Você está na página 1de 3

Plano de aula 9º ano

Rosalina Soares
Tema
Salão do humor

Disciplina
Língua Portuguesa
Conteúdo
Gêneros textuais – HQs (tiras) e charges
Duração
Quatro aulas

Objetivos
1. Produzir tiras de HQs e charges, que comporão uma exposição a ser realizada em
data e espaço do ambiente escolar previamente definidos. Ao realizar essa atividade, o
aluno deverá:
• aprofundar o conhecimento sobre as características desses dois gêneros textuais;
• ser capaz de usar adequadamente os recursos linguísticos necessários à produção
desses gêneros.
2. Ampliar sua competência de produzir e compreender a linguagem não verbal.
3. Interagir de modo cooperativo com os colegas da turma e ou demais integrantes da
comunidade escolar.
Material
Para pesquisa: jornais, revistas, livros de tiras, internet.
Para produção das tiras e charges: papel, régua, lápis preto, borracha, canetas pretas e
coloridas.
Para organização da exposição: cartolina e pincéis atômicos, que serão usados para
montar os cartazes com os textos.
Atividade motivacional
Levar para a sala de aula jornais, revistas e livros de HQs, deixando-os à disposição
para que os alunos leiam tiras e charges e teçam seus comentários a respeito. Iniciar a
aula, perguntando-lhes se gostam de ler tiras e charges e se sabem a diferença existente
entre elas, permitindo que coloquem suas respostas e levantem hipóteses a respeito.
A charge é um desenho (um quadro, com ou sem texto) ou uma pequena história em
quadrinhos (no máximo, quatro quadros), que satiriza, de modo crítico, acontecimentos
sociais e políticos atuais. Os personagens geralmente são desenhados seguindo o estilo
de caricaturas.
Tira (ou tirinha) é uma forma de arte que conjuga texto e imagens com o objetivo de
narrar histórias dos mais variados gêneros e estilos. Deve possuir, no máximo, quatro
quadros e, geralmente, é publicada em jornais, revistas e livros.
Levá-los a perceber que o contexto desses textos é geralmente comportamental, social
ou político, o que exige dos leitores um conhecimento de mundo. Verificar se algum
texto lido por eles oferece dificuldade de compreensão. Nesse caso, ampliar a questão
para toda a turma, fornecendo as explicações necessárias ao entendimento da tira ou da
charge.
Essa aula motivacional também pode ser realizada no Laboratório de Informática, com
os alunos acessando sites que publicam esses gêneros, bem como sites de cartunistas
famosos. A seguir, algumas sugestões:
CHARGE on-line. Disponível em: <http://www.acharge.com.br/index.htm>. Acesso
em: 30 mar. 2010. (Reúne charges publicadas em diversos jornais diários).
Angeli. Disponível em: <http://www2.uol.com.br/angeli/>. Acesso em: 30 mar. 2010.
Fernando Gonsales. Disponível em <http://www2.uol.com.br/niquel/>. Acesso em: 3
abr. 2010.
Glauco. Disponível em: <http://www2.uol.com.br/glauco/>. Acesso em: 30 mar. 2010.
Laerte. Disponível em: <http://www.laerte.com.br/>. Acesso em: 3 abr. 2010.
Mauricio de Sousa: Disponível em:
<http://www.monica.com.br/comics/tirinhas/tira232.htm>. Acesso em: 3 abr. 2010.
Conhecimento prévio
Contato com os gêneros tiras e charges, que já devem ter sido trabalhados pelos alunos.

Estratégias
Para o desenvolvimento de todas as etapas necessárias à realização deste projeto,
propõe-se o seguinte cronograma:
Aula 1 – Atividade Motivacional
Aula 2
1. Combinar com os alunos se preferem produzir a tira ou charge sozinhos ou em
duplas. Relembrar as características desses dois gêneros textuais e explicar os passos
dessa produção.
Para saber mais sobre tiras:
DIVERTUDO. Disponível em: <http://www.divertudo.com.br/quadrinhos/quadrinhos-
txt.html>. Acesso em: 4 abr. 2010.
SITE DO SENNINHA. Disponível em:
<http://senna.globo.com/senninha/comofazer.asp>. Acesso em: 4 abr. 2010.
Para saber mais sobre charges:
VÊ & LÊ. Disponível em: <http://veele.wordpress.com/um-dia-voce-vai-precisar/>.
Acesso em: 4 abr. 2010.
GOOGLE. Disponível em: <http://www.google.com.br/search?hl=pt-
BR&q=produzir+charge&meta=>. Acesso em: 4 abr. 2010.
Solicitar que definam o gênero textual que irão produzir e o tema de que irão tratar. Dar-
lhes tempo para que iniciem essa etapa inicial do processo criativo do texto.
Aula 3
Professor, disponibilizar para uso dos alunos os materiais já relacionados anteriormente
para esta etapa de produção. Nessa aula, ocorrerá o processo de construção dos textos,
que devem ser rascunhados a lápis por seus autores.
Professor, se preferir que os alunos produzam seus textos usando recursos da internet,
acesse o link a seguir:
OGIMP – COMUNIDADE OGIMP DO BRASIL. Disponível em:
<http://www.ogimp.com.br/tutoriais/intermediario/produzindo-hq-com-software-livre/>.
Acesso em: 4 abri. 2010. (Comunidades Brasileiras de Arte Gráfica Livre).
Aula 4
2. Com os textos ainda rascunhados, solicitar aos alunos e/ou duplas que troquem os
textos com os colegas para que eles possam contribuir com sugestões que os aprimorem.
3. Após a verificação das sugestões dos colegas, reelaborar os textos, fazendo as
alterações que julgarem pertinentes.
4. Dar o acabamento ao texto, usando canetas pretas ou coloridas.

Avaliação
Em horário predeterminado e em local apropriado do ambiente escolar, montar a
exposição Salão do Humor, apresentando as tiras e charges produzidas pelos grupos.
Essa exposição deverá permanecer aberta à visitação da comunidade escolar e
extraescolar, o que valorizará a produção realizada pela turma.