Você está na página 1de 3

Carboidratos

Os carboidratos são uma fonte de energia para o corpo. Uma vez convertidos
em glicose pelo fígado são usados como energia para nossas células, tecidos
e órgãos. Também atuam como coadjuvantes na digestão, graças à fibra
dietética que regula a função intestinal.

Podem ser classificados em simples e complexos. Os carboidratos simples


(monossacarídeos e dissacarídeos) são encontrados em frutas, lácteos e
açúcar.

Os carboidratos complexos ou polissacarídeos estão presentes no pão e


cereais de grãos integrais, verduras ricas em fécula e legumes. Estes
alimentos contêm não só carboidratos, mas também outros nutrientes, como
proteínas, sais minerais, vitaminas e fibras.

A classificação depende da estrutura química dos alimentos e da velocidade


com que nosso corpo assimila e absorve o açúcar.

É preferível o consumo de carboidratos complexos e açúcares naturais (de


frutas, verduras e mel), pois deles vamos obter vitaminas, minerais e fibras.
Os alimentos ricos em açucares simples processados e refinados fornecem
uma grande quantidade de calorias e pouco alimento, por isso devemos
controlar o consumo.

Os alimentos incluídos nesta seção são ricos em carboidratos:

• Os legumes (grão de bico, feijões, ervilhas), frutas, verduras e hortaliças. Os


cereais também se incluem nesta categoria.

Fruta:

• Fornecem fibra, água, açúcar, vitaminas como C e carotenos.


(http://es.wikipedia.org/wiki/Caroteno). São uma importante fonte de
minerais como potássio e selênio.

• É melhor consumi-las em pedaços, em vez de suco, pois eles poderiam


perder a maioria das fibras alimentares.

• As frutas dessecadas (tâmaras, ameixas, passas) concentram todos os


nutrientes, mas mais calóricas. O consumo não é aconselhável se você estiver
com sobrepeso.

Verduras e Hortaliças:

• São uma importante fonte de fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes.

• A melhor maneira de cozinhar elas para aproveitar todos os nutrientes é no


vapor, embora a melhor maneira de serem consumidas seja crua. Se cozinhar
elas, a maioria dos nutrientes fica na água, portanto, é conveniente usá-la
para preparar outros alimentos.

Cereais:

• Alimentos como pão, macarrão, arroz e cereais integrais contêm mais


fibras, vitaminas e minerais que os refinados.
Recomendações:

• Coma mais frutas, verduras e legumes. Isso vai ajudar você a regular o
movimento do intestino e prevenir o câncer de cólon.

• Evitar açúcares refinados que carecem de vitaminas, minerais e fibras, e só


acrescentam calorias.

• Substitua a farinha refinada e o arroz branco por farinha e arroz integral.

• Monitorar o consumo de açúcar refinado e alimentos ricos em sacarose


(doces, balas, refrigerantes, etc.)

• O aporte energético deve ser ajustar às necessidades individuais (idade,


sexo, etc.). Um excesso de energia é armazenado no tecido adiposo em forma
de triglicérides, que podem levar à obesidade.