, The website style
is ideal,
the articles is actually great : D. Excellent process, cheers

Henrique Figueiredo Paes 25/01/2019

Muito bom o artigo. Parabéns


Aproveito para te fazer uma pergunta, na tabela da seção “Estimar a
duração do projeto” vc criou a coluna Desvio padrão, pq criar esta
coluna, se nos cálculos não vamos utilizar estes valores, já que o
desvio padrão é a raiz quadrada da soma da variância ?

Eduardo Gonçalo 30/01/2019

Excelente artigo!!! Parabéns! Vou passar a acompanhar esse site,


pois pretendo me aprofundar nos temas de gerenciamento de

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 12/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

projetos! Vocês têm material de Curva S?

Cleber Roberto dos Santos 01/04/2019

Olá Fernando,

Muitíssimo obrigado pelo feedback.


Estou a um tempinho sem escrever por concorrência de agendas,
mas comentários como este são combustível para volta!

Cleber Roberto dos Santos 01/04/2019

Muito obrigado pelo comentário Henrique!

Embora para o cálculo final de duração do projeto não utilizemos o


desvio padrão podemos utilizá-la ao falarmos de atividades ou
pacotes de trabalho.
Deste modo, a coluna desvio padrão serve para apresentarmos
estimativas de duração (+/- desvio padrão) de atividades do projeto,
ou até mesmo pacotes de trabalho.

Espero ter ajudado!

ADD A COMMENT

Your email address will not be published. Required fields are


marked *

Comment:*

Name:*

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 13/14
24/10/2019 Estimativa de 3 pontos, um ponto forte – PMPath – Onde o gerenciamento de projetos é a principal parte interessada

Email Address:*

Website:

Save my name, email, and website in this browser for the next
time I comment.

ADD COMMENT

EVENTOS

9º CONGRESSO 9º CONGRESSO 9º CONGRESSO


BRASILEIRO DE BRASILEIRO DE BRASILEIRO DE
GERENCIAMENTO GERENCIAMENTO GERENCIAMENTO
DE PROJETOS – DE PROJETOS – DE PROJETOS –
RESUMO DIA 3 RESUMO DIA 2 RESUMO DIA 1

© 2019 PMPATH – ONDE O GERENCIAMENTO DE PROJETOS É A PRINCIPAL PARTE INTERESSADA.

pmpath.com.br/estimativa-de-3-pontos-um-ponto-forte/ 14/14