Você está na página 1de 9

1

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

UNIDADE Temática I – 1. Conceito de Dados

Sumário

Nesta Unidade temática estudamos e discutimos conteúdos introdutórios de dados.


Dados vão nos ajudar a perceber melhor o conceito de informação que é a próxima
unidade temática.

Introdução
Dados não são coisas que não merecem atenção de qualquer académico, mas sim merece
sim máxima atenção no seu entendimento e percepção. Nesta unidade temática que o
estudante seja capaz de saber aspectos acerca de dados que são a origem de
informação.

Ao completar esta unidade, o estudante será capaz de:


 Saber o que são dados;
 Saber os tipos de dados;

1.1. Conceito de Dados

“Não existe informação sem que antes sejam adquiridos dados”. Depois desta
afirmação, podemos já questionar oque são dados? Diversos foram os autores que
definiram por si só o seu pensamento em relação a este termo que é curioso quando
começamos a estudar tecnologias de informação e comunicação.

Platão (428 – 348 a.C.) definiu o conceito de dado como sendo factos no seu estado
primário, antes de sofrer qualquer alteração. Já o Davenport (1998) diz que dados são
observações sobre o estado do mundo.

Laudon (2004), continua com mais uma definição, dizendo que dados são factos brutos
que representam eventos que estão ocorrendo nas organizações ou no ambiente físico,
antes de terem sido organizados e arranjados de forma que as pessoas possam
entendê-los e usá-los.

Elaborado Por: Delfim da Silva


2

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

1.1.1. Tipos de Dados

Dentre os diferentes tipos de classificações de dados apresentadas por diferentes


autores, vamo-nos focalizar nos seguintes:

 Dados Quantitativos: são os que expressam quantidade, e geralmente servem de


princípio de cálculos aritméticos, como por exemplo nota de testes dos
estudantes, número de horas de trabalhadores, etc.

 Dados Classificativos: são os que descrevem ou especificam os elementos


envolvidos e quantificados. Estes tipos de dados servem de complemento aos
dados quantitativos, e servem para identificar pessoas, objectos, situações, como
por exemplo o nome de um aluno ou trabalhador duma empresa, nome da
empresa, etc.
 Dados Referenciais: são dados que permitem controlar e ou referenciar os
elementos tratados, como por exemplo o ano lectivo do aluno, o número de
identificação do trabalhador, a turma do aluno, etc.

UNIDADE Temática I – 2. Conceito de Informação

Sumário
Esta Unidade temática dedicou a atenção aos fundamentais conceitos de informação e
os aspectos que caracterizam a informação. É importante termos todos estes conceitos
em mente pois através deles criamos um alicerce de tudo quanto precisaremos ao longo
desta cadeira.

Introdução
Dados são sem dúvidas a origem de qualquer informação, dai que nos carece
entendimento de como na verdade esses dados são transformados em informação, assim
sendo, nesta unidade temática vamos discutir aspectos que claramente nos indicam
como se faz de um dado uma informação, dai que o estudante deve ser capaz de:

Elaborado Por: Delfim da Silva


3

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

 Saber oque é informação;


 Saber como a informação é originada;
 Saber as características da informação;

2.1. Conceito de Informação

A palavra informação provem do latim informare que significa “forma”. Laudon


(2004) define a informação como sendo dados apresentados em uma forma
significativa e útil para os seres humanos.

Stair (1998) dá o seu contributo na definição da informação, dizendo que é o


conjunto de factos organizados de tal forma a agregarem valor adicional além do
valor do facto em si.
Informação é todo conjunto de dados devidamente ordenados e organizados de modo a
terem significado. A informação também pode ser o conhecimento produzido como
resultado do processamento de dados.

2.1.1. Características da Informação

A informação tem de possuir um conjunto de características que garantam a sua


qualidade. Assim, a informação deve ser:

 Precisa: não pode conter erros;


 Completa: contém todos os fatos importantes;
 Econômica: valor da informação e custo de produção;
 Flexível: pode ser usada para diversas finalidades;
 Confiável: dependente do método de colecta de dados;
 Relevante: é importante para tomador de decisões;
 Simples: sobrecarga de informações, prejudicial para a tomada de decisões;
 Verificável: pode ser verificada para saber se está correta por meio de outras
fontes.

Elaborado Por: Delfim da Silva


4

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

2.2. Conceito de Conhecimento

Tal como dados e informações mereceram atenção de certos autores, o mesmo


acontece com o conhecimento.

Davenport (1998) define o conhecimento como uma síntese de múltiplas fontes de


informação. Com tais conhecimentos, surge a capacidade de resolver problemas, inovar
e aprender baseando-se em experiências prévias.

Este autor continua ainda mais ao afirmar que “adquirir conhecimento não é reter
informação, mas utilizar estas para desvendar o novo e avançar”.

O conhecimento é um conjunto de informação armazenada por intermédio da


experiência ou da aprendizagem. No sentido mais lato do termo, trata-se da posse de
múltiplos dados interrelacionados que, por si só, têm um menor valor qualitativo.

UNIDADE Temática I - 3. Conceito de Sistema de Informação

Sumário

Nesta unidade temática aprendemos e discutimos os diferentes conceitos em volta de


sistemas, sistemas de informação assim como tecnologias de informação. Esses três
grupos de conceitos são o alicerce para a continuação deste módulo de tecnologias de
informação e comunicação.

Introdução

A informação existe desde o tempo dos nossos antepassados, mas essa informação era
gerada de maneiras consideradas difíceis. Com o avanço tecnológico, surgem critérios
de que facilitam as maneiras de geração de informação. Nesta unidade temática
queremos que o estudante seja capaz de saber os aspectos relevantes acerca de sistemas
de informação.

 Saber oque é um sistema e seus tipos

Elaborado Por: Delfim da Silva


5

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

 Saber oque é um sistema de informação

 Saber oque é uma tecnologia de informação

 Saber oque é um sistema de informação

 Saber oque é uma tecnologia de informação

3.1. Conceito de Sistema

Podemos reparar para o conceito de sistema de duas aproximadas vertentes. Sistema


é um grupo de elementos interrelacionados ou em interacção que formam um todo
unificado, como por exemplo:

 Sistema solar
 Sistema tecnológico que refina óleos
 Sistema biológico, o corpo humano
Numa abordagem mais ampliada da anterior definição, podemos dizer que sistema é
um grupo de componentes inter-relacionados que colectam, manipulam e armazenam,
disseminam os dados e informações e fornecem um mecanismo de feedback 1.

3.1.1. Classificação de Sistemas

Os sistemas podem ser classificados das seguintes e distintas maneiras:

 Sistemas Simples: são aqueles que geralmente apresentam poucos componentes


ou elementos que o compõem e a interacção e ou relação desses componentes
é descomplicada, com o por exemplo a fábrica de bolos.

 Sistemas Complexos: são os que apresentam muitos componentes (observa-se a


presença de pessoas e maquinas) e o relacionamento ou interacção desses
componentes são mais complicados em relação ao sistema anterior, como por
exemplo a fábrica de automóveis.

1
Retorno em espécie de relatório de como esta funcionar o sistema.

Elaborado Por: Delfim da Silva


6

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

 Sistemas Abertos: são os que na sua generalidade interagem com o meio no


qual estão inseridos. Como exemplo podemos citar empresas e universidade,
onde numa empresa entra a matéria-prima e saem bens e serviços.

 Sistemas Fechados: são sistemas que na sua generalidade não interagem com o
ambiente no qual esta inserido e apresentam um comportamento totalmente
determinado e programado, como por exemplo os carros e maquinas motoras.
 Sistemas Estáveis: são os que sofrem pouca influência do ambiente no qual
estão inseridos. Se existem mudanças no ambiente de inserção, pouca ou
nenhuma mudança é notória no sistema. Se por exemplo uma empresa produz
brinquedos de madeira pode ser bastante estável, desde que a fonte de matéria-
prima e as preferências tenham-se mantido.

 Sistemas Dinâmicos: Sofrem constantes modificações devido às mudanças


ocorridas no ambiente que estão inseridos. Por exemplo a fábrica de
computadores muda frequentemente as linhagens de produção pois as
necessidades dos utentes mudam com frequência.
 Sistemas Permanentes: são os que por muito tempo. Como exemplo
podemos referenciar as grandes empresas e universidades.

 Sistemas Temporários: são os que existem em pouco tempo.

3.2. Conceito de Sistemas de Informação

Temos uma ampla noção do conceito de sistemas e seus respectivos tipos, assim como
os conceitos em volta de informação. A questão que coloca-se agora é: oque é sistema
de informação?

Numa simples definição, podemos dizer que, Sistema de Informação é um conjunto


organizado de pessoas, hardware 2 , Software 3 , redes de comunicações e recursos de

2
Hardware é a parte física, tangível de um sistema de informação

Elaborado Por: Delfim da Silva


7

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

dados que colecta, transforma e dissemina informações em uma organização.

Os componentes mais influentes de qualquer sistema de informação são:

Entrada: este componente em qualquer Sistema de Informação (S.I) é o responsável


pela entrada de dados no sistema para posterior processamento. Como exemplo desse
elemento temos os teclados dos computadores, telefones, máquinas calculadores; os
ratos dos computadores, etc.
Processamento: este componente é um dos mais fundamentais, pois é este que
converte os dados em informação útil para os humanos. Como exemplo temos o
Unidade Central de Processamento, que vem incorporado em computadores, celulares,
máquinas calculadoras, etc.
Saída: este componente, diferentemente ao de entrada, é oque dissemina, disponibiliza
a informação após o seu processamento. Como exemplo temos os ecrãs dos
computadores, celulares máquinas de calcular; colunas, impressoras, etc.

Os componentes de sistemas de informação estendem-se ainda mais em dois que


geralmente tornam qualquer sistema de informação auto-monitorado e auto-regulado,
tais componentes são:

Feedback: este componente é responsável por disponibilizar informação relacionada


ao funcionamento do S.I.

Controle: este componente se responsabiliza pela monitoração e avaliação do


feedback para determinar se o sistema se desempenha a fim de seus objectivos.

3
Software é a parte lógica ou melhor os programas incorporados em sistemas de informação

Elaborado Por: Delfim da Silva


8

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

Figura 1: Exemplo de Sistema de Informação e seus Componentes

3.3. Conceito de Tecnologias de Informação

Os termos sistemas de informação e tecnologias de informação são bastante


confundidos, apesar de por vezes serem usados para o mesmo propósito.

Numa definição mais simples, dizemos que tecnologias de informação são recursos
tecnológicos que transformam recursos de dados em produtos de informação.
Actualmente existem muitas tecnologias de informação disponíveis no mercado, como
por exemplo, base de dados compartilhados, redes de computadores, Notebook,
comunicação via satélite, etc.

O principal benefício que as tecnologias de informação traz para as organizações é a


sua capacidade de melhorar a qualidade e a disponibilidade de informações e
conhecimentos importantes para a empresa, seus clientes e fornecedores; aperfeiçoa ou
adiciona eficiência a uma dada tarefa.

A tecnologia é um facilitador, um componente, ela não cria directamente a satisfação.


Diversas são as vantagens que as tecnologias trazem para o mercado:

 Vantagens competitivas
 Melhoramento na prestação de serviços
 Menor quantidade de erros

Elaborado Por: Delfim da Silva


9

Educação e Inovação Tecnológica ------------------------------------------------------------------------------------------------- EaD: 2020

 Maior precisão
 Produtos de melhor qualidade
 Maior productividade
 Administração com eficiência e eficácia
 Automatização de tarefas rotineiras
 Custos reduzidos
 Maior e melhor controlo sobre processos e operações em organizações
 Melhores tomadas de decisões

Exercícios de Auto-Avaliação
1. Será possível nos dias de hoje, implementarmos qualquer organização ou empresa
sem o uso de TIC’s?

2. Cria um relatório, olhando para a organização onde trabalhas, descrevendo todas


TIC’s existentes e como cada uma delas é usada.

Elaborado Por: Delfim da Silva