Você está na página 1de 10

23-11-2009

6. Instrumentso financeiros

6.1 Definições
6.2 Métodos de reconhecimento
6.3 Modelo do custo
6.4 Modelo do custo amortizado
6.5 Modelo do justo valor

2009-2010

Referências

◦ NCRF 27 – Instrumentos financeiros


◦ Modelos das diversas Demonstrações Financeiras
(SNC)

1
23-11-2009

Objectivos

 Após o estudo deste capítulo pretende-se que os


alunos sejam capazes de:
 Identificar instrumentos financeiros;
 Reconhecer contabilisticamente instrumentos
financeiros ao custo, ao custo amortizado e ao
justo valor;

Definições

Activo financeiro - exemplos:

 Dinheiro;
 Participações de capital noutras empresas que não
originem influência significativa, controlo ou controlo
conjunto;
 Dívidas de clientes, de sócios, de participadas e outras
contas a receber;
 Financiamentos concedidos;
 Obrigações adquiridas;
 Títulos do Estado adquiridos;

2
23-11-2009

Definições

Passivo financeiro - exemplos:

 Dívidas a fornecedores, aos empregados, ao Estado


e outras contas a pagar;
 Empréstimos concedidos por bancos;
 Empréstimos por obrigações emitidos;
 Empréstimos concedidos por accionistas e sócios.

Métodos de registo

Métodos de registo de activos e passivos financeiros:

 Ao custo menos perdas de imparidade ou

 Ao custo amortizado menos perdas de imparidade ou

 Ao justo valor.

3
23-11-2009

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

 Em 1.1.N a empresa X pediu emprestado ao banco Y o

valor 1000 a pagar ao fim de 3 anos. O empréstimo

vence juros à taxa anual de 10% (pagamento anual) e

o banco não cobra quaisquer outros encargos.

Reconhecimento da dívida 1.1.N Débito Crédito


Depósitos à ordem 1 000
Financiamentos obtidos 1 000

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

Reconhecimento anual dos juros Débito Crédito


31.12.N
Gastos e perdas de financiamento 100
Depósitos à ordem 100

Reconhecimento anual dos juros Débito Crédito


31.12.N+1
Gastos e perdas de financiamento 100
Depósitos à ordem 100

4
23-11-2009

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

Reconhecimento anual dos juros e Débito Crédito


pagamento final do empréstimo
31.12.N+2
Gastos e perdas de financiamento 100
Financiamentos obtidos 1 000
Depósitos à ordem 1 100

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

Juro Cálculo taxa Juro Passivo no


Momento Capital nominal efectiva efectivo fim

0 1 000 1000

1 -100 -100 100 1000


2 -100 -100 100 1000
3 - 1 000 -100 -1100 100 0
Taxa efectiva 10%

1000 = + 100 / (1+tx) + 100 / (1+ tx)2 + 1100 / (1+tx)3


Tx efectiva = 0,1 = 10% = taxa contratada

10

5
23-11-2009

Reconhecimento ao custo amortizado

Reconhecimento ao custo amortizado - exemplo:

 Em 1.1.N a empresa X pediu emprestado ao banco Y o

valor 1000 a pagar ao fim de 3 anos. O empréstimo vence

juros à taxa anual de 10% (pagamento anual). O banco

cobrou encargos a data de contratação no valor de 100.

Reconhecimento da dívida 1.1.N Débito Crédito


Depósitos à ordem 900
Financiamentos obtidos 900

11

Reconhecimento ao custo amortizado

Reconhecimento ao custo amortizado - exemplo:

Juro Cálculo taxa Juro Passivo no


Momento Capital nominal efectiva efectivo fim

0 900 900

1 -100 -100 129 929


2 -100 -100 133 962
3 -1000 -100 -1100 138 0
Taxa efectiva 14,33%

900 = + 100 / (1+tx) + 100 / (1+ tx)2 + 1100 / (1+tx)3


Tx efectiva = 0,1433 = 14,33%, mais alta que a taxa contratada

12

6
23-11-2009

Reconhecimento ao custo amortizado

Reconhecimento ao custo amortizado - exemplo:

Reconhecimento anual dos juros Débito Crédito


31.12.N
Gastos e perdas de financiamento 129
Financiamentos obtidos 29
Depósitos à ordem 100

Reconhecimento anual dos juros Débito Crédito


31.12.N
Gastos e perdas de financiamento 133
Financiamentos obtidos 33
Depósitos à ordem 100
13

Reconhecimento ao custo amortizado

Reconhecimento ao custo amortizado - exemplo:

Reconhecimento anual dos juros e Débito Crédito


pagamento final do empréstimo
31.12.N+2
Gastos e perdas de financiamento 138
Financiamentos obtidos 962
Depósitos à ordem 1 100

14

7
23-11-2009

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

 Em 1.12.N a empresa X adquiriu 10 000 acções de uma

empresa não cotada por 1,3 u.m. cada. A empresa considera

que não consegue apurar o justo valor das acções de forma

fiável. As acções foram vendidas em 20.04.N+5 por 2,4 u.m.

cada. Durante os 5 anos em que a empresa deteve as acções,

não ocorreram evidências objectivas que indicassem que as

acções estavam em imparidade.

15

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao custo - exemplo:

Aquisição das acções Débito Crédito


1.12.N
Investimentos financeiros 13 000
Depósitos à ordem 13 000

Alienação das acções Débito Crédito


20.04.N+5
Depósitos à ordem 24 000
Investimentos financeiros 13 000
Outros rendimentos e ganhos 11 000

16

8
23-11-2009

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao justo valor - exemplo:

 Em 1.12.N a empresa X adquiriu 10 000 acções cotadas

em bolsa por 0,97 u.m. cada. Em 31.12.N as acções

estavam cotadas em 1,2 u.m. e em 19.01.N+1 a empresa

vendeu as acções por 1,17 u.m. cada.

Reconhecimento da dívida 1.1.N Débito Crédito


Outros instrumentos financeiros 9 700
Depósitos à ordem 9 700

17

Reconhecimento ao custo

Reconhecimento ao justo valor - exemplo:

Variação positiva no justo valor Débito Crédito


31.12.N
Outros instrumentos financeiros 2 300
Outros rendimentos e ganhos 2 300

Alienação das acções Débito Crédito


19.01.N+1
Depósitos à ordem 11 700
Outros gastos e perdas 300
Outros instrumentos financeiros 12 000

18

9
23-11-2009

Reconhecimento ao custo amortizado

Reconhecimento ao custo amortizado - exemplo:

 Em 1.1.N a empresa X adquire obrigações a manter até à

maturidade pelo valor de 95 900. As obrigações têm valor

nominal de 100 000, maturidade de 5 anos e pagamento

anual de juros à taxa nominal de 6%.

Pretende-se que apresente os registos contabilísticos

associados ao instrumento admitindo que é utilizado o

modelo do custo amortizado com taxa efectiva de 7%.

19

10